SlideShare uma empresa Scribd logo
armazenagem.pdf
ARMAZENAGEM
•Importância da Logística de armazenagem como parte da cadeia de abasteci
mento;
Formas de armazenagem de materiais;
•Estocagem tradicional;
•Estocagem Informatizada (código de barra, etiqueta com código de barra);
•Estocagem robotizada;
•A automação na armazenagem;
•Sistemas de informação para armazenagem;
•Sistema de gerenciamento de armazéns com o uso de software WMS ou out
ros;
•Características e funcionalidades;
•Benefícios;
•Operação- conhecimento das instalações de armazenagem;
•Leiaute;
•Divisão otimizada do espaço físico;
•Sistemas de controle de materiais (KANBAN);
•Endereçamento e inventário;
•Contagem;
•Etiquetas de código de barra;
•EAN (código de identificação do produto) pesquisar na internet;
•RFID (controle de identificação por radiofreqüência, com memória);
•Controle de inventário;
•Auditorias no estoque, contagens físicas diárias, mensais e anuai
s (cíclicas), analise do percentual de acuracidade;
•Equipamentos utilizados em Logística de armazenagem;
•Normas de segurança;
•EPI e EPC.
GESTÃO DE ESTOQUES
•Gestão de estoques
•Saber identificar os diferentes modelos
de estoque.
OBJETIVOS
Estoques
Os estoques são uma forma da organização proteger-se da
imprevisibilidade dos processos com os quais lida ou está
envolvida, a falta de qualidade de seus processos internos bem
como dos externos dos quais depende pressionam no sentido de
elevar o volume de estoques.
Conclui-se que níveis elevados de estoques tendem a gerar
conformidade com o erro e as causas dos problemas não são
atacadas.
A GESTÃO DENTRO DOS ESTOQUES
Processo de gestão estoques
• PDCA
• Prever
• Planejar
• Organizar
• Controlar
• Avaliar
Prever
• Planejamento estratégico.
• Previsão da demanda.
• Tipos de materiais(Periculosidade, desgaste, etc).
• Produtos.
• Estratégias para entregas, volumes.
• Estratégias de Marketing.
Planejar
• O estoque em si
• Recebimentos
• Guarda
• Movimentação interna
• Separação
• Distribuição
• Recursos
• Humanos
• Físicos
• Monetários
Organizar
• Estrutura (variadas maneiras dependendo do
enfoque)
• Espaço
• Recursos
• Humanos
• Físicos (prateleiras, equipamentos movimentação, leitores,
etc.)
Organizar
• O estoque
• Fluxo de informações, sistemas
• Informações vinda(Compras, Comercial, PPCP)
• Informações ida (Compras, Comercial, PPCP, Contabilidade)
• Armazenagem (onde, como, embalagem)
Gestão de Estoque
• Integração das atividades de controle de materiais
envolvendo matéria-prima, produtos em fabricação,
semi acabados e acabados;
• Planejamento, controle e retroalimentação do
estoque;
• Maximizar o uso e minimizar os investimentos em
estoques (equilíbrio econômico);
• Minimizar o investimento em inventário e manter a
disponibilidade dos produtos.
Definição de Estoque
• “Sortimento de materiais que a empresa possui e
utiliza no processo de produção de seus
produtos/serviços.
• conjunto de mercadorias, materiais ou artigos
existentes fisicamente no almoxarifado à espera de
utilização futura e que permite suprir regularmente os
usuários, sem causar interrupções às unidades
funcionais da organização.” (Lins, 2005)
• “todos os bens e materiais mantidos por uma organização
para suprir demandas futuras, podendo ser encontrados na
forma de (tipos de estoques): matéria-prima, produto em
processo (em elaboração/produção), produto acabado,
materiais e embalagens e produtos necessários para
manutenção, reparo e suprimentos de operações.”(Ortolani,
2002)
◼ “...quaisquer quantidades de bens físicos que sejam
conservados, de forma improdutiva, por algum intervalo de
tempo.” (Moreira, 2004)
O que é gestão de estoques
Funções do Estoque
• Garantir o abastecimento de materiais ao processo
de fabricação;
• Controlar a quantidade, a sazonalidade, a
obsolescência;
• Prevenir perdas, danos, extravios e mau uso dos
materiais;
• Manter registros e indicadores para auxiliar no
planejamento das necessidades;
• Controlar os custos, mantendo-os baixos.
Administração de estoques
CONCEITO E TIPOS DE ESTOQUES
TIPOS DE ESTOQUES
• Estoques de Matérias Primas: São todos os itens utilizados no
processo de transformação do produto final.
