5° civilizações do oriente médio

3.209 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.209
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5° civilizações do oriente médio

  1. 1. CIVILIZAÇÕES DOCIVILIZAÇÕES DOORIENTE MÉDIOORIENTE MÉDIOTEOCRÁTICASTEOCRÁTICAS DE REGADIODE REGADIO
  2. 2. Crescente FértilCrescente Fértil
  3. 3.  Crescente FértilCrescente Fértil    São as mais antigas civilizações da história,São as mais antigas civilizações da história,que surgem entre 4000 a.C. e 2000 a.C., àsque surgem entre 4000 a.C. e 2000 a.C., àsmargens dos rios Tigre e Eufratesmargens dos rios Tigre e Eufrates(Mesopotâmia), Jordão (Palestina), Nilo (Egito),(Mesopotâmia), Jordão (Palestina), Nilo (Egito),Amarelo (China), Indo e Ganges (nos atuaisAmarelo (China), Indo e Ganges (nos atuaisPaquistão e Índia).Paquistão e Índia). A maioria desenvolve-se no chamado CrescenteA maioria desenvolve-se no chamado CrescenteFértil, região propícia para o cultivo que vai doFértil, região propícia para o cultivo que vai dorio Nilo até o golfo Pérsico. Algumasrio Nilo até o golfo Pérsico. Algumassociedades, porém, que aparecemsociedades, porém, que aparecemposteriormente e não contam com o poderposteriormente e não contam com o poderfertilizador de grandes rios vivem de atividadesfertilizador de grandes rios vivem de atividadespastoris (hebreus, hititas), do comércio (fenícios,pastoris (hebreus, hititas), do comércio (fenícios,cretenses) e de conquistas militares (assírios,cretenses) e de conquistas militares (assírios,hititas e persas).hititas e persas).
  4. 4.  Possuem características comuns, como aPossuem características comuns, como aescrita, a arquitetura monumental, aescrita, a arquitetura monumental, aagricultura extensiva, a domesticação deagricultura extensiva, a domesticação deanimais, a metalurgia, a escultura, aanimais, a metalurgia, a escultura, apintura em cerâmica, a divisão dapintura em cerâmica, a divisão dasociedade em classes e a religiãosociedade em classes e a religiãoorganizada.organizada. a forma de governo da maioria dasa forma de governo da maioria dassociedades é a Monarquia teocrática esociedades é a Monarquia teocrática ehereditária, as instituições monárquicashereditária, as instituições monárquicasdo Egito e da Mesopotâmia -do Egito e da Mesopotâmia -representadas respectivamente pelo faraórepresentadas respectivamente pelo faraóe pelo patesie pelo patesi
  5. 5. Oriente Médio/CivilizaçõesOriente Médio/CivilizaçõesHidráulicasHidráulicas As primeiras civilizações humanasAs primeiras civilizações humanasnasceram e se desenvolveram nasnasceram e se desenvolveram nasproximidades dos grandes rios, noproximidades dos grandes rios, noOriente. A aridez do clima e a baixaOriente. A aridez do clima e a baixafertilidade do solo obrigaram essasfertilidade do solo obrigaram essassociedades a utilizarem, comsociedades a utilizarem, comracionalidade e eficiência, os recursosracionalidade e eficiência, os recursoshídricos disponíveis para a prática dahídricos disponíveis para a prática daagricultura. Entre elas destacaram-seagricultura. Entre elas destacaram-seEgito e Mesopotâmia.Egito e Mesopotâmia.
  6. 6. Modo de produção asiáticoModo de produção asiático O chamado modo de produção asiáticoO chamado modo de produção asiáticocaracteriza os primeiros Estados surgidoscaracteriza os primeiros Estados surgidosno Oriente Próximo, Índia, China e África.no Oriente Próximo, Índia, China e África.A agricultura, base da economia dessesA agricultura, base da economia dessesEstados, era praticada por comunidadesEstados, era praticada por comunidadesde camponeses presos à terra, que nãode camponeses presos à terra, que nãopodiam abandonar seu local de trabalho epodiam abandonar seu local de trabalho eviviam submetidos a um regime deviviam submetidos a um regime deservidão coletiva.servidão coletiva.
  7. 7. EGITOEGITO
  8. 8. EgitoEgito O rio Nilo foi responsável pelo florescimento daO rio Nilo foi responsável pelo florescimento dacivilização egípcia. Suas margens eramcivilização egípcia. Suas margens eramaproveitadas para o cultivo de alimentos queaproveitadas para o cultivo de alimentos quesustentavam uma população organizada emsustentavam uma população organizada emcomunidades camponesas, controladas por umcomunidades camponesas, controladas por umEstado fortemente centralizado, a quemEstado fortemente centralizado, a quemdeveriam pagar pesados impostos. O faraó,deveriam pagar pesados impostos. O faraó,assessorado por vasto corpo de funcionários,assessorado por vasto corpo de funcionários,tinha poderes absolutos sobre a população. Notinha poderes absolutos sobre a população. NoEgito, as obras de irrigação (diques, depósitosEgito, as obras de irrigação (diques, depósitosde água, canais), realizadas por numerosa mão-de água, canais), realizadas por numerosa mão-de-obra escrava, permitiram o desenvolvimentode-obra escrava, permitiram o desenvolvimentoda civilização.da civilização.
  9. 9. ORGANIZAÇÃO POLÍTICAORGANIZAÇÃO POLÍTICA EGÍPCIOS –No Período Neolítico, tribosEGÍPCIOS –No Período Neolítico, tribosnômades indo-européias instalam-se na regiãonômades indo-européias instalam-se na regiãodo vale do rio Nilo, onde constroem cidades-do vale do rio Nilo, onde constroem cidades-estados, como Tebas, Memphis e Tânis.estados, como Tebas, Memphis e Tânis.Estabelecem um Estado unificado por volta deEstabelecem um Estado unificado por volta de3200 a.C. e introduzem uma Monarquia3200 a.C. e introduzem uma Monarquiacentralizada no faraó, soberano hereditário,centralizada no faraó, soberano hereditário,absoluto e considerado a encarnação divina. Asabsoluto e considerado a encarnação divina. Ascidades-estados são transformadas em nomos,cidades-estados são transformadas em nomos,divisões administrativas da Monarquiadivisões administrativas da Monarquiagovernadas por nomarcas. Até 2700 a.C., ogovernadas por nomarcas. Até 2700 a.C., oEgito mantém-se relativamente isolado.Egito mantém-se relativamente isolado.
