Pesquisa de Métodos para estudos organizacionais.
Donald. P. Schwab
Capítulo 1
Introdução
Tópicos do capítulo
Atividades d...
organizações educacionais, como escolas, departamentos de saúde (como
clínicas); organizações empresariais, industriais e ...
expectativas não podem ser titulares. As conquistas dos estudantes podem
aumentar após as principais metas estabelecidas p...
Casos são entidades investigadas na pesquisa. Os casos podem ser
indivíduos que interagem nas organizações, tais como clie...
Para ilustrar, o pesquisador acredita que o aumento na educação
conduz a aumento do sucesso financeiro, o que representa u...
As linhas que ligam as três atividades de pesquisa sinaliza duas coisas.
Primeiro, o sinal de que estas atividades de pesq...
Um ponto de vista.
A pesquisa é por muitas vezes descrita como uma importante
ferramenta do “método científico” e que o mé...
Pesquisa de Métodos para estudos organizacionais.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pesquisa de Métodos para estudos organizacionais.

252 visualizações

Publicada em

Estudo do cap.1 do livro Research Methods for Organizacional Studies - Donald P.Schwab;

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa de Métodos para estudos organizacionais.

  1. 1. Pesquisa de Métodos para estudos organizacionais. Donald. P. Schwab Capítulo 1 Introdução Tópicos do capítulo Atividades de pesquisa Um ponto de vista Objetivos e organizações Considere estas ações: Um diretor de escola primária estabelece um conjunto de metas a serem atingidas pelos professores para melhor o desempenho escolar dos alunos; Um diretor da área médica possui membros da equipe para fazer sugestões anônimas para incentivar a participação. Um presidente de uma empresa adere a uma aliança com outras empresas do setor para melhorar a rentabilidade dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D). Pais levam seus filhos a um concerto para estimular o interesse pela música. Um líder sindical chama para uma votação de greve para aumentar a solidariedade entre os membros. Um treinador de basquete inclui aulas de dança no treinamento de seus jogadores para melhorar a agilidade. Uma diretora de marketing recomenda que um determinado produto seja renomeado, reembalado e que o preço seja aumentado para atrair clientes mais ricos. Um gerente de recursos humanos propõe um benefício flexível para reduzir a rotatividade dos funcionários. Estas decisões têm várias coisas em comuns. Elas acontecem em um contexto organizacional, como não atividade mais humana. Podem ser
  2. 2. organizações educacionais, como escolas, departamentos de saúde (como clínicas); organizações empresariais, industriais e organizações sem fins lucrativos (agências de caridade e/ou ambientes familiares). Os exemplos também ilustram os cursos de ação que são realizados como um resultado das relações esperadas entre dois ou mais fatores. A diretora da escola acredita que o estabelecimento de metas influenciarão os professores, que, por sua vez, influenciarão os alunos. O gerente de recursos humanos acredita que um plano de benefícios flexíveis vai tornar a organização mais atraente para os funcionários e, consequentemente, aumentar a sua motivação para manter a sua participação na mesma. Cada uma das relações esperadas é causal. Nas relações causal um fator influencia o outro. O diretor da escola espera que a introdução de metas ao professor fará com que conquiste o aluno. O gerente de recursos humanos espera que os benefícios flexíveis fará com que haja a retenção de funcionários na organização. Essa e outras relações causuais são resumidos no Quadro 1.1. Escola Secundária Metas para os professores Conquista do estudante Diretor Médido Sugestões anônimas Aumento de sugestões Presidente de Empresa Participar de aliança Melhorar retornos financeiros Pais Assistir concertos Gosto pela música Líder sindical Voto para greve Solidariedade entre membros Treinador de basquete Lições de dança Agilidade dos jogadores Diretor de marketing Mudanças nas vendas mudança dos clientes (poder aquisitivo) Gerente de recursos humanos Plano de benefícios flexíveis retenção de empregados (colaboradores) Quadro 1.1 - Representação causal das ações ilustradas. A ênfase é colocada na palavra esperada. Todas essas ações ilustradas são baseadas em relações esperadas entre os fatores, essas
  3. 3. expectativas não podem ser titulares. As conquistas dos estudantes podem aumentar após as principais metas estabelecidas para os professores, mas eles não podem. Benefícios podem aumentar a retenção de funcionários, mas eles não podem. A pesquisa empírica pode ajudar a obter evidências sobre a veracidade das relações causais esperadas do tipo descrito aqui. A pesquisa empírica aborda relacionamentos através de estudos sistemáticos da relação entre os escores obtidos a partir de casos mensurados. Este livro descreve os métodos para a realização de pesquisas empíricas sobre questões dos tipos ilustrados nos parágrafos anteriores. Os tópicos abordados explicam como os três elementos-chave na definição de pesquisa empírica , como mostrado na Figura 1.2, são abordados na pesquisa. Os casos são as entidades investigadas nas pesquisas.
  4. 4. Casos são entidades investigadas na pesquisa. Os casos podem ser indivíduos que interagem nas organizações, tais como clientes, pacientes e estudantes, que concordam em participar da pesquisa. Casos também podem ser organizações, como partidos políticos, empresas, hospitais, bibliotecas, agência governamentais e grupos religiosos. Podem ser grupos formais ou informais dentro das organizações, tais como equipes de políticas executivas em empresas, grupos desportivos nas escolas, equipes de resposta táticas nas polícias e equipes de melhoria da qualidade de produção em empresas de manufatura. Casos também podem ser eventos ou transações feitas dentro da organizações, tais como faturas de vendas, saldos de conta corrente, cláusulas contratuais, negociação de ações, recibos de supermercado, registro de prescrições de pacientes em hospitais, entre outros. Pesquisa destaque 1,1 Nem todas as pesquisas são empíricas. A pesquisa empírica envolve a observação, que exige casos e pontuações. Nem todos os tipos de pesquisa são empíricos. Por exemplo, simulações de computadores geram dezenas de rotinas de números aleatórios. Casos e medidas não estão envolvidos. Pesquisadores analíticos utilizam as operações matemáticas para trabalhar a partir de pressupostos iniciais para conclusões. Não há casos, medidas ou mensurações. As medidas são instrumentos utilizados para obter pontuações sobre os casos estudados. Por exemplo, as medidas podem ser itens ou questionários que os indivíduos respondem, ou podem ser itens nos formulários preenchidos pelos pesquisadores depois de rever os conjuntos de transações ou eventos. Finalmente, as pontuações (ou dados) representam as informações obtidas a partir de casos sobre as medidas utilizadas. Normalmente, os resultados são registrados em forma numérica. Pesquisadores utilizam essas pontuações para identificar as relações existentes com o esperado.
  5. 5. Para ilustrar, o pesquisador acredita que o aumento na educação conduz a aumento do sucesso financeiro, o que representa uma relação causal esperado. O pesquisador investiga essa expectativa, solicitando a colaboração de um grupo de trabalhadores adultos (cases). Um questionário (medida) é desenvolvido o qual se pede aos participantes para informar seu grau de escolaridade máximo e a renda bruta auferida no ano anterior. Através das respostas dos participantes, o pesquisador verifica se existe uma relação com o resultado esperado. Atividades de pesquisa. O cenário descrito indica que a pesquisa empírica envolve três atividades: mensuração, projeto e análise. Medição envolve atividades associadas com a medição dos fatos que formam o relacionamento esperado. No exemplo, o pesquisador desenvolve questões sobre educação e renda específicos para o estudo. Nas outras situações, o pesquisador pode começar com medidas já desenvolvidas e avaliar a sua adequação para um estudo em mãos. O projeto de pesquisa estabelece procedimentos para obtenção de casos de estudos para determinar como os resultados serão obtidos a partir desses processos. No exemplo, a escolha dos