SlideShare uma empresa Scribd logo
 Esse nome vem da raiz ‘a-vár’, que significa “passar, transitar,
atravessar, cruzar”. Esse nome denota viajantes, aqueles que ‘passam
adiante’. Isto porque os israelitas por um tempo realmente levaram uma
vida nômade.
 Você encontrará um registro completo sobre a vida dos hebreus na
Bíblia. Lá estão registrados toda sua peregrinação, sua moral,
costumes, leis e história religiosa. Eles deixaram como herança o
monoteísmo,a crença em um único Deus verdadeiro.
 Podemos dividir a história dos hebreus em 3 etapas: governo dos
patriarcas, governo dos juízes e governo dos reis.
 Até o século XIX, o Antigo Testamento
(Bíblia Hebraica) era visto como uma
narrativa fiel da história desse povo;
 As pesquisas arqueológicas dos séculos XX e
XXI, no entanto, demonstram cada vez mais
que tais textos são literários e teológicos, mas
nem sempre históricos;
 Os hebreus eram dirigidos por patriarcas, estes eram
líderes políticos, que eram encarados como o “pai” da
comunidade.
 O primeiro grande líder, ou patriarca hebreu foi Abraão,
segundo o antigo testamento. Abraão era
mesopotâmico, originário de Ur, da Caldéia.
 Abraão conduziu os hebreus de Ur, rumo a Palestina
(terra prometida). Chegaram por volta de 2000 a. C.,
viveram na Palestina por quase três séculos. Durante
esse tempo, Abraão fundou uma cultura religiosa
monoteísta. Eles saíram de Ur em direção a terra
Prometida confiando na promessa de seu único Deus
Jeová de levá-los a uma terra que emana ‘leite e mel’.
 Era dos Patriarcas (Abraão, Isaac, Jacó);
Êxodo – fuga da escravidão (!) no Egito,
liderada por Moisés
 Era dos Juízes (Gideão, Sansão, Jefté etc.);
 Monarquia unida (Saul, David, Salomão);
 Cisma (divisão) – Reino de Israel (norte) e Reino de
Judá (sul);
 Diáspora (dispersão) – dominação babilônica (século
VI a.C.) e, depois, quando da dominação romana
(século I d.C.);
EgitoEgito
DeltaDelta
do Nilodo Nilo
Mar MediterrâneoMar Mediterrâneo
Mar VermelhoMar Vermelho
CanaãCanaã
Mt. SinaiMt. Sinai
TradicionalTradicional
Rota doRota do
ÊxodoÊxodoNASA Photo
© EBibleTeacher.com
PenínsulaPenínsula
do Sinaido Sinai
 Os fenícios viveram ao norte da Palestina, na região
que hoje compreende o Líbano;
 Viviam em cidades independentes (cidades-Estado),
como Biblos, Tiro, Sidon;
 Excelentes navegantes e comerciantes (os primeiros a
dedicarem-se ao comércio internacional), fundaram
colônias por todo o Mediterrâneo (inclusive na
Espanha); a principal dessas colônias foi Cartago (atual
Tunísia).
 Como o comércio era a principal atividade fenícia, a
elite daquelas cidades eram os navegadores e
comerciantes – tais grupos dominavam a política
(tassalocracia);
 Para facilitar as trocas comerciais, os fenícios
simplificaram as escritas conhecidas no Oriente Médio
e criaram um alfabeto de 22 letras, adaptado,
posteriormente, por gregos e romanos, gerando o atual
alfabeto latino.
Alfabeto
Cuneiforme
Letras
(30)
(Ugarit)
Hieróglifos
Ideogramas
1400 a.C.3500 a.C.
FeníciaEgito
Sumérios,
Acadianos,
Babilônicos
Escrita
Cuneiforme
350
Caracteres
Alfabeto
Linear
Letras
(22)
1100 a.C.
 A Pérsia ficava a leste da
Mesopotâmia (atual Irã);
 Sua civilização foi fruto da fusão
de dois povos: os persas (sul) e
os medos (norte), por volta de
600 a.C.;
 A partir do século VI a.C., os
persas estabeleceram um dos
maiores impérios da Antiguidade,
que englobava o Egito, a Turquia,
a Palestina, a Síria, a
Mesopotâmia, a Pérsia e o norte
da Índia.
 Seus principais imperadores (chamados de xás, do
persa shah) foram Ciro I (559-529 a.C.), Cambises
(529-522 a.C.) e Dario I (512-484 a.C.);
 Seu expansionismo foi barrado pelos gregos no século
V a.C. (Guerras Médicas); acabaram sendo
conquistados por Alexandre Magno, em 330 a.C.;
 A economia do Império Persa era agrícola, mas o
comércio era facilitado pelas várias estradas,
construídas pelos xás (“governar é construir estradas”).
 O grande império era dividido em províncias
(satrapias), comandadas por governantes de confiança
(sátrapas, do persa xšaθrapāvan, ou seja, protetor do
poder real);
 Havia também fiscais reais, que vigiavam os
governadores, chamados os “olhos e ouvidos do rei”.
 A religião persa, o mazdeísmo, é um monoteísmo
dualista: apesar de existir uma divindade do bem
(Ormuz ou Ahura-Mazda), há outra do mal (Arimã);
por ter sido pregada pelo profeta Zaratustra
(Zoroastro, em grego), a religião é chamada também de
zoroastrismo;
 Os persas acreditavam em anjos e demônios, na vinda
de um salvador, no juízo final e na ressurreição dos
mortos (crenças que, através do judaísmo, passaram ao
cristianismo).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Persas slide
Persas slidePersas slide
Persas slide
Isabel Aguiar
 