  10. 10. Antigo ImpérioAntigo Império::dede 3200 a.C.3200 a.C. atéaté 2200 a.C.2200 a.C. Durante o Antigo Império, os faraós conquistaramDurante o Antigo Império, os faraós conquistaramenormes poderes no campo religioso, militar eenormes poderes no campo religioso, militar eadministrativo. No Antigo Império, a capital doadministrativo. No Antigo Império, a capital doEgito foi, primeiro, a cidade de Tinis; depois, a deEgito foi, primeiro, a cidade de Tinis; depois, a deMênfis. Por volta de 2400 a.C., O Império EgípcioMênfis. Por volta de 2400 a.C., O Império Egípciofoi abalado por uma série de revoltas lideradasfoi abalado por uma série de revoltas lideradaspelos administradores de províncias. O objetivopelos administradores de províncias. O objetivodestas era enfraquecer a autoridade do faraó. Comdestas era enfraquecer a autoridade do faraó. Coma autoridade enfraquecida, o poder do faraóa autoridade enfraquecida, o poder do faraódeclinou, a sociedade egípcia desorganizou-se e odeclinou, a sociedade egípcia desorganizou-se e oEgito viveu um período de distúrbios e guerra civil.Egito viveu um período de distúrbios e guerra civil.
  11. 11. PIRAMIDES DE GIZÉPIRAMIDES DE GIZÉ Essa época foi conhecida como a época dasEssa época foi conhecida como a época daspirâmides. O primeiro a criar uma pirâmide foi opirâmides. O primeiro a criar uma pirâmide foi orei Djezer e seu arquiteto Imhotep, em Sakara.rei Djezer e seu arquiteto Imhotep, em Sakara.Mais tarde um outro faraó, Snefer, inspiradoMais tarde um outro faraó, Snefer, inspiradonessa pirâmide construiu três pirâmides, porquenessa pirâmide construiu três pirâmides, porquesó a ultima tinha condições de abrigar a múmiasó a ultima tinha condições de abrigar a múmiado rei. O filho (Kufu ou Keops), o neto (Quefrem)do rei. O filho (Kufu ou Keops), o neto (Quefrem)e o bisneto (Mikerinos) de Snefer construíram ase o bisneto (Mikerinos) de Snefer construíram asmagníficas pirâmides de Gizé. A família da 5ªmagníficas pirâmides de Gizé. A família da 5ªdinastia talvez tenha sido a família maisdinastia talvez tenha sido a família maispoderosa de toda a historia do Egito.poderosa de toda a historia do Egito.
  12. 12. Médio ImpérioMédio Império(2160 - 1730 a.C.)(2160 - 1730 a.C.) Representantes da nobreza de TebasRepresentantes da nobreza de Tebasconseguiram reunir forças para acabar com asconseguiram reunir forças para acabar com asrevoltas que abalavam o Egito. Essa cidaderevoltas que abalavam o Egito. Essa cidadeacabou tornando-se a capital do Impérioacabou tornando-se a capital do ImpérioEgípcio. Dela surgiram novos faraós queEgípcio. Dela surgiram novos faraós quegovernaram o império nos séculos seguintes.governaram o império nos séculos seguintes.Durante o Médio Império, o Egito atingiu certaDurante o Médio Império, o Egito atingiu certaestabilidade política, crescimento econômico eestabilidade política, crescimento econômico eflorescimento artístico. Isso impulsionou aflorescimento artístico. Isso impulsionou aampliação das fronteiras, levando a conquistaampliação das fronteiras, levando a conquistamilitar da Núbia.militar da Núbia.
  13. 13. Médio ImpérioMédio Império:: No final do Médio Império houve uma grandeNo final do Médio Império houve uma grandeimigraçãoimigração pacífica dospacífica dos hebreuhebreu para opara o EgitoEgito, que, queacabaram sendo escravizados e finalmenteacabaram sendo escravizados e finalmenteliberados para voltarem a seu país de origem.liberados para voltarem a seu país de origem.Por volta de 1750 a.C., o Egito foi invadido pelosPor volta de 1750 a.C., o Egito foi invadido peloshicsos (povo nômade vindo do Oriente Médio),hicsos (povo nômade vindo do Oriente Médio),que se mostraram superiores aos egípcios emque se mostraram superiores aos egípcios emtermos de técnicas militares. Dessa forma ostermos de técnicas militares. Dessa forma osinvasores conseguiram dominar a região norteinvasores conseguiram dominar a região nortedo Egito e estabelecer a capital em Ávaris.do Egito e estabelecer a capital em Ávaris.Assim permaneceram por, aproximadamente,Assim permaneceram por, aproximadamente,170 anos. Introduziram os carros de guerra,170 anos. Introduziram os carros de guerra,aquilo que os egípcios desconheciam, e desdeaquilo que os egípcios desconheciam, e desdesua expulsão teve início o Novo Império.sua expulsão teve início o Novo Império.
  14. 14. MÉDIO IMPÉRIOMÉDIO IMPÉRIO Por volta de 2000 a.C. dá os primeiros passosPor volta de 2000 a.C. dá os primeiros passospara romper esse isolamento. Realiza incursõespara romper esse isolamento. Realiza incursõescontra os beduínos do Sinai e conquista suascontra os beduínos do Sinai e conquista suasminas de cobre e pedras preciosas. A invasãominas de cobre e pedras preciosas. A invasãodos hicsos, de origem caucasiana, interrompedos hicsos, de origem caucasiana, interrompeessa expansão. O Egito expulsa os hicsos emessa expansão. O Egito expulsa os hicsos em1600 a.C. e, em seguida, conquista Síria,1600 a.C. e, em seguida, conquista Síria,Palestina, Mesopotâmia, Chipre, Creta e ilhasPalestina, Mesopotâmia, Chipre, Creta e ilhasdo mar Egeu. Em 332 a.C. passa a integrar odo mar Egeu. Em 332 a.C. passa a integrar oImpério Macedônico e, a partir de 30 a.C., oImpério Macedônico e, a partir de 30 a.C., oImpério Romano.Império Romano.
  15. 15. Novo ImpérioNovo Império::dede 1580 a.C.1580 a.C. a 1085 a.C.a 1085 a.C. Novamente a nobreza de Tebas reuniu forças eNovamente a nobreza de Tebas reuniu forças econseguiu expulsar os hicsos, restabelecendo aconseguiu expulsar os hicsos, restabelecendo aunidade política do Egito. usando técnicasunidade política do Egito. usando técnicasmilitares aprendidas com os hicsos, os faraósmilitares aprendidas com os hicsos, os faraósorganizaram exércitos permanentes, lançando-organizaram exércitos permanentes, lançando-os em guerras de conquistas. Assim, invadiramos em guerras de conquistas. Assim, invadiramterritórios do Oriente Médio, dominando cidadesterritórios do Oriente Médio, dominando cidadescomo Jerusalém, Damsco, Assur e Babilônia.como Jerusalém, Damsco, Assur e Babilônia.Os povos dominados eram obrigados a pagarOs povos dominados eram obrigados a pagartributos ao faraó em forma de ouro, escravos,tributos ao faraó em forma de ouro, escravos,alimentos, artesanato etc.alimentos, artesanato etc.
  16. 16. Decadência do EgitoDecadência do EgitoDepois do século XII a.C., o Egito foi sucessivamenteDepois do século XII a.C., o Egito foi sucessivamenteinvadido por diversos povos. Em 670 a.C., os assíriosinvadido por diversos povos. Em 670 a.C., os assíriosconquistaram o Egito, dominando-o por oito anos. Apósconquistaram o Egito, dominando-o por oito anos. Apósliberta-se dos assírios, o Egito começou uma fase deliberta-se dos assírios, o Egito começou uma fase derecuperação econômica e brilho cultural conhecida comrecuperação econômica e brilho cultural conhecida comrenascença saíta. Essa fase recebeu esse nome porquerenascença saíta. Essa fase recebeu esse nome porquea recuperação egípcia foi impulsionada pelos soberanosa recuperação egípcia foi impulsionada pelos soberanosda cidade de Sais. A prosperidade, porém, durou pouco.da cidade de Sais. A prosperidade, porém, durou pouco.Em 525 a.C., os persas conquistaram o Egito. QuaseEm 525 a.C., os persas conquistaram o Egito. Quasedois séculos depois vieram os macedônicos,dois séculos depois vieram os macedônicos,comandados por Alexandre Magno, e derrotaram oscomandados por Alexandre Magno, e derrotaram ospersas. Finalmente, retirando Cleópata do trono depersas. Finalmente, retirando Cleópata do trono defaraó, o Egito foi dominado pelos romanos, quefaraó, o Egito foi dominado pelos romanos, quegovernaram por 600 anos, até a conquista Árabe.governaram por 600 anos, até a conquista Árabe.
  17. 17. PRINCIPAIS FARAÓSPRINCIPAIS FARAÓS Nessa época é que existiu os faraós mais famosos,Nessa época é que existiu os faraós mais famosos,como Hatchepsut, Akenaton, Ramsés – O Grande, entrecomo Hatchepsut, Akenaton, Ramsés – O Grande, entreoutros. A Rainha Hatchepsut governou o Egito, mesmooutros. A Rainha Hatchepsut governou o Egito, mesmosendo uma mulher, construiu maravilhosos monumentossendo uma mulher, construiu maravilhosos monumentosque são muito conhecidos hoje em dia, mas depois deque são muito conhecidos hoje em dia, mas depois demorta seu nome foi apagado. Os egípcios não gostavamorta seu nome foi apagado. Os egípcios não gostavada idéia de terem sidos governados por uma mulher.da idéia de terem sidos governados por uma mulher.Ramsés, O Grande além de ter sido um grandeRamsés, O Grande além de ter sido um grandeguerreiro foi um grande construtor, foi ele que construiuguerreiro foi um grande construtor, foi ele que construiuos templos em Abu Simbel, ele é até citado na bíblia, naos templos em Abu Simbel, ele é até citado na bíblia, nahistoria de Moisés ele seria o faraó que se recusou ahistoria de Moisés ele seria o faraó que se recusou asoltar o "povo de Moisés". Akenaton foi um grandesoltar o "povo de Moisés". Akenaton foi um granderevolucionário, ele implantou o monoteísmo, fazendorevolucionário, ele implantou o monoteísmo, fazendotodos acreditarem apenas em Aton o deus Sol.todos acreditarem apenas em Aton o deus Sol.Tutankamon, seu filho, se tornou famoso por sua tumbaTutankamon, seu filho, se tornou famoso por sua tumbaencontrada intacta. Ele tinha 9 anos quando virou faraóencontrada intacta. Ele tinha 9 anos quando virou faraóe morreu aos 18.e morreu aos 18.
