1º Marco 18 Outubro de 1914
Primeiro Marco
Por volta de 1912…
Num mundo novo…
Num tempo de descobertas…
e de uma sociedade massificada
Havia um padre palotino.. … .que se chamava   José Kentenich
era professor de Latim e de Alemão
O seu sonho era partir em missão e converter os grandes pecadores…
mas  Deus  tinha outros planos para ele
* e o P. Kentenich foi para um vale chamado…. Schönstatt
Para ser Director Espiritual de rapazes, no novo seminário palotino.
Os seminaristas andavam revoltados com a autoridade dos professores.   Quