VESTIBULAR FATEC                                                        2º SEMESTRE 2007                                  ...
H IS T ÓR IA                                            Q UE S T ÃO 3                                                     ...
QUE S TÃO 5                                                    QUÍM ICA  Eu poderia ter transformado esta sala num campo  ...
QUE S TÃO 9                                                  Q UE S T ÃO 1 0                             O gráfico a seguir...
QUE S TÃO 12                                               INGLÊSSabões e detergentes podem ser usados parafinalidades seme...
QUE S TÃO 14                                                  Q UE S T ÃO 1 6Segundo o texto,                             ...
MAT E MÁ T IC A                 QUE S TÃO 19Os números reais x e y são tais que:                       2x2 + 5x – 3       ...
QUE S TÃO 22Pelo fato de estar com o peso acima do recomen-dado, uma pessoa está fazendo o controle dascalorias dos alimen...
F ÍS IC A                                            Q UE S T ÃO 2 7                                                      ...
QUE S TÃO 29                                               GEOGRAFIAAnalise as afirmações abaixo:                          ...
QUE S TÃO 32                                                        Q UE S T ÃO 3 3                                       ...
QUE S TÃO 35                                                        BIOLOGIA Analise o gráfico para responder à questão.   ...
QUE S TÃO 39                                              Q UE S T ÃO 4 1Os códons são modelos propostos pelos bioquími-  ...
PORTUGUÊS               PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES DE NÚMEROS 43 A 45, LEIA OS TEXTOS A SEGUIR.                           ...
QUE S TÃO 45                                                   Q UE S T ÃO 4 6Assinale a alternativa em que se encontra re...
REDAÇÃO   O objetivo da campanha publicitária do texto III parece ser o de afirmar que a felicidade desfrutada nos pequenos...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prova fatec 2-2007

2.685 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.685
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prova fatec 2-2007

  1. 1. VESTIBULAR FATEC 2º SEMESTRE 2007 Data do Exame: 01/07/2007 (domingo), às 13h30min PROVA ÚNICA • CADERNO DE QUESTÕESNome do(a) candidato(a):________________________________________ Nº de inscrição: ________________Caro(a) candidato(a),Antes de iniciar a prova, leia atentamente as instruções abaixo.INSTRUÇÕES:1. Este caderno contém 48 questões em forma de teste e uma redação.2. A prova terá duração de 4 (quatro) horas.3. Você receberá do Fiscal a Folha de Respostas Definitiva e a Folha de Redação. Verifique se esse material está em ordem e com todos os dados impressos corretos. Caso contrário, notifique, imediatamente, o Fiscal.4. Verifique, ainda, se este caderno de questões não possui falha(s) de impressão.5. Após certificar-se de que a Folha de Respostas Definitiva é sua, assine-a com caneta esferográfica preta, no local indicado “ASSINATURA DO(A) CANDIDATO(A)”.6. A Folha de Redação estará personalizada com os seus dados, mas não deverá ser assinada.7. Após o recebimento da Folha de Respostas Definitiva e da Folha de Redação, não as dobre e nem as amasse, manipulando-as o mínimo possível.8. Cada questão contém 5 (cinco) alternativas (A, B, C, D, E), das quais somente uma atende às condições do enunciado.9. Responda a todas as questões. Para cômputo da nota, serão considerados apenas os acertos.10. Os espaços em branco contidos neste caderno de questões poderão ser utilizados para rascunho.11. Estando as questões respondidas neste caderno, você deverá transcrever todas as alternativas assinaladas para a Folha de Respostas Definitiva, utilizando caneta esferográfica preta.12. Questões com mais de uma alternativa assinalada, com rasura ou em branco serão anuladas. Portanto, ao preencher a Folha de Respostas Definitiva, faça-o cuidadosamente. Evite erros, pois não será possível a sua substituição.13. Preencha as quadrículas da Folha de Resposta Definitiva, com caneta esferográfica preta e com traço forte e cheio, conforme o exemplo abaixo: A B C D E14. Recomenda-se ao candidato, elaborar a redação, primeiramente, no espaço reservado no caderno de questões “RASCUNHO DA REDAÇÃO”, e, após, transcrevê-la para a Folha de Redação, utilizando caneta esferográfica preta.15. Terminada a prova, avise o Fiscal, pois este recolherá a Folha de Resposta Definitiva e a Folha de Redação, na carteira do candidato.16. Após o início da prova, o candidato deverá permanecer, no mínimo, 2 (duas) horas dentro da sala do Exame.17. O candidato somente poderá levar este caderno de questões após, decorridas 3 (três) horas de permanência na sala do Exame.18. Ao término do Exame, o candidato somente poderá retirar-se da sala após entregar ao Fiscal a Folha de Respostas Definitiva, devidamente assinada, e a Folha de Redação.19. Será eliminado do Exame o candidato que: • se comunicar com outro candidato; • consultar livros ou anotações; • utilizar qualquer tipo de equipamento eletrônico; • emprestar material de qualquer natureza; • sair da sala sem autorização do Fiscal.20. Aguarde a ordem do Fiscal para iniciar o Exame. ATENÇÃO DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS MATRÍCULAS Acompanhe as datas de divulgação dos resultados 1ª lista de convocados: 1ª lista de convocados: e de Matrícula. Recomendamos ao candidato 24/07/2007 25/07/2007 providenciar, com antecedência, a documentação necessária para a efetivação da Matrícula, 2ª lista de convocados: 2ª lista de convocados: conforme página 28 do Manual do Candidato. 26/07/2007 27/07/2007