  18. 18. Mumias famosasMumias famosas
  19. 19. ECONOMIAECONOMIA A agricultura e o comércio de produtos naturais são aA agricultura e o comércio de produtos naturais são abase da economia. Desenvolvem técnicas de irrigação ebase da economia. Desenvolvem técnicas de irrigação econstrução de barcos. Com a unificação, a propriedadeconstrução de barcos. Com a unificação, a propriedadeda terra passa dos clãs ao faraó, aos nobres e aosda terra passa dos clãs ao faraó, aos nobres e aossacerdotes. Os membros dos clãs são transformadossacerdotes. Os membros dos clãs são transformadosem servos, que trabalham nas minas, na construção deem servos, que trabalham nas minas, na construção depalácios, templos e monumentais pirâmides de pedrapalácios, templos e monumentais pirâmides de pedra(túmulos dos faraós). Os egípcios empregam a técnica(túmulos dos faraós). Os egípcios empregam a técnicade mumificação de corpos, fazem o primeiro calendáriode mumificação de corpos, fazem o primeiro calendáriolunar e destacam-se na astronomia, na engenharia elunar e destacam-se na astronomia, na engenharia enas artes. Lançam os fundamentos da geometria e donas artes. Lançam os fundamentos da geometria e docálculo e criam a escrita hieroglífica (com ideogramas).cálculo e criam a escrita hieroglífica (com ideogramas).Politeístas, cultuam o deus Sol e representam asPoliteístas, cultuam o deus Sol e representam asdivindades com formas humanasdivindades com formas humanas
  20. 20. SOCIEDADESOCIEDADE No Egito, a sociedade se dividia emNo Egito, a sociedade se dividia emalgumas camadas, cada uma com suasalgumas camadas, cada uma com suasfunções bem definidas. A mulher, aofunções bem definidas. A mulher, aocontrário da maioria das outrascontrário da maioria das outrascivilizações da antiguidade oriental,civilizações da antiguidade oriental,possuia posição excêntrica, podendopossuia posição excêntrica, podendoocupar altos cargos políticos e religiosos,ocupar altos cargos políticos e religiosos,estabelecendo relativa igualdade com oestabelecendo relativa igualdade com ohomemhomem
  21. 21. DIVISÃO SOCIALDIVISÃO SOCIAL Faraó e sua família;Faraó e sua família; Nobreza (detentora real das terras),Nobreza (detentora real das terras),Escribas (burocratas) e o CleroEscribas (burocratas) e o Clero(sacerdotes);(sacerdotes); Felás (camponeses, trabalham presos aFelás (camponeses, trabalham presos aterra e em obras públicas);terra e em obras públicas);
  22. 22. AKENATONAKENATON O faraó representa aO faraó representa aprópria vida do Egito. Eraprópria vida do Egito. Erarei e deus vivo. Adorado,rei e deus vivo. Adorado,reverenciado. Podiareverenciado. Podiapossuir várias esposas, apossuir várias esposas, amaioria sendo parentes,maioria sendo parentes,para garantir o sanguepara garantir o sanguereal em família. Porém, sóreal em família. Porém, sóuma usava o título deuma usava o título derainha e dela nascia orainha e dela nascia oherdeiro.herdeiro.
  23. 23. CULTURACULTURA Os egípcios empregam a técnica deOs egípcios empregam a técnica demumificação de corpos, fazem o primeiromumificação de corpos, fazem o primeirocalendário lunar e destacam-se nacalendário lunar e destacam-se naastronomia, na engenharia e nas artes.astronomia, na engenharia e nas artes.Lançam os fundamentos da geometria eLançam os fundamentos da geometria edo cálculo e criam a escrita hieroglíficado cálculo e criam a escrita hieroglífica(com ideogramas). Politeístas, cultuam o(com ideogramas). Politeístas, cultuam odeus Sol e representam as divindadesdeus Sol e representam as divindadescom formas humanascom formas humanas
  24. 24. RELIGIÃORELIGIÃO . Deus para eles é a representação do. Deus para eles é a representação doAmor Puro, e se manifestava sobre trêsAmor Puro, e se manifestava sobre trêsformas:formas: Atum-Rá - Entidade estática antes deAtum-Rá - Entidade estática antes demanifestar o Universo;manifestar o Universo; Ptah - Característica criadora de Deus, doPtah - Característica criadora de Deus, doUniverso e dos Seres;Universo e dos Seres; Thot - multiplicador da Natureza e deThot - multiplicador da Natureza e detodas as coisas.todas as coisas.
  25. 25. POLITEISMOPOLITEISMO Eles aprenderam a observar a Natureza, suasEles aprenderam a observar a Natureza, suasmudanças, as cheias e vazantes do Rio Nilo e omudanças, as cheias e vazantes do Rio Nilo e ocomportamento dos animais. Estudaram com esmero oscomportamento dos animais. Estudaram com esmero osanimais, e sua função vital, isto é, seu objetivo naanimais, e sua função vital, isto é, seu objetivo naencarnação em que estavam. A utilização da imagemencarnação em que estavam. A utilização da imagemdestes seres, associados aos humanos (cabeça dedestes seres, associados aos humanos (cabeça deanimal e corpo humano) relacionava a função daqueleanimal e corpo humano) relacionava a função daqueledeterminado animal, suas qualidades, e logo ficavadeterminado animal, suas qualidades, e logo ficavaimplícito o significado daquela mensagem. Os egípciosimplícito o significado daquela mensagem. Os egípciosafirmaram a vida após a morte, a partir dos seusafirmaram a vida após a morte, a partir dos seusescritos, talhados nas paredes das ruinas egípcias. Aescritos, talhados nas paredes das ruinas egípcias. Apartir de suas meditações, dentro desses Templospartir de suas meditações, dentro desses Templosastrológicamente preparados para tal, mantinhamastrológicamente preparados para tal, mantinhamcontato com espíritos mais evoluídos, que lhescontato com espíritos mais evoluídos, que lhespassavam o conhecimento.passavam o conhecimento.
  26. 26. TRIBUNAL DE OSIRISTRIBUNAL DE OSIRIS
  27. 27. CALENDÁRIOCALENDÁRIO O rio Nilo foi a coluna vertebral da civilização egípcia.O rio Nilo foi a coluna vertebral da civilização egípcia.Eles seguiam os aspectos da astronomia, observandoEles seguiam os aspectos da astronomia, observandosuas mudanças relacionadas com as mudanças nasuas mudanças relacionadas com as mudanças naNatureza e passaram a fazer essas conexões.Natureza e passaram a fazer essas conexões.Entenderam que o planeta vivia em ciclos divididos emEntenderam que o planeta vivia em ciclos divididos em12 signos, 12 estágios pelos quais o planeta passaria12 signos, 12 estágios pelos quais o planeta passariainfluenciado pelas alterações dos céus, dentro doinfluenciado pelas alterações dos céus, dentro doprocesso de rotação e translação da Terra, juntamenteprocesso de rotação e translação da Terra, juntamentecom os equinócios e solstícios. A partir desses estudos,com os equinócios e solstícios. A partir desses estudos,conheceram os pontos nevráugicos (pontos de grandeconheceram os pontos nevráugicos (pontos de grandeconcentração de energia) e ali construíram asconcentração de energia) e ali construíram asPirâmides.Pirâmides.
