SlideShare uma empresa Scribd logo
A Prevenção rodoviária
A Prevenção rodoviáriaA Prevenção Rodoviária Portuguesa foi fundada em 1965, pelo Lyon Clube de Lisboa ,como uma associação sem fins lucrativos e com o objectivo de prevenir os acidentes rodoviários e as suas consequências. Em 1966 foi reconhecida pelo Governo como instituição de utilidade pública e Já nessa altura,a elevada sinistralidade rodoviária preocupava alguns dos sectores da sociedade e ao Lyon Clube de Lisboasensibilizou em particular, as crianças vitimas deste flagelo.A prevenção rodoviária portuguesa começapor ser uma pequena associação com apenas 6 funcionários que se vai implementando desde o inicio que uma das preocupações são as crianças e os jovens. Escolas Móveis de Trânsito deslocam-se às escolas de todo o país dando formação aos alunos.
ContinuaçãoRemonta também a época a Taça Escolar é um concurso destinado a alunos do 2.º Ciclo do Ensino Básico, que foca a formação do aluno enquanto ciclista, e que ainda hoje se realiza.A prevenção rodoviária portuguesa e outras entidades oficiais que efectuam, com frequência as campanhas de reforço de segurança para alertar todos os que circulam nas estradas, automobilistas, motociclistas, ciclistas e peões para as normas de segurança rodoviária de modo a prevenir e a reduzir o número de acidentes, todos temos consciência que é preciso reduzir a sinistralidade nas nossas estradas e isso é possível dependendo da conduta de todos nós.As principais causas dos acidentes são devidas a falha humana são excesso de velocidadeUltrapassagens perigosas, desrespeito pela sinalização, desrespeito pelas regras da prioridade, condução sob o efeito do álcool, Condução sob o efeito de certos medicamentos e Fadiga e sonolência. As outras principais causas de acidentes rodoviários são Falha humana,mau estado da via e sinalização deficiente, Mau estado da viatura e más condições atmosféricas e de luminosidade
ContinuaçãoUm bom condutor deve: Verificar periodicamente o veículo e se encontra em boas condições;Respeitar rigorosamente o Código da estrada e as normas de segurança rodoviária;Adaptar a condução – ao veículo que conduz, a estrada em que circula, ás condições meteorológicas intensidade de tráfego do momento e ao estado físico e psíquico.Dar sempre a conhecer aos outros utentes da via pública as suas intenções, sinalizando todas as manobras que pretende efectuar.Prever, dentro do possível os comportamentos dos outros utentes da via pública para agir em conformidade e com segurança.Actualmente a prevenção rodoviária portuguesaé uma associação de referência a nível nacional tendo alargado a sua acção, para além da educação e sensibilização, à formação nas várias vertentes quer de professores quer de jovens quer de técnicos ligados à construção, sinalização e conservação dos diversos tipos de vias.
FIMTrabalho realizado por: Pedro Alves nº25Disciplina de: Área de ProjectoTurma: 9ºg

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cartilha transito
Cartilha transitoCartilha transito
Cartilha transito
Daia Dizielle
 
ApresentaçãO Grupo 5
ApresentaçãO Grupo 5ApresentaçãO Grupo 5
ApresentaçãO Grupo 5
Carina Silva
 
2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...
2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...
2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...
Fernando de Sá
 
Transito - Juliana e Gabriela
Transito - Juliana e GabrielaTransito - Juliana e Gabriela
Transito - Juliana e Gabriela
Naty Rangel
 
Projecto blogue 1
Projecto blogue 1Projecto blogue 1
Projecto blogue 1
americojesusrodrigues
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
Utilizadores
 

Mais procurados (6)

Cartilha transito
Cartilha transitoCartilha transito
Cartilha transito
 
ApresentaçãO Grupo 5
ApresentaçãO Grupo 5ApresentaçãO Grupo 5
ApresentaçãO Grupo 5
 
2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...
2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...
2009 11 04 dr2 processos e métodos científicos - actividade nº1 - versão para...
 
