Meias de compressao

1.571 visualizações

Publicada em

Texto sobre as roupas compressivas voltadas para o esporte

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Meias de compressao

  1. 1. ROUPAS COMPRESSIVAS:A Nova Onda do Esporte No início eram só as meias e para provas de longa distância. Hoje as roupas compressivas cobrem todo o corpo de velocistas e maratonistasAS ROUPAS COMPRESSIVAS ESTÃO COM A CORDA TODANos últimos anos o uso dessas roupas ganham adeptos de todos os níveis. No início eram somente as meias,mas agora são camisetas, calças, manguitos...Roupas compressivas: a nova onda Mecanismos de açãoesportiva. Por que comprimir a musculatura traria benefícios As roupas compressivas para para o atleta? Antes deatividade física entraram nos últimos anos tentar compreender qualnaquele grupo de recomendações que seriam os motivos que levamentram no gosto dos atletas. Recentes a compressão a ser a novalançamentos das grandes indústrias, com vedete dos praticantes desuporte de atletas famosos, impulsionam esporte, vamos explicaras vendas destas vestimentas com a como funciona a circulaçãopromessa de melhorar o rendimento durante a atividade física.esportivo e melhorar a recuperação O coração bombeiamuscular. o sangue oxigenado que Na medicina, as roupas com acaba de chegar a ele doscompressão já são largamente utilizadas, pulmões para todo o corpo.principalmente na cirurgia vascular. A distribuição é feita por umDoenças venosas ou linfáticas, muitas sistema de vasos chamadas artérias. Esse O coração periféricovezes tem na compressão elástica um dos sangue rico em oxigênio segue sob o A contração do músculo daseus pilares terapêuticos. No entanto, regime pressurizado do coração (você já panturrilha funciona como umatualmente a indicação para seu uso deve ter ouvido falar que pressão boa é a verdadero coração das pernasestende-se para pessoas que não 12 x 8, o que quer dizer 120 por 80 bombeando o sangue de volta.possuem nenhum tipo de doença vascular, mmHg. Ou seja, quando o coração contrai As meias de compressivas atuaminclusive para atletas de alta performance. e envia o sangue para o corpo, a pressão de forma a auxiliar aAfinal, ela é boa para todos? dentro das artérias é de 120mmHg, eficiência dessa ação. quando este relaxa, devido à resistência das mesmas artérias, a pressão fica em [1]
  2. 2. 80mmHg) para todo o corpo, inclusive a 1. Diminui a retenção do sangue nas musculatura. veias. Após ser utilizado e O uso de meias compressivas descarregado o oxigênio, o sangue deve provocam a compressão das veias do retornar ao pulmão para ser reoxigenado subcutâneo. Com esta compressão, o e também levar "restos" do metabolismo sangue não fica represado na veia das células. Esse retorno acontece por um dilatada. Vale lembrar que a contração outro grupo de vasos, que são as veias. muscular age com efeito de bomba No entanto, como não temos um coração principalmente nas veias profundas. em cada extremidade (braços e pernas), As veias superficiais estão menos esse retorno depende de outros sujeitas a esse efeito devido ao estrtura mecanismos. não rígida do tecido subcutâneo. Sendo assim, a meia compressiva tem a Primeiro: as veias são dotadas de vávulas habilidade de promover a compressão que impedem o sangue de retornar, dessas veias externas, o que diminui o dando um sentido unidirecional ao fluxo. edema e facilita o esvaziamento do sangue dos membros de volta ao pulmão. Segundo: como os sistemas de vasos são interligados, o próprio bombeamento do 2. Diminui a vibração muscular sangue pelo coração "puxa" o sangue que Os tecidos compressivos também está atrás dele. Isso traz de volta o funcionam segurando a musculatura sangue que estão nas veias. É mecanismo duante a atividade o que diminui a que a física chama de vasos vibração do músculo durante o exercício. comunicantes. Ao diminuir esta vibração ocorre menor perda de energia e proteção dos Terceiro: as contrações musculares ligamentos e articulações. Isso diminuiria "apertam" as veias e "bombeiam" o a incidência de lesões pela prática sangue de volta aos pulmões. Então a esportiva. nossa musculatura são nossos verdadeiros corações periféricos. 3. Aumenta o fluxo arterial para a musculatura Agora sim, vamos às razões Pode parecer paradoxal, mas pelas quais a roupa compressiva levaria a estudos demonstram que uma um melhor rendimento deste sistema compressão suave entre 13 e 23mmHg circulatório em um atleta. promove o aumento do fluxo arterial para este local. Isso se deve devido àRoupas para todo corpo! As roupas compressivaspodem ser utilizadas emvários segmentos do corpo,não só para as pernas. As roupas! Entre os benefícios estãoo aumento do fluxo compressivas jáarterial, a menor vibração vestem os melhoresmuscular e o conforto atletas do mundotérmico. [2]
