SlideShare uma empresa Scribd logo
Períodos da
Revolução Francesa
01. O que foi a Revolução Francesa
02. Períodos da Revolução Francesa
03. Partidos políticos
04. Período mais radical da Revolução Francesa
O que iremos abordar:
01.O que foi a Revolução
Francesa:
Revolução Francesa foi um período,
entre 1789 e 1799, de intensa agitação
política e social na França, que teve
um impacto duradouro na história do
país e, mais amplamente, em todo o
continente europeu. A monarquia
absolutista que tinha governado a
nação durante séculos entrou em
colapso em apenas três anos.
02.Períodos da Revolução Francesa:
Assembleia Nacional Constituinte e Assembleia
legislativa (1791-1792):
Convenção Nacional (1792-1799):
Diretorio (1795-1799):
Assembleia Nacional Constituente: Seu objetivo foi preparar a
constituição destinada a reger a França, que foi oficialmente promulgada
no dia 30 de setembro de 1791. Em 26 de agosto de 1789 também foram
pronunciados na assembleia os Direitos do Homem e do Cidadão, que
apresentavam os novos ideais de igualdade, propriedade e liberdade.
Assembleia Legislativa: A Assembleia Nacional Legislativa foi o
Parlamento francês instituído pela Constituição de 1791, durante o
processo conhecido como Revolução Francesa; ela sucedeu à
Assembleia Nacional Constituinte e funcionou de 1º de Outubro de 1791
até 21 de Setembro de 1792.
Convenção Nacional: é a denominação dada ao regime político que vigorou na
França entre setembro de 1792 e outubro de 1795, no processo da Revolução
Francesa. Sucedeu ao regime da Assembleia Nacional Legislativa e fundou a
Primeira República Francesa. Seus membros foram eleitos por sufrágio universal
masculino, com a finalidade de dar uma nova constituição ao país, o que se
tornara necessário desde a destituição de Luís XVI, em agosto de 1792.
Reunião da
Convenção Nacional
Diretorio: Foi o regime político adotado
pela Primeira República Francesa entre
26 de outubro de 1795 e o golpe de
Estado do 18 de brumário do ano VII.
Foi assim chamado porque o poder
executivo era exercido por cinco
membros, denominados Diretores.
Paul Barras, presidente do
diretório de 1795 a 1799.
Girondinos: Representavam a alta burguesia. Queriam evitar uma participação maior dos
trabalhadores urbanos e rurais na política. Eram conservadores. Na Assembleia francesa,
sentavam no lado direito do parlamento, por esse motivo ficaram conhecidos como partido de
direita.


Jacobinos: Representavam a baixa burguesia. Defendiam uma maior participação popular no
governo. Eram revolucionários. Como formavam um grupo oposto aos Girondinos, sentavam
do outro lado do parlamento, por isso, ficaram conhecidos como partido de esquerda.


03.Partidos Políticos:
Planície ou Pântano: Em alguns momentos apoiavam os Girondinos em outros os Jacobinos..




Republicanos: Defendiam profundas mudanças na sociedade que beneficiassem os mais
pobres.


Monarquistas: Defendiam a Monarquia Constitucional. Em suas fileiras estavam nobres,
clérigos e burgueses.
04.Período mais radical da Revolução
Francesa:
O período do Terror, durante a Revolução
Francesa, foi marcado pela perseguição
religiosa e política, guerras civis, e execuções
na guilhotina.
Entre junho de 1793 e julho de 1794, cerca de
16 594 pessoas foram executadas durante o
Reinado de Terror na França, sendo 2 639
mortes só em Paris.[2] Apesar disso, há um
consenso de que o número é muito maior, com
cerca de 10 mil mortes que ocorreram sem
julgamentos ou em prisões.
Execuções acontecendo
durante o "Reinado de Terror"
REFERÊNCIAS:
https://www.todamateria.com.br


https://pt.wikipedia.org
https://brainly.com.bR
https://brasilescola.uol.com.br/
Escola Estadual Professora Maria Arioene de
Souza
Professor: Crisólito Marques
Disciplina: História
Data: 22/09/2022
Componentes: Alyne,Ellen,Eloiza,
Jamile, Jaqueline, Marcely, Matheus,
Mikaelly, Raissa, Rodrigo ,Sara

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA - HOSTORIA.pdf

Revolução Francesa
Revolução Francesa  Revolução Francesa
Revolução Francesa
SarahTelesDiogo
 
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fasesRevolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Matheus Alves
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Lutero Ramos
 
A grande revolução francesa
A grande revolução francesaA grande revolução francesa
A grande revolução francesa
Fernando Alcoforado
 
Aula Revolução Francesa 2
Aula Revolução Francesa   2Aula Revolução Francesa   2
Aula Revolução Francesa 2
seixasmarianas
 
Revolução francesa (aula)
Revolução francesa  (aula)Revolução francesa  (aula)
Revolução francesa (aula)
OAB (Brazilian Order of Advocates)
 
DANIEL
DANIELDANIEL
A revolução francesa 2
A revolução francesa 2A revolução francesa 2
A revolução francesa 2
Susana Simões
 
A revolução francesa prof nélia
A revolução francesa prof néliaA revolução francesa prof nélia
A revolução francesa prof nélia
historiando
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
GabrielaLimaPereira
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
GabrielaLimaPereira
 
DANIEL 2.0
DANIEL 2.0DANIEL 2.0
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
Fernando Alcoforado
 
Revolução francesa
Revolução francesa Revolução francesa
Revolução francesa
Sergio Cardoso
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
GabrielaLimaPereira
 
Revoluã§ã£o francesa
Revoluã§ã£o francesaRevoluã§ã£o francesa
Revoluã§ã£o francesa
Julia Selistre
 
Revolução francesa alceu
Revolução francesa   alceuRevolução francesa   alceu
Revolução francesa alceu
Íris Ferreira
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
edna2
 
Revol 130802122944-phpapp02 (1)
Revol 130802122944-phpapp02 (1)Revol 130802122944-phpapp02 (1)
Revol 130802122944-phpapp02 (1)
MarlenePrado7
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
historiando
 

Semelhante a PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA - HOSTORIA.pdf (20)

Revolução Francesa
Revolução Francesa  Revolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fasesRevolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
Revolução francesa - Antecedentes, causas e suas fases
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
A grande revolução francesa
A grande revolução francesaA grande revolução francesa
A grande revolução francesa
 
Aula Revolução Francesa 2
Aula Revolução Francesa   2Aula Revolução Francesa   2
Aula Revolução Francesa 2
 
Revolução francesa (aula)
Revolução francesa  (aula)Revolução francesa  (aula)
Revolução francesa (aula)
 
DANIEL
DANIELDANIEL
DANIEL
 
A revolução francesa 2
A revolução francesa 2A revolução francesa 2
A revolução francesa 2
 
A revolução francesa prof nélia
A revolução francesa prof néliaA revolução francesa prof nélia
A revolução francesa prof nélia
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
DANIEL 2.0
DANIEL 2.0DANIEL 2.0
DANIEL 2.0
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
 
Revolução francesa
Revolução francesa Revolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revoluã§ã£o francesa
Revoluã§ã£o francesaRevoluã§ã£o francesa
Revoluã§ã£o francesa
 
Revolução francesa alceu
Revolução francesa   alceuRevolução francesa   alceu
Revolução francesa alceu
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revol 130802122944-phpapp02 (1)
Revol 130802122944-phpapp02 (1)Revol 130802122944-phpapp02 (1)
Revol 130802122944-phpapp02 (1)
 
As fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profneliaAs fases da revolução francesa profnelia
As fases da revolução francesa profnelia
 

Mais de EEMAS

TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptxTUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
EEMAS
 
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptxO BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
EEMAS
 
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptxMAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
EEMAS
 
O CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptxO CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptx
EEMAS
 
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptxESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
EEMAS
 
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptxCONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
EEMAS
 
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdfCONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
EEMAS
 
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
EEMAS
 
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdfLEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
EEMAS
 
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptxRENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
EEMAS
 
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptxVIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
EEMAS
 
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdfMONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
EEMAS
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
EEMAS
 
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptxAS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
EEMAS
 
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptxSLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
EEMAS
 
TEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptxTEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptx
EEMAS
 
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptxEVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EEMAS
 
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptxEVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EEMAS
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
EEMAS
 
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxTEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
EEMAS
 

Mais de EEMAS (20)

TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptxTUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
TUNDRA - GEOGRAFIA.pptx
 
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptxO BRASIL DO SERTÃO.pptx
O BRASIL DO SERTÃO.pptx
 
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptxMAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
MAUS TRATOS DE ANIMAIS - SOCIOLOGIA.pptx
 
O CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptxO CORAÇÃO.pptx
O CORAÇÃO.pptx
 
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptxESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
ESTADOS UNIDOS DA AMERICA.pptx
 
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptxCONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
CONSEQUENCIAS DA REVOLUÇÃO FRANCESA.pptx
 
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdfCONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
CONSEQUENCIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL - YARA.pdf
 
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
ALBERT EISTEIN - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
 
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdfLEONARDO DA VINCI  - ANA LOUISY.pdf
LEONARDO DA VINCI - ANA LOUISY.pdf
 
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptxRENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTIFICO.pptx
 
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptxVIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
VIOLÊNCIA - HISTORIA.pptx
 
