SlideShare uma empresa Scribd logo
Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar
essa atividade? Iremos te ajudar!
Entre em contato
(63) 99129-5554
PROVA – FSCE – FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA
II - 54/2023
1ª QUESTÃO
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área – constrói o
seu discurso. É uma espécie de caminho que o estudioso utiliza para conhecer o objeto, o
fenômeno ou o fato que está sendo investigado, com o intuito de chegar a um conhecimento
racional e/ou sistemático. Importa salientar que na construção de um método há muitas
variáveis que precisam ser levadas em consideração, tais como as relações entre os
homens, os determinados períodos históricos e sociais e assim por diante.
FASCINA, Diego L. M. Ciência. Formação Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá,
2023. A partir da leitura do fragmento acima, sobre o método científico, leia as alternativas a
seguir e assinale a resposta correta.
ALTERNATIVAS
O método científico é exclusivo de determinadas áreas do conhecimento e desconsidera as
relações sociais e históricas.
O método científico é um caminho que o pesquisador utiliza para conhecer o objeto de
estudo de forma irracional e subjetiva.
O método científico é um caminho utilizado pelo pesquisador para construir um discurso
irracional e caótico sobre o objeto de estudo.
Na construção do método científico, é indispensável considerar variáveis como as relações
entre os homens e os períodos históricos.
A construção do método científico envolve a consideração de variáveis como as relações
entre os homens, os períodos históricos e sociais, visando alcançar um conhecimento
racional e/ou sistemático.
2ª QUESTÃO
Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é muito simples,
não exigindo a existência de energia elétrica, motores, transistores, fios ou como mais
conhecemos na atualidade, dispositivos que atendem a comandos de voz ou uma tela
responsiva touch screen, ou seja, pode ter ações iniciadas a partir do toque dos dedos,
sensível ao toque. Tecnologia é uma mistura, conjunto, reunião, agrupamento, composto ou
ainda soma de técnicas que podem ser dominadas pelo homem com determinada finalidade
CASTRO, Sílvio. Tecnologia. Formação Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá,
2023. A partir da leitura na íntegra da Unidade 2 do Livro Digital, assinale a alternativa
correta.
ALTERNATIVAS
A tecnologia trouxe atrasos dentre as oportunidades, mas também enfraqueceu demandas
para organizações e trabalhadores.
Tecnologia é um termo que se refere a uma ferramenta específica, criada para desenvolver
problemas ou dificultar a vida das pessoas.
A tecnologia tem um papel fundamental para sociedade, freando o progresso em áreas
como saúde, comunicação, transportes, energia e meio ambiente.
Tecnologia é o conjunto de técnicas, habilidades, métodos e processos usados na produção
de bens ou serviços, ou na realização de objetivos, como em investigações científicas.
A tecnologia tem se mostrado uma das poucas forças econômicas do mundo, gerando
empregos, desestimulando a inovação e impulsionando o crescimento das empresas e das
economias globais.
3ª QUESTÃO
Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se
falava em proteção ao meio ambiente, reciclagem, sustentabilidade e o esgotamento dos
recursos naturais. Professor aposentado, João acompanhou a evolução da temática meio
ambiente e também os problemas que cresceram com a falta de cuidado e preocupação em
preservar os recursos imprescindíveis para a vida em sociedade. Ao recordar e comparar
seu tempo de infância com a contemporaneidade, percebeu que as temperaturas não eram
tão altas a ponto de causar a morte de pessoas, os biomas, principalmente dos rios e
mares, possuíam diversas espécies, não havia tantas indústrias, reflexo da revolução
industrial, causando poluição no ar, nos mares e rios, constatando como isso impactou no
aumento de doenças atuais que inexistiam quando era criança.
Relacionando a situação hipotética com os conhecimentos abordados na Unidade 3 do
Livro Digital, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
O professor aposentado recorda que a Revolução industrial e o surgimento das várias
indústrias nada têm a ver com a poluição existente.
O caso demonstra que João estava aposentado por exercer a profissão de professor de
gestão ambiental, por isso seu vasto conhecimento na área.
A situação hipotética apresenta que as alterações causadas no meio ambiente incondiz com
a falta de bem-estar da população, com o desenvolvimento social e a saúde.
A situação aponta a proteção com o meio ambiente atualmente e demonstra que houve
pouca mudança relacionada com degradação, poluição e escassez dos recursos naturais,
tudo permanece como na década de 1950.
Por meio dos problemas ambientais levantados por João é compreensível "a preocupação
com o meio ambiente, mais especificamente com a degradação e esgotamento dos
recursos naturais", conforme assevera Mateus (2023).
4ª QUESTÃO
Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma ação educativa no colégio e
saber que há casos de manifestação dos sintomas da dengue tão graves, que são capazes
de levar indivíduos a óbito, Malu chegou em sua casa disposta a evitar a proliferação do
mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, doença bastante conhecida da população
brasileira, que constitui grave problema de saúde pública. Sabendo que o mosquito se
reproduz com facilidade em água parada, limpa ou suja, a garota lavou os vasinhos de
plantas e a vasilha de água usada pelo seu animal de estimação, também verificou se em
seu quintal havia objetos acumulando água. Relacionando a situação hipotética com os
conhecimentos abordados na Unidade 1 do Livro Digital, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
A faixa etária mais propensa a contrair a dengue é o público entre 0 a 11 anos.
Controle e eliminação do mosquito da dengue nas residências é uma atividade a cargo
exclusivo da União, Estados e Municípios.
O diagnóstico de dengue deve ser feito pelo centro de saúde, por se tratar de uma doença
contagiosa transmitida pelo aperto de mão.
A mobilização e engajamento da comunidade juntamente com o poder público é essencial
para conscientizar a todos e evitar o aumento expressivo de casos graves.
A aplicação de larvicidas em grandes reservatórios de água é a única estratégia efetiva,
realizada pelos municípios, para a eliminação do mosquito nos bairros.
5ª QUESTÃO
Leia o texto.
Disponível em: Instagram. @instirinhass.Tira. Instirinhass- Tirinhas e Quadrinhos. Acesso
em: 18 nov. 2023. Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro
Digital, avalie as afirmações a seguir.
I. A tira faz menção ao naufrágio do navio Titanic que afundou em 1912 no Atlântico Norte,
ao colidir com um iceberg.
II. A imagem permite inferir que algumas pessoas pensam, primeiramente, na importância
do registro tecnológico mesmo em meio a uma situação de tragédia.
III. A imagem confirma a fala de Spina, Bertassi e Simonette (2018, p. 35), "As tecnologias
de informação e telecomunicações têm alterado o modo de vida das pessoas e criado
novos costumes . . . ".
É correto o que se afirma em ALTERNATIVAS
I, apenas.
II, apenas.
I e II, apenas.
II e III, apenas.
I, II, III.
6ª QUESTÃO
Leia os textos.
TEXTO 1
Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso empurrará bilhões de
pessoas para fora do “nicho climático”, as temperaturas em que os humanos podem
florescer, e os exporá a condições perigosamente quentes, de acordo com um novo
publicado na revista Nature Sustainability, que avaliou o impacto nos seres humanos se o
mundo continuar na trajetória projetada e aquecer 2,7 graus Celsius até o final do século,
em comparação com as temperaturas pré-industriais. Segundo o relatório, viver fora do
nicho pode levar ao aumento das taxas de mortalidade, já que a exposição a temperaturas
acima de 40 graus Celsius pode ser letal, especialmente se a umidade for tão alta que o
corpo não consiga mais se resfriar a uma temperatura que possa manter as funções
normais. Prevê-se também que o calor extremo diminua o rendimento das colheitas e
aumente os conflitos e a propagação de doenças. Os cientistas há muito alertam que o
aquecimento acima de 1,5 grau Celsius resultaria em mudanças catastróficas e
potencialmente irreversíveis. À medida que as áreas dentro do nicho climático diminuem
enquanto as temperaturas globais aumentam, uma faixa maior da população também será
exposta com mais frequência a eventos climáticos extremos, incluindo secas, tempestades,
incêndios florestais e ondas de calor. SUBRAMANIAM, Tara. Aumento da temperatura
global fará bilhões viverem onde vida humana não floresce. CNN Brasil, 25 maio 2023.
Com base nos textos e nos conteúdos do Livro Digital, avalie as afirmações a seguir.
I. Segundo o texto 1, o aumento de 1,5 grau na temperatura global significaria uma iminente
ameaça à vida humana.
II. O texto 2 sugere que as intervenções antrópicas representam um dos principais agentes
responsáveis pelo aquecimento global.
III. Ambos os textos permitem inferir a necessidade, com urgência, de mudanças no
comportamento humano em relação ao meio ambiente.
IV. O texto 1 não se relaciona com o texto 2, na medida em que o aquecimento global e o
desmatamento de florestas estão seguramente controlados. É correto o que se afirma em
ALTERNATIVAS
II, apenas.
I e III, apenas.
III e IV, apenas.
I, II e III, apenas.
I, II, III e IV.
7ª QUESTÃO
Um dos precursores da inteligência artificial foi o cientista britânico Alan Turing (1912-1954).
Um dos diversos estudos publicados por Turing na sua curta, mas prodigiosa carreira
relaciona uma série de perguntas que serviriam para distinguir, em um caso teórico, um
robô de um ser humano. Este método vem orientando os engenheiros e teóricos para o
desenvolvimento da inteligência artificial desde que foi formulado, na década de 1950.
VALENCIA, Alejandro M. O paradoxo que explica por que robôs acham fácil o que é difícil e
difícil o que é fácil, 14 jun. 2023. BBC Brasil. Disponível em:
