SlideShare uma empresa Scribd logo
“O Espírito do Senhor está sobre mim,
  porque ele me ungiu para pregar as
 boas-novas aos pobres. Ele me enviou
para proclamar liberdade aos presos e
 recuperação da vista aos cegos, para
libertar os oprimidos e proclamar o ano
         da graça do Senhor” [NVI]
                (Lc 4.18-19)
A igreja segundo Jesus
Se você é um pai cristão, o que deseja para seus
                     filhos?



Se você é um filho cristão, o que você deseja para
                   sua família?
Com certeza você deseje que diversas qualidades
marquem constantemente sua família. Mas vamos
     resumir tudo isso em uma só palavra?




       SAUDÁVEL
Isso é verdade no que diz respeito à igreja. Pastores e
membros de igrejas devem desejar igrejas saudáveis.




A palavra saudável dá a ideia de um corpo que é vivo
  e cresce como deveria crescer. Que ainda não é
 perfeito, mas que avança para chegar ao objetivo.
O QUE É UMA IGREJA
            SAUDÁVEL?

Com certeza não é uma igreja perfeita e sem pecado.
       Ela está em processo de santificação.


É uma igreja que luta continuamente para ficar ao lado
de Deus na luta contra os desejos ímpios e os enganos
        do mundo, de nossa carne e do Diabo.
DEFINIÇÃO



Uma igreja saudável é uma congregação que
 reflete crescentemente o caráter de Deus,
  conforme ele é revelado em sua Palavra.
POR ONDE COMEÇAR?
Refletir o caráter de Deus conforme ele é revelado
na Bíblia implica, naturalmente, começarmos pela
                   Palavra de Deus.

 Paulo disse a Timóteo que as Escrituras o tornaria
   “habilitado para toda boa obra” (2Tm 3.16).

Vejamos seis momentos na linha histórica da Bíblia
   que nos ajudarão a perceber que desejamos
 igrejas que reflitam o caráter de Deus, conforme
          ele é revelado em sua Palavra.
LINHA HISTÓRICA
    DA BÍBLIA
A CRIAÇÃO
Deus criou as plantas e os animais “segundo as suas
   espécies”. Quanto à raça humana, as Escrituras
    dizem: “Façamos o homem à nossa imagem e
 semelhança (Gn 1.26). Repare que o homem não é
   formado segundo à sua espécie. Ele é formado
segundo à imagem e semelhança do Senhor. Ele é o
   único que reflete a Deus ou se parece com ele.
A QUEDA
 Mesmo sendo o único capaz de refletir à imagem e
semelhança de Deus, o homem decidiu não refletir o
  caráter de Deus. Decidiu manifestar seu próprio
                     governo.

A culpa moral do homem impediu dele se aproximar
                    de Deus.

  Mas os homens ainda preservam a imagem de
                    Deus?

