SlideShare uma empresa Scribd logo
{Violência
Violência é um comportamento que causa intencionalmente
dano ou intimidação moral a outra pessoa ou ser vivo. Tal
comportamento pode invadir a autonomia, integridade física ou
psicológica e até mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além
do necessário ou esperado. O termo deriva do latim violência (que por
sua vez o amplo, é qualquer comportamento ou conjunto de deriva
de vis, força, vigor); aplicação de força, vigor, contra qualquer coisa.
Existe violência explícita quando há ruptura de normas
ou moral sociais estabelecidas a esse respeito: não é um conceito
absoluto, variando entre sociedades. Por exemplo, rituais
de iniciação podem ser encarados como violentos pela sociedade
ocidental, mas não pelas sociedades que o praticam.
 Violência física- Ação ou omissão que coloque em risco ou cause dano à
integridade física de uma pessoa.
 Violência moral- ação destinada a caluniar, difamar ou injuriar a honra ou a
reputação da mulher.
 Violência psicológica- ação ou omissão destinada a degradar ou controlar as
ações, comportamentos, crenças e decisões de outra pessoa por meio de
intimidação, manipulação, ameaça direta ou indireta, humilhação, isolamento
ou qualquer outra conduta que implique prejuízo à saúde psicológica, à
autodeterminação ou ao desenvolvimento pessoal.
 Violência sexual- ação que obriga uma pessoa a manter contato sexual, físico
ou verbal, ou a participar de outras relações sexuais com uso da força,
intimidação, coerção, chantagem, suborno, manipulação, ameaça ou qualquer
outro mecanismo que anule ou limite a vontade pessoal. Considera-se como
violência sexual também o fato de o agressor obrigar a vítima a realizar
alguns desses atos com terceiros.
Tipos de violência:
 Violência patrimonial- ato de violência que implique dano, perda, subtração,
destruição ou retenção de objetos, documentos pessoais, bens e valores.
 Violência institucional- tipo de violência motivada por desigualdades (de
gênero, étnico-raciais, econômicas etc.) Predominantes em diferentes
sociedades. Essas desigualdades se formalizam e institucionalizam nas
diferentes organizações privadas e aparelhos estatais, como também nos
diferentes grupos que constituem essas sociedades.
 Violência intrafamiliar- acontece dentro de casa ou unidade doméstica e
geralmente é praticada por um membro da família que viva com a vítima. As
agressões domésticas incluem: abuso físico, sexual e psicológico, a
negligência e o abandono..
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
A violência não é tão somente um problema de segurança
pública, da polícia, da justiça, ou da ausência de ações políticas dos
nossos governantes como afirmam alguns. A sociedade tem sua
parcela de responsabilidade. É uma situação ampla e complexa, que
precisa ser discutida com participação de todos segmentos sociais.
É importante haver reflexões profundas sobre o tema e a
história pode contribuir muito para se fazer um diagnóstico correto.
Importa também, eliminar a ideia simplista, na qual a pobreza
produz violência; a pobreza é apenas uma das causas.
De fato, existem vários componentes que precisam ser
identificados e uma das melhores formas seria um pacto social,
onde o poder público, especialistas, pesquisadores, estudiosos e
sociedade pudessem canalizar inteligência e recursos para combater
um dos grandes males da humanidade.
Como combater a violência?
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
“A violência é abstrata. Todos os meios físicos utilizados
para combatê-la se tornarão vão. A única arma capaz de
combater a violência é a inteligência.”
 Amélia Lima
 David Christian
 Roza Maria
 Suzana Costa
 Viviane Natália
Componentes:

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx

Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre ViolênciaSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Turma Olímpica
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05
Jordano Santos Cerqueira
 
Agosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornada
Agosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornadaAgosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornada
Agosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornada
CristianeMendes66
 
Estado fascista
Estado fascista Estado fascista
Estado fascista
MiihRodrigues4
 
Projeto contra violência 2003
Projeto contra violência 2003Projeto contra violência 2003
Projeto contra violência 2003
Liene Campos
 
O que é a violência
O que é a violênciaO que é a violência
O que é a violência
Neuza Carvalho
 