Considerando a leitura do texto na íntegra e relacionando ao tema estudado, avalie as
afirmações a seguir. I. Os cientistas já superaram todos os desafios do desenvolvimento da
inteligência artificial. II. Alan Turing foi o único cientista que contribuiu para o
desenvolvimento da inteligência artificial. III. O teste de Turing, proposto pelo cientista Alan
Turing, foi um marco no desenvolvimento da inteligência artificial.
É correto o que se afirma em
ALTERNATIVAS
I, apenas.
II, apenas.
III, apenas.
II e III, apenas.
I, II e III.
8ª QUESTÃO
Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, Inglaterra e
Alemanha, o autor Simon Kuznets formulou uma curva em “U invertido”, que, teoricamente,
indica que a distribuição individual da renda tende a ser pior nos primeiros estágios do
desenvolvimento econômico, mas fatores como alterações na composição da produção e
do consumo, aumento do nível educacional e da conscientização relacionada às questões
ambientais, bem como sistemas políticos mais abertos, em teoria, a partir de determinado
ponto, resultam em tendências favoráveis, proporcionando um crescimento da renda per
capita, ou seja, melhor distribuição de renda e, consequentemente, um consumo mais
racional dos recursos naturais.
MATEUS, Gustavo A. P. Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Formação
Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá, 2023.
A partir da leitura do fragmento acima e dos estudos sobre “Meio Ambiente e
Desenvolvimento Sustentável” avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
I. A curva em "U invertido" de Kuznets é uma teoria que afirma que, em um determinado
estágio de desenvolvimento, o crescimento econômico pode levar a uma melhora na
distribuição de renda e a um consumo mais racional dos recursos naturais.
PORQUE
II. Essa teoria afirma que o crescimento econômico é a única causa da melhora na
distribuição de renda e do consumo mais racional dos recursos naturais. A respeito dessas
asserções, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são falsas.
9ª QUESTÃO
Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura
(Unesco) sobre investimentos em pesquisa e desenvolvimento no mundo, no período de
2014 a 2018, mostrou que, mesmo com uma redução drástica dos orçamentos destinados à
ciência e tecnologia no Brasil, a produção científica do país continuou crescendo. Tal
produção é mensurada, principalmente, pelo número de trabalhos científicos publicados em
revistas internacionais, que vem aumentando linearmente no Brasil — e no mundo — ao
longo dos anos. Para que se tenha uma ideia, o país se manteve como o 13º maior produtor
de conhecimento científico no mundo, com participação de 372 mil trabalhos publicados
internacionalmente entre 2015 e 2020. É o que mostra um relatório do Centro de Gestão de
Estudos Estratégicos (CGEE). Isso equivale a 3% da produção científica mundial
acumulada no período. SARAIVA EDUCAÇÃO. Entenda a importância da pesquisa
científica para a valorização da faculdade!
Relacionando o fragmento acima com os conhecimentos abordados no Livro Digital, avalie
as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
I. A continuidade do crescimento da produção científica no Brasil, mesmo diante de uma
redução significativa nos orçamentos destinados à ciência e tecnologia, destaca a eficiência
e a resiliência do sistema científico brasileiro.
PORQUE
II. A mensuração da produção científica pelo número de trabalhos publicados
internacionalmente pode ser limitada, uma vez que não considera a qualidade, impacto e
relevância das pesquisas realizadas. A respeito dessas asserções, assinale a opção
correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são falsas.
10ª QUESTÃO
Se você possui smartphone há mais de 10 anos, talvez não tenha percebido que, no início
da onda da instalação de aplicativos para celulares, quando era instalado um novo
aplicativo, ele não perguntava se podia ter acesso às suas fotos, e-mails, lista de contatos,
localização, informações de outros aplicativos instalados etc. Isso não significa que agora
todos pedem autorização de tudo, mas percebe-se que os próprios sistemas operacionais
(atualmente conhecidos como Android da Google ou IOS da Apple) têm aumentado a
camada de segurança quando algum aplicativo tenta acessar os seus dados, abrindo uma
janela e solicitando sua autorização.
CASTRO, Sílvio. Tecnologia. Formação Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá,
2023. Com base nas informações apresentadas, avalie as asserções a seguir e a relação
proposta entre elas.
I. Todos os aplicativos instalados em smartphones hoje em dia pedem autorização para
acessar todos os dados do usuário.
PORQUE
II. A preocupação com a privacidade dos dados dos usuários de smartphones aumentou
nos últimos anos. A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são falsas.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é muito simples, não exigindo a existência de energia elétrica, motores, transistores, fios ou como mais conhecemos na atualidade

Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...
Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...
Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...
romev26864
 
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
romev26864
 
Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...
Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...
Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...
romev26864
 
Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...
Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...
Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...
romev26864
 
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
romev26864
 
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
ravopaj737
 
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
ravopaj737
 

Semelhante a 2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é muito simples, não exigindo a existência de energia elétrica, motores, transistores, fios ou como mais conhecemos na atualidade (7)

Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...
Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...
Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é m...
 
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
 
Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...
Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...
Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, ...
 
Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...
Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...
Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência...
 
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
 
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área ...
 
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio a...
 

Mais de azulassessoriaacadem3

3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...
3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...
3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...
azulassessoriaacadem3
 
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
azulassessoriaacadem3
 
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
azulassessoriaacadem3
 
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...
azulassessoriaacadem3
 
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
azulassessoriaacadem3
 
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
azulassessoriaacadem3
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
azulassessoriaacadem3
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
azulassessoriaacadem3
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
azulassessoriaacadem3
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
azulassessoriaacadem3
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
azulassessoriaacadem3
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
azulassessoriaacadem3
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
azulassessoriaacadem3
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
azulassessoriaacadem3
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
azulassessoriaacadem3
 

Mais de azulassessoriaacadem3 (20)

3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...
3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...
3. Como será feita a apresentação do conteúdo destas abordagens? Serão debate...
 
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
 
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
Parte 2 Analisando a figura a seguir, discorra sobre os tipos de estratégia p...
 
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está di...
 
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
 
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica  Agora, você está d...
Atividade da ETAPA 3: A Descoberta da Projeção Isométrica Agora, você está d...
 
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
 
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico       No desenho téc...
ETAPA 3: A Importância da Perspectiva no Desenho Técnico No desenho téc...
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
 
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
Agora, você enfrentará um novo desafio. Receberá vistas isométricas de peças ...
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
 
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico       A projeção...
ETAPA 2: A Precisão da Projeção Ortogonal no Desenho Técnico A projeção...
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
 
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
Quando estamos trabalhando em um departamento de projetos, é de suma importân...
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
 
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
ETAPA 1: Iniciando no Desenho Técnico O desenho técnico serve como uma lingua...
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
 
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
PARTE 1: estruture o balanço patrimonial da empresa, usando o seguinte modelo:
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
 
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
4. Disserte sobre como o Senhor Jesus Cristo enxerga conflitos na igreja e qu...
 

Último

Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdfDesafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Falcão Brasil
 
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdfCorreio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Falcão Brasil
 
Esquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdf
Esquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdfEsquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdf
Esquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdfDesafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
 
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdfCorreio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
 
Esquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdf
Esquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdfEsquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdf
Esquadrilhas de Ligação e Observação (ELO).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
 

2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é muito simples, não exigindo a existência de energia elétrica, motores, transistores, fios ou como mais conhecemos na atualidade

  • 1. Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar essa atividade? Iremos te ajudar! Entre em contato (63) 99129-5554 PROVA – FSCE – FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 54/2023 1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qualquer área – constrói o seu discurso. É uma espécie de caminho que o estudioso utiliza para conhecer o objeto, o fenômeno ou o fato que está sendo investigado, com o intuito de chegar a um conhecimento racional e/ou sistemático. Importa salientar que na construção de um método há muitas variáveis que precisam ser levadas em consideração, tais como as relações entre os homens, os determinados períodos históricos e sociais e assim por diante. FASCINA, Diego L. M. Ciência. Formação Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá, 2023. A partir da leitura do fragmento acima, sobre o método científico, leia as alternativas a seguir e assinale a resposta correta. ALTERNATIVAS
  • 2. O método científico é exclusivo de determinadas áreas do conhecimento e desconsidera as relações sociais e históricas. O método científico é um caminho que o pesquisador utiliza para conhecer o objeto de estudo de forma irracional e subjetiva. O método científico é um caminho utilizado pelo pesquisador para construir um discurso irracional e caótico sobre o objeto de estudo. Na construção do método científico, é indispensável considerar variáveis como as relações entre os homens e os períodos históricos. A construção do método científico envolve a consideração de variáveis como as relações entre os homens, os períodos históricos e sociais, visando alcançar um conhecimento racional e/ou sistemático. 2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais antigo, é muito simples, não exigindo a existência de energia elétrica, motores, transistores, fios ou como mais conhecemos na atualidade, dispositivos que atendem a comandos de voz ou uma tela responsiva touch screen, ou seja, pode ter ações iniciadas a partir do toque dos dedos, sensível ao toque. Tecnologia é uma mistura, conjunto, reunião, agrupamento, composto ou ainda soma de técnicas que podem ser dominadas pelo homem com determinada finalidade CASTRO, Sílvio. Tecnologia. Formação Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá, 2023. A partir da leitura na íntegra da Unidade 2 do Livro Digital, assinale a alternativa correta. ALTERNATIVAS A tecnologia trouxe atrasos dentre as oportunidades, mas também enfraqueceu demandas para organizações e trabalhadores. Tecnologia é um termo que se refere a uma ferramenta específica, criada para desenvolver problemas ou dificultar a vida das pessoas. A tecnologia tem um papel fundamental para sociedade, freando o progresso em áreas como saúde, comunicação, transportes, energia e meio ambiente. Tecnologia é o conjunto de técnicas, habilidades, métodos e processos usados na produção de bens ou serviços, ou na realização de objetivos, como em investigações científicas. A tecnologia tem se mostrado uma das poucas forças econômicas do mundo, gerando empregos, desestimulando a inovação e impulsionando o crescimento das empresas e das economias globais.
  • 3. 3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu João nasceu, pouco se falava em proteção ao meio ambiente, reciclagem, sustentabilidade e o esgotamento dos recursos naturais. Professor aposentado, João acompanhou a evolução da temática meio ambiente e também os problemas que cresceram com a falta de cuidado e preocupação em preservar os recursos imprescindíveis para a vida em sociedade. Ao recordar e comparar seu tempo de infância com a contemporaneidade, percebeu que as temperaturas não eram tão altas a ponto de causar a morte de pessoas, os biomas, principalmente dos rios e mares, possuíam diversas espécies, não havia tantas indústrias, reflexo da revolução industrial, causando poluição no ar, nos mares e rios, constatando como isso impactou no aumento de doenças atuais que inexistiam quando era criança. Relacionando a situação hipotética com os conhecimentos abordados na Unidade 3 do Livro Digital, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS O professor aposentado recorda que a Revolução industrial e o surgimento das várias indústrias nada têm a ver com a poluição existente. O caso demonstra que João estava aposentado por exercer a profissão de professor de gestão ambiental, por isso seu vasto conhecimento na área. A situação hipotética apresenta que as alterações causadas no meio ambiente incondiz com a falta de bem-estar da população, com o desenvolvimento social e a saúde. A situação aponta a proteção com o meio ambiente atualmente e demonstra que houve pouca mudança relacionada com degradação, poluição e escassez dos recursos naturais, tudo permanece como na década de 1950. Por meio dos problemas ambientais levantados por João é compreensível "a preocupação com o meio ambiente, mais especificamente com a degradação e esgotamento dos recursos naturais", conforme assevera Mateus (2023). 4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma ação educativa no colégio e saber que há casos de manifestação dos sintomas da dengue tão graves, que são capazes de levar indivíduos a óbito, Malu chegou em sua casa disposta a evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, doença bastante conhecida da população brasileira, que constitui grave problema de saúde pública. Sabendo que o mosquito se reproduz com facilidade em água parada, limpa ou suja, a garota lavou os vasinhos de plantas e a vasilha de água usada pelo seu animal de estimação, também verificou se em seu quintal havia objetos acumulando água. Relacionando a situação hipotética com os conhecimentos abordados na Unidade 1 do Livro Digital, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS
  • 4. A faixa etária mais propensa a contrair a dengue é o público entre 0 a 11 anos. Controle e eliminação do mosquito da dengue nas residências é uma atividade a cargo exclusivo da União, Estados e Municípios. O diagnóstico de dengue deve ser feito pelo centro de saúde, por se tratar de uma doença contagiosa transmitida pelo aperto de mão. A mobilização e engajamento da comunidade juntamente com o poder público é essencial para conscientizar a todos e evitar o aumento expressivo de casos graves. A aplicação de larvicidas em grandes reservatórios de água é a única estratégia efetiva, realizada pelos municípios, para a eliminação do mosquito nos bairros. 5ª QUESTÃO Leia o texto.
  • 5. Disponível em: Instagram. @instirinhass.Tira. Instirinhass- Tirinhas e Quadrinhos. Acesso em: 18 nov. 2023. Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro Digital, avalie as afirmações a seguir. I. A tira faz menção ao naufrágio do navio Titanic que afundou em 1912 no Atlântico Norte, ao colidir com um iceberg. II. A imagem permite inferir que algumas pessoas pensam, primeiramente, na importância do registro tecnológico mesmo em meio a uma situação de tragédia. III. A imagem confirma a fala de Spina, Bertassi e Simonette (2018, p. 35), "As tecnologias de informação e telecomunicações têm alterado o modo de vida das pessoas e criado novos costumes . . . ". É correto o que se afirma em ALTERNATIVAS I, apenas. II, apenas. I e II, apenas. II e III, apenas. I, II, III. 6ª QUESTÃO Leia os textos. TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso empurrará bilhões de pessoas para fora do “nicho climático”, as temperaturas em que os humanos podem florescer, e os exporá a condições perigosamente quentes, de acordo com um novo publicado na revista Nature Sustainability, que avaliou o impacto nos seres humanos se o mundo continuar na trajetória projetada e aquecer 2,7 graus Celsius até o final do século, em comparação com as temperaturas pré-industriais. Segundo o relatório, viver fora do nicho pode levar ao aumento das taxas de mortalidade, já que a exposição a temperaturas acima de 40 graus Celsius pode ser letal, especialmente se a umidade for tão alta que o corpo não consiga mais se resfriar a uma temperatura que possa manter as funções normais. Prevê-se também que o calor extremo diminua o rendimento das colheitas e aumente os conflitos e a propagação de doenças. Os cientistas há muito alertam que o aquecimento acima de 1,5 grau Celsius resultaria em mudanças catastróficas e potencialmente irreversíveis. À medida que as áreas dentro do nicho climático diminuem enquanto as temperaturas globais aumentam, uma faixa maior da população também será exposta com mais frequência a eventos climáticos extremos, incluindo secas, tempestades, incêndios florestais e ondas de calor. SUBRAMANIAM, Tara. Aumento da temperatura global fará bilhões viverem onde vida humana não floresce. CNN Brasil, 25 maio 2023.
  • 6. Com base nos textos e nos conteúdos do Livro Digital, avalie as afirmações a seguir. I. Segundo o texto 1, o aumento de 1,5 grau na temperatura global significaria uma iminente ameaça à vida humana. II. O texto 2 sugere que as intervenções antrópicas representam um dos principais agentes responsáveis pelo aquecimento global. III. Ambos os textos permitem inferir a necessidade, com urgência, de mudanças no comportamento humano em relação ao meio ambiente. IV. O texto 1 não se relaciona com o texto 2, na medida em que o aquecimento global e o desmatamento de florestas estão seguramente controlados. É correto o que se afirma em ALTERNATIVAS II, apenas. I e III, apenas. III e IV, apenas. I, II e III, apenas.
