SlideShare uma empresa Scribd logo
1
DLD Pelariga 2020
2
0798 - Utilitários
(*) Em Vigor
Designação da UFCD:
Utilitários
Código:
0798
Carga Horária:
25 horas
Pontos de crédito:
2,25
Objetivos
• Instalar e configurar utilitários sobre o sistema operativo (SO).
Recursos Didáticos
Conteúdos
• Tipos de utilitários
o Antivírus
o Gestores de disco
o Compressores e descompressores de dados
o Conversores de ficheiros
o Browsers de acesso a uma rede intranet/internet
o Emulação de terminais
o Transferência de ficheiros (File Transfer)
• Instalação e configuração de utilitários
o Acesso a bases de dados e a servidores
o Gestores de monitorização de tráfego de redes
o Gestores de mail
o Gestores de bancos de imagens
o Gestores de comunicações
3
Utilitários são programas utilizados para suprir deficiências dos sistemas
operacionais.[1]
Pode-se incluir nos utilitários programas para: compactação de dados,
aumento de desempenho de máquinas, overclock, limpeza de discos rígidos, acesso
à internet, partilha de conexões, etc.
O programa utilitário contrasta com o programa de aplicação, que permite aos usuários
realizar tarefas como: criação de documentos de texto, jogar, ouvir música, ou navegar
na web. Ao invés de prover esse tipo de funcionalidade voltada para o usuário, o programa
utilitário normalmente está relacionado ao modo de funcionamento de uma infraestrutura
computacional (incluindo hardware, sistema operacional, armazenamento de dados e
programa de aplicação). Devido a esse foco, os utilitários geralmente são mais técnicos do
que os programas aplicativos, e por isso costumam ser usados por pessoas com níveis
mais avançados de conhecimento sobre computação.
A maior parte dos sistemas operacionais já incluem muitos utilitários pré-instalados.
Utilitários em Mainframes
Utilitário também é a designação atribuída a programas que suprem algumas
funcionalidades básicas das aplicações em instalações Mainframe. Alguns deles são
utilizados para o estudo de JCL (Job Control Language). Podemos incluir nos utilitários
programas para: classificar arquivos - SORT, alocar e/ou remover arquivo IEFBR14,
acessar arquivos sequenciais ICEGENER, etc.
Categorias de Utilitários
• Armazenamento em disco
• Backup
• Gerenciamento de arquivos
• Listagem de recursos de hardware/software
• Antivírus
• Compressão de dados
4
Antivírus
Os antivírus são programas de computador concebidos para prevenir, detectar e
eliminar vírus do computador.
Existe uma grande variedade de produtos com esse intuito no mercado, a diferença
entre eles está nos métodos de detecção, no preço e nas funcionalidades.
5
Problemas de segurança
Devido a uma série de motivos, a família de sistema operacional Windows é a mais
visada pelos projectistas de vírus.
Alguns dos motivos aqui abaixo indicados:
amplamente utilizado;
alto índice de usuários leigos;
forma como foi projectada inicialmente: sem sistema de permissões e mono usuário
(argumento questionável e por muitos considerado falso);
Problemas de segurança
relativa demora na entrega de correcções (argumento questionável e por muitos
considerado falso);
dependente de software de terceiros para eficaz segurança.
O índice de vírus no sistema operacional GNU/Linux é muito mais baixo que no
Windows, mas falhas de segurança que podem levar o sistema a tornar-se inseguro são
descobertas com mais frequência se comparadas ao Windows. Por isso, é importante,
que independente do sistema operacional que utilize, você o mantenha sempre
actualizado.
Um antivírus é um programa, que ajuda a proteger o computador contra vírus, como o
próprio nome indica.
Há vários tipos de antivírus tais como:
Avira Antivir!
AVG!
Avast!
BitDefender!
ClamWin Antivírus
6
Procedimento de instalação:
Se o antivírus veio num CD temos que colocar o CD no leitor de CD e esperar pela
reprodução automática e Clicar onde diz instalar e segue a restantes instruções....
Se o antivírus for tirado da Net procura a pasta onde o antivírus foi guardado e Clic
duas vezes no ícone onde diz instalar ( pode estar escrito em inglês SETUP.EXE).
Desinstalar o Antivírus
Ir ao painel de controlo e ir “desinstalar programa”.
Abra a página de “desinstalar programa”, o seguinte é procurar o antivírus que esta
instalado e remove-lo.
Depois de ter desentalado o antivírus vá ao programa de instalação do novo antivírus
e clic na tecla direita do rato.
Clic no programa para executa-lo, depois de ter clicado no programa vai aparecer o
programa para iniciar a instalação.
Vai aparecer no programa de instalação 2 pequenas barras: seguinte, cancelar.
Clic seguinte para prosseguir com a instalação do antivírus.
Continue a clicar em seguinte a até aparecer um texto para aceitar o contrato do
antivírus.
Depois de ter aceitado o contrato do programa, continue a clicar em seguinte.
Vai aparecer uma parte em que lugar vai ficar instalado o programa.
Depois de aparecer um texto onde vai ficar o programa instalado vai aparecer uma
barra para instalar o programa, é preciso esperar um bocado.
7
Instalação do software anti-vírus Recuperação do antivírus
•Neste caso vamos fazer uma recuperação do software AVG, porque já existe o mesmo
instalado. Passos:
1.Vamos ao menu iniciar;
2.Abrimos o painel de controlo;
3.Instalar ou desinstalar um programa;
Recuperação do antivírus
•Existem 3 opções de escola.
•1º opção – adicionar ou remover funcionalidade;
•2º opção – reparar;
•3 opção – remover;
•Escolha 2º opção (reparar);
•Clique em continuar para que o processamento seja efectuado com sucesso.
Recuperação do antivírus
•Irá pedir a chave de licença, se a tiver coloque-a na ranhura para que se possa continuar
o processo, se não a tiver terá essa informação junto á pasta respectiva do formulário.
Recuperação do antivírus
•A reparação do software esta a preparar-se;
Recuperação do antivírus
•A reparação do software já se encontra em curso;
Recuperação do antivírus
•A reparação já fui concluída;
Recuperação do antivírus
•Agora para que o processo seja feito com sucesso terá de reiniciar o computador;
Recuperação do antivírus
•O computador foi reiniciado, agora tem a protecção que tanto desejava no seu
computador.
8
9
10
11
Gestor de disco
É um programa de computador usado para criar e organizar diretórios e arquivos
em sistemas operacionais.
O gerenciamento de arquivos tem como função: gerenciar espaços alocados, criar e
deletar arquivos .Ex: criar e deletar diretórios de memória swap, mapear arquivos em
disco em massa, fazer a manipulação de arquivos e diretórios (directx, copyling, cding,
etc).
Actualmente eles são predominantemente software para interface gráfica, porém os
primeiros eram maioritariamente para sistemas com apenas linha de comando (CLI).
Um Gestor de Disco é fundamental para o bom desempenho e manutenção de um Disco
Rígido.
Entre as suas várias funções destacam-se a formatação, gestão de partições e criação
de Backups.
12
Como usar o Gestor de Disco
Todas as versões do Windows incluem uma ferramenta que se chama Gestão de
Discos, que, como o nome indica, permite gerir os discos rígidos que tem instalados no
seu computador.Mas não só, neste programa aparecem também todos os tipos de
sistemas de armazenagem de dados, sejam eles USB ou ópticos.
Este programa permite-lhe particionar e formatar discos, atribuir letras, diminuir o
tamanho de uma partição e mesmo mudar o sistema de ficheiros que usa.No Windows
8, para activar o programa use a combinação de teclas Windows+X e escolha “Gestão
de discos”.
A interface do programa tem duas partes: a parte de cima mostra-lhe uma lista das
partições que podem ser usadas pelo Windows e a parte de baixo mostra-lhe a lista das
drives que o Windows detectou.
13
• Os compressores de ficheiros são programas com capacidade para comprimir
ficheiros ou pastas, tornando-as mais “magras”, ou seja, ocupando menos
espaço nas unidades de memória secundárias .
• Este processo é particularmente útil pois permite transportar ficheiros grandes
em memórias secundárias amovíveis, enviar ficheiros pela Internet de uma forma
mais rápida e libertar espaço no disco rígido do computador.
• Para recuperar o formato inicial dos ficheiros, é preciso efectuar a operação
inversa, ou seja, descomprimir.
• O sistema operativo Windows suporta dois tipos de compressão:
• a compressão NTFS ( N e w T e c h n ol og y F il e S y s t e m )
• a compressão Pastas comprimidas (.zip).
• é o ato de reduzir o espaço ocupado por dados num determinado dispositivo.
14
• Essa operação é realizada através de diversos algoritmos de compressão,
reduzindo a quantidade de Bytes para representar um dado, sendo esse dado
uma imagem, um texto, ou um arquivo (ficheiro) qualquer.
• Comprimir dados destina-se também a retirar a redundância, baseando-se que
muitos dados contêm informações redundantes que podem ou precisam ser
eliminadas de alguma forma.
• Essa forma é através de uma regra, chamada de código ou protocolo, que,
quando seguida, elimina os bits redundantes de informações, de modo a diminuir
seu tamanho nos ficheiros.
• Por exemplo, a sequência "AAAAAA" que ocupa 6 bytes, poderia ser
representada pela sequência "6A", que ocupa 2 bytes, economizando 67% de
espaço.
• Além da eliminação da redundância, os dados são comprimidos pelos mais
diversos motivos.
• Entre os mais conhecidos estão economizar espaço em dispositivos de
armazenamento, como discos rígidos, ou ganhar desempenho (diminuir tempo)
em transmissões.
• Embora possam parecer sinônimos, compressão e compactação de dados são
processos distintos.
• A compressão, como visto, reduz a quantidade de bits para representar algum
dado, enquanto a compactação tem a função de unir dados que não estejam
unidos.
15
• Um exemplo clássico de compactação de dados é a desfragmentação de
discos.
• Existem dois tipos de compressão de dados:
• - Com perdas de informação;
• - Sem perdas de informação;
• Com perdas de informação:
• - a informação é recuperada sem qualquer alteração após o processo de
descompressão.
• Este tipo de compressão é usada em texto e em algumas aplicações
multimédia críticas onde a informação é essencial.
Este tipo de compressão é também designada por compressão reversível.
• Exemplos: Imagens fixas, Filmes/animações e Som.
• Existem dois esquemas básicos de compressão:
•
· Métodos de Transformação
· Métodos Preditivos
• Sem perdas de informação:
16
• A informação é comprimida por algum algoritmo e, ao descomprimir, todas as
informações são recuperadas.
• Exemplos:
• Imagens fixas, Filmes/animações, Som e em Arquivos.
17
Conversores de ficheiros:
Os conversores são aplicativos que convertem valores, de um sistema para o outro. No
mercado, atualmente existe uma grande variedade de conversores de software.
Apresentamos a seguir alguns exemplos de conversores de ficheiros:
ALO Power Áudio Converter:
O ALO Power Áudio Converter é uma ferramenta que permite converter ficheiros de áudio
em diversos formatos como por exemplo: WAV, MP3, MP2, MP1, MConversor para iPod.
Consegue converter arquivos do tipo AVI, MPEG, WMV, MOV, MP4, RM, RMVB, DivX, ASF,
VOB e 3GP, para alguns formatos como por exemplo: WAV, MP3, MP2, OGG, AC3, VOX ou
AMR.
Traz uma conexão mais simples e personalizável.
O ALO Power Áudio Converter trabalha em Windows 98, NT, 2000, Millenium, XP, 2003,
Vista e Windows.
Conversor Nero 9:
O Conversor Nero 9 é um conjunto de ferramentas de multimédia de
simples utilização. Com este programa, pode - se criar, extrair, gravar,
modificar, salvar, partilhar e fazer download de qualquer multimédia: música,
vídeos, fotos e dados.
A nível da música pode organizar e escutar o MP3 ou o rádio a partir da
internet. Com este programa também é possível escutar alguns discos e criar
uma lista de músicas preferidas.
A nível do vídeo as ferramentas de criação e modificação de vídeos
possibilitam a inserção de menus 2D ou 3D ou até mesmo a sua banda sonora
preferida. A gravação do vídeo suporta os formatos HD e converte os projectos
para o AVCHD ou discos Blu-ray. O programa possibilita a demonstração de
fotos em tela cheia, algumas ferramentas de modificação e oferece também
algumas opções como: cortar, rodar, ajustar e melhorar a qualidade das fotos.
18
Nitro PDF Professional:
O programa Nitro PDF Professional, permite fazer com o formato PDF através de
ferramentas para criar, converter, editar e combinar. Oferece uma conversão, para muitos tipos
de arquivos comummente utilizados, incluindo o Microsoft Word, Excel,
PowerPoint, WordPerfect, e muitos mais, Nitro PDF Professional simplifica o processo de
criação de PDF.
Todos os ficheiros PDF criados com o Nitro PDF Professional são 100% compatíveis com
outras aplicações, incluindo visualização PDF Adobe Reader e o Adobe Acrobat.
Icsoft DVD Ripper Platinum:
Dicsoft DVD Ripper Platinum é uma solução que permite criar qualquer vídeo
de conversão de DVD.
Pode-se converter DVD para vídeo do iPod, Microsoft Zune,
Pocket PC, 3GP telefone móvel ou qualquer outro jogador MP4, como a Samsung
iRiver, Archos, Creative Zen Vision e outros.
DVD to MP4 converter, DVD to MP3 converter, convert DVD to MOV, DVD ao
conversor MP4, DVD ao conversor de MP3, converter DVD para MOV Convert ANY DVD
to ANY vídeo files format at one time. Converta qualquer DVD para qualquer formato de
arquivos de vídeo numa hora.
19
ImTOO iPod Movie Converter:
Conversor para iPod. Converta arquivos do tipo AVI, MPEG, WMV, MOV,
MP4, RM, RMVB, DivX, ASF, VOB e 3GP diretamente para o iPod.Também é
possível transferir áudio de vídeos diretamente para iPod MP3.
O programa possui 2
modos de operação, um com guia para iniciantes e outro com várias opções para
usuários avançados.
20
Browsers de acesso à Intranet
Hoje o mercado dos browsers (nome em inglês, também usado em concursos)
está mais disputado. Depois de um longo período de domínio quase total do
Internet Explorer outras opções vêm surgindo com força, como o Firefox, da
fundação Mozilla, o Opera e o Safari.
Então acompanhe a lista com os nomes, da atual versão dos navegadores para
PC:
• Microsoft Internet Explorer 9
• Mozilla Firefox 7.0
• Opera 11
• Google Chrome 15
• Safari
Browsers de acesso à Internet
Fala se muito sobre browsers de acesso à Internet, quais os mais indicados para uma
melhor experiência e segurança na Internet.
Os browsers, como qualquer produto, estão constantemente a ser actualizados de modo
a melhorar a experiência e segurança da navegação dos utilizadores na Internet.
Os sites vão evoluindo e acompanhando as tendências dos desenvolvimentos para a
Internet. Para que todos os utilizadores tenham a melhor experiência de utilização
precisam de ter o seus browsers de acesso à Internet com versões recentes.
Browsers recomendados
• Mozilla Firefox 3.6
• Google Chrome
• Internet Explorer 8
• Safari 4
21
figura.1- Browsers de acesso a uma rede intranet/Internet
22
Em computação, um emulador é um software que reproduz as funções de
um determinado ambiente, com o objetivo de permitir a execução de outros
software sobre ele. O emulador também é responsável pela simulação dos
circuitos integrados ou chips do sistema de hardware em um software.
Basicamente, um emulador expõe as funções de um sistema para
reproduzir seu comportamento, permitindo que um software criado para uma
plataforma funcione em outra.
Figura.1-Emulação de terminais
23
Transferência de Ficheiros (FTP)
Protocolo de Transferência de Arquivos é uma forma bastante rápida e versátil
de transferir arquivos (Portugal: conhecidos como ficheiros), sendo uma das mais usadas
na Internet.
Pode referir-se tanto ao protocolo quanto ao programa que implementa este protocolo
(Servidor FTP, neste caso, tradicionalmente aparece em letras minúsculas, por influência
do programa de transferência de arquivos do Unix).
A transferência de dados em redes de computadores envolve normalmente transferência
de arquivos e acesso a sistemas de arquivos remotos
(com a mesma interface usada nos arquivos locais). O FTP é baseado
no TCP, mas é anterior à pilha de protocolos TCP/IP, sendo posteriormente
adaptado para o TCP/IP. É o padrão da pilha TCP/IP para transferir arquivos,
é um protocolo genérico independente de hardware.
24
O FTP (File Transfer Protocol) permite a transferência de ficheiros entre dois computadores da
Internet;
O utilizador pode ter acesso autorizado ao sistema remoto, ou pode usar o
serviço de FTP anónimo;
O FTP anónimo permite ao utilizador ter acesso a áreas específicas do disco
do sistema remoto. Estas áreas constituem arquivos públicos de software e
informação em geral.
Comandos mais usados
user, ls, cd, lcd, get, mget, put, mput, prompt, binary, ascii, type, hash
ftp anónimo
ftp <nome>
login:anonymous
password: endereço de email
O FTP usa a arquitectura cliente-servidor.
25
Acesso remoto é uma tecnologia que permite que um computador consiga ter acesso a um
servidor privado normalmente de uma empresa por meio de outro computador que não
está fisicamente conectado à rede. Acesso remoto é uma tecnologia que permite que um
computador consiga ter acesso um servidor privado normalmente de uma empresa por
meio de outro computador que não está fisicamente conectado à rede.
Como funciona
A maneira mais comum de usar o acesso remoto é por meio de uma VPN ( Rede Privada
Virtual), que consegue estabelecer uma ligação direta entre o computador e o servidor de
destino criando uma espécie de " túnel protegido " na Internet. A conexão à distância é
feita com segurança de dados em ambos os lados e pode trazer diversos benefícios para
manutenção.
Figura.1-Acesso remoto a servidores
26
Gestores de Mail
Neste ponto do nosso módulo, vamos desenvolver o tema dos gestores de email. O
que são e-mails, para que serve os gestores de e-mails e os diferentes gestores que
existem. Quais as suas funções, as suas vantagens e desvantagens e as diferenças
entre si. Vamos falar também dos web-mails.
O que é um E-mail?
Permite escrever, enviar e receber mensagens através de sistemas
electrónicos neste caso pela Internet.
O termo email é aplicado tanto aos sistemas que utilizam a Internet em
qualquer lugar do mundo tal como sistemas intranet dentro de uma
organização ou empresa.
O correio electrónico é anterior ao surgimento da Internet. Os sistemas de
email tiveram um papel fundamental para a criação da rede internacional de
computadores.
A sua história
O primeiro sistema de troca de mensagens entre computadores que se
tem notícia foi em 1965, possibilitava a comunicação entre múltiplos usuários
de um computador do tipo mainframe. Apesar de a história não estar provada,
acredita-se que os primeiros sistemas com tais funcionalidades foram o Q32 da
SDC e o CTSS do MIT.
O sistema electrónico de mensagens transformou-se rapidamente em um
“email em rede”, permitindo que usuários situados em diferentes computadores
trocassem mensagens.
Não se sabe ao certo qual foi o sistema que suportou email em rede. Mas
pensa-se que foi o sistema AUTODIN, em 1996, ter permitido que mensagens
electrónicas fossem transferidas entre computadores diferentes, mas é possível
que o sistema SAGE tivesse a mesma função já algum tempo antes.
A rede de computadores ARPANET teve um grande papel para a evolução do
email. Existe informação que indica que a transferência de correio electrónico entre
computadores situados nesta rede logo após a sua criação, em 1969. A data de 29 de
27
Outubro de 1969, ficou registada como a primeira mensagem enviada para
computadores situados em locais distantes.
E-mails gratuitos e Web-mail
Com a expansão da Internet pelo mundo, através de provedores gratuitos (cujo
os utilizadores ganhavam também uma caixa de correio electrónico grátis), a
partir desse momento começaram a oferecer endereços de email gratuitos sem
qualquer outro serviço. Essas mensagens electrónicas podem ser lidas com o
uso do próprio navegador, sem a necessidade de um programa específico, é
por essa razão que são designados por web-mails.
Web-mail tem uma interface (aspecto) da World Wide Web (Internet) que
permite ao utilizador ler e escrever email através de um navegador.
Com o surgimento do correio electrónico em 1972, considerado um aplicativo
da Internet, começa a necessidade de um mecanismo fácil para a
comunicação. Em Março de 1972, Ray Tomlison escreveu o software básico de
email para o sistema ARPANET. Em Julho, Roberts expandiu as utilidades do
software, colocando utilitários para organizar, ler selectivamente, arquivar,
encaminhar e responder a mensagens.
A partir deste momento, o correio electrónico se tornou a maior aplicação
de rede até então. Este foi um dos softwares que mais cresceu em relação a
todos os tipos de utilitários e aplicações da Internet até hoje.
A grande vantagem do Web-mail é o facto de não ser necessário possuir
um programa específico para a leitura ou envio de mensagens de correio
electrónico, qualquer computador ligado à Internet com um navegador é
suficiente.
O único grande inconveniente e que quaisquer mensagens electrónicas
ficam armazenadas no servidor do ISP, o que pode limitar o numero de
mensagens que podemos armazenar.
O Web-mail mais conhecido, um dos primeiros a surgir no mercado. Com
uma interface simples, conta com uma caixa limitada de 5gb, o sistema de anexos,
pode ser um bocado complicado de utilizar, mas em termos de eficácia está muito
bom. Está protegido com anti-vírus Panda livre. Em termos de visual, está muito bem
conseguido não sendo exigente em termos de Internet.
28
A favor:
-Rápido, bem organizado;
-Com opção de sincronização automática em Offline;
-IMAP e POP suporte gratuito;
-Anexos até 20 MB;
Contra:
-Interface diferente – com tags, em vez de pastas;
-No painel de visualização completa;
-Armazenamento amplo, mas não é ilimitado;
As análises elogiam o Gmail pela sua velocidade, facilidade de uso e excelente