trabalhadores adultos para o estudo e a escolha de medidas e procedimentos para obter pontuações sobre essas medidas são ilustrativas para o projeto de pesquisa. A pesquisa empírica também envolve análises de pontuações. As análises são realizadas para descrever pontuações em medidas individuais e, em especial, para identificar as relações que possam existir entre as pontuações em diferentes medidas. No exemplo, o pesquisador está particularmente interessado na relação entre as pontuações nas medidas de educação e renda. Métodos de análise tipicamente envolvem o uso de estatísticas. Medição, projeto e análise são as três principais atividades da pesquisa empírica, como mostrado na Figura 1.3.
  6. 6. As linhas que ligam as três atividades de pesquisa sinaliza duas coisas. Primeiro, o sinal de que estas atividades de pesquisa estão relacionadas na prática. Por exemplo, as decisões sobre influência no projeto tanto na medicação e análise de decisões. Em segundo lugar, eles sinalizam que o conhecimento de qualquer atividade de pesquisa é útil para aprender sobre as outras atividades. Por exemplo, quanto mais você sabe sobre a análise, mais profundo poderá ser o seu entendimento de medição e desenho do projeto. Pesquisa destaque 1.2 Nem todas as pesquisas são Quantitativas. [...] a pesquisa qualitativa também é empírica. Pesquisadores que utilizam pesquisa qualitativas também usam medidas para obter pontuação de casos dentro de um projeto de pesquisa. Uma boa pesquisa qualitativa também é sistemática. No entanto, o pesquisador qualitativo tipicamente estuda um pequeno número de casos e muitas vezes envolvem-se em interação substancial com os casos estudados. As análises geralmente envolvem também um maior uso de interpretação subjetiva e julgamento dos pesquisadores. Os procedimentos estatísticos, são menos susceptíveis de serem utilizados pelos pesquisadores qualitativos. Os pesquisadores qualitativos usam uma variedade de projetos de pesquisa, método de medição e procedimentos para análise. Esses procedimentos têm suas origens a partir das ciências humanas, bem como na ciências sociais.
  7. 7. Um ponto de vista. A pesquisa é por muitas vezes descrita como uma importante ferramenta do “método científico” e que o método é descrito em termos de modo sumário a ser quase incompressível. Métodos de pesquisa podem, então, serem vistos como um misterioso conjunto de práticas que só alguns poucos escolhidos podem realizar isolados, em seus laboratórios. Método de pesquisa são facilmente acessíveis. Estes métodos não diferem qualitativamente de nossas práticas cotidianas de observação de eventos e dar sentidos a eles. Este livro dá a idéia de que os métodos de investigação têm duas vantagens para a obtenção de conhecimento e que estes são apenas vantagens quando a pesquisa está devidamente realizada e relatada. Em primeiro lugar, os métodos de investigação são conduzidos de forma correta, e as perguntas são dirigidas sistematicamente. Os pesquisadores coletam cuidadosamente dezenas de casos com valores que são adequadas para os questionamentos. A análise destes valores são cuidadosamente executadas, e os resultados obtidos são interpretados com cautela; limitações prováveis são reconhecidas. Em segundo lugar, a pesquisa realizada corretamente é um processo público: é transparente. Os métodos utilizados são apresentados juntamente com os resultados e interpretações. Esta característica é desejável para que outros possam avaliar os resultados da investigação e, repetir a pesquisa em condições semelhantes ou diferentes. Essas são afirmações modestas. Estudos individuais não respondem a perguntas definitivamente. Na melhor das hipóteses, as investigações de pesquisa são limitados por suposições e expectativas dos pesquisadores, por caso estudado, por medidas utilizadas, e pelos métodos de análise utilizados. Além disso, estudos que envolvem interações humanas são sempre limitadas pelo contexto, tal como a configuração organizacional na qual são realizadas. Na visão de Winston Churchill sobre democracia, “a pesquisa é a pior maneira de adquirir conhecimento, exceto para as alternativas”.

×