  Sim. Mas tanto a imagem como o reflexo dessa
            imagem estão distorcidas.
ISRAEL
 Em sua misericórdia, Deus estabeleceu um plano
  para salvar e usar um grupo de pessoas a fim de
cumprirem seus propósitos originais para a criação –
           a manifestação de sua glória.
  Ele prometeu a Abraão que o abençoaria, bem
       como seus descendentes (Gn 12.1-3).
   Deus os chamou de “nação santa” e “reino de
              sacerdotes” (Êx 19.5-7).
 Deus chegou a chamá-los de “filho” na espera de
       que os filhos sigam os passos do pai.
Mas esse filho não obedeceu a seu Pai, e foi lançado
                    fora da terra.
CRISTO
Uma das coisas que o antigo Israel nos ensina é que
 seres humanos decaídos, entregues a si mesmos,
      não podem refletir a imagem de Deus.
 Por isso, Cristo foi enviado. Veio fazer o que Adão
             não fez – resistir a tentação.
Veio fazer o que Israel não fez – viver de acordo com
                    a Lei do Senhor
                       (Jo 8.28).
A IGREJA
 Nós que estávamos mortos em nossos pecados e
delitos, fomos vivificados quando fomos batizados no
     Espírito Santo ao crermos no nome de Jesus
                       (Gl 3.26-27).
      O que nós, como filhos, devemos fazer?
 Manifestar o caráter, a semelhança, a imagem e a
     glória do Filho e do Pai, que está no céu!
    COMO PODEMOS MANIFESTAR O
        CARÁTER DE DEUS?
COMO PODEMOS MANIFESTAR O
      CARÁTER DE DEUS?
1) Jesus nos diz que sejamos “pacificadores”, visto que
   o Pai fez a paz entre Ele mesmo e nós por meio de
   Cristo (Mt 5.9);
2) Jesus nos diz que amemos os nossos inimigos,
   porque nosso Pai celeste nos amou sendo seus
   inimigos (Rm5.8);
3) Jesus nos diz que amemos uns aos outros, visto que
   ele deu sua própria vida por amar-nos e, por
   amarmos uns aos outros, mostramos ao mundo
   como Ele é (Jo 13.34-35);
COMO PODEMOS MANIFESTAR O
      CARÁTER DE DEUS?
4) Jesus orou pedindo que sejamos “um”, assim como
   ele e o Pai são um (Jo 17.20-23);


5) Jesus nos diz que sejamos “perfeitos”, como o é
   nosso Pai celestial (Mt 5.48);


6) Jesus nos diz que sejamos “pescadores de homens”
   e façamos discípulos de todas as nações” (Mt 4.19;
   28.19). Ele nos envia assim como o Pai o enviou (Jo
   20.21).
A GLÓRIA
Refletiremos mais perfeitamente a imagem de Deus
quando o contemplarmos com perfeição na glória
                     (1Jo 3.2).
 A nossa alma resplandecerá com o caráter e a
    glória de Cristo, como espelhos perfeitos.
CONCLUSÃO
       Deus criou o mundo e a humanidade para
  manifestarem a glória de seu Ser. Adão e Eva, que
 deveriam refletir a imagem do caráter de Deus, não
o fizeram. Nem o povo de Israel. Por isso, Deus enviou
seu Filho para manifestar seu caráter santo e amável
  e remover a sua ira contra os pecados do mundo.
          Em Cristo, Deus veio ao mundo para
                 revelar-se a si mesmo.
   Agora, a igreja, que recebeu a vida de Cristo e o
 poder do Espírito Santo, é chamada a manifestar o
      caráter e a glória de Deus a todo o universo,
     testemunhando em atos e palavras a grande
     sabedoria de Deus e a sua obra de salvação.
O QUE VOCÊ ESTÁ PROCURANDO
        EM UMA IGREJA?
                  BOA MÚSICA?
            UM PASTOR COM SUTAQUE?
           SÓ PALAVRAS DE CONFORTO?

                     QUE TAL...
         Um grupo de rebeldes perdoados...
Que Deus pretende usar para manifestar sua glória...
        Diante de todas as hostes celestiais...
    Porque eles falam a verdade a respeito dEle...
E se parecem cada vez mais com Ele – sendo santos,
                  amáveis e unidos?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Obra Missionária
Obra MissionáriaObra Missionária
Obra Missionária
reformaadventista
 
Prudente
PrudentePrudente
Prudente
guest79cf77
 
Os bastidores da vitória de Josué na Terra Prometida
Os bastidores da vitória de Josué na Terra PrometidaOs bastidores da vitória de Josué na Terra Prometida
Os bastidores da vitória de Josué na Terra Prometida
Igreja Evangélica Nova Jerusalém
 
A organização do ram mundial atual
A organização do ram   mundial atualA organização do ram   mundial atual
A organização do ram mundial atual
Amigos com Cristo
 