organização. Pode-se personalizar e atribuir múltiplas cores, Gmail organiza
automaticamente a caixa de entrada em segmentos para manter as mensagens
separadas por assuntos. O Gmail permite enviar mensagens de 20 MB. Os anúncios
são limitados, a mensagens de texto mostram apenas o e-mail recebido. O Gmail
também é elogiado continuamente porque permite adicionar novos recursos como por
exemplo: trabalhar offline, lembrar do ultimo email enviado, ver várias caixas de
entrada, etc.
Hotmail
O Hotmail em relação, ao Windows Live mail não permite uma grande
personalização. E as divisões das caixas estão bem conseguidas. Com uma
caixa de correio limitada mas ampla 5gb, consta com uma interface simples. O
sistema de anexos está bem elaborado e fácil de trabalhar, em termos de
desempenho não exige muito da Internet ao contrário do Windows live mail.
Consta com uma interface simples.
A favor:
-Personalização do Interface;
-Arrastar e soltar pastas;
-Fácil, trocas entre contas de e-mail;
-Uma boa integração com os recursos do Windows Live;
29
Contra:
-Grandes anúncios, a menos que se actualize para versão paga;
-Possui limite de 5 GB de armazenamento, a menos que se actualize para a
versão paga;
Windows Live Hotmail ganha lucros porque tem um aspecto fácil de
personalizar, não só com as cores, mas também com o aspecto do painel de
leitura. Pode-se alternar facilmente entre contas de e-mail, e as várias opiniões
dizem que este serviço de Web-mail é fácil de usar. A versão paga, o Windows
Live Hotmail Plus adiciona mais espaço de armazenamento e elimina os
anúncios de outras empresas, embora ainda pode receber dicas e informações
sobre outros produtos da Microsoft. No entanto, opiniões geralmente
expressam uma preferência para o Gmail, apesar de uma interface diferente
que alguns podem achar difícil de se adaptar.
Problemas
A maior desvantagem está na falta de conhecimento por parte dos utilizadores
da Internet, em relação aos Spammers, que fazem os Spam, são considerados
como os remetentes de vírus. Como se pode ver de seguida:
-Spam, mensagens a favor;
-Personalização do Interface;
-Arrastar e soltar pastas;
-Fácil, trocas entre contas de e-mail;
-Uma boa integração com os recursos do Windows Live;
Contra:
-Grandes anúncios, a menos que se actualize para versão paga;
-Possui limite de 5 GB de armazenamento, a menos que se actualize para a
versão paga;
Windows Live Hotmail ganha lucros porque tem um aspecto fácil de
personalizar, não só com as cores, mas também com o aspecto do painel de
leitura. Pode-se alternar facilmente entre contas de e-mail, e as várias opiniões
dizem que este serviço de Web-mail é fácil de usar. A versão paga, o Windows
Live Hotmail Plus adiciona mais espaço de armazenamento e elimina os
anúncios de outras empresas, embora ainda pode receber dicas e informações
sobre outros produtos da Microsoft. No entanto, opiniões geralmente
expressam uma preferência para o Gmail, apesar de uma interface diferente
que alguns podem achar difícil de se adaptar.
e email não desejadas e enviadas em grandes quantidades para múltiplas
pessoas em todo o mundo, por um spammer, que é a pessoa que difunde
30
essas mensagens, que normalmente possui publicidade indesejada, códigos
maliciosos e vírus diversos.
-Vírus, as mensagens de email são um excelente meio de propagação de vírus,
sobretudo de ficheiros e arquivos em anexo. Por isso recomenda-se nunca
baixar um ficheiro ou arquivo que se possa executar ou outros arquivos que
aparentemente sejam suspeitos.
31
Gestor de Bancos de Dados e Imagens
O phpMyAdmin é uma ferramenta gratuita, escrita em PHP, e que permite de
forma muito simples fazer a administração das nossas bases de dados através
de um simples browser.
Através de um interface bastante intuitivo e organizado, o phpMyAdmin permite
a qualquer utilizador fazer um gestão simplificada do MySQL e das respectivas
bases de dados.
Adminer
O Adminer oferece um conjunto de funcionalidades, como por exemplo,
experiência do utilizador, desempenho, segurança, suporte a muitas
funcionalidades do MySQl, que garantem que esta plataforma seja superior a
outras do mesmo segmento.
DbNinja
O DbNinja é uma ferramenta gratuita, baseada na Web, que permite a gestão
fácil de bases de dados MySQ, localmente ou remotamente. Esta solução
oferece suporte para funcionalidades como triggers, eventos, views, rotinas,
chaves estrangeiras, etc.
32
Imagem retirada de: http://www.technion-
alumni.org/?cmd=tfl.203&act=read&id=772
Chive
O Chive é uma interessante ferramenta gratuita que permite a gestão de base
de dados MySQL a partir de um simples browser. Esta ferramenta tira vantagem
da tecnologia presente nos browser actuais e oferece uma interface bem
desenhada, editor de queries SQL com realce da sintaxe entre outras
características.
Imagem retirada de: http://www.baixaki.com.br/download/chive.htm
SQL Buddy
SQL Buddy não necessita de ser instalado (basta colocar o conjunto de scripts
numa pasta do seu servidor Web), é gratuito e recorre a tecnologia PHP e AJAX
que de certa forma automatiza alguns processos. A interface é bastante intuitiva
para trabalha e uma vez que recorre a tecnologia Ajax não existe a necessidade
de por cada consulta fazer o refresh total a página.
Adobe Photoshop é um software caracterizado como editor de imagens
bidimensionais do tipo raster, desenvolvido pela Adobe System.
33
Koffeephoto
O Koffeephoto permite criar e organizar seus álbuns de fotos no seu computador,
com bastante facilidade. Você pode, depois,compartilhá-los na internet. O editor
oferece um espaço de armazenamento ilimitado. Ele é mais rápido do que o
correio e todos os seus amigos poderão vê-lo online. Cada álbum de fotos criado
em KoffeePhoto é baixado automaticamente nos seus servidores. O KoffeePhoto
sincroniza o seu conteúdo, mesmo se você tiver vários computadores. Você só
vai usar uma conta para todos os computadores. Ele é compatível com Windows
XP, Vista, Mac OS X e Linux.
Imagem retirada de: http://www.koffeephoto.com/en/
Windows live photo gallery
A galeria de fotos Windows Live é um gestor de imagen como no Windows
Vista. A tarefa do programa começa com o download das imagens no seu disco
rígido. Depois ele vai classificar as imagens de acordo com suas datas de
criação, seus nomes, a notação e o tipo. Assim você poderá classificar as
imagens de acordo com suas aparências. Enfim, você poderá compartilhá-las
através da Web.
34
Picasa
O Picasa é um softwares de gestão de fotos que as permite ir buscar e
organizar. Essas imagens serão armazenadas e classificadas automaticamente
por data. O Picasa permite nomear varias imagens ao mesmo tempo criando-
lhes etiquetas para reencontra-las mais rapidamente.
Há outras possibilidades como as telas de pausa, os vídeos, o poster de
detecção automático de fotos em suportes moveis, as correções, o
reenquadramento, os efeitos, as impressões múltiplas, a busca por palavra
chave e a gestão dos metadados.
Irfanview
O Irfanview é um software de retoque de imagens, gratuito, para visualizar,
converter, editar, otimizar, digitalizar e imprimir imagens. Ele também pode criar
diaporamas e adicionar áudio e vídeo.
35
36
Gestores de Comunicações
Linphone
O Linphone é um software de telefonia VoIP muito parecido com o Skype.
Parece que a página da FSF precisa de atualização, porque o Linphone 3.4.
0 foi lançado em Fevereiro de 2011. A página de notícias diz que “o principal
ponto dessa nova versão é o suporte a várias chamadas simultâneas, com p
ausa, retomada e transferência de chamada.” O software é liberado sob a licença
GNU GPL v2 e também há um suporte comercial.
Ele vem em formato de binários para distribuições baseadas
em Debian ou compilada do código fonte.
Ekiga
O Ekiga era conhecido como GnomeMeeting, que muitos já ouviram falar.
O GnomeMeeting costumava vir com muitas distribuições e o Ekiga ainda
vem em muitas. Portanto, verifique nos repositórios da sua distribuição.
Ele oferece “aplicações de SoftPhone, Vídeo Conferência e Mensageiro
Instantâneo através da Internet” e suporta SIP e H.323.
O Ekiga é liberado sob uma licença GPL e vem com os binários
para várias distribuições e com o código fonte.
Empathy
O Empathy é um programa de mensagens instantâneas que suporta conversas
de texto, voz e vídeo e transferência de arquivos utilizando vários protocolos diferentes. Este é
provavelmente, o mais conhecido software de comunicação, devido à sua inclusão
no Ubuntu. A versão 3.1 foi lançada em 9 de Maio.
O Empathy está liberado sob a licença GPL e vem com binários
para o Ubuntu. Aparentemente, usuários de outras distribuições
terão de compilá-lo a partir dos fontes.
37
Facebook
A rede social mais popular do mundo conta com uma ferramenta
de conversa instantânea, que funciona em diversas plataformas:
computadores Windows (o programa chama-se Facebook Chat)
e dispositivos móveis (Android e iPhone). O Facebook também informa
que é possível usar o Facebook chat por meio de outros programas
É necessário ter cadastro na rede social para utilizar.
Google Hangout
A ferramenta de chat, voz e videoconferência do Google pode ser
utilizada no computador (diretamente no navegador ou por meio de
um complemento para Chrome ou Firefox) ou em dispositivos móveis
Android e iOS. Além de conectar gratuitamente os contatos do Google,
é possível ainda comprar créditos no Google Wallet e fazer ligações
para telefones convencionais. É necessário ter uma conta válida
do Google para utilizar o aplicativo.
38
eBuddy Chat
Para quem quer apenas bater papo e não gosta de instalar um monte
de programas, o eBuddy reúne em uma só conta os contatos do Windows
Live Messenger, Google Hangout, AIM, ICQ e Yahoo! Messenger.
Ele está disponível via navegador
(basta acessar a página do serviço e fazer login) e em plataformas
móveis (Android, iOS e em alguns aparelhos Nokia). O serviço é gratuito.
39
Viber
O programa começou com um comunicador específico para dispositivos
móveis (disponível gratuitamente para iOS, Android, BlackBerry,
Windows Phone e Nokia) e após um tempo versões para computador
(Windows, Mac e Linux). Com o Viber, é possível enviar mensagens
gratuitas para amigos pela internet, fazer ligações de voz
e videoconferências. O usuário também pode comprar créditos
para fazer ligações para telefones fixos.
Line
O comunicador Line permite enviar mensagens e fazer ligações gratuitas
por meio de dispositivos móveis
(iOS, Android, Windows Phone, BlackBerry e Nokia Asha).
Recentemente, a plataforma também lançou uma versão para computador
(Mac OS, Windows 7 e Windows 8).
No entanto, para usar essa segunda funcionalidade é
preciso fazer um cadastro por e-mail via aplicativo móvel.
O programa é gratuito.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Redes comunicação
Redes comunicaçãoRedes comunicação
Redes comunicação
Cristina Castro
 