Violência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICA
Violência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICAViolência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICA
Violência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICA
Ingridvallentynny
 
SOCIOLOGIA VIOLÊNCIA
SOCIOLOGIA VIOLÊNCIASOCIOLOGIA VIOLÊNCIA
SOCIOLOGIA VIOLÊNCIA
Jonathan Coelho
 
Violência contra mulher
Violência contra mulherViolência contra mulher
Violência contra mulher
EMEF João da silva
 
Violência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.dViolência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.d
Artemosfera Cia de Artes
 
A violência – um atentado á vida
A violência – um atentado á vidaA violência – um atentado á vida
A violência – um atentado á vida
Patricia Fagundes
 
Violência, de que se trata.
Violência, de que se trata.Violência, de que se trata.
Violência, de que se trata.
pastorlinaldo
 
A violência no brasil
A violência no brasilA violência no brasil
A violência no brasil
Israel Santos
 
Tipos de Violência
 Tipos de Violência Tipos de Violência
Tipos de Violência
David Costa DC
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
Filipa Maximino
 
Violência 2
Violência 2Violência 2
Violência 2
Tio Pablo Virtual
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
Sara Gonçalves
 
(Dw) violencia contra mulher - palestra para hoje20200821
(Dw) violencia contra mulher -  palestra para hoje20200821(Dw) violencia contra mulher -  palestra para hoje20200821
(Dw) violencia contra mulher - palestra para hoje20200821
Development Workshop Angola
 
Família
FamíliaFamília
Família
mluisavalente
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
Rodrigo Amaral
 

Semelhante a AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx (20)

Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre ViolênciaSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 05
 
Agosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornada
Agosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornadaAgosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornada
Agosto_Lilás_.pptx vamos juntos nessa jornada
 
Estado fascista
Estado fascista Estado fascista
Estado fascista
 
Projeto contra violência 2003
Projeto contra violência 2003Projeto contra violência 2003
Projeto contra violência 2003
 
O que é a violência
O que é a violênciaO que é a violência
O que é a violência
 
Violência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICA
Violência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICAViolência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICA
Violência contra mulher - SAÚDE PSICOLOGICA
 
SOCIOLOGIA VIOLÊNCIA
SOCIOLOGIA VIOLÊNCIASOCIOLOGIA VIOLÊNCIA
SOCIOLOGIA VIOLÊNCIA
 
Violência contra mulher
Violência contra mulherViolência contra mulher
Violência contra mulher
 
Violência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.dViolência contra a mulher.d
Violência contra a mulher.d
 
A violência – um atentado á vida
A violência – um atentado á vidaA violência – um atentado á vida
A violência – um atentado á vida
 
Violência, de que se trata.
Violência, de que se trata.Violência, de que se trata.
Violência, de que se trata.
 
A violência no brasil
A violência no brasilA violência no brasil
A violência no brasil
 
Tipos de Violência
 Tipos de Violência Tipos de Violência
Tipos de Violência
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Violência 2
Violência 2Violência 2
Violência 2
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
 
(Dw) violencia contra mulher - palestra para hoje20200821
(Dw) violencia contra mulher -  palestra para hoje20200821(Dw) violencia contra mulher -  palestra para hoje20200821
(Dw) violencia contra mulher - palestra para hoje20200821
 
Família
FamíliaFamília
Família
 
Violência
ViolênciaViolência
Violência
 

Mais de EEMAS

PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA - HOSTORIA.pdf
PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA  - HOSTORIA.pdfPERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA  - HOSTORIA.pdf
PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA - HOSTORIA.pdf
EEMAS
 
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptxTUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
EEMAS
 
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptxO BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
EEMAS
 
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptxMAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
EEMAS
 
O CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptxO CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptx
EEMAS
 
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptxESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
EEMAS
 
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptxCONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
EEMAS
 
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdfCONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
EEMAS
 
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
EEMAS
 
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdfLEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
EEMAS
 
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptxRENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
EEMAS
 
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptxVIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
EEMAS
 
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdfMONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
EEMAS
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
EEMAS
 
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptxSLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
EEMAS
 
TEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptxTEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptx
EEMAS
 
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptxEVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EEMAS
 