Valorizando a obra de deus
Valorizando a obra de deusValorizando a obra de deus
Valorizando a obra de deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Vida do missionario apostila
Vida do missionario apostilaVida do missionario apostila
Vida do missionario apostila
Leonardo da Claudia
 
Aula 02 gerar treinados nos cinco ministérios
Aula 02 gerar   treinados nos cinco ministériosAula 02 gerar   treinados nos cinco ministérios
Aula 02 gerar treinados nos cinco ministérios
Emerson Nascimento
 
Jormi - Jornal Missionário n° 51
Jormi - Jornal Missionário n° 51Jormi - Jornal Missionário n° 51
Jormi - Jornal Missionário n° 51
trabalho como autonomo
 
Palavra o centro do coração de deus
Palavra   o centro do coração de deusPalavra   o centro do coração de deus
Palavra o centro do coração de deus
Adriano Gonçalves Martins
 
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Hamilton Souza
 
Eb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forteEb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forte
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Lição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua faceLição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua face
Amor pela EBD
 
Viver para glória de Deus
Viver para glória de DeusViver para glória de Deus
Viver para glória de Deus
Ramón Zazatt
 
Lição 11 a igreja primitiva foi uma geração movida pela oração
Lição 11   a igreja primitiva foi uma geração movida pela oraçãoLição 11   a igreja primitiva foi uma geração movida pela oração
Lição 11 a igreja primitiva foi uma geração movida pela oração
Éder Tomé
 
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Antonio Filho
 
Na mente ou no coração
Na mente ou no coraçãoNa mente ou no coração
Na mente ou no coração
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
O perfil de um missionário
O perfil de um missionárioO perfil de um missionário
O perfil de um missionário
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Apostila manaim 2016 ipp - bispo jefferson
Apostila   manaim 2016 ipp - bispo jeffersonApostila   manaim 2016 ipp - bispo jefferson
Apostila manaim 2016 ipp - bispo jefferson
Jefferson T. E. Santo
 
O ministério sacerdotal
O ministério sacerdotalO ministério sacerdotal
O ministério sacerdotal
Rafael Medeiros Augusto
 

Mais procurados (20)

Obra Missionária
Obra MissionáriaObra Missionária
Obra Missionária
 
Prudente
PrudentePrudente
Prudente
 
Os bastidores da vitória de Josué na Terra Prometida
Os bastidores da vitória de Josué na Terra PrometidaOs bastidores da vitória de Josué na Terra Prometida
Os bastidores da vitória de Josué na Terra Prometida
 
A organização do ram mundial atual
A organização do ram   mundial atualA organização do ram   mundial atual
A organização do ram mundial atual
 
Valorizando a obra de deus
Valorizando a obra de deusValorizando a obra de deus
Valorizando a obra de deus
 
Vida do missionario apostila
Vida do missionario apostilaVida do missionario apostila
Vida do missionario apostila
 
Aula 02 gerar treinados nos cinco ministérios
Aula 02 gerar   treinados nos cinco ministériosAula 02 gerar   treinados nos cinco ministérios
Aula 02 gerar treinados nos cinco ministérios
 
Jormi - Jornal Missionário n° 51
Jormi - Jornal Missionário n° 51Jormi - Jornal Missionário n° 51
Jormi - Jornal Missionário n° 51
 
Palavra o centro do coração de deus
Palavra   o centro do coração de deusPalavra   o centro do coração de deus
Palavra o centro do coração de deus
 
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
Revista CPAD Lições Bíblicas Adultos - 1º Trimestre de 2020
 
Eb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forteEb 144-uma igreja forte
Eb 144-uma igreja forte
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
Lição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua faceLição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua face
 
Viver para glória de Deus
Viver para glória de DeusViver para glória de Deus
Viver para glória de Deus
 
Lição 11 a igreja primitiva foi uma geração movida pela oração
Lição 11   a igreja primitiva foi uma geração movida pela oraçãoLição 11   a igreja primitiva foi uma geração movida pela oração
Lição 11 a igreja primitiva foi uma geração movida pela oração
 