Conhecendo o Computador e seus Periféricos
Conhecendo o Computador e seus PeriféricosConhecendo o Computador e seus Periféricos
Conhecendo o Computador e seus Periféricos
kcugik
 
Aula 09 - Memórias do Computador
Aula 09 - Memórias do ComputadorAula 09 - Memórias do Computador
Aula 09 - Memórias do Computador
Suzana Viana Mota
 
Introdução à Lógica de Programação
Introdução à Lógica de ProgramaçãoIntrodução à Lógica de Programação
Introdução à Lógica de Programação
André Agostinho
 
Módulo 5 Arquitetura de Computadores
Módulo 5 Arquitetura de ComputadoresMódulo 5 Arquitetura de Computadores
Módulo 5 Arquitetura de Computadores
Luis Ferreira
 
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigoAlgoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Mauro Pereira
 
Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...
Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...
Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...
Wellington Oliveira
 
Algoritmos em portugol
Algoritmos em portugolAlgoritmos em portugol
Algoritmos em portugol
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
Oficina de Iniciação a Informática
Oficina de Iniciação a InformáticaOficina de Iniciação a Informática
Oficina de Iniciação a Informática
marcelasb
 
Memória RAM
Memória RAMMemória RAM
Memória RAM
Roney Sousa
 
1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática
socrahn
 
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruçõesArquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Alex Camargo
 
Arquitetura de computadores Módulo 4
Arquitetura de computadores Módulo 4Arquitetura de computadores Módulo 4
Arquitetura de computadores Módulo 4
Luis Ferreira
 
Scratch cap-1
Scratch cap-1Scratch cap-1
Scratch cap-1
RuiTobiasDBCarvalho
 
Rede de computadores
Rede de computadoresRede de computadores
Rede de computadores
Jairo Soares Dolores Mosca
 
Aula 04 barramentos de expansão
Aula 04   barramentos de expansãoAula 04   barramentos de expansão
Aula 04 barramentos de expansão
Marcos Basilio
 
Perifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saidaPerifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saida
Bhrayan Azevedo Sampaio
 
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de AlgoritmosAlgoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Elaine Cecília Gatto
 
Explorando Games para o Ensino do Pensamento Computacional
Explorando Games para o Ensino do Pensamento ComputacionalExplorando Games para o Ensino do Pensamento Computacional
Explorando Games para o Ensino do Pensamento Computacional
Sérgio Souza Costa
 
Placa mãe
Placa mãePlaca mãe
Placa mãe
Douglas Vieira
 

Mais procurados (20)

Redes comunicação
Redes comunicaçãoRedes comunicação
Redes comunicação
 
Conhecendo o Computador e seus Periféricos
Conhecendo o Computador e seus PeriféricosConhecendo o Computador e seus Periféricos
Conhecendo o Computador e seus Periféricos
 
Aula 09 - Memórias do Computador
Aula 09 - Memórias do ComputadorAula 09 - Memórias do Computador
Aula 09 - Memórias do Computador
 
Introdução à Lógica de Programação
Introdução à Lógica de ProgramaçãoIntrodução à Lógica de Programação
Introdução à Lógica de Programação
 
Módulo 5 Arquitetura de Computadores
Módulo 5 Arquitetura de ComputadoresMódulo 5 Arquitetura de Computadores
Módulo 5 Arquitetura de Computadores
 
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigoAlgoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
 
Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...
Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...
Evolução e Desempenho de Computadores - Arquitetura e Organização de Computad...
 
