SlideShare uma empresa Scribd logo
Antiguidade Oriental



  Profª. Karoline de Oliveira Rebouças
Mesopotâmia
Localização geográfica:
A Mesopotâmia localizava-se,
basicamente, onde atualmente é o
território iraquiano. A leste e a
oeste encontram-se desertos (do
Irã, da Síria e da Jordânia); ao
norte, montanhas e desertos
turcos; ao sul, o golfo Pérsico e o
deserto da Arábia.
•A Mesopotâmia localizava-se,
basicamente, onde atualmente é o
  Os rios Tigre e Eufrates eram a fonte de vida dos
território iraquiano. A leste e a
oeste encontram-se mesopotâmicos, que também viviam
 diversos povos desertos (do
Irã, agricultura praticada ao suas margens.
 da da Síria e da Jordânia); em
norte, montanhas e desertos
turcos; ao sul, o golfo Pérsico e o
Antiguidade oriental
“Terra entre rios”
 Ao contrário do Nilo, os rios Tigre e
 Eufrates, cujas fontes estão nas montanhas
 das atuais Armênia e da Turquia, têm cheias
 não muito regulares e, por vezes, violentas
 (daí surgirem, nessa região, as primeiras
 narrativas de dilúvios).
 Era fundamental a existência de governos
 centrais, que organizassem a construção de
 diques para defender as plantações de
 cheias devastadoras.
POVO          LÍDER         CIDADE(S) CARACTERÍSTICAS
Sumérios   Patesi (rei)     Ur, Uruk,        Escrita cuneiforme; Zigurates
                            Nippur, Lagash

Acádios    Sargão I         Idem aos         Unificação;
                            sumérios

Amoritas   Hamurábi         Babilônia        Código de Hamurábi
Assírios   Assurbanipal     Assur, Nínive    Violência

Caldeus    Nabucodonossor   Babilônia        Conquistas territoriais;
                                             construções (Jardins
                                             Suspensos).
Estrutura Social

                          Rei


Gov.Local    Sacerdotes    Guerreiros   Comerciantes
(Patesi)

           Camponeses             Artesãos


                     Escravos
Economia: agrícola (principal), com comércio e artesanato
desenvolvidos;
Servidão coletiva;
Propriedade da terra = deuses
– Sacerdotes + políticos + imperador = intermediários entre homens
  e deuses;
Religião: politeísta, deuses = fenômenos naturais, sem
crença de vida após a morte, cerimoniais visando
recompensas terrenas;
Cultura: identificação de movimentos de planetas, previsão
de eclipses, diferenciação entre planetas e estrelas,
domínio da multiplicação, divisão, raiz quadrada, raiz
cúbica, divisão da circunferência em 360 graus, divisão do
ano em 12 meses, semana em 7 dias e dias com 12 horas;
Maiores contribuições:
- ESCRITA CUNEIFORME
- CÓDIGO DE LEIS.
Sumérios e acádios
(3.000-2.000 a.C.)
 Ocupação da Caldéia (Baixa Mesopotâmia), a
 partir do ano 3.000 a.C.;
 Surgimento de cidades independentes, como Ur,
 Uruk e Lagash, governada por reis (sumérios);
 Criação da escrita cuneiforme (sumérios);
 Surgimento de cidades no centro da
 Mesopotâmia, como Agadê, Sipar e Babilônia
 (acádios).
         www.mesopotamia.co.uk/tombs/home_set.html
        www.mesopotamia.co.uk/ziggurats/home_set.html
Primeiro Império Babilônico
(2.000-1750 a.C.)
 Criado pelos invasores amoritas, tendo
 como capital a cidade da Babilônia;

 Primeiro conjunto de leis (Código de
 Hamurabi) – lei de talião;

              Lei de Talião- Louvre
Período Intermediário
(1.750-1.300a.C.)
 Declínio do poder amorita;

 Reorganização da Mesopotâmia em cidades
 independentes, como ocorrera antes 2.000
 a.C.
Império Assírio
(1.300-612 a.C.)
 Originário da Alta Mesopotâmia (Assíria), tendo
 como capital a cidade de Nínive;
 Mais famoso e importante exército da Antiguidade
 Oriental
 Dominadores de vastas áreas (incluindo toda a
 Mesopotâmia, a Síria, a Palestina e o Egito);
 Conhecidos pela extrema crueldade.

