SlideShare uma empresa Scribd logo
SALA DE ESTUDOS
     EVANGELHO
SEGUNDO O ESPIRITISMO
                       1
A BÍBLIA




           2
3 VISÕES DIFERENTES DA BÍBLIA




- judeus e cristãos- palavra de
Deus, ditada ou inspirada por Ele.
- crítica histórica - é obra humana.
-Espiritismo - Revelações
Mediúnicas( narrativas,
interpretações e inferências
humanas).
                                         3
Bíblia – não é um único livro, mas o conjunto dos
 vários escritos do Antigo e do Novo Testamento.
 - história do povo hebreu, povo asiático que se
 instalou na Palestina.




VELHO TESTAMENTO                  NOVO TESTAMENTO    4
VELHO TESTAMENTO               NOVO TESTAMENTO




MOISÉS                       JESUS              ESPIRITISMO
                                                           2.013



 + - 1.300 A.C                                   18.04.1857- L.E.



                    16 SÉCULOS
                 PARA SER ESCRITA
      36 AUTORES, ÉPOCAS DIVERSAS
                                                                5
TESTAMENTO


 – termo hebraico – “ ajuste contratual
entre pessoas” ou “tratado político entre
tribos”.
-Traduzido para o grego - pacto, aliança
ou testamento.
-Traduzido do latim para o português-
testamento.
.                                          6
VELHO
  (ANTIGO)
TESTAMENTO


             7
Antigo Testamento
    -Conjunto dos livros relativos a história dos
        judeus (israelitas) até Jesus Cristo.
                  -Livros abrangem
      história, religião, instituição, costumes
                        hebreus.
       -Narra o pacto entre Jeová(Deus) e os
                       israelitas.
     “deveriam    ter Jeová como verdadeiro Deus”,
              ( adoravam muitos deuses).
        Jeová os escolhera- era o povo eleito.
  Em troca, Jeová os protegeria sempre e lhes daria
uma terra fértil para habitarem, porque eram nômades.
  Eles queriam respeitar o pacto para obter a terra
                        prometida.
                                                    8
Os livros do Antigo
Testamento foram
escritos em longos
pergaminhos
confeccionados em
pele de cabra e
copiados
cuidadosamente
pelos escribas.
                      9
HEBREUS- ISRAELITAS.
 HEBREUS passaram a ser
chamados ISRAELITAS, por
   causa de um dos seus
 patriarcas , o Jacó, que foi
 chamado ISRAEL, por um
anjo , todos os demais eram
descendentes desse Israel.
                            10
os cânticos -livros poéticos- erótico,
obra prima.
Salmos - poemas cantados nos
cultos;
Sapienciais –
Provérbios;Eclesiastes; Jó - livro
escrito para fazer debates em torno da
morte, o porque da vida, do sofrimento.
Jó não é uma pessoa.

                                     11
PENTATEUCO – 5 PRIMEIROS LIVROS DA BÍBLIA:
GÊNESIS- ORIGEM DO MUNDO (ADÃO E EVA, CAIM E ABEL, NÓE, DILÚVIO, A TORRE DE
BABEL) E A HISTÓRIA DA HUMANIDADE (POVO HEBREU- PATRIARCAS: ABRAÃO, ISAC E JACO
ENTRADA NO EGITO BUSCANDO TERRAS FÉRTEIS, JACOB CHAMADO DE ISRAEL E TINHA 12 FILHOS -
JOSÉ VENDIDO AO EGITO, QUE DIANTE DAS GRAÇAS DO FARAÓ PERMITIU O POVO HEBREU MORAR
NO EGITO. DEU ORIGEM AS 12 TRIBOS.

ÊXODO- SAÍDA DA ESCRAVIDÃO DO EGITO, PEREGRINARAM PELO DESERTO E MOISÉS ERA O
GRANDE LÍDER E CONDUTOR DOS HEBREUS. MONTE SINAI. JAVÉ FEZ UMA ALIANÇA COM O POVO
HEBREU ATRAVÉS DA MEDIUIDADE DE MOISÉS E ESTABELECEU NORMAS DE CONDUTAS PARA SER
O POVO ELEITO – 10 MANDAMENTOS

LEVÍTICO- REFERENTE AOS LEVITAS, DESCENDENTES DA TRIBO DE LEVI. TINHAM O DEVER
DE CUIDAR DO CULTO RELIGIOSO, CONFORME DETERMINAÇÃO DADA POR MOISÉS; só OS MEMBROS
DA FAMÍLIA DE ARÃO PODERIAM FAZER PARTE DA CASTA SACERDOTAL. E OS HOMENS FAZEM
SERVIÇO NO TEMPLO( CONTABILIDADE, MUSICA). ESTÁ NESSE LIVRO A LEGISLAÇÃO MOSAICA –
LEIS CIVIS E RELIGIOSAS.

NÚMEROS- REGISTRO DOS NOMES DAS FAMÍLIAS DO POVO ISRAELITA
DEUTERONÔMIO-                 SEGUNDA LEI – REPETE E COMPLEMENTA TUDO O QUE JÁ ESTAVA
RELATADO NOS LIVROS ANTERIORES. MOISÉS PROIBE INTERROGAR OS MORTOS E RELATA OS
ÚLTIMOS DIAS DA VIDA DE MOISÉS. SE ALI CONSTA A MORTE DE MOISÉS , É CLARO QUE NÃO FOI
MOISÉS QUE ESCREVEU O PENTATEUCO.