  2. 2. H IS T ÓR IA Q UE S T ÃO 3 Preparado por uma comissão especial liderada QUE S TÃO 1 por Bernardo Pereira de Vasconcelos, após longosOrganizada com base na exploração estabelecida pelo debates na Assembléia Geral, foi promulgado, emmercantilismo metropolitano espanhol, a sociedade 18/08/1934, o Ato Adicional à Constituição do Império,colonial apresentava, no topo da escala hierárquica, que promovia mudanças, comoa) os criollos, grandes proprietários e comerciantes a) a criação de Conselhos de Estado em substitui- que, por constituírem a elite colonial, participavam ção às Assembléias Legislativas Provinciais. das câmaras municipais. b) a criação de uma Regência Trina Permanen-b) os chapetones, que ocupavam altos postos te, eleita por voto indireto, para governar até a militares e civis. maioridade de D.Pedro de Alcântara.c) os calpulletes, que ocupavam altos cargos c) diminuir a autonomia que era dada às províncias. administrativos dos chamados ayuntamientos. d) a criação do Município Neutro, independente dad) os mestiços, que, por serem filhos de espanhóis, Província do Rio de Janeiro. podiam estar à frente dos cargos político- e) a substituição da Regência Una por uma Regên- administrativos. cia Trina, sendo esta escolhida por meio de elei-e) os curacas, donos de grande quantidade de terra, ções gerais. que administravam os cabildos. Q UE S T ÃO 4 QUE S TÃO 2 O movimento ludita e o cartismo foram respecti-Se levarmos em conta que os colonizadores vamente:portugueses mantiveram um contato maior com a) uma reação de defesa dos trabalhadores fran-as nações tupi, podemos dizer que as sociedades ceses que foram aprisionados pelos alemães naindígenas brasileiras viviam num regime de guerra franco-prussiana; e uma ação pacífica emcomunidade primitiva, no qual defesa dos trabalhadores irlandeses exploradosa) não existia propriedade privada, pois os únicos pelos ingleses. bens individuais eram os instrumentos de caça, b) uma reação da camada operária inglesa, que- pesca e trabalho, como o arco, a flecha e o brando máquinas, pois as identificavam como machado de pedra. causadoras de desemprego; e uma das primei-b) cabia aos homens, além da caça e da pesca, ras tentativas de organização da classe operá- toda a atividade agrícola do plantio a da colheita. ria através de reivindicações contidas na “Carta do Povo”.c) cada família tinha a sua propriedade, apesar de todos trabalharem para o sustento da comuni- c) um movimento operário inglês, que reivindicava dade. melhores condições de trabalho através da intro- dução de máquinas; e um movimento operáriod) a economia era planificada, e todo o excedente que defendia um governo socialista. era trocado com as tribos vizinhas. d) uma ação isolada de trabalhadores ingleses que,e) tanto a propriedade privada quanto a agricultura influenciados por Karl Marx, reivindicavam a in- de subsistência e a divisão de trabalho obedeciam trodução das máquinas; e um movimento de tra- a critérios naturais, ou seja, de acordo com o sexo balhadores escoceses que defendiam o fim da e a idade. servidão em seu território. e) um movimento, liderado por Willian Ludd, que defendia melhores condições de trabalho; e uma reação liderada por Lord Strangford em defesa de 8 horas de trabalho, por meio da “Carta do Povo”.2 • FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC
  3. 3. QUE S TÃO 5 QUÍM ICA Eu poderia ter transformado esta sala num campo armado de ‘camisas negras’, um acampamento Q UE S T ÃO 7 para cadáveres. Eu poderia ter costurado as portas Considere o texto a seguir: do Parlamento. (Benito Mussolini, 16/11/1922) Cavendish ficou intrigado pelo gás que era produzido quando certos ácidos reagiam comEsse discurso metais. [...] Descobriu que esse novo gás tinha uma densidade de apenas 1/14 da do ar. Observoua) instaurou um governo nacional socialista e demo- também que, quando uma chama era introduzida crático na Itália, em oposição ao governo fascista numa mistura desse gás com ar, o gás pegava do Rei Vitor Emanuel III. fogo. Por isso chamou-o de “ar inflamável dos metais”. [...] Cavendish pensou que o ar inflamávelb) atacou a inoperância do Parlamento Socialista vinha de fato dos metais, não do ácido. Como a Italiano, que emperrava as reformas políticas e maioria dos químicos, seus contemporâneos, ele sociais propostas pelo Partido Fascista Social- também aceitava a teoria do flogístico, acreditando democrata italiano. que os metais eram uma combinação de cinzac) marcou a despedida do cargo de deputado exer- metálica e flogístico. Isso, juntamente com a leveza cido por Mussolini, que, a partir daquele momen- e inflamabilidade excepcionais do “ar inflamável”, o levou à conclusão sensacional de que havia to, começou a lutar na região de Piemonte para conseguido isolar o flogístico. derrubar o Rei. (Paul Strathern, O sonho de Mendeleiev)d) defendeu o fim do governo absolutista do Rei Vitor Emanuel III e a criação de uma Monarquia As informações contidas no texto