Algoritmos em portugol
Algoritmos em portugolAlgoritmos em portugol
Algoritmos em portugol
 
Oficina de Iniciação a Informática
Oficina de Iniciação a InformáticaOficina de Iniciação a Informática
Oficina de Iniciação a Informática
 
Memória RAM
Memória RAMMemória RAM
Memória RAM
 
1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática
 
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruçõesArquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
 
Arquitetura de computadores Módulo 4
Arquitetura de computadores Módulo 4Arquitetura de computadores Módulo 4
Arquitetura de computadores Módulo 4
 
Scratch cap-1
Scratch cap-1Scratch cap-1
Scratch cap-1
 
Rede de computadores
Rede de computadoresRede de computadores
Rede de computadores
 
Aula 04 barramentos de expansão
Aula 04   barramentos de expansãoAula 04   barramentos de expansão
Aula 04 barramentos de expansão
 
Perifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saidaPerifericos de entrada e saida
Perifericos de entrada e saida
 
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de AlgoritmosAlgoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
 
Explorando Games para o Ensino do Pensamento Computacional
Explorando Games para o Ensino do Pensamento ComputacionalExplorando Games para o Ensino do Pensamento Computacional
Explorando Games para o Ensino do Pensamento Computacional
 
Placa mãe
Placa mãePlaca mãe
Placa mãe
 

Semelhante a 0798 manual.pdf

Programas utilitários
Programas utilitáriosProgramas utilitários
Programas utilitários
bolinhas69
 
Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1
Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1
Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1
Vitor Nobrega
 
Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1
Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1
Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1
diogomendes99
 
Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1
Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1
Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1
ruitavares998
 
Manutenção do Sistema Operativo
Manutenção do Sistema OperativoManutenção do Sistema Operativo
Manutenção do Sistema Operativo
Dany Caires
 
Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1
Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1
Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1
Dany Caires
 
Como optimizar um computador
Como optimizar um computadorComo optimizar um computador
Como optimizar um computador
Flashplaneta
 
02 nocoes de_informatica
02 nocoes de_informatica02 nocoes de_informatica
02 nocoes de_informatica
Jaimar Santos
 
Optimizar um computador
Optimizar um computadorOptimizar um computador
Optimizar um computador
Flashplaneta
 
Optimizar um computador
Optimizar um computadorOptimizar um computador
Optimizar um computador
Flashplaneta
 
Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1
Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1
Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1
Hugonokas
 
Programas utilitários
Programas utilitáriosProgramas utilitários
Programas utilitários
simoesflavio
 
Sistemas operativos ficha formativa nº4
Sistemas operativos   ficha formativa nº4Sistemas operativos   ficha formativa nº4
Sistemas operativos ficha formativa nº4
teacherpereira
 
Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...
Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...
Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...
nonoano_terceira
 
Semana11
Semana11Semana11
A lentidão do seu sistema tem solução
A lentidão do seu sistema tem soluçãoA lentidão do seu sistema tem solução
A lentidão do seu sistema tem solução
Luis Brito
 
Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617
Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617
Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617
LianeCamacho
 
Módulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdf
Módulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdfMódulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdf
Módulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdf
FChico2
 
AULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptx
AULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptxAULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptx
AULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptx
DanieliBelato
 
Ferramentas e Utilitários
Ferramentas e UtilitáriosFerramentas e Utilitários
Ferramentas e Utilitários
Pedui
 

Semelhante a 0798 manual.pdf (20)

Programas utilitários
Programas utilitáriosProgramas utilitários
Programas utilitários
 
Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1
Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1
Manuten o do_sistema_operativo-vitor_n_brega_guardado_automaticamente_1
 
Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1
Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1
Tcvb2 diogo mendes_programas utilitários_v1
 
Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1
Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1
Tcvb2 rui tavares_utlitarios_v1
 
Manutenção do Sistema Operativo
Manutenção do Sistema OperativoManutenção do Sistema Operativo
Manutenção do Sistema Operativo
 
Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1
Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1
Instala o e_manuten_o_computadores_trabalho_imc_1_2_1
 
Como optimizar um computador
Como optimizar um computadorComo optimizar um computador
Como optimizar um computador
 
02 nocoes de_informatica
02 nocoes de_informatica02 nocoes de_informatica
02 nocoes de_informatica
 
Optimizar um computador
Optimizar um computadorOptimizar um computador
Optimizar um computador
 
Optimizar um computador
Optimizar um computadorOptimizar um computador
Optimizar um computador
 
Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1
Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1
Manuten o do_sistema_operativo_hugo_1
 
Programas utilitários
Programas utilitáriosProgramas utilitários
Programas utilitários
 
Sistemas operativos ficha formativa nº4
Sistemas operativos   ficha formativa nº4Sistemas operativos   ficha formativa nº4
Sistemas operativos ficha formativa nº4
 
Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...
Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...
Painel de controlo, Acessórios e Ferramentas do sistema Abel Pires Nº1, Pedro...
 
Semana11
Semana11Semana11
Semana11
 
A lentidão do seu sistema tem solução
A lentidão do seu sistema tem soluçãoA lentidão do seu sistema tem solução
A lentidão do seu sistema tem solução
 
Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617
Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617
Manuten o do_sistema_operativo-_liane_camacho_617
 
Módulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdf
Módulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdfMódulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdf
Módulo 3-Sistema Operativo Servidor - V3.pdf
 
AULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptx
AULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptxAULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptx
AULA SISTEMA OPERACIONAL 2 - 22-03-2022.pptx
 
Ferramentas e Utilitários
Ferramentas e UtilitáriosFerramentas e Utilitários
Ferramentas e Utilitários
 