  28. 28. ESCRITAESCRITA
  29. 29. ESCRITAESCRITA No Egito Antigo, a escrita tinha uma grande importânciaNo Egito Antigo, a escrita tinha uma grande importânciano desenvolvimento de atividades de cunho sagrado eno desenvolvimento de atividades de cunho sagrado ecotidiano. Em linhas gerais, os egípcios desenvolveramcotidiano. Em linhas gerais, os egípcios desenvolveramtrês sistemas de escritas diferentes entre si. A primeira etrês sistemas de escritas diferentes entre si. A primeira emais importante delas é a hieroglífica, que eramais importante delas é a hieroglífica, que eraestritamente utilizada para a impressão de mensagensestritamente utilizada para a impressão de mensagensem túmulos e templos. Logo em seguida, havia a escritaem túmulos e templos. Logo em seguida, havia a escritahierática, uma simplificação da hieroglífica, e ahierática, uma simplificação da hieroglífica, e ademótica, utilizada para escritos de menor importância.demótica, utilizada para escritos de menor importância.Entre os livros de natureza religiosa e moral,Entre os livros de natureza religiosa e moral,destacamos o “Livro dos Mortos” e o “Texto dasdestacamos o “Livro dos Mortos” e o “Texto dasPirâmides”Pirâmides”
  30. 30. DESCOBERTADESCOBERTA Somente no inicio do século XIX, quando o generalSomente no inicio do século XIX, quando o generalNapoleão Bonaparte realizou a invasão do Egito, é queNapoleão Bonaparte realizou a invasão do Egito, é queesse tipo de escrita começou a ser desvendado. Umaesse tipo de escrita começou a ser desvendado. Umaequipe de cientistas franceses passou a catalogarequipe de cientistas franceses passou a catalogardiversas peças e fragmentos cravejados pela misteriosadiversas peças e fragmentos cravejados pela misteriosaescrita egípcia.escrita egípcia.Entre outros achados se destacava a “Pedra de Roseta”,Entre outros achados se destacava a “Pedra de Roseta”,uma lápide de basalto negro onde foram encontradasuma lápide de basalto negro onde foram encontradasinscriçõesinscrições em grego, hieroglífico e demótico. Somenteem grego, hieroglífico e demótico. Somenteem 1821, graças aos esforços do jovem pesquisadorem 1821, graças aos esforços do jovem pesquisadorJean François Champollion, a palavra “Ptolomeu” foi porJean François Champollion, a palavra “Ptolomeu” foi porele traduzida desse documento escrito. A partir daquelaele traduzida desse documento escrito. A partir daquelapequena descoberta, foi possível realizar a leitura depequena descoberta, foi possível realizar a leitura deuma variedade de outros documentos que explicamuma variedade de outros documentos que explicamimportantes traços desta civilização.importantes traços desta civilização.
  31. 31. ARQUITETURAARQUITETURATEMPLO DE LUXORTEMPLO DE LUXOR
  32. 32. TEMPLO DE ABUL SIMBELTEMPLO DE ABUL SIMBEL
  33. 33. ESFINGEESFINGE
  34. 34. PINTURA EGIPCIAPINTURA EGIPCIA
  35. 35. MUMIFICAÇÃOMUMIFICAÇÃO De acordo com a religião egípcia, a almaDe acordo com a religião egípcia, a almada pessoa necessitava de um corpo parada pessoa necessitava de um corpo paraa vida após a morte. Portanto, devia-sea vida após a morte. Portanto, devia-sepreservar este corpo para que elepreservar este corpo para que elerecebesse de forma adequada a alma.recebesse de forma adequada a alma.Preocupados com esta questão, osPreocupados com esta questão, osegípcios desenvolveram um complexoegípcios desenvolveram um complexosistema de mumificação.sistema de mumificação.
  36. 36. O processo deO processo de mumificaçãomumificação 1º - O cadáver era aberto na região do abdômen e retirava-se as1º - O cadáver era aberto na região do abdômen e retirava-se asvíceras (fígado, coração, rins, intestinos, estômago, etc. O coraçãovíceras (fígado, coração, rins, intestinos, estômago, etc. O coraçãoe outros órgãos eram colocados em recipientes a parte. O cérebroe outros órgãos eram colocados em recipientes a parte. O cérebrotambém era extraído. Para tanto, aplicava-se uma espécie de ácidotambém era extraído. Para tanto, aplicava-se uma espécie de ácidopelas narinas, esperando o cérebro derreter. Após o derretimento,pelas narinas, esperando o cérebro derreter. Após o derretimento,retirava-se pelos mesmos orifícios os pedaços de cérebro com umaretirava-se pelos mesmos orifícios os pedaços de cérebro com umaespátula de metal.espátula de metal.2º - O corpo era colocado em um recipiente com natrão (espécie de2º - O corpo era colocado em um recipiente com natrão (espécie desal) para desidratar e também matar bactérias.sal) para desidratar e também matar bactérias.3º - Após desidratado, enchia-se o corpo com serragem. Aplicava-3º - Após desidratado, enchia-se o corpo com serragem. Aplicava-se também alguns “perfumes” e outras substâncias para conservarse também alguns “perfumes” e outras substâncias para conservaro corpo. Textos sagrados eram colocados dentro do corpo.o corpo. Textos sagrados eram colocados dentro do corpo.4º - O corpo era envolvido em faixas de linho branco, sendo que4º - O corpo era envolvido em faixas de linho branco, sendo queamuletos eram colocados entre estas faixas.amuletos eram colocados entre estas faixas.