                                                                               12
LIVROS HISTÓRICOS
                                              12 LIVROS CANÔNICOS
                                              4 DEUTEROCANÔNICOS
                                INSTALAÇÃO DO REINO DE ISRAEL ATÉ SUA DIVISÃO E DECADÊNCIA
                                           DEPORTAÇÃO DO POVO PARA A BABILÔNIA
                                        VOLTA DO POVO COM A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL
                                       LIBERTAÇÃO DA BABILONIA PELO IMPERADOR CIRO
                                                VOLTARAM PARA A TERRA DELES
                                                FORAM SUBJUGADOS PELA SÍRIA
                                          LIBERTAÇÃO DE ISRAEL POR JUDAS MACABEU
                                             PERÍODO DE 800 ANOS- SÉC 13 AO 5 A.C.
                     JOSUÉ- CONQUISTA CANAÃ, MAS NÃO TEVE PERMISSÃO ESPIRITUAL DE ENTRAR, MAS SEU
                     MINISTRO MILITAR ENTROU E CONQUISTOU CANAÃ. AFIRMARAM QUE DEUS DEU A TERRA
                     PARA ELES E FALAM ISSO ATÉ HOJE. A TERRA NÃO FOI DADA, BRIGARAM PARA CONSEGUIR.
                                                  E ESTÃO BRIGANDO ATÉ HOJE.
                                            FEITOS DOS JUIZES – CHEFES PARA JULGAR
                                    RUTE- MOABITA CASADA COM ISRAELITA- DEVOTAMENTO
SAMUEL I E II- ÚLTIMO DOS JUÍZES E A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA- SAUL COMO REI, SAUL MORE, ASSUME O REI DAVI. SAUL
         CONSULTA UMA PITONISA (QUE ELE MESMO DISSE QUE ESTAVA PROIBIDO) POR ELE TER MEDO DE MORRER
    REIS I E II -. – 400 ANOS- DA MORTE DO REI DAVI ATÉ SALOMÃO. OCORRE A CISÃO DE ISRAEL, AS 10 TRIBOS DO NORTE
FORMAM UM REINO E AS 2 DO SUL (JUDÁ E BENJAMIM) OUTRO REINO.AS 12 TRIBOS DE ISRAEL NÃO ESTAVAM CONCORDES . E
O REINO DE ISRAEL VAI SE EXTINGUINDO E TERMINA EM 587 A.C., QUANDO OS EXERCITOS DA BABILÔNIA DOMINARAM E ELES
                                                      SE TORNAM ESCRAVOS
                                   CRONICAS I E II- REPETIÇÃO DOS LIVROS DE SALOMÃO E REIS
    ESDRA – CONTINUAÇÃO DO LIVRO DE CRÔNICAS, COMO É QUE OS JUDEUS QUE ESTAVAM EXILADOS LÁ DA BABILONIA
   CONSEGUIRAM VOLTAR PARA SUA TERRA E COMO RESTAURARAM O CULTO EM JERUSALÉM. É A HISTÓRIA DO TEMPLO.
     NEMIAS- ERA UM EXILADO LÁ DA BABILONIA E TEVE PERMISSÃO DO REI DOS PERSAS PARA VOLTAR A JERUSALÉM.
                                                                                                            13
LIVRO DEUTEROCANONICOS
  TOBIAS- - ROMANCE – UM ANJO DO SENHOR APARECE COMO SE FOSSE UMA PESSOA E O
         ACOMPANHA ATE ELE ENCONTRAR A MULHER DENTRO DO POVO ISRAELITA
                JUDITE – CATOLICA – MATOU UM GENERAL INIMIGO ROKFELER
    ESTER- ÉPOCA DE EDRAS- PERÍODO PERSA- RAINHA PERSA E PROTEGER SEU POVO DA
                                        DESTRUIÇÃO
 MACABEUS I E II – REVOLUÇÃO NACIONALISTA JUDAIÇA DOS IRMÃOS MACABEUS EM 167
                              A.C., TENTATIVA DE LIBERTAREM
                                     O POVO ISRAELITA.
          SAPIENCIAIS DE SABEDORIA – 5 CANÔNICOS E 2 DEUTEROCANONICOS-
JÓ – ERA FELIZ E PERDEU TUDO – É UM ESTUDO SOBRE O SOFRIMENTO HUMANO E A REAÇÃO
          DA CRIATURA, COM AMIGOS DANDO CONSELHOS (ENSAIO FILOSÓFICO)
                                          SAULO –
                                        PROVÉRBIOS
                               ECLESIASTICOS - FISOLÓFICO –
         CANTICO DOS CANTICOS –AMOR DA ALMA COM DEUS – ERÓTICO – AMOR
                                 DO HOMEM E DA MULHER.
                            SABEDORIA - TRATADO TEOLOGICO
    PROFÉTICOS – PROFETAS MAIORES E MENORES - VOLUME DE PRODUÇÃO DE ESCRITA-
   ABRAGE O PERÍODO QUE VAI DESDE OS AUREOS DE ISRAEL ATÉ O EXILIO E O RETORNO A
                                           PATRIA.
                                 ISAIAS – FALA DO MESSIAS
                                                                          14
**** A LEI ****
AS REGRAS de PROCEDIMENTO DOS SERES HUMANOS
   QUE OS JUDEUS OBEDECIAM COM FIDELIDADE
                  -É A TORÁ.
(NOME HEBRAICO- ENSINAMENTO POR EXCELÊNCIA)

       JESUS- “ A LEI E OS PROFETAS”          15
séculos IV e III a.C –
                   os profetas
                   (Elias, Amós, Oséias, Isaías, etc.)
                   trazem aos judeus a idéia do
                   Messias Salvador , com a missão
                   de instaurar o reino de Deus no
                   mundo.
 MOISÉS            JESUS              ESPIRITISMO



   + - 1.300 A.C                       18.04.1857- L.E.

 DECÁLOGO- MONTE SINAI :
"BASE DE TODO DIREITO NO
MUNDO, SUSTENTÁCULO DE TODOS OS CÓDIGOS
DA JUSTIÇA TERRESTRE"                                 16
MONOTEÍSMO
             17
PORQUE OS ISRAELITAS SÓ
    ACEITAM A BÍBLIA COMO
       SENDO O VELHO
        TESTAMENTO?


Porque não reconheceram Jesus
   como Messias, que eles tanto
esperavam. Aceitam Jesus como
              um profeta.
     Aceitam apenas os 39 livros do
V.T.(escritos em hebraico ou aramaico)
          falado pelos hebreus.
                                         18
A BÍBLIA FOI ESCRITA EM HEBRAICO.
O HEBRAICO FICOU RESERVADO AO CULTO
RELIGIOSO DEPOIS DO CATIVEIRO NA
BABILÔNIA, NÃO ERA MAIS FALADO, NÃO ERA MAIS
UM IDIOMA POPULAR.


PASSARAM A USAR O ARAMAICO.
IDIOMA POPULAR, INCLUSIVE DA REGIÃO ONDE JESUS VIVEU.
JESUS FALAVA O ARAMAICO.



APENAS ALGUMAS PASSAGENS DO VELHO
TESTAMENTO FORAM ESCRITAS EM ARAMAICO.

                                                    19
VELHO TESTAMENTO      NOVO TESTAMENTO
CATÓLICOS                       7           27
                    39                                73 LIVROS
VERSÃO DOS
70
                    39           7                    46 LIVROS
PROTESTANTES
                    39
EVANGÉLICOS
                    39                     27         66 LIVROS
ISRAELITAS
                    39           7                  NÃO ACEITAM JESUS
  TORÁ

JUDEUS DE
JERUSALÉM
                    39

 JUDITE, TOBIAS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO, BARUK, DOIS LIVROS DOS
MACABEUS, FRAGMENTOS NOS LIVROS DE DANIEL E ESTER, UMA CARTA DO
                  PROFETA JEREMIAS(LAMENTAÇÕES)
VERSÃO DOS 70
            JESUS NÃO ESTAVA EM CENA.
     OS SÁBIOS JUDEUS QUE VIVIAM NA
  ALEXANDRIA, NO EGITO ,TRADUZIRAM OS
   LIVROS DO V.T. PARA O GREGO (IDIOMA
CULTURAL) E ACRESCENTARAM 7 LIVROS, QUE
      OS JUDEUS DE JERUSALÉM NÃO
             CONCORDARAM
  JUDITE, TOBIAS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO, BARUK, DOIS LIVROS DOS MACABEUS,
  FRAGMENTOS NOS LIVROS DE DANIEL E ESTER, UMA CARTA DO PROFETA JEREMIAS
                  (LAMENTAÇÕES) 39 + 7 = 46 LIVROS NO TOTAL




                                                                              21
HÁ 2 PARTES NO V.T.


  -NÃO É A PALAVRA DE DEUS,
- É A HISTÓRIA DO POVO HEBREU


      PARTE HUMANA
     PERDEU SEU SIGNIFICADO COM O TEMPO




     PARTE DIVINA
         INSPIRAÇÃO SUPERIOR




                                          22
PARTE HUMANA
   -IDÉIA QUE OS HOMENS FAZIAM SOBRE A ORIGEM DO UNIVERSO
                               -(MUNDO FEITO EM 6 DIAS)

                         LEGISLAÇÃO CIVIL – MOISÉS
                     MUDANÇA DOS COSTUMES SOCIAIS

(VIUVA PODIA CASAR COM O IRMÃO DO MARIDO). O CUNHADO PODIA REJEITAR A VIUVA, CERIMÔNIA
                – TIRAR O CALÇADO – VERGONHA – CASA DO DESCALÇADO).

                       FILHO REBELDE –APEDREJADO
                       OBEDECER A DEUS PELA IMPOSIÇÃO E MEDO

                                   ESCRAVIDÃO
                               VENDA DE FILHOS
                        MATEUS, CAP. 18 V. 30 – DÍVIDA DA FAMÍLIA

                                FILHO BASTARDO
        NASCIDO FORA DO CASAMENTO- NÃO FAZIA PARTE DO POVO ATÉ 10ª GERAÇÃO

                                                                                23
PARTE DIVINA

     REVELAÇÕES FEITAS PELOS BONS
      ESPÍRITOS, ATRAVÉS DE MOISÉS,
                  ENSINAMENTOS SUBLIMES
                    EX- 10 MANDAMENTOS
         HOSPITALIDADE PARA COM OS VIAJORES
NÃO OPRIMIR A VIÚVA, O ÓRFÃO , O ESTRANGEIRO, O POBRE-
  CARIDADE E FRATERNIDADE, COLHER OS GRÃOS QUE CAEM NO CHÃO PARA A
                            SOBREVIVÊNCIA

     DEUS PREFERE A MISERICORDIA QUE SACRIFÍCIO
       O JUSTO NÃO PAGA PELO PECADOR (EZEQUIEL)
    RECUPERAÇÃO DO PECADOR QUE SE ARREPENDE

                                                                     24
NOVO
TESTAMENTO




             25
Novo Testamento - novo pacto, uma nova aliança , que
não é firmado só com o povo hebreu, mas é extensiva a
                  toda a humanidade.