          www.mesopotamia.co.uk/palaces/index.html
         www.mesopotamia.co.uk/warfare/home_set.html
Segundo Império Babilônico
(612-539 a.C.)
 Famoso pelo rei Nabucodonosor, citado
 várias vezes no Antigo Testamento
 (sobretudo pela destruição da cidade de
 Jerusalém);
 Construção dos Jardins Suspensos da
 Babilônia
 Dominado pelos persas, em 539 a.C.
Antiguidade oriental
Fenícia
Atual Líbano;
Descentralização política;
Cidades-Estado(Ugarit,
Biblos, Sidon, Tiro);
Comércio, navegação e
pirataria;
Fundação de colônias no
Mar Mediterrâneo:
 – Cartago (TUN);
 – Cádiz e Málaga (ESP);
 – Palermo (ITA);
Maior legado: ALFABETO
Fenícios
Os fenícios viveram ao norte da Palestina, na
região que hoje compreende o Líbano;
Viviam em cidades independentes (cidades-
Estado), como Biblos, Tiro, Sidon;
Excelentes navegantes e comerciantes (os
primeiros a dedicarem-se ao comércio
internacional), fundaram colônias por todo o
Mediterrâneo (inclusive na Espanha); a principal
dessas colônias foi Cartago (atual Tunísia).
Fenícios
 Como o comércio era a principal atividade
 fenícia, a elite daquelas cidades eram os
 navegadores e comerciantes – tais grupos
 dominavam a política (tassalocracia);
 Para facilitar as trocas comerciais, os
 fenícios    simplificaram     as   escritas
 conhecidas no Oriente Médio e criaram
 um alfabeto de 22 letras, adaptado,
 posteriormente, por gregos e romanos,
 gerando o atual alfabeto latino.
Antiguidade oriental
Persas
A Pérsia ficava a leste da Mesopotâmia
(atual Irã);
Sua civilização foi fruto da fusão de dois
povos: os persas (sul) e os medos (norte),
por volta de 600 a.C.;
A partir do século VI a.C., os persas
estabeleceram um dos maiores impérios da
Antiguidade, que englobava o Egito, a
Turquia, a Palestina, a Síria, a
Mesopotâmia, a Pérsia e o norte da Índia.
Persas
Seus principais imperadores (chamados de
xás, do persa shah) foram Ciro I (559-529
a.C.), Cambises (529-522 a.C.) e Dario I
(512-484 a.C.);
Seu expansionismo foi barrado pelos
gregos no século V a.C. (Guerras Médicas);
acabaram      sendo     conquistados   por
Alexandre Magno, em 330 a.C.;
A economia do Império Persa era agrícola,
mas o comércio era facilitado pelas várias
estradas, construídas pelos xás (“governar
é construir estradas”).
Persas
  O grande império era dividido em
  províncias (satrapias), comandadas por
  governantes de confiança (sátrapas, do
  persa xšaθrapāvan, ou seja, protetor do
  poder real);

