SlideShare uma empresa Scribd logo
 Hoje sabemos que todo ser vivo,
seja ele membro do reino Plantae,
Animallia, Protista, Fungi ou Monera
é composto por célula, alguns por
uma única, outros por várias, e que
muitas dessas células apresentam
diferenças com relação a outras, mas
desempenham basicamente o
mesmo papel: estruturar, realizar
atividade metabólica e transmitir
informações genéticas.
 Todas as reações metabólicas de
um organismo ocorrem em nível
celular.
 Em qualquer organismo, as
reações vitais sempre acontecem no
interior das células
 As células se originam
unicamente de células preexistentes.
 Não existe geração espontânea
de células. Por meio de processos de
divisão celular, as células-mães
produzem células-filhas, provocando
a reprodução e o crescimento dos
organismos.
 “As células provêm somente de
células preexistentes”: uma célula se
origina apenas da reprodução de
outras células, havendo assim, a
transmissão de material genético.
 As células são portadoras de
material genético.
 As células possuem DNA (ácido
desoxirribonucléico), por meio do
qual características específicas são
transmitidas da célula-mãe à célulafilha.
 Célula: A unidade fundamental
da vida
 Salvo raras exceções a célula
realiza um ciclo no qual se alternam
duas grandes
fases: intérfase e mitose.
A intérfase representa a fase de
atividade funcional da célula,
enquanto a mitose corresponde à
fase de multiplicação. Durante a
intérfase, em função de sua
estrutura, a célula é classificada em
eucariótica e procariótica.
 A célula é a unidade de
reprodução e transmissão das
características hereditárias.: todos
os caracteres genéticos são
transmitidos de uma célula para
outra no processo de reprodução.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Embriologia conceitos gerais (graduação)
Embriologia   conceitos gerais (graduação)Embriologia   conceitos gerais (graduação)
Embriologia conceitos gerais (graduação)
robertoaabfilho
 
Frente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivos
Frente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivosFrente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivos
Frente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivos
Colégio Batista de Mantena
 
Protoctistas- Reprodução
Protoctistas- ReproduçãoProtoctistas- Reprodução
Protoctistas- Reprodução
Andrea Barreto
 
MODULO 4.pdf
MODULO 4.pdfMODULO 4.pdf
MODULO 4.pdf
CristianaLealSabel
 
Ppt -diferenciacao_celular
Ppt  -diferenciacao_celularPpt  -diferenciacao_celular
Ppt -diferenciacao_celular
silvia_lfr
 
4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos
4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos
4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos
preuniversitarioitab
 
Níveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivosNíveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivos
Fatima Comiotto
 
Aula 2 - Organização dos seres vivos.pdf
Aula 2 - Organização dos seres vivos.pdfAula 2 - Organização dos seres vivos.pdf
Aula 2 - Organização dos seres vivos.pdf
CristianaLealSabel
 
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º anoNíveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Marcia Bantim
 
59212842 texto-fecundacao
59212842 texto-fecundacao59212842 texto-fecundacao
59212842 texto-fecundacao
Maria Jaqueline Mesquita
 
Aula 01 bio - enf 001nova
Aula 01   bio - enf 001novaAula 01   bio - enf 001nova
Aula 01 bio - enf 001nova
Jéssica Andrade
 
Biologia celular aula 1
Biologia celular aula 1Biologia celular aula 1
Biologia celular aula 1
Amilcar Sousa
 
7 ciclos de vida
7   ciclos de vida7   ciclos de vida
7 ciclos de vida
margaridabt
 
Organização celular
Organização celularOrganização celular
Organização celular
ajsmorais
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
Victor Hugo
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
Aline Silva
 
Diversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida SlideDiversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida Slide
Tânia Reis
 
Ciclos De Vida 3
Ciclos De Vida 3Ciclos De Vida 3
Ciclos De Vida 3
Cidalia Aguiar
 
Matriz de teste 11º - fevereiro
Matriz de teste   11º - fevereiroMatriz de teste   11º - fevereiro
Matriz de teste 11º - fevereiro
Hugo Martins
 

Mais procurados (19)

Embriologia conceitos gerais (graduação)
Embriologia   conceitos gerais (graduação)Embriologia   conceitos gerais (graduação)
Embriologia conceitos gerais (graduação)
 
Frente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivos
Frente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivosFrente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivos
Frente 1 modulo 1 organizacao dos seres vivos
 
Protoctistas- Reprodução
Protoctistas- ReproduçãoProtoctistas- Reprodução
Protoctistas- Reprodução
 
MODULO 4.pdf
MODULO 4.pdfMODULO 4.pdf
MODULO 4.pdf
 
Ppt -diferenciacao_celular
Ppt  -diferenciacao_celularPpt  -diferenciacao_celular
Ppt -diferenciacao_celular
 
4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos
4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos
4 ¬ aula - niveis de organiza+º+úo dos sers vivos
 
Níveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivosNíveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivos
 
Aula 2 - Organização dos seres vivos.pdf
Aula 2 - Organização dos seres vivos.pdfAula 2 - Organização dos seres vivos.pdf
Aula 2 - Organização dos seres vivos.pdf
 
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º anoNíveis de organização - 2014 - 1º ano
Níveis de organização - 2014 - 1º ano
 
59212842 texto-fecundacao
59212842 texto-fecundacao59212842 texto-fecundacao
59212842 texto-fecundacao
 
Aula 01 bio - enf 001nova
Aula 01   bio - enf 001novaAula 01   bio - enf 001nova
Aula 01 bio - enf 001nova
 
Biologia celular aula 1
Biologia celular aula 1Biologia celular aula 1
Biologia celular aula 1
 
7 ciclos de vida
7   ciclos de vida7   ciclos de vida
7 ciclos de vida
 
Organização celular
Organização celularOrganização celular
Organização celular
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
 
Diversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida SlideDiversidade E Unidade De Vida Slide
Diversidade E Unidade De Vida Slide
 
Ciclos De Vida 3
Ciclos De Vida 3Ciclos De Vida 3
Ciclos De Vida 3
 
Matriz de teste 11º - fevereiro
Matriz de teste   11º - fevereiroMatriz de teste   11º - fevereiro
Matriz de teste 11º - fevereiro
 

Destaque

Teorías del aprendizaje en EaD
Teorías del aprendizaje en EaDTeorías del aprendizaje en EaD
Teorías del aprendizaje en EaD
Gustavo Garcia Lutz
 
Corel Draw: Apresentação e Portifólio
Corel Draw: Apresentação e PortifólioCorel Draw: Apresentação e Portifólio
Corel Draw: Apresentação e Portifólio
crrrs
 
Servicios Fundacion Exportar
Servicios Fundacion ExportarServicios Fundacion Exportar
Servicios Fundacion Exportar
ESTUDIO CANUDAS
 
El Conflicto Arabe Israelí
El Conflicto Arabe IsraelíEl Conflicto Arabe Israelí
El Conflicto Arabe Israelí
ies thiar
 
ANTROPOLOGÍA CULTURAL
ANTROPOLOGÍA CULTURALANTROPOLOGÍA CULTURAL
ANTROPOLOGÍA CULTURAL
SYLVIA HERRERA DÍAZ
 
Romanizacion De Gallaecia (2)
Romanizacion De Gallaecia (2)Romanizacion De Gallaecia (2)
Romanizacion De Gallaecia (2)
mariaelendiaz
 
ZADCO Recognition Cert - Hamdi Ibrahim
ZADCO Recognition Cert - Hamdi IbrahimZADCO Recognition Cert - Hamdi Ibrahim
ZADCO Recognition Cert - Hamdi Ibrahim
Hamdi Ibrahim
 
Industrialização do brasil
Industrialização do brasilIndustrialização do brasil
Industrialização do brasil
Carlos Eduardo Colares Joseph
 
QMH Vascular Surgery Booklet
QMH Vascular Surgery BookletQMH Vascular Surgery Booklet
QMH Vascular Surgery Booklet
Alfred C C Wong
 
نمودار مشاركت مدني
نمودار مشاركت مدنينمودار مشاركت مدني
نمودار مشاركت مدني
amir mirbagheri
 
Justice - Comments On
Justice - Comments OnJustice - Comments On
Justice - Comments On
Glen L. Eaton
 
