O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Pioderma Gangrenoso

1.640 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
  • DOWNLOAD THAT BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { http://bit.ly/2m77EgH } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book that can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer that is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story That Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money That the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths that Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Pioderma Gangrenoso

  1. 1. 153 CASO CLÍNICO L Pioderma gangrenoso - apresentação clínica de difícil diagnóstico * Pyoderma gangrenosum – a clinical manifestation of difficult diagnosis Mônica Santos 1 Carolina Talhari 2 3 4 Renata Fernandes Rabelo Antonio Pedro Mendes Schettini Carlos Alberto Chirano 5 Sinésio Talhari 6 Resumo: Pioderma gangrenoso é uma dermatose cutânea ulcerativa incomum, associada a uma varie- dade de doenças sistêmicas, incluindo doença inflamatória intestinal, artrites, neoplasias hematológi- cas, hepatites e aids. A sua patogênese é desconhecida. O diagnóstico geralmente é baseado em evidên- cias clínicas e confirmado com a exclusão das outras etiologias de lesões ulceradas cutâneas. Relatamos um caso de PG com ulcerações extensas com boa resposta ao tratamento. Palavras-chave: Diagnóstico, Pioderma gangrenoso, Tratamento primário Abstract: Pyoderma gangrenosum is an uncommon ulcerative cutaneous dermatosis associated with a variety of systemic diseases including inflammatory bowel disease, arthritis, hematological malignan- cies, hepatitis and acquired immunodeficiency syndrome (AIDS). The pathogenesis of pyoderma gan- grenosum remains unknown. Its diagnosis is usually based on clinical evidence and confirmed through a process of elimination of the other possible causes of cutaneous ulcers. This report describes a case of pyoderma gangrenosum with extensive ulceration that responded well to treatment. Keywords: Diagnosis; Primary Treatment; Pyoderma gangrenosumINTRODUÇÃO O pioderma gangrenoso (PG) é uma dermatose necrose tumoral (TNF-α)5. Clinicamente, apresentaneutrofílica inflamatória, de etiologia desconhecida, quatro variantes: ulcerada, bolhosa, vegentante e pus-que acomete principalmente adultos, entre 20 e 50 tulosa. A forma mais freqüente é a ulcerativa, que se ini-anos 1. Foi descrito em 1930 por Brusting et al em cia com pápula ou nódulo e evolui rapidamente parapaciente com retocolite ulcerativa. O PG é idiopático lesões ulceradas e dolorosas. Em até 25% dos casos deem 25-50% dos casos. Em aproximadamente 50% dos PG, o surgimento de novas lesões pode ser desencadea-casos tem sido descrita a associação com doenças sistê- do por traumas, tais como picadas de insetos, injeçõesmicas, tais como doença de Crohn, gamopatias mono- intravenosas e biópsia - fenômeno conhecido porclonais, artrites soropositivas, colagenoses, doença de patergia 6,7.Behcet, granulomatose de Wegener, doenças mielopro- Nesse trabalho, é apresentado um caso de PGliferativas e infecciosas, principalmente hepatites e aids extenso, de difícil diagnóstico e ótima resposta ao2,3,4 . Alguns pacientes com PG apresentam alteração da tratamento com corticoterapia, inicialmente associa-imunidade celular e humoral, com aumento da expres- da à clofazimina e dapsona e, posteriormente, à aza-são de interleucinas (IL), em especial IL-8 e fator de tioprina.Recebido em 09.10.2009.Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 03.04.2010.* Trabalho realizado no Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMTAM) – Manaus (AM), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None1 Doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias - Dermatologista da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMTAM) - Professora da disciplina de dermatologia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) – Manaus (AM), Brasil.2 Doutorado em doenças infecciosas e parasitárias - Médica dermatologista da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMTAM) - Professora da disciplina de dermatologia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) – Manaus (AM), Brasil.3 Residente de Dermatologia da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMTAM) – Manaus (AM), Brasil.4 Mestre em Patologia Tropical - Médico dermatologista da Fundação de Dermatologia Tropical e Venereologia Alfredo da Matta (FUAM) – Manaus (AM), Brasil.5 Especialista em dermatologia pela SBD - Médico Dermatologista da Fundação de Dermatologia Tropical e Venereologia Alfredo da Matta (FUAM) – Manaus (AM), Brasil.6 Doutor em Medicina - Diretor da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMTAM) – Manaus (AM), Brasil.©2011 by Anais Brasileiros de Dermatologia An Bras Dermatol. 2011;86(1):153-6.
