Roteiro
1) Apresentação (30min)
• Etapas
• Princípios Norteadores do PMC
• Eixos
• Diagnóstico
• Definições
• Metodologia
...
Etapas
Princípios Norteadores do PMC
• Desenvolver a territorialização das políticas, programas, projetos e ações
públicas;
• Exp...
3 Diretrizes e 7 Metas
3 Diretrizes e 12 Metas
3 Diretrizes e 10 Metas
4 Diretrizes e 15 Metas
2 Diretrizes e 6 Metas
Estrutura do PMC SP
Diagnóstico
5 Eixos
15 Diretrizes
50 Metas
São Bento / Hip Hop paulistano
Mês do Hip Hop - Março
O MÊS DO HIP HOP oferece diversas atrações
artísticas espalhadas por SP referentes aos 4
elementos ...
Diagnóstico (pp. 133 e 134)
Racha na Arena – Centro Cultural da
Juventude
Ocupação Preta – Centro Cultural da Penha
Diagnóstico (pp. 131)
Diagnóstico (pp. 131)
VAI I e II (2014 - 2015)
p.169
14,5%
0,5%
4 5 6
11
16
18
21 21 22 23
30
32 33
38
41
Rádio
CulturaIndígena
ArtesCircences
Outros
HipHop
Patrimônio/Memória
CulturaDig...
Agentes Comunitários de
Cultura
1 1 1
4
5
6
7
8
11
12
15
22 22
28
0
5
10
15
20
25
30
Linguagem artística da Ação Cultural
...
Espaços Planejados p.70
Definições
O que são diretrizes?
Diretrizes são orientações, guias, rumos.
São linhas que definem e regulam um traçado
ou ...
Definições
O que são ações?
Atividades para obter determinado resultado, no
caso atingir a meta proposta.
O que são metas?...
Metodologia
• Cada participante receberá 3 tipos de Fichas de Colaboração:
Ficha1: Avalie a Meta de interesse, apontando s...
Metodologia
• Utilize apenas uma ficha por meta;
• Vamos trabalhar em grupo;
• Na medida em que as fichas forem preenchida...
http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
Diretriz 01: (1 à 3) Reestruturação e regionalização
Diretriz 02: (4 à 6) Sistema Municipal de Cultura
Diretriz 03: (7) Si...
HIP HOP CIDADANIA CULTURAL
POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS PARA O HIP HOP
EFETIVAR DAS LEIS VOLTADAS PARA O HIP HOP: LEI Nº 13...
HIP HOP CIDADANIA CULTURAL
INSERÇÃO PRODUTIVA
FORMAÇÃO DOS ATORES CULTURAIS DO HIP HOP PARA ARTE EDUCAÇÃO
FORMAÇÃO TÉCNICA...
PATRIMÔNIO E MEMÓRIA
RECONHECER OS MESTRES E MESTRAS DO HIP HOP
RECONHECER OS MÁRTIRES DO HIP HOP NOMEANDO RUAS, ESCOLAS, ...
FOMENTO
INCENTIVAR OS COLETIVOS
CRIAÇÃO DE UM FOMENTO ESPECÍFICO PARA O BREAKING
EDITAL PARA PESQUISADORES DO MOVIMENTO HI...
PROPOSTAS PARA O HIP HOP NO PLANO DE CULTURA 2016 Hip hop 10 03 16
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PROPOSTAS PARA O HIP HOP NO PLANO DE CULTURA 2016 Hip hop 10 03 16

357 visualizações

Publicada em

Com a não previsão do movimento hip hop no plano de cultura da cidade, o movimento hip hop e Forum Hip Hop MSP reivindicou até fora realizado o plano de cultura com foco do hip hop para cidade de São Paulo. O movimento buscou realizar o plano a partir de sua autonomia num dialogo conjunto com poder público> Forma que tornou se diferenciada do plano porque não fora articulado a partir de propostas prontas de cima para baixo, onde somente teriamos que rubricar o que estava imposto, algo que não dialogava com a demanda do movimento. Os técnicos da secretaria de cultura não haviam pensado no hip hop como parte importante das politicas publicas culturais da cidade e atinge diretamente a população pobre, preta e periférica. Estamos esperando a publicação com as propostas do movimento Hip Hop paulista.
forumhiphopeopoderpublico.blogspot.com.br

Publicada em: Direito
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
357
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
89
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PROPOSTAS PARA O HIP HOP NO PLANO DE CULTURA 2016 Hip hop 10 03 16