Proverbios Japoneses
Proverbios JaponesesProverbios Japoneses
Proverbios Japoneses
UCC
 

Destaque (20)

Teorías del aprendizaje en EaD
Teorías del aprendizaje en EaDTeorías del aprendizaje en EaD
Teorías del aprendizaje en EaD
 
Moh ervaring
Moh ervaringMoh ervaring
Moh ervaring
 
Corel Draw: Apresentação e Portifólio
Corel Draw: Apresentação e PortifólioCorel Draw: Apresentação e Portifólio
Corel Draw: Apresentação e Portifólio
 
Heap Client Profile
Heap Client ProfileHeap Client Profile
Heap Client Profile
 
MS Project
MS ProjectMS Project
MS Project
 
Servicios Fundacion Exportar
Servicios Fundacion ExportarServicios Fundacion Exportar
Servicios Fundacion Exportar
 
El Conflicto Arabe Israelí
El Conflicto Arabe IsraelíEl Conflicto Arabe Israelí
El Conflicto Arabe Israelí
 
2466_001
2466_0012466_001
2466_001
 
cv (1)
cv (1)cv (1)
cv (1)
 
ANTROPOLOGÍA CULTURAL
ANTROPOLOGÍA CULTURALANTROPOLOGÍA CULTURAL
ANTROPOLOGÍA CULTURAL
 
Susan Hall
Susan HallSusan Hall
Susan Hall
 
Romanizacion De Gallaecia (2)
Romanizacion De Gallaecia (2)Romanizacion De Gallaecia (2)
Romanizacion De Gallaecia (2)
 
Amadeus Certificate
Amadeus CertificateAmadeus Certificate
Amadeus Certificate
 
ZADCO Recognition Cert - Hamdi Ibrahim
ZADCO Recognition Cert - Hamdi IbrahimZADCO Recognition Cert - Hamdi Ibrahim
ZADCO Recognition Cert - Hamdi Ibrahim
 
Industrialização do brasil
Industrialização do brasilIndustrialização do brasil
Industrialização do brasil
 
QMH Vascular Surgery Booklet
QMH Vascular Surgery BookletQMH Vascular Surgery Booklet
QMH Vascular Surgery Booklet
 
نمودار مشاركت مدني
نمودار مشاركت مدنينمودار مشاركت مدني
نمودار مشاركت مدني
 
Justice - Comments On
Justice - Comments OnJustice - Comments On
Justice - Comments On
 
Proverbios Japoneses
Proverbios JaponesesProverbios Japoneses
Proverbios Japoneses
 
Plane captain.PDF
Plane captain.PDFPlane captain.PDF
Plane captain.PDF
 

Semelhante a A célula

1 características gerais dos seres vivos (1º ano)
1  características gerais dos seres vivos (1º ano)1  características gerais dos seres vivos (1º ano)
1 características gerais dos seres vivos (1º ano)
Claudia Butzke
 
Aula 1. 1 ano caracteristicas gerais dos seres vivos
Aula 1. 1 ano   caracteristicas gerais dos seres vivosAula 1. 1 ano   caracteristicas gerais dos seres vivos
Aula 1. 1 ano caracteristicas gerais dos seres vivos
Amanda Fernanda Nunes Ferreira
 
CARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.ppt
CARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.pptCARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.ppt
CARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.ppt
orlando dias da silva
 
CIENCIASNATURAISFABIANA02.ppt
CIENCIASNATURAISFABIANA02.pptCIENCIASNATURAISFABIANA02.ppt
CIENCIASNATURAISFABIANA02.ppt
NathalieSilvadeAlmei
 
Características gerais dos seres vicos 2
Características gerais dos seres vicos 2Características gerais dos seres vicos 2
Características gerais dos seres vicos 2
cleobio
 
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
agrapacanatejuga
 
Origem e organização do organismo 2 ano.pptx
Origem e organização do organismo 2 ano.pptxOrigem e organização do organismo 2 ano.pptx
Origem e organização do organismo 2 ano.pptx
JessicaStone37
 
Por que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 emPor que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 em
ANA LUCIA FARIAS
 
