SlideShare uma empresa Scribd logo
A ELETRICIDADE E
SUAS APLICAÇÕES
Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
Departamento Regional de Roraima
Prof. “Alexandre Figueira Rodrigues”
A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas
Chamam-se Termoelétricas por que
são constituídas de 2 partes, uma
térmica onde se produz muito vapor a
altíssima pressão e outra elétrica onde
se produz a eletricidade.
É e uma instalação industrial usada
para geração de energia elétrica a partir
da energia liberada por qualquer produto
que possa gerar calor.
 A Caldeira é Aquecida com a queima de
óleo combustível
 O Vapor é produzido.
 A Turbina é movida por um Jato de
Vapor sob forte pressão. Depois do uso,
o vapor é jogado fora na atmosfera.
 O Gerador possui um eixo que é movido
por uma Turbina .
 A Energia Elétrica é produzida por um
Gerador.
A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas
VANTAGENS
 Essa energia é transportada por linhas de alta
tensão aos centros de consumo. Uma das
vantagens desse tipo de instalação é a
possibilidade de localização próxima aos centros
consumidores, diminuindo a extensão das linhas
de transmissão, minimizando as perdas de energia
que podem chegar até a 16%.
 O vapor é resfriado em um condensador, a partir de um
circuito de água de refrigeração, e não entra em
contato direto com o vapor que será convertido outra
vez em água, que volta aos tubos da caldeira, dando
início a um novo ciclo.
DESVANTAGENS
 Este tipo de energia, nada mais é, que uma locomotiva antiga,
movida a destruição das florestas.
 Esta foi uma das piores invenção e ao mesmo tempo genial
 Impactos Ambientais
Contribuem para o aquecimento global através do Efeito estufa
e da chuva ácida.
 A queima de gás natural lança na atmosfera grandes
quantidades de oxidantes e redutores, que se entrar em
contato com o ser humano, pode acarretar doenças como
diarreia; além de ser um combustível fóssil que não se
recupera.
 O Brasil lança por ano 4,5 milhões de toneladas de carbono na
atmosfera, com o incremento na construção de usinas
termelétricas esse indicador chegará a 16 milhões.
A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas
A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas
A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas

Usinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricasUsinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricas
brasilina
 
Usinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricasUsinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricas
brasilina
 
aula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptx
aula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptxaula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptx
aula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptx
LarisseAraujo3
 
Fontes renováveis
Fontes renováveisFontes renováveis
Fontes renováveis
Anacleto Damiani
 
Fontes renováveis
Fontes renováveisFontes renováveis
Fontes renováveis
Anacleto Damiani
 
Seminário fontes de energia
Seminário   fontes de energiaSeminário   fontes de energia
Seminário fontes de energia
LUIS ABREU
 
Eletrotécnica basica
Eletrotécnica basicaEletrotécnica basica
Eletrotécnica basica
andydurdem
 
Geradores 2
Geradores 2Geradores 2
Geradores 2
Luciano Costa
 
aula-7-química-do-meio-ambiente.pdf
aula-7-química-do-meio-ambiente.pdfaula-7-química-do-meio-ambiente.pdf
aula-7-química-do-meio-ambiente.pdf
AntonioMarcos839221
 
(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...
(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...
(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...
ssuser6ab917
 
Fontes renováveis e não-renováveis de energia.pdf
Fontes renováveis e não-renováveis de energia.pdfFontes renováveis e não-renováveis de energia.pdf
Fontes renováveis e não-renováveis de energia.pdf
MIgs30
 
Usina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel Gazelle
Usina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel GazelleUsina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel Gazelle
Usina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel Gazelle
allananicacio
 
Usina hidrelétrica
Usina hidrelétrica Usina hidrelétrica
Usina hidrelétrica
allananicacio
 
E alternativas
E alternativasE alternativas
E alternativas
Joana Florindo
 
Trabalho 2 (1).docxddd
Trabalho 2 (1).docxdddTrabalho 2 (1).docxddd
Trabalho 2 (1).docxddd
fernandavf
 
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia EletricaGeracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
thiago oda
 
Hidrelétricas
HidrelétricasHidrelétricas
Hidrelétricas
danielcpacheco2
 
Factores de produção julio melo
Factores de produção julio meloFactores de produção julio melo
Factores de produção julio melo
turma10ig
 
Fontes de energia completo - g4 certo
Fontes de energia   completo - g4 certoFontes de energia   completo - g4 certo
Fontes de energia completo - g4 certo
blog_setimaf
 
Energia renovável
Energia renovávelEnergia renovável
Energia renovável
Edwin Juan
 

Semelhante a A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas (20)

Usinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricasUsinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricas
 
Usinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricasUsinas termoeletrica e hidoreletricas
Usinas termoeletrica e hidoreletricas
 
aula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptx
aula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptxaula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptx
aula-7-química-do-meio-ambiente-aula.pptx
 
