SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Baixar para ler offline
A Análise de Conteúdo em Plataformas de Interação Online:
Aplicação Comparativa entre Twitter e Facebook
Carlos Eduardo de J. Fernandes (Kadu Fernandiz)
Lucina Reitenbach Viana
FAE Centro Universitário
Calma!
Vamos por partes.
Pluralidade de manifestações discursivas
Entendimento da forma de aplicação dos processos de
investigação de práticas comunicacionais
Novos contornos da Análise de Conteúdo em virtude das
possibilidades da disponibilidade técnica de dados (TIC)
Cenário
De que forma a análise de conteúdo pode ser aplicada no
cenário midiático fragmentado contemporâneo?
O Problema
Qual a contribuição deste trabalho?
Objetivo Geral
Entender de que forma a análise de conteúdo como método
suporta o trabalho de campo desenvolvido em pesquisa
empíricas nas quais se pretende avaliar práticas sociais
estabelecidas através de enunciações em plataformas de
interação online.
• Entender a reconfiguração do método da Análise de
Conteúdo a partir de sua utilização em universos alocados
no ciberespaço;
• Avaliar seus procedimentos frente à dinamicidade do
universo pesquisado;
• Produzir estudo de aplicação do método em plataformas de
interação online distintas notadamente, comparar a
utilização e práticas do método quando o universo se
localiza no Facebook e no Twitter.
Objetivos Específicos
Análise de Conteúdo
Metodologia
Metodologia
a) Tipo de pesquisa
- Explicativa
- Experimental
b) Fonte de coleta de dados
c) Instrumento e técnicas de coleta
de dados
d) População e critérios de eleição
da amostra
Netnografia?
Sim! Netnografia.
O termo Netnografia é originado da
transposição dos estudos etnográficos
para o contexto do ciberespaço,
considerando suas peculiaridades e
também limitações.
Estágios da Pesquisa
1. Estruturação do
objeto de pesquisa
Jovem Nerd, eu e Azaghal :)
Campus Party Brasil
Janeiro de 2010
Como suporte a esta verificação, utilizamos os quatro procedimentos de validação,
apresentados por Kozinets (1998,p. 9):
Indivíduos que estejam familiarizados entre si;
Comunicações que sejam especificamente identificadas e não-anônimas;
Linguagem específica do grupo, símbolos e normas;
Manutenção e fiscalização das fronteiras entre dentro e fora do grupo;
2. Validação dos
observáveis
3. Entreé
Cultural
4. Coleta
de dados
59 postagens74 postagens
5. Análise
dos dados coletados
5.1. Análise dos dados coletados no Twitter
5.1. Análise dos dados coletados no Twitter
5.2. Análise dos dados coletados no Facebook
5.2. Análise dos dados coletados no Facebook
Considerações finais
• Diferenças identificadas na interação: Twitter e
Facebook;
•Aplicabilidade da metodologia de Análise de Conteúdo
e afirmação de sua implementação nas plataformas de
interação online;
•Validação da entrada a campo através dos instrumentos
da Netnografia;
•Possibilidade de aplicação da metodologia em outros
ambientes de interação online;
•Abertura de novas frentes de pesquisa acerca desta
temática.
Valeu! ;)
ola@kadufernandiz.com
kadufernandiz.com
/kadufernandiz
@kadufernandiz
Kadu Fernandiz

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Poynter lesson 5
Poynter lesson 5Poynter lesson 5
Poynter lesson 5Ray Poynter
 
RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014
RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014
RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014Mauro George
 
Best of Esomar Belgium 2010_Flores
Best of Esomar Belgium 2010_FloresBest of Esomar Belgium 2010_Flores
Best of Esomar Belgium 2010_FloresSchillewaert Niels
 
Best Practices for Online Longitudinal Qualitative Research
Best Practices for Online Longitudinal Qualitative ResearchBest Practices for Online Longitudinal Qualitative Research
Best Practices for Online Longitudinal Qualitative Researchlvanpatten
 
NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”
NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”
NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”Steffen Hück
 
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de NegóciosTDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de Negóciostdc-globalcode
 

Destaque (7)

Poynter lesson 5
Poynter lesson 5Poynter lesson 5
Poynter lesson 5
 
RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014
RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014
RSpec Best Friends @ TDC Florianópolis 2014
 
Best of Esomar Belgium 2010_Flores
Best of Esomar Belgium 2010_FloresBest of Esomar Belgium 2010_Flores
Best of Esomar Belgium 2010_Flores
 
Best Practices for Online Longitudinal Qualitative Research
Best Practices for Online Longitudinal Qualitative ResearchBest Practices for Online Longitudinal Qualitative Research
Best Practices for Online Longitudinal Qualitative Research
 
NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”
NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”
NETNOGRAPHY vs. Web Monitoring = “Qual. VS Quant. ?”
 
Palestra Engajamento 2.0: Redes sociais corporativas
Palestra Engajamento 2.0: Redes sociais corporativasPalestra Engajamento 2.0: Redes sociais corporativas
Palestra Engajamento 2.0: Redes sociais corporativas
 
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de NegóciosTDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
 

Semelhante a Análise de Conteúdo em Plataformas Online

Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades onlineNetnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades onlinePaperCliQ Comunicação
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoAntónio Silvano
 
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1QuitriaSilva2
 
Metodologia de pesquisa_slides
Metodologia de pesquisa_slidesMetodologia de pesquisa_slides
Metodologia de pesquisa_slidesGerdian Teixeira
 
Áreas interesse investigacão Francislê Sousa
Áreas interesse investigacão Francislê SousaÁreas interesse investigacão Francislê Sousa
Áreas interesse investigacão Francislê SousaLuis Pedro
 
Atividades interdisciplinares02
Atividades interdisciplinares02Atividades interdisciplinares02
Atividades interdisciplinares02IDELAN OLIVEIRA
 
Extensão para aplicar modelo à rede do df
Extensão para aplicar modelo à rede do dfExtensão para aplicar modelo à rede do df
Extensão para aplicar modelo à rede do dfMárcia Marques
 
DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...
DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...
DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...Ingrid Castro
 
Análise da dissertação
Análise da dissertaçãoAnálise da dissertação
Análise da dissertaçãoAlice Cruz
 
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4Benedito Medeiros Neto
 
Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4
Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4
Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4Benedito Medeiros Neto
 
metodologia_ciencia
metodologia_cienciametodologia_ciencia
metodologia_cienciaJes Tavares
 
2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e Pesquisa
2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e Pesquisa2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e Pesquisa
2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e PesquisaFernanda Ledesma
 

Semelhante a Análise de Conteúdo em Plataformas Online (20)

Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades onlineNetnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
Netnografia - antropologia aplicada no estudo de comunidades online
 
Métodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de InvestigaçãoMétodos e Técnicas de Investigação
Métodos e Técnicas de Investigação
 
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
 
Metodologia de pesquisa_slides
Metodologia de pesquisa_slidesMetodologia de pesquisa_slides
Metodologia de pesquisa_slides
 
Áreas interesse investigacão Francislê Sousa
Áreas interesse investigacão Francislê SousaÁreas interesse investigacão Francislê Sousa
Áreas interesse investigacão Francislê Sousa
 
Atlas analise de dados
Atlas analise de dadosAtlas analise de dados
Atlas analise de dados
 
Projeto de pesquisa Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO
Projeto de pesquisa  Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃOProjeto de pesquisa  Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO
Projeto de pesquisa Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO
 
Atividades interdisciplinares02
Atividades interdisciplinares02Atividades interdisciplinares02
Atividades interdisciplinares02
 
ppt_Cad
ppt_Cadppt_Cad
ppt_Cad
 
Trends and innovations
Trends and innovationsTrends and innovations
Trends and innovations
 
Extensão para aplicar modelo à rede do df
Extensão para aplicar modelo à rede do dfExtensão para aplicar modelo à rede do df
Extensão para aplicar modelo à rede do df
 
DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...
DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...
DESIGN DE INTERAÇÃO SOCIAL: UM ESTUDO DE DESIGN DE INTERAÇÃO APLICADO A REDE ...
 
Guiao Alemar Rev171209
Guiao Alemar Rev171209Guiao Alemar Rev171209
Guiao Alemar Rev171209
 
Análise da dissertação
Análise da dissertaçãoAnálise da dissertação
Análise da dissertação
 
Introdução ao marketing aula 5_pa3 2012
Introdução ao marketing aula 5_pa3 2012Introdução ao marketing aula 5_pa3 2012
Introdução ao marketing aula 5_pa3 2012
 
Defesa Mestrado
Defesa MestradoDefesa Mestrado
Defesa Mestrado
 
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
Cedep literacias via dispositivos & info basica-30ago2014-v4
 
Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4
Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4
Literacias via dispositivos & info basica cedep-paranoá-df30ago2014-v4
 
metodologia_ciencia
metodologia_cienciametodologia_ciencia
metodologia_ciencia
 
2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e Pesquisa
2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e Pesquisa2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e Pesquisa
2 Disciplina de TIC: Métodos de Investigação e Pesquisa
 

Análise de Conteúdo em Plataformas Online

  • 1. A Análise de Conteúdo em Plataformas de Interação Online: Aplicação Comparativa entre Twitter e Facebook Carlos Eduardo de J. Fernandes (Kadu Fernandiz) Lucina Reitenbach Viana FAE Centro Universitário
  • 3. Pluralidade de manifestações discursivas Entendimento da forma de aplicação dos processos de investigação de práticas comunicacionais Novos contornos da Análise de Conteúdo em virtude das possibilidades da disponibilidade técnica de dados (TIC) Cenário
  • 4. De que forma a análise de conteúdo pode ser aplicada no cenário midiático fragmentado contemporâneo? O Problema
  • 5. Qual a contribuição deste trabalho?
  • 6. Objetivo Geral Entender de que forma a análise de conteúdo como método suporta o trabalho de campo desenvolvido em pesquisa empíricas nas quais se pretende avaliar práticas sociais estabelecidas através de enunciações em plataformas de interação online.
  • 7. • Entender a reconfiguração do método da Análise de Conteúdo a partir de sua utilização em universos alocados no ciberespaço; • Avaliar seus procedimentos frente à dinamicidade do universo pesquisado; • Produzir estudo de aplicação do método em plataformas de interação online distintas notadamente, comparar a utilização e práticas do método quando o universo se localiza no Facebook e no Twitter. Objetivos Específicos
  • 10. Metodologia a) Tipo de pesquisa - Explicativa - Experimental b) Fonte de coleta de dados c) Instrumento e técnicas de coleta de dados d) População e critérios de eleição da amostra
  • 12. Sim! Netnografia. O termo Netnografia é originado da transposição dos estudos etnográficos para o contexto do ciberespaço, considerando suas peculiaridades e também limitações.
  • 14. 1. Estruturação do objeto de pesquisa Jovem Nerd, eu e Azaghal :) Campus Party Brasil Janeiro de 2010
  • 15. Como suporte a esta verificação, utilizamos os quatro procedimentos de validação, apresentados por Kozinets (1998,p. 9): Indivíduos que estejam familiarizados entre si; Comunicações que sejam especificamente identificadas e não-anônimas; Linguagem específica do grupo, símbolos e normas; Manutenção e fiscalização das fronteiras entre dentro e fora do grupo; 2. Validação dos observáveis
  • 18. 59 postagens74 postagens 5. Análise dos dados coletados
  • 19. 5.1. Análise dos dados coletados no Twitter
  • 20. 5.1. Análise dos dados coletados no Twitter
  • 21. 5.2. Análise dos dados coletados no Facebook
  • 22. 5.2. Análise dos dados coletados no Facebook
  • 23. Considerações finais • Diferenças identificadas na interação: Twitter e Facebook; •Aplicabilidade da metodologia de Análise de Conteúdo e afirmação de sua implementação nas plataformas de interação online; •Validação da entrada a campo através dos instrumentos da Netnografia; •Possibilidade de aplicação da metodologia em outros ambientes de interação online; •Abertura de novas frentes de pesquisa acerca desta temática.