TIPOS DE ESTOQUES
• Material Direto: Agregam valor ao produto, ou seja, saem
como produto final. Ex.: Pneus, copo de liquidificador
• Material Indireto ou auxiliares: Não agregam valor e não
saem como produto final. Ex.: óleo lubrificante de uma
máquina, grafite de usinagem
Podem ser:
- Manutenção:
– Peças que servem de apoio à manutenção
dos equipamentos. Materiais de escritório.
TIPOS DE ESTOQUES
• Estoques de produtos em processo : São os itens que já
entraram em processo, mas ainda não estão acabados. Ex.:
Chassi montado de um automóvel
• Ou Intermediário:
– Produtos em
processo de
fabricação ou
subconjunto
TIPOS DE ESTOQUES
• Estoques de produtos acabados: São os itens já prontos para
entrega ao consumidor final. Ex.: automóvel pronto.
• Ou Produtos Acabados
– Produtos prontos e embalados que
serão enviados aos clientes
TIPOS DE ESTOQUES
• Estoques em trânsito ou estoques no canal: São matérias
primas ou produtos semi-acabados ou acabados que seguem
de um agente do canal ou de uma unidade fabril a outra, ou
aos estoques e armazéns, mas ainda não chegaram ao destino
final.
Ex.: Remessa de peças de um fornecedor à uma indústria.
TIPOS DE ESTOQUES
• Estoques em consignação: São os materiais que continuam
sendo do fornecedor, até que sejam vendidos. Ex.: bebidas
para eventos.
TIPOS DE ESTOQUES - NATUREZA
• Estoques especulativos : São estoques mantidos para
especulação de grandes ganhos futuros, seja com alta de
preços, seja com sazonalidades, seja com previsões financeiras.
Ex.: Commodities, metais preciosos, material de construção,
etc.
• Estoques regulares ou cíclicos: São estoques de manutenção
entre os reabastecimentos.
TIPOS DE ESTOQUES - NATUREZA
• Estoques de segurança: São estoques necessários para a
proteção contra variabilidades na demanda.
• Estoques virtuais: São estoques que constam nos sistemas,
porém não estão alocados fisicamente em um armazém.
Ex.: Livros vendidos pela internet
• Estoques obsoleto, morto ou evaporado: São estoques
deteriorados, ultrapassados, perdidos ou roubados.
Controle de estoque
• Evitar a falta de material;
• Evitar o acúmulo de material;
• Manter o equilíbrio entre produção e vendas.
Funções do Controle de Estoques
• O que permanecer em estoque
• Quando reabastecer o estoque
• Quanto de estoque é necessário no período
• Providenciar as compras
• Receber, armazenar e atender pedidos
• Manter banco de dados atualizado
• Realizar o inventário periodicamente
Objetivos do Controle
• Objetivo de Custo:
• Custo de armazenagem (manutenção)
• Custo do pedido
• Custo da falta
• O objetivo é minimizar o custo total que é a
somatória dos três custos que incidem sobre a
manutenção do estoque.
armazenagem.pdf
DECISÕES DE ESTOQUES
Reposição de estoques
• Reposição Periódica (Periodic Inventory System)
• É feito o pedido de uma quantidade determinada em
períodos regulares.
• Reposição por ponto de pedido (Order Point Policies)
• Define-se um nível de estoque que, se atingido, define o
momento de ser fazer um novo pedido.
Reposição de estoques
• Lote Econômico de Compra (Economic Order Point)
• No sistema do lote econômico de compra o objetivo é
determinar as quantidades que mais geram economia no
processo de aquisição de material.
CUSTOS DE ESTOQUES
Objetivos Operacionais dos Estoques
• Cobrir mudanças previstas no suprimento e na
demanda
• Proteger contra incertezas
• Permitir produção e compra econômica
Custos envolvidos no armazenamento
de material
• Juros
• Depreciação
• Aluguel
• Equipamentos de
movimentação
• Deterioração
• Obsolência
• Seguros
• Salários
• Conservação
Variáveis que modificam os Custos de
Estocagem
• Quantidade de material em estoque
• Tempo de permanência do material em estoque
Custos a serem Analisados em relação
a Estocagem
• Custo do Item
• Custo de Manutenção do Estoque
• Custo de pedido
• Custo de falta de estoque
Custo do Pedido
• Custo de Material
• Custo de Mão de Obra
• Custos Indiretos
Custo de falta de Estoque
• Perda de lucro por incapacidade de suprir a demanda
• Custos adicionais,por substituição de materiais
• Multas e encargos por não cumprimento do prazo de entrega
• Perda de lucro por quebra de imagem