  37. 37. VASOS CANOPOSVASOS CANOPOS
  38. 38. obeliscoobelisco
  39. 39. MESOPOTAMIAMESOPOTAMIA nomenome gregogrego quequesignifica "significa "entre riosentre rios""((mesomeso -- pótamospótamos)) A região entre osA região entre os riosriosTigre e Eufrates foi oTigre e Eufrates foi oberço de diversas dasberço de diversas dascivilizaçõescivilizaçõesdesenvolvidas aodesenvolvidas aolongo da Antigüidade.longo da Antigüidade.
  40. 40. CIVILIZAÇÃO SUMERIANACIVILIZAÇÃO SUMERIANA A partir do III milênio cidades como Ur, Uruk,A partir do III milênio cidades como Ur, Uruk,Nippur, Kish, Lagash e Eridu e a região do ElamNippur, Kish, Lagash e Eridu e a região do Elamse desenvolvem e a atividade comercial entrese desenvolvem e a atividade comercial entreeles se torna mais intensa. Os templos passameles se torna mais intensa. Os templos passama gerir a economia e muitosa gerir a economia e muitos zigurateszigurates sãosãoconstruídos. Os Suméricos: Ocupavam a regiãoconstruídos. Os Suméricos: Ocupavam a regiãosul, construam casas de tijolos, escola,sul, construam casas de tijolos, escola,bibliotecas. Sua organização política erabibliotecas. Sua organização política erasemelhante a uma confederação de cidades-semelhante a uma confederação de cidades-Estado, governadas por um chefe religioso eEstado, governadas por um chefe religioso emilitar que era denominadomilitar que era denominado patesipatesi..
  41. 41. ESCRITAESCRITA Os Sumérios são conhecidos peloOs Sumérios são conhecidos pelodesenvolvimento dadesenvolvimento da escrita cuneiformeescrita cuneiforme (assim(assimchamada porque o registro era feito em placaschamada porque o registro era feito em placasde argila com auxílio de estilete que imprimiade argila com auxílio de estilete que imprimiatraços com forma detraços com forma de cunhacunha) e desde o quarto) e desde o quartomilênio a.C., possuiam um complexo e completomilênio a.C., possuiam um complexo e completosistema de controle da água dos rios.sistema de controle da água dos rios.Realizavam obras deRealizavam obras de irrigaçãoirrigação, barragens e, barragens ediques, utilizavam também técnicas dediques, utilizavam também técnicas demetalurgiametalurgia dodo bronzebronze..
  42. 42. ZIGURATEZIGURATE
  43. 43. REINO DA ACÁDIAREINO DA ACÁDIA Grupos de nômades, vindos do deserto da Síria,Grupos de nômades, vindos do deserto da Síria,começaram a penetrar nos territórios ao nortecomeçaram a penetrar nos territórios ao nortedas regiões sumerianas. Conhecidos comodas regiões sumerianas. Conhecidos comoacadianos, dominaram as cidades-estados daacadianos, dominaram as cidades-estados daSuméria por volta deSuméria por volta de 2550 a.C.2550 a.C. Por volta dePor volta de2400 a.C., conseguiram impor a sua hegemonia2400 a.C., conseguiram impor a sua hegemoniasob as cidades-Estado sumerianas. Já em 2330sob as cidades-Estado sumerianas. Já em 2330a.C., o rei acadiano Sargão I promoveu aa.C., o rei acadiano Sargão I promoveu aunificação da porção centro-sul daunificação da porção centro-sul daMesopotâmia.Mesopotâmia.
  44. 44. FIM DA ACÁDIAFIM DA ACÁDIA O período de ascensão do império acadiano foiO período de ascensão do império acadiano foirelativamente curto, pois diversas tentativas derelativamente curto, pois diversas tentativas deinvasão militar enfraqueceram seriamente suainvasão militar enfraqueceram seriamente suaunidade política e territorial. Em 2180 a.C., osunidade política e territorial. Em 2180 a.C., osgutisgutis – originários das montanhas da– originários das montanhas da ArmêniaArmênia ––empreenderam uma grande ofensiva contraempreenderam uma grande ofensiva contravárias cidades mesopotâmicas. Somente avárias cidades mesopotâmicas. Somente acidade de Ur conseguiu reagir contra os gutis ecidade de Ur conseguiu reagir contra os gutis eimpor sua dominação. Entretanto, por volta deimpor sua dominação. Entretanto, por volta de2000 a.C., os povos elamitas deram fim à2000 a.C., os povos elamitas deram fim àsupremacia acadiana.supremacia acadiana.
  45. 45. Amoritas (Amoritas (2000 a.C.2000 a.C.--1750 a.C.1750 a.C.)) Com o declínio do império fundado por Sargão,Com o declínio do império fundado por Sargão,destacou-se nadestacou-se na MesopotâmiaMesopotâmia um grande eum grande eunificado império que tinha como centrounificado império que tinha como centroadministrativo a cidade daadministrativo a cidade da BabilôniaBabilônia, situada, situadanas margens do rio Eufrates. Os amoritas,nas margens do rio Eufrates. Os amoritas,povos semitas proveniente da Arábia, edificarampovos semitas proveniente da Arábia, edificaramentão o Primeiro Império Babilônico soberanoentão o Primeiro Império Babilônico soberanoque mais se destacou foique mais se destacou foi HamurabiHamurabi (1728 a(1728 a1686), elaborando leis que ficaram conhecidas1686), elaborando leis que ficaram conhecidascomocomo Código de HamurabiCódigo de Hamurabi, que tinha como, que tinha comobase um código sumeriano " Ur-nammu". O "base um código sumeriano " Ur-nammu". O "Código de HamurabiCódigo de Hamurabi". O caratér das leis que". O caratér das leis queconstituíam o Código de Hamurabi era bastanteconstituíam o Código de Hamurabi era bastantesevero - a pena era equivalente à faltasevero - a pena era equivalente à faltacometida.cometida.
  46. 46. 1º CODIGO DE LEI DA HISTÓRIA1º CODIGO DE LEI DA HISTÓRIA as leis deste governantes se baseavamas leis deste governantes se baseavamno príncipio do olho por olho, dente porno príncipio do olho por olho, dente pordente. Apresenta uma série de penasdente. Apresenta uma série de penaspara delitos domésticos, comerciais,para delitos domésticos, comerciais,ligados à propriedade, à herança, àligados à propriedade, à herança, àescravidão e a falsas acusações, sempreescravidão e a falsas acusações, semprebaseadas nabaseadas na Lei de TaliãoLei de Talião ("Olho por("Olho porolho, dente por dente"). Após sua morte, aolho, dente por dente"). Após sua morte, aMesopotâmia foi abalada por sucessivasMesopotâmia foi abalada por sucessivasinvasões, até a chegada dosinvasões, até a chegada dos assíriosassírios..
  47. 47. Assírios (Assírios (1300 a.C.1300 a.C.--612 a.C.612 a.C.)) De origemDe origem semitasemita, os, os assíriosassírios viviam doviviam dopastoreio e habitavam as margens do riopastoreio e habitavam as margens do rioTigre. passaram a se organizar comoTigre. passaram a se organizar comosociedade altamente militar esociedade altamente militar eexpansionista. Realizaram diversasexpansionista. Realizaram diversasconquistas e expandiram seu domínioconquistas e expandiram seu domíniopara além da própria Mesopotâmia,para além da própria Mesopotâmia,chegando aochegando ao EgitoEgito. O centro. O centroadministrativo do império assírio eraadministrativo do império assírio eraNíniveNínive, onde foi feita a biblioteca real de, onde foi feita a biblioteca real deAssurbanípalAssurbanípal, com mais de 22 mil placas, com mais de 22 mil placasde argila.de argila.
  48. 48. FIM DOS ASSÍRIOSFIM DOS ASSÍRIOS Mesmo com o exército, o império nãoMesmo com o exército, o império nãoconseguiu se sustentar, em grande parteconseguiu se sustentar, em grande partepelo fato de que a maioria da populaçãopelo fato de que a maioria da populaçãodo império não gostava do regime militar edo império não gostava do regime militar emuitas vezes cruel, ao qual estavammuitas vezes cruel, ao qual estavamsubmissas. Um dos reis que mais sesubmissas. Um dos reis que mais sedestacou foidestacou foi AssurbanípalAssurbanípal..
  49. 49. Caldeus (Caldeus (612 a.C.612 a.C.--539 a.C.539 a.C.)) Os caldeus foram os principais responsáveisOs caldeus foram os principais responsáveispela derrota dos assírios (pois, junto com ospela derrota dos assírios (pois, junto com osmedosmedos, saquearam, saquearam NíniveNínive) e pela organização) e pela organizaçãodo novo império babilônico.do novo império babilônico. NabucodonosorNabucodonosor foifoio soberano mais conhecido dos caldeus.o soberano mais conhecido dos caldeus.Famoso pela construção dosFamoso pela construção dosJardins Suspensos da BabilôniaJardins Suspensos da Babilônia e dae daTorre de BabelTorre de Babel, governou por quase sessenta, governou por quase sessentaanos e após sua morte osanos e após sua morte os persaspersas dominaram odominaram onovo império babilônico. O Império dos caldeusnovo império babilônico. O Império dos caldeusdurou apenas 73 anos,pois foi incorporado aodurou apenas 73 anos,pois foi incorporado aoImpério PersaImpério Persa..
  50. 50. Economia e sociedadeEconomia e sociedade Administradas por uma corporação deAdministradas por uma corporação desacerdotes, as terras, que teoricamente eramsacerdotes, as terras, que teoricamente eramdos deuses, eram entregues aosdos deuses, eram entregues aos camponesescamponeses..Cada família recebia um lote de terra e deviaCada família recebia um lote de terra e deviaentregar ao templo uma parte daentregar ao templo uma parte da colheitacolheita comocomopagamento pelo uso útil da terra. Já aspagamento pelo uso útil da terra. Já aspropriedades particulares eram cultivadas porpropriedades particulares eram cultivadas porassalariadosassalariados ouou arrendatáriosarrendatários. A Agricultura. Era. A Agricultura. Erabase da Economia. A Criação de Animais. Abase da Economia. A Criação de Animais. Acriação decriação de carneiroscarneiros,, burrosburros,, boisbois,, gansosgansos eepatospatos era bastante desenvolvida; Osera bastante desenvolvida; Oscomerciantes eram funcionários a serviço doscomerciantes eram funcionários a serviço dostemplos e do palácio.templos e do palácio.
  51. 51. As principais ciências estudadasAs principais ciências estudadasforam:foram: AA AstronomiaAstronomia. Entre os babilônicos, foi a. Entre os babilônicos, foi aprincipal ciência As torres dos templosprincipal ciência As torres dos templosserviam de observatórios astronômicos.serviam de observatórios astronômicos.Conheciam as diferenças entre osConheciam as diferenças entre osplanetas e as estrelas e sabiam preverplanetas e as estrelas e sabiam prevereclipses lunares e solares. Dividiram oeclipses lunares e solares. Dividiram oano em meses, os meses em semanas,ano em meses, os meses em semanas,as semanas em sete dias, os dias emas semanas em sete dias, os dias emdoze horas, as horas em sessentadoze horas, as horas em sessentaminutos e os minutos em sessentaminutos e os minutos em sessentasegundossegundos
  52. 52. AA MatemáticaMatemática.. Os mesopotâmicos usavam um sistemaOs mesopotâmicos usavam um sistemamatemático sexagesimal (baseado no númeromatemático sexagesimal (baseado no número60). Eles conheciam os resultados das60). Eles conheciam os resultados dasmultiplicações e divisões, raízes quadradas emultiplicações e divisões, raízes quadradas eraíz cúbica e equações do segundo grau.raíz cúbica e equações do segundo grau.Também dividiram o círculo em 360 graus,Também dividiram o círculo em 360 graus,elaboraram tábuas correspondentes às tábuaselaboraram tábuas correspondentes às tábuasdos logarítimos atuais e inventaram medidas dedos logarítimos atuais e inventaram medidas decomprimento,comprimento, superfíciesuperfície ee capacidade de pesocapacidade de peso;;
  53. 53. AA MedicinaMedicina.. Assim como o direito e a matemática, aAssim como o direito e a matemática, amedicina estava ligada a adivinhação. Contudo,medicina estava ligada a adivinhação. Contudo,a medicina não era confundida com a simplesa medicina não era confundida com a simplesmagia. Os médicos da Mesopotâmia, cujamagia. Os médicos da Mesopotâmia, cujaprofissão era bastante considerada, nãoprofissão era bastante considerada, nãoacreditavam que todos os males tinham origemacreditavam que todos os males tinham origemsobrenatural, já que utilizavam medicamentos àsobrenatural, já que utilizavam medicamentos àbase de plantas e faziam tratamentos cirúrgicos.base de plantas e faziam tratamentos cirúrgicos.Geralmente, o medico trabalhava junto com umGeralmente, o medico trabalhava junto com umexorcista, para expulsar os demônios, e recorriaexorcista, para expulsar os demônios, e recorriaaos adivinhos, para diagnosticar os males.aos adivinhos, para diagnosticar os males.
  54. 54. LiteraturaLiteratura A que foi encontrada é uma literatura a serviçoA que foi encontrada é uma literatura a serviçodo poder do Estado, da religião e dos negócios.do poder do Estado, da religião e dos negócios.Há, crônicas sobre os feitos dos governantes eHá, crônicas sobre os feitos dos governantes edos deuses, hinos, fábulas, versos, além dedos deuses, hinos, fábulas, versos, além deanotações de comerciantes. Tudo isso encontra-anotações de comerciantes. Tudo isso encontra-se registrado em tábuas de argila, em escritasse registrado em tábuas de argila, em escritascuneiforme, assim denominada porque seuscuneiforme, assim denominada porque seuscaracteres têm forma de cunha. Destacam-secaracteres têm forma de cunha. Destacam-seapenas oapenas o Mito da CriaçãoMito da Criação e ae aEpopéia de GuilgameshEpopéia de Guilgamesh - aventura de amor e- aventura de amor ecoragem desse herói deus, cujo objetivo eracoragem desse herói deus, cujo objetivo eraconhecer o amor da imortalidade.conhecer o amor da imortalidade.
  55. 55. ESCRITA CUNEIFORMEESCRITA CUNEIFORME
  56. 56. DireitoDireito ontém 282 leis, abrangendo praticamente todosontém 282 leis, abrangendo praticamente todosos aspectos da vida babilônica, passando peloos aspectos da vida babilônica, passando pelocomércio, propriedade, herança, direitos dacomércio, propriedade, herança, direitos damulher, família, adultério, falsas acusações emulher, família, adultério, falsas acusações eescravidão. Suas principais características são:escravidão. Suas principais características são:Pena ou Lei de Talião, isto é, “olho por olho,Pena ou Lei de Talião, isto é, “olho por olho,dente por dente” (o castigo do criminoso deveriadente por dente” (o castigo do criminoso deveriaser exatamente proporcional ao crime por eleser exatamente proporcional ao crime por elecometido), desigualdade perante a lei (ascometido), desigualdade perante a lei (aspunições variavam de acordo com a posiçãopunições variavam de acordo com a posiçãosocial da vitima e do infrator), divisão dasocial da vitima e do infrator), divisão dasociedade em classes (os homens livres, ossociedade em classes (os homens livres, osescravos e um grupo intermediário poucoescravos e um grupo intermediário poucoconhecido – osconhecido – os mushkhinummushkhinum) e igualdade de) e igualdade defiliação na distribuição da herança.filiação na distribuição da herança.
  57. 57. ARQUITETURAARQUITETURA A Arquitetura. A mais desenvolvida das artes ,A Arquitetura. A mais desenvolvida das artes ,porém não era tão notável quanto a egípcia.porém não era tão notável quanto a egípcia.Caracterizou-se pelo exibicionismo e pelo luxo.Caracterizou-se pelo exibicionismo e pelo luxo.Construíram templos e palácios, que eramConstruíram templos e palácios, que eramconsiderados cópias dos existentes nos céus,considerados cópias dos existentes nos céus,de tijolos, por ser escassa a pedra na região;. Ode tijolos, por ser escassa a pedra na região;. Ozigurate, torre piramidial, de base retangular,zigurate, torre piramidial, de base retangular,composto de vários pisos superpostos,composto de vários pisos superpostos,formadas por sucessivos andares, cada umformadas por sucessivos andares, cada ummenor que o anterior. Construção característicamenor que o anterior. Construção característicadas cidades-estados sumerianosdas cidades-estados sumerianos
  58. 58. JARDINS SUSPENSO DAJARDINS SUSPENSO DABABILONIABABILONIA
  59. 59. ReligiãoReligião Eram representados à imagem e semelhançaEram representados à imagem e semelhançados seres humanos. O sol, a lua, os rios, outrosdos seres humanos. O sol, a lua, os rios, outroselementos da natureza e entidadeselementos da natureza e entidadessobrenaturais, também eram cultuados. Emborasobrenaturais, também eram cultuados. Emboracada cidade possuísse seu próprio deus, haviacada cidade possuísse seu próprio deus, haviaentre os sumérios algumas divindades aceitasentre os sumérios algumas divindades aceitaspor todos. Na Mesopotâmia, os deusespor todos. Na Mesopotâmia, os deusesrepresentavam o bem e o mal, tanto querepresentavam o bem e o mal, tanto queadotavam castigos contra quem não cumpriaadotavam castigos contra quem não cumpriacom as obrigações.com as obrigações.
  60. 60. ESCULTURAESCULTURA

×