 MOISÉS                JESUS           ESPIRITISMO



  + - 1.300 A.C                         18.04.1857- L.E.




                                                       26
-ÉPOCA, POVO E LUGARES,
- CIRCUNSTÂNCIAS EM QUE JESUS VIVEU




           -SEUS ATOS,
         -SUA MENSAGEM
      E ENTRELAÇAMENTOS
   COM OUTROS COMPANHEIROS      27
4 Evangelhos,
                os Atos dos Apóstolos,
                as Epístolas e o Apocalipse de João.
                                                            EMMANUEL- PAULO E ESTEVÃO- DÁ DATAS
                                                            DIFERENTES DO SURGIMENTO DOS EVANGELHOS




                                                   SIMBÓLICO
                                   (PAULO E ESTEVÃO)



cartas




   Revelação – mediunico – relatada por João- simbólico, difícil de decifrar.
                                                                                             28
   BESTA DO APOCALIPSE- IGREJA ROMANA
EVANGELHO


 GREGO – “boa nova”



                  29
QUAL ERA A BOA NOVA?




A VINDA DO MESSIAS TÃO ESPERADO
                                  30
O Evangelho DE JESUS
       – O QUE JESUS ENSINOU,
     A DOUTRINA QUE ELE TROUXE




     OS EVANGELHOS




4 PESSOAS QUE ESCREVERAM
       SOBRE JESUS
                                 31
Os Quatro Evangelhos

                                        Evangelhos
O Evangelho Segundo Mateus              Sinóticos,
O Evangelho Segundo Marcos e             pois há muita
                                        concordância em seus
O Evangelho Segundo Lucas               escritos(50 a 70 D)



                                        EVANGELHO
                                        SIMBÓLICO,difere
                                        dos três anteriores
O Evangelho Segundo João                pelo seu estilo, sua
                                        estrutura e seus
                                        objetivos. É mais uma
                                        interpretação
                                        teológica da vida e
                                        obra de Cristo do que
                                        uma biografia.
                                                         32
Cobrador de impostos     LEVI- MATEUS           MOSTRA JESUS COMO
Mateus   dos romanos –mau         Escreveu em aramaico   UM REI
         visto

       Baseou-se nas              Escreveu em grego      UM HOMEM DE AÇÃO,
Marcos pregações de SIMÃO                                INCANSÁVEL
       PEDRO


         Escreveu atos dos        Não conheceu Jesus;    HOMEM
         apóstolos                Fez pesquisas e
Lucas                             coletou informações
                                  (grego)

         Irmão de Tiago , filho   Exilado na Asia Menor ENTIDADE CELESTIAL
         de Zebedeu, amigo de     (Ilha de Patnos) 90 a
João     Pedro, André,            100d.C.,
         último a escrever        espiritualizado
         (grego)

                                                                      33
Evangelhos Apócrifos

                   não estão na Bíblia
                    Não são aceitos

                  ex: cão morto – ferido
             “que belos dentes tem esse cão”

                ex: 2 espigas eretas- vazias
                 Envergadas - carregadas


15/12/2010                                     34
MOISÉS   JESUS                   ESPIRITISMO



                50 a 100 D.C       18.04.1857- L.E.




         OS EVANGELHOS FORAM
         ESCRITOS ENTRE 50 A 100 D.C.
                                                  35
O Quinto Evangelho



Os Atos dos Apóstolos e as Cartas Apostólicas
– em ordem cronológica.
O Nascimento de Jesus: em Gl 4,4; Rm 1,4; At
3, 18-24; At 1,14.
Sua atividade missionária: em At 10,36; At
2,22; At 1,13; At 1, 21-22; 2 Pd 1, 16-18; 1 Jo 1,
1-3.
Idem: condições de sua vida, o início da vida
pública, a última ceia, a traição de Judas etc.

                                                     36
MOISÉS                  JESUS               ESPIRITISMO



                                SÉC. 4
            VULGATA EM LATIM- IMPOSTO PELOS ROMANO

O PAPA DAMAZUS (366 A 384 D.C.) ORDENOU A REVISÃO E TRADUÇÃO
           DAS VERSÕES POPULARES PARA O LATIM.
         SÃO JERÔNIMO TRADUZIU O V.T. PARA O LATIM
                        UNIÃO AO N.T.
                                                         37
A VULGATA
É A ÚNICA TRADUÇÃO QUE A IGREJA
        CATÓLICA ADOTA.




                                  38
LUTEMBERG
 APERFEIÇOOU A IMPRENSA.             10 .11. 1483
                                     18 .02. 1546
         LUTERO
                                   MARTINHO LUTERO
IMPRIMIU A BÍBLIA EM ALEMÃO




 MOISÉS                       JESUS                  ESPIRITISMO



                  PAI DA REFORMA PROTESTANTE
          QUERIA COLOCAR A BÍBLIA NA MÃO DAS PESSOAS.
                TRADUZIU A BÍBLIA PARA O ALEMÃO.
                        FOI A 1ª TRADUÇÃO.
                               (39 livros)                     39
EURÍPEDES BARSANULFO
                                  (1880 – 1918)
                                ERA CATÓLICO.
                          O SACERDOTE LHE CONCEDEU O
                             DIREITO DE LER A BÍBLIA.


                                       18.04.1857
MOISÉS            JESUS               ESPIRITISMO



                                    SÉC. 16

         A BÍBLIA NÃO ERA ACESSÍVEL
 ( SÓ CLERO CATÓLICO E PESSOAS AUTORIZADAS).
               O POVO NÃO LIA.
                                                    40
POR QUE ESTUDAR A BÍBLIA?


            PORQUE INTERESSA A
             TODOS OS CRITÃOS.


               INCLUSIVE NÓS
            ESPÍRITAS QUE SOMOS
            CRISTÃOS, SEGUIMOS
            OS ENSINAMENTOS DO
                   CRISTO.

                            41
A CULTURA DO POVO BRASILEIRO


           JUDAICO CRISTÃ


-BASEADOS NA BÍBLIA
(NO CAMPO RELIGIOSO)
HISTORIA DOS JUDEUS
                  HISTÓRIA DE JESUS
EVANGELHO
             SEGUNDO O
             ESPIRITISMO

15/12/2010                 43
ALLAN KARDEC- 1804-1869
                          44
18/04/1857 O Livro dos Espíritos


1861 - O Livro dos Médiuns


1864 - O Evangelho Segundo o
Espiritismo.

                                   45
Os atos comuns da vida de Cristo.
Os milagres.
As profecias.
As palavras que serviram para o
estabelecimento dos dogmas da Igreja.
O ensinamento moral.




Kardec ateve-se exclusivamente ao ensinamento
moral  não é motivo de disputas entre as
crenças.
                                                46
15/12/2010   47
ATÉ O PRÓXIMO ENCONTRO!
                      48
Nas citações, conservou tudo o que era
útil ao desenvolvimento do pensamento.


Como complemento de cada preceito,
ajuntou algumas instruções ditadas
pelos Espíritos em diversos países, e por
intermédio de diferentes médiuns.