permitem concluir Parlamentar nos moldes da República francesa. que o gás observado por Cavendish era o:e) instaurou um novo governo, cuja maioria perten- cia ao Partido Fascista Italiano, o qual ocasionou a) O2 b) N2 c) H2 d) CO2 e) CH4 o fim da democracia parlamentar e a formação de uma ditadura fascista. Q UE S T ÃO 8 QUE S TÃO 6 A ação de leveduras sobre o vinho (uma solução aquosa que contém etanol) pode levar à formaçãoApós o impeachment de Collor, Itamar Franco assumiu de vinagre (uma solução aquosa que contém ácidoa presidência do Brasil, dizendo que sua meta era acético). Com base nessa informação, um estudantecombater a pobreza, a inflação e a recessão. Sobre fez as seguintes afirmações:seu governo é correto afirmar que I. As leveduras promovem a oxidação de etanol aa) o desemprego e a miséria diminuíram, dando ácido acético. alento à população. II. Com o passar do tempo, a ação das levedurasb) os erros políticos, administrativos e econômicos faz com que aumente a concentração de íons cometidos por ele geraram incertezas quanto ao hidrogênio (H+) em solução. futuro do país. III. O vinagre deve ter um pH menor do que o doc) conseguiu reduzir consideravelmente a taxa infla- vinho. cionária do país, ao bloquear os ativos financei- ros das pessoas físicas e jurídicas.d) visava a defender e recuperar as reservas interna- Das afirmações feitas pelo estudante, cionais do país com a decretação da moratória. a) somente I é correta.e) buscava controlar os preços e desindexar a eco- b) somente I e II são corretas. nomia, com a criação do Plano Cruzado. c) somente II e III são corretas. d) somente I e III são corretas. e) I, II e III são corretas. FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC • 3
  4. 4. QUE S TÃO 9 Q UE S T ÃO 1 0 O gráfico a seguir relaciona as massas de magnésio Dois recipientes A e B, de igual capacidade (V) e à que reagem com oxigênio para formar óxido de mesma temperatura (T), contêm a mesma massa (m) magnésio. dos gases H2 e Cl2. A Bmassa de magnésio (g x 10) H2 Cl2 9 Volume V V 8 Massa m m 7 Temperatura T T 6 DADOS Massas molares (g/mol): 5 H ........ 1 Cl ........ 35,5 4 A esse respeito são feitas as afirmações: 3 I. Em ambos os recipientes, a pressão exercida 2 pelos gases H2 e Cl2 é a mesma. 1 II. No recipiente A, que contém H2, a pressão é maior do que no recipiente B, que contém Cl2. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 III. Embora as massas sejam iguais, o número de Massa de oxigênio (g x 10) partículas em A é maior do que em B. É correto o que se afirma apenas em: Considere os reagentes em extrema pureza, e a) I. b) I e II. c) III. d) I e III. e) II e III. reação completa. A análise desse gráfico permite afirmar que a) as massas de oxigênio e magnésio, envolvidas nas reações, são inversamente proporcionais. Q UE S T ÃO 11 b) a massa de oxigênio, necessária para reagir com Deseja-se estudar a influência da concentração dos 48 g de magnésio, é de 4,8 g. reagentes sobre a velocidade de uma reação do tipo: c) usando-se 60 g de magnésio e 60 g de oxigênio formam-se 100 g de óxido de magnésio, havendo A + B → produtos um excesso de 20 g de oxigênio. d) usando-se 60 g de magnésio e 60 g de oxigênio Para isso, foram feitas as seguintes observações: formam-se 120 g de óxido de magnésio. I. duplicando-se a concentração de A, a velocidade e) a proporção entre as massas de magnésio e oxi- da reação também duplicou; gênio que reagem para formar óxido de magné- II. triplicando-se a concentração de B, a velocidade sio é de 2 de Mg para 3 de O. da reação aumentou por um fator de 9. Assim, se as concentrações de A e de B forem ambas divididas pela metade, a velocidade dessa reação irá a) duplicar. b) diminuir pela metade. c) aumentar quatro vezes. d) diminuir oito vezes. e) permanecer a mesma. 4 • FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC
  5. 5. QUE S TÃO 12 INGLÊSSabões e detergentes podem ser usados parafinalidades semelhantes, mas seus processos de LEIA O TEXTO A SEGUIR E RESPONDAfabricação são diferentes. Foi feito um estudo que ÀS QUESTÕES DE 13 A 15.mostra a emissão de poluentes pelas indústrias dedetergentes e sabões, e a tabela a seguir mostra EDIBLE COTTONalguns dos resultados obtidos: If it weren’t poisonous, cotton would make a terrific food. Its seeds are rich in high-quality protein, and the plant is hardy. Nearly 80 countries Produto produce 44 billion kilograms a year. That’s enough to feed 500 million people – if only it weren’t for emissão detergente sabão gossypol, a toxic chemical. (kg de poluente / tonelada de produto) After trying to develop gossypol-free cotton for several years, Keerti Rathore, a biologist at óxidos de nitrogênio 12,4 9,9 Texas A&M, has finally managed to produce a strain that he says could meet the World Health óxidos de enxofre 16,8 13,1 Organization’s standards for food. “We have brought down the level of gossypol in the seed.” CO2 1613 7524 The trick was to silence the gene that’s responsible for producing gossypol in the seeds demanda química de oxigênio (DQO)* 1,33 9,31 of the plant, but allow the gene to produce the substance in the flower and leaves. Scientists will* Observação: quanto maior a DQO, menos oxigênio dissolvido have to study the new seeds extensively, so the haverá na água que receber o rejeito líquido do plant won’t be ready to be used as food for at