SlideShare uma empresa Scribd logo
Era Paleozóica
Trabalho realizado por: Núria Fonseca nº12 , Sara Liberato nº16 e Pedro
Tomé nº14
Ano letivo 2012/13
Escola padre José rota
Alunos do 7º2
1
Índice
 Introdução (pág.3)
 O Paleozóico (pág.4)
 Os Períodos do Paleozóico

cont. (pág.5)

 Os Períodos do Paleozóico (pág.6)
 Conclusão(pág.7)
 Observações (pág.8)
 Dicionário (pág.9)
 Bibliografia (pág. 10)

2
Introdução


3

Neste trabalho iremos falar sobre a Era Paleozóica e também dos seus
diferentes climas, flora e fauna em cada período, para percebermos as
transformações que nesta era se realizaram. Espero que gostem do trabalho 
O Paleozóico


A Era Paleozóica é dividida em seis Períodos, do mais antigo para o mais recente:
Câmbrico, Ordovícico, Silúrico, Devónico, Carbónico e Pérmico.



O início do Paleozóico (os primeiros 130 milhões de anos) foi caracterizado por grandes
movimentos da crosta terrestre, com formação de inúmeras montanhas e geossinclinais
em zonas da América do Norte, Europa e Ásia.



Houve também formação de grandes mares a sul das zonas emergentes, enquanto que
grande parte da América do Norte estava coberta por um quente mar de coral.
Foi também durante os primeiros tempos desta era que apareceram e se tornaram
abundantes os invertebrados, sendo hoje dos fósseis que se encontram mais
frequentemente (trilobites e outros artrópodes marinhos).



Iniciou-se há cerca de 542 M.a. O estabelecimento deste limite temporal deve-se ao
aparecimento de organismos com estruturas duras, tais como as carapaças, os dentes, as
escamas e os ossos, que facilitaram a fossilização.

4
Períodos do Paleozóico

cont.





Ordovícico – Houve grande diversidade de seres vivos, mas no final deste
período, uma glaciação originou uma extinção em massa. Seres vivos com
conchas, outros semelhantes a polvos e lulas passaram a ser os organismos mais
comuns no Ordovícico. Também apareceram peixes idênticos a lampreias, os
primeiros vertebrados e as plantas primitivas iniciaram a colonização dos
ambientes terrestres.



5

Câmbrico – caracteriza –se pelo surgimento de animais com carapaça. Houve
uma expansão de Vida nos mares, com abundantes seres invertebrados.
Destaca-se pelo aparecimento das trilobites, dos corais e dos peixes mais
primitivos e também apareceram os primeiros seres com concha e esqueleto
externo neste período.

Silúrico – A Vida retoma após a extinção em massa no final do Ordovícico. Os
pântanos ficaram repletos pelas primeiras plantas terrestres, muito
primitivas, e os insetos sem asas iniciam a colonização dos ambientes terrestres
ou seja , nessa altura começou-se a formar a camada do ozono que protege os
seres vivos contra os raios solares. Também surgem os cefalópodes e os recifes
de coral.
Períodos do Paleozóico




Carbónico – O clima torna-se quente e húmido, permitindo o crescimento de
florestas. As plantas libertam grandes quantidades de oxigénio para a
atmosfera. A partir dos anfíbios, evoluíram os primeiros repteis.



6

Devónico – Os peixes e os insetos tornam-se os seres mais abundantes. Um dos
peixes , o Dipterus desenvolve pulmões rudimentares e inicia a colonização dos
ambientes terrestres. Este peixe esteve na base da origem dos anfíbios.
Supõe-se que o Dipterus teria sido capaz de se deslocar pequenas distâncias
entre lagos e charcos de água pouco profundos. Foi o período onde começaram a
aparecer os primeiros animais terrestres.

Pérmico – No final deste Período, o clima torna-se quente e seco, o vulcanismo
mais intenso e pensa-se quem um meteorito terá colidido com a terra. Ocorreu
a maior extinção em massa de que há registo. Muitos grupos de organismos da
Era Paleozóica extinguiram-se como, por exemplo, as trilobites. Houve uma
grande diversificação dos repteis.
Conclusão


7

Concluímos que o Paleozóico foi uma era, com muitas transformações, evoluções
e mudanças. Existiram muitos seres vivos, mas no fim do Paleozóico houve a
maior extinção em massa, conhecida, em que 95% dos seres vivos extinguiramse.
Observações


8

Nós reparámos que alguns dos acontecimentos não se têm bem a certeza de
quando aconteceram, como por exemplo, quando estávamos a
pesquisar, reparámos que diziam que no Ordovícico apareceram as primeiras
plantas, e noutro já dizia que foi no Silúrico.
Dicionário


9

Geossinclinais - refere-se a uma grande bacia geológica alongada que recebe a
sedimentação de milhares de metros de espessura provinda das áreas positivas
laterais.
Bibliografia



http://www.infopedia.pt/$paleozoico



http://www.fgel.uerj.br/Dgrg/webdgrg/Timescale/Paleozoico.html



10

http://www.infoescola.com/geografia/era-paleozoica/

Livro de Ciências

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teoria da Tectónica de Placas
Teoria da Tectónica de PlacasTeoria da Tectónica de Placas
Teoria da Tectónica de Placas
trizfernandes
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochas
Catir
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placas
margaridabt
 
Grandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terraGrandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terra
acatarina82
 
Eras Geológicas
Eras GeológicasEras Geológicas
Eras Geológicas
Leonardo Alves
 
Tempo Geológico
Tempo GeológicoTempo Geológico
Tempo Geológico
Lucca
 
Eras geologicas
Eras geologicasEras geologicas
Eras geologicas
Bianca Martins
 
Pré Câmbrico E Paleozóico
Pré Câmbrico E PaleozóicoPré Câmbrico E Paleozóico
Pré Câmbrico E Paleozóico
Catir
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
Catir
 
Pre-Câmbrico
Pre-CâmbricoPre-Câmbrico
Pre-Câmbrico
Rui Oliveira
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Ana Castro
 
Ppt 31 Ondas SíSmicas E Descontinuidades Internas
Ppt 31   Ondas SíSmicas E Descontinuidades InternasPpt 31   Ondas SíSmicas E Descontinuidades Internas
Ppt 31 Ondas SíSmicas E Descontinuidades Internas
Nuno Correia
 
A medida do tempo geológico e a idade da terra
A medida do tempo geológico e a idade da terraA medida do tempo geológico e a idade da terra
A medida do tempo geológico e a idade da terra
Isabel Lopes
 
Mobilismo Geológico
Mobilismo Geológico Mobilismo Geológico
Mobilismo Geológico
Bárbara Castanheira
 
Idade Relativa e Idade Radiométrica
Idade Relativa e Idade RadiométricaIdade Relativa e Idade Radiométrica
Idade Relativa e Idade Radiométrica
Gabriela Bruno
 
Era cenozóica
Era cenozóicaEra cenozóica
Era cenozóica
anasanches96
 
Eras Geológicas
Eras GeológicasEras Geológicas
Eras Geológicas
ANDRÉA FERREIRA
 
Trabalho era paleozóico
Trabalho era paleozóico Trabalho era paleozóico
Trabalho era paleozóico
Matheus Alves
 
Argumentos da Deriva Continental
Argumentos da Deriva ContinentalArgumentos da Deriva Continental
Argumentos da Deriva Continental
Joao Mouro
 
Cap.4 - As eras geológicas
Cap.4 - As eras geológicasCap.4 - As eras geológicas
Cap.4 - As eras geológicas
profacacio
 

Mais procurados (20)

Teoria da Tectónica de Placas
Teoria da Tectónica de PlacasTeoria da Tectónica de Placas
Teoria da Tectónica de Placas
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochas
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placas
 
Grandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terraGrandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terra
 
Eras Geológicas
Eras GeológicasEras Geológicas
Eras Geológicas
 
Tempo Geológico
Tempo GeológicoTempo Geológico
Tempo Geológico
 
Eras geologicas
Eras geologicasEras geologicas
Eras geologicas
 
Pré Câmbrico E Paleozóico
Pré Câmbrico E PaleozóicoPré Câmbrico E Paleozóico
Pré Câmbrico E Paleozóico
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
 
Pre-Câmbrico
Pre-CâmbricoPre-Câmbrico
Pre-Câmbrico
 
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da TerraRochas - arquivos que relatam a história da Terra
Rochas - arquivos que relatam a história da Terra
 