  3. 3. otimização do retorno venoso associado à Em resumo, o que se espera com o usodiminuicão da resistência periférica dessas roupas compressivas é:(causado pela dilatação das artérias 1. Recuperação mais rápidadurante a atividade física) ao fluxo do 2. Prevenção de lesãosangue. 3. Melhora de performance Agora, caso haja uma 4. Diminuir a fadiga muscularcompressão maior que 50mmHg, o efeitopassa a ser de garrote e diminui o fluxodo sangue. Posso utilizar qualquer tamanho de roupas?4. Melhora a performance muscular A resposta é simples e direta: Com toda essa melhoria do fluxo Não. Ora, se a compressão não pode serde sangue, é esperado que as roupas de muito intensa e nem pode fazer efeitoscompressão proporcionem uma melhro garrote, não dá pra utilizar o mesmo"limpeza" dos restos do metabolismo do tamanho para pessoas com formatomúsculo, o que aumentaria sua diferentes nas pernas.performance. A maioria das indústrias Compressão graduada Funciona mais ou menos assim: disponibilizam tamanhos P, M, G e GG !!A compressão, para serdurante o exercício físico intenso, os com 3 comprimentos variáveis: curto, eficiente e evitar omúsculos produzem energia com normal e longo. No entanto, pela efeito garrote deve serutilização do oxigênio (respiração aeróbia) Bauerfeind Brasil já existe a possibilidade graduada, sendo maior nose sem a utilização do oxigênio de realizar uma medida customizada e tornozelos.(anaeróbia). produzir uma meia de compressão sob !!Existem alguns Acontece que a produção de medida. estudiosos que acham queenergia sem a utilização do oxigênio Com essa tecnologia, o atleta existe uma diferençaliberam um monte de substâncias que são veste meias com um desenho especial e quando se fala emtóxicas e, quando acumuladas, provocam as pernas são filmadas durante um giro compressão para atletas.as cãimbras e o esgotamento muscular. de 360 graus. Essa filmagem éUm melhor fluxo carrega para longe essas transmitida a um computador que faz asubstâncias. leitura do formato das pernas e mostra uma imagem na tela. O volume e asJá existe a possibilidade de fazer meias personalizadas ao formato da pernaformas de cada perna aparecem Compressão graduada compressão maior nos segmentos maisperfeitamente e, a partir dessa imagem, distais e diminuindo gradualmente quandoum tear eletrônico confecciona a meia As meias utilizadas para o se chega perto do tronco. Dessa formapersonalizada com a compressão tratamento de doenças venosas chegam a evita-se o efeito garrote. E é aqui o outrodesejada. O nome do atleta e o lado atingir a compressão de 40mmHg. Para a grande benefício das meias(direito ou esquerdo) fica gravado na prática esportiva, em indivíduos personalizadas. Mesmo com um formatoetiqueta do produto, mostrando que a saudáveis, é preconizada a compressão de pernas fora do padrão o atletameia só serviria para aquela pessoa e de 15-20 mmHg. consegue essa compressão graduada.daquele lado. Apesar da maioria dos médicos Com essa possibilidade, todos prescrever uma compressão maior nosaqueles atletas que tem qualquer tipo de tornozelos e gradualmente menor acima edeficiência unilateral (p.ex. uma perna é A meia isto já ser mundialmente estabelecido emmais fina, ou tem sequela de alguma personalizada indivíduos com doença venosa, a mesmacirurgia...) fica contemplado com meias traz o nome do relação para atletas é contestada.perfeitas para suas pernas. Existem pesquisadores que Com toda essa especificidade, as atleta na afirmam que, como os esportistasmeias tiveram que passar pelo crivo da possuem uma bomba venosa eficienteANVISA antes de entrar no Brasil e sua sem refluxo venoso, eles não precisam defabricação ainda é toda feita na uma compressão maior nos tornozelos eAlemanha. Além da intensidade da sim na panturrilha. A justificativa, compressão, é importante também que segundo esses fisiologistas, é que a ela seja graduada, ou seja, tenha uma contração muscular repetida com o Imagem 3D personalizada ! ! Já existe a possibilidade de fazer uma medida personalizada de meia através da digitalização de um modelo em 3D da perna do atleta. ! ! Isso permite o ajuste perfeito da compressão e ao formato da perna. [3]
  4. 4. COMPRESSÃO JÁ!Prova curta, longa, pista, grama, areia... Elas jáfazem parte do equipamento do atletaconsequente movimento rápido de Existem tecidosenchimento e esvaziamento das veias, compressivos térmicos quecompromete antes a musculatura e auxiliam também nanão haveria motivos para comprimir manutenção datanto os pés o tornozelos. temperatura, o que não seria tolerado em um Tecidos ambiente quente. AMaratona e 100m rasos maior parte dos tecidos especiais compressivos para a permitem seu uso Os velocistas se utilizam de atividade esportiva sãoroupas justas há mais tempo que os compostos de poliamida em qualquermaratonistas. Tinham o apelo visual e e elastano. Uma mistura climao pretexto de diminuir a resistência ao com microfibra tambémar. Para o maratonistas o desconforto dá ao tecido uma melhor Um série de estudos afirmam que,de