  2. 2. 154 Santos M, Talhari C, Rabelo R, Schettini APM, Chirano C, Talhari SRELATO DE CASO são das outras hipóteses diagnósticas, foi instituída Identificação: paciente do sexo feminino, 34 terapia imunossupressora para PG. Inicialmente, foianos, solteira, há um ano com lesão ulcerada na face, realizada pulsoterapia com metilprednisolona endo-que progrediu para a região cervical, torácica anterior venosa na dose de 500mg/dia por três dias, seguida dee posterior. Ao exame dermatológico foram encontra- prednisona 100mg por via oral, observando-se regres-das lesões ulceradas com bordas elevadas e fundo são progressiva das lesões. Na fase inicial associou-serecoberto por material sero-purulento, localizadas na dapsona 100 mg/dia e clofazimina 100 mg/dia; poste-face, região cervical e parte superior da região toráci- riormente, essas drogas foram substituídas pela aza-ca anterior e posterior (Figura 1). No momento do tioprina, por via oral, na dose total de 50mg/dia.exame físico, as hipóteses de PG, micobacteriose atípi- Durante o tratamento, a paciente apresentou lesãoca e vasculite foram aventadas. ulcerada no terço inferior da perna esquerda (Figura Foram solicitados os seguintes exames comple- 3A e 3B), a qual, posteriormente, cicatrizou completa-mentares: hemograma, dosagem de glicose, uréia, mente durante o tratamento (Figura 3C).creatinina, colesterol, triglicérides, transaminases, fos- A paciente está em acompanhamento ambula-fatase alcalina, gama GT, ácido úrico, DHL e eletróli- torial para PG há um ano e meio, com remissão detos, estando todos dentro dos valores de referência. O todas as lesões. Atualmente, faz uso de prednisona, naEAS era normal. O exame de escarro foi negativo para dose de 20mg/dia e azatioprina, 50mg/dia, por viaBAAR, a radiografia de tórax era normal e duas cultu- oral. Apresenta acentuadas lesões cicatriciais com bri-ras para micobactérias foram negativas. O VDRL e a das fibróticas,atrofia (Figura 4A e 4B) e ectrópio nasorologia para HIV foram negativos. FAN, anti-DNA de região palpebral inferior esquerda (Figura 5).dupla hélice e proteína C reativa também foram nega-tivos. O exame histológico mostrou edema na derme DISCUSSÃOpapilar, com infiltrado inflamatório linfo-histiocitário Os achados clínico-patológicos e a evolução dasperi-vascular e polimorfonucleares neutrófilos, atin- lesões de PG são importantes para o diagnóstico dagindo a hipoderme (Figura 2). As colorações de Wade doença, mas a base do diagnóstico é a exclusão dee Grocott não evidenciaram estruturas parasitárias. outras doenças, principalmente doenças infecciosas, Face à correlação clínico-patológica e à exclu- auto-imunes, neoplasias e mesmo patomínia. NoA C AB D BFIGURA 1(A, B, C, D): Lesões ulceradas com bordas elevadas e fundo FIGURA 2 (A, B): Edema na derme papilar, com infiltrado inflama-recoberto por material sero-purulento, localizadas na face, região tório linfo-histiocitário peri-vascular e polimorfonucleares neutró- cervical e parte superior da região torácica anterior e posterior filos, atingindo a hipoderme (HE200x)An Bras Dermatol. 2011;86(1):153-6.
  3. 3. Pioderma Gangrenoso - apresentação clínica de difícil diagnóstico 155A B C FIGURA 3 (A, B, C): Lesão ulcerada no terço inferior da perna esquerda após picada de inseto; cresceu rapida- mente, cicatrizando comple- tamente com tratamento.exame histopatológico do PG, as lesões mais precoces Recentemente, o infliximabe foi empregado como tra-exibem padrão de reação vascular neutrofílica, às tamento alternativo para o PG 10.vezes com acometimento foliculocêntrico, enquanto Su et al, 11 em 2004, propuseram critérios diag-que as lesões mais desenvolvidas apresentam sinais nósticos de PG, incluindo critérios principais e secun-de necrose e infiltrado mononuclear 8. Apesar de ines- dários. Dentre os critérios principais encontram-se:pecíficos, os achados histopatológicos contribuem presença de úlcera cutânea dolorosa, com bordaspara a exclusão de outros diagnósticos diferenciais. regulares, apresentando rápida progressão e exclusão O tratamento de escolha para o PG são os cor- de outras causas de ulceração cutânea. Como critériosticóides orais ou endovenosos, podendo-se realizar a secundários são descritos: história sugestiva de pater-pulsoterapia para os casos mais graves. A ciclosporina, gia ou presença de cicatriz cribiforme; associação comazatioprina, dapsona, clofazimina, talidomida e o doenças sistêmicas (doença inflamatória intestinal,micofenolato mofetil têm sido também utilizados 9. artrite, gamopatia IgA ou neoplasia); encontro de neu- trofilia estéril da derme e/ou infiltrado inflamatório misto e/ou vasculite linfocítica no exame histopatoló- gico e rápida resposta à corticoterapia sistêmica. A presença dos dois critérios principais e de um secun-A dário estabeleceria o diagnóstico de PG.B Figura 5: Ectrópio FIGURA 4 (A, B): Lesões cicatriciais com bridas fibróticas e atrofia cicatricial An Bras Dermatol. 2011;86(1):153-6.