least processo industrial. a decade. And remember: don’t make a salad from the leaves. (Newsweek, December 11, 2006)Sobre esses dados, são feitas as seguintes afirmações,considerando iguais quantidades de produtos:I. A indústria de sabão produz maior quantidade de gases responsáveis pelo efeito estufa. Q UE S T ÃO 1 3II. A indústria de detergente tem maior impacto quanto à produção de chuva ácida. De acordo com o texto, não fosse venenoso, o algodão poderia ser considerado um alimentoIII. Se não receber tratamento, o rejeito líquido da indústria de sabão oferece maior risco de mortan- a) terrível. dade de peixes caso seja lançado em um rio. b) extraordinário. c) de baixo teor proteico. d) amargo.Dessas afirmações, e) difícil de ser ingerido.a) somente I é correta.b) somente I e II são corretas.c) somente II e III são corretas.d) somente I e III são corretas.e) I, II e III são corretas. FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC • 5
  6. 6. QUE S TÃO 14 Q UE S T ÃO 1 6Segundo o texto, De acordo com o texto, as fibras ópticasa) Keerti Rathore conseguiu eliminar o componen- a) transportam uma quantidade estonteante de da- te tóxico do algodão. dos a cada segundo.b) os cientistas americanos conseguiram inibir os b) transportam uma grande quantidade de datas a genes responsáveis pela produção de veneno todo segundo. nas flores e folhas do algodão. c) armazenam um enorme amontoado de dadosc) a planta do algodão ainda não pode ser consu- rapidamente. mida como alimento. d) retêm um grande amontoado de datas rapida-d) Keerti Rathore produziu um equipamento que mente. transfere o veneno das flores e folhas para as e) armazenam uma quantidade enorme de datas a sementes da planta do algodão. todo segundo.e) a indústria do algodão emprega 500 milhões de operários em cerca de 80 países. Q UE S T ÃO 1 7 QUE S TÃO 15 Com base no texto, é possível afirmar que pesqui-Assinale a alternativa que apresenta a forma correta sadores da Universidade de Paris relataram recen-do adjetivo + sufixo IBLE como em Edible Cotton temente que tinham encontrado uma forma deno título do texto. a) enfocar as microondas por um facho escasso,a) Managible. triplicando uma dada razão.b) Gullible. b) focalizar as microondas dentro de um raio limita-c) Drinkible. do, triplicando a taxa de datas.d) Lovible. c) concentrar as microondas num feixe reduzido,e) Thinkible. triplicando a velocidade dos dados. d) enfocar num raio limitado a velocidade das datas. e) concentrar dentro de facho reduzido uma dada taxa. LEIA O TEXTO A SEGUIR E RESPONDA ÀS QUESTÕES DE 16 A 18. Q UE S T ÃO 1 8 OPTICAL FIBERS Assinale a alternativa que corresponde à forma Optical fibers carry a dizzying amount of data afirmativa do segmento: “Engineers didn’t think...” each second, but a great deal of communication still gets beamed, via slower microwaves, from a) Engineers thought... one dish antenna to another. Engineers didn’t b) Engineers though... think there was any improvement to tease out of this technology, but researchers at the University c) Engineers through... of Paris recently reported in the journal Science d) Engineers thru... that they’d found a way of focusing microwaves e) Engineers throw... into a narrow beam, tripling the data rate. (Newsweek, March, 12, 2007)6 • FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC
  7. 7. MAT E MÁ T IC A QUE S TÃO 19Os números reais x e y são tais que: 2x2 + 5x – 3 y = 1 – 5xNessas condições, tem-se y < 0 se, e somente se,x satisfizer a condiçãoa) – 3 < x < – 1 ou x > – 1 2 5b) – 3 < x < 1 ou x > 1 2 5c) – 3 < x < 1 ou x > 1 5 2d) 1 < x < 1 ou x > 3 5 2e) x < – 3 ou 1 < x < 1 5 2 QUE S TÃO 20No lançamento de um dado, seja pk a probabilidadede se obter o número k, com: p1 = p3 = p5 = x e p2 = p4 = p6 = ySe, num único lançamento, a probabilidade dese obter um número menor ou igual a três é 3 , 5então x – y é igual aa) 1 b) 2 c) 1 d) 4 e) 1 15 15 5 15 3 QUE S TÃO 21A área do quadrilátero determinado pelos pontos deintersecção da circunferência de equação (x + 3)2 + (y – 3)2 = 10com os eixos coordenados, em unidades de área, éigual aa) 4 b) 6 c) 8 d) 10 e) 12 FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC • 7
  8. 8. QUE S TÃO 22Pelo fato de estar com o peso acima do recomen-dado, uma pessoa está fazendo o controle dascalorias dos alimentos que ingere. Sabe-se que3 colheres de sopa de arroz, 2 almôndegas e umaporção de brócolis têm 274 calorias. Já 2 colheresde sopa de arroz, 3 almôndegas e uma porção debrócolis têm 290 calorias. Por outro lado, 2 colhe-res de sopa de arroz, 2 almôndegas e 2 porçõesde brócolis têm 252 calorias. Se ontem seu almo-ço consistiu em uma colher de sopa de arroz, duasalmôndegas e uma porção de brócolis, quantascalorias teve essa refeição?a) 186 b) 170 c) 160 d) 148 e) 126 QUE S TÃO 23A reta r é a intersecção dos planos α e β,perpendiculares entre si. A reta s, contida em α,intercepta r no ponto P. A reta t, perpendicular aβ, intercepta-o no ponto Q, não pertencente a r.Nessas condições, é verdade que as retasa) r e s são perpendiculares entre si.b) s e t são paralelas entre si.c) r e t são concorrentes.d) s e t são reversas.e) r e t são ortogonais. QUE S TÃO 24Relativamente ao número complexo z = cos 1 + i . sen 1é verdade quea) z2 = 1 + i . sen 2b) no plano de Argand-Gauss, os afixos de z10 são pontos de uma circunferência de centro na origem e raio π . 2c) no plano de Argand-Gauss, os afixos de z, z2 e z3 pertencem, respectivamente, ao primeiro, segundo e terceiro quadrantes.d) no plano de Argand-Gauss, o afixo de z100 pertence ao quarto quadrante.e) o argumento de z está compreendido entre 30° e 55°.8 • FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC
  9. 9. F ÍS IC A Q UE S T ÃO 2 7 Um cientista criou uma escala termométrica D que QUE S TÃO 25 adota como pontos fixos o ponto de ebulição doUm carro se desloca entre duas cidades em duas álcool (78°C) e o ponto de ebulição do éter (34°C).etapas. Na primeira etapa desloca-se com velocida- O gráfico abaixo relaciona esta escala D com ade média de 80km/h durante 3,5h . Após permanecer escala Celsius.parado por 2,0 horas, o carro percorre os 180kmrestantes com velocidade média de 40km/h. A veloci- tc (°C)dade média do carro no percurso entre as duas cida-des foi, em km/h, 78a) 40b) 46c) 64d) 70 34e) 86 0 80 td (°D) A temperatura de ebulição da água vale, em °D : QUE S TÃO 26 a) 44Um corpo está sujeito a três forças coplanares, cujas b) 86intensidades constantes são 10 N, 4,0 N e 3,0 N. c) 112Suas orientações encontram-se definidas no es-quema: d) 120 e) 160 y 10N 37° Q UE S T ÃO 2 8 4,0N x Um estreito feixe de luz monocromática, proveniente 3,0N do ar, incide na superfície de um vidro formando ângulo de 49º com a normal à superfície no ponto de incidência. DADOS DADOS sen 37º = 0,60 nar = 1,00 cos 37º = 0,80 nvidro = 1,50 sen 49º = 0,75A aceleração que o corpo adquire quando cos 49º = 0,66submetido exclusivamente a essas três forças temmódulo 2,0 m/s2. Pode-se concluir que a massa Nessas condições, o feixe luminoso refratado formado corpo é, em kg, com a direção do feixe incidente ângulo dea) 8,5 a) 24ºb) 6,5 b) 19ºc) 5,0 c) 13ºd) 2,5 d) 8ºe) 1,5 e) 4º FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC • 9
  10. 10. QUE S TÃO 29 GEOGRAFIAAnalise as afirmações abaixo: Q UE S T ÃO 3 1I. Todo objeto que tem grande quantidade de elé- Observe a charge para responder à questão: trons está eletrizado negativamente.II. Eletrizando-se por atrito dois objetos neutros obtêm-se, ao final deste processo de eletriza- ção, dois objetos eletrizados com carga de mes- mo sinal.III. Encostando-se um objeto A, eletrizado negativa- mente, em um pequeno objeto B, neutro, após algum tempo o objeto A ficará neutro.Deve-se concluir, da análise dessas afirmações, quea) apenas I é correta.b) apenas II é correta.c) apenas II e III são corretas. (www.cagle.com/news/2006Cagle/2.asp,d) I, II e III são corretas. acessada em 27/03/2007)e) não há nenhuma correta. Assinale a alternativa que melhor expressa o con- teúdo da charge. a) Apesar de não admitirem, tanto Israel quanto o grupo Hezbollah, no Líbano, representam direta- QUE S TÃO 30 mente os interesses de Estados Unidos e Irã no controle sobre o petróleo do Oriente Médio.Uma pilha de força eletromotriz 1,5 V e resistênciaelétrica interna 1,0 Ω é associada a três resistores, b) A disputa pela água, recurso escasso no Orientede resistência 2,0 Ω, 3,0 Ω e 6,0 Ω, conforme o Médio, está na base dos constantes conflitos en-esquema: tre Israel e o grupo Hezbollah, no Líbano, onde ficam as principais nascentes dos rios da região. c) A falta de diálogo entre Estados Unidos e Irã im- 2,0 Ω 3,0 Ω pede uma solução negociada para os conflitos entre Israel e o grupo Hezbollah, no Líbano, so- bre a redefinição das fronteiras israelenses. d) O conflito recente entre Israel e o grupo Hezbollah, 1,0 Ω no Líbano, apenas desvia a atenção dos principais atores responsáveis pela instabilidade 1,5 V política no Oriente Médio: Estados Unidos e Irã. 6,0 Ω e) Com o fim da Guerra Fria, o Irã ocupou o lugar da União Soviética, criando Estados-satélites como o Líbano, do grupo Hezbollah, para confrontar os aliados dos Estados Unidos, como Israel.A potência dissipada no resistor de 6,0 Ω é,em watts:a) 6,0.10 –2b) 2,4.10 –1c) 3,0.10 –1d) 6,0.10 –1e) 9,0.10 –110 • FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC
  11. 11. QUE S TÃO 32 Q UE S T ÃO 3 3 O clima continental que se manifesta nas altas la- Nos países do leste recém-incorporados à União titudes condiciona o desenvolvimento desta vege- Européia, a indústria automobilística passou de tação, caracterizada por árvores de grande porte 310 mil empregos em 2000 para 400 mil em 2006. e relativamente homogêneas. Já foi intensamente As folhas de pagamento aumentaram 62% na Es- lováquia, que já tem 58.400 pessoas no setor, e explorada para retirada da madeira. Atualmente, 41% na República Tcheca, que tem outras 111 mil. o reflorestamento tem reduzido o impacto dessa Na Polônia o emprego aumentou 25%, para exploração. 