  Havia também fiscais reais, que vigiavam
  os governadores, chamados os “olhos e
  ouvidos do rei”.
Persas
 A religião persa, o masdeísmo, é um monoteísmo
 dualista: apesar de existir uma divindade do bem
 (Ormuz ou Ahura-Mazda), há outra do mal
 (Arimã); por ter sido pregada pelo profeta
 Zaratustra (Zoroastro, em grego), a religião é
 chamada também de zoroastrismo;
 Os persas acreditavam em anjos e demônios, na
 vinda de um salvador, no juízo final e na
 ressurreição dos mortos (crenças que, através do
 judaísmo, passaram ao cristianismo).
Pérsia
Atual IRÃ;
Medos + Persas;
Ciro e Cambises:
conquistas territoriais;
Dario I – auge;
 – Divisão em províncias
   chamadas SATRÁPIAS;
 – 1ª moeda internacional –
   DÁRICO;
 – Rede de estradas e
   comunicações
   desenvolvidas;
Xerxes – decadência
(Guerras Médicas);
Não influíam nos costumes
dos dominados (cobravam
tributos e exigiam
integração no exército);
Economia basicamente
agrícola;
Servidão coletiva;
Religião:
ZOROASTRISMO ou
MASDEÍSMO
 – Dualidade entre
    ORMUZ-MAZDA
    (bem) X        ARIMÃ
    (mal);
 – Avesta = livro sagrado.
Hebreus
Atual ISRAEL ou PALESTINA;
Agricultores e pastores (Rio
Jordão);
Principal fonte de estudo: Bíblia
(Antigo Testamento);
Patriarcas:
– Abraão – condução dos hebreus
  para Canaã (Monoteísmo – Iavé);
– Isaac;
– Jacó – 12 descendentes (12 tribos);
– Migração para o Egito (posterior
  escravização);
– Moisés – retirada dos hebreus do
  Egito (ÊXODO) e recondução à
  Canaã;
    • 10 mandamentos;
– Josué – chegada à Palestina (Jericó).
Hebreus
  A palavra hebreu tem sua origem na raiz semítica
  hapiru, que significa errante, nômade;
  Esse povo desenvolveu-se na Palestina, faixa semi-
  árida de terra, às margens do Mediterrâneo, entre o
  Egito e a Mesopotâmia (atuais Palestina e Israel);
  O único rio perene que percorre a região é o Jordão
  (que não se compara aos Nilo, Tigre e Eufrates). No
  entanto, é junto às suas margens que as terras são
  mais férteis.
Hebreus
 Até o século XIX, o Antigo Testamento (Bíblia
 Hebraica) era visto como uma narrativa fiel da
 história desse povo;
 As pesquisas arqueológicas dos séculos XX e
 XXI, no entanto, demonstram cada vez mais que
 tais textos são literários e teológicos, mas nem
 sempre históricos;
 Os materiais didáticos em geral, infelizmente,
 explicam a história dos hebreus seguindo a
 cronologia apresentada pela Bíblia.
Hebreus
 Era dos Patriarcas (Abraão, Isaac, Jacó);
     Êxodo – fuga da escravidão (!) no Egito,
 liderada por Moisés
 Era dos Juízes (Gideão, Sansão, Jefté etc.);
 Monarquia unida (Saul, David, Salomão);
 Cisma (divisão) – Reino de Israel (norte) e Reino
 de Judá (sul);
 Diáspora (dispersão) – dominação babilônica
 (século VI a.C.) e, depois, quando da dominação
 romana (século I d.C.);
Hebreus
Independentemente do pouco conhecimento
científico sobre a história dos hebreus no Brasil,
três elementos foram legados por esse povo ao
mundo ocidental:
a) crença monoteísta (base para as religiões
judaica, cristã e muçulmana);
b) valorização da ética (Dez Mandamentos);
c) Antigo Testamento – modelo literário, normas de
comportamento e fonte de credos religiosos).
Antiguidade oriental
Juízes;
– Líderes militares para combater os Filisteus;
– Gideão, Sansão e Samuel;
Reis;
– Unidade política das 12 tribos;
– Saul;
– Davi – vitória sobre filisteus, poderio militar, conquista
  de toda a Palestina (Jerusalém);
– Salomão – auge, muito comércio, construções (Templo
  de Iavé), grandiosidade, altos impostos
  (descontentamento);
– 926 a.C. – CISMA
   • 10 tribos – Norte – Jeroboão – Reino de Israel;
   • 2 tribos – Sul – Roboão – Reino de Judá
   • Enfraquecimento.
Conquistados pelos Assírios (Reino
de Israel) e Babilônios (Reino de
Judá);
 – Cativeiro da Babilônia;
539 a.C. – Retorno à Palestina
(libertados por Ciro – persa);
 – Fim do cativeiro da Babilônia;
70 d.C. – expulsos da Palestina
pelos Romanos (Diáspora);
Maior legado cultural:
MONOTEÍSMO, base de 3 das
maiores religiões monoteístas do
mundo: Judaísmo, Cristianismo e
Islamismo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revisão de Antiguidade Oriental
Revisão de Antiguidade OrientalRevisão de Antiguidade Oriental
Revisão de Antiguidade Oriental
Edenilson Morais
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
Marcia Fernandes
 
Egito fenicios persas e hebreus
Egito fenicios persas e hebreusEgito fenicios persas e hebreus
Egito fenicios persas e hebreus
Carlos Glufke
 
Hebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia História
Hebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia HistóriaHebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia História
Hebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia História
Pedro Artigas Daiha
 
Antigo oriente
Antigo orienteAntigo oriente
Antigo oriente
Dênis Valério Martins
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Edvaldo Lopes
 
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia  - Antiguidade OrientalEgito e Mesopotâmia  - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Valéria Shoujofan
 
Pré-história e Antiguidade Oriental
Pré-história e Antiguidade OrientalPré-história e Antiguidade Oriental
Pré-história e Antiguidade Oriental
Breno Girotto
 
Mesopotâmia fenícios persas_hebreus
Mesopotâmia fenícios persas_hebreusMesopotâmia fenícios persas_hebreus
Mesopotâmia fenícios persas_hebreus
Péricles Penuel
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
mundica broda
 