Fontes renováveis
Fontes renováveisFontes renováveis
Fontes renováveis
 
Fontes renováveis
Fontes renováveisFontes renováveis
Fontes renováveis
 
Seminário fontes de energia
Seminário   fontes de energiaSeminário   fontes de energia
Seminário fontes de energia
 
Eletrotécnica basica
Eletrotécnica basicaEletrotécnica basica
Eletrotécnica basica
 
Geradores 2
Geradores 2Geradores 2
Geradores 2
 
aula-7-química-do-meio-ambiente.pdf
aula-7-química-do-meio-ambiente.pdfaula-7-química-do-meio-ambiente.pdf
aula-7-química-do-meio-ambiente.pdf
 
(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...
(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...
(Microsoft PowerPoint - aula 7 - qu_355mica do meio ambiente [Modo de Compati...
 
Fontes renováveis e não-renováveis de energia.pdf
Fontes renováveis e não-renováveis de energia.pdfFontes renováveis e não-renováveis de energia.pdf
Fontes renováveis e não-renováveis de energia.pdf
 
Usina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel Gazelle
Usina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel GazelleUsina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel Gazelle
Usina hidrelétrica Allana Nicacio e Daniel Gazelle
 
Usina hidrelétrica
Usina hidrelétrica Usina hidrelétrica
Usina hidrelétrica
 
E alternativas
E alternativasE alternativas
E alternativas
 
Trabalho 2 (1).docxddd
Trabalho 2 (1).docxdddTrabalho 2 (1).docxddd
Trabalho 2 (1).docxddd
 
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia EletricaGeracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
Geracao, Transmissao e Distribuicao de Energia Eletrica
 
Hidrelétricas
HidrelétricasHidrelétricas
Hidrelétricas
 
Factores de produção julio melo
Factores de produção julio meloFactores de produção julio melo
Factores de produção julio melo
 
Fontes de energia completo - g4 certo
Fontes de energia   completo - g4 certoFontes de energia   completo - g4 certo
Fontes de energia completo - g4 certo
 
Energia renovável
Energia renovávelEnergia renovável
Energia renovável
 

Mais de Ezequias Guimaraes

VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...
VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...
VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...
Ezequias Guimaraes
 
MAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUS
MAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUSMAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUS
MAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUS
Ezequias Guimaraes
 
Geologia de Roraima
Geologia de RoraimaGeologia de Roraima
Geologia de Roraima
Ezequias Guimaraes
 
Geologia de Roraima - Bacia do Tacutu
Geologia de Roraima - Bacia do TacutuGeologia de Roraima - Bacia do Tacutu
Geologia de Roraima - Bacia do Tacutu
Ezequias Guimaraes
 
Interface homem-maquina
Interface  homem-maquinaInterface  homem-maquina
Interface homem-maquina
Ezequias Guimaraes
 
TV Series to improve your English
TV Series to improve your EnglishTV Series to improve your English
TV Series to improve your English
Ezequias Guimaraes
 
Movie and Book - The Color Purple
Movie and Book - The Color PurpleMovie and Book - The Color Purple
Movie and Book - The Color Purple
Ezequias Guimaraes
 
Political system of the USA
Political system of the USAPolitical system of the USA
Political system of the USA
Ezequias Guimaraes
 
TV Series Outlander
TV Series OutlanderTV Series Outlander
TV Series Outlander
Ezequias Guimaraes
 
Proyecto para extracción de crudo
Proyecto para extracción de crudoProyecto para extracción de crudo
Proyecto para extracción de crudo
Ezequias Guimaraes
 
BOOK - THE FOUR AGREEMENTS
BOOK - THE FOUR AGREEMENTS BOOK - THE FOUR AGREEMENTS
BOOK - THE FOUR AGREEMENTS
Ezequias Guimaraes
 
PLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERA
PLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERAPLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERA
PLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERA
Ezequias Guimaraes
 
PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA
PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA
PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA
Ezequias Guimaraes
 
PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037
PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037
PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037
Ezequias Guimaraes
 
METODO DE REDES - IMPACTO FINAL
METODO DE REDES - IMPACTO FINALMETODO DE REDES - IMPACTO FINAL
METODO DE REDES - IMPACTO FINAL
Ezequias Guimaraes
 
CONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOS
CONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOSCONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOS
CONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOS
Ezequias Guimaraes
 
LICENCIA DE FUNCIONAMIENTO
LICENCIA DE FUNCIONAMIENTOLICENCIA DE FUNCIONAMIENTO
LICENCIA DE FUNCIONAMIENTO
Ezequias Guimaraes
 
Vertederos Trapezoidales
Vertederos TrapezoidalesVertederos Trapezoidales
Vertederos Trapezoidales
Ezequias Guimaraes
 
Fundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓN
Fundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓNFundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓN
Fundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓN
Ezequias Guimaraes
 
Fundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓN
Fundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓNFundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓN
Fundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓN
Ezequias Guimaraes
 

Mais de Ezequias Guimaraes (20)

VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...
VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...
VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DOS AQUÍFEROS DA SUB-BACIA DO RIO SIRI...
 
MAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUS
MAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUSMAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUS
MAPEAMENTO DE AQUÍFEROS NA CIDADE DE MANAUS
 
Geologia de Roraima
Geologia de RoraimaGeologia de Roraima
Geologia de Roraima
 
Geologia de Roraima - Bacia do Tacutu
Geologia de Roraima - Bacia do TacutuGeologia de Roraima - Bacia do Tacutu
Geologia de Roraima - Bacia do Tacutu
 
Interface homem-maquina
Interface  homem-maquinaInterface  homem-maquina
Interface homem-maquina
 
TV Series to improve your English
TV Series to improve your EnglishTV Series to improve your English
TV Series to improve your English
 
Movie and Book - The Color Purple
Movie and Book - The Color PurpleMovie and Book - The Color Purple
Movie and Book - The Color Purple
 
Political system of the USA
Political system of the USAPolitical system of the USA
Political system of the USA
 
TV Series Outlander
TV Series OutlanderTV Series Outlander
TV Series Outlander
 
Proyecto para extracción de crudo
Proyecto para extracción de crudoProyecto para extracción de crudo
Proyecto para extracción de crudo
 
BOOK - THE FOUR AGREEMENTS
BOOK - THE FOUR AGREEMENTS BOOK - THE FOUR AGREEMENTS
BOOK - THE FOUR AGREEMENTS
 
PLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERA
PLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERAPLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERA
PLAN DE NEGOCIO - PLATAFORMA PETROLERA
 
PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA
PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA
PROYECTO DE UNA PLATAFORMA PETROLERA
 
PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037
PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037
PLAN MUNICIPAL DE DESARROLLO CELAYA 2012-2037
 
METODO DE REDES - IMPACTO FINAL
METODO DE REDES - IMPACTO FINALMETODO DE REDES - IMPACTO FINAL
METODO DE REDES - IMPACTO FINAL
 
CONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOS
CONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOSCONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOS
CONTAMINANTES DEL SUELO - METALES PESADOS
 
LICENCIA DE FUNCIONAMIENTO
LICENCIA DE FUNCIONAMIENTOLICENCIA DE FUNCIONAMIENTO
LICENCIA DE FUNCIONAMIENTO
 
Vertederos Trapezoidales
Vertederos TrapezoidalesVertederos Trapezoidales
Vertederos Trapezoidales
 
Fundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓN
Fundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓNFundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓN
Fundamentos de aguas residuales - ABSORCIÓN
 
Fundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓN
Fundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓNFundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓN
Fundamentos de aguas residuales - FILTRACIÓN
 

A Eletricidade e suas Aplicações - Termoelétricas

  • 1. A ELETRICIDADE E SUAS APLICAÇÕES Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de Roraima Prof. “Alexandre Figueira Rodrigues”
  • 3. Chamam-se Termoelétricas por que são constituídas de 2 partes, uma térmica onde se produz muito vapor a altíssima pressão e outra elétrica onde se produz a eletricidade. É e uma instalação industrial usada para geração de energia elétrica a partir da energia liberada por qualquer produto que possa gerar calor.
  • 4.  A Caldeira é Aquecida com a queima de óleo combustível  O Vapor é produzido.  A Turbina é movida por um Jato de Vapor sob forte pressão. Depois do uso, o vapor é jogado fora na atmosfera.  O Gerador possui um eixo que é movido por uma Turbina .  A Energia Elétrica é produzida por um Gerador.
  • 6. VANTAGENS  Essa energia é transportada por linhas de alta tensão aos centros de consumo. Uma das vantagens desse tipo de instalação é a possibilidade de localização próxima aos centros consumidores, diminuindo a extensão das linhas de transmissão, minimizando as perdas de energia que podem chegar até a 16%.  O vapor é resfriado em um condensador, a partir de um circuito de água de refrigeração, e não entra em contato direto com o vapor que será convertido outra vez em água, que volta aos tubos da caldeira, dando início a um novo ciclo.
  • 7. DESVANTAGENS  Este tipo de energia, nada mais é, que uma locomotiva antiga, movida a destruição das florestas.  Esta foi uma das piores invenção e ao mesmo tempo genial  Impactos Ambientais Contribuem para o aquecimento global através do Efeito estufa e da chuva ácida.  A queima de gás natural lança na atmosfera grandes quantidades de oxidantes e redutores, que se entrar em contato com o ser humano, pode acarretar doenças como diarreia; além de ser um combustível fóssil que não se recupera.  O Brasil lança por ano 4,5 milhões de toneladas de carbono na atmosfera, com o incremento na construção de usinas termelétricas esse indicador chegará a 16 milhões.