Ppt 31 Ondas SíSmicas E Descontinuidades Internas
Ppt 31   Ondas SíSmicas E Descontinuidades InternasPpt 31   Ondas SíSmicas E Descontinuidades Internas
Ppt 31 Ondas SíSmicas E Descontinuidades Internas
 
A medida do tempo geológico e a idade da terra
A medida do tempo geológico e a idade da terraA medida do tempo geológico e a idade da terra
A medida do tempo geológico e a idade da terra
 
Mobilismo Geológico
Mobilismo Geológico Mobilismo Geológico
Mobilismo Geológico
 
Idade Relativa e Idade Radiométrica
Idade Relativa e Idade RadiométricaIdade Relativa e Idade Radiométrica
Idade Relativa e Idade Radiométrica
 
Era cenozóica
Era cenozóicaEra cenozóica
Era cenozóica
 
Eras Geológicas
Eras GeológicasEras Geológicas
Eras Geológicas
 
Trabalho era paleozóico
Trabalho era paleozóico Trabalho era paleozóico
Trabalho era paleozóico
 
Argumentos da Deriva Continental
Argumentos da Deriva ContinentalArgumentos da Deriva Continental
Argumentos da Deriva Continental
 
Cap.4 - As eras geológicas
Cap.4 - As eras geológicasCap.4 - As eras geológicas
Cap.4 - As eras geológicas
 

Semelhante a Era Paleozóica

7a série da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)
7a série   da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)7a série   da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)
7a série da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)
SESI 422 - Americana
 
História da terra
História da terraHistória da terra
História da terra
bebea1499
 
O tempo geológico
O tempo geológicoO tempo geológico
O tempo geológico
Wendell Fabrício
 
Geohistória - Geologia
Geohistória - GeologiaGeohistória - Geologia
Geohistória - Geologia
TinaFreitas
 
História da Vida e da Terra
História da Vida e da TerraHistória da Vida e da Terra
História da Vida e da Terra
cpfss
 
Tema II - Geo História da Terra
Tema II - Geo História da TerraTema II - Geo História da Terra
Tema II - Geo História da Terra
Isabel Henriques
 
7a série da evolução à extinção 1
7a série   da evolução à extinção 17a série   da evolução à extinção 1
7a série da evolução à extinção 1
SESI 422 - Americana
 
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costaEras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Luiz Carlos
 
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costaEras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Luiz Carlos
 
CiêNcias Naturais Trabalho Etgfve
CiêNcias Naturais   Trabalho EtgfveCiêNcias Naturais   Trabalho Etgfve
CiêNcias Naturais Trabalho Etgfve
João Martins
 
A Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas eras
A Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas erasA Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas eras
A Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas eras
João Martins
 
CN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da Terra
CN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da TerraCN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da Terra
CN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da Terra
7F
 
História da Terra 2
História da Terra 2História da Terra 2
História da Terra 2
Teresa Monteiro
 
Tempo geológico e história da terra
Tempo geológico e história da terraTempo geológico e história da terra
Tempo geológico e história da terra
s1lv1alouro
 
Era paleozóica cn
Era paleozóica cnEra paleozóica cn
Era paleozóica cn
Teresa Vasconcelos
 
Grandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terraGrandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terra
Bárbara Pereira
 
00 HistóRia Da Terra
00   HistóRia Da Terra00   HistóRia Da Terra
00 HistóRia Da Terra
Teresa Monteiro
 
A Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana FinalA Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana Final
ProfMario De Mori
 
Acontecimentos biológicos e as eras geológicas
Acontecimentos biológicos e as eras geológicasAcontecimentos biológicos e as eras geológicas
Acontecimentos biológicos e as eras geológicas
eduaneto
 
grandes etapas da história da terra
grandes etapas da história da terragrandes etapas da história da terra
grandes etapas da história da terra
Adrianna Carvalho
 

Semelhante a Era Paleozóica (20)

7a série da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)
7a série   da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)7a série   da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)
7a série da evolução à extinção parte 1 atualizada (até o período permiano)
 
História da terra
História da terraHistória da terra
História da terra
 
O tempo geológico
O tempo geológicoO tempo geológico
O tempo geológico
 
Geohistória - Geologia
Geohistória - GeologiaGeohistória - Geologia
Geohistória - Geologia
 
História da Vida e da Terra
História da Vida e da TerraHistória da Vida e da Terra
História da Vida e da Terra
 