Império Macedônico
Império MacedônicoImpério Macedônico
Império Macedônico
Adriana Gomes Messias
 
Teóricos do Absolutismo
Teóricos do AbsolutismoTeóricos do Absolutismo
Teóricos do Absolutismo
Edenilson Morais
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Janaína Bindá
 
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia  - Antiguidade OrientalEgito e Mesopotâmia  - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Valéria Shoujofan
 
Grécia e Roma - Tópicos
Grécia e Roma - TópicosGrécia e Roma - Tópicos
Grécia e Roma - Tópicos
dmflores21
 
Hebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e PersasHebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e Persas
Fabiane Santana
 
Hebreus
HebreusHebreus
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Nefer19
 
Conjuração Mineira
Conjuração MineiraConjuração Mineira
Conjuração Mineira
Gisele Finatti Baraglio
 
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Nefer19
 
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
Raquel Israel Silva
 
Fenicios
FeniciosFenicios
Fenicios
Janayna Lira
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
Daniel Alves Bronstrup
 
Hebreus história
Hebreus históriaHebreus história
Hebreus história
Fernando Henning
 
hebreus persas efencios
 hebreus persas efencios hebreus persas efencios
hebreus persas efencios
Ewerton Anacleto de Souza
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
Nefer19
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
Daniel Alves Bronstrup
 
Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)
Nefer19
 
Grécia e Roma - Informações Básicas
Grécia e Roma - Informações BásicasGrécia e Roma - Informações Básicas
Grécia e Roma - Informações Básicas
seixasmarianas
 

Mais procurados (20)

Persas slide
Persas slidePersas slide
Persas slide
 
Império Macedônico
Império MacedônicoImpério Macedônico
Império Macedônico
 
Teóricos do Absolutismo
Teóricos do AbsolutismoTeóricos do Absolutismo
Teóricos do Absolutismo
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
 
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia  - Antiguidade OrientalEgito e Mesopotâmia  - Antiguidade Oriental
Egito e Mesopotâmia - Antiguidade Oriental
 
Grécia e Roma - Tópicos
Grécia e Roma - TópicosGrécia e Roma - Tópicos
Grécia e Roma - Tópicos
 
Hebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e PersasHebreus, Fenícios e Persas
Hebreus, Fenícios e Persas
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
 
Conjuração Mineira
Conjuração MineiraConjuração Mineira
Conjuração Mineira
 
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
 
Grecia Antiga
Grecia AntigaGrecia Antiga
Grecia Antiga
 
Fenicios
FeniciosFenicios
Fenicios
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
 
Hebreus história
Hebreus históriaHebreus história
Hebreus história
 
hebreus persas efencios
 hebreus persas efencios hebreus persas efencios
hebreus persas efencios
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)
 
Grécia e Roma - Informações Básicas
Grécia e Roma - Informações BásicasGrécia e Roma - Informações Básicas
Grécia e Roma - Informações Básicas
 

