COMPREENDER A
ESTRUTURA E A DINÂMICA
DA GEOSFERA
    Métodos Indirectos
Gradiente geobárico
   Não é um valor constante, embora não seja
    tão irregular como o da temperatura.
Geotermismo
3


       Este aumento da
        temperatura resulta
        do facto de a Terra
        ter energia térmic...
Gradiente Geotérmico
4




   Variação de
    temperatura em
    profundidade.
     até determinada profundidade, a
    t...
Grau geotérmico
5




       A profundidade que é
        preciso descer,
        abaixo da zona de
        temperatura
 ...
6




       Em Portugal, a zona de temperatura constante
        tem cerca de 20 m de profundidade, sendo a
        sua ...
7




   O grau geotérmico não é
    um valor fixo, sendo
    definido, para a geosfera,
    um valor médio da ordem
    ...
Fluxo geotérmico
8




   O interior da Terra
    está mais quente do
    que a superfície,
    desta forma gera-se
    u...
9


       Sob a litosfera, o aumento da temperatura
        com a profundidade é bastante menor.




                   ...
10


        A diferença tem a ver com a forma como o
         calor é transmitido :
          Condução

          Conv...
11   Nuno Correia 08/09
Condução
12


        Até cerca dos 1350 °C, o calor é transmitido
         através das rochas, por vibração atómica
    ...
Convecção
13


        A temperaturas mais altas, a convecção é o
         mecanismo utilizado para a transmissão de
    ...
14




    Neste caso, é a própria
     matéria aquecida que
     se move para zonas
     mais frias, devido a
     difer...
15


        A convecção é, por isso, o principal
         processo responsável pelo arrefecimento
         do interior d...
Condução Térmica
16


        a condução, pelo contrário, retendo mais
         calor, justifica os elevados valores do
 ...
17


        Se a condução se mantivesse, em
         profundidade, provocaria, no centro da Terra,
         temperaturas...
Origem do calor
18




     O calor da Terra provem:
     ► do calor remanescente da
       formação da Terra, ainda
     ...
Actividade prática
19




                    Nuno Correia 08/09
20


     1. Construa o gráfico relativo à variação da
       temperatura com a profundidade de acordo
       com os valor...
21   Nuno Correia 08/09
22


     2. Calcule o gradiente geotérmico para os
       primeiros 20 km de profundidade
       baseando-se nos dados do...
23


        Comente a seguinte frase: "O gradiente
         geotérmico diminui com a profundidade."




                ...
24


     3. Deve ser referido:
        Aumento    da temperatura mais acentuado até
         cerca de 80 km.
        De...
25


     4. De acordo com o
       gráfico B, refira a
       variação da
       temperatura no manto
       desde a base...
26


       5. Em que zonas da Terra pode haver
         material fundido?


     No manto superior, a profundidades que
 ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ppt 20 Compreender A Estrutura E A DinâMica Da Terra (MéTodos Indirectos Geotermismo)

3.541 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.541
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
174
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ppt 20 Compreender A Estrutura E A DinâMica Da Terra (MéTodos Indirectos Geotermismo)