  1. 1. Roteiro 1) Apresentação (30min) • Etapas • Princípios Norteadores do PMC • Eixos • Diagnóstico • Definições • Metodologia 2) Debate 2h30
  2. 2. Etapas
  3. 3. Princípios Norteadores do PMC • Desenvolver a territorialização das políticas, programas, projetos e ações públicas; • Expandir e qualificar a infraestrutura de equipamentos culturais; • Cristalizar a formação técnica, artística e de gestão cultural como base da política; • Criar as condições para o oferecimento de programação cultural diversa e de excelência; • Implementar políticas para as artes que garantam a produção, circulação, acesso e fruição das diferentes linguagens artísticas; • Consolidar a cidadania cultural como pilar das políticas públicas de cultura; • Desenvolver estratégias que fortaleçam o potencial econômico da cultura; • Estruturar um sistema municipal de informações e indicadores culturais
  4. 4. 3 Diretrizes e 7 Metas 3 Diretrizes e 12 Metas 3 Diretrizes e 10 Metas 4 Diretrizes e 15 Metas 2 Diretrizes e 6 Metas
  5. 5. Estrutura do PMC SP Diagnóstico 5 Eixos 15 Diretrizes 50 Metas
  6. 6. São Bento / Hip Hop paulistano
  7. 7. Mês do Hip Hop - Março O MÊS DO HIP HOP oferece diversas atrações artísticas espalhadas por SP referentes aos 4 elementos do Hip Hop: Mc, Break, DJ e Grafite. Apresentações e oficinas em todas as regiões
  8. 8. Diagnóstico (pp. 133 e 134) Racha na Arena – Centro Cultural da Juventude Ocupação Preta – Centro Cultural da Penha
  9. 9. Diagnóstico (pp. 131)
  10. 10. Diagnóstico (pp. 131)
  11. 11. VAI I e II (2014 - 2015) p.169 14,5% 0,5%
  12. 12. 4 5 6 11 16 18 21 21 22 23 30 32 33 38 41 Rádio CulturaIndígena ArtesCircences Outros HipHop Patrimônio/Memória CulturaDigital LivroeLiteratura Teatro ArtesVisuais CulturaTradicional Dança Audiovisual ArtesIntegradas Música Total: 85 projetos apoiados financeiramente (19%) Pontos de Cultura 2014/2015
  13. 13. Agentes Comunitários de Cultura 1 1 1 4 5 6 7 8 11 12 15 22 22 28 0 5 10 15 20 25 30 Linguagem artística da Ação Cultural Total de 151 agentes apoiados – 12 para Hip Hop – (8%)
  14. 14. Espaços Planejados p.70
  15. 15. Definições O que são diretrizes? Diretrizes são orientações, guias, rumos. São linhas que definem e regulam um traçado ou um caminho a seguir. Diretrizes são instruções ou indicações para se estabelecer um plano, uma ação, um negócio etc.
  16. 16. Definições O que são ações? Atividades para obter determinado resultado, no caso atingir a meta proposta. O que são metas? Ações de forma quantificada. É o algo que você deseja, mas que é possível ser medido. É alguma coisa que você tem em mente para o futuro, mas que seja determinado.
  17. 17. Metodologia • Cada participante receberá 3 tipos de Fichas de Colaboração: Ficha1: Avalie a Meta de interesse, apontando se concorda ou não concorda; Ficha 2: Se você não concordou com alguma meta utilize a Ficha de Alteração de conteúdo (branca). Ficha 3 (amarela): Se você considera que esse eixo precisa de novas metas ou diretrizes utilize a Ficha de Inclusão de conteúdo.
  18. 18. Metodologia • Utilize apenas uma ficha por meta; • Vamos trabalhar em grupo; • Na medida em que as fichas forem preenchidas devem ser entregues aos relatores; • Será publicado o relatório com todas as contribuições e você também poderá contribuir no site até o dia 15/3
  19. 19. http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
  20. 20. http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
  21. 21. http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
  22. 22. http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
  23. 23. http://planomunicipaldecultura.prefeitura.sp.gov.br/consulta