O Espiritismo não tem nacionalidade,
está fora de todos os cultos particulares
e não foi imposto por nenhuma classe
social.
                                            49
DE CRISTO À KARDEC




Desfiguração do Cristianismo do Cristo para
aceitarmos o Cristianismo dos vigários. (Padre
Alta)
A fé torna-se dogmática nas mãos de políticos e
religiosos inescrupulosos.
Confessar as culpas, pagar as indulgências e
obedecer aos inúmeros dogmas.
Espiritismo surge para dar à fé uma direção
racional  iluminar a vida espiritual das pessoas.

                   Evangelho e Espiritismo        50
Evangelho e Espiritismo
               Instrumento de Aperfeiçoamento



O Evangelho deixou de ser apenas a fonte de
meditação e oração  ligação com um Deus
antropomórfico.
É Instrumento de renovação íntima constante e
continuada.
É Adequação e adaptação à vida, nas diversas
manifestações.
O Espiritismo transformou o Evangelho de
crença em conhecimento - conhecimento das
leis que governam o Espírito.

                   Evangelho e Espiritismo      51
INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA




ESPIRITISMO- ESTUDA O V.T.,
MAS PRINCIPALMENTE O N.T.
  ONDE ESTÁ O CERNE DO
       CRISTIANISMO-
 ENSINO MORALDO CRISTO -
        REVELAÇÃO
                              52
Evangelho e Espiritismo
                                Educação


Com o Evangelho, a idéia de Educação se
transforma.
Tem a finalidade de estimular a criatividade e de
adaptar o indivíduo à vida.
Emmanuel em Roteiro diz-nos que antes de
Cristo  o cativeiro era consagrado por lei, a
mulher aviltada qual alimária, os pais podiam
vender os filhos etc.
Com Jesus, os discípulos do Mestre consagram-
se ao serviço dos semelhantes.

                    Evangelho e Espiritismo         53
Evangelho e Espiritismo
                  Resistência das Trevas



Emmanuel diz ainda em Emmanuel
O Evangelho ainda encontrará:
A resistência das trevas.
A má-fé.
O império da força...
Nos dias de flagelo, a sua ascendência será
reconhecida.


                  Evangelho e Espiritismo     54
O E.S.E. NÃO É UMA NOVA
  BÍBLIA CRIADO PELOS ESPÍRITAS


É UM ESTUDO DE INTERPRETAÇÃO
   DO SEU SENTIDO (EXEGESE).


ESTUDAR KARDEC PARA VIVER JESUS


  APLICAR EM NOSSO DIA A DIA      55
CAIRBAR SCHUTEL- 1868- 1938   56
LÉON DENIS- 1846- 1927
                         57
VINICIUS- 1878- 1966
                       58
FRANCISCO CÂNDICO XAVIER- 1910 - 2002
                                        59
Evangelho e Espiritismo
                             Conclusão



Refletindo sobre os conteúdos morais do
Evangelho, o ser humano começa a criar
novos hábitos e atitudes.
Torna operante a sua fé e exercita sua
paciência.
Adquire nova postura com relação à vida e ao
seu próximo, porque aprendeu que o único
evangelho vivo é aquele em
que os outros o observam.

                 Evangelho e Espiritismo    60
Bíblia
                                  Bibliografia Consultada


     BATTAGLIA, 0. Introdução aos Evangelhos — Um Estudo
     Histórico-crítico. Rio de Janeiro, Vozes, 1984.
     CHALLAYE, F. As Grandes Religiões. São Paulo, IBRASA, 1981.
     CURTI, R. Monoteísmo e Jesus. São Paulo, FEESP, 1980.
     Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura. Lisboa, Verbo, s. d. p.
     Enciclopédia Mirador Internacional. São Paulo, Encyclopaedia
     Britannica, 1987.
     Polis - Enciclopédia Verbo da Sociedade e do Estado.
     XAVIER, F. C. A Caminho da Luz - História da Civilização à Luz
     do Espiritismo, pelo Espírito Emmanuel. Rio de Janeiro, FEB,
     1972.
     Texto em HTML:

     http://www.sergiobiagigregorio.com.br/palestra/biblia.htm



15/12/2010                                                              61

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

25 o período intertestamentário
25    o período intertestamentário25    o período intertestamentário
25 o período intertestamentário
PIB Penha
 
Período interbíblico
Período interbíblicoPeríodo interbíblico
Período interbíblico
Liviston Ruberth
 
História de israel
História de israelHistória de israel
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
Gilson Barbosa
 
17 isaias
17  isaias17  isaias
17 isaias
PIB Penha
 
Período Interbíblico aula 1 - introdução
Período Interbíblico aula 1  -  introduçãoPeríodo Interbíblico aula 1  -  introdução
Período Interbíblico aula 1 - introdução
Samir Isac Dantas
 
Proféticos 2 Jeremias
Proféticos 2   JeremiasProféticos 2   Jeremias
Proféticos 2 Jeremias
Pastor W. Costa
 
Os hebreus e a terra prometida
Os hebreus e a terra prometidaOs hebreus e a terra prometida
Os hebreus e a terra prometida
Íris Ferreira
 
Ezequiel
EzequielEzequiel
Lição 04- O Juízo de Judá e de Jerusalém
Lição 04- O Juízo de Judá e de JerusalémLição 04- O Juízo de Judá e de Jerusalém
Lição 04- O Juízo de Judá e de Jerusalém
Maxsuel Aquino
 
Catequese bíblica (x) 1 e 2 macabeus
Catequese bíblica (x) 1 e 2 macabeusCatequese bíblica (x) 1 e 2 macabeus
Catequese bíblica (x) 1 e 2 macabeus
Maria Thereza Tosta Camillo
 
Síntese da História dos Hebreus
Síntese da História dos HebreusSíntese da História dos Hebreus
Síntese da História dos Hebreus
Professora Maria Heloiza Freitas
 
O profetismo
O profetismoO profetismo
O povo-hebreu
O povo-hebreuO povo-hebreu
O povo-hebreu
Fabiana Tonsis
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
Ribamar Santos
 
Um tipo do futuro anticristo
Um tipo do futuro anticristoUm tipo do futuro anticristo
Um tipo do futuro anticristo
Gabriel Souza
 
O POVO HEBREU
O POVO HEBREUO POVO HEBREU
O POVO HEBREU
Antonio Marcos
 
Os Hebreus
Os HebreusOs Hebreus
Os Hebreus
Sílvia Mendonça
 
A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus
Sílvia Mendonça
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
ilton1
 

Mais procurados (20)

25 o período intertestamentário
25    o período intertestamentário25    o período intertestamentário
25 o período intertestamentário
 
Período interbíblico
Período interbíblicoPeríodo interbíblico
Período interbíblico
 
História de israel
História de israelHistória de israel
História de israel
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
 
17 isaias
17  isaias17  isaias
17 isaias
 
Período Interbíblico aula 1 - introdução
Período Interbíblico aula 1  -  introduçãoPeríodo Interbíblico aula 1  -  introdução
Período Interbíblico aula 1 - introdução
 
Proféticos 2 Jeremias
Proféticos 2   JeremiasProféticos 2   Jeremias
Proféticos 2 Jeremias
 
Os hebreus e a terra prometida
Os hebreus e a terra prometidaOs hebreus e a terra prometida
Os hebreus e a terra prometida
 
Ezequiel
EzequielEzequiel
Ezequiel
 
Lição 04- O Juízo de Judá e de Jerusalém
Lição 04- O Juízo de Judá e de JerusalémLição 04- O Juízo de Judá e de Jerusalém
Lição 04- O Juízo de Judá e de Jerusalém
 
Catequese bíblica (x) 1 e 2 macabeus
Catequese bíblica (x) 1 e 2 macabeusCatequese bíblica (x) 1 e 2 macabeus
Catequese bíblica (x) 1 e 2 macabeus
 
Síntese da História dos Hebreus
Síntese da História dos HebreusSíntese da História dos Hebreus
Síntese da História dos Hebreus
 
O profetismo
O profetismoO profetismo
O profetismo
 
O povo-hebreu
O povo-hebreuO povo-hebreu
O povo-hebreu
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
 
Um tipo do futuro anticristo
Um tipo do futuro anticristoUm tipo do futuro anticristo
Um tipo do futuro anticristo
 
O POVO HEBREU
O POVO HEBREUO POVO HEBREU
O POVO HEBREU
 
Os Hebreus
Os HebreusOs Hebreus
Os Hebreus
 
A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus A HistóRia Dos Hebreus
A HistóRia Dos Hebreus
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
 

Semelhante a A Bíblia

9.os hebreus.2015
9.os hebreus.20159.os hebreus.2015
9.os hebreus.2015
Jose Ribamar Santos
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
Jose Ribamar Santos
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
Ribamar Santos
 
O judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy BezerraO judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy Bezerra
Eloy Bezerra
 
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmoAula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
JoyAlbanez
 
Primeiras Civilizações - Os Hebreu
Primeiras Civilizações - Os HebreuPrimeiras Civilizações - Os Hebreu
Primeiras Civilizações - Os Hebreu
Diego Bian Filo Moreira
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Helio Cruz
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Helio Cruz
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
Thiago Bro
 
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREUHISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
Iara .
 