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
 
Na mente ou no coração
Na mente ou no coraçãoNa mente ou no coração
Na mente ou no coração
 
O perfil de um missionário
O perfil de um missionárioO perfil de um missionário
O perfil de um missionário
 
Apostila manaim 2016 ipp - bispo jefferson
Apostila   manaim 2016 ipp - bispo jeffersonApostila   manaim 2016 ipp - bispo jefferson
Apostila manaim 2016 ipp - bispo jefferson
 
O ministério sacerdotal
O ministério sacerdotalO ministério sacerdotal
O ministério sacerdotal
 

Destaque

Carater cristao aula 7 - amor cristao
Carater cristao   aula 7 - amor cristaoCarater cristao   aula 7 - amor cristao
Carater cristao aula 7 - amor cristao
jvictormm
 
Creio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso Senhor
Creio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso SenhorCreio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso Senhor
Creio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso Senhor
JMVSobreiro
 
Contra o arianismo moderno
Contra o arianismo modernoContra o arianismo moderno
Contra o arianismo moderno
Willian Orlandi
 
164 paz, luz e amor
164   paz, luz e amor164   paz, luz e amor
164 paz, luz e amor
Mylena Vasconcelos
 
Salmo 119 v 101 a 176
Salmo 119 v 101 a 176Salmo 119 v 101 a 176
Salmo 119 v 101 a 176
Mensagens Virtuais
 
O que significa ser membro da igreja evangélica presbiteriana
O que significa ser membro da igreja evangélica presbiterianaO que significa ser membro da igreja evangélica presbiteriana
O que significa ser membro da igreja evangélica presbiteriana
IGREJA EVANGÉLICA PRESBITERIANA DE RICHMOND, CA
 
Honrando ao senhor com nossos bens
Honrando ao senhor com nossos bensHonrando ao senhor com nossos bens
Honrando ao senhor com nossos bens
Marcos De Oliveira Leite
 
Igreja Projeto de Deus
Igreja Projeto de DeusIgreja Projeto de Deus
Igreja Projeto de Deus
Cleudson Corrêa
 
A igreja de ontem e hoje - Esmirna
A igreja de ontem e hoje - EsmirnaA igreja de ontem e hoje - Esmirna
A igreja de ontem e hoje - Esmirna
Ipi Machado
 
Palavra de honra
Palavra de honra   Palavra de honra
Palavra de honra
Eloi Lago
 
Adoracao - O Presente do Homem Para Deus - Palestra
Adoracao - O Presente do Homem Para Deus - PalestraAdoracao - O Presente do Homem Para Deus - Palestra
Adoracao - O Presente do Homem Para Deus - Palestra
Levi de Paula Tavares
 
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada umQvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Cleudson Corrêa
 
Sermão amor de deus
Sermão amor de deusSermão amor de deus
Sermão amor de deus
Rodolfo Nascimento
 
Estudos bíblicos a verdadeira igreja
Estudos bíblicos a verdadeira igrejaEstudos bíblicos a verdadeira igreja
Estudos bíblicos a verdadeira igreja
Regis A. Feitosa
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da IgrejaEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Márcio Pereira
 
Cada um com seu Dom Espiritual
Cada um com seu Dom EspiritualCada um com seu Dom Espiritual
Textos BíBlicos Sobre Unidade
Textos BíBlicos Sobre UnidadeTextos BíBlicos Sobre Unidade
Textos BíBlicos Sobre Unidade
Manuel Pereira Gonçalves
 
Igreja corpo de_cristo
Igreja corpo de_cristoIgreja corpo de_cristo
Igreja corpo de_cristo
Paulo Dias Nogueira
 
Caráter
CaráterCaráter
Caráter
cleucio2012
 
14. Unidade no Corpo de Cristo
14. Unidade no Corpo de Cristo14. Unidade no Corpo de Cristo
14. Unidade no Corpo de Cristo
IASD Asa Norte
 