Semelhante a Hebreus fenicios e persas

Antiguidade oriental
Antiguidade orientalAntiguidade oriental
Antiguidade oriental
Karoline Oliveira
 
Antigo oriente
Antigo orienteAntigo oriente
Antigo oriente
Dênis Valério Martins
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historia
Heverton Gilber
 
A civilização hebraica simone
A civilização hebraica simoneA civilização hebraica simone
A civilização hebraica simone
Janete Garcia de Freitas
 
Hebreus
HebreusHebreus
Revista de história marcos felipe
Revista de história  marcos felipeRevista de história  marcos felipe
Revista de história marcos felipe
ostrovildo
 
Revista de história marcos felipe
Revista de história  marcos felipeRevista de história  marcos felipe
Revista de história marcos felipe
ostrovildo
 
Revista de história marcos
Revista de história   marcosRevista de história   marcos
Revista de história marcos
Filipe Matos
 
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
Mariana Labes
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
José Neto
 
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREUHISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
Iara .
 
Resumo hebreus
Resumo hebreusResumo hebreus
Resumo hebreus
Péricles Penuel
 
P civilizacoes
P civilizacoesP civilizacoes
P civilizacoes
William Silva
 
Persas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdf
Persas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdfPersas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdf
Persas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdf
JosSilva345210
 
As primeiras civilizações: Hebreus, Persas e Fenícios
As primeiras civilizações: Hebreus, Persas e FeníciosAs primeiras civilizações: Hebreus, Persas e Fenícios
As primeiras civilizações: Hebreus, Persas e Fenícios
Alícia Quintino
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
Marcia Fernandes
 
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
Jemuel Araújo da Silva
 
02 fenícios, persas e hebreus
02   fenícios, persas e hebreus02   fenícios, persas e hebreus
02 fenícios, persas e hebreus
Ciências Humanas e Suas Tecnologias
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
Gilson Barbosa
 
(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia
(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia
(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia
GlauciaSlides
 

Semelhante a Hebreus fenicios e persas (20)

Antiguidade oriental
Antiguidade orientalAntiguidade oriental
Antiguidade oriental
 
Antigo oriente
Antigo orienteAntigo oriente
Antigo oriente
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historia
 
A civilização hebraica simone
A civilização hebraica simoneA civilização hebraica simone
A civilização hebraica simone
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
 
Revista de história marcos felipe
Revista de história  marcos felipeRevista de história  marcos felipe
Revista de história marcos felipe
 
Revista de história marcos felipe
Revista de história  marcos felipeRevista de história  marcos felipe
Revista de história marcos felipe
 
Revista de história marcos
Revista de história   marcosRevista de história   marcos
Revista de história marcos
 
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
1ano hebreuspersasefencios-120430134443-phpapp02(1)
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
 
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREUHISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
 
Resumo hebreus
Resumo hebreusResumo hebreus
Resumo hebreus
 
P civilizacoes
P civilizacoesP civilizacoes
P civilizacoes
 
Persas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdf
Persas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdfPersas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdf
Persas__Hebreus_e_Fenicios___2019.pdf
 
As primeiras civilizações: Hebreus, Persas e Fenícios
As primeiras civilizações: Hebreus, Persas e FeníciosAs primeiras civilizações: Hebreus, Persas e Fenícios
As primeiras civilizações: Hebreus, Persas e Fenícios
 
As primeiras civilizações
As primeiras civilizaçõesAs primeiras civilizações
As primeiras civilizações
 
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
 
02 fenícios, persas e hebreus
02   fenícios, persas e hebreus02   fenícios, persas e hebreus
02 fenícios, persas e hebreus
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
 
(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia
(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia
(03) apresentação aula 3 o mundo da bíblia
 

Mais de Marcelo Ferreira Boia

Africa antes-dos-europeus
Africa antes-dos-europeusAfrica antes-dos-europeus
Africa antes-dos-europeus
Marcelo Ferreira Boia
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Marcelo Ferreira Boia
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Marcelo Ferreira Boia
 
Era Vargas 1
Era Vargas 1Era Vargas 1
Era Vargas 1
Marcelo Ferreira Boia
 
Era Vargas
Era Vargas Era Vargas
O nazi fascismo
O nazi fascismo O nazi fascismo
O nazi fascismo
Marcelo Ferreira Boia
 