usá-las não compensava, além da sensação térmica, tanto para embora essas mudanças possampossbilidade de provocar um ambientes quentes quanto para ocorrer, elas não tem significado emsuperaquecimento no corpo do atleta. temperaturas mais baixas. melhor performance atlética. Está Com a evolução dos tecidos e Em terrenos mais rígidos posta a controvérsia.do conhecimento fisiológico hoje tanto como o asfalto, a capacidade do tecido Fica aqui o aviso que, emboramaratonistas quanto velocistas se de evitar a vibração muscular tem seu o apelo para o uso seja grande ebeneficiam das roupas com efeito mais acentuado. É de se esperar, exista uma série de indícios de seucompressão. Como o tempo de prova então, que uma compressão benefício, a escolha errada do suado velocista é menor com uma levemente mais acentuada seria vestimenta compressiva pode acarretaratividade anaeróbica explosiva, ele melhor em terrenos mais rígidos. Já em comprometimento de drenagemsuporta compressões maiores e em terrenos mais macios como areia e vascular. Então, antes de tudo,exercidas também na musculatura do grama, onde a contração muscular inclusive de começar a praticartronco em menor intensidade. Já para seria mais exigida, o efeito que se atividade física, procure uma boao atleta de provas de longa distância esperaria da compressão seria outro. orientação profissional.essa compressão não deve ser grande Na prática, porém, essae somente em membros inferiores. diferença é irrelevante e a mesma Referências bibliográficas Para os treinamentos, no vestimenta pode ser utilizada em 1. Kraemer WJ, Flanagan SD, Comstock BA, Fragala MS, Earp JE,entanto, não há diferenciação para o qualquer tipo de terreno. Seja qual for Dunn-Lewis C, Ho JY, Thomas GA, Solomon-Hill G, Penwell ZR, Powell MD, Wolf MR, Volek JS, Denegar CR, Maresh CM. Effectsuso de roupas compressivas. Estas o terreno ou temperatura, o atleta of a whole body compression garment on markers of recovery after a heavy resistance workout in men and women. J Strengthdevem ser confortáveis e com provoca fadiga muscular e atinge seu Cond Res. 2010 Mar;24(3):804-14. 2. Sperlich B, Haegele M, Achtzehn S, Linville J, Holmberg HC, Mestercompressão leve (15-20mmHg). Então esforço máximo e não há motivo para J. Different types of compression clothing do not increase sub- maximal and maximal endurance performance in well-trainedtanto para os treinos de fartlek, tiros, haver especificação diferentes do athletes. J Sports Sci. 2010 Apr;28(6):609-14. 3. Duffield R, Edge J, Merrells R, Hawke E, Barnes M, Simcock D, Gilllongão ou regenerativo a compressão tecido de compressão. N. The effects of compression garments on intermittentnão se modifica. É claro que o atleta exercise performance and recovery on consecutive days. Int J Sports Physiol Perform. 2008 Dec;3(4):454-68.sente mais diferença quando usa as 4. Duffield R, Cannon J, King M. The effects of compression garments on recovery of muscle performance following high-intensitymeias em treinos mais longos, isso Que resultado esperar sprint and plyometric exercise. J Sci Med Sport. 2010 Jan;13 (1):136-40. Epub 2009 Jan 7.devido ao tempo de exposição ao 5. Higgins T, Naughton GA, Burgess D. Effects of wearing compression garments on physiological and performance measures in aesforço, que é maior. Pesquisas recentes com atletas simulated game-specific circuit for netball. J Sci Med Sport. 2009 Jan;12(1):223-6. demonstram benefícios com o uso de 6. Houghton LA, Dawson B, Maloney SK. Effects of wearing vestimentas compressivas como uma compression garments on thermoregulation during simulated team sport activity in temperate environmental conditions. JPista, grama ou asfalto melhor ergonomia e postura na prática Sci Med Sport. 2009 Mar;12(2):303-9. 7. Duffield R, Portus M. Comparison of three types of full-body do exercício, acelera a remoção de compression garments on throwing and repeat-sprint performance in cricket players. Br J Sports Med. 2007 Jul;41(7): Os benefícios das roupas lactato muscular, reduz a vibração 409-14; discussion 414. 8. Bringard A, Perrey S, Belluye N. Aerobic energy cost and sensationcompressivas são visualizadas em muscular e influencia de forma positiva responses during submaximal running exercise--positive effects of wearing compression tights. Int J Sports Med. 2006 May;27qualquer tipo de terreno e clima. Mas o psicológico do atleta. (5):373-8.você deve ter atenção ao tipo de Porém nem tudo são flores 9. Bernhardt T, Anderson GS. Influence of moderate prophylactic compression on sport performance. J Strength Cond Res. 2005tecido que utiliza. para os defensores da compressão. May;19(2):292-7. Dr. Rodrigo Kikuchi Sites kikuchi@varizes.med.br Cirurgião Vascular formado pela USP, • www. competition.com.br kikuchi.rodrigo@gmail.com • www.2xu.com triatleta da equipe Santoro Esporte e • www.varizes.med.br aluno Competition • www.triathlete.com [4]

×