Tema II - Geo História da Terra
Tema II - Geo História da TerraTema II - Geo História da Terra
Tema II - Geo História da Terra
 
7a série da evolução à extinção 1
7a série   da evolução à extinção 17a série   da evolução à extinção 1
7a série da evolução à extinção 1
 
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costaEras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
 
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costaEras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
Eras geologicas aula pibid biologia-1º ano-luiz carlos da costa
 
CiêNcias Naturais Trabalho Etgfve
CiêNcias Naturais   Trabalho EtgfveCiêNcias Naturais   Trabalho Etgfve
CiêNcias Naturais Trabalho Etgfve
 
A Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas eras
A Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas erasA Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas eras
A Escala de Tempo Geológico e as Formas de Vida em algumas eras
 
CN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da Terra
CN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da TerraCN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da Terra
CN: Terra Em Transformação - Etapas Historia da Terra
 
História da Terra 2
História da Terra 2História da Terra 2
História da Terra 2
 
Tempo geológico e história da terra
Tempo geológico e história da terraTempo geológico e história da terra
Tempo geológico e história da terra
 
Era paleozóica cn
Era paleozóica cnEra paleozóica cn
Era paleozóica cn
 
Grandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terraGrandes etapas da história da terra
Grandes etapas da história da terra
 
00 HistóRia Da Terra
00   HistóRia Da Terra00   HistóRia Da Terra
00 HistóRia Da Terra
 
A Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana FinalA Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana Final
 
Acontecimentos biológicos e as eras geológicas
Acontecimentos biológicos e as eras geológicasAcontecimentos biológicos e as eras geológicas
Acontecimentos biológicos e as eras geológicas
 
grandes etapas da história da terra
grandes etapas da história da terragrandes etapas da história da terra
grandes etapas da história da terra
 

Mais de Sasuke Sakura

Estatística
Estatística Estatística
Estatística
Sasuke Sakura
 
Relatório de ciências
Relatório de ciências Relatório de ciências
Relatório de ciências
Sasuke Sakura
 
Facebook
Facebook Facebook
Facebook
Sasuke Sakura
 
Estrutura interna da Terra
Estrutura interna da TerraEstrutura interna da Terra
Estrutura interna da Terra
Sasuke Sakura
 
Estatística
Estatística Estatística
Estatística
Sasuke Sakura
 
Doping
Doping Doping
Doping
Sasuke Sakura
 
Cientista
CientistaCientista
Cientista
Sasuke Sakura
 
A vizinha
A vizinha A vizinha
A vizinha
Sasuke Sakura
 
A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)
Sasuke Sakura
 
A nossa estatística
A nossa estatística  A nossa estatística
A nossa estatística
Sasuke Sakura
 
A célula
A célula A célula
A célula
Sasuke Sakura
 
Um conflito inesperado
Um conflito inesperadoUm conflito inesperado
Um conflito inesperado
Sasuke Sakura
 
Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 

Mais de Sasuke Sakura (20)

Estatística
Estatística Estatística
Estatística
 
Relatório de ciências
Relatório de ciências Relatório de ciências
Relatório de ciências
 
Facebook
Facebook Facebook
Facebook
 
Estrutura interna da Terra
Estrutura interna da TerraEstrutura interna da Terra
Estrutura interna da Terra
 
Estatística
Estatística Estatística
Estatística
 
Doping
Doping Doping
Doping
 
Cientista
CientistaCientista
Cientista
 
A vizinha
A vizinha A vizinha
A vizinha
 
A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)
 
A nossa estatística
A nossa estatística  A nossa estatística
A nossa estatística
 
A célula
A célula A célula
A célula
 
Um conflito inesperado
Um conflito inesperadoUm conflito inesperado
Um conflito inesperado
 
Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)
 
Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)
 
Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)
 
Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)
 
Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)
 
Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
 
Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)
 