O povo-hebreu
O povo-hebreuO povo-hebreu
O povo-hebreu
Fabiana Tonsis
 
12 esdras e neemias
12  esdras e neemias12  esdras e neemias
12 esdras e neemias
PIB Penha
 
Os Hebreus[1]
Os Hebreus[1]Os Hebreus[1]
Os Hebreus[1]
Sílvia Mendonça
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
ilton2
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
Cláudio Fajardo
 
AULA HEBREUS2012
AULA HEBREUS2012AULA HEBREUS2012
AULA HEBREUS2012
Jose Ribamar Santos
 
Bibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula UnicaBibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula Unica
neymattos
 
68 estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)
68   estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)68   estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)
68 estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)
Robson Tavares Fernandes
 
Hebreus.ppt
Hebreus.pptHebreus.ppt
Hebreus.ppt
DanielSouza389550
 
A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...
A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...
A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...
SidiogenesBispo1
 

Semelhante a A Bíblia (20)

9.os hebreus.2015
9.os hebreus.20159.os hebreus.2015
9.os hebreus.2015
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
 
8.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.20148.a.hebreus.2014
8.a.hebreus.2014
 
O judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy BezerraO judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy Bezerra
 
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmoAula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
 
Primeiras Civilizações - Os Hebreu
Primeiras Civilizações - Os HebreuPrimeiras Civilizações - Os Hebreu
Primeiras Civilizações - Os Hebreu
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
 
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
Livro curso de aprendizes do evangelho (1)
 
Hebreus
HebreusHebreus
Hebreus
 
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREUHISTÓRIA DO POVO HEBREU
HISTÓRIA DO POVO HEBREU
 
O povo-hebreu
O povo-hebreuO povo-hebreu
O povo-hebreu
 
12 esdras e neemias
12  esdras e neemias12  esdras e neemias
12 esdras e neemias
 
Os Hebreus[1]
Os Hebreus[1]Os Hebreus[1]
Os Hebreus[1]
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
 
AULA HEBREUS2012
AULA HEBREUS2012AULA HEBREUS2012
AULA HEBREUS2012
 
Bibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula UnicaBibliologia Aula Unica
Bibliologia Aula Unica
 
68 estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)
68   estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)68   estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)
68 estudo panorâmico da bíblia (o livro de isaías - parte ii)
 
Hebreus.ppt
Hebreus.pptHebreus.ppt
Hebreus.ppt
 
A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...
A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...
A História do povo Hebreus e sua trajetória (Desde a origem até os tempos atu...
 

Mais de CEVP - Divulgação

Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo semanal - Outubro/2014
Informativo semanal - Outubro/2014Informativo semanal - Outubro/2014
Informativo semanal - Outubro/2014
CEVP - Divulgação
 
Informativo online -CEVP
Informativo online -CEVP Informativo online -CEVP
Informativo online -CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVPInformativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVPInformativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVP
CEVP - Divulgação
 
CEVP - 92 Anos com VOCÊ!!!
CEVP  - 92 Anos com VOCÊ!!!CEVP  - 92 Anos com VOCÊ!!!
CEVP - 92 Anos com VOCÊ!!!
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVPInformativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVP
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
CEVP - Divulgação
 
Informativo semanal
Informativo semanalInformativo semanal
Informativo semanal
CEVP - Divulgação
 
Boas festas!!!
Boas festas!!!Boas festas!!!
Boas festas!!!
CEVP - Divulgação
 
Informativo semanal
Informativo semanalInformativo semanal
Informativo semanal
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
CEVP - Divulgação
 
Informativo semanal
Informativo semanalInformativo semanal
Informativo semanal
CEVP - Divulgação
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
CEVP - Divulgação
 

Mais de CEVP - Divulgação (20)

Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
 
Informativo semanal - Outubro/2014
Informativo semanal - Outubro/2014Informativo semanal - Outubro/2014
Informativo semanal - Outubro/2014
 
Informativo online -CEVP
Informativo online -CEVP Informativo online -CEVP
Informativo online -CEVP
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
 
Informativo CEVP
Informativo CEVPInformativo CEVP
Informativo CEVP
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
 
Informativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVPInformativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVP
 
Informativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVPInformativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVP
 
CEVP - 92 Anos com VOCÊ!!!
CEVP  - 92 Anos com VOCÊ!!!CEVP  - 92 Anos com VOCÊ!!!
CEVP - 92 Anos com VOCÊ!!!
 
Informativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVPInformativo Semanal - CEVP
Informativo Semanal - CEVP
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
 
Informativo semanal
Informativo semanalInformativo semanal
Informativo semanal
 
Boas festas!!!
Boas festas!!!Boas festas!!!
Boas festas!!!
 
Informativo semanal
Informativo semanalInformativo semanal
Informativo semanal
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
 
Informativo semanal
Informativo semanalInformativo semanal
Informativo semanal
 
Informativo Semanal
Informativo SemanalInformativo Semanal
Informativo Semanal
 

Último

A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
PIB Penha
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
PIB Penha
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
EdimarEdigesso
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 

Último (20)

A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
3 - O Caráter do Cristão 2. Lição 3: O CARÁTER DO CRISTÃO (2)
 
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
Marie Louise Von Franz - Alquimia.pdf001
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 