  4. 4. 156 Santos M, Talhari C, Rabelo R, Schettini APM, Chirano C, Talhari S Apesar de a etiologia do PG ainda não ser total- extenso e de difícil diagnóstico, presença de patergiamente conhecida, muitos autores referem associação mesmo na vigência de tratamento com imunossupres-com doenças sistêmicas. Na paciente em questão sor, boa resposta terapêutica e cicatrização inestéticatodos os exames solicitados foram normais, indicando de difícil correção cirúrgica.PG de provável etiologia idiopática. Este caso apresen-ta algumas particularidades: aspecto clínico muitoREFERÊNCIAS1. Ruocco E, Sangiuliano S, Gravina AG, Miranda A, Nicoletti G. Pyoderma 9. Eaton PA, Callen JP Mycophenolate mofetil as therapy for pyoderma . gangrenosum: an updated review. J Eur Acad Dermatol Venereol. 2009;23:1008-17. gangrenosum. Arch Dermatol. 2009;145:781-5.2. Ravic-Nikolic A, Milicic V, Ristic G, Jovovic-Dagovic B. Pyoderma gangrenosum 10. Chow RKP Ho VC. Treatment of pyoderma gangrenosum. J Am Acad Dermatol. , associated with Sjögren syndrome. Eur J Dermatol. 2009;19:392-3. 1996;34:1047-60.3. Futaki K, Komine M, Hosoda S, Hirashima M, Yokokura H, Yamada T, et al. 11. Su WP Davis MD, Weenig RH, Powell FC, Perry HO. Pyoderma gangrenosum: , Pyoderma gangrenosum associated with Takayasus arteritis without typical clinicopathologic correlation and proposed diagnostic criteria. Int J Dermatol. symptoms. Eur J Dermatol. 2009;19:266-7. 2004;43: 790-800.4. Yamanaka K, Kuniyuki S, Maekawa N, Yoshida Y, Teshima H. Pyoderma gangrenosum with myelodysplastic syndrome treated with analogous bone marrow transplantation. Acta Derm Venereol. 2009;89:105-6.5. Batista MD, Fernandes RL, Rocha MAD, Ikino JK, Pinheiro RF, Chauffaille MLLF, et al. Pioderma gangrenoso bolhoso e síndrome mielodisplásica. An Bras Dermatol. 2006; 81(Supl 3): S309-12.6. Powell FC, Su WP Perry HO. Pyoderma gangrenosum: classification and , ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: management. J Am Acad Dermatol. 1996;34:395-409. Mônica Nunes de Souza Santos7. Costa IMC, Nogueira LCS. Pioderma gangrenosum e artrite reumatóide. Relato de Av. Djalma Batista, 1661,shopping Millennium, Caso. An Bras Dermatol. 2005;80:81-2.8. Souza CS, Chiossi MPV, Takada MH, Foss NT, Roselino AMF. Pioderma Torre Médica, sala 609/610 gangrenoso: casuística e revisão aspectos clínicos, laboratoriais e terapêuticos. 69038-040. Manaus- AM, Brasil An Bras Dermatol. 1999;74:465-72. E-mail: m.n.souza.santos@gmail.comComo citar este artigo/How to cite this article: Santos M, Talhari C, Rabelo R, Schettini APM, Chirano C, TalhariS. Pioderma Gangrenoso - apresentação clínica de difícil diagnóstico. An Bras Dermatol. 2011;86(1):153-6.An Bras Dermatol. 2011;86(1):153-6.

×