0798 manual.pdf

  • 2. 2 0798 - Utilitários (*) Em Vigor Designação da UFCD: Utilitários Código: 0798 Carga Horária: 25 horas Pontos de crédito: 2,25 Objetivos • Instalar e configurar utilitários sobre o sistema operativo (SO). Recursos Didáticos Conteúdos • Tipos de utilitários o Antivírus o Gestores de disco o Compressores e descompressores de dados o Conversores de ficheiros o Browsers de acesso a uma rede intranet/internet o Emulação de terminais o Transferência de ficheiros (File Transfer) • Instalação e configuração de utilitários o Acesso a bases de dados e a servidores o Gestores de monitorização de tráfego de redes o Gestores de mail o Gestores de bancos de imagens o Gestores de comunicações
  • 3. 3 Utilitários são programas utilizados para suprir deficiências dos sistemas operacionais.[1] Pode-se incluir nos utilitários programas para: compactação de dados, aumento de desempenho de máquinas, overclock, limpeza de discos rígidos, acesso à internet, partilha de conexões, etc. O programa utilitário contrasta com o programa de aplicação, que permite aos usuários realizar tarefas como: criação de documentos de texto, jogar, ouvir música, ou navegar na web. Ao invés de prover esse tipo de funcionalidade voltada para o usuário, o programa utilitário normalmente está relacionado ao modo de funcionamento de uma infraestrutura computacional (incluindo hardware, sistema operacional, armazenamento de dados e programa de aplicação). Devido a esse foco, os utilitários geralmente são mais técnicos do que os programas aplicativos, e por isso costumam ser usados por pessoas com níveis mais avançados de conhecimento sobre computação. A maior parte dos sistemas operacionais já incluem muitos utilitários pré-instalados. Utilitários em Mainframes Utilitário também é a designação atribuída a programas que suprem algumas funcionalidades básicas das aplicações em instalações Mainframe. Alguns deles são utilizados para o estudo de JCL (Job Control Language). Podemos incluir nos utilitários programas para: classificar arquivos - SORT, alocar e/ou remover arquivo IEFBR14, acessar arquivos sequenciais ICEGENER, etc. Categorias de Utilitários • Armazenamento em disco • Backup • Gerenciamento de arquivos • Listagem de recursos de hardware/software • Antivírus • Compressão de dados
  • 4. 4 Antivírus Os antivírus são programas de computador concebidos para prevenir, detectar e eliminar vírus do computador. Existe uma grande variedade de produtos com esse intuito no mercado, a diferença entre eles está nos métodos de detecção, no preço e nas funcionalidades.
  • 5. 5 Problemas de segurança Devido a uma série de motivos, a família de sistema operacional Windows é a mais visada pelos projectistas de vírus. Alguns dos motivos aqui abaixo indicados: amplamente utilizado; alto índice de usuários leigos; forma como foi projectada inicialmente: sem sistema de permissões e mono usuário (argumento questionável e por muitos considerado falso); Problemas de segurança relativa demora na entrega de correcções (argumento questionável e por muitos considerado falso); dependente de software de terceiros para eficaz segurança. O índice de vírus no sistema operacional GNU/Linux é muito mais baixo que no Windows, mas falhas de segurança que podem levar o sistema a tornar-se inseguro são descobertas com mais frequência se comparadas ao Windows. Por isso, é importante, que independente do sistema operacional que utilize, você o mantenha sempre actualizado. Um antivírus é um programa, que ajuda a proteger o computador contra vírus, como o próprio nome indica. Há vários tipos de antivírus tais como: Avira Antivir! AVG! Avast! BitDefender! ClamWin Antivírus
  • 6. 6 Procedimento de instalação: Se o antivírus veio num CD temos que colocar o CD no leitor de CD e esperar pela reprodução automática e Clicar onde diz instalar e segue a restantes instruções.... Se o antivírus for tirado da Net procura a pasta onde o antivírus foi guardado e Clic duas vezes no ícone onde diz instalar ( pode estar escrito em inglês SETUP.EXE). Desinstalar o Antivírus Ir ao painel de controlo e ir “desinstalar programa”. Abra a página de “desinstalar programa”, o seguinte é procurar o antivírus que esta instalado e remove-lo. Depois de ter desentalado o antivírus vá ao programa de instalação do novo antivírus e clic na tecla direita do rato. Clic no programa para executa-lo, depois de ter clicado no programa vai aparecer o programa para iniciar a instalação. Vai aparecer no programa de instalação 2 pequenas barras: seguinte, cancelar. Clic seguinte para prosseguir com a instalação do antivírus. Continue a clicar em seguinte a até aparecer um texto para aceitar o contrato do antivírus. Depois de ter aceitado o contrato do programa, continue a clicar em seguinte. Vai aparecer uma parte em que lugar vai ficar instalado o programa. Depois de aparecer um texto onde vai ficar o programa instalado vai aparecer uma barra para instalar o programa, é preciso esperar um bocado.
  • 7. 7 Instalação do software anti-vírus Recuperação do antivírus •Neste caso vamos fazer uma recuperação do software AVG, porque já existe o mesmo instalado. Passos: 1.Vamos ao menu iniciar; 2.Abrimos o painel de controlo; 3.Instalar ou desinstalar um programa; Recuperação do antivírus •Existem 3 opções de escola. •1º opção – adicionar ou remover funcionalidade; •2º opção – reparar; •3 opção – remover; •Escolha 2º opção (reparar); •Clique em continuar para que o processamento seja efectuado com sucesso. Recuperação do antivírus •Irá pedir a chave de licença, se a tiver coloque-a na ranhura para que se possa continuar o processo, se não a tiver terá essa informação junto á pasta respectiva do formulário. Recuperação do antivírus •A reparação do software esta a preparar-se; Recuperação do antivírus •A reparação do software já se encontra em curso; Recuperação do antivírus •A reparação já fui concluída; Recuperação do antivírus •Agora para que o processo seja feito com sucesso terá de reiniciar o computador; Recuperação do antivírus •O computador foi reiniciado, agora tem a protecção que tanto desejava no seu computador.
  • 8. 8
  • 9. 9
  • 10. 10
  • 11. 11 Gestor de disco É um programa de computador usado para criar e organizar diretórios e arquivos em sistemas operacionais. O gerenciamento de arquivos tem como função: gerenciar espaços alocados, criar e deletar arquivos .Ex: criar e deletar diretórios de memória swap, mapear arquivos em disco em massa, fazer a manipulação de arquivos e diretórios (directx, copyling, cding, etc). Actualmente eles são predominantemente software para interface gráfica, porém os primeiros eram maioritariamente para sistemas com apenas linha de comando (CLI). Um Gestor de Disco é fundamental para o bom desempenho e manutenção de um Disco Rígido. Entre as suas várias funções destacam-se a formatação, gestão de partições e criação de Backups.
  • 12. 12 Como usar o Gestor de Disco Todas as versões do Windows incluem uma ferramenta que se chama Gestão de Discos, que, como o nome indica, permite gerir os discos rígidos que tem instalados no seu computador.Mas não só, neste programa aparecem também todos os tipos de sistemas de armazenagem de dados, sejam eles USB ou ópticos. Este programa permite-lhe particionar e formatar discos, atribuir letras, diminuir o tamanho de uma partição e mesmo mudar o sistema de ficheiros que usa.No Windows 8, para activar o programa use a combinação de teclas Windows+X e escolha “Gestão de discos”. A interface do programa tem duas partes: a parte de cima mostra-lhe uma lista das partições que podem ser usadas pelo Windows e a parte de baixo mostra-lhe a lista das drives que o Windows detectou.
  • 13. 13 • Os compressores de ficheiros são programas com capacidade para comprimir ficheiros ou pastas, tornando-as mais “magras”, ou seja, ocupando menos espaço nas unidades de memória secundárias . • Este processo é particularmente útil pois permite transportar ficheiros grandes em memórias secundárias amovíveis, enviar ficheiros pela Internet de uma forma mais rápida e libertar espaço no disco rígido do computador. • Para recuperar o formato inicial dos ficheiros, é preciso efectuar a operação inversa, ou seja, descomprimir. • O sistema operativo Windows suporta dois tipos de compressão: • a compressão NTFS ( N e w T e c h n ol og y F il e S y s t e m ) • a compressão Pastas comprimidas (.zip). • é o ato de reduzir o espaço ocupado por dados num determinado dispositivo.
  • 14. 14 • Essa operação é realizada através de diversos algoritmos de compressão, reduzindo a quantidade de Bytes para representar um dado, sendo esse dado uma imagem, um texto, ou um arquivo (ficheiro) qualquer. • Comprimir dados destina-se também a retirar a redundância, baseando-se que muitos dados contêm informações redundantes que podem ou precisam ser eliminadas de alguma forma. • Essa forma é através de uma regra, chamada de código ou protocolo, que, quando seguida, elimina os bits redundantes de informações, de modo a diminuir seu tamanho nos ficheiros. • Por exemplo, a sequência "AAAAAA" que ocupa 6 bytes, poderia ser representada pela sequência "6A", que ocupa 2 bytes, economizando 67% de espaço. • Além da eliminação da redundância, os dados são comprimidos pelos mais diversos motivos. • Entre os mais conhecidos estão economizar espaço em dispositivos de armazenamento, como discos rígidos, ou ganhar desempenho (diminuir tempo) em transmissões. • Embora possam parecer sinônimos, compressão e compactação de dados são processos distintos. • A compressão, como visto, reduz a quantidade de bits para representar algum dado, enquanto a compactação tem a função de unir dados que não estejam unidos.
  • 15. 15 • Um exemplo clássico de compactação de dados é a desfragmentação de discos. • Existem dois tipos de compressão de dados: • - Com perdas de informação; • - Sem perdas de informação; • Com perdas de informação: • - a informação é recuperada sem qualquer alteração após o processo de descompressão. • Este tipo de compressão é usada em texto e em algumas aplicações multimédia críticas onde a informação é essencial. Este tipo de compressão é também designada por compressão reversível. • Exemplos: Imagens fixas, Filmes/animações e Som. • Existem dois esquemas básicos de compressão: • · Métodos de Transformação · Métodos Preditivos • Sem perdas de informação:
  • 16. 16 • A informação é comprimida por algum algoritmo e, ao descomprimir, todas as informações são recuperadas. • Exemplos: • Imagens fixas, Filmes/animações, Som e em Arquivos.
  • 17. 17 Conversores de ficheiros: Os conversores são aplicativos que convertem valores, de um sistema para o outro. No mercado, atualmente existe uma grande variedade de conversores de software. Apresentamos a seguir alguns exemplos de conversores de ficheiros: ALO Power Áudio Converter: O ALO Power Áudio Converter é uma ferramenta que permite converter ficheiros de áudio em diversos formatos como por exemplo: WAV, MP3, MP2, MP1, MConversor para iPod. Consegue converter arquivos do tipo AVI, MPEG, WMV, MOV, MP4, RM, RMVB, DivX, ASF, VOB e 3GP, para alguns formatos como por exemplo: WAV, MP3, MP2, OGG, AC3, VOX ou AMR. Traz uma conexão mais simples e personalizável. O ALO Power Áudio Converter trabalha em Windows 98, NT, 2000, Millenium, XP, 2003, Vista e Windows. Conversor Nero 9: O Conversor Nero 9 é um conjunto de ferramentas de multimédia de simples utilização. Com este programa, pode - se criar, extrair, gravar, modificar, salvar, partilhar e fazer download de qualquer multimédia: música, vídeos, fotos e dados. A nível da música pode organizar e escutar o MP3 ou o rádio a partir da internet. Com este programa também é possível escutar alguns discos e criar uma lista de músicas preferidas. A nível do vídeo as ferramentas de criação e modificação de vídeos possibilitam a inserção de menus 2D ou 3D ou até mesmo a sua banda sonora preferida. A gravação do vídeo suporta os formatos HD e converte os projectos para o AVCHD ou discos Blu-ray. O programa possibilita a demonstração de fotos em tela cheia, algumas ferramentas de modificação e oferece também algumas opções como: cortar, rodar, ajustar e melhorar a qualidade das fotos.
  • 18. 18 Nitro PDF Professional: O programa Nitro PDF Professional, permite fazer com o formato PDF através de ferramentas para criar, converter, editar e combinar. Oferece uma conversão, para muitos tipos de arquivos comummente utilizados, incluindo o Microsoft Word, Excel, PowerPoint, WordPerfect, e muitos mais, Nitro PDF Professional simplifica o processo de criação de PDF. Todos os ficheiros PDF criados com o Nitro PDF Professional são 100% compatíveis com outras aplicações, incluindo visualização PDF Adobe Reader e o Adobe Acrobat. Icsoft DVD Ripper Platinum: Dicsoft DVD Ripper Platinum é uma solução que permite criar qualquer vídeo de conversão de DVD. Pode-se converter DVD para vídeo do iPod, Microsoft Zune, Pocket PC, 3GP telefone móvel ou qualquer outro jogador MP4, como a Samsung iRiver, Archos, Creative Zen Vision e outros. DVD to MP4 converter, DVD to MP3 converter, convert DVD to MOV, DVD ao conversor MP4, DVD ao conversor de MP3, converter DVD para MOV Convert ANY DVD to ANY vídeo files format at one time. Converta qualquer DVD para qualquer formato de arquivos de vídeo numa hora.
  • 19. 19 ImTOO iPod Movie Converter: Conversor para iPod. Converta arquivos do tipo AVI, MPEG, WMV, MOV, MP4, RM, RMVB, DivX, ASF, VOB e 3GP diretamente para o iPod.Também é possível transferir áudio de vídeos diretamente para iPod MP3. O programa possui 2 modos de operação, um com guia para iniciantes e outro com várias opções para usuários avançados.
  • 20. 20 Browsers de acesso à Intranet Hoje o mercado dos browsers (nome em inglês, também usado em concursos) está mais disputado. Depois de um longo período de domínio quase total do Internet Explorer outras opções vêm surgindo com força, como o Firefox, da fundação Mozilla, o Opera e o Safari. Então acompanhe a lista com os nomes, da atual versão dos navegadores para PC: • Microsoft Internet Explorer 9 • Mozilla Firefox 7.0 • Opera 11 • Google Chrome 15 • Safari Browsers de acesso à Internet Fala se muito sobre browsers de acesso à Internet, quais os mais indicados para uma melhor experiência e segurança na Internet. Os browsers, como qualquer produto, estão constantemente a ser actualizados de modo a melhorar a experiência e segurança da navegação dos utilizadores na Internet. Os sites vão evoluindo e acompanhando as tendências dos desenvolvimentos para a Internet. Para que todos os utilizadores tenham a melhor experiência de utilização precisam de ter o seus browsers de acesso à Internet com versões recentes. Browsers recomendados • Mozilla Firefox 3.6 • Google Chrome • Internet Explorer 8 • Safari 4
  • 21. 21 figura.1- Browsers de acesso a uma rede intranet/Internet
  • 22. 22 Em computação, um emulador é um software que reproduz as funções de um determinado ambiente, com o objetivo de permitir a execução de outros software sobre ele. O emulador também é responsável pela simulação dos circuitos integrados ou chips do sistema de hardware em um software. Basicamente, um emulador expõe as funções de um sistema para reproduzir seu comportamento, permitindo que um software criado para uma plataforma funcione em outra. Figura.1-Emulação de terminais
  • 23. 23 Transferência de Ficheiros (FTP) Protocolo de Transferência de Arquivos é uma forma bastante rápida e versátil de transferir arquivos (Portugal: conhecidos como ficheiros), sendo uma das mais usadas na Internet. Pode referir-se tanto ao protocolo quanto ao programa que implementa este protocolo (Servidor FTP, neste caso, tradicionalmente aparece em letras minúsculas, por influência do programa de transferência de arquivos do Unix). A transferência de dados em redes de computadores envolve normalmente transferência de arquivos e acesso a sistemas de arquivos remotos (com a mesma interface usada nos arquivos locais). O FTP é baseado no TCP, mas é anterior à pilha de protocolos TCP/IP, sendo posteriormente adaptado para o TCP/IP. É o padrão da pilha TCP/IP para transferir arquivos, é um protocolo genérico independente de hardware.
  • 24. 24 O FTP (File Transfer Protocol) permite a transferência de ficheiros entre dois computadores da Internet; O utilizador pode ter acesso autorizado ao sistema remoto, ou pode usar o serviço de FTP anónimo; O FTP anónimo permite ao utilizador ter acesso a áreas específicas do disco do sistema remoto. Estas áreas constituem arquivos públicos de software e informação em geral. Comandos mais usados user, ls, cd, lcd, get, mget, put, mput, prompt, binary, ascii, type, hash ftp anónimo ftp <nome> login:anonymous password: endereço de email O FTP usa a arquitectura cliente-servidor.
  • 25. 25 Acesso remoto é uma tecnologia que permite que um computador consiga ter acesso a um servidor privado normalmente de uma empresa por meio de outro computador que não está fisicamente conectado à rede. Acesso remoto é uma tecnologia que permite que um computador consiga ter acesso um servidor privado normalmente de uma empresa por meio de outro computador que não está fisicamente conectado à rede. Como funciona A maneira mais comum de usar o acesso remoto é por meio de uma VPN ( Rede Privada Virtual), que consegue estabelecer uma ligação direta entre o computador e o servidor de destino criando uma espécie de " túnel protegido " na Internet. A conexão à distância é feita com segurança de dados em ambos os lados e pode trazer diversos benefícios para manutenção. Figura.1-Acesso remoto a servidores
  • 26. 26 Gestores de Mail Neste ponto do nosso módulo, vamos desenvolver o tema dos gestores de email. O que são e-mails, para que serve os gestores de e-mails e os diferentes gestores que existem. Quais as suas funções, as suas vantagens e desvantagens e as diferenças entre si. Vamos falar também dos web-mails. O que é um E-mail? Permite escrever, enviar e receber mensagens através de sistemas electrónicos neste caso pela Internet. O termo email é aplicado tanto aos sistemas que utilizam a Internet em qualquer lugar do mundo tal como sistemas intranet dentro de uma organização ou empresa. O correio electrónico é anterior ao surgimento da Internet. Os sistemas de email tiveram um papel fundamental para a criação da rede internacional de computadores. A sua história O primeiro sistema de troca de mensagens entre computadores que se tem notícia foi em 1965, possibilitava a comunicação entre múltiplos usuários de um computador do tipo mainframe. Apesar de a história não estar provada, acredita-se que os primeiros sistemas com tais funcionalidades foram o Q32 da SDC e o CTSS do MIT. O sistema electrónico de mensagens transformou-se rapidamente em um “email em rede”, permitindo que usuários situados em diferentes computadores trocassem mensagens. Não se sabe ao certo qual foi o sistema que suportou email em rede. Mas pensa-se que foi o sistema AUTODIN, em 1996, ter permitido que mensagens electrónicas fossem transferidas entre computadores diferentes, mas é possível que o sistema SAGE tivesse a mesma função já algum tempo antes. A rede de computadores ARPANET teve um grande papel para a evolução do email. Existe informação que indica que a transferência de correio electrónico entre computadores situados nesta rede logo após a sua criação, em 1969. A data de 29 de
  • 27. 27 Outubro de 1969, ficou registada como a primeira mensagem enviada para computadores situados em locais distantes. E-mails gratuitos e Web-mail Com a expansão da Internet pelo mundo, através de provedores gratuitos (cujo os utilizadores ganhavam também uma caixa de correio electrónico grátis), a partir desse momento começaram a oferecer endereços de email gratuitos sem qualquer outro serviço. Essas mensagens electrónicas podem ser lidas com o uso do próprio navegador, sem a necessidade de um programa específico, é por essa razão que são designados por web-mails. Web-mail tem uma interface (aspecto) da World Wide Web (Internet) que permite ao utilizador ler e escrever email através de um navegador. Com o surgimento do correio electrónico em 1972, considerado um aplicativo da Internet, começa a necessidade de um mecanismo fácil para a comunicação. Em Março de 1972, Ray Tomlison escreveu o software básico de email para o sistema ARPANET. Em Julho, Roberts expandiu as utilidades do software, colocando utilitários para organizar, ler selectivamente, arquivar, encaminhar e responder a mensagens. A partir deste momento, o correio electrónico se tornou a maior aplicação de rede até então. Este foi um dos softwares que mais cresceu em relação a todos os tipos de utilitários e aplicações da Internet até hoje. A grande vantagem do Web-mail é o facto de não ser necessário possuir um programa específico para a leitura ou envio de mensagens de correio electrónico, qualquer computador ligado à Internet com um navegador é suficiente. O único grande inconveniente e que quaisquer mensagens electrónicas ficam armazenadas no servidor do ISP, o que pode limitar o numero de mensagens que podemos armazenar. O Web-mail mais conhecido, um dos primeiros a surgir no mercado. Com uma interface simples, conta com uma caixa limitada de 5gb, o sistema de anexos, pode ser um bocado complicado de utilizar, mas em termos de eficácia está muito bom. Está protegido com anti-vírus Panda livre. Em termos de visual, está muito bem conseguido não sendo exigente em termos de Internet.