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

SENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptx
SENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptxSENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptx
SENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptx
LuciaCosta75
 
Análise acidentes
Análise acidentes Análise acidentes
Análise acidentes
maleixo
 
Cores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slideCores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slide
Michael Rebouça
 
Aula gestão estratégica do lead time
Aula gestão estratégica do lead timeAula gestão estratégica do lead time
Aula gestão estratégica do lead time
Carlos Campos - MBA,ADM.
 
Apostila Medicina Trabalho
Apostila Medicina TrabalhoApostila Medicina Trabalho
Apostila Medicina Trabalho
thiagogalatico
 
Sistema WMS
Sistema WMSSistema WMS
Sistema WMS
Eduardo Braga Jr
 
Movimentacao de Materiais
Movimentacao de MateriaisMovimentacao de Materiais
Movimentacao de Materiais
azevedoac
 
Embalagens
EmbalagensEmbalagens
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Gunnebo Brasil
 
Gestao de compras
Gestao de comprasGestao de compras
Gestao de compras
ISCAP
 
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Dayvd Ebonys
 
Armazenagem
ArmazenagemArmazenagem
Armazenagem
UEMA
 
NAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docx
NAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docxNAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docx
NAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docx
MORILLOROJASFRANKLIN
 
WMS - Warehouse Management System
WMS - Warehouse Management SystemWMS - Warehouse Management System
WMS - Warehouse Management System
Flavio Oliveira Alencar
 
Nr – 11
Nr – 11Nr – 11
Gestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentaçãoGestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentação
Charles Rebouças
 
Gestão de estoque
Gestão de estoqueGestão de estoque
Gestão de estoque
Ângelo Xavier
 
Check List de Inspeção em Baterias Elétricas
Check List  de Inspeção em Baterias ElétricasCheck List  de Inspeção em Baterias Elétricas
Check List de Inspeção em Baterias Elétricas
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Aula 04 armazenagem de produtos perigosos
Aula 04   armazenagem de produtos perigososAula 04   armazenagem de produtos perigosos
Aula 04 armazenagem de produtos perigosos
Adilson Paradella
 
Acesso por-corda-nr-35
Acesso por-corda-nr-35Acesso por-corda-nr-35
Acesso por-corda-nr-35
Fatima Silva
 

Mais procurados (20)

SENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptx
SENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptxSENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptx
SENAI APLICAÇÕES TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E SUPRIMENTOS.pptx
 
Análise acidentes
Análise acidentes Análise acidentes
Análise acidentes
 
Cores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slideCores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slide
 