  • 7. I, II, III e IV. 7ª QUESTÃO Um dos precursores da inteligência artificial foi o cientista britânico Alan Turing (1912-1954). Um dos diversos estudos publicados por Turing na sua curta, mas prodigiosa carreira relaciona uma série de perguntas que serviriam para distinguir, em um caso teórico, um robô de um ser humano. Este método vem orientando os engenheiros e teóricos para o desenvolvimento da inteligência artificial desde que foi formulado, na década de 1950. VALENCIA, Alejandro M. O paradoxo que explica por que robôs acham fácil o que é difícil e difícil o que é fácil, 14 jun. 2023. BBC Brasil. Disponível em: Considerando a leitura do texto na íntegra e relacionando ao tema estudado, avalie as afirmações a seguir. I. Os cientistas já superaram todos os desafios do desenvolvimento da inteligência artificial. II. Alan Turing foi o único cientista que contribuiu para o desenvolvimento da inteligência artificial. III. O teste de Turing, proposto pelo cientista Alan Turing, foi um marco no desenvolvimento da inteligência artificial. É correto o que se afirma em ALTERNATIVAS I, apenas. II, apenas. III, apenas. II e III, apenas. I, II e III. 8ª QUESTÃO Por meio de dados de crescimento e distribuição de renda dos Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, o autor Simon Kuznets formulou uma curva em “U invertido”, que, teoricamente, indica que a distribuição individual da renda tende a ser pior nos primeiros estágios do desenvolvimento econômico, mas fatores como alterações na composição da produção e do consumo, aumento do nível educacional e da conscientização relacionada às questões ambientais, bem como sistemas políticos mais abertos, em teoria, a partir de determinado ponto, resultam em tendências favoráveis, proporcionando um crescimento da renda per capita, ou seja, melhor distribuição de renda e, consequentemente, um consumo mais racional dos recursos naturais. MATEUS, Gustavo A. P. Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Formação Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá, 2023. A partir da leitura do fragmento acima e dos estudos sobre “Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável” avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
  • 8. I. A curva em "U invertido" de Kuznets é uma teoria que afirma que, em um determinado estágio de desenvolvimento, o crescimento econômico pode levar a uma melhora na distribuição de renda e a um consumo mais racional dos recursos naturais. PORQUE II. Essa teoria afirma que o crescimento econômico é a única causa da melhora na distribuição de renda e do consumo mais racional dos recursos naturais. A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são falsas. 9ª QUESTÃO Um relatório especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) sobre investimentos em pesquisa e desenvolvimento no mundo, no período de 2014 a 2018, mostrou que, mesmo com uma redução drástica dos orçamentos destinados à ciência e tecnologia no Brasil, a produção científica do país continuou crescendo. Tal produção é mensurada, principalmente, pelo número de trabalhos científicos publicados em revistas internacionais, que vem aumentando linearmente no Brasil — e no mundo — ao longo dos anos. Para que se tenha uma ideia, o país se manteve como o 13º maior produtor de conhecimento científico no mundo, com participação de 372 mil trabalhos publicados internacionalmente entre 2015 e 2020. É o que mostra um relatório do Centro de Gestão de Estudos Estratégicos (CGEE). Isso equivale a 3% da produção científica mundial acumulada no período. SARAIVA EDUCAÇÃO. Entenda a importância da pesquisa científica para a valorização da faculdade! Relacionando o fragmento acima com os conhecimentos abordados no Livro Digital, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. I. A continuidade do crescimento da produção científica no Brasil, mesmo diante de uma redução significativa nos orçamentos destinados à ciência e tecnologia, destaca a eficiência e a resiliência do sistema científico brasileiro. PORQUE II. A mensuração da produção científica pelo número de trabalhos publicados internacionalmente pode ser limitada, uma vez que não considera a qualidade, impacto e relevância das pesquisas realizadas. A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
  • 9. ALTERNATIVAS As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são falsas. 10ª QUESTÃO Se você possui smartphone há mais de 10 anos, talvez não tenha percebido que, no início da onda da instalação de aplicativos para celulares, quando era instalado um novo aplicativo, ele não perguntava se podia ter acesso às suas fotos, e-mails, lista de contatos, localização, informações de outros aplicativos instalados etc. Isso não significa que agora todos pedem autorização de tudo, mas percebe-se que os próprios sistemas operacionais (atualmente conhecidos como Android da Google ou IOS da Apple) têm aumentado a camada de segurança quando algum aplicativo tenta acessar os seus dados, abrindo uma janela e solicitando sua autorização. CASTRO, Sílvio. Tecnologia. Formação Sociocultural e Ética II. UniCesumar: Maringá, 2023. Com base nas informações apresentadas, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. I. Todos os aplicativos instalados em smartphones hoje em dia pedem autorização para acessar todos os dados do usuário. PORQUE II. A preocupação com a privacidade dos dados dos usuários de smartphones aumentou nos últimos anos. A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira e a II uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa e a II uma proposição verdadeira. As asserções I e II são falsas.