A Bíblia

  • 1. SALA DE ESTUDOS EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO 1
  • 3. 3 VISÕES DIFERENTES DA BÍBLIA - judeus e cristãos- palavra de Deus, ditada ou inspirada por Ele. - crítica histórica - é obra humana. -Espiritismo - Revelações Mediúnicas( narrativas, interpretações e inferências humanas). 3
  • 4. Bíblia – não é um único livro, mas o conjunto dos vários escritos do Antigo e do Novo Testamento. - história do povo hebreu, povo asiático que se instalou na Palestina. VELHO TESTAMENTO NOVO TESTAMENTO 4
  • 5. VELHO TESTAMENTO NOVO TESTAMENTO MOISÉS JESUS ESPIRITISMO 2.013 + - 1.300 A.C 18.04.1857- L.E. 16 SÉCULOS PARA SER ESCRITA 36 AUTORES, ÉPOCAS DIVERSAS 5
  • 6. TESTAMENTO – termo hebraico – “ ajuste contratual entre pessoas” ou “tratado político entre tribos”. -Traduzido para o grego - pacto, aliança ou testamento. -Traduzido do latim para o português- testamento. . 6
  • 8. Antigo Testamento -Conjunto dos livros relativos a história dos judeus (israelitas) até Jesus Cristo. -Livros abrangem história, religião, instituição, costumes hebreus. -Narra o pacto entre Jeová(Deus) e os israelitas. “deveriam ter Jeová como verdadeiro Deus”, ( adoravam muitos deuses). Jeová os escolhera- era o povo eleito. Em troca, Jeová os protegeria sempre e lhes daria uma terra fértil para habitarem, porque eram nômades. Eles queriam respeitar o pacto para obter a terra prometida. 8
  • 9. Os livros do Antigo Testamento foram escritos em longos pergaminhos confeccionados em pele de cabra e copiados cuidadosamente pelos escribas. 9
  • 10. HEBREUS- ISRAELITAS. HEBREUS passaram a ser chamados ISRAELITAS, por causa de um dos seus patriarcas , o Jacó, que foi chamado ISRAEL, por um anjo , todos os demais eram descendentes desse Israel. 10
  • 11. os cânticos -livros poéticos- erótico, obra prima. Salmos - poemas cantados nos cultos; Sapienciais – Provérbios;Eclesiastes; Jó - livro escrito para fazer debates em torno da morte, o porque da vida, do sofrimento. Jó não é uma pessoa. 11
  • 12. PENTATEUCO – 5 PRIMEIROS LIVROS DA BÍBLIA: GÊNESIS- ORIGEM DO MUNDO (ADÃO E EVA, CAIM E ABEL, NÓE, DILÚVIO, A TORRE DE BABEL) E A HISTÓRIA DA HUMANIDADE (POVO HEBREU- PATRIARCAS: ABRAÃO, ISAC E JACO ENTRADA NO EGITO BUSCANDO TERRAS FÉRTEIS, JACOB CHAMADO DE ISRAEL E TINHA 12 FILHOS - JOSÉ VENDIDO AO EGITO, QUE DIANTE DAS GRAÇAS DO FARAÓ PERMITIU O POVO HEBREU MORAR NO EGITO. DEU ORIGEM AS 12 TRIBOS. ÊXODO- SAÍDA DA ESCRAVIDÃO DO EGITO, PEREGRINARAM PELO DESERTO E MOISÉS ERA O GRANDE LÍDER E CONDUTOR DOS HEBREUS. MONTE SINAI. JAVÉ FEZ UMA ALIANÇA COM O POVO HEBREU ATRAVÉS DA MEDIUIDADE DE MOISÉS E ESTABELECEU NORMAS DE CONDUTAS PARA SER O POVO ELEITO – 10 MANDAMENTOS LEVÍTICO- REFERENTE AOS LEVITAS, DESCENDENTES DA TRIBO DE LEVI. TINHAM O DEVER DE CUIDAR DO CULTO RELIGIOSO, CONFORME DETERMINAÇÃO DADA POR MOISÉS; só OS MEMBROS DA FAMÍLIA DE ARÃO PODERIAM FAZER PARTE DA CASTA SACERDOTAL. E OS HOMENS FAZEM SERVIÇO NO TEMPLO( CONTABILIDADE, MUSICA). ESTÁ NESSE LIVRO A LEGISLAÇÃO MOSAICA – LEIS CIVIS E RELIGIOSAS. NÚMEROS- REGISTRO DOS NOMES DAS FAMÍLIAS DO POVO ISRAELITA DEUTERONÔMIO- SEGUNDA LEI – REPETE E COMPLEMENTA TUDO O QUE JÁ ESTAVA RELATADO NOS LIVROS ANTERIORES. MOISÉS PROIBE INTERROGAR OS MORTOS E RELATA OS ÚLTIMOS DIAS DA VIDA DE MOISÉS. SE ALI CONSTA A MORTE DE MOISÉS , É CLARO QUE NÃO FOI MOISÉS QUE ESCREVEU O PENTATEUCO. 12
  • 13. LIVROS HISTÓRICOS 12 LIVROS CANÔNICOS 4 DEUTEROCANÔNICOS INSTALAÇÃO DO REINO DE ISRAEL ATÉ SUA DIVISÃO E DECADÊNCIA DEPORTAÇÃO DO POVO PARA A BABILÔNIA VOLTA DO POVO COM A RESTAURAÇÃO DE ISRAEL LIBERTAÇÃO DA BABILONIA PELO IMPERADOR CIRO VOLTARAM PARA A TERRA DELES FORAM SUBJUGADOS PELA SÍRIA LIBERTAÇÃO DE ISRAEL POR JUDAS MACABEU PERÍODO DE 800 ANOS- SÉC 13 AO 5 A.C. JOSUÉ- CONQUISTA CANAÃ, MAS NÃO TEVE PERMISSÃO ESPIRITUAL DE ENTRAR, MAS SEU MINISTRO MILITAR ENTROU E CONQUISTOU CANAÃ. AFIRMARAM QUE DEUS DEU A TERRA PARA ELES E FALAM ISSO ATÉ HOJE. A TERRA NÃO FOI DADA, BRIGARAM PARA CONSEGUIR. E ESTÃO BRIGANDO ATÉ HOJE. FEITOS DOS JUIZES – CHEFES PARA JULGAR RUTE- MOABITA CASADA COM ISRAELITA- DEVOTAMENTO SAMUEL I E II- ÚLTIMO DOS JUÍZES E A INSTITUIÇÃO DA MONARQUIA- SAUL COMO REI, SAUL MORE, ASSUME O REI DAVI. SAUL CONSULTA UMA PITONISA (QUE ELE MESMO DISSE QUE ESTAVA PROIBIDO) POR ELE TER MEDO DE MORRER REIS I E II -. – 400 ANOS- DA MORTE DO REI DAVI ATÉ SALOMÃO. OCORRE A CISÃO DE ISRAEL, AS 10 TRIBOS DO NORTE FORMAM UM REINO E AS 2 DO SUL (JUDÁ E BENJAMIM) OUTRO REINO.AS 12 TRIBOS DE ISRAEL NÃO ESTAVAM CONCORDES . E O REINO DE ISRAEL VAI SE EXTINGUINDO E TERMINA EM 587 A.C., QUANDO OS EXERCITOS DA BABILÔNIA DOMINARAM E ELES SE TORNAM ESCRAVOS CRONICAS I E II- REPETIÇÃO DOS LIVROS DE SALOMÃO E REIS ESDRA – CONTINUAÇÃO DO LIVRO DE CRÔNICAS, COMO É QUE OS JUDEUS QUE ESTAVAM EXILADOS LÁ DA BABILONIA CONSEGUIRAM VOLTAR PARA SUA TERRA E COMO RESTAURARAM O CULTO EM JERUSALÉM. É A HISTÓRIA DO TEMPLO. NEMIAS- ERA UM EXILADO LÁ DA BABILONIA E TEVE PERMISSÃO DO REI DOS PERSAS PARA VOLTAR A JERUSALÉM. 13