111 mil pessoas; na Hungria, 32%, para 44 mil; e na Eslovênia, 31%, para 9.200. O texto refere-se à seguinte formação vegetal: (http://noticias.uol.com.br/midiaglobal/lavanguardia, a) Tundra. acesso em 27/03/2007) b) Floresta Equatorial. c) Floresta de Coníferas.O quadro econômico expresso na notícia, comple- d) Savanas.menta-se, corretamente, com os seguintes dados: e) Pradarias.a) a entrada desses países do leste europeu na União Européia, em condições iguais às dos membros mais antigos, lhes dá grandes vanta- gens competitivas, já que possuem custos de Q UE S T ÃO 3 4 produção menores, atraindo investimentos in- dustriais. Observe o mapa para responder à questão.b) esses novos membros da União Européia apro- veitam os altos índices de crescimento industrial nos países mais ricos da Europa nas últimas dé- cadas, como Alemanha e França, apresentando- se como áreas de expansão da indústria auto- mobilística no interior da Europa.c) a presença do Estado, como agente econômico com grande participação na economia dos países do leste europeu, é um importante fator atrativo para indústrias multinacionais aí se instalarem, já que estas são dependentes do capital estatal.d) o fato de pertencerem à União Européia torna Alto esses novos países-membros verdadeiras “por- tas de entrada” para mercados de maior poder Médio Superior aquisitivo, fazendo com que indústrias de paí- Médio Inferior ses em desenvolvimento os procurem para lá Baixo se instalarem. Escala 0 570 kme) pelo fato de tais países do leste europeu terem sido essencialmente agrícolas no período em que estavam sob o domínio da União Soviética, (Maria Elena Simielli. Geoatlas. os atuais governos daqueles promovem políticas São Paulo: Ática, 2006.p.126) de atração de indústrias, acenando com subsí- dios e poucos encargos trabalhistas. Assinale a alternativa que indica o fenômeno socio- econômico representado no mapa. a) Taxa de analfabetismo entre adultos. b) Taxa de fecundidade entre adolescentes. c) Mortos em conflitos de terra. d) Proporção de desempregados. e) Índice de desenvolvimento humano. FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC • 11
  12. 12. QUE S TÃO 35 BIOLOGIA Analise o gráfico para responder à questão. Q UE S T ÃO 3 7 Brasil: participação da força de trabalho industrial Certas lagoas temporárias da caatinga são forma- nas regiões (%) das nos períodos das chuvas. Nelas há os “peixes das nuvens”, nome dado porque seus ovos, resis-2004 Sudeste tentes à seca, eclodem no período das chuvas. Es- Sul ses peixes anuais são pequenos e estão ajustados Nordeste Centro-Oeste às alterações ambientais entre os períodos seco,1970 Norte quando morrem, e chuvoso. 0 20 40 60 80 100 % A hipótese científica plausível para explicar a pre- (IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) sença dos peixes nas lagoas é: eles têm A leitura do gráfico e os conhecimentos sobre o con- a) a aquisição dos pulmões como adaptação para texto econômico nacional permitem afirmar que: vencer o período da seca. b) um ciclo vital curto e adquiriram características a) a globalização econômica e a abertura dos mer- para viver nas lagoas. cados brasileiros às importações industriais re- duziram o mercado de trabalho no Sudeste. c) o lodo como alimento e um ciclo vital longo. b) a internacionalização da economia a partir da d) as aves como meio de transporte, pois se es- década de 1970 foi um fator determinante para a condem em suas penas, onde podem fazer res- estagnação do mercado de trabalho nas regiões piração branquial. Sudeste e Nordeste. e) um ciclo vital muito curto e foram selecionados c) a abertura das fronteiras agrícolas para as áreas nestas lagoas. centrais do país reduziu os investimentos indus- triais e, portanto, a demanda de trabalhadores. d) a descentralização industrial promovida pelas políticas do Estado exerceu forte influência sobre Q UE S T ÃO 3 8 o remanejamento da produção e do emprego. Na Califórnia surgiram minúsculos insetos, ori- e) as sucessivas crises econômicas durante os ginários do Oriente Médio, que se tornaram uma anos de 1980 e 90 foram responsáveis pela mi- praga; eles estão destruindo centenas de plantas, gração do emprego do Sudeste para outras re- causando problemas ambientais que os cientistas giões brasileiras. americanos não conseguem controlar. O que pode explicar a adaptabilidade dos insetos é: a) os insetos adquiriram resistência aos inseticidas QUE S TÃO 36 devido ao uso diário desses produtos. No Brasil, este clima apresenta elevadas temperatu- b) o ambiente californiano não tem predadores ou ras sempre superiores a 24ºC e pequena amplitude parasitas desses insetos e estes são resistentes térmica anual, pois a diferença entre a média do mês aos inseticidas. mais quente e a do mês mais frio não ultrapassa c) a capacidade reprodutiva dos insetos é baixa, 3ºC. Mas o que torna este clima singular é o volume mas eles estão camuflados, o que anula a ação de precipitações, que varia entre 1.800 e 3.000 mm. dos inseticidas. As chuvas do tipo convectivo ocorrem durante todo d) os insetos são predadores de outros insetos, o o ano, não existindo um período seco. que os torna mais resistentes aos inseticidas. As características descritas referem-se ao clima e) os insetos ingeriram o inseticida e adquiriram re- sistência a eles, e por competição, eliminaram os a) tropical de altitude. outros insetos que buscavam o mesmo alimento. b) equatorial. c) litorâneo úmido. d) tropical típico. e) úmido de encosta. 12 • FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC
  13. 13. QUE S TÃO 39 Q UE S T ÃO 4 1Os códons são modelos propostos pelos bioquími- Grupos de angiospermas das espécies I, II e IIIcos para representar o código genético. São consti- foram submetidos a tratamentos fotoperiódicos,tuídos por três bases nitrogenadas no RNA, e cada manifestando os resultados descritos abaixo.uma delas é representada por uma letra: Quando receberam diariamente 3 horas de luz eA = adenina U = uracila C = citosina G = guanina 21 de escuro, I não floresceu, mas II e III flores- ceram. Quando foram expostos a 10 horas diáriasO modelo para o códon de luz e 14 de escuro, I e II floresceram, porém IIIa) poderia ter duas letras, uma vez que o número não floresceu. Com base nesses dados pode-se de aminoácidos é igual a oito. concluir acertadamente que I, II e III são, respec-b) é universal, porque mais de uma trinca de bases tivamente, plantas pode codificar um mesmo aminoácido. a) de dia curto, neutras e de dia longo.c) é degenerado, porque mais de um códon pode b) de dia curto, de dia longo e neutras. codificar um mesmo aminoácido. c) neutras, de dia curto e de dia longo.d) é específico, porque vários aminoácidos podem ser codificados pelo mesmo códon. d) de dia longo, neutras e de dia curto.e) é variável, uma vez que aminoácidos diferentes e) de dia longo, de dia curto e neutras. são codificados pelo mesmo códon. QUE S TÃO 40Considere os seguintes processos:I. Uma planária fragmenta-se em três pedaços, originando três novas planárias.II. Uma população de microcrustáceos é formada somente por fêmeas que põem ovos dos quais se desenvolvem novas fêmeas.III. Um rato macho acasala-se com uma fêmea, produzindo seis filhotes.Pode-se afirmar, com certeza, que a variabilidadegenética é uma das características dos descenden-tes resultantes somente dea) I. b) II. c) III. d) I e II. e) I e III. Q UE S T ÃO 4 2Oparin acreditou que a vida na Terra poderia ter surgido a partir de substâncias orgânicas formadas por combi-nação de moléculas, como metano, amônia, hidrogênio e vapor de água, presentes na atmosfera primitiva denosso planeta. Depois teriam ocorrido a síntese protéica nos mares, a formação de coacervados e o surgimentodas primeiras células. Levando-se em conta os processos de formação e as maneiras de utilização dos gasesoxigênio e dióxido de carbono, a seqüência mais provável dos primeiros seres vivos na Terra é a de organismosa) heterótrofos anaeróbicos → autótrofos → heterótrofos aeróbicos.b) heterótrofos anaeróbicos → heterótrofos aeróbicos → autótrofos.c) heterótrofos aeróbicos → autótrofos → heterótrofos anaeróbicos.d) autótrofos → heterótrofos anaeróbicos → heterótrofos aeróbicos.e) autótrofos → heterótrofos aeróbicos → heterótrofos anaeróbicos. FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC • 13
  14. 14. PORTUGUÊS PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES DE NÚMEROS 43 A 45, LEIA OS TEXTOS A SEGUIR. TEXTO I Em pé, no meio do espaço que formava a grande abóbada de árvores, encostado a um velho tronco decepado pelo raio, via-seum índio na flor da idade. Uma simples túnica de algodão, a que os indígenas chamavam aimará, apertada à cintura por uma faixa de penas escarlates,caía-lhe dos ombros até ao meio da perna, e desenhava o talhe delgado e esbelto como um junco selvagem. Sobre a alvura diáfana do algodão, a sua pele, cor de cobre, brilhava com reflexos dourados; os cabelos pretos cortados ren-tes, a tez lisa, os olhos grandes com os cantos exteriores erguidos para a fronte; a pupila negra, móbil, cintilante; a boca forte masbem modelada e guarnecida de dentes alvos, davam ao rosto pouco oval a beleza inculta da graça, da força e da inteligência. TEXTO II Era preto retinto e filho do medo da noite. Houve um momento em que o silêncio foi tão grande escutando o murmurejo doUraricoera, que a índia tapanhumas pariu uma criança feia. Já na meninice fez coisas de sarapantar. De primeiro passou mais de seis anos não falando. Ficava no canto da maloca, trepado no jirau de paxiúba, espiando o trabalho dos outros. O divertimento dele era deceparcabeça de saúva. Vivia deitado mas si punha os olhos em dinheiro, dandava pra ganhar vintém. E também espertava quandoa família ia tomar banho no rio, todos juntos e nus. Passava o tempo do banho dando mergulho, e as mulheres soltavam gritosgozados por causa dos guaimuns diz-que habitando a água doce por lá. Nem bem teve seis anos deram água num chocalho pra ele e começou falando como todos. E pediu pra mãe que largassea mandioca ralando na cevadeira e levasse ele passear no mato.A mãe não quis porque não podia largar da mandioca não.Ele choramingou dia inteiro. (Texto com adaptações.) QUE S TÃO 43 Q UE S T ÃO 4 4Considere as seguintes afirmações acerca desses Assinale a alternativa em que os períodos I e II têmtextos. sentido equivalente.I. Os dois textos são descritivos: no Texto I pre- a) I. No meio do espaço que formava a grande abó- domina a descrição estática, de traços físicos bada de árvores. da personagem; no texto II predomina a des- II. Em meio ao espaço formando o grande amon- crição dinâmica, de ações que caracterizam a toado de árvores. personagem. b) I. Uma simples túnica de algodão, a que os in-II. Identifica-se o texto I como produto do Romantis- dígenas chamavam aimará, apertada à cintura mo, especialmente pelo traço de idealização do por uma faixa de penas escarlates. herói exposto na linguagem. II. Uma simples túnica de algodão, chamada pe-III. As marcas de estilo presentes no texto II são pró- los indígenas de aimará, ajustada à cintura por prias do Modernismo: imitação do linguajar colo- uma faixa de penas brilhantes. quial, palavras e construções da língua popular. c) I. Caía-lhe dos ombros até ao meio da perna, eIV. O resgate da temática indianista está presente desenhava o talhe delgado e esbelto como um nos dois textos, com o mesmo tratamento, pres- junco