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTILANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
Edenilson Morais
 
Civilizações orientais
Civilizações orientaisCivilizações orientais
Civilizações orientais
Edenilson Morais
 
5° civilizações do oriente médio
5° civilizações do oriente médio5° civilizações do oriente médio
5° civilizações do oriente médio
Ajudar Pessoas
 
Pré-História, História Antiga
Pré-História, História AntigaPré-História, História Antiga
Pré-História, História Antiga
Marinete Santos
 
02. aula de história geral - antiguidade oriental
02. aula de história geral - antiguidade oriental02. aula de história geral - antiguidade oriental
02. aula de história geral - antiguidade oriental
Darlan Campos
 
Os estados orientais
Os estados orientaisOs estados orientais
Os estados orientais
Braulio Santos Pereira
 
Povos da antiguidade
Povos da antiguidadePovos da antiguidade
Povos da antiguidade
Reus Bale
 
Egito 6 ano
Egito 6 anoEgito 6 ano
Egito 6 ano
Escolacsm
 
Civilizações antigas os hebreus , filisteus e persas
Civilizações antigas os hebreus , filisteus e persasCivilizações antigas os hebreus , filisteus e persas
Civilizações antigas os hebreus , filisteus e persas
Maria Calvo
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
Privada
 

Mais procurados (20)

Revisão de Antiguidade Oriental
Revisão de Antiguidade OrientalRevisão de Antiguidade Oriental
Revisão de Antiguidade Oriental
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
 
Egito fenicios persas e hebreus
Egito fenicios persas e hebreusEgito fenicios persas e hebreus
Egito fenicios persas e hebreus
 
Hebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia História
Hebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia HistóriaHebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia História
Hebreus; Fenícios; Persas e Povos da Mesopotamia História
 
Antigo oriente
Antigo orienteAntigo oriente
Antigo oriente
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
 
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia  - Antiguidade OrientalEgito e Mesopotâmia  - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
 
Pré-história e Antiguidade Oriental
Pré-história e Antiguidade OrientalPré-história e Antiguidade Oriental
Pré-história e Antiguidade Oriental
 
Mesopotâmia fenícios persas_hebreus
Mesopotâmia fenícios persas_hebreusMesopotâmia fenícios persas_hebreus
Mesopotâmia fenícios persas_hebreus
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTILANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
ANTIGUIDADE ORIENTAL - CRESCENTE FÉRTIL
 
Civilizações orientais
Civilizações orientaisCivilizações orientais
Civilizações orientais
 
5° civilizações do oriente médio
5° civilizações do oriente médio5° civilizações do oriente médio
5° civilizações do oriente médio
 
Pré-História, História Antiga
Pré-História, História AntigaPré-História, História Antiga
Pré-História, História Antiga
 
02. aula de história geral - antiguidade oriental
02. aula de história geral - antiguidade oriental02. aula de história geral - antiguidade oriental
02. aula de história geral - antiguidade oriental
 
Os estados orientais
Os estados orientaisOs estados orientais
Os estados orientais
 
Povos da antiguidade
Povos da antiguidadePovos da antiguidade
Povos da antiguidade
 
Egito 6 ano
Egito 6 anoEgito 6 ano
Egito 6 ano
 
Civilizações antigas os hebreus , filisteus e persas
Civilizações antigas os hebreus , filisteus e persasCivilizações antigas os hebreus , filisteus e persas
Civilizações antigas os hebreus , filisteus e persas
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 

Destaque

Antiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completoAntiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completo
Carlos Glufke
 
Pré-História, Egito e Mesopotâmia
Pré-História, Egito e MesopotâmiaPré-História, Egito e Mesopotâmia
Pré-História, Egito e Mesopotâmia
Elton Zanoni
 
Povos da antiguidade
Povos da antiguidadePovos da antiguidade
Povos da antiguidade
Espil19
 
2 Antiguidade Oriental
2 Antiguidade Oriental2 Antiguidade Oriental
2 Antiguidade Oriental
Robson Santos
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
Daniel Alves Bronstrup
 
Resumão história antiga
Resumão história antigaResumão história antiga
Resumão história antiga
Karoline Oliveira
 
Primeiras Civilizaçoes
Primeiras CivilizaçoesPrimeiras Civilizaçoes
Primeiras Civilizaçoes
Fabio Santos
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Edvaldo Lopes
 
I - Antiguidade Clássica
I - Antiguidade ClássicaI - Antiguidade Clássica
I - Antiguidade Clássica
profrogerio1
 