Aula gestão estratégica do lead time
Aula gestão estratégica do lead timeAula gestão estratégica do lead time
Aula gestão estratégica do lead time
 
Apostila Medicina Trabalho
Apostila Medicina TrabalhoApostila Medicina Trabalho
Apostila Medicina Trabalho
 
Sistema WMS
Sistema WMSSistema WMS
Sistema WMS
 
Movimentacao de Materiais
Movimentacao de MateriaisMovimentacao de Materiais
Movimentacao de Materiais
 
Embalagens
EmbalagensEmbalagens
Embalagens
 
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
Como anda o processo de recebimento de mercadorias no varejo?
 
Gestao de compras
Gestao de comprasGestao de compras
Gestao de compras
 
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...Modelo   ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
Modelo ficha de registro do diálogo diário de segurança (dds) - blog segura...
 
Armazenagem
ArmazenagemArmazenagem
Armazenagem
 
NAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docx
NAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docxNAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docx
NAID_NAID-347_FORMATOALUMNOTRABAJOFINAL (1).docx
 
WMS - Warehouse Management System
WMS - Warehouse Management SystemWMS - Warehouse Management System
WMS - Warehouse Management System
 
Nr – 11
Nr – 11Nr – 11
Nr – 11
 
Gestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentaçãoGestao estoques apresentação
Gestao estoques apresentação
 
Gestão de estoque
Gestão de estoqueGestão de estoque
Gestão de estoque
 
Check List de Inspeção em Baterias Elétricas
Check List  de Inspeção em Baterias ElétricasCheck List  de Inspeção em Baterias Elétricas
Check List de Inspeção em Baterias Elétricas
 
Aula 04 armazenagem de produtos perigosos
Aula 04   armazenagem de produtos perigososAula 04   armazenagem de produtos perigosos
Aula 04 armazenagem de produtos perigosos
 
Acesso por-corda-nr-35
Acesso por-corda-nr-35Acesso por-corda-nr-35
Acesso por-corda-nr-35
 

Semelhante a armazenagem.pdf

ufcd_8504-indicadores gestao.pptx
ufcd_8504-indicadores gestao.pptxufcd_8504-indicadores gestao.pptx
ufcd_8504-indicadores gestao.pptx
ssuser4225f1
 
CONTROLE DE ESTOQUE.pdf
CONTROLE DE ESTOQUE.pdfCONTROLE DE ESTOQUE.pdf
CONTROLE DE ESTOQUE.pdf
LC-Contabilidade Consultiva
 
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
carlosdenilson3
 
Aula de adm de materiais alunos
Aula de adm de materiais alunosAula de adm de materiais alunos
Aula de adm de materiais alunos
Marcus Leal
 
Apresentação4
Apresentação4Apresentação4
Apresentação4
Crisleon Valadares
 
01 materiais
01 materiais01 materiais
01 materiais
Tom Souto
 
Gest estoques1
Gest estoques1Gest estoques1
Gest estoques1
Carlos Melo
 
Aula 1 conceitos básicos
Aula 1   conceitos básicosAula 1   conceitos básicos
Aula 1 conceitos básicos
Adilson Paradella
 
Gestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalhoGestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalho
jorgecs6
 
Armazenagem Distribuição Estoques.pdf
Armazenagem Distribuição Estoques.pdfArmazenagem Distribuição Estoques.pdf
Armazenagem Distribuição Estoques.pdf
Mario Carvalho
 
Conceitos 1
Conceitos   1Conceitos   1
Conceitos 1
Hortênsia Morais
 
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.pptAbraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
AndersonBarbosa629031
 
Introdução à gestão de estoques
Introdução à gestão de estoquesIntrodução à gestão de estoques
Introdução à gestão de estoques
ProfessorRogerioSant
 
Noções de administração de material
Noções de administração de materialNoções de administração de material
Noções de administração de material
John Paul John Paul
 
132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1
132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1
132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1
Maria Silva
 
Gestão de Estoque.ppt
Gestão de Estoque.pptGestão de Estoque.ppt
Gestão de Estoque.ppt
MARIO SOARES
 
2 slides - gestão de estoques
2   slides - gestão de estoques2   slides - gestão de estoques
2 slides - gestão de estoques
Caio Roberto de Souza Filho
 
Logística - Fundamentos
Logística - FundamentosLogística - Fundamentos
Gestão da Produção
Gestão da ProduçãoGestão da Produção
Gestão da Produção
zbam
 
Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.
Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.
Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.
Misael Barbosa
 

Semelhante a armazenagem.pdf (20)

ufcd_8504-indicadores gestao.pptx
ufcd_8504-indicadores gestao.pptxufcd_8504-indicadores gestao.pptx
ufcd_8504-indicadores gestao.pptx
 
CONTROLE DE ESTOQUE.pdf
CONTROLE DE ESTOQUE.pdfCONTROLE DE ESTOQUE.pdf
CONTROLE DE ESTOQUE.pdf
 
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
 
Aula de adm de materiais alunos
Aula de adm de materiais alunosAula de adm de materiais alunos
Aula de adm de materiais alunos
 
Apresentação4
Apresentação4Apresentação4
Apresentação4
 
01 materiais
01 materiais01 materiais
01 materiais
 
Gest estoques1
Gest estoques1Gest estoques1
Gest estoques1
 
Aula 1 conceitos básicos
Aula 1   conceitos básicosAula 1   conceitos básicos
Aula 1 conceitos básicos
 
Gestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalhoGestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalho
 
Armazenagem Distribuição Estoques.pdf
Armazenagem Distribuição Estoques.pdfArmazenagem Distribuição Estoques.pdf
Armazenagem Distribuição Estoques.pdf
 
Conceitos 1
Conceitos   1Conceitos   1
Conceitos 1
 
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.pptAbraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
 
Introdução à gestão de estoques
Introdução à gestão de estoquesIntrodução à gestão de estoques
Introdução à gestão de estoques
 
Noções de administração de material
Noções de administração de materialNoções de administração de material
Noções de administração de material
 
132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1
132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1
132724191 sebenta-operador-de-armazem-parte-1
 
Gestão de Estoque.ppt
Gestão de Estoque.pptGestão de Estoque.ppt
Gestão de Estoque.ppt
 
2 slides - gestão de estoques
2   slides - gestão de estoques2   slides - gestão de estoques
2 slides - gestão de estoques
 
Logística - Fundamentos
Logística - FundamentosLogística - Fundamentos
Logística - Fundamentos
 
Gestão da Produção
Gestão da ProduçãoGestão da Produção
Gestão da Produção
 
Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.
Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.
Planejamento de estoque,armazenagem e arranjos fisicos.
 

armazenagem.pdf

  • 3. •Importância da Logística de armazenagem como parte da cadeia de abasteci mento; Formas de armazenagem de materiais; •Estocagem tradicional; •Estocagem Informatizada (código de barra, etiqueta com código de barra); •Estocagem robotizada; •A automação na armazenagem; •Sistemas de informação para armazenagem; •Sistema de gerenciamento de armazéns com o uso de software WMS ou out ros; •Características e funcionalidades; •Benefícios;
  • 4. •Operação- conhecimento das instalações de armazenagem; •Leiaute; •Divisão otimizada do espaço físico; •Sistemas de controle de materiais (KANBAN); •Endereçamento e inventário; •Contagem; •Etiquetas de código de barra; •EAN (código de identificação do produto) pesquisar na internet; •RFID (controle de identificação por radiofreqüência, com memória);
  • 5. •Controle de inventário; •Auditorias no estoque, contagens físicas diárias, mensais e anuai s (cíclicas), analise do percentual de acuracidade; •Equipamentos utilizados em Logística de armazenagem; •Normas de segurança; •EPI e EPC.
  • 7. •Gestão de estoques •Saber identificar os diferentes modelos de estoque. OBJETIVOS
  • 8. Estoques Os estoques são uma forma da organização proteger-se da imprevisibilidade dos processos com os quais lida ou está envolvida, a falta de qualidade de seus processos internos bem como dos externos dos quais depende pressionam no sentido de elevar o volume de estoques. Conclui-se que níveis elevados de estoques tendem a gerar conformidade com o erro e as causas dos problemas não são atacadas.
  • 9. A GESTÃO DENTRO DOS ESTOQUES
  • 10. Processo de gestão estoques • PDCA • Prever • Planejar • Organizar • Controlar • Avaliar
  • 11. Prever • Planejamento estratégico. • Previsão da demanda. • Tipos de materiais(Periculosidade, desgaste, etc). • Produtos. • Estratégias para entregas, volumes. • Estratégias de Marketing.
  • 12. Planejar • O estoque em si • Recebimentos • Guarda • Movimentação interna • Separação • Distribuição • Recursos • Humanos • Físicos • Monetários
  • 13. Organizar • Estrutura (variadas maneiras dependendo do enfoque) • Espaço • Recursos • Humanos • Físicos (prateleiras, equipamentos movimentação, leitores, etc.)
  • 14. Organizar • O estoque • Fluxo de informações, sistemas • Informações vinda(Compras, Comercial, PPCP) • Informações ida (Compras, Comercial, PPCP, Contabilidade) • Armazenagem (onde, como, embalagem)
  • 15. Gestão de Estoque • Integração das atividades de controle de materiais envolvendo matéria-prima, produtos em fabricação, semi acabados e acabados; • Planejamento, controle e retroalimentação do estoque; • Maximizar o uso e minimizar os investimentos em estoques (equilíbrio econômico); • Minimizar o investimento em inventário e manter a disponibilidade dos produtos.
  • 16. Definição de Estoque • “Sortimento de materiais que a empresa possui e utiliza no processo de produção de seus produtos/serviços. • conjunto de mercadorias, materiais ou artigos existentes fisicamente no almoxarifado à espera de utilização futura e que permite suprir regularmente os usuários, sem causar interrupções às unidades funcionais da organização.” (Lins, 2005)
  • 17. • “todos os bens e materiais mantidos por uma organização para suprir demandas futuras, podendo ser encontrados na forma de (tipos de estoques): matéria-prima, produto em processo (em elaboração/produção), produto acabado, materiais e embalagens e produtos necessários para manutenção, reparo e suprimentos de operações.”(Ortolani, 2002) ◼ “...quaisquer quantidades de bens físicos que sejam conservados, de forma improdutiva, por algum intervalo de tempo.” (Moreira, 2004)
  • 18. O que é gestão de estoques
  • 19. Funções do Estoque • Garantir o abastecimento de materiais ao processo de fabricação; • Controlar a quantidade, a sazonalidade, a obsolescência; • Prevenir perdas, danos, extravios e mau uso dos materiais; • Manter registros e indicadores para auxiliar no planejamento das necessidades; • Controlar os custos, mantendo-os baixos.
  • 21. CONCEITO E TIPOS DE ESTOQUES
  • 22. TIPOS DE ESTOQUES • Estoques de Matérias Primas: São todos os itens utilizados no processo de transformação do produto final.
  • 23. TIPOS DE ESTOQUES • Material Direto: Agregam valor ao produto, ou seja, saem como produto final. Ex.: Pneus, copo de liquidificador • Material Indireto ou auxiliares: Não agregam valor e não saem como produto final. Ex.: óleo lubrificante de uma máquina, grafite de usinagem Podem ser:
  • 24. - Manutenção: – Peças que servem de apoio à manutenção dos equipamentos. Materiais de escritório.
  • 25. TIPOS DE ESTOQUES • Estoques de produtos em processo : São os itens que já entraram em processo, mas ainda não estão acabados. Ex.: Chassi montado de um automóvel
  • 26. • Ou Intermediário: – Produtos em processo de fabricação ou subconjunto
  • 27. TIPOS DE ESTOQUES • Estoques de produtos acabados: São os itens já prontos para entrega ao consumidor final. Ex.: automóvel pronto.
  • 28. • Ou Produtos Acabados – Produtos prontos e embalados que serão enviados aos clientes
  • 29. TIPOS DE ESTOQUES • Estoques em trânsito ou estoques no canal: São matérias primas ou produtos semi-acabados ou acabados que seguem de um agente do canal ou de uma unidade fabril a outra, ou aos estoques e armazéns, mas ainda não chegaram ao destino final. Ex.: Remessa de peças de um fornecedor à uma indústria.
  • 30. TIPOS DE ESTOQUES • Estoques em consignação: São os materiais que continuam sendo do fornecedor, até que sejam vendidos. Ex.: bebidas para eventos.
  • 31. TIPOS DE ESTOQUES - NATUREZA • Estoques especulativos : São estoques mantidos para especulação de grandes ganhos futuros, seja com alta de preços, seja com sazonalidades, seja com previsões financeiras. Ex.: Commodities, metais preciosos, material de construção, etc. • Estoques regulares ou cíclicos: São estoques de manutenção entre os reabastecimentos.
  • 32. TIPOS DE ESTOQUES - NATUREZA • Estoques de segurança: São estoques necessários para a proteção contra variabilidades na demanda. • Estoques virtuais: São estoques que constam nos sistemas, porém não estão alocados fisicamente em um armazém. Ex.: Livros vendidos pela internet • Estoques obsoleto, morto ou evaporado: São estoques deteriorados, ultrapassados, perdidos ou roubados.
  • 33. Controle de estoque • Evitar a falta de material; • Evitar o acúmulo de material; • Manter o equilíbrio entre produção e vendas.
  • 34. Funções do Controle de Estoques • O que permanecer em estoque • Quando reabastecer o estoque • Quanto de estoque é necessário no período • Providenciar as compras • Receber, armazenar e atender pedidos • Manter banco de dados atualizado • Realizar o inventário periodicamente
  • 35. Objetivos do Controle • Objetivo de Custo: • Custo de armazenagem (manutenção) • Custo do pedido • Custo da falta • O objetivo é minimizar o custo total que é a somatória dos três custos que incidem sobre a manutenção do estoque.
  • 38. Reposição de estoques • Reposição Periódica (Periodic Inventory System) • É feito o pedido de uma quantidade determinada em períodos regulares. • Reposição por ponto de pedido (Order Point Policies) • Define-se um nível de estoque que, se atingido, define o momento de ser fazer um novo pedido.
  • 39. Reposição de estoques • Lote Econômico de Compra (Economic Order Point) • No sistema do lote econômico de compra o objetivo é determinar as quantidades que mais geram economia no processo de aquisição de material.
  • 41. Objetivos Operacionais dos Estoques • Cobrir mudanças previstas no suprimento e na demanda • Proteger contra incertezas • Permitir produção e compra econômica
  • 42. Custos envolvidos no armazenamento de material • Juros • Depreciação • Aluguel • Equipamentos de movimentação • Deterioração • Obsolência • Seguros • Salários • Conservação
  • 43. Variáveis que modificam os Custos de Estocagem • Quantidade de material em estoque • Tempo de permanência do material em estoque
  • 44. Custos a serem Analisados em relação a Estocagem • Custo do Item • Custo de Manutenção do Estoque • Custo de pedido • Custo de falta de estoque
  • 45. Custo do Pedido • Custo de Material • Custo de Mão de Obra • Custos Indiretos
  • 46. Custo de falta de Estoque • Perda de lucro por incapacidade de suprir a demanda • Custos adicionais,por substituição de materiais • Multas e encargos por não cumprimento do prazo de entrega • Perda de lucro por quebra de imagem