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdfMONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
MONARQUIA - FILOSOFIA.pdf
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
 
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptxAS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
AS FACES DA VIOLÊNCIA.pptx
 
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptxSLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
SLIDE - A ORIGEM DOS SERES HUMANOS.pptx
 
TEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptxTEMA - TURISMO.pptx
TEMA - TURISMO.pptx
 
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptxEVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
EVOLUÇÃO DE CHARLES DARWIN.pptx
 
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptxEVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
EVOLUÇÃO DAS ESPECIES - BIOLOGIA.pptx
 
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdfAGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
AGRONEGÓCIO NO BRASIL .pdf
 
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxTEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
TEMA DIABETES - EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
 

Último

Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 

PERIODOS DA REVOLUÇÃO FRANCESA - HOSTORIA.pdf

  • 2. 01. O que foi a Revolução Francesa 02. Períodos da Revolução Francesa 03. Partidos políticos 04. Período mais radical da Revolução Francesa O que iremos abordar:
  • 3. 01.O que foi a Revolução Francesa: Revolução Francesa foi um período, entre 1789 e 1799, de intensa agitação política e social na França, que teve um impacto duradouro na história do país e, mais amplamente, em todo o continente europeu. A monarquia absolutista que tinha governado a nação durante séculos entrou em colapso em apenas três anos.
  • 4. 02.Períodos da Revolução Francesa: Assembleia Nacional Constituinte e Assembleia legislativa (1791-1792): Convenção Nacional (1792-1799): Diretorio (1795-1799):
  • 5. Assembleia Nacional Constituente: Seu objetivo foi preparar a constituição destinada a reger a França, que foi oficialmente promulgada no dia 30 de setembro de 1791. Em 26 de agosto de 1789 também foram pronunciados na assembleia os Direitos do Homem e do Cidadão, que apresentavam os novos ideais de igualdade, propriedade e liberdade. Assembleia Legislativa: A Assembleia Nacional Legislativa foi o Parlamento francês instituído pela Constituição de 1791, durante o processo conhecido como Revolução Francesa; ela sucedeu à Assembleia Nacional Constituinte e funcionou de 1º de Outubro de 1791 até 21 de Setembro de 1792.
  • 6. Convenção Nacional: é a denominação dada ao regime político que vigorou na França entre setembro de 1792 e outubro de 1795, no processo da Revolução Francesa. Sucedeu ao regime da Assembleia Nacional Legislativa e fundou a Primeira República Francesa. Seus membros foram eleitos por sufrágio universal masculino, com a finalidade de dar uma nova constituição ao país, o que se tornara necessário desde a destituição de Luís XVI, em agosto de 1792. Reunião da Convenção Nacional
  • 7. Diretorio: Foi o regime político adotado pela Primeira República Francesa entre 26 de outubro de 1795 e o golpe de Estado do 18 de brumário do ano VII. Foi assim chamado porque o poder executivo era exercido por cinco membros, denominados Diretores. Paul Barras, presidente do diretório de 1795 a 1799.
  • 8. Girondinos: Representavam a alta burguesia. Queriam evitar uma participação maior dos trabalhadores urbanos e rurais na política. Eram conservadores. Na Assembleia francesa, sentavam no lado direito do parlamento, por esse motivo ficaram conhecidos como partido de direita. Jacobinos: Representavam a baixa burguesia. Defendiam uma maior participação popular no governo. Eram revolucionários. Como formavam um grupo oposto aos Girondinos, sentavam do outro lado do parlamento, por isso, ficaram conhecidos como partido de esquerda. 03.Partidos Políticos: Planície ou Pântano: Em alguns momentos apoiavam os Girondinos em outros os Jacobinos.. Republicanos: Defendiam profundas mudanças na sociedade que beneficiassem os mais pobres. Monarquistas: Defendiam a Monarquia Constitucional. Em suas fileiras estavam nobres, clérigos e burgueses.
  • 9. 04.Período mais radical da Revolução Francesa: O período do Terror, durante a Revolução Francesa, foi marcado pela perseguição religiosa e política, guerras civis, e execuções na guilhotina. Entre junho de 1793 e julho de 1794, cerca de 16 594 pessoas foram executadas durante o Reinado de Terror na França, sendo 2 639 mortes só em Paris.[2] Apesar disso, há um consenso de que o número é muito maior, com cerca de 10 mil mortes que ocorreram sem julgamentos ou em prisões. Execuções acontecendo durante o "Reinado de Terror"
  • 11. Escola Estadual Professora Maria Arioene de Souza Professor: Crisólito Marques Disciplina: História Data: 22/09/2022 Componentes: Alyne,Ellen,Eloiza, Jamile, Jaqueline, Marcely, Matheus, Mikaelly, Raissa, Rodrigo ,Sara