O nazi fascismo
O nazi fascismo O nazi fascismo
O nazi fascismo
Marcelo Ferreira Boia
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial
Marcelo Ferreira Boia
 
O que é conhecimento
O que é conhecimentoO que é conhecimento
O que é conhecimento
Marcelo Ferreira Boia
 
Brasil colonia 2
Brasil colonia 2 Brasil colonia 2
Brasil colonia 2
Marcelo Ferreira Boia
 
Processo de colonização do brasil
Processo de colonização do brasilProcesso de colonização do brasil
Processo de colonização do brasil
Marcelo Ferreira Boia
 
Brasil colnia 2
Brasil colnia 2 Brasil colnia 2
Brasil colnia 2
Marcelo Ferreira Boia
 
America espanhola
America espanhola America espanhola
America espanhola
Marcelo Ferreira Boia
 
America espanhola (1)
America espanhola (1)America espanhola (1)
America espanhola (1)
Marcelo Ferreira Boia
 
Reformas religiosas
Reformas religiosas Reformas religiosas
Reformas religiosas
Marcelo Ferreira Boia
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Marcelo Ferreira Boia
 
A formacao das monarquias nacionais
A formacao das monarquias nacionais A formacao das monarquias nacionais
A formacao das monarquias nacionais
Marcelo Ferreira Boia
 
Primeira guerra-mundial
Primeira guerra-mundialPrimeira guerra-mundial
Primeira guerra-mundial
Marcelo Ferreira Boia
 
Mesopotamia
MesopotamiaMesopotamia
Mesopotamia
MesopotamiaMesopotamia

Mais de Marcelo Ferreira Boia (20)

Africa antes-dos-europeus
Africa antes-dos-europeusAfrica antes-dos-europeus
Africa antes-dos-europeus
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Era Vargas 1
Era Vargas 1Era Vargas 1
Era Vargas 1
 
Era Vargas
Era Vargas Era Vargas
Era Vargas
 
O nazi fascismo
O nazi fascismo O nazi fascismo
O nazi fascismo
 
O nazi fascismo
O nazi fascismo O nazi fascismo
O nazi fascismo
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial
 
O que é conhecimento
O que é conhecimentoO que é conhecimento
O que é conhecimento
 
Brasil colonia 2
Brasil colonia 2 Brasil colonia 2
Brasil colonia 2
 
Processo de colonização do brasil
Processo de colonização do brasilProcesso de colonização do brasil
Processo de colonização do brasil
 
Brasil colnia 2
Brasil colnia 2 Brasil colnia 2
Brasil colnia 2
 
America espanhola
America espanhola America espanhola
America espanhola
 
America espanhola (1)
America espanhola (1)America espanhola (1)
America espanhola (1)
 
Reformas religiosas
Reformas religiosas Reformas religiosas
Reformas religiosas
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
A formacao das monarquias nacionais
A formacao das monarquias nacionais A formacao das monarquias nacionais
A formacao das monarquias nacionais
 
Primeira guerra-mundial
Primeira guerra-mundialPrimeira guerra-mundial
Primeira guerra-mundial
 
Mesopotamia
MesopotamiaMesopotamia
Mesopotamia
 
Mesopotamia
MesopotamiaMesopotamia
Mesopotamia
 

Último

Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
davidreyes364666
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 

Último (20)

Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 

Hebreus fenicios e persas

  • 1.  Esse nome vem da raiz ‘a-vár’, que significa “passar, transitar, atravessar, cruzar”. Esse nome denota viajantes, aqueles que ‘passam adiante’. Isto porque os israelitas por um tempo realmente levaram uma vida nômade.  Você encontrará um registro completo sobre a vida dos hebreus na Bíblia. Lá estão registrados toda sua peregrinação, sua moral, costumes, leis e história religiosa. Eles deixaram como herança o monoteísmo,a crença em um único Deus verdadeiro.  Podemos dividir a história dos hebreus em 3 etapas: governo dos patriarcas, governo dos juízes e governo dos reis.
  • 2.  Até o século XIX, o Antigo Testamento (Bíblia Hebraica) era visto como uma narrativa fiel da história desse povo;  As pesquisas arqueológicas dos séculos XX e XXI, no entanto, demonstram cada vez mais que tais textos são literários e teológicos, mas nem sempre históricos;
  • 3.  Os hebreus eram dirigidos por patriarcas, estes eram líderes políticos, que eram encarados como o “pai” da comunidade.  O primeiro grande líder, ou patriarca hebreu foi Abraão, segundo o antigo testamento. Abraão era mesopotâmico, originário de Ur, da Caldéia.  Abraão conduziu os hebreus de Ur, rumo a Palestina (terra prometida). Chegaram por volta de 2000 a. C., viveram na Palestina por quase três séculos. Durante esse tempo, Abraão fundou uma cultura religiosa monoteísta. Eles saíram de Ur em direção a terra Prometida confiando na promessa de seu único Deus Jeová de levá-los a uma terra que emana ‘leite e mel’.
  • 4.  Era dos Patriarcas (Abraão, Isaac, Jacó); Êxodo – fuga da escravidão (!) no Egito, liderada por Moisés  Era dos Juízes (Gideão, Sansão, Jefté etc.);  Monarquia unida (Saul, David, Salomão);  Cisma (divisão) – Reino de Israel (norte) e Reino de Judá (sul);  Diáspora (dispersão) – dominação babilônica (século VI a.C.) e, depois, quando da dominação romana (século I d.C.);
  • 5. EgitoEgito DeltaDelta do Nilodo Nilo Mar MediterrâneoMar Mediterrâneo Mar VermelhoMar Vermelho CanaãCanaã Mt. SinaiMt. Sinai TradicionalTradicional Rota doRota do ÊxodoÊxodoNASA Photo © EBibleTeacher.com PenínsulaPenínsula do Sinaido Sinai
  • 6.
  • 7.
  • 8.  Os fenícios viveram ao norte da Palestina, na região que hoje compreende o Líbano;  Viviam em cidades independentes (cidades-Estado), como Biblos, Tiro, Sidon;  Excelentes navegantes e comerciantes (os primeiros a dedicarem-se ao comércio internacional), fundaram colônias por todo o Mediterrâneo (inclusive na Espanha); a principal dessas colônias foi Cartago (atual Tunísia).
  • 9.  Como o comércio era a principal atividade fenícia, a elite daquelas cidades eram os navegadores e comerciantes – tais grupos dominavam a política (tassalocracia);  Para facilitar as trocas comerciais, os fenícios simplificaram as escritas conhecidas no Oriente Médio e criaram um alfabeto de 22 letras, adaptado, posteriormente, por gregos e romanos, gerando o atual alfabeto latino.
  • 11.  A Pérsia ficava a leste da Mesopotâmia (atual Irã);  Sua civilização foi fruto da fusão de dois povos: os persas (sul) e os medos (norte), por volta de 600 a.C.;  A partir do século VI a.C., os persas estabeleceram um dos maiores impérios da Antiguidade, que englobava o Egito, a Turquia, a Palestina, a Síria, a Mesopotâmia, a Pérsia e o norte da Índia.
  • 12.  Seus principais imperadores (chamados de xás, do persa shah) foram Ciro I (559-529 a.C.), Cambises (529-522 a.C.) e Dario I (512-484 a.C.);  Seu expansionismo foi barrado pelos gregos no século V a.C. (Guerras Médicas); acabaram sendo conquistados por Alexandre Magno, em 330 a.C.;  A economia do Império Persa era agrícola, mas o comércio era facilitado pelas várias estradas, construídas pelos xás (“governar é construir estradas”).
  • 13.
  • 14.  O grande império era dividido em províncias (satrapias), comandadas por governantes de confiança (sátrapas, do persa xšaθrapāvan, ou seja, protetor do poder real);  Havia também fiscais reais, que vigiavam os governadores, chamados os “olhos e ouvidos do rei”.
  • 15.  A religião persa, o mazdeísmo, é um monoteísmo dualista: apesar de existir uma divindade do bem (Ormuz ou Ahura-Mazda), há outra do mal (Arimã); por ter sido pregada pelo profeta Zaratustra (Zoroastro, em grego), a religião é chamada também de zoroastrismo;  Os persas acreditavam em anjos e demônios, na vinda de um salvador, no juízo final e na ressurreição dos mortos (crenças que, através do judaísmo, passaram ao cristianismo).