O que é a Biologia
O que é a BiologiaO que é a Biologia
O que é a Biologia
João Coloia
 
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
Maria Jaqueline Mesquita
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
margaridabt
 
8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivos8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivos
Sarah Lemes
 
Animal Reproducao
Animal ReproducaoAnimal Reproducao
Animal Reproducao
MariaJoão Agualuza
 
2ª aula - caracteristicas dos seres vivos
2ª aula - caracteristicas dos seres vivos2ª aula - caracteristicas dos seres vivos
2ª aula - caracteristicas dos seres vivos
preuniversitarioitab
 
Organização celular dos seres vivos9°.pptx
Organização celular  dos seres vivos9°.pptxOrganização celular  dos seres vivos9°.pptx
Organização celular dos seres vivos9°.pptx
profleticiasantosbio
 
Como Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 Bi
Como Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 BiComo Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 Bi
Como Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 Bi
guest1d4c6e
 
Trabalho Tircia
Trabalho  TirciaTrabalho  Tircia
Trabalho Tircia
cw22
 
características dos seres vivos
características dos seres vivoscaracterísticas dos seres vivos
características dos seres vivos
letyap
 
Características dos seres vivos
Características dos seres vivosCaracterísticas dos seres vivos
Características dos seres vivos
letyap
 
Biologia
BiologiaBiologia

Semelhante a A célula (20)

1 características gerais dos seres vivos (1º ano)
1  características gerais dos seres vivos (1º ano)1  características gerais dos seres vivos (1º ano)
1 características gerais dos seres vivos (1º ano)
 
Aula 1. 1 ano caracteristicas gerais dos seres vivos
Aula 1. 1 ano   caracteristicas gerais dos seres vivosAula 1. 1 ano   caracteristicas gerais dos seres vivos
Aula 1. 1 ano caracteristicas gerais dos seres vivos
 
CARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.ppt
CARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.pptCARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.ppt
CARACTERISTICAS SERES VIVOS, uma visão simplificada.ppt
 
CIENCIASNATURAISFABIANA02.ppt
CIENCIASNATURAISFABIANA02.pptCIENCIASNATURAISFABIANA02.ppt
CIENCIASNATURAISFABIANA02.ppt
 
Características gerais dos seres vicos 2
Características gerais dos seres vicos 2Características gerais dos seres vicos 2
Características gerais dos seres vicos 2
 
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
Aula 3- ZG.pptx55555555555555675&6&&&&'-
 
Origem e organização do organismo 2 ano.pptx
Origem e organização do organismo 2 ano.pptxOrigem e organização do organismo 2 ano.pptx
Origem e organização do organismo 2 ano.pptx
 
Por que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 emPor que estudar biologia 1 em
Por que estudar biologia 1 em
 
O que é a Biologia
O que é a BiologiaO que é a Biologia
O que é a Biologia
 
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
67347132 sesi-texto-sobre-reproducao
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
 
8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivos8 ano Níveis de organização dos seres vivos
8 ano Níveis de organização dos seres vivos
 
Animal Reproducao
Animal ReproducaoAnimal Reproducao
Animal Reproducao
 
2ª aula - caracteristicas dos seres vivos
2ª aula - caracteristicas dos seres vivos2ª aula - caracteristicas dos seres vivos
2ª aula - caracteristicas dos seres vivos
 
Organização celular dos seres vivos9°.pptx
Organização celular  dos seres vivos9°.pptxOrganização celular  dos seres vivos9°.pptx
Organização celular dos seres vivos9°.pptx
 
Como Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 Bi
Como Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 BiComo Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 Bi
Como Nosso Corpo Está Organizado 7ªSéRie 1 Bi
 
Trabalho Tircia
Trabalho  TirciaTrabalho  Tircia
Trabalho Tircia
 
características dos seres vivos
características dos seres vivoscaracterísticas dos seres vivos
características dos seres vivos
 
Características dos seres vivos
Características dos seres vivosCaracterísticas dos seres vivos
Características dos seres vivos
 
Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
 

Mais de Sasuke Sakura

Estatística
Estatística Estatística
Estatística
Sasuke Sakura
 
Era Paleozóica
Era PaleozóicaEra Paleozóica
Era Paleozóica
Sasuke Sakura
 
Relatório de ciências
Relatório de ciências Relatório de ciências
Relatório de ciências
Sasuke Sakura
 
Facebook
Facebook Facebook
Facebook
Sasuke Sakura
 
Estrutura interna da Terra
Estrutura interna da TerraEstrutura interna da Terra
Estrutura interna da Terra
Sasuke Sakura
 
Estatística
Estatística Estatística
Estatística
Sasuke Sakura
 
Doping
Doping Doping
Doping
Sasuke Sakura
 
Cientista
CientistaCientista
Cientista
Sasuke Sakura
 
A vizinha
A vizinha A vizinha
A vizinha
Sasuke Sakura
 
A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)
Sasuke Sakura
 
A nossa estatística
A nossa estatística  A nossa estatística
A nossa estatística
Sasuke Sakura
 
Um conflito inesperado
Um conflito inesperadoUm conflito inesperado
Um conflito inesperado
Sasuke Sakura
 
Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 

Mais de Sasuke Sakura (20)

Estatística
Estatística Estatística
Estatística
 
Era Paleozóica
Era PaleozóicaEra Paleozóica
Era Paleozóica
 
Relatório de ciências
Relatório de ciências Relatório de ciências
Relatório de ciências
 
Facebook
Facebook Facebook
Facebook
 
Estrutura interna da Terra
Estrutura interna da TerraEstrutura interna da Terra
Estrutura interna da Terra
 
Estatística
Estatística Estatística
Estatística
 
Doping
Doping Doping
Doping
 
Cientista
CientistaCientista
Cientista
 
A vizinha
A vizinha A vizinha
A vizinha
 
A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)A nossa estatística (2)
A nossa estatística (2)
 
A nossa estatística
A nossa estatística  A nossa estatística
A nossa estatística
 
Um conflito inesperado
Um conflito inesperadoUm conflito inesperado
Um conflito inesperado
 
Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)Resultados (Vulcanismo)
Resultados (Vulcanismo)
 
Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)Resultados 3 (Vulcanismo)
Resultados 3 (Vulcanismo)
 
Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)Resultados 2 (Vulcanismo)
Resultados 2 (Vulcanismo)
 
Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)Material (Vulcanismo)
Material (Vulcanismo)
 
Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)Material 3 (Vulcanismo)
Material 3 (Vulcanismo)
 
Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)Material 2 (Vulcanismo)
Material 2 (Vulcanismo)
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
 
Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)Conclusão (Vulcanismo)
Conclusão (Vulcanismo)
 

Último

Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 

Último (20)

Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 

A célula

  • 1.  Hoje sabemos que todo ser vivo, seja ele membro do reino Plantae, Animallia, Protista, Fungi ou Monera é composto por célula, alguns por uma única, outros por várias, e que muitas dessas células apresentam diferenças com relação a outras, mas desempenham basicamente o mesmo papel: estruturar, realizar atividade metabólica e transmitir informações genéticas.  Todas as reações metabólicas de um organismo ocorrem em nível celular.  Em qualquer organismo, as reações vitais sempre acontecem no interior das células
  • 2.  As células se originam unicamente de células preexistentes.  Não existe geração espontânea de células. Por meio de processos de divisão celular, as células-mães produzem células-filhas, provocando a reprodução e o crescimento dos organismos.  “As células provêm somente de células preexistentes”: uma célula se origina apenas da reprodução de outras células, havendo assim, a transmissão de material genético.  As células são portadoras de material genético.  As células possuem DNA (ácido desoxirribonucléico), por meio do qual características específicas são
  • 3. transmitidas da célula-mãe à célulafilha.  Célula: A unidade fundamental da vida  Salvo raras exceções a célula realiza um ciclo no qual se alternam duas grandes fases: intérfase e mitose. A intérfase representa a fase de atividade funcional da célula, enquanto a mitose corresponde à fase de multiplicação. Durante a intérfase, em função de sua estrutura, a célula é classificada em eucariótica e procariótica.  A célula é a unidade de reprodução e transmissão das características hereditárias.: todos
  • 4. os caracteres genéticos são transmitidos de uma célula para outra no processo de reprodução.