Transito - Juliana e Gabriela
Transito - Juliana e GabrielaTransito - Juliana e Gabriela
Transito - Juliana e Gabriela
 
Projecto blogue 1
Projecto blogue 1Projecto blogue 1
Projecto blogue 1
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
 

Destaque

Visita do 2º F à EMER
Visita do 2º F à EMERVisita do 2º F à EMER
Visita do 2º F à EMER
Teresa Calisto
 
Projecto serEDUCATE
Projecto serEDUCATEProjecto serEDUCATE
Projecto serEDUCATE
EDUCATE
 
Emer
EmerEmer
Segurança e prevenção rodoviária
Segurança e prevenção rodoviáriaSegurança e prevenção rodoviária
Segurança e prevenção rodoviária
JennyIII
 
Educação rodoviária
Educação rodoviáriaEducação rodoviária
Educação rodoviária
EB1JIAbobodaII
 
Educação rodoviária [modo de compatibilidade]
Educação rodoviária [modo de compatibilidade]Educação rodoviária [modo de compatibilidade]
Educação rodoviária [modo de compatibilidade]
helenabarateiro
 
Prevenção Rodóviaria
Prevenção RodóviariaPrevenção Rodóviaria
Prevenção Rodóviaria
helder_pinheiro
 
Educação rodoviária
Educação rodoviáriaEducação rodoviária
Educação rodoviária
Teresa Ramos
 
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviáriaC:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
Teresa Ferreira
 
Educacao rodoviaria
Educacao rodoviariaEducacao rodoviaria
Educacao rodoviaria
Filipe Oliveira
 
Educação Rodoviária
Educação RodoviáriaEducação Rodoviária
Educação Rodoviária
gueste18f9b
 
Livro vai e vem jan2011
Livro vai e vem jan2011Livro vai e vem jan2011
Livro vai e vem jan2011
helenabarateiro
 
JoãO PeãO
JoãO PeãOJoãO PeãO
JoãO PeãO
guest0278182a
 
Referencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação RodoviáriaReferencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação Rodoviária
Maria Leonor
 
Educação Rodoviária
Educação RodoviáriaEducação Rodoviária
Educação Rodoviária
Ana Lúcia Francisco
 
Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento
Maria Leonor
 
prevençao rodoviaria
prevençao rodoviariaprevençao rodoviaria
prevençao rodoviaria
ivo ribeiro
 
Prevenção rodoviária nos ciclistas
Prevenção rodoviária nos ciclistasPrevenção rodoviária nos ciclistas
Prevenção rodoviária nos ciclistas
criadorpt
 
Regras de segurança para os peões
Regras de segurança para os peõesRegras de segurança para os peões
Regras de segurança para os peões
Lino Costa
 
Educação Rodoviária - Sinais de Trânsito
Educação Rodoviária - Sinais de TrânsitoEducação Rodoviária - Sinais de Trânsito
Educação Rodoviária - Sinais de Trânsito
fvilao
 

Destaque (20)

Visita do 2º F à EMER
Visita do 2º F à EMERVisita do 2º F à EMER
Visita do 2º F à EMER
 
Projecto serEDUCATE
Projecto serEDUCATEProjecto serEDUCATE
Projecto serEDUCATE
 
Emer
EmerEmer
Emer
 
Segurança e prevenção rodoviária
Segurança e prevenção rodoviáriaSegurança e prevenção rodoviária
Segurança e prevenção rodoviária
 
Educação rodoviária
Educação rodoviáriaEducação rodoviária
Educação rodoviária
 
Educação rodoviária [modo de compatibilidade]
Educação rodoviária [modo de compatibilidade]Educação rodoviária [modo de compatibilidade]
Educação rodoviária [modo de compatibilidade]
 
Prevenção Rodóviaria
Prevenção RodóviariaPrevenção Rodóviaria
Prevenção Rodóviaria
 
Educação rodoviária
Educação rodoviáriaEducação rodoviária
Educação rodoviária
 
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviáriaC:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
 
Educacao rodoviaria
Educacao rodoviariaEducacao rodoviaria
Educacao rodoviaria
 
Educação Rodoviária
Educação RodoviáriaEducação Rodoviária
Educação Rodoviária
 
Livro vai e vem jan2011
Livro vai e vem jan2011Livro vai e vem jan2011
Livro vai e vem jan2011
 
JoãO PeãO
JoãO PeãOJoãO PeãO
JoãO PeãO
 
Referencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação RodoviáriaReferencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação Rodoviária
 
Educação Rodoviária
Educação RodoviáriaEducação Rodoviária
Educação Rodoviária
 
Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento
 
prevençao rodoviaria
prevençao rodoviariaprevençao rodoviaria
prevençao rodoviaria
 
Prevenção rodoviária nos ciclistas
Prevenção rodoviária nos ciclistasPrevenção rodoviária nos ciclistas
Prevenção rodoviária nos ciclistas
 
Regras de segurança para os peões
Regras de segurança para os peõesRegras de segurança para os peões
Regras de segurança para os peões
 
Educação Rodoviária - Sinais de Trânsito
Educação Rodoviária - Sinais de TrânsitoEducação Rodoviária - Sinais de Trânsito
Educação Rodoviária - Sinais de Trânsito
 

Semelhante a A PrevençãO RodoviáRia Para A Disciplina De áRea De Projecto

Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01
Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01
Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01
gabrielmoreiracastro
 
Apostila de direção defensiva
Apostila de direção defensivaApostila de direção defensiva
Apostila de direção defensiva
bi0648
 
Prevenção rodoviaria powerpoint
Prevenção rodoviaria powerpointPrevenção rodoviaria powerpoint
Prevenção rodoviaria powerpoint
esas8e
 
DIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdf
DIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdfDIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdf
DIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdf
romy385160
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
carlabastos
 
Denatran manual direção defensiva 2005
Denatran manual direção defensiva 2005Denatran manual direção defensiva 2005
Denatran manual direção defensiva 2005
Fernando Cunha
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
michel antunes
 
Escola E
Escola EEscola E
Escola E
bmmr
 
O tema é direção defensiva
O tema é direção defensivaO tema é direção defensiva
O tema é direção defensiva
HeleniceGonalves1
 
Direcao Defensiva
Direcao DefensivaDirecao Defensiva
Direcao Defensiva
Henry Chinaglia Filho
 
Manual Direção Defensiva
Manual Direção DefensivaManual Direção Defensiva
Manual Direção Defensiva
legalnavia
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
Layse Svaldi
 
Direção Defensiva
Direção DefensivaDireção Defensiva
Direção Defensiva
Eduardo Quintanilha
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
Higor Valente
 
Direção Defensiva
Direção DefensivaDireção Defensiva
Direção Defensiva
EvandroPFonseca
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
falc8
 
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra  trânsito seguro compromisso e cidadaniaPalestra  trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
Italo Manzi
 
Prevencão rodoviária
Prevencão rodoviáriaPrevencão rodoviária
Prevencão rodoviária
sergiorato
 
Educação no trânsito9ºa lucas
Educação no trânsito9ºa lucasEducação no trânsito9ºa lucas
Educação no trânsito9ºa lucas
escola_areias
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
softgirl1617
 

Semelhante a A PrevençãO RodoviáRia Para A Disciplina De áRea De Projecto (20)

Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01
Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01
Prevenorodoviria 100605131415-phpapp01
 
Apostila de direção defensiva
Apostila de direção defensivaApostila de direção defensiva
Apostila de direção defensiva
 
Prevenção rodoviaria powerpoint
Prevenção rodoviaria powerpointPrevenção rodoviaria powerpoint
Prevenção rodoviaria powerpoint
 
DIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdf
DIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdfDIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdf
DIRECAO_DEFENSIVA16112010+e+detran.pdf
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
 
Denatran manual direção defensiva 2005
Denatran manual direção defensiva 2005Denatran manual direção defensiva 2005
Denatran manual direção defensiva 2005
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
 