Destaque (20)

Carater cristao aula 7 - amor cristao
Carater cristao   aula 7 - amor cristaoCarater cristao   aula 7 - amor cristao
Carater cristao aula 7 - amor cristao
 
Creio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso Senhor
Creio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso SenhorCreio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso Senhor
Creio em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso Senhor
 
Contra o arianismo moderno
Contra o arianismo modernoContra o arianismo moderno
Contra o arianismo moderno
 
164 paz, luz e amor
164   paz, luz e amor164   paz, luz e amor
164 paz, luz e amor
 
Salmo 119 v 101 a 176
Salmo 119 v 101 a 176Salmo 119 v 101 a 176
Salmo 119 v 101 a 176
 
O que significa ser membro da igreja evangélica presbiteriana
O que significa ser membro da igreja evangélica presbiterianaO que significa ser membro da igreja evangélica presbiteriana
O que significa ser membro da igreja evangélica presbiteriana
 
Honrando ao senhor com nossos bens
Honrando ao senhor com nossos bensHonrando ao senhor com nossos bens
Honrando ao senhor com nossos bens
 
Igreja Projeto de Deus
Igreja Projeto de DeusIgreja Projeto de Deus
Igreja Projeto de Deus
 
A igreja de ontem e hoje - Esmirna
A igreja de ontem e hoje - EsmirnaA igreja de ontem e hoje - Esmirna
A igreja de ontem e hoje - Esmirna
 
Palavra de honra
Palavra de honra   Palavra de honra
Palavra de honra
 
Adoracao - O Presente do Homem Para Deus - Palestra
Adoracao - O Presente do Homem Para Deus - PalestraAdoracao - O Presente do Homem Para Deus - Palestra
Adoracao - O Presente do Homem Para Deus - Palestra
 
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada umQvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
 
Sermão amor de deus
Sermão amor de deusSermão amor de deus
Sermão amor de deus
 
Estudos bíblicos a verdadeira igreja
Estudos bíblicos a verdadeira igrejaEstudos bíblicos a verdadeira igreja
Estudos bíblicos a verdadeira igreja
 
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da IgrejaEstudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
Estudo Epístola 1 Coríntios – Lição 1 - A Importância da Unidade da Igreja
 
Cada um com seu Dom Espiritual
Cada um com seu Dom EspiritualCada um com seu Dom Espiritual
Cada um com seu Dom Espiritual
 
Textos BíBlicos Sobre Unidade
Textos BíBlicos Sobre UnidadeTextos BíBlicos Sobre Unidade
Textos BíBlicos Sobre Unidade
 
Igreja corpo de_cristo
Igreja corpo de_cristoIgreja corpo de_cristo
Igreja corpo de_cristo
 
Caráter
CaráterCaráter
Caráter
 
14. Unidade no Corpo de Cristo
14. Unidade no Corpo de Cristo14. Unidade no Corpo de Cristo
14. Unidade no Corpo de Cristo
 

Semelhante a Almeja ser saudável - 2º domingo - noite

A igreja que deus deseja
A igreja que deus desejaA igreja que deus deseja
A igreja que deus deseja
Pedro Júnior
 
Boletim 224
Boletim 224Boletim 224
O Proposito global de Deus:
O Proposito global de Deus:O Proposito global de Deus:
O Proposito global de Deus:
Antonio Silva Matias
 
A promessa de deus e o deus da promessa
A promessa de deus e o deus da promessaA promessa de deus e o deus da promessa
A promessa de deus e o deus da promessa
Antonio Silva Matias
 
Não estamos nós arrependendo
Não estamos nós arrependendoNão estamos nós arrependendo
Não estamos nós arrependendo
Antonio Silva Matias
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii
pohlos
 
Catequeses de Preparação para o Crisma
Catequeses de Preparação para o CrismaCatequeses de Preparação para o Crisma
Catequeses de Preparação para o Crisma
João Pereira
 
Pneumatologia 6
Pneumatologia 6Pneumatologia 6
Pneumatologia 6
DENISE DE ALMEIDA
 
vorea
voreavorea
A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.
A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.
A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.
Antonio Silva Matias
 
Bimba kids 22-11-2015 - bem-te-vi 2015
Bimba kids   22-11-2015 - bem-te-vi 2015Bimba kids   22-11-2015 - bem-te-vi 2015
Bimba kids 22-11-2015 - bem-te-vi 2015
Regina Lissone
 
Afinal de contas do que a biblia fala?
Afinal de contas do que a biblia fala?Afinal de contas do que a biblia fala?
Afinal de contas do que a biblia fala?
Antonio Silva Matias
 
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editadoLição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Pr Neto
 
Verdades negligenciadas
Verdades negligenciadasVerdades negligenciadas
Verdades negligenciadas
Jose Moraes
 
A razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoA razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismo
Eduardo Sousa Gomes
 
05. corpo
05. corpo05. corpo
05. corpo
pohlos
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Gerson G. Ramos
 
Principios elementares
Principios elementaresPrincipios elementares
Principios elementares
Walber Michellon
 
A nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica Romana
A nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica RomanaA nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica Romana
A nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica Romana
SanturioTacararu
 

Semelhante a Almeja ser saudável - 2º domingo - noite (20)

A igreja que deus deseja
A igreja que deus desejaA igreja que deus deseja
A igreja que deus deseja
 
Boletim 224
Boletim 224Boletim 224
Boletim 224
 
O Proposito global de Deus:
O Proposito global de Deus:O Proposito global de Deus:
O Proposito global de Deus:
 
A promessa de deus e o deus da promessa
A promessa de deus e o deus da promessaA promessa de deus e o deus da promessa
A promessa de deus e o deus da promessa
 
Não estamos nós arrependendo
Não estamos nós arrependendoNão estamos nós arrependendo
Não estamos nós arrependendo
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
 
23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii23. como estudar a biblía iii
23. como estudar a biblía iii
 
Catequeses de Preparação para o Crisma
Catequeses de Preparação para o CrismaCatequeses de Preparação para o Crisma
Catequeses de Preparação para o Crisma
 
Pneumatologia 6
Pneumatologia 6Pneumatologia 6
Pneumatologia 6
 
vorea
voreavorea
vorea
 
A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.
A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.
A entrada, saida, e permanencia de deus na historia humana.
 
Bimba kids 22-11-2015 - bem-te-vi 2015
Bimba kids   22-11-2015 - bem-te-vi 2015Bimba kids   22-11-2015 - bem-te-vi 2015
Bimba kids 22-11-2015 - bem-te-vi 2015
 
Afinal de contas do que a biblia fala?
Afinal de contas do que a biblia fala?Afinal de contas do que a biblia fala?
Afinal de contas do que a biblia fala?
 
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editadoLição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
 
Verdades negligenciadas
Verdades negligenciadasVerdades negligenciadas
Verdades negligenciadas
 
A razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoA razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismo
 
05. corpo
05. corpo05. corpo
05. corpo
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
 
Principios elementares
Principios elementaresPrincipios elementares
Principios elementares
 
A nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica Romana
A nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica RomanaA nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica Romana
A nossa Igreja - Igreja Católica Apostólica Romana
 

Mais de Anderson Serra Rocha

Guerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semanaGuerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semana
Anderson Serra Rocha
 
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semanaTem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Anderson Serra Rocha
 
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhãTem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Anderson Serra Rocha
 
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noiteTem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Anderson Serra Rocha
 
É consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semanaÉ consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semana
Anderson Serra Rocha
 
é Uma igreja que cresce parte 2 - 3º domingo - noite
é Uma igreja que cresce   parte 2 - 3º domingo - noiteé Uma igreja que cresce   parte 2 - 3º domingo - noite
é Uma igreja que cresce parte 2 - 3º domingo - noite
Anderson Serra Rocha
 
é Uma igreja que cresce parte 1 - 3º domingo - manhã
é Uma igreja que cresce   parte 1 - 3º domingo - manhãé Uma igreja que cresce   parte 1 - 3º domingo - manhã
é Uma igreja que cresce parte 1 - 3º domingo - manhã
Anderson Serra Rocha
 
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhãTem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Anderson Serra Rocha
 

Mais de Anderson Serra Rocha (8)

Guerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semanaGuerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semana
 
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semanaTem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
 
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhãTem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
 
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noiteTem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
 
É consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semanaÉ consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semana
 
é Uma igreja que cresce parte 2 - 3º domingo - noite
é Uma igreja que cresce   parte 2 - 3º domingo - noiteé Uma igreja que cresce   parte 2 - 3º domingo - noite
é Uma igreja que cresce parte 2 - 3º domingo - noite
 
é Uma igreja que cresce parte 1 - 3º domingo - manhã
é Uma igreja que cresce   parte 1 - 3º domingo - manhãé Uma igreja que cresce   parte 1 - 3º domingo - manhã
é Uma igreja que cresce parte 1 - 3º domingo - manhã
 
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhãTem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
 

Último

Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 

Último (12)

Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 

Almeja ser saudável - 2º domingo - noite

  • 1.
  • 2. “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar as boas-novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor” [NVI] (Lc 4.18-19)
  • 4. Se você é um pai cristão, o que deseja para seus filhos? Se você é um filho cristão, o que você deseja para sua família?
  • 5. Com certeza você deseje que diversas qualidades marquem constantemente sua família. Mas vamos resumir tudo isso em uma só palavra? SAUDÁVEL
  • 6. Isso é verdade no que diz respeito à igreja. Pastores e membros de igrejas devem desejar igrejas saudáveis. A palavra saudável dá a ideia de um corpo que é vivo e cresce como deveria crescer. Que ainda não é perfeito, mas que avança para chegar ao objetivo.
  • 7. O QUE É UMA IGREJA SAUDÁVEL? Com certeza não é uma igreja perfeita e sem pecado. Ela está em processo de santificação. É uma igreja que luta continuamente para ficar ao lado de Deus na luta contra os desejos ímpios e os enganos do mundo, de nossa carne e do Diabo.
  • 8. DEFINIÇÃO Uma igreja saudável é uma congregação que reflete crescentemente o caráter de Deus, conforme ele é revelado em sua Palavra.
  • 9. POR ONDE COMEÇAR? Refletir o caráter de Deus conforme ele é revelado na Bíblia implica, naturalmente, começarmos pela Palavra de Deus. Paulo disse a Timóteo que as Escrituras o tornaria “habilitado para toda boa obra” (2Tm 3.16). Vejamos seis momentos na linha histórica da Bíblia que nos ajudarão a perceber que desejamos igrejas que reflitam o caráter de Deus, conforme ele é revelado em sua Palavra.
  • 10. LINHA HISTÓRICA DA BÍBLIA
  • 11. A CRIAÇÃO Deus criou as plantas e os animais “segundo as suas espécies”. Quanto à raça humana, as Escrituras dizem: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança (Gn 1.26). Repare que o homem não é formado segundo à sua espécie. Ele é formado segundo à imagem e semelhança do Senhor. Ele é o único que reflete a Deus ou se parece com ele.
  • 12. A QUEDA Mesmo sendo o único capaz de refletir à imagem e semelhança de Deus, o homem decidiu não refletir o caráter de Deus. Decidiu manifestar seu próprio governo. A culpa moral do homem impediu dele se aproximar de Deus. Mas os homens ainda preservam a imagem de Deus? Sim. Mas tanto a imagem como o reflexo dessa imagem estão distorcidas.
  • 13. ISRAEL Em sua misericórdia, Deus estabeleceu um plano para salvar e usar um grupo de pessoas a fim de cumprirem seus propósitos originais para a criação – a manifestação de sua glória. Ele prometeu a Abraão que o abençoaria, bem como seus descendentes (Gn 12.1-3). Deus os chamou de “nação santa” e “reino de sacerdotes” (Êx 19.5-7). Deus chegou a chamá-los de “filho” na espera de que os filhos sigam os passos do pai. Mas esse filho não obedeceu a seu Pai, e foi lançado fora da terra.
  • 14. CRISTO Uma das coisas que o antigo Israel nos ensina é que seres humanos decaídos, entregues a si mesmos, não podem refletir a imagem de Deus. Por isso, Cristo foi enviado. Veio fazer o que Adão não fez – resistir a tentação. Veio fazer o que Israel não fez – viver de acordo com a Lei do Senhor (Jo 8.28).
  • 15. A IGREJA Nós que estávamos mortos em nossos pecados e delitos, fomos vivificados quando fomos batizados no Espírito Santo ao crermos no nome de Jesus (Gl 3.26-27). O que nós, como filhos, devemos fazer? Manifestar o caráter, a semelhança, a imagem e a glória do Filho e do Pai, que está no céu! COMO PODEMOS MANIFESTAR O CARÁTER DE DEUS?
  • 16. COMO PODEMOS MANIFESTAR O CARÁTER DE DEUS? 1) Jesus nos diz que sejamos “pacificadores”, visto que o Pai fez a paz entre Ele mesmo e nós por meio de Cristo (Mt 5.9); 2) Jesus nos diz que amemos os nossos inimigos, porque nosso Pai celeste nos amou sendo seus inimigos (Rm5.8); 3) Jesus nos diz que amemos uns aos outros, visto que ele deu sua própria vida por amar-nos e, por amarmos uns aos outros, mostramos ao mundo como Ele é (Jo 13.34-35);
  • 17. COMO PODEMOS MANIFESTAR O CARÁTER DE DEUS? 4) Jesus orou pedindo que sejamos “um”, assim como ele e o Pai são um (Jo 17.20-23); 5) Jesus nos diz que sejamos “perfeitos”, como o é nosso Pai celestial (Mt 5.48); 6) Jesus nos diz que sejamos “pescadores de homens” e façamos discípulos de todas as nações” (Mt 4.19; 28.19). Ele nos envia assim como o Pai o enviou (Jo 20.21).
  • 18. A GLÓRIA Refletiremos mais perfeitamente a imagem de Deus quando o contemplarmos com perfeição na glória (1Jo 3.2). A nossa alma resplandecerá com o caráter e a glória de Cristo, como espelhos perfeitos.
  • 19. CONCLUSÃO Deus criou o mundo e a humanidade para manifestarem a glória de seu Ser. Adão e Eva, que deveriam refletir a imagem do caráter de Deus, não o fizeram. Nem o povo de Israel. Por isso, Deus enviou seu Filho para manifestar seu caráter santo e amável e remover a sua ira contra os pecados do mundo. Em Cristo, Deus veio ao mundo para revelar-se a si mesmo. Agora, a igreja, que recebeu a vida de Cristo e o poder do Espírito Santo, é chamada a manifestar o caráter e a glória de Deus a todo o universo, testemunhando em atos e palavras a grande sabedoria de Deus e a sua obra de salvação.
  • 20. O QUE VOCÊ ESTÁ PROCURANDO EM UMA IGREJA? BOA MÚSICA? UM PASTOR COM SUTAQUE? SÓ PALAVRAS DE CONFORTO? QUE TAL... Um grupo de rebeldes perdoados... Que Deus pretende usar para manifestar sua glória... Diante de todas as hostes celestiais... Porque eles falam a verdade a respeito dEle... E se parecem cada vez mais com Ele – sendo santos, amáveis e unidos?