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar EgeuOs Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Silmara Nogueira
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
inessalgado
 
Civilização Egípcia
Civilização EgípciaCivilização Egípcia
Civilização Egípcia
Jorge Almeida
 
Historia 6º ano - Mesopotâmia
Historia 6º ano - MesopotâmiaHistoria 6º ano - Mesopotâmia
Historia 6º ano - Mesopotâmia
Fábio Paiva
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
Daniel Alves Bronstrup
 
1º slides pre história
1º slides pre história1º slides pre história
1º slides pre história
megaman1230
 
Mesopotamia slide
Mesopotamia slideMesopotamia slide
Mesopotamia slide
Isabel Aguiar
 
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOSPRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
carlosbidu
 
Primeiras Civilizações
Primeiras  CivilizaçõesPrimeiras  Civilizações
Primeiras Civilizações
Felipe
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
Bárbara Pereira
 
Brasil colônia seculo XVII
Brasil colônia seculo XVIIBrasil colônia seculo XVII
Brasil colônia seculo XVII
Bruno E Geyse Ornelas
 

Destaque (20)

Antiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completoAntiguidade ocidental completo
Antiguidade ocidental completo
 
Pré-História, Egito e Mesopotâmia
Pré-História, Egito e MesopotâmiaPré-História, Egito e Mesopotâmia
Pré-História, Egito e Mesopotâmia
 
Povos da antiguidade
Povos da antiguidadePovos da antiguidade
Povos da antiguidade
 
2 Antiguidade Oriental
2 Antiguidade Oriental2 Antiguidade Oriental
2 Antiguidade Oriental
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Resumão história antiga
Resumão história antigaResumão história antiga
Resumão história antiga
 
Primeiras Civilizaçoes
Primeiras CivilizaçoesPrimeiras Civilizaçoes
Primeiras Civilizaçoes
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
 
I - Antiguidade Clássica
I - Antiguidade ClássicaI - Antiguidade Clássica
I - Antiguidade Clássica
 
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar EgeuOs Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
Os Celtas, Povos Bárbaros e Antigos Povos do Mar Egeu
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
 
Civilização Egípcia
Civilização EgípciaCivilização Egípcia
Civilização Egípcia
 
Historia 6º ano - Mesopotâmia
Historia 6º ano - MesopotâmiaHistoria 6º ano - Mesopotâmia
Historia 6º ano - Mesopotâmia
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
 
1º slides pre história
1º slides pre história1º slides pre história
1º slides pre história
 
Mesopotamia slide
Mesopotamia slideMesopotamia slide
Mesopotamia slide
 
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOSPRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
 
Primeiras Civilizações
Primeiras  CivilizaçõesPrimeiras  Civilizações
Primeiras Civilizações
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
 
Brasil colônia seculo XVII
Brasil colônia seculo XVIIBrasil colônia seculo XVII
Brasil colônia seculo XVII
 

Semelhante a Antiguidade oriental

Antiguidade oriental.
Antiguidade oriental.Antiguidade oriental.
Antiguidade oriental.
Ludmiilaa
 
Hebreus fenicios e persas
Hebreus fenicios e persasHebreus fenicios e persas
Hebreus fenicios e persas
Marcelo Ferreira Boia
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
Daniel Alves Bronstrup
 
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
Mariana Labes
 
Atividade3
Atividade3Atividade3
Atividade3
Delziene Jesus
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
Carlos Glufke
 
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
Jemuel Araújo da Silva
 
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade ModernaEgito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Maycon Rock
 
Antiguidade oriental
Antiguidade orientalAntiguidade oriental
Antiguidade oriental
Washington Heleno
 
As 1º civilizaçoes
As 1º civilizaçoesAs 1º civilizaçoes
As 1º civilizaçoes
Valmir Gomes
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Colegio GGE
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Colegio GGE
 
1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
Daniel Alves Bronstrup
 
Antiguidade oriental mesopotâmia net
Antiguidade oriental  mesopotâmia netAntiguidade oriental  mesopotâmia net
Antiguidade oriental mesopotâmia net
Karoline Oliveira
 
Cpm his 1 ano - antiguidade oriental 01
Cpm   his 1 ano - antiguidade oriental 01Cpm   his 1 ano - antiguidade oriental 01
Cpm his 1 ano - antiguidade oriental 01
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx
1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx
1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx
RobsonCamposdeAbreu
 
Hebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e PersasHebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e Persas
Fabiane Santana
 
1ano hebreus persas e fencios-
1ano hebreus persas e fencios-1ano hebreus persas e fencios-
1ano hebreus persas e fencios-
Marilce Reis
 
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmiaColégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
Leonardo Leo
 
hebreus persas efencios
 hebreus persas efencios hebreus persas efencios
hebreus persas efencios
Ewerton Anacleto de Souza
 

Semelhante a Antiguidade oriental (20)

Antiguidade oriental.
Antiguidade oriental.Antiguidade oriental.
Antiguidade oriental.
 