  • 14. LIVRO DEUTEROCANONICOS TOBIAS- - ROMANCE – UM ANJO DO SENHOR APARECE COMO SE FOSSE UMA PESSOA E O ACOMPANHA ATE ELE ENCONTRAR A MULHER DENTRO DO POVO ISRAELITA JUDITE – CATOLICA – MATOU UM GENERAL INIMIGO ROKFELER ESTER- ÉPOCA DE EDRAS- PERÍODO PERSA- RAINHA PERSA E PROTEGER SEU POVO DA DESTRUIÇÃO MACABEUS I E II – REVOLUÇÃO NACIONALISTA JUDAIÇA DOS IRMÃOS MACABEUS EM 167 A.C., TENTATIVA DE LIBERTAREM O POVO ISRAELITA. SAPIENCIAIS DE SABEDORIA – 5 CANÔNICOS E 2 DEUTEROCANONICOS- JÓ – ERA FELIZ E PERDEU TUDO – É UM ESTUDO SOBRE O SOFRIMENTO HUMANO E A REAÇÃO DA CRIATURA, COM AMIGOS DANDO CONSELHOS (ENSAIO FILOSÓFICO) SAULO – PROVÉRBIOS ECLESIASTICOS - FISOLÓFICO – CANTICO DOS CANTICOS –AMOR DA ALMA COM DEUS – ERÓTICO – AMOR DO HOMEM E DA MULHER. SABEDORIA - TRATADO TEOLOGICO PROFÉTICOS – PROFETAS MAIORES E MENORES - VOLUME DE PRODUÇÃO DE ESCRITA- ABRAGE O PERÍODO QUE VAI DESDE OS AUREOS DE ISRAEL ATÉ O EXILIO E O RETORNO A PATRIA. ISAIAS – FALA DO MESSIAS 14
  • 15. **** A LEI **** AS REGRAS de PROCEDIMENTO DOS SERES HUMANOS QUE OS JUDEUS OBEDECIAM COM FIDELIDADE -É A TORÁ. (NOME HEBRAICO- ENSINAMENTO POR EXCELÊNCIA) JESUS- “ A LEI E OS PROFETAS” 15
  • 16. séculos IV e III a.C – os profetas (Elias, Amós, Oséias, Isaías, etc.) trazem aos judeus a idéia do Messias Salvador , com a missão de instaurar o reino de Deus no mundo. MOISÉS JESUS ESPIRITISMO + - 1.300 A.C 18.04.1857- L.E. DECÁLOGO- MONTE SINAI : "BASE DE TODO DIREITO NO MUNDO, SUSTENTÁCULO DE TODOS OS CÓDIGOS DA JUSTIÇA TERRESTRE" 16
  • 18. PORQUE OS ISRAELITAS SÓ ACEITAM A BÍBLIA COMO SENDO O VELHO TESTAMENTO? Porque não reconheceram Jesus como Messias, que eles tanto esperavam. Aceitam Jesus como um profeta. Aceitam apenas os 39 livros do V.T.(escritos em hebraico ou aramaico) falado pelos hebreus. 18
  • 19. A BÍBLIA FOI ESCRITA EM HEBRAICO. O HEBRAICO FICOU RESERVADO AO CULTO RELIGIOSO DEPOIS DO CATIVEIRO NA BABILÔNIA, NÃO ERA MAIS FALADO, NÃO ERA MAIS UM IDIOMA POPULAR. PASSARAM A USAR O ARAMAICO. IDIOMA POPULAR, INCLUSIVE DA REGIÃO ONDE JESUS VIVEU. JESUS FALAVA O ARAMAICO. APENAS ALGUMAS PASSAGENS DO VELHO TESTAMENTO FORAM ESCRITAS EM ARAMAICO. 19
  • 20. VELHO TESTAMENTO NOVO TESTAMENTO CATÓLICOS 7 27 39 73 LIVROS VERSÃO DOS 70 39 7 46 LIVROS PROTESTANTES 39 EVANGÉLICOS 39 27 66 LIVROS ISRAELITAS 39 7 NÃO ACEITAM JESUS TORÁ JUDEUS DE JERUSALÉM 39 JUDITE, TOBIAS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO, BARUK, DOIS LIVROS DOS MACABEUS, FRAGMENTOS NOS LIVROS DE DANIEL E ESTER, UMA CARTA DO PROFETA JEREMIAS(LAMENTAÇÕES)
  • 21. VERSÃO DOS 70 JESUS NÃO ESTAVA EM CENA. OS SÁBIOS JUDEUS QUE VIVIAM NA ALEXANDRIA, NO EGITO ,TRADUZIRAM OS LIVROS DO V.T. PARA O GREGO (IDIOMA CULTURAL) E ACRESCENTARAM 7 LIVROS, QUE OS JUDEUS DE JERUSALÉM NÃO CONCORDARAM JUDITE, TOBIAS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO, BARUK, DOIS LIVROS DOS MACABEUS, FRAGMENTOS NOS LIVROS DE DANIEL E ESTER, UMA CARTA DO PROFETA JEREMIAS (LAMENTAÇÕES) 39 + 7 = 46 LIVROS NO TOTAL 21
  • 22. HÁ 2 PARTES NO V.T. -NÃO É A PALAVRA DE DEUS, - É A HISTÓRIA DO POVO HEBREU PARTE HUMANA PERDEU SEU SIGNIFICADO COM O TEMPO PARTE DIVINA INSPIRAÇÃO SUPERIOR 22
  • 23. PARTE HUMANA -IDÉIA QUE OS HOMENS FAZIAM SOBRE A ORIGEM DO UNIVERSO -(MUNDO FEITO EM 6 DIAS) LEGISLAÇÃO CIVIL – MOISÉS MUDANÇA DOS COSTUMES SOCIAIS (VIUVA PODIA CASAR COM O IRMÃO DO MARIDO). O CUNHADO PODIA REJEITAR A VIUVA, CERIMÔNIA – TIRAR O CALÇADO – VERGONHA – CASA DO DESCALÇADO). FILHO REBELDE –APEDREJADO OBEDECER A DEUS PELA IMPOSIÇÃO E MEDO ESCRAVIDÃO VENDA DE FILHOS MATEUS, CAP. 18 V. 30 – DÍVIDA DA FAMÍLIA FILHO BASTARDO NASCIDO FORA DO CASAMENTO- NÃO FAZIA PARTE DO POVO ATÉ 10ª GERAÇÃO 23
  • 24. PARTE DIVINA REVELAÇÕES FEITAS PELOS BONS ESPÍRITOS, ATRAVÉS DE MOISÉS, ENSINAMENTOS SUBLIMES EX- 10 MANDAMENTOS HOSPITALIDADE PARA COM OS VIAJORES NÃO OPRIMIR A VIÚVA, O ÓRFÃO , O ESTRANGEIRO, O POBRE- CARIDADE E FRATERNIDADE, COLHER OS GRÃOS QUE CAEM NO CHÃO PARA A SOBREVIVÊNCIA DEUS PREFERE A MISERICORDIA QUE SACRIFÍCIO O JUSTO NÃO PAGA PELO PECADOR (EZEQUIEL) RECUPERAÇÃO DO PECADOR QUE SE ARREPENDE 24
  • 26. Novo Testamento - novo pacto, uma nova aliança , que não é firmado só com o povo hebreu, mas é extensiva a toda a humanidade. MOISÉS JESUS ESPIRITISMO + - 1.300 A.C 18.04.1857- L.E. 26
  • 27. -ÉPOCA, POVO E LUGARES, - CIRCUNSTÂNCIAS EM QUE JESUS VIVEU -SEUS ATOS, -SUA MENSAGEM E ENTRELAÇAMENTOS COM OUTROS COMPANHEIROS 27
  • 28. 4 Evangelhos, os Atos dos Apóstolos, as Epístolas e o Apocalipse de João. EMMANUEL- PAULO E ESTEVÃO- DÁ DATAS DIFERENTES DO SURGIMENTO DOS EVANGELHOS SIMBÓLICO (PAULO E ESTEVÃO) cartas Revelação – mediunico – relatada por João- simbólico, difícil de decifrar. 28 BESTA DO APOCALIPSE- IGREJA ROMANA
  • 29. EVANGELHO GREGO – “boa nova” 29
  • 30. QUAL ERA A BOA NOVA? A VINDA DO MESSIAS TÃO ESPERADO 30
  • 31. O Evangelho DE JESUS – O QUE JESUS ENSINOU, A DOUTRINA QUE ELE TROUXE OS EVANGELHOS 4 PESSOAS QUE ESCREVERAM SOBRE JESUS 31
  • 32. Os Quatro Evangelhos Evangelhos O Evangelho Segundo Mateus Sinóticos, O Evangelho Segundo Marcos e pois há muita concordância em seus O Evangelho Segundo Lucas escritos(50 a 70 D) EVANGELHO SIMBÓLICO,difere dos três anteriores O Evangelho Segundo João pelo seu estilo, sua estrutura e seus objetivos. É mais uma interpretação teológica da vida e obra de Cristo do que uma biografia. 32
  • 33. Cobrador de impostos LEVI- MATEUS MOSTRA JESUS COMO Mateus dos romanos –mau Escreveu em aramaico UM REI visto Baseou-se nas Escreveu em grego UM HOMEM DE AÇÃO, Marcos pregações de SIMÃO INCANSÁVEL PEDRO Escreveu atos dos Não conheceu Jesus; HOMEM apóstolos Fez pesquisas e Lucas coletou informações (grego) Irmão de Tiago , filho Exilado na Asia Menor ENTIDADE CELESTIAL de Zebedeu, amigo de (Ilha de Patnos) 90 a João Pedro, André, 100d.C., último a escrever espiritualizado (grego) 33
  • 34. Evangelhos Apócrifos não estão na Bíblia Não são aceitos ex: cão morto – ferido “que belos dentes tem esse cão” ex: 2 espigas eretas- vazias Envergadas - carregadas 15/12/2010 34