Escola E
Escola EEscola E
Escola E
 
O tema é direção defensiva
O tema é direção defensivaO tema é direção defensiva
O tema é direção defensiva
 
Direcao Defensiva
Direcao DefensivaDirecao Defensiva
Direcao Defensiva
 
Manual Direção Defensiva
Manual Direção DefensivaManual Direção Defensiva
Manual Direção Defensiva
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
 
Direção Defensiva
Direção DefensivaDireção Defensiva
Direção Defensiva
 
Direcao defensiva
Direcao defensivaDirecao defensiva
Direcao defensiva
 
Direção Defensiva
Direção DefensivaDireção Defensiva
Direção Defensiva
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
 
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra  trânsito seguro compromisso e cidadaniaPalestra  trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
 
Prevencão rodoviária
Prevencão rodoviáriaPrevencão rodoviária
Prevencão rodoviária
 
Educação no trânsito9ºa lucas
Educação no trânsito9ºa lucasEducação no trânsito9ºa lucas
Educação no trânsito9ºa lucas
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
 

Último

Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 

A PrevençãO RodoviáRia Para A Disciplina De áRea De Projecto

  • 2. A Prevenção rodoviáriaA Prevenção Rodoviária Portuguesa foi fundada em 1965, pelo Lyon Clube de Lisboa ,como uma associação sem fins lucrativos e com o objectivo de prevenir os acidentes rodoviários e as suas consequências. Em 1966 foi reconhecida pelo Governo como instituição de utilidade pública e Já nessa altura,a elevada sinistralidade rodoviária preocupava alguns dos sectores da sociedade e ao Lyon Clube de Lisboasensibilizou em particular, as crianças vitimas deste flagelo.A prevenção rodoviária portuguesa começapor ser uma pequena associação com apenas 6 funcionários que se vai implementando desde o inicio que uma das preocupações são as crianças e os jovens. Escolas Móveis de Trânsito deslocam-se às escolas de todo o país dando formação aos alunos.
  • 3. ContinuaçãoRemonta também a época a Taça Escolar é um concurso destinado a alunos do 2.º Ciclo do Ensino Básico, que foca a formação do aluno enquanto ciclista, e que ainda hoje se realiza.A prevenção rodoviária portuguesa e outras entidades oficiais que efectuam, com frequência as campanhas de reforço de segurança para alertar todos os que circulam nas estradas, automobilistas, motociclistas, ciclistas e peões para as normas de segurança rodoviária de modo a prevenir e a reduzir o número de acidentes, todos temos consciência que é preciso reduzir a sinistralidade nas nossas estradas e isso é possível dependendo da conduta de todos nós.As principais causas dos acidentes são devidas a falha humana são excesso de velocidadeUltrapassagens perigosas, desrespeito pela sinalização, desrespeito pelas regras da prioridade, condução sob o efeito do álcool, Condução sob o efeito de certos medicamentos e Fadiga e sonolência. As outras principais causas de acidentes rodoviários são Falha humana,mau estado da via e sinalização deficiente, Mau estado da viatura e más condições atmosféricas e de luminosidade
  • 4. ContinuaçãoUm bom condutor deve: Verificar periodicamente o veículo e se encontra em boas condições;Respeitar rigorosamente o Código da estrada e as normas de segurança rodoviária;Adaptar a condução – ao veículo que conduz, a estrada em que circula, ás condições meteorológicas intensidade de tráfego do momento e ao estado físico e psíquico.Dar sempre a conhecer aos outros utentes da via pública as suas intenções, sinalizando todas as manobras que pretende efectuar.Prever, dentro do possível os comportamentos dos outros utentes da via pública para agir em conformidade e com segurança.Actualmente a prevenção rodoviária portuguesaé uma associação de referência a nível nacional tendo alargado a sua acção, para além da educação e sensibilização, à formação nas várias vertentes quer de professores quer de jovens quer de técnicos ligados à construção, sinalização e conservação dos diversos tipos de vias.
  • 5. FIMTrabalho realizado por: Pedro Alves nº25Disciplina de: Área de ProjectoTurma: 9ºg