  • 28. 28 A favor: -Rápido, bem organizado; -Com opção de sincronização automática em Offline; -IMAP e POP suporte gratuito; -Anexos até 20 MB; Contra: -Interface diferente – com tags, em vez de pastas; -No painel de visualização completa; -Armazenamento amplo, mas não é ilimitado; As análises elogiam o Gmail pela sua velocidade, facilidade de uso e excelente organização. Pode-se personalizar e atribuir múltiplas cores, Gmail organiza automaticamente a caixa de entrada em segmentos para manter as mensagens separadas por assuntos. O Gmail permite enviar mensagens de 20 MB. Os anúncios são limitados, a mensagens de texto mostram apenas o e-mail recebido. O Gmail também é elogiado continuamente porque permite adicionar novos recursos como por exemplo: trabalhar offline, lembrar do ultimo email enviado, ver várias caixas de entrada, etc. Hotmail O Hotmail em relação, ao Windows Live mail não permite uma grande personalização. E as divisões das caixas estão bem conseguidas. Com uma caixa de correio limitada mas ampla 5gb, consta com uma interface simples. O sistema de anexos está bem elaborado e fácil de trabalhar, em termos de desempenho não exige muito da Internet ao contrário do Windows live mail. Consta com uma interface simples. A favor: -Personalização do Interface; -Arrastar e soltar pastas; -Fácil, trocas entre contas de e-mail; -Uma boa integração com os recursos do Windows Live;
  • 29. 29 Contra: -Grandes anúncios, a menos que se actualize para versão paga; -Possui limite de 5 GB de armazenamento, a menos que se actualize para a versão paga; Windows Live Hotmail ganha lucros porque tem um aspecto fácil de personalizar, não só com as cores, mas também com o aspecto do painel de leitura. Pode-se alternar facilmente entre contas de e-mail, e as várias opiniões dizem que este serviço de Web-mail é fácil de usar. A versão paga, o Windows Live Hotmail Plus adiciona mais espaço de armazenamento e elimina os anúncios de outras empresas, embora ainda pode receber dicas e informações sobre outros produtos da Microsoft. No entanto, opiniões geralmente expressam uma preferência para o Gmail, apesar de uma interface diferente que alguns podem achar difícil de se adaptar. Problemas A maior desvantagem está na falta de conhecimento por parte dos utilizadores da Internet, em relação aos Spammers, que fazem os Spam, são considerados como os remetentes de vírus. Como se pode ver de seguida: -Spam, mensagens a favor; -Personalização do Interface; -Arrastar e soltar pastas; -Fácil, trocas entre contas de e-mail; -Uma boa integração com os recursos do Windows Live; Contra: -Grandes anúncios, a menos que se actualize para versão paga; -Possui limite de 5 GB de armazenamento, a menos que se actualize para a versão paga; Windows Live Hotmail ganha lucros porque tem um aspecto fácil de personalizar, não só com as cores, mas também com o aspecto do painel de leitura. Pode-se alternar facilmente entre contas de e-mail, e as várias opiniões dizem que este serviço de Web-mail é fácil de usar. A versão paga, o Windows Live Hotmail Plus adiciona mais espaço de armazenamento e elimina os anúncios de outras empresas, embora ainda pode receber dicas e informações sobre outros produtos da Microsoft. No entanto, opiniões geralmente expressam uma preferência para o Gmail, apesar de uma interface diferente que alguns podem achar difícil de se adaptar. e email não desejadas e enviadas em grandes quantidades para múltiplas pessoas em todo o mundo, por um spammer, que é a pessoa que difunde
  • 30. 30 essas mensagens, que normalmente possui publicidade indesejada, códigos maliciosos e vírus diversos. -Vírus, as mensagens de email são um excelente meio de propagação de vírus, sobretudo de ficheiros e arquivos em anexo. Por isso recomenda-se nunca baixar um ficheiro ou arquivo que se possa executar ou outros arquivos que aparentemente sejam suspeitos.
  • 31. 31 Gestor de Bancos de Dados e Imagens O phpMyAdmin é uma ferramenta gratuita, escrita em PHP, e que permite de forma muito simples fazer a administração das nossas bases de dados através de um simples browser. Através de um interface bastante intuitivo e organizado, o phpMyAdmin permite a qualquer utilizador fazer um gestão simplificada do MySQL e das respectivas bases de dados. Adminer O Adminer oferece um conjunto de funcionalidades, como por exemplo, experiência do utilizador, desempenho, segurança, suporte a muitas funcionalidades do MySQl, que garantem que esta plataforma seja superior a outras do mesmo segmento. DbNinja O DbNinja é uma ferramenta gratuita, baseada na Web, que permite a gestão fácil de bases de dados MySQ, localmente ou remotamente. Esta solução oferece suporte para funcionalidades como triggers, eventos, views, rotinas, chaves estrangeiras, etc.
  • 32. 32 Imagem retirada de: http://www.technion- alumni.org/?cmd=tfl.203&act=read&id=772 Chive O Chive é uma interessante ferramenta gratuita que permite a gestão de base de dados MySQL a partir de um simples browser. Esta ferramenta tira vantagem da tecnologia presente nos browser actuais e oferece uma interface bem desenhada, editor de queries SQL com realce da sintaxe entre outras características. Imagem retirada de: http://www.baixaki.com.br/download/chive.htm SQL Buddy SQL Buddy não necessita de ser instalado (basta colocar o conjunto de scripts numa pasta do seu servidor Web), é gratuito e recorre a tecnologia PHP e AJAX que de certa forma automatiza alguns processos. A interface é bastante intuitiva para trabalha e uma vez que recorre a tecnologia Ajax não existe a necessidade de por cada consulta fazer o refresh total a página. Adobe Photoshop é um software caracterizado como editor de imagens bidimensionais do tipo raster, desenvolvido pela Adobe System.
  • 33. 33 Koffeephoto O Koffeephoto permite criar e organizar seus álbuns de fotos no seu computador, com bastante facilidade. Você pode, depois,compartilhá-los na internet. O editor oferece um espaço de armazenamento ilimitado. Ele é mais rápido do que o correio e todos os seus amigos poderão vê-lo online. Cada álbum de fotos criado em KoffeePhoto é baixado automaticamente nos seus servidores. O KoffeePhoto sincroniza o seu conteúdo, mesmo se você tiver vários computadores. Você só vai usar uma conta para todos os computadores. Ele é compatível com Windows XP, Vista, Mac OS X e Linux. Imagem retirada de: http://www.koffeephoto.com/en/ Windows live photo gallery A galeria de fotos Windows Live é um gestor de imagen como no Windows Vista. A tarefa do programa começa com o download das imagens no seu disco rígido. Depois ele vai classificar as imagens de acordo com suas datas de criação, seus nomes, a notação e o tipo. Assim você poderá classificar as imagens de acordo com suas aparências. Enfim, você poderá compartilhá-las através da Web.
  • 34. 34 Picasa O Picasa é um softwares de gestão de fotos que as permite ir buscar e organizar. Essas imagens serão armazenadas e classificadas automaticamente por data. O Picasa permite nomear varias imagens ao mesmo tempo criando- lhes etiquetas para reencontra-las mais rapidamente. Há outras possibilidades como as telas de pausa, os vídeos, o poster de detecção automático de fotos em suportes moveis, as correções, o reenquadramento, os efeitos, as impressões múltiplas, a busca por palavra chave e a gestão dos metadados. Irfanview O Irfanview é um software de retoque de imagens, gratuito, para visualizar, converter, editar, otimizar, digitalizar e imprimir imagens. Ele também pode criar diaporamas e adicionar áudio e vídeo.
  • 35. 35
  • 36. 36 Gestores de Comunicações Linphone O Linphone é um software de telefonia VoIP muito parecido com o Skype. Parece que a página da FSF precisa de atualização, porque o Linphone 3.4. 0 foi lançado em Fevereiro de 2011. A página de notícias diz que “o principal ponto dessa nova versão é o suporte a várias chamadas simultâneas, com p ausa, retomada e transferência de chamada.” O software é liberado sob a licença GNU GPL v2 e também há um suporte comercial. Ele vem em formato de binários para distribuições baseadas em Debian ou compilada do código fonte. Ekiga O Ekiga era conhecido como GnomeMeeting, que muitos já ouviram falar. O GnomeMeeting costumava vir com muitas distribuições e o Ekiga ainda vem em muitas. Portanto, verifique nos repositórios da sua distribuição. Ele oferece “aplicações de SoftPhone, Vídeo Conferência e Mensageiro Instantâneo através da Internet” e suporta SIP e H.323. O Ekiga é liberado sob uma licença GPL e vem com os binários para várias distribuições e com o código fonte. Empathy O Empathy é um programa de mensagens instantâneas que suporta conversas de texto, voz e vídeo e transferência de arquivos utilizando vários protocolos diferentes. Este é provavelmente, o mais conhecido software de comunicação, devido à sua inclusão no Ubuntu. A versão 3.1 foi lançada em 9 de Maio. O Empathy está liberado sob a licença GPL e vem com binários para o Ubuntu. Aparentemente, usuários de outras distribuições terão de compilá-lo a partir dos fontes.
  • 37. 37 Facebook A rede social mais popular do mundo conta com uma ferramenta de conversa instantânea, que funciona em diversas plataformas: computadores Windows (o programa chama-se Facebook Chat) e dispositivos móveis (Android e iPhone). O Facebook também informa que é possível usar o Facebook chat por meio de outros programas É necessário ter cadastro na rede social para utilizar. Google Hangout A ferramenta de chat, voz e videoconferência do Google pode ser utilizada no computador (diretamente no navegador ou por meio de um complemento para Chrome ou Firefox) ou em dispositivos móveis Android e iOS. Além de conectar gratuitamente os contatos do Google, é possível ainda comprar créditos no Google Wallet e fazer ligações para telefones convencionais. É necessário ter uma conta válida do Google para utilizar o aplicativo.
  • 38. 38 eBuddy Chat Para quem quer apenas bater papo e não gosta de instalar um monte de programas, o eBuddy reúne em uma só conta os contatos do Windows Live Messenger, Google Hangout, AIM, ICQ e Yahoo! Messenger. Ele está disponível via navegador (basta acessar a página do serviço e fazer login) e em plataformas móveis (Android, iOS e em alguns aparelhos Nokia). O serviço é gratuito.
  • 39. 39 Viber O programa começou com um comunicador específico para dispositivos móveis (disponível gratuitamente para iOS, Android, BlackBerry, Windows Phone e Nokia) e após um tempo versões para computador (Windows, Mac e Linux). Com o Viber, é possível enviar mensagens gratuitas para amigos pela internet, fazer ligações de voz e videoconferências. O usuário também pode comprar créditos para fazer ligações para telefones fixos. Line O comunicador Line permite enviar mensagens e fazer ligações gratuitas por meio de dispositivos móveis (iOS, Android, Windows Phone, BlackBerry e Nokia Asha). Recentemente, a plataforma também lançou uma versão para computador (Mac OS, Windows 7 e Windows 8). No entanto, para usar essa segunda funcionalidade é preciso fazer um cadastro por e-mail via aplicativo móvel. O programa é gratuito.