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptxEVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EEMAS
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
EEMAS
 
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxTEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
EEMAS
 

Mais de EEMAS (20)

PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA - HOSTORIA.pdf
PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA  - HOSTORIA.pdfPERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA  - HOSTORIA.pdf
PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA - HOSTORIA.pdf
 
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptxTUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
 
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptxO BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
 
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptxMAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
 
O CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptxO CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptx
 
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptxESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
 
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptxCONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
 
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdfCONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
 
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
 
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdfLEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
 
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptxRENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
 
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptxVIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
 
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdfMONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
 
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptxSLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
 
TEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptxTEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptx
 
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptxEVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
 
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptxEVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
 
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxTEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 

AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx

  • 2. Violência é um comportamento que causa intencionalmente dano ou intimidação moral a outra pessoa ou ser vivo. Tal comportamento pode invadir a autonomia, integridade física ou psicológica e até mesmo a vida de outro. É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado. O termo deriva do latim violência (que por sua vez o amplo, é qualquer comportamento ou conjunto de deriva de vis, força, vigor); aplicação de força, vigor, contra qualquer coisa. Existe violência explícita quando há ruptura de normas ou moral sociais estabelecidas a esse respeito: não é um conceito absoluto, variando entre sociedades. Por exemplo, rituais de iniciação podem ser encarados como violentos pela sociedade ocidental, mas não pelas sociedades que o praticam.
  • 3.  Violência física- Ação ou omissão que coloque em risco ou cause dano à integridade física de uma pessoa.  Violência moral- ação destinada a caluniar, difamar ou injuriar a honra ou a reputação da mulher.  Violência psicológica- ação ou omissão destinada a degradar ou controlar as ações, comportamentos, crenças e decisões de outra pessoa por meio de intimidação, manipulação, ameaça direta ou indireta, humilhação, isolamento ou qualquer outra conduta que implique prejuízo à saúde psicológica, à autodeterminação ou ao desenvolvimento pessoal.  Violência sexual- ação que obriga uma pessoa a manter contato sexual, físico ou verbal, ou a participar de outras relações sexuais com uso da força, intimidação, coerção, chantagem, suborno, manipulação, ameaça ou qualquer outro mecanismo que anule ou limite a vontade pessoal. Considera-se como violência sexual também o fato de o agressor obrigar a vítima a realizar alguns desses atos com terceiros. Tipos de violência:
  • 4.  Violência patrimonial- ato de violência que implique dano, perda, subtração, destruição ou retenção de objetos, documentos pessoais, bens e valores.  Violência institucional- tipo de violência motivada por desigualdades (de gênero, étnico-raciais, econômicas etc.) Predominantes em diferentes sociedades. Essas desigualdades se formalizam e institucionalizam nas diferentes organizações privadas e aparelhos estatais, como também nos diferentes grupos que constituem essas sociedades.  Violência intrafamiliar- acontece dentro de casa ou unidade doméstica e geralmente é praticada por um membro da família que viva com a vítima. As agressões domésticas incluem: abuso físico, sexual e psicológico, a negligência e o abandono..
  • 6. A violência não é tão somente um problema de segurança pública, da polícia, da justiça, ou da ausência de ações políticas dos nossos governantes como afirmam alguns. A sociedade tem sua parcela de responsabilidade. É uma situação ampla e complexa, que precisa ser discutida com participação de todos segmentos sociais. É importante haver reflexões profundas sobre o tema e a história pode contribuir muito para se fazer um diagnóstico correto. Importa também, eliminar a ideia simplista, na qual a pobreza produz violência; a pobreza é apenas uma das causas. De fato, existem vários componentes que precisam ser identificados e uma das melhores formas seria um pacto social, onde o poder público, especialistas, pesquisadores, estudiosos e sociedade pudessem canalizar inteligência e recursos para combater um dos grandes males da humanidade. Como combater a violência?
  • 8. “A violência é abstrata. Todos os meios físicos utilizados para combatê-la se tornarão vão. A única arma capaz de combater a violência é a inteligência.”
  • 9.  Amélia Lima  David Christian  Roza Maria  Suzana Costa  Viviane Natália Componentes: