SlideShare uma empresa Scribd logo
APRESENTAÇÃO
CORPORATIVA
ÁGUAS
CORSAN – AGO/2016
Quem Somos
Fundada em Fevereiro de 1.993, dedica-se a oferecer ao setor industrial o que existe de
mais moderno em tecnologia de bombeamento, tratamento e controle de fluidos.
Com um Departamento de Engenharia próprio, a VIBROPAC atua no desenvolvimento de
Sistemas para aplicações em petróleo, gás, indústrias químicas e petroquímicas, papel e
celulose, álcool e açúcar, cerâmica, têxtil, tratamento de águas e efluentes, entre outras.
A Vibropac
A VIBROPAC se divide hoje em 2 unidades de negócios:
A Vibropac
Óleo e Gás
Há mais de 15 anos, fornecendo Sistemas
de Injeção Química e bombas dosadoras
para a indústria de Oil & Gás, a Vibropac
lança os Sistemas de Odorização de Gás
Natural e GLP. Desde sistemas portáteis
aos mais exigentes níveis de customização,
a Vibropac conta com equipe de
engenheiros e técnicos especializados para
o completo atendimento as especificações
de seus clientes, com o melhor custo
benefício aliado a Qualidade e Alta
Performance.
Odorizador de Gás
Óleo e Gás
Injeção Química
O Departamento de Engenharia de Sistemas da
VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver
soluções integradas de preparo, dosagem e
transporte de fluídos, atendendo às demandas
específica de seus clientes, nos setores de
Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico,
Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de
Águas e Efluentes, entre outros.
Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e
projetos fornecidos pelos clientes, como serem
desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
As bombas centrífugas magnéticas metálicas horizontais de
acoplamento magnético HMD/Kontro, construídas para
atender às especificações da norma ANSI B73.1, oferecem
inclusive equipamentos denominados sub-ANSI para bombas
monobloco que atendem à norma API 610 e API 618.
Óleo e Gás
Centrífuga de alta
velocidade
Centrífuga magnética
Bomba Centrífuga Compressores Centrífugos de Gás
Em complemento à linha de bombas centrífugas
SUNDYNE, a família de compressores centrífugos API 617
de alta velocidade in-line e em montagens horizontais foca
em indústrias de petróleo e gás. Desde então, a linha de
compressores SUNDYNE é uma das mais respeitáveis do
mercado que consolida a liderança da marca no mercado
com a sua principal e melhor característica, realizar a
aplicação com baixa vazão e alta pressão.
A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende as
marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras
eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas
dosadoras de processo tipo pistão e diafragma
atendendo à norma API 675.
Bombas Dosadoras de
Processo Milton Roy
Óleo e Gás
Bombas Dosadoras
A linha de bombas dosadoras Vibropac
possui como algumas empresas
Representadas, entre elas está a WILLIAMS,
com bombas dosadoras tipo pistão ou
diafragma com acionamento pneumático.
Bombas Dosadoras de
Acionamento Pneumático Willians
Óleo e Gás
Bombas de Palheta
Tecnologia de Agitação
Bombas de Fusos e Multifásicas
Bombas Centrífugas Herméticas
A Vibropac
Preparadores de Polímero
A VIBROPAC foi a primeira e é a única empresa a
oferecer ao mercado nacional uma linha
completa de sistemas para tratamento de água
municipal ou industrial, no segmento de papel e
celulose, entre outros.
São máquinas compactas e portáteis para
soluções a partir de emulsão ou de polímero em
pó, com capacidade para até 10.000 l/h para pó e
de até 20.000 l/h para emulsão.
Produz, sob encomenda, sistemas de qualquer
vazão e concentração.
Águas e Efluentes
Preparador de Polímero - Emulsão
Preparador de Polímero – Em pó
com pós diluição
Preparador de Polímero – Especial à
prova de explosão
Águas e Efluentes
Preparadores de Polímero
Vibropac Unidade Combinada
A VIBROPAC apresenta a linha de sistemas para
pré- tratamento de efluentes, construídas sob
licença da FLUITECO, uma das mais importantes
companhias na fabricação de soluções para pré-
tratamento de efluentes quer sejam para
aplicações municipais ou industriais. Com
esta nova linha de produtos, a VIBROPAC passa a
oferecer mais opções de equipamentos para as
necessidades cada vez mais crescentes, quer da
indústria, como do setor público.
Águas e Efluentes
Sistema de Injeção Química
Águas e Efluentes
O Departamento de Engenharia de Sistemas da
VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver
soluções integradas de preparo, dosagem e
transporte de fluídos, atendendo às demandas
específica de seus clientes, nos setores de
Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico,
Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de
Águas e Efluentes, entre outros.
Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e
projetos fornecidos pelos clientes, como serem
desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
Espessador e Desidratador de Lodos
Águas e Efluentes
O espessador representa inovação na concepção de equipamentos e fornece uma solução
econômica para o Espessamento ou Desidratação de Lodos para pequenas e médias instalações
de tratamento de águas potáveis, residuais e industriais bem como para um grande número de
outras aplicações.
Peneiras Rotativas
Águas e Efluentes
Pré Tratamento de Efluentes
Grades Paralelas
Para aplicação em instalações de tratamento de
efluentes municipais, descargas de efluentes
industriais, matadouros ou instalações de
processamento de alimentos ou licores e
peneiramento de inúmeros fluidos e espumas.
As grades subverticais de barras paralelas podem ser
adicionadas a instalações já existentes ou em novos projetos,
aumentando a eficácia da retirada dos sólidos, que passa a ser
de forma automática. São aplicáveis em Pré-Tratamento de
efluentes domésticos e municipais e recuperação e
processamento de sólidos de descargas industriais.
Parafusos
Transportadores
Classificador de Areia
Águas e Efluentes
Pré Tratamento de Efluentes
Utilizados em matadouros, pisciculturas e outras
instalações de processamento de alimentos, indústria
química e refinarias, estações de tratamento de
águas residuais municipais, recepção de rejeitados,
incineração, cinzas, entre outras.
Aplicáveis em pequenas instalações de tratamento de
efluentes, na descarga de efluentes industriais e outras
instalações de processamento de alimentos, indústria química
e refinarias, recuperação de minério em instalações de
processamento, recepção de efluente com areias de drenagens
ou recepção e processamento de sólidos provenientes de
descargas industriais.
Águas e Efluentes
Sistemas de Filtração
Aproveitando-se dos anos de experiência na produção de
Sistemas de Injeção Química e de produtos para tratamento de
efluentes, como os Preparadores de Polímero, Unidades
Combinadas de Pré-Tratamento, Sistemas para a Desidratação e
Lavagem de dejetos sólidos, Sistemas Compactos na separação
de grãos/areia e óleos/graxa, etc., agora a Vibropac possui a
nova tecnologia para FILTRAÇÃO E TRATAMENTO DE ÁGUAS.
A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende
as marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras
eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas
dosadoras de processo tipo pistão e diafragma
atendendo à norma API 675.
Bombas Dosadoras
Eletrônicas LMI Milton Roy
Águas e Efluentes
Bombas Dosadoras
Bombas Dosadoras
MacRoy Milton Roy
Controladores
Fabricados pela Milton Roy a linha de equipamentos
de medição digitais se baseia na tecnologia de
microprocessador para realizar medidas confiáveis e
precisas da Condutividade, O2, pH, Redox (ORP),
Cloro total, Cloro livre, Dióxido de cloro, Peróxido de
hidrogênio, Bromo e Ácido peracético em
sofisticados sistemas de tratamento químico.
Águas e Efluentes
Bombas Pneumáticas Bombas Peristálticas
Águas e Efluentes
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
PREPARADORES DE
POLÍMERO (VIB)
Águas e Efluentes
O QUE SÃO POLÍMEROS ?
Polímeros são compostos
químicos, naturais ou
sintéticos, de elevada massa
molecular, resultantes de
reações químicas. São
macromoléculas formadas a
partir de unidades estruturais
menores (os monômeros).
Águas e Efluentes
São compostos sintéticos, de custo
relativamente alto, cuja finalidade é
produzir a coagulação, floculação ou
aglutinação de partículas dispersas
em um meio líquido, neste caso são
especificamente denominados
POLIELETRÓLITOS e podem ser
ANIÔNICOS; CATIÔNICOS ou
ambos.
PARA O NOSSO PROPÓSITO ...
Águas e Efluentes
Águas e Efluentes
Águas e Efluentes
Pó granulado
OS POLÍMEROS APRESENTAM-SE EM DUAS FORMAS:
Águas e Efluentes
Emulsão
Caraterizada em sua maioria por uma
solução viscosa concentrada.
Geralmente diluída em água ou outros
solventes e vendida em tambores
Águas e Efluentes
PRINCIPAIS APLICAÇÕES:
- Tratamento de água e efluentes
- Industria papeleira
- Mineração
- Usina de açúcar e álcool
Águas e Efluentes
TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES
Na fase de polimento do tratamento, onde os coagulantes
metálicos comuns (Sulfato de Alumínio; Cloreto Férrico)
têm seu uso limitado/ proibitivo ou são ineficazes.
Águas e Efluentes
TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES
Na desidratação do lodo: Alimentação de
FILTROS-PRENSA ou CENTRÍFUGAS
Águas e Efluentes
INDÚSTRIA DE PAPEL
Na recuperação ou retenção de fibras de papel
Águas e Efluentes
USINA DE AÇÚCAR E ÁLCOOL
- Flotação e clarificação do caldo
- Desidratação da torta
Águas e Efluentes
COMPONENTES DO PREPARADOR EM PÓ
- Tanque
- Portas de inspeção
- Silo
- Painel
- Motores
- Redutores
- Agitadores
- Rosca dosadora
- Resistencia
- Chave de nível
- Sensor
- Drenos
- Saída de polímero
Águas e Efluentes
PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO
O VIB é um equipamento de mistura
VOLUMÉTRICA proporcional SÓLIDO-LÍQUIDO que garante
a perfeita homogeneização dentro da proporção requerida
e do tempo de MATURAÇÃO especificado.
Águas e Efluentes
ANIMAÇÃO DO PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO
Águas e Efluentes
DETALHES CONSTRUTIVOS - AGITADORES
Tanque de mistura com pás
retas e mancal de fundo
Tanque de maturação e
estocagem com hélice naval.
Águas e Efluentes
Rampa de pré mistura localizada na
tampa do tanque. Tem a finalidade de
abrir um leque de água para captação
do polímero e iniciar a pré mistura antes
que o mesmo entre no tanque.
DETALHES CONSTRUTIVOS – RAMPA DE MISTURA
Águas e Efluentes
Dosador volumétrico de pó com novo eixo
redesenhado para melhorar a precisão e
dosagem, eliminando a incrustação e
consequente cisalhamento do polímero.
DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
Águas e Efluentes
Eixo dosador calculado e dimensionado caso a
caso de acordo com a necessidade do cliente
DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
Águas e Efluentes
DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
Águas e Efluentes
Trata-se do tempo necessário para que no tanque
de estocagem a solução esteja homogênea e
pronta para dosagem no processo.
DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO
30 min
Águas e Efluentes
Os preparadores VIBROPAC são
projetados para o tempo de maturação
de 30 minutos, mas podem ser
adaptados para outros valores como por
exemplo 60 e 90 minutos.
DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO
Águas e Efluentes
Hoje a VIBROPAC possui projetos para capacidade de preparo que
variam de 700 a 12000 l/h. Outros valores podem ser fornecidos
conforme necessidade do cliente.
DETALHES CONSTRUTIVOS – CAPACIDADE DE PREPARO
Águas e Efluentes
A capacidade do silo de estocagem padrão adotada pela
VIBROPAC segue a tabela abaixo, porém, essa pode ser
alterada de acordo com a necessidade do cliente:
VIB700-VIB2000 60 L
VIB2500-VIB3000 90 L
VIB3500-
VIB12000 120 L
DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
Águas e Efluentes
A capacidade do silo é limitada a 120 L em função do
peso sobre a tampa do tanque. Projetos com silos de
maior capacidade podem ser executados utilizando-
se estruturas auxiliares.
DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
Águas e Efluentes
Construção compacta em aço inox ou polipropileno, o que
facilita a limpeza e aumenta a vida útil do equipamento.
INOX
POLIPROPILENO
DETALHES CONSTRUTIVOS – MATERIAL
Águas e Efluentes
Sistema de aquecimento no tubo de saída do polímero em
pó o que evita formação de umidade e grumos que podem
prejudicar ao início da mistura.
DETALHES CONSTRUTIVOS – RESISTÊNCIA DE AQUECIMENTO
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – PÓS DILUIÇÃO
Incremento de capacidade do equipamento sem
grandes mudanças, através do sistema de pós diluição.
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
Possibilidade de montagem de um
sistema HÍBRIDO para que o
equipamento possa trabalhar tanto com
polímero em pó quanto com emulsão.
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – PAINEL E COMUNICAÇÃO
Painel eletromecânico com possibilidade de adaptação
para controles via PLC e interface com supervisórios.
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO
Linhas de alimentação de
água inteiramente em PVC
industrial .......
Águas e Efluentes
...............ou aço inox,
incluindo válvulas e filtro Y.
FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE – INSTRUMENTAÇÃO
Medidor do tipo magnético
Medidor do tipo turbina
Podemos trabalhar com todos os tipos de instrumentos
de medição e controle.
Válvulas ON-OFF
Medidor do tipo área variável (rotâmetro)
Águas e Efluentes
SELEÇÃO – CURVA VAZÃO X TEMPO DE MATURAÇÃO
Águas e Efluentes
- Ativador dinâmico hidropropelido ou estático
- Painel de controle
- Chave de fluxo
- Rotâmetro
- Bomba eletromagnética para alta viscosidade
- Coluna de calibração
- Solenoide
COMPONENTES DO PREPARADOR EM EMULSÃO
Águas e Efluentes
PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO DO PREPARDOR EM EMULSÃO
Águas e Efluentes
IMPORTANTE
Diferentemente do polímero em pó, o polímero em
EMULSÃO geralmente não necessita de tempo de
maturação, pois já vem com sua cadeia pré-ativada.
POLÍMERO ÁGUA
(+)
(-)
Águas e Efluentes
FLEXIBILIDADE
Configuração de lay out e instrumentação conforme
necessidade do cliente.
Águas e Efluentes
BENEFÍCIOS
- Economia de espaço para eliminação de obras civis
- Faixa de concentração precisa e regulável de 0.01% a 0.5%
- Adequação as especificações de preparo sem desperdícios de insumo
- Uma vez em trabalho, não necessita de intervenção de operadores,
exceto para realimentação do silo.
Águas e Efluentes
Tempo de maturação: 60 min
Dados mínimos para
especificação dos
preparadores de polímero.
Águas e Efluentes
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
UNIDADE
COMBINADA DE PRÉ-
TRATAMENTO (VUC)
Águas e Efluentes
COMPARAÇÃO ENTRE:
ESTAÇÃO TRADICIONAL ESTAÇÃO VIBROPAC
200 L/S
Águas e Efluentes
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
Águas e Efluentes
GRADES
ROSCAS
TRANSPORTADORA
DE SOLIDOS DA
GRADE
Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
CAIXA DE AREIA COM
ROSCA
Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
CAIXA DE AREIA COM
ROSCA
Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
Estação Tradicional – Equipamentos mecânicos
04 Grades
02 Roscas para descarte de resíduo da grade até a caçamba
02 Caixas de areia com roscas
Solução proposta pela VIBROPAC
01 Unidade Combinada de pré-tratamento
COMPARATIVO
Águas e Efluentes
Estação Tradicional – Obra civil
01 Obra civil:
- Canal em concreto para instalar a gradagem mecânica grossa automática.
- Canal em concreto para fazer o by-pass da gradagem mecânica grossa
automática e onde deverá ser instalada uma gradagem mecânica grossa
manual.
- Canal em concreto para instalar a peneira fina automática.
- Canal em concreto para fazer o by-pass á peneira fina automática e onde
deverá ser instalada uma gradagem mecânica manual.
- Tanque em concreto para sedimentação/flotação (areias/gorduras)
Solução proposta pela VIBROPAC
01 Obra civil
- Plataforma em concreto para instalar a unidade.
COMPARATIVO
Águas e Efluentes
Estima-se uma economia de 46%
no valor total da obra *
Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
Águas e Efluentes
210 m2
Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
ÁREA UTILIZADA NA ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
51.8 m2
ÁREA NECESSÁRIA PARA INSTALAÇÃO DA ESTAÇÃO VIBROPAC
Águas e Efluentes
Redução da área
de instalação de
75,0 %*
Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
Águas e Efluentes
FUNCIONAMENTO GERAL
Águas e Efluentes
ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
Águas e Efluentes
ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
Águas e Efluentes
ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
Águas e Efluentes
ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
Águas e Efluentes
ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
Águas e Efluentes
ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
Águas e Efluentes
ETAPA 02 – DECANTAÇÃO E TRANSPORTE DE SÓLIDOS:
Águas e Efluentes
ETAPA 02 – ROSCA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS:
Águas e Efluentes
ETAPA 03 – FLOTAÇÃO DE GORDURA:
Águas e Efluentes
ETAPA 03 – ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
Águas e Efluentes
ETAPA 03 – RETIRADA DE GORDURA:
Águas e Efluentes
ETAPA 03 – DESCARTE DE GORDURA:
Águas e Efluentes
PAINEL DE COMANDO
Águas e Efluentes
Composto de botões LIGA / DESLIGA para todos os componentes:
Motor da peneira rotativa (b);
Motor do transportador de areia horizontal (c);
Motor do extrator de areia vertical (c);
Motor do raspador de gordura (d);
Compressor de ar (e);
Válvula solenoide de lavagem na zona de compactação peneira (f);
Válvula solenoide para lavagem zona de zona de peneiramento (g);
Bomba de água (l).
No modo MANUAL, todos os acionamentos acima são independentes de
qualquer intertravamento, decorrentes do pressostato.
Águas e Efluentes
Acionamento através do pressostato de nível do
tanque da peneira rotativa.
Acionamento através de temporizador
programável
MODO AUTOMÁTICO
Águas e Efluentes
Motores elétricos com limitador de torque
para proteção contra sobrecarga.
Micro interruptores de segurança nas tampas de
inspeção para evitar abertura das mesmas quando o
equipamento estiver em operação.
SEGURANÇA
Águas e Efluentes
REDUÇÃO DE VOLUME
≥40% sólidos secos
EFICIÊNCIA DE LAVAGEM MATERIAL ORGÂNICO
≥90%
EFICIÊNCIA DE REMOCÃO DE AREIAS
≥95% PARA GRANULUMETRIA ≥200µm (0,2mm)
REDUÇÃO DE ORGÂNICOS VOLÁTILES
≥97%
EFICIÊNCIA DE DESIDRATAÇÃO
90% de resíduo seco
EFICIÊNCIA DE REMOÇÃO DE GORDURA
≈85% (TOP3)
Águas e Efluentes
Dados mínimos para
especificação da unidade
combinada de pré tratamento
Águas e Efluentes
De 4,0 l/s (15m3/h) a 400l/s (1.440m3/h)
CAPACIDADE DISPONÍVEL
Águas e Efluentes
ESTAÇÃO TRADICIONAL
Águas e Efluentes
ESPESSADOR E
DESIDRATADOR DE LODOS
Águas e Efluentes
MODELO SF / SFD
Desidratação de lodo para
pequenas e médias vazões.
Águas e Efluentes
Tambores cilíndricos estáticos projetados
para otimizar a drenagem de líquidos
aumentando assim a eficiência da
máquina.
TECNOLOGIA
Águas e Efluentes
FUNCIONAMENTO GERAL
Águas e Efluentes
EXEMPLO DE APLICAÇÃO
Águas e Efluentes
VANTAGENS
Solução econômica para
espessamento ou desidratação de
lodo, quando comparado a outras
tecnologias.
Águas e Efluentes
VANTAGENS
- Baixo consumo de energia
- Fácil operação e manutenção
- Baixo nível de ruído
- Ausência de telas filtrantes de
troca constantes
Águas e Efluentes
A utilização de solução de
polímero possui impacto direto na
eficiência do equipamento, sendo
sua utilização recomendada com
o espessador.
IMPORTANTE
Águas e Efluentes
CASOS DE SUCESSO
(VIB)
Águas e Efluentes
Capacidade: 2000 l/H
LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL
ETE Monjolinho
SAAE São Carlos
Leila Jorge (16) 3501-1288 leila@saaesaocarlos.com.br
Águas e Efluentes
Capacidade: 12.000 l/H
LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL
ETE Lavapés
SABESP
Gustavo Sousa (12) 3904-3234 gnbdiniz@sabesp.com.br
Águas e Efluentes
Capacidade: 700 l/H
LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL
SAAE Itabira Jorge Borges (31) 3839-1320 jorge.borges@saaeitabira.com.br
Águas e Efluentes
CASOS DE SUCESSO
(VUC)
Águas e Efluentes
Capacidade: 250 l/s
LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL
ETE Pirassununga/SP Cássio Santos (19) 9660-2313 cassio.minghini@gmail.com
Águas e Efluentes
LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL
ETE Humaitá/SP Helvécio Sena (12) 3904-3253 hcsena@sabesp.com.br
Capacidade: 150 l/s
Águas e Efluentes
LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL
ETE Governador Valadares/MG Matheus Mendes (31) 99877-2698 matheusmendes20@Hotmail.com
Capacidade: 400 l/s
Serviços
A VIBROPAC está plenamente capacitada a realizar serviços
para modernizar, consertar, reformar ou garantir que sua
produção sempre esteja produzindo a todo vapor.
• Instalações
• Reformas
• Consertos
• Treinamento
VIBROPAC
nas Redes Sociais
1
Acompanhe a VIBROPAC
usando o QR Code!
Baixe o aplicativo do QR
Code no seu smartphone
Posicione a câmera
focando no símbolo
Você será direcionado diretamente
às Redes Sociais Vibropac
2
3
Conteúdos exclusivos
Novidades sobre o mundo dos negócios
Vibropac e as tendências
Eventos
Dúvidas Técnicas
Parceiros comerciais
Site: www.vibropac.com.br
Tel.: +55 11 2108-5600
E-mail: vibropac@vibropac.com.br
Vibropac Indústria e Comércio de Máquinas
Vibropac Brasil
Vibropac
APRESENTAÇÃO CORPORATIVA
2016
Rua Pasadena, 271
Parque Industrial San José – Cotia
CEP: 06715-864
Endereço Contato

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de serviço xlx350 r bateria
Manual de serviço xlx350 r bateriaManual de serviço xlx350 r bateria
Manual de serviço xlx350 r bateria
Thiago Huari
 
Conexões ermeto
Conexões ermetoConexões ermeto
Conexões ermeto
Thiago Bento
 
Aula 12 atuadores e elementos finais
Aula 12   atuadores e elementos finaisAula 12   atuadores e elementos finais
Aula 12 atuadores e elementos finais
Joao Pedro Turibio
 
Calculo de-roscas
Calculo de-roscasCalculo de-roscas
Calculo de-roscas
dmarkys
 
Simbologia
SimbologiaSimbologia
Simbologia
Tuane Paixão
 
46468277 procedimento-de-tubulacao
46468277 procedimento-de-tubulacao46468277 procedimento-de-tubulacao
46468277 procedimento-de-tubulacao
alexromfx
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindroManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
Thiago Huari
 
Apostila compressor centrifugo
Apostila compressor centrifugoApostila compressor centrifugo
Apostila compressor centrifugo
Marcelo Araujo
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) alimenta
Manual de serviço cbx750 f (1990) alimentaManual de serviço cbx750 f (1990) alimenta
Manual de serviço cbx750 f (1990) alimenta
Thiago Huari
 
Tubulação industrial
Tubulação industrialTubulação industrial
Tubulação industrial
Paulo Zanetti
 
Overview of control valves
Overview of control valvesOverview of control valves
Overview of control valves
YALAMANCHILI ASHOK KUMAR
 
Piping design and engineering 6th ed ( pdf drive.com )
Piping design and engineering   6th ed ( pdf drive.com )Piping design and engineering   6th ed ( pdf drive.com )
Piping design and engineering 6th ed ( pdf drive.com )
José Ismael Pereira Contreras
 
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p embreage
Manual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p embreageManual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p embreage
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p embreage
Thiago Huari
 
Slip on flange welding according TO asme b31.3
Slip on flange welding according TO asme b31.3Slip on flange welding according TO asme b31.3
Slip on flange welding according TO asme b31.3
Amr Soliman
 
Basic Operation and Function of Control Valves
Basic Operation and Function of Control ValvesBasic Operation and Function of Control Valves
Basic Operation and Function of Control Valves
Belilove Company-Engineers
 
Projeto mecânico de vasos de pressão e trocadores de calor
Projeto mecânico de vasos de  pressão e trocadores de calorProjeto mecânico de vasos de  pressão e trocadores de calor
Projeto mecânico de vasos de pressão e trocadores de calor
FcoAfonso
 
Simbologia pneumatica
Simbologia pneumaticaSimbologia pneumatica
Simbologia pneumatica
Gleiton Kunde
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p alimenta
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p alimentaManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p alimenta
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p alimenta
Thiago Huari
 
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p ignicao
Manual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p ignicaoManual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p ignicao
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p ignicao
Thiago Huari
 
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 informac
Manual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 informacManual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 informac
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 informac
Thiago Huari
 

Mais procurados (20)

Manual de serviço xlx350 r bateria
Manual de serviço xlx350 r bateriaManual de serviço xlx350 r bateria
Manual de serviço xlx350 r bateria
 
Conexões ermeto
Conexões ermetoConexões ermeto
Conexões ermeto
 
Aula 12 atuadores e elementos finais
Aula 12   atuadores e elementos finaisAula 12   atuadores e elementos finais
Aula 12 atuadores e elementos finais
 
Calculo de-roscas
Calculo de-roscasCalculo de-roscas
Calculo de-roscas
 
Simbologia
SimbologiaSimbologia
Simbologia
 
46468277 procedimento-de-tubulacao
46468277 procedimento-de-tubulacao46468277 procedimento-de-tubulacao
46468277 procedimento-de-tubulacao
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindroManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
 
Apostila compressor centrifugo
Apostila compressor centrifugoApostila compressor centrifugo
Apostila compressor centrifugo
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) alimenta
Manual de serviço cbx750 f (1990) alimentaManual de serviço cbx750 f (1990) alimenta
Manual de serviço cbx750 f (1990) alimenta
 
Tubulação industrial
Tubulação industrialTubulação industrial
Tubulação industrial
 
Overview of control valves
Overview of control valvesOverview of control valves
Overview of control valves
 
Piping design and engineering 6th ed ( pdf drive.com )
Piping design and engineering   6th ed ( pdf drive.com )Piping design and engineering   6th ed ( pdf drive.com )
Piping design and engineering 6th ed ( pdf drive.com )
 
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p embreage
Manual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p embreageManual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p embreage
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p embreage
 
Slip on flange welding according TO asme b31.3
Slip on flange welding according TO asme b31.3Slip on flange welding according TO asme b31.3
Slip on flange welding according TO asme b31.3
 
Basic Operation and Function of Control Valves
Basic Operation and Function of Control ValvesBasic Operation and Function of Control Valves
Basic Operation and Function of Control Valves
 
Projeto mecânico de vasos de pressão e trocadores de calor
Projeto mecânico de vasos de  pressão e trocadores de calorProjeto mecânico de vasos de  pressão e trocadores de calor
Projeto mecânico de vasos de pressão e trocadores de calor
 
Simbologia pneumatica
Simbologia pneumaticaSimbologia pneumatica
Simbologia pneumatica
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p alimenta
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p alimentaManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p alimenta
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p alimenta
 
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p ignicao
Manual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p ignicaoManual de serviço xl125 s (1984)   ms437841p ignicao
Manual de serviço xl125 s (1984) ms437841p ignicao
 
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 informac
Manual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 informacManual de serviço xlx350 r   00x6b-kv2-603 informac
Manual de serviço xlx350 r 00x6b-kv2-603 informac
 

Semelhante a Apresentação Corporativa VIBROPAC 2016 - Águas

Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017
Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017
Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017
Vibropac
 
Apresentação QSA BRASIL slide
Apresentação QSA BRASIL  slideApresentação QSA BRASIL  slide
Apresentação QSA BRASIL slide
LeonardoAmaralTeixeira
 
REMOSA Dossier Portugal
REMOSA Dossier PortugalREMOSA Dossier Portugal
Folder caminhao
Folder caminhaoFolder caminhao
ApresentaçãO Qsa Slide
ApresentaçãO Qsa   SlideApresentaçãO Qsa   Slide
ApresentaçãO Qsa Slide
LeonardoAmaralTeixeira
 
Flutrol cat-empresa-web
Flutrol cat-empresa-webFlutrol cat-empresa-web
Flutrol cat-empresa-web
eduardo cramer
 
AULA 01 - Completa de Lubrificação______
AULA 01 - Completa de Lubrificação______AULA 01 - Completa de Lubrificação______
AULA 01 - Completa de Lubrificação______
JairGaldino4
 
Marema Química do Brasil & VIP German Technology
Marema Química do Brasil & VIP German TechnologyMarema Química do Brasil & VIP German Technology
Marema Química do Brasil & VIP German Technology
Adriano So Eu Sei
 
Equipamentos para Águas Residuais _ Português
Equipamentos para Águas Residuais _ PortuguêsEquipamentos para Águas Residuais _ Português
Equipamentos para Águas Residuais _ Português
Vibropac
 
Bombas de Fusos Geral - Óleo e Gás
Bombas de Fusos Geral - Óleo e GásBombas de Fusos Geral - Óleo e Gás
Bombas de Fusos Geral - Óleo e Gás
Vibropac
 
Treinamento captação de pó
Treinamento captação de póTreinamento captação de pó
Treinamento captação de pó
Sérgio Valadão
 
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
Revista H&C
 
Equipamentos Engenheirados _ Português
Equipamentos Engenheirados _ PortuguêsEquipamentos Engenheirados _ Português
Equipamentos Engenheirados _ Português
Vibropac
 
APRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUA
APRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUAAPRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUA
APRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUA
Olimpio Morais .
 
Apresentação qsa brasil TESTO
Apresentação qsa brasil TESTOApresentação qsa brasil TESTO
Apresentação qsa brasil TESTO
LeonardoAmaralTeixeira
 
Lavadores de gases industriais
Lavadores de gases industriaisLavadores de gases industriais
Lavadores de gases industriais
Soluções Industriais
 
A4 combustiveis isi
A4   combustiveis isiA4   combustiveis isi
A4 combustiveis isi
Leandro Souza
 
Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...
Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...
Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...
Marcelo Forest
 
Catálogo Serviços de Emergência - TIPSAL
Catálogo Serviços de Emergência - TIPSALCatálogo Serviços de Emergência - TIPSAL
Catálogo Serviços de Emergência - TIPSAL
TIPSAL
 
Ficha Técnica Resina isoftálica Resapol Lp 8847
Ficha Técnica Resina  isoftálica Resapol Lp 8847Ficha Técnica Resina  isoftálica Resapol Lp 8847
Ficha Técnica Resina isoftálica Resapol Lp 8847
AnaCarolinaDelgadoVi1
 

Semelhante a Apresentação Corporativa VIBROPAC 2016 - Águas (20)

Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017
Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017
Apresentação Corporativa VIBROPAC 2017
 
Apresentação QSA BRASIL slide
Apresentação QSA BRASIL  slideApresentação QSA BRASIL  slide
Apresentação QSA BRASIL slide
 
REMOSA Dossier Portugal
REMOSA Dossier PortugalREMOSA Dossier Portugal
REMOSA Dossier Portugal
 
Folder caminhao
Folder caminhaoFolder caminhao
Folder caminhao
 
ApresentaçãO Qsa Slide
ApresentaçãO Qsa   SlideApresentaçãO Qsa   Slide
ApresentaçãO Qsa Slide
 
Flutrol cat-empresa-web
Flutrol cat-empresa-webFlutrol cat-empresa-web
Flutrol cat-empresa-web
 
AULA 01 - Completa de Lubrificação______
AULA 01 - Completa de Lubrificação______AULA 01 - Completa de Lubrificação______
AULA 01 - Completa de Lubrificação______
 
Marema Química do Brasil & VIP German Technology
Marema Química do Brasil & VIP German TechnologyMarema Química do Brasil & VIP German Technology
Marema Química do Brasil & VIP German Technology
 
Equipamentos para Águas Residuais _ Português
Equipamentos para Águas Residuais _ PortuguêsEquipamentos para Águas Residuais _ Português
Equipamentos para Águas Residuais _ Português
 
Bombas de Fusos Geral - Óleo e Gás
Bombas de Fusos Geral - Óleo e GásBombas de Fusos Geral - Óleo e Gás
Bombas de Fusos Geral - Óleo e Gás
 
Treinamento captação de pó
Treinamento captação de póTreinamento captação de pó
Treinamento captação de pó
 
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
 
Equipamentos Engenheirados _ Português
Equipamentos Engenheirados _ PortuguêsEquipamentos Engenheirados _ Português
Equipamentos Engenheirados _ Português
 
APRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUA
APRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUAAPRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUA
APRESENTAÇÃO DE UMA EMPRESA - SOLUÇÕES EM TRATAMENTO E REUSO DE ÁGUA
 
Apresentação qsa brasil TESTO
Apresentação qsa brasil TESTOApresentação qsa brasil TESTO
Apresentação qsa brasil TESTO
 
Lavadores de gases industriais
Lavadores de gases industriaisLavadores de gases industriais
Lavadores de gases industriais
 
A4 combustiveis isi
A4   combustiveis isiA4   combustiveis isi
A4 combustiveis isi
 
Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...
Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...
Marcelo Manhães de Amorim - Educação Ambiental voltada a Lava Jatos e Oficina...
 
Catálogo Serviços de Emergência - TIPSAL
Catálogo Serviços de Emergência - TIPSALCatálogo Serviços de Emergência - TIPSAL
Catálogo Serviços de Emergência - TIPSAL
 
Ficha Técnica Resina isoftálica Resapol Lp 8847
Ficha Técnica Resina  isoftálica Resapol Lp 8847Ficha Técnica Resina  isoftálica Resapol Lp 8847
Ficha Técnica Resina isoftálica Resapol Lp 8847
 

Mais de Vibropac

Varipulse - Milton Roy
Varipulse - Milton RoyVaripulse - Milton Roy
Varipulse - Milton Roy
Vibropac
 
Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017
Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017
Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017
Vibropac
 
Bomba de Palheta Blackmer
Bomba de Palheta BlackmerBomba de Palheta Blackmer
Bomba de Palheta Blackmer
Vibropac
 
Sistema de Hidrogenação EKATO
Sistema de Hidrogenação EKATOSistema de Hidrogenação EKATO
Sistema de Hidrogenação EKATO
Vibropac
 
Preparador de Polímero (EMULSÃO) _ Português
Preparador de Polímero (EMULSÃO) _ PortuguêsPreparador de Polímero (EMULSÃO) _ Português
Preparador de Polímero (EMULSÃO) _ Português
Vibropac
 
Bomba Dosadora Excel XR
Bomba Dosadora Excel XRBomba Dosadora Excel XR
Bomba Dosadora Excel XR
Vibropac
 
Lançamento Bomba P+ LMI _ Pós-Vendas
Lançamento Bomba P+ LMI _ Pós-VendasLançamento Bomba P+ LMI _ Pós-Vendas
Lançamento Bomba P+ LMI _ Pós-Vendas
Vibropac
 
Bomba Dosadora P+ LMI
Bomba Dosadora P+ LMIBomba Dosadora P+ LMI
Bomba Dosadora P+ LMI
Vibropac
 
Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal
Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal
Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal
Vibropac
 
Bombas de Refrigeração Hermetic
Bombas de Refrigeração HermeticBombas de Refrigeração Hermetic
Bombas de Refrigeração Hermetic
Vibropac
 
Agitador Ekato Fluid Portrait
Agitador Ekato Fluid PortraitAgitador Ekato Fluid Portrait
Agitador Ekato Fluid Portrait
Vibropac
 
Agitador Ekato Fluid Side
Agitador Ekato Fluid SideAgitador Ekato Fluid Side
Agitador Ekato Fluid Side
Vibropac
 
EPOX-R Ekato RMT
EPOX-R Ekato RMTEPOX-R Ekato RMT
EPOX-R Ekato RMT
Vibropac
 
Controlador ORP Milton Roy
Controlador ORP Milton RoyControlador ORP Milton Roy
Controlador ORP Milton Roy
Vibropac
 
Controlador de Pulso Milton Roy
Controlador de Pulso Milton RoyControlador de Pulso Milton Roy
Controlador de Pulso Milton Roy
Vibropac
 
Condutor AC4000 Milton Roy
Condutor AC4000 Milton RoyCondutor AC4000 Milton Roy
Condutor AC4000 Milton Roy
Vibropac
 
Condutor AC5000 Milton Roy
Condutor AC5000 Milton RoyCondutor AC5000 Milton Roy
Condutor AC5000 Milton Roy
Vibropac
 
Válvula Flexiprene Milton Roy
Válvula Flexiprene Milton RoyVálvula Flexiprene Milton Roy
Válvula Flexiprene Milton Roy
Vibropac
 
Válvula de 3 funções Milton Roy
Válvula de 3 funções Milton RoyVálvula de 3 funções Milton Roy
Válvula de 3 funções Milton Roy
Vibropac
 
Válvula de Bleed Milton Roy
Válvula de Bleed Milton RoyVálvula de Bleed Milton Roy
Válvula de Bleed Milton Roy
Vibropac
 

Mais de Vibropac (20)

Varipulse - Milton Roy
Varipulse - Milton RoyVaripulse - Milton Roy
Varipulse - Milton Roy
 
Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017
Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017
Catálogo Grades Mecanizadas VIBROPAC 2017
 
Bomba de Palheta Blackmer
Bomba de Palheta BlackmerBomba de Palheta Blackmer
Bomba de Palheta Blackmer
 
Sistema de Hidrogenação EKATO
Sistema de Hidrogenação EKATOSistema de Hidrogenação EKATO
Sistema de Hidrogenação EKATO
 
Preparador de Polímero (EMULSÃO) _ Português
Preparador de Polímero (EMULSÃO) _ PortuguêsPreparador de Polímero (EMULSÃO) _ Português
Preparador de Polímero (EMULSÃO) _ Português
 
Bomba Dosadora Excel XR
Bomba Dosadora Excel XRBomba Dosadora Excel XR
Bomba Dosadora Excel XR
 
Lançamento Bomba P+ LMI _ Pós-Vendas
Lançamento Bomba P+ LMI _ Pós-VendasLançamento Bomba P+ LMI _ Pós-Vendas
Lançamento Bomba P+ LMI _ Pós-Vendas
 
Bomba Dosadora P+ LMI
Bomba Dosadora P+ LMIBomba Dosadora P+ LMI
Bomba Dosadora P+ LMI
 
Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal
Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal
Bomba Dosadora Milton Roy _ Primeroyal
 
Bombas de Refrigeração Hermetic
Bombas de Refrigeração HermeticBombas de Refrigeração Hermetic
Bombas de Refrigeração Hermetic
 
Agitador Ekato Fluid Portrait
Agitador Ekato Fluid PortraitAgitador Ekato Fluid Portrait
Agitador Ekato Fluid Portrait
 
Agitador Ekato Fluid Side
Agitador Ekato Fluid SideAgitador Ekato Fluid Side
Agitador Ekato Fluid Side
 
EPOX-R Ekato RMT
EPOX-R Ekato RMTEPOX-R Ekato RMT
EPOX-R Ekato RMT
 
Controlador ORP Milton Roy
Controlador ORP Milton RoyControlador ORP Milton Roy
Controlador ORP Milton Roy
 
Controlador de Pulso Milton Roy
Controlador de Pulso Milton RoyControlador de Pulso Milton Roy
Controlador de Pulso Milton Roy
 
Condutor AC4000 Milton Roy
Condutor AC4000 Milton RoyCondutor AC4000 Milton Roy
Condutor AC4000 Milton Roy
 
Condutor AC5000 Milton Roy
Condutor AC5000 Milton RoyCondutor AC5000 Milton Roy
Condutor AC5000 Milton Roy
 
Válvula Flexiprene Milton Roy
Válvula Flexiprene Milton RoyVálvula Flexiprene Milton Roy
Válvula Flexiprene Milton Roy
 
Válvula de 3 funções Milton Roy
Válvula de 3 funções Milton RoyVálvula de 3 funções Milton Roy
Válvula de 3 funções Milton Roy
 
Válvula de Bleed Milton Roy
Válvula de Bleed Milton RoyVálvula de Bleed Milton Roy
Válvula de Bleed Milton Roy
 

Último

Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitosApostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Sandro Marques Solidario
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
RodrigoQuintilianode1
 
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.docAnálise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
cristiano docarmo
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
marcosmpereira
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docxSFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
bentosst
 
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificaçãoEstruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
caduelaia
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
Consultoria Acadêmica
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
GeraldoGouveia2
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
Consultoria Acadêmica
 

Último (11)

Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitosApostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
 
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.docAnálise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
 
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docxSFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
 
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
 
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificaçãoEstruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
 

Apresentação Corporativa VIBROPAC 2016 - Águas

  • 2. Quem Somos Fundada em Fevereiro de 1.993, dedica-se a oferecer ao setor industrial o que existe de mais moderno em tecnologia de bombeamento, tratamento e controle de fluidos. Com um Departamento de Engenharia próprio, a VIBROPAC atua no desenvolvimento de Sistemas para aplicações em petróleo, gás, indústrias químicas e petroquímicas, papel e celulose, álcool e açúcar, cerâmica, têxtil, tratamento de águas e efluentes, entre outras.
  • 3. A Vibropac A VIBROPAC se divide hoje em 2 unidades de negócios:
  • 5. Óleo e Gás Há mais de 15 anos, fornecendo Sistemas de Injeção Química e bombas dosadoras para a indústria de Oil & Gás, a Vibropac lança os Sistemas de Odorização de Gás Natural e GLP. Desde sistemas portáteis aos mais exigentes níveis de customização, a Vibropac conta com equipe de engenheiros e técnicos especializados para o completo atendimento as especificações de seus clientes, com o melhor custo benefício aliado a Qualidade e Alta Performance. Odorizador de Gás
  • 6. Óleo e Gás Injeção Química O Departamento de Engenharia de Sistemas da VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver soluções integradas de preparo, dosagem e transporte de fluídos, atendendo às demandas específica de seus clientes, nos setores de Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico, Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de Águas e Efluentes, entre outros. Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e projetos fornecidos pelos clientes, como serem desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
  • 7. As bombas centrífugas magnéticas metálicas horizontais de acoplamento magnético HMD/Kontro, construídas para atender às especificações da norma ANSI B73.1, oferecem inclusive equipamentos denominados sub-ANSI para bombas monobloco que atendem à norma API 610 e API 618. Óleo e Gás Centrífuga de alta velocidade Centrífuga magnética Bomba Centrífuga Compressores Centrífugos de Gás Em complemento à linha de bombas centrífugas SUNDYNE, a família de compressores centrífugos API 617 de alta velocidade in-line e em montagens horizontais foca em indústrias de petróleo e gás. Desde então, a linha de compressores SUNDYNE é uma das mais respeitáveis do mercado que consolida a liderança da marca no mercado com a sua principal e melhor característica, realizar a aplicação com baixa vazão e alta pressão.
  • 8. A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende as marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas dosadoras de processo tipo pistão e diafragma atendendo à norma API 675. Bombas Dosadoras de Processo Milton Roy Óleo e Gás Bombas Dosadoras A linha de bombas dosadoras Vibropac possui como algumas empresas Representadas, entre elas está a WILLIAMS, com bombas dosadoras tipo pistão ou diafragma com acionamento pneumático. Bombas Dosadoras de Acionamento Pneumático Willians
  • 9. Óleo e Gás Bombas de Palheta Tecnologia de Agitação Bombas de Fusos e Multifásicas Bombas Centrífugas Herméticas
  • 11. Preparadores de Polímero A VIBROPAC foi a primeira e é a única empresa a oferecer ao mercado nacional uma linha completa de sistemas para tratamento de água municipal ou industrial, no segmento de papel e celulose, entre outros. São máquinas compactas e portáteis para soluções a partir de emulsão ou de polímero em pó, com capacidade para até 10.000 l/h para pó e de até 20.000 l/h para emulsão. Produz, sob encomenda, sistemas de qualquer vazão e concentração. Águas e Efluentes
  • 12. Preparador de Polímero - Emulsão Preparador de Polímero – Em pó com pós diluição Preparador de Polímero – Especial à prova de explosão Águas e Efluentes Preparadores de Polímero
  • 13. Vibropac Unidade Combinada A VIBROPAC apresenta a linha de sistemas para pré- tratamento de efluentes, construídas sob licença da FLUITECO, uma das mais importantes companhias na fabricação de soluções para pré- tratamento de efluentes quer sejam para aplicações municipais ou industriais. Com esta nova linha de produtos, a VIBROPAC passa a oferecer mais opções de equipamentos para as necessidades cada vez mais crescentes, quer da indústria, como do setor público. Águas e Efluentes
  • 14. Sistema de Injeção Química Águas e Efluentes O Departamento de Engenharia de Sistemas da VIBROPAC foi criado com o intuito de desenvolver soluções integradas de preparo, dosagem e transporte de fluídos, atendendo às demandas específica de seus clientes, nos setores de Petroquímica, "Offshore", Papel e Celulose, Químico, Cerâmico, Sucroalcooleiro ou em Tratamento de Águas e Efluentes, entre outros. Todos os sistemas podem obedecer a desenhos e projetos fornecidos pelos clientes, como serem desenvolvidos pela própria engenharia VIBROPAC.
  • 15. Espessador e Desidratador de Lodos Águas e Efluentes O espessador representa inovação na concepção de equipamentos e fornece uma solução econômica para o Espessamento ou Desidratação de Lodos para pequenas e médias instalações de tratamento de águas potáveis, residuais e industriais bem como para um grande número de outras aplicações.
  • 16. Peneiras Rotativas Águas e Efluentes Pré Tratamento de Efluentes Grades Paralelas Para aplicação em instalações de tratamento de efluentes municipais, descargas de efluentes industriais, matadouros ou instalações de processamento de alimentos ou licores e peneiramento de inúmeros fluidos e espumas. As grades subverticais de barras paralelas podem ser adicionadas a instalações já existentes ou em novos projetos, aumentando a eficácia da retirada dos sólidos, que passa a ser de forma automática. São aplicáveis em Pré-Tratamento de efluentes domésticos e municipais e recuperação e processamento de sólidos de descargas industriais.
  • 17. Parafusos Transportadores Classificador de Areia Águas e Efluentes Pré Tratamento de Efluentes Utilizados em matadouros, pisciculturas e outras instalações de processamento de alimentos, indústria química e refinarias, estações de tratamento de águas residuais municipais, recepção de rejeitados, incineração, cinzas, entre outras. Aplicáveis em pequenas instalações de tratamento de efluentes, na descarga de efluentes industriais e outras instalações de processamento de alimentos, indústria química e refinarias, recuperação de minério em instalações de processamento, recepção de efluente com areias de drenagens ou recepção e processamento de sólidos provenientes de descargas industriais.
  • 18. Águas e Efluentes Sistemas de Filtração Aproveitando-se dos anos de experiência na produção de Sistemas de Injeção Química e de produtos para tratamento de efluentes, como os Preparadores de Polímero, Unidades Combinadas de Pré-Tratamento, Sistemas para a Desidratação e Lavagem de dejetos sólidos, Sistemas Compactos na separação de grãos/areia e óleos/graxa, etc., agora a Vibropac possui a nova tecnologia para FILTRAÇÃO E TRATAMENTO DE ÁGUAS.
  • 19. A linha de bombas dosadoras Vibropac compreende as marcas LMI Milton Roy, com bombas dosadoras eletrônicas e MILTON ROY FCD, com bombas dosadoras de processo tipo pistão e diafragma atendendo à norma API 675. Bombas Dosadoras Eletrônicas LMI Milton Roy Águas e Efluentes Bombas Dosadoras Bombas Dosadoras MacRoy Milton Roy Controladores Fabricados pela Milton Roy a linha de equipamentos de medição digitais se baseia na tecnologia de microprocessador para realizar medidas confiáveis e precisas da Condutividade, O2, pH, Redox (ORP), Cloro total, Cloro livre, Dióxido de cloro, Peróxido de hidrogênio, Bromo e Ácido peracético em sofisticados sistemas de tratamento químico.
  • 20. Águas e Efluentes Bombas Pneumáticas Bombas Peristálticas
  • 21.
  • 23. Águas e Efluentes PREPARADORES DE POLÍMERO (VIB)
  • 24. Águas e Efluentes O QUE SÃO POLÍMEROS ? Polímeros são compostos químicos, naturais ou sintéticos, de elevada massa molecular, resultantes de reações químicas. São macromoléculas formadas a partir de unidades estruturais menores (os monômeros).
  • 25. Águas e Efluentes São compostos sintéticos, de custo relativamente alto, cuja finalidade é produzir a coagulação, floculação ou aglutinação de partículas dispersas em um meio líquido, neste caso são especificamente denominados POLIELETRÓLITOS e podem ser ANIÔNICOS; CATIÔNICOS ou ambos. PARA O NOSSO PROPÓSITO ...
  • 28. Águas e Efluentes Pó granulado OS POLÍMEROS APRESENTAM-SE EM DUAS FORMAS:
  • 29. Águas e Efluentes Emulsão Caraterizada em sua maioria por uma solução viscosa concentrada. Geralmente diluída em água ou outros solventes e vendida em tambores
  • 30. Águas e Efluentes PRINCIPAIS APLICAÇÕES: - Tratamento de água e efluentes - Industria papeleira - Mineração - Usina de açúcar e álcool
  • 31. Águas e Efluentes TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES Na fase de polimento do tratamento, onde os coagulantes metálicos comuns (Sulfato de Alumínio; Cloreto Férrico) têm seu uso limitado/ proibitivo ou são ineficazes.
  • 32. Águas e Efluentes TRATAMENTO DE ÁGUAS E EFLUENTES Na desidratação do lodo: Alimentação de FILTROS-PRENSA ou CENTRÍFUGAS
  • 33. Águas e Efluentes INDÚSTRIA DE PAPEL Na recuperação ou retenção de fibras de papel
  • 34. Águas e Efluentes USINA DE AÇÚCAR E ÁLCOOL - Flotação e clarificação do caldo - Desidratação da torta
  • 35. Águas e Efluentes COMPONENTES DO PREPARADOR EM PÓ - Tanque - Portas de inspeção - Silo - Painel - Motores - Redutores - Agitadores - Rosca dosadora - Resistencia - Chave de nível - Sensor - Drenos - Saída de polímero
  • 36. Águas e Efluentes PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO O VIB é um equipamento de mistura VOLUMÉTRICA proporcional SÓLIDO-LÍQUIDO que garante a perfeita homogeneização dentro da proporção requerida e do tempo de MATURAÇÃO especificado.
  • 37. Águas e Efluentes ANIMAÇÃO DO PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO
  • 38. Águas e Efluentes DETALHES CONSTRUTIVOS - AGITADORES Tanque de mistura com pás retas e mancal de fundo Tanque de maturação e estocagem com hélice naval.
  • 39. Águas e Efluentes Rampa de pré mistura localizada na tampa do tanque. Tem a finalidade de abrir um leque de água para captação do polímero e iniciar a pré mistura antes que o mesmo entre no tanque. DETALHES CONSTRUTIVOS – RAMPA DE MISTURA
  • 40. Águas e Efluentes Dosador volumétrico de pó com novo eixo redesenhado para melhorar a precisão e dosagem, eliminando a incrustação e consequente cisalhamento do polímero. DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  • 41. Águas e Efluentes Eixo dosador calculado e dimensionado caso a caso de acordo com a necessidade do cliente DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  • 42. Águas e Efluentes DETALHES CONSTRUTIVOS – DOSADOR VOLUMÉTRICO
  • 43. Águas e Efluentes Trata-se do tempo necessário para que no tanque de estocagem a solução esteja homogênea e pronta para dosagem no processo. DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO 30 min
  • 44. Águas e Efluentes Os preparadores VIBROPAC são projetados para o tempo de maturação de 30 minutos, mas podem ser adaptados para outros valores como por exemplo 60 e 90 minutos. DETALHES CONSTRUTIVOS – TEMPO DE MATURAÇÃO
  • 45. Águas e Efluentes Hoje a VIBROPAC possui projetos para capacidade de preparo que variam de 700 a 12000 l/h. Outros valores podem ser fornecidos conforme necessidade do cliente. DETALHES CONSTRUTIVOS – CAPACIDADE DE PREPARO
  • 46. Águas e Efluentes A capacidade do silo de estocagem padrão adotada pela VIBROPAC segue a tabela abaixo, porém, essa pode ser alterada de acordo com a necessidade do cliente: VIB700-VIB2000 60 L VIB2500-VIB3000 90 L VIB3500- VIB12000 120 L DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
  • 47. Águas e Efluentes A capacidade do silo é limitada a 120 L em função do peso sobre a tampa do tanque. Projetos com silos de maior capacidade podem ser executados utilizando- se estruturas auxiliares. DETALHES CONSTRUTIVOS – SILOS DE ESTOCAGEM
  • 48. Águas e Efluentes Construção compacta em aço inox ou polipropileno, o que facilita a limpeza e aumenta a vida útil do equipamento. INOX POLIPROPILENO DETALHES CONSTRUTIVOS – MATERIAL
  • 49. Águas e Efluentes Sistema de aquecimento no tubo de saída do polímero em pó o que evita formação de umidade e grumos que podem prejudicar ao início da mistura. DETALHES CONSTRUTIVOS – RESISTÊNCIA DE AQUECIMENTO
  • 50. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PÓS DILUIÇÃO Incremento de capacidade do equipamento sem grandes mudanças, através do sistema de pós diluição.
  • 51. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO Possibilidade de montagem de um sistema HÍBRIDO para que o equipamento possa trabalhar tanto com polímero em pó quanto com emulsão.
  • 52. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
  • 53. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PREPARADOR HÍBRIDO
  • 54. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
  • 55. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – DOSADOR VOLUMÉTRICO REDUNDANTE
  • 56. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – PAINEL E COMUNICAÇÃO Painel eletromecânico com possibilidade de adaptação para controles via PLC e interface com supervisórios.
  • 57. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO Linhas de alimentação de água inteiramente em PVC industrial .......
  • 58. Águas e Efluentes ...............ou aço inox, incluindo válvulas e filtro Y. FLEXIBILIDADE - TUBULAÇÃO
  • 59. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE – INSTRUMENTAÇÃO Medidor do tipo magnético Medidor do tipo turbina Podemos trabalhar com todos os tipos de instrumentos de medição e controle. Válvulas ON-OFF Medidor do tipo área variável (rotâmetro)
  • 60. Águas e Efluentes SELEÇÃO – CURVA VAZÃO X TEMPO DE MATURAÇÃO
  • 61. Águas e Efluentes - Ativador dinâmico hidropropelido ou estático - Painel de controle - Chave de fluxo - Rotâmetro - Bomba eletromagnética para alta viscosidade - Coluna de calibração - Solenoide COMPONENTES DO PREPARADOR EM EMULSÃO
  • 62. Águas e Efluentes PRINCÍPIO DE OPERAÇÃO DO PREPARDOR EM EMULSÃO
  • 63. Águas e Efluentes IMPORTANTE Diferentemente do polímero em pó, o polímero em EMULSÃO geralmente não necessita de tempo de maturação, pois já vem com sua cadeia pré-ativada. POLÍMERO ÁGUA (+) (-)
  • 64. Águas e Efluentes FLEXIBILIDADE Configuração de lay out e instrumentação conforme necessidade do cliente.
  • 65. Águas e Efluentes BENEFÍCIOS - Economia de espaço para eliminação de obras civis - Faixa de concentração precisa e regulável de 0.01% a 0.5% - Adequação as especificações de preparo sem desperdícios de insumo - Uma vez em trabalho, não necessita de intervenção de operadores, exceto para realimentação do silo.
  • 66. Águas e Efluentes Tempo de maturação: 60 min Dados mínimos para especificação dos preparadores de polímero.
  • 67.
  • 69. Águas e Efluentes UNIDADE COMBINADA DE PRÉ- TRATAMENTO (VUC)
  • 70. Águas e Efluentes COMPARAÇÃO ENTRE: ESTAÇÃO TRADICIONAL ESTAÇÃO VIBROPAC 200 L/S
  • 71. Águas e Efluentes ESTAÇÃO TRADICIONAL Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  • 72. Águas e Efluentes GRADES ROSCAS TRANSPORTADORA DE SOLIDOS DA GRADE Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  • 73. Águas e Efluentes CAIXA DE AREIA COM ROSCA Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  • 74. Águas e Efluentes CAIXA DE AREIA COM ROSCA Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  • 75. Águas e Efluentes Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ESTAÇÃO TRADICIONAL
  • 76. Águas e Efluentes Estação Tradicional – Equipamentos mecânicos 04 Grades 02 Roscas para descarte de resíduo da grade até a caçamba 02 Caixas de areia com roscas Solução proposta pela VIBROPAC 01 Unidade Combinada de pré-tratamento COMPARATIVO
  • 77. Águas e Efluentes Estação Tradicional – Obra civil 01 Obra civil: - Canal em concreto para instalar a gradagem mecânica grossa automática. - Canal em concreto para fazer o by-pass da gradagem mecânica grossa automática e onde deverá ser instalada uma gradagem mecânica grossa manual. - Canal em concreto para instalar a peneira fina automática. - Canal em concreto para fazer o by-pass á peneira fina automática e onde deverá ser instalada uma gradagem mecânica manual. - Tanque em concreto para sedimentação/flotação (areias/gorduras) Solução proposta pela VIBROPAC 01 Obra civil - Plataforma em concreto para instalar a unidade. COMPARATIVO
  • 78. Águas e Efluentes Estima-se uma economia de 46% no valor total da obra * Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  • 79. Águas e Efluentes 210 m2 Fonte: ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema ÁREA UTILIZADA NA ESTAÇÃO TRADICIONAL
  • 80. Águas e Efluentes 51.8 m2 ÁREA NECESSÁRIA PARA INSTALAÇÃO DA ESTAÇÃO VIBROPAC
  • 81. Águas e Efluentes Redução da área de instalação de 75,0 %* Fonte: * Base para calculo Projeto ETE Sorocaba – Jd. Carandá e Altos do Ipanema
  • 83. Águas e Efluentes ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
  • 84. Águas e Efluentes ETAPA 01 – PENEIRA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS
  • 89. Águas e Efluentes ETAPA 02 – DECANTAÇÃO E TRANSPORTE DE SÓLIDOS:
  • 90. Águas e Efluentes ETAPA 02 – ROSCA PARA RETIRADA DE SÓLIDOS:
  • 91. Águas e Efluentes ETAPA 03 – FLOTAÇÃO DE GORDURA:
  • 92. Águas e Efluentes ETAPA 03 – ACESSÓRIOS APLICÁVEIS:
  • 93. Águas e Efluentes ETAPA 03 – RETIRADA DE GORDURA:
  • 94. Águas e Efluentes ETAPA 03 – DESCARTE DE GORDURA:
  • 96. Águas e Efluentes Composto de botões LIGA / DESLIGA para todos os componentes: Motor da peneira rotativa (b); Motor do transportador de areia horizontal (c); Motor do extrator de areia vertical (c); Motor do raspador de gordura (d); Compressor de ar (e); Válvula solenoide de lavagem na zona de compactação peneira (f); Válvula solenoide para lavagem zona de zona de peneiramento (g); Bomba de água (l). No modo MANUAL, todos os acionamentos acima são independentes de qualquer intertravamento, decorrentes do pressostato.
  • 97. Águas e Efluentes Acionamento através do pressostato de nível do tanque da peneira rotativa. Acionamento através de temporizador programável MODO AUTOMÁTICO
  • 98. Águas e Efluentes Motores elétricos com limitador de torque para proteção contra sobrecarga. Micro interruptores de segurança nas tampas de inspeção para evitar abertura das mesmas quando o equipamento estiver em operação. SEGURANÇA
  • 99. Águas e Efluentes REDUÇÃO DE VOLUME ≥40% sólidos secos EFICIÊNCIA DE LAVAGEM MATERIAL ORGÂNICO ≥90% EFICIÊNCIA DE REMOCÃO DE AREIAS ≥95% PARA GRANULUMETRIA ≥200µm (0,2mm) REDUÇÃO DE ORGÂNICOS VOLÁTILES ≥97% EFICIÊNCIA DE DESIDRATAÇÃO 90% de resíduo seco EFICIÊNCIA DE REMOÇÃO DE GORDURA ≈85% (TOP3)
  • 100. Águas e Efluentes Dados mínimos para especificação da unidade combinada de pré tratamento
  • 101. Águas e Efluentes De 4,0 l/s (15m3/h) a 400l/s (1.440m3/h) CAPACIDADE DISPONÍVEL
  • 102.
  • 104. Águas e Efluentes ESPESSADOR E DESIDRATADOR DE LODOS
  • 105. Águas e Efluentes MODELO SF / SFD Desidratação de lodo para pequenas e médias vazões.
  • 106. Águas e Efluentes Tambores cilíndricos estáticos projetados para otimizar a drenagem de líquidos aumentando assim a eficiência da máquina. TECNOLOGIA
  • 108. Águas e Efluentes EXEMPLO DE APLICAÇÃO
  • 109. Águas e Efluentes VANTAGENS Solução econômica para espessamento ou desidratação de lodo, quando comparado a outras tecnologias.
  • 110. Águas e Efluentes VANTAGENS - Baixo consumo de energia - Fácil operação e manutenção - Baixo nível de ruído - Ausência de telas filtrantes de troca constantes
  • 111. Águas e Efluentes A utilização de solução de polímero possui impacto direto na eficiência do equipamento, sendo sua utilização recomendada com o espessador. IMPORTANTE
  • 112. Águas e Efluentes CASOS DE SUCESSO (VIB)
  • 113. Águas e Efluentes Capacidade: 2000 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Monjolinho SAAE São Carlos Leila Jorge (16) 3501-1288 leila@saaesaocarlos.com.br
  • 114. Águas e Efluentes Capacidade: 12.000 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Lavapés SABESP Gustavo Sousa (12) 3904-3234 gnbdiniz@sabesp.com.br
  • 115. Águas e Efluentes Capacidade: 700 l/H LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL SAAE Itabira Jorge Borges (31) 3839-1320 jorge.borges@saaeitabira.com.br
  • 116. Águas e Efluentes CASOS DE SUCESSO (VUC)
  • 117. Águas e Efluentes Capacidade: 250 l/s LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Pirassununga/SP Cássio Santos (19) 9660-2313 cassio.minghini@gmail.com
  • 118. Águas e Efluentes LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Humaitá/SP Helvécio Sena (12) 3904-3253 hcsena@sabesp.com.br Capacidade: 150 l/s
  • 119. Águas e Efluentes LOCAL CONTATO TELEFONE E-MAIL ETE Governador Valadares/MG Matheus Mendes (31) 99877-2698 matheusmendes20@Hotmail.com Capacidade: 400 l/s
  • 120. Serviços A VIBROPAC está plenamente capacitada a realizar serviços para modernizar, consertar, reformar ou garantir que sua produção sempre esteja produzindo a todo vapor. • Instalações • Reformas • Consertos • Treinamento
  • 121. VIBROPAC nas Redes Sociais 1 Acompanhe a VIBROPAC usando o QR Code! Baixe o aplicativo do QR Code no seu smartphone Posicione a câmera focando no símbolo Você será direcionado diretamente às Redes Sociais Vibropac 2 3 Conteúdos exclusivos Novidades sobre o mundo dos negócios Vibropac e as tendências Eventos Dúvidas Técnicas Parceiros comerciais
  • 122. Site: www.vibropac.com.br Tel.: +55 11 2108-5600 E-mail: vibropac@vibropac.com.br Vibropac Indústria e Comércio de Máquinas Vibropac Brasil Vibropac APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2016 Rua Pasadena, 271 Parque Industrial San José – Cotia CEP: 06715-864 Endereço Contato