selvagem. tigiando o elemento local e adotando igual ponto II. Caía-lhe das espáduas até o meio da perna, de vista na composição da singular identidade do desenhando o porte delgado e esguio tal qual homem brasileiro. um junco selvagem. d) I. Vivia deitado mas si punha os olhos em dinheiro,Deve-se concluir que estão corretas as afirmações: dandava pra ganhar vintéma) I, II e III, apenas. II. Gozava a vida reclinado exceto quando punha os olhos em dinheiro dandando pra ganhar vintém.b) I, III e IV, apenas. e) I. Nem bem teve seis anos deram água num cho-c) II, e IV, apenas. calho pra ele e começou falando como todos.d) II, III e IV apenas. II. Bem depois de completados seis anos derame) I, II, III e IV. água num chocalho pra ele que começou a fa- lar como todos.14 • FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC
  15. 15. QUE S TÃO 45 Q UE S T ÃO 4 6Assinale a alternativa em que se encontra redação Nesse texto publicitário predomina um padrão dede acordo com a norma culta escrita. linguagem coloquial, no qual podem ocorrer des-a) E pediu à mãe que largasse a mandioca ralando vios do padrão culto da língua. Assinale a alternati- na cevadeira e se dispusesse a levá-lo a passear va contendo desvio(s). no mato. a) “Ou é a goiabada com queijo?”.b) Se as mães não se proporem a ir, é por que não b) “O aumento, a casa, o carro que você sempre podem largar a mandioca, não. Ele choramingou, quis”. dia inteiro. c) “O que faz você feliz?”.c) A boca forte mas bem modelada e guarnecida, de d) “Um cafuné, café com leite, rir à toa”. dentes alvos expunha no rosto pouco oval, a be- e) “Agora me diz, o que faz você feliz?”. leza inculta: da graça, da força e da inteligência.d) Tratavam-se de alguns índios que viam-se, em pé, no meio do espaço que formava a grande abóbada de árvores. Q UE S T ÃO 4 7e) Simples túnicas de algodão, onde os indígenas chamavam-nas de aimará, apertadas na cintura Os versos finais de quatro das estrofes começam por uma faixa de penas escarlates, caíam-lhe dos com a conjunção “ou”; o sentido dela, nos quatro ombros. versos em questão, pode ser mais bem descrito como a) ênfase, destacando cada oração. LEIA O TEXTO III, PARA RESPONDER b) explicação, equivalente a “isto é”. ÀS QUESTÕES DE NÚMEROS 46 A 48 E c) conseqüência das causas precedentes. PARA DESENVOLVER SUA REDAÇÃO. d) alternância ou exclusão. TEXTO III e) dúvida ou conclusão. O que faz você feliz? A lua, a praia, o mar A rua, a saia, amar... Q UE S T ÃO 4 8 Um doce, uma dança, um beijo, Ou é a goiabada com queijo? Podem-se destacar alguns elementos que caracte- rizam o texto como propaganda de uma rede de Afinal, o que faz você feliz? supermercados. Assinale a alternativa que cumpre Chocolate, paixão, dormir cedo, acordar tarde, melhor esse intento. Arroz com feijão, matar a saudade... a) Referência explícita a produtos industrializados, O aumento, a casa, o carro que você sempre quis Ou são os sonhos que te fazem feliz? tais como “saia”, “doce”, “goiabada”, “queijo”, to- dos potencialmente à venda em supermercados. Um filme, um dia, uma semana Um bem, um biquíni, a grama... b) Apelo à idéia de que a felicidade depende de ele- Dormir na rede, matar a sede, ler... mentos naturais, tais como “lua”, “praia” e “mar”, Ou viver um romance? O que faz você feliz? aonde só se chega por meio das relações de Um lápis, uma letra, uma conversa boa compra e venda da sociedade de consumo. Um cafuné, café com leite, rir à toa, c) Menção aos atos de “dormir cedo e acordar tar- Um pássaro, ser dono do seu nariz... de”, que evocam, por oposição e contraste, o Ou será um choro que te faz feliz? ciclo do trabalho, base da vida voltada para as A causa, a pausa, o sorvete, necessidades do consumo. Sentir o vento, esquecer o tempo, d) Citação dos sonhos, em “ou são os sonhos que O sal, o sol, um som te fazem feliz?”, para simbolizar tudo aquilo que a O ar, a pessoa ou o lugar? noção do consumo leva as pessoas a almejar. Agora me diz, e) Evocação da liberdade, na figura do pássaro, em O que faz você feliz? “um pássaro, ser dono do seu nariz”, a qual suge- (Anúncio publicitário do Grupo Pão de Açúcar, veiculado na re abandonar as limitações das pessoas compe- Revista VEJA, edição de 21 de março de 2007) lidas a consumir mais. FACULDADES DE TECNOLOGIA • FATEC • 15
  16. 16. REDAÇÃO O objetivo da campanha publicitária do texto III parece ser o de afirmar que a felicidade desfrutada nos pequenosgestos do quotidiano também passa pelos produtos encontrados em supermercados. É, em outras palavras, visandoao consumidor que o tema da felicidade é ali enfocado, mesmo que o tom predominante contenha apelos emotivos. Talpostura pode sugerir que se pense na relação entre a felicidade e a prática do consumo, elemento-chave das economiasnacionais em escala global. A partir do texto publicitário “O que faz você feliz?”, redija um texto de gênero dissertativo sobre o tema: CONSUMISMO GARANTE REALIZAÇÃO PESSOAL?Instruções:1. Dê um título a seu texto.2. Ao desenvolver o tema proposto, utilize seus conhecimentos e suas reflexões de modo crítico.3. Selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opiniões para comprovar e defender seu ponto de vista.4. Empregue apenas a modalidade escrita culta da língua portuguesa.5. O texto não deve ser escrito em versos.Rascunho da redação: _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

×