  1. 1. COMPREENDER A ESTRUTURA E A DINÂMICA DA GEOSFERA Métodos Indirectos
  2. 2. Gradiente geobárico  Não é um valor constante, embora não seja tão irregular como o da temperatura.
  3. 3. Geotermismo 3  Este aumento da temperatura resulta do facto de a Terra ter energia térmica no seu interior, que se manifesta através da sua geodinâmica interna. Nuno Correia 08/09
  4. 4. Gradiente Geotérmico 4  Variação de temperatura em profundidade. até determinada profundidade, a temperatura conserva-se constante, designando-se esta faixa por zona de temperatura constante. Nuno Correia 08/09
  5. 5. Grau geotérmico 5  A profundidade que é preciso descer, abaixo da zona de temperatura constante, para que a temperatura interna da geosfera aumente l °C. Nuno Correia 08/09
  6. 6. 6  Em Portugal, a zona de temperatura constante tem cerca de 20 m de profundidade, sendo a sua temperatura da ordem dos 18 °C; abaixo desta zona, o grau geotérmico é, sensivelmente, de 32 m, isto é, é necessário percorrer, em profundidade, 32 m para que a temperatura aumente l °C. Nuno Correia 08/09
  7. 7. 7  O grau geotérmico não é um valor fixo, sendo definido, para a geosfera, um valor médio da ordem dos 33 m. Nuno Correia 08/09
  8. 8. Fluxo geotérmico 8  O interior da Terra está mais quente do que a superfície, desta forma gera-se uma transferência de calor do interior para o exterior. Nuno Correia 08/09
  9. 9. 9  Sob a litosfera, o aumento da temperatura com a profundidade é bastante menor. Nuno Correia 08/09
  10. 10. 10  A diferença tem a ver com a forma como o calor é transmitido :  Condução  Convecção Nuno Correia 08/09
  11. 11. 11 Nuno Correia 08/09
  12. 12. Condução 12  Até cerca dos 1350 °C, o calor é transmitido através das rochas, por vibração atómica (condução) Nuno Correia 08/09
  13. 13. Convecção 13  A temperaturas mais altas, a convecção é o mecanismo utilizado para a transmissão de calor e o responsável pela dinâmica tectónica. Nuno Correia 08/09
  14. 14. 14  Neste caso, é a própria matéria aquecida que se move para zonas mais frias, devido a diferenças de densidade, o que torna a transferência de calor mais eficaz. Nuno Correia 08/09
  15. 15. 15  A convecção é, por isso, o principal processo responsável pelo arrefecimento do interior da Terra; Nuno Correia 08/09
  16. 16. Condução Térmica 16  a condução, pelo contrário, retendo mais calor, justifica os elevados valores do gradiente geotérmico que se verificam na parte mais superficial da Terra Nuno Correia 08/09
  17. 17. 17  Se a condução se mantivesse, em profundidade, provocaria, no centro da Terra, temperaturas muito superiores aos 5000°C actualmente estimados! Nuno Correia 08/09
  18. 18. Origem do calor 18 O calor da Terra provem: ► do calor remanescente da formação da Terra, ainda existente no núcleo: ● energia libertada pelo impacto dos planetesimais ● contracção gravitacional dos materiais. ► da desintegração dos elementos radioactivos que constituem as rochas. Nuno Correia 08/09
  19. 19. Actividade prática 19 Nuno Correia 08/09
  20. 20. 20 1. Construa o gráfico relativo à variação da temperatura com a profundidade de acordo com os valores obtidos na perfuração no oceano Atlântico. Nuno Correia 08/09
  21. 21. 21 Nuno Correia 08/09
  22. 22. 22 2. Calcule o gradiente geotérmico para os primeiros 20 km de profundidade baseando-se nos dados do gráfico A. 2. 20 km — 600° g = 600/20 = 30 °C/km Nuno Correia 08/09
  23. 23. 23  Comente a seguinte frase: "O gradiente geotérmico diminui com a profundidade." Nuno Correia 08/09
  24. 24. 24 3. Deve ser referido:  Aumento da temperatura mais acentuado até cerca de 80 km.  Depois, o aumento da temperatura por km de profundidade é menos acentuado.  Na fronteira do manto com o núcleo volta a verificar-se um gradiente mais elevado.  o gradiente diminui ao longo do núcleo. Nuno Correia 08/09
  25. 25. 25 4. De acordo com o gráfico B, refira a variação da temperatura no manto desde a base da litosfera até à fronteira com o núcleo. 4. A temperatura varia de cerca de 1500 °C até cerca de 3500 °C. Nuno Correia 08/09
  26. 26. 26 5. Em que zonas da Terra pode haver material fundido? No manto superior, a profundidades que oscilam dos 200 km a 300 km, e no núcleo externo. Nuno Correia 08/09

×