  • 35. MOISÉS JESUS ESPIRITISMO 50 a 100 D.C 18.04.1857- L.E. OS EVANGELHOS FORAM ESCRITOS ENTRE 50 A 100 D.C. 35
  • 36. O Quinto Evangelho Os Atos dos Apóstolos e as Cartas Apostólicas – em ordem cronológica. O Nascimento de Jesus: em Gl 4,4; Rm 1,4; At 3, 18-24; At 1,14. Sua atividade missionária: em At 10,36; At 2,22; At 1,13; At 1, 21-22; 2 Pd 1, 16-18; 1 Jo 1, 1-3. Idem: condições de sua vida, o início da vida pública, a última ceia, a traição de Judas etc. 36
  • 37. MOISÉS JESUS ESPIRITISMO SÉC. 4 VULGATA EM LATIM- IMPOSTO PELOS ROMANO O PAPA DAMAZUS (366 A 384 D.C.) ORDENOU A REVISÃO E TRADUÇÃO DAS VERSÕES POPULARES PARA O LATIM. SÃO JERÔNIMO TRADUZIU O V.T. PARA O LATIM UNIÃO AO N.T. 37
  • 38. A VULGATA É A ÚNICA TRADUÇÃO QUE A IGREJA CATÓLICA ADOTA. 38
  • 39. LUTEMBERG APERFEIÇOOU A IMPRENSA. 10 .11. 1483 18 .02. 1546 LUTERO MARTINHO LUTERO IMPRIMIU A BÍBLIA EM ALEMÃO MOISÉS JESUS ESPIRITISMO PAI DA REFORMA PROTESTANTE QUERIA COLOCAR A BÍBLIA NA MÃO DAS PESSOAS. TRADUZIU A BÍBLIA PARA O ALEMÃO. FOI A 1ª TRADUÇÃO. (39 livros) 39
  • 40. EURÍPEDES BARSANULFO (1880 – 1918) ERA CATÓLICO. O SACERDOTE LHE CONCEDEU O DIREITO DE LER A BÍBLIA. 18.04.1857 MOISÉS JESUS ESPIRITISMO SÉC. 16 A BÍBLIA NÃO ERA ACESSÍVEL ( SÓ CLERO CATÓLICO E PESSOAS AUTORIZADAS). O POVO NÃO LIA. 40
  • 41. POR QUE ESTUDAR A BÍBLIA? PORQUE INTERESSA A TODOS OS CRITÃOS. INCLUSIVE NÓS ESPÍRITAS QUE SOMOS CRISTÃOS, SEGUIMOS OS ENSINAMENTOS DO CRISTO. 41
  • 42. A CULTURA DO POVO BRASILEIRO JUDAICO CRISTÃ -BASEADOS NA BÍBLIA (NO CAMPO RELIGIOSO) HISTORIA DOS JUDEUS HISTÓRIA DE JESUS
  • 43. EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO 15/12/2010 43
  • 45. 18/04/1857 O Livro dos Espíritos 1861 - O Livro dos Médiuns 1864 - O Evangelho Segundo o Espiritismo. 45
  • 46. Os atos comuns da vida de Cristo. Os milagres. As profecias. As palavras que serviram para o estabelecimento dos dogmas da Igreja. O ensinamento moral. Kardec ateve-se exclusivamente ao ensinamento moral  não é motivo de disputas entre as crenças. 46
  • 48. ATÉ O PRÓXIMO ENCONTRO! 48
  • 49. Nas citações, conservou tudo o que era útil ao desenvolvimento do pensamento. Como complemento de cada preceito, ajuntou algumas instruções ditadas pelos Espíritos em diversos países, e por intermédio de diferentes médiuns. O Espiritismo não tem nacionalidade, está fora de todos os cultos particulares e não foi imposto por nenhuma classe social. 49
  • 50. DE CRISTO À KARDEC Desfiguração do Cristianismo do Cristo para aceitarmos o Cristianismo dos vigários. (Padre Alta) A fé torna-se dogmática nas mãos de políticos e religiosos inescrupulosos. Confessar as culpas, pagar as indulgências e obedecer aos inúmeros dogmas. Espiritismo surge para dar à fé uma direção racional  iluminar a vida espiritual das pessoas. Evangelho e Espiritismo 50
  • 51. Evangelho e Espiritismo Instrumento de Aperfeiçoamento O Evangelho deixou de ser apenas a fonte de meditação e oração  ligação com um Deus antropomórfico. É Instrumento de renovação íntima constante e continuada. É Adequação e adaptação à vida, nas diversas manifestações. O Espiritismo transformou o Evangelho de crença em conhecimento - conhecimento das leis que governam o Espírito. Evangelho e Espiritismo 51
  • 52. INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA ESPIRITISMO- ESTUDA O V.T., MAS PRINCIPALMENTE O N.T. ONDE ESTÁ O CERNE DO CRISTIANISMO- ENSINO MORALDO CRISTO - REVELAÇÃO 52
  • 53. Evangelho e Espiritismo Educação Com o Evangelho, a idéia de Educação se transforma. Tem a finalidade de estimular a criatividade e de adaptar o indivíduo à vida. Emmanuel em Roteiro diz-nos que antes de Cristo  o cativeiro era consagrado por lei, a mulher aviltada qual alimária, os pais podiam vender os filhos etc. Com Jesus, os discípulos do Mestre consagram- se ao serviço dos semelhantes. Evangelho e Espiritismo 53
  • 54. Evangelho e Espiritismo Resistência das Trevas Emmanuel diz ainda em Emmanuel O Evangelho ainda encontrará: A resistência das trevas. A má-fé. O império da força... Nos dias de flagelo, a sua ascendência será reconhecida. Evangelho e Espiritismo 54
  • 55. O E.S.E. NÃO É UMA NOVA BÍBLIA CRIADO PELOS ESPÍRITAS É UM ESTUDO DE INTERPRETAÇÃO DO SEU SENTIDO (EXEGESE). ESTUDAR KARDEC PARA VIVER JESUS APLICAR EM NOSSO DIA A DIA 55
  • 59. FRANCISCO CÂNDICO XAVIER- 1910 - 2002 59
  • 60. Evangelho e Espiritismo Conclusão Refletindo sobre os conteúdos morais do Evangelho, o ser humano começa a criar novos hábitos e atitudes. Torna operante a sua fé e exercita sua paciência. Adquire nova postura com relação à vida e ao seu próximo, porque aprendeu que o único evangelho vivo é aquele em que os outros o observam. Evangelho e Espiritismo 60
  • 61. Bíblia Bibliografia Consultada BATTAGLIA, 0. Introdução aos Evangelhos — Um Estudo Histórico-crítico. Rio de Janeiro, Vozes, 1984. CHALLAYE, F. As Grandes Religiões. São Paulo, IBRASA, 1981. CURTI, R. Monoteísmo e Jesus. São Paulo, FEESP, 1980. Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura. Lisboa, Verbo, s. d. p. Enciclopédia Mirador Internacional. São Paulo, Encyclopaedia Britannica, 1987. Polis - Enciclopédia Verbo da Sociedade e do Estado. XAVIER, F. C. A Caminho da Luz - História da Civilização à Luz do Espiritismo, pelo Espírito Emmanuel. Rio de Janeiro, FEB, 1972. Texto em HTML: http://www.sergiobiagigregorio.com.br/palestra/biblia.htm 15/12/2010 61