  24. 24. Diretriz 01: (1 à 3) Reestruturação e regionalização Diretriz 02: (4 à 6) Sistema Municipal de Cultura Diretriz 03: (7) Sistema Municipal de Informações Diretriz 04: (8 à 14) Rede de espaços culturais Diretriz 05: (15 à 17) Gestão compartilhada de espaços culturais Diretriz 06: (18 e 19) Espaços de guarda de acervos Diretriz 07: (20 à 22) Salvaguarda de bens culturais Diretriz 08: (23 à 25) Difusão de bens culturais Diretriz 09: (26 à 29) Acesso aos bens culturais e acervos Diretriz 10: (30 à 32) Formação artística e cultural Diretriz 11: (33 à 35) Formação de público Diretriz 12: (36 à 40) Programação cultural Diretriz 13: (41 à 44) Produção cultural e fomento à cultura Diretriz 14: (45 e 46) Audiovisual Diretriz 15: (47 à 50) Economia da cultura Eixo I Eixo II Eixo III Eixo IV Eixo V
  25. 25. HIP HOP CIDADANIA CULTURAL POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS PARA O HIP HOP EFETIVAR DAS LEIS VOLTADAS PARA O HIP HOP: LEI Nº 13934/2004 PREMIO SABOTAGE RESOLUÇÃO Nº 2 / DIA DO DJ 9 DE MARÇO / LEI 14485/2007 LIV SEMANA DO HIP HOP IMPLEMENTAR O DIA DO BREAKING MANUTENÇÃO DA LEI DO DIA DO GRAFFITI EFETIVAR A PL HIP HOP EDUCAÇÃO GARANTIR QUE NAS COMISSÕES DE SELEÇÃO TENHAM REPRESENTANTES DO HIP HOP APOIAR A IMPLANTAÇÃO DO JUVENTUDE VIVA JUNTO À SDH FORMAÇÃO DE GESTORES SOBRE O HIP HOP E GÊNERO DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA PROPRIA COM REAJUSTE ANUAL PREVISTO NA LEI ACESSO AOS FUNDOS DE CULTURA INCLUIR PASTA DO HIP HOP NA ESTRUTURA DA SECRETARIA E CARGOS COMISSIONADOS PARA PESSOAS DO HIP HOP IMPLANTAÇÃO DO CONSELHO DO HIP HOP NA CIDADE DE SÃO PAULO
  26. 26. HIP HOP CIDADANIA CULTURAL INSERÇÃO PRODUTIVA FORMAÇÃO DOS ATORES CULTURAIS DO HIP HOP PARA ARTE EDUCAÇÃO FORMAÇÃO TÉCNICA DE GESTÃO E PRODUÇÃO CULTURAL CURSOS DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA PARA PRODUÇÃO CULTURAL: AUDIOVISUAL, RADIO, TELEVISÃO, MÍDIAS SOCIAIS CIRCUITO LITERÁRIO COM O HIP HOP FOMENTAR FEIRAS NO ANHEMBI DA PRODUÇÃO/NEGÓCIOS DO HIP HOP (META 48) INCLUIR METAS 42/43/44 INCENTIVO DE BOLSA CULTURA PARA OS DANÇARINOS DE BREAKING QUE REPRESENTAM O PAÍS EM COMPETIÇÕESS INTERNACIONAIS E NACIONAIS FORMAÇÃO DE PÚBLICO VOCACIONAL DO HIP HOP ESTIMULAR OFICINAS, WORKSHOP, SIMPÓSIOS DE HIP HOP ESTIMULAR A IMPLANTAÇÃO DA LEI 10.639 EXIGIR EXPERIENCIAS PRÁTICAS EM PROGRAMAS COMO VOCACIONAL FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL EM HIP HOP
  27. 27. PATRIMÔNIO E MEMÓRIA RECONHECER OS MESTRES E MESTRAS DO HIP HOP RECONHECER OS MÁRTIRES DO HIP HOP NOMEANDO RUAS, ESCOLAS, ETC. RECONHECER A PEDRA DO MARCO ZERO DO HIP HOP DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO (CURTO) E EXECUÇÃO DO MONUMENTO RECONHECER O ESPAÇO SÃO BENTO COMO PATRIMÔNIO HISTÓRICO CULTURAL (MÉDIO) RECONHECER A PRAÇA ROOSEVELT (CURTO) RECONHECER O ACERVO DA MEMÓRIA, METRO CONCEIÇÃO MAPEAR E RECONHECIMENTO E TERRITÓRIOS RELEVANTES PARA O HIP HOP (MEDIO) RECONHECIMENTO DAS POSSES TOMBAMENTO DE ESPAÇOS E EQUIPAMENTOS HISTÓRICOS DE GRAFFITI PROGRAMAÇÃO EFETIVAR O DIA DO HIP HOP INCLUIR EVENTOS TRADICIONAIS DO HIP HOP NA PROGRAMAÇÃO DA CIDADE DE SÃO PAULO EXPANDIR A LEI DA SEMANA DO HIP HOP PARA TODAS AS ESCOLAS (META 33) AMPLIAR A DIVULGAÇÃO DOS EVENTOS CULTURAIS DO HIP HOP INCORPORAR NA PROGRAMAÇÃO APRESENTAÇÕES DE BREAKING EM HIP HOP CIDADANIA CULTURAL
  28. 28. FOMENTO INCENTIVAR OS COLETIVOS CRIAÇÃO DE UM FOMENTO ESPECÍFICO PARA O BREAKING EDITAL PARA PESQUISADORES DO MOVIMENTO HIP HOP PARA REGISTRO HISTÓRICO DO HIP HOP INCENTIVAR INTERCÂMBIO DO HIP HOP CRIAÇÃO DE UMA AGENDA DE EDITAIS FOMENTO DA LITERATURA DE HIP HOP POR MEIO DE REEDIÇÃO DE LIVROS E DA EDIÇÃO DE NOVOS LIVROS EQUIPAMENTOS E ESPAÇOS CULTURAIS DO HIP HOP AMPLIAR E FOMENTAR A DISCUSSÃO DAS CASAS DE HIP HOP CRIAÇÃO DAS CINCO CASAS (CURTO PRAZO), MÉDIO (20) LONGO (32) CRIAÇÃO DE UMA BIBLIOTECA TEMÁTICA DE HIP HOP CRIAÇÃO DE GALERIAS DE ARTES DO GRAFFITI HIP HOP CIDADANIA CULTURAL

×