Hebreus fenicios e persas
Hebreus fenicios e persasHebreus fenicios e persas
Hebreus fenicios e persas
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
 
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
 
Atividade3
Atividade3Atividade3
Atividade3
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
 
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
 
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade ModernaEgito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
Egito, Mesopotâmia, Grécia, Roma, Idade Média, Idade Moderna
 
Antiguidade oriental
Antiguidade orientalAntiguidade oriental
Antiguidade oriental
 
As 1º civilizaçoes
As 1º civilizaçoesAs 1º civilizaçoes
As 1º civilizaçoes
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
Aula sobre_antiguidade_oriental - show.filé
 
1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
 
Antiguidade oriental mesopotâmia net
Antiguidade oriental  mesopotâmia netAntiguidade oriental  mesopotâmia net
Antiguidade oriental mesopotâmia net
 
Cpm his 1 ano - antiguidade oriental 01
Cpm   his 1 ano - antiguidade oriental 01Cpm   his 1 ano - antiguidade oriental 01
Cpm his 1 ano - antiguidade oriental 01
 
1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx
1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx
1ano-mesopotmia-140310223340-phpapp02.pptx
 
Hebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e PersasHebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e Persas
 
1ano hebreus persas e fencios-
1ano hebreus persas e fencios-1ano hebreus persas e fencios-
1ano hebreus persas e fencios-
 
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmiaColégio tiradentes da brigada militar   mesopotâmia
Colégio tiradentes da brigada militar mesopotâmia
 
hebreus persas efencios
 hebreus persas efencios hebreus persas efencios
hebreus persas efencios
 

Último

Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 

Último (20)

Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 

Antiguidade oriental

  • 1. Antiguidade Oriental Profª. Karoline de Oliveira Rebouças
  • 2. Mesopotâmia Localização geográfica: A Mesopotâmia localizava-se, basicamente, onde atualmente é o território iraquiano. A leste e a oeste encontram-se desertos (do Irã, da Síria e da Jordânia); ao norte, montanhas e desertos turcos; ao sul, o golfo Pérsico e o deserto da Arábia. •A Mesopotâmia localizava-se, basicamente, onde atualmente é o Os rios Tigre e Eufrates eram a fonte de vida dos território iraquiano. A leste e a oeste encontram-se mesopotâmicos, que também viviam diversos povos desertos (do Irã, agricultura praticada ao suas margens. da da Síria e da Jordânia); em norte, montanhas e desertos turcos; ao sul, o golfo Pérsico e o
  • 4. “Terra entre rios” Ao contrário do Nilo, os rios Tigre e Eufrates, cujas fontes estão nas montanhas das atuais Armênia e da Turquia, têm cheias não muito regulares e, por vezes, violentas (daí surgirem, nessa região, as primeiras narrativas de dilúvios). Era fundamental a existência de governos centrais, que organizassem a construção de diques para defender as plantações de cheias devastadoras.
  • 5. POVO LÍDER CIDADE(S) CARACTERÍSTICAS Sumérios Patesi (rei) Ur, Uruk, Escrita cuneiforme; Zigurates Nippur, Lagash Acádios Sargão I Idem aos Unificação; sumérios Amoritas Hamurábi Babilônia Código de Hamurábi Assírios Assurbanipal Assur, Nínive Violência Caldeus Nabucodonossor Babilônia Conquistas territoriais; construções (Jardins Suspensos).
  • 6. Estrutura Social Rei Gov.Local Sacerdotes Guerreiros Comerciantes (Patesi) Camponeses Artesãos Escravos
  • 7. Economia: agrícola (principal), com comércio e artesanato desenvolvidos; Servidão coletiva; Propriedade da terra = deuses – Sacerdotes + políticos + imperador = intermediários entre homens e deuses; Religião: politeísta, deuses = fenômenos naturais, sem crença de vida após a morte, cerimoniais visando recompensas terrenas; Cultura: identificação de movimentos de planetas, previsão de eclipses, diferenciação entre planetas e estrelas, domínio da multiplicação, divisão, raiz quadrada, raiz cúbica, divisão da circunferência em 360 graus, divisão do ano em 12 meses, semana em 7 dias e dias com 12 horas; Maiores contribuições: - ESCRITA CUNEIFORME - CÓDIGO DE LEIS.
  • 8. Sumérios e acádios (3.000-2.000 a.C.) Ocupação da Caldéia (Baixa Mesopotâmia), a partir do ano 3.000 a.C.; Surgimento de cidades independentes, como Ur, Uruk e Lagash, governada por reis (sumérios); Criação da escrita cuneiforme (sumérios); Surgimento de cidades no centro da Mesopotâmia, como Agadê, Sipar e Babilônia (acádios). www.mesopotamia.co.uk/tombs/home_set.html www.mesopotamia.co.uk/ziggurats/home_set.html
  • 9. Primeiro Império Babilônico (2.000-1750 a.C.) Criado pelos invasores amoritas, tendo como capital a cidade da Babilônia; Primeiro conjunto de leis (Código de Hamurabi) – lei de talião; Lei de Talião- Louvre
  • 10. Período Intermediário (1.750-1.300a.C.) Declínio do poder amorita; Reorganização da Mesopotâmia em cidades independentes, como ocorrera antes 2.000 a.C.
  • 11. Império Assírio (1.300-612 a.C.) Originário da Alta Mesopotâmia (Assíria), tendo como capital a cidade de Nínive; Mais famoso e importante exército da Antiguidade Oriental Dominadores de vastas áreas (incluindo toda a Mesopotâmia, a Síria, a Palestina e o Egito); Conhecidos pela extrema crueldade. www.mesopotamia.co.uk/palaces/index.html www.mesopotamia.co.uk/warfare/home_set.html
  • 12. Segundo Império Babilônico (612-539 a.C.) Famoso pelo rei Nabucodonosor, citado várias vezes no Antigo Testamento (sobretudo pela destruição da cidade de Jerusalém); Construção dos Jardins Suspensos da Babilônia Dominado pelos persas, em 539 a.C.
  • 14. Fenícia Atual Líbano; Descentralização política; Cidades-Estado(Ugarit, Biblos, Sidon, Tiro); Comércio, navegação e pirataria; Fundação de colônias no Mar Mediterrâneo: – Cartago (TUN); – Cádiz e Málaga (ESP); – Palermo (ITA); Maior legado: ALFABETO
  • 15. Fenícios Os fenícios viveram ao norte da Palestina, na região que hoje compreende o Líbano; Viviam em cidades independentes (cidades- Estado), como Biblos, Tiro, Sidon; Excelentes navegantes e comerciantes (os primeiros a dedicarem-se ao comércio internacional), fundaram colônias por todo o Mediterrâneo (inclusive na Espanha); a principal dessas colônias foi Cartago (atual Tunísia).
  • 16. Fenícios Como o comércio era a principal atividade fenícia, a elite daquelas cidades eram os navegadores e comerciantes – tais grupos dominavam a política (tassalocracia); Para facilitar as trocas comerciais, os fenícios simplificaram as escritas conhecidas no Oriente Médio e criaram um alfabeto de 22 letras, adaptado, posteriormente, por gregos e romanos, gerando o atual alfabeto latino.