Último

Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 

Era Paleozóica

  • 1. Era Paleozóica Trabalho realizado por: Núria Fonseca nº12 , Sara Liberato nº16 e Pedro Tomé nº14 Ano letivo 2012/13 Escola padre José rota Alunos do 7º2 1
  • 2. Índice  Introdução (pág.3)  O Paleozóico (pág.4)  Os Períodos do Paleozóico cont. (pág.5)  Os Períodos do Paleozóico (pág.6)  Conclusão(pág.7)  Observações (pág.8)  Dicionário (pág.9)  Bibliografia (pág. 10) 2
  • 3. Introdução  3 Neste trabalho iremos falar sobre a Era Paleozóica e também dos seus diferentes climas, flora e fauna em cada período, para percebermos as transformações que nesta era se realizaram. Espero que gostem do trabalho 
  • 4. O Paleozóico  A Era Paleozóica é dividida em seis Períodos, do mais antigo para o mais recente: Câmbrico, Ordovícico, Silúrico, Devónico, Carbónico e Pérmico.  O início do Paleozóico (os primeiros 130 milhões de anos) foi caracterizado por grandes movimentos da crosta terrestre, com formação de inúmeras montanhas e geossinclinais em zonas da América do Norte, Europa e Ásia.  Houve também formação de grandes mares a sul das zonas emergentes, enquanto que grande parte da América do Norte estava coberta por um quente mar de coral. Foi também durante os primeiros tempos desta era que apareceram e se tornaram abundantes os invertebrados, sendo hoje dos fósseis que se encontram mais frequentemente (trilobites e outros artrópodes marinhos).  Iniciou-se há cerca de 542 M.a. O estabelecimento deste limite temporal deve-se ao aparecimento de organismos com estruturas duras, tais como as carapaças, os dentes, as escamas e os ossos, que facilitaram a fossilização. 4
  • 5. Períodos do Paleozóico cont.   Ordovícico – Houve grande diversidade de seres vivos, mas no final deste período, uma glaciação originou uma extinção em massa. Seres vivos com conchas, outros semelhantes a polvos e lulas passaram a ser os organismos mais comuns no Ordovícico. Também apareceram peixes idênticos a lampreias, os primeiros vertebrados e as plantas primitivas iniciaram a colonização dos ambientes terrestres.  5 Câmbrico – caracteriza –se pelo surgimento de animais com carapaça. Houve uma expansão de Vida nos mares, com abundantes seres invertebrados. Destaca-se pelo aparecimento das trilobites, dos corais e dos peixes mais primitivos e também apareceram os primeiros seres com concha e esqueleto externo neste período. Silúrico – A Vida retoma após a extinção em massa no final do Ordovícico. Os pântanos ficaram repletos pelas primeiras plantas terrestres, muito primitivas, e os insetos sem asas iniciam a colonização dos ambientes terrestres ou seja , nessa altura começou-se a formar a camada do ozono que protege os seres vivos contra os raios solares. Também surgem os cefalópodes e os recifes de coral.
  • 6. Períodos do Paleozóico   Carbónico – O clima torna-se quente e húmido, permitindo o crescimento de florestas. As plantas libertam grandes quantidades de oxigénio para a atmosfera. A partir dos anfíbios, evoluíram os primeiros repteis.  6 Devónico – Os peixes e os insetos tornam-se os seres mais abundantes. Um dos peixes , o Dipterus desenvolve pulmões rudimentares e inicia a colonização dos ambientes terrestres. Este peixe esteve na base da origem dos anfíbios. Supõe-se que o Dipterus teria sido capaz de se deslocar pequenas distâncias entre lagos e charcos de água pouco profundos. Foi o período onde começaram a aparecer os primeiros animais terrestres. Pérmico – No final deste Período, o clima torna-se quente e seco, o vulcanismo mais intenso e pensa-se quem um meteorito terá colidido com a terra. Ocorreu a maior extinção em massa de que há registo. Muitos grupos de organismos da Era Paleozóica extinguiram-se como, por exemplo, as trilobites. Houve uma grande diversificação dos repteis.
  • 7. Conclusão  7 Concluímos que o Paleozóico foi uma era, com muitas transformações, evoluções e mudanças. Existiram muitos seres vivos, mas no fim do Paleozóico houve a maior extinção em massa, conhecida, em que 95% dos seres vivos extinguiramse.
  • 8. Observações  8 Nós reparámos que alguns dos acontecimentos não se têm bem a certeza de quando aconteceram, como por exemplo, quando estávamos a pesquisar, reparámos que diziam que no Ordovícico apareceram as primeiras plantas, e noutro já dizia que foi no Silúrico.
  • 9. Dicionário  9 Geossinclinais - refere-se a uma grande bacia geológica alongada que recebe a sedimentação de milhares de metros de espessura provinda das áreas positivas laterais.