Gestão Financeira Masdar

1.935 visualizações

Publicada em

Publicada em: Esportes, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.935
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão Financeira Masdar

  1. 1. Gestão financeira
  2. 2. Plano de aula Gestão financeira.1) Premissas da gestão financeira;2) Singularidades do esporte;3) Controle de custos.
  3. 3. Vendas é um elementocrítico do marketing,mas não sua panacéia.
  4. 4. Premissa da gestão financeira aplicada ao esporte 1) Preço formulado a partir da demanda; 2) Receitas indiretas maior que as receitas diretas;3) Aumentar eficiência é tão importante quanto aumentar lucro. Conceitos: Receitas diretas – toda aquela gerada no local do evento;Receitas indiretas – toda aquela gerada fora do local do evento.
  5. 5. Principais receitas no esporte Indiretas Diretas 1) Tickets;1) Direitos de transmissão; 2)A & B;2) Patrocínio. 3) Lojas; 4) Mídia estática e eletrônica; 5) Serviços; Outras receitas 6) Naming rights.1) Licenciamento.
  6. 6. Patrocínio - receita indireta Deve-se sempre buscar afinidade: taxaPropriedade apoio Patrocinador Intitulação
  7. 7. Entitulação e endossoApelo – Reconhecimento – Influência – Controvérsia
  8. 8. Retorno do patrocínio 1) MonetárioROI = Lucro líquido ÷ investimentos Real Madri (25 milhões de Euros) Bwin (121 milhões de Euros) ROI = 4,84 Vitória ou Bahia (R$ 2 milhões) OAS (R$ 5 milhões) ROI = 2,5
  9. 9. Retorno do patrocínio 2) Por objetivo a) Aumentar a percepção da marca;b) Influenciar na percepção da marca; c) Conquistar mercados;d) Envolvimento com a comunidade; e) Conquistar benefícios de venda; f) Gerar benefícios de mídia.
  10. 10. Proposta de Patrocínio1 – Ítens básicos: Apresentação, Formato, Investimento e Contatos;2 – Questões fundamentais: Gestão (status dos gestores, cooperação dos atletas e garantias de mídia); Posicionamento (adequação e utilidade); Mercado (fãs e audiência); Cobertura de mídia (regional e nacional); Perfil dos consumidores frequentes; RP (hospitalidade, associações no varejo, oportunidades de novos clientes); Promoção (licenciamento e propaganda); Competição (interesse e trava de emboscada); Status dos patrocínios (prazo).
  11. 11. Patrocínio - considerações - O negócio esportivo não funciona sem o patrocínio;- A lógica comercial dos patrocínios esportivo é a de “tiro curto”; - Para a torcida a valorização é sobre o intangível, mas para o patrocinador valorizar o tangível é preponderante;
  12. 12. Gestão financeira1) Aumentar receitas: Deve-se entender e desenvolver o modelo denegócio;2) Diminuir despesas: Foco nos custos (parte mais fácil). Para ambas é necessário uma perfeita mensuração, pois: "Só é gerenciado aquilo que se mede" Kaoru Ishikawa
  13. 13. Gestão financeira Foco nos custos:"custo é como unha - tem que cortar sempre". Tipos: 1) Custos operacionais; 2) Custos de Overhead.
  14. 14. Custos operacionaisConceito: são todos os custos incorridos nas atividades primárias.Seguindo o conceito de Shingo, são todas as atividades executadasonde temos um espectador.a) Devem ser medidos em valores específicos: R$/unidade de produto(ticket médio);b) Aumenta em valores absolutos quando a produção aumenta;c) Afetado por preço da matéria-prima, consumo específico e ritmo deprodução.
  15. 15. Custos de OverheadConceito: são todos os custos referentes `as atividades de apoio.a) Devem ser medido em valores absolutos: R$/unidade de tempo;b) Devem cair sempre;c) Para subir, deve haver projeto específico comprovando retornofinanceiro.
  16. 16. Combate aos custosOs custos desnecessários estão escondidos em todos os lugares e,quando a cultura de seu combate é estabelecida, você irá perceberque os custos podem ser reduzidos a níveis inacreditáveis. Dica: técnica das três fontes perdas desperdício, inconsistência e insuficiência.
  17. 17. As três fontes de perdasBusca identificar pontos de excelência e de otimização, o que permite atuarnos desperdícios, insuficiências e inconsistências dos processos, garantindo uma redução de custos sem destruição de valor e produzindo resultados que atendam às necessidades de seus clientes de uma maneira superior à dos seus concorrentes nos aspectos qualidade, custo, prazo, segurança e meio ambiente.
  18. 18. Muito obrigado!

×