  • 18. Persas A Pérsia ficava a leste da Mesopotâmia (atual Irã); Sua civilização foi fruto da fusão de dois povos: os persas (sul) e os medos (norte), por volta de 600 a.C.; A partir do século VI a.C., os persas estabeleceram um dos maiores impérios da Antiguidade, que englobava o Egito, a Turquia, a Palestina, a Síria, a Mesopotâmia, a Pérsia e o norte da Índia.
  • 19. Persas Seus principais imperadores (chamados de xás, do persa shah) foram Ciro I (559-529 a.C.), Cambises (529-522 a.C.) e Dario I (512-484 a.C.); Seu expansionismo foi barrado pelos gregos no século V a.C. (Guerras Médicas); acabaram sendo conquistados por Alexandre Magno, em 330 a.C.; A economia do Império Persa era agrícola, mas o comércio era facilitado pelas várias estradas, construídas pelos xás (“governar é construir estradas”).
  • 20. Persas O grande império era dividido em províncias (satrapias), comandadas por governantes de confiança (sátrapas, do persa xšaθrapāvan, ou seja, protetor do poder real); Havia também fiscais reais, que vigiavam os governadores, chamados os “olhos e ouvidos do rei”.
  • 21. Persas A religião persa, o masdeísmo, é um monoteísmo dualista: apesar de existir uma divindade do bem (Ormuz ou Ahura-Mazda), há outra do mal (Arimã); por ter sido pregada pelo profeta Zaratustra (Zoroastro, em grego), a religião é chamada também de zoroastrismo; Os persas acreditavam em anjos e demônios, na vinda de um salvador, no juízo final e na ressurreição dos mortos (crenças que, através do judaísmo, passaram ao cristianismo).
  • 22. Pérsia Atual IRÃ; Medos + Persas; Ciro e Cambises: conquistas territoriais; Dario I – auge; – Divisão em províncias chamadas SATRÁPIAS; – 1ª moeda internacional – DÁRICO; – Rede de estradas e comunicações desenvolvidas; Xerxes – decadência (Guerras Médicas);
  • 23. Não influíam nos costumes dos dominados (cobravam tributos e exigiam integração no exército); Economia basicamente agrícola; Servidão coletiva; Religião: ZOROASTRISMO ou MASDEÍSMO – Dualidade entre ORMUZ-MAZDA (bem) X ARIMÃ (mal); – Avesta = livro sagrado.
  • 24. Hebreus Atual ISRAEL ou PALESTINA; Agricultores e pastores (Rio Jordão); Principal fonte de estudo: Bíblia (Antigo Testamento); Patriarcas: – Abraão – condução dos hebreus para Canaã (Monoteísmo – Iavé); – Isaac; – Jacó – 12 descendentes (12 tribos); – Migração para o Egito (posterior escravização); – Moisés – retirada dos hebreus do Egito (ÊXODO) e recondução à Canaã; • 10 mandamentos; – Josué – chegada à Palestina (Jericó).
  • 25. Hebreus A palavra hebreu tem sua origem na raiz semítica hapiru, que significa errante, nômade; Esse povo desenvolveu-se na Palestina, faixa semi- árida de terra, às margens do Mediterrâneo, entre o Egito e a Mesopotâmia (atuais Palestina e Israel); O único rio perene que percorre a região é o Jordão (que não se compara aos Nilo, Tigre e Eufrates). No entanto, é junto às suas margens que as terras são mais férteis.
  • 26. Hebreus Até o século XIX, o Antigo Testamento (Bíblia Hebraica) era visto como uma narrativa fiel da história desse povo; As pesquisas arqueológicas dos séculos XX e XXI, no entanto, demonstram cada vez mais que tais textos são literários e teológicos, mas nem sempre históricos; Os materiais didáticos em geral, infelizmente, explicam a história dos hebreus seguindo a cronologia apresentada pela Bíblia.
  • 27. Hebreus Era dos Patriarcas (Abraão, Isaac, Jacó); Êxodo – fuga da escravidão (!) no Egito, liderada por Moisés Era dos Juízes (Gideão, Sansão, Jefté etc.); Monarquia unida (Saul, David, Salomão); Cisma (divisão) – Reino de Israel (norte) e Reino de Judá (sul); Diáspora (dispersão) – dominação babilônica (século VI a.C.) e, depois, quando da dominação romana (século I d.C.);
  • 28. Hebreus Independentemente do pouco conhecimento científico sobre a história dos hebreus no Brasil, três elementos foram legados por esse povo ao mundo ocidental: a) crença monoteísta (base para as religiões judaica, cristã e muçulmana); b) valorização da ética (Dez Mandamentos); c) Antigo Testamento – modelo literário, normas de comportamento e fonte de credos religiosos).
  • 30. Juízes; – Líderes militares para combater os Filisteus; – Gideão, Sansão e Samuel; Reis; – Unidade política das 12 tribos; – Saul; – Davi – vitória sobre filisteus, poderio militar, conquista de toda a Palestina (Jerusalém); – Salomão – auge, muito comércio, construções (Templo de Iavé), grandiosidade, altos impostos (descontentamento); – 926 a.C. – CISMA • 10 tribos – Norte – Jeroboão – Reino de Israel; • 2 tribos – Sul – Roboão – Reino de Judá • Enfraquecimento.
  • 31. Conquistados pelos Assírios (Reino de Israel) e Babilônios (Reino de Judá); – Cativeiro da Babilônia; 539 a.C. – Retorno à Palestina (libertados por Ciro – persa); – Fim do cativeiro da Babilônia; 70 d.C. – expulsos da Palestina pelos Romanos (Diáspora); Maior legado cultural: MONOTEÍSMO, base de 3 das maiores religiões monoteístas do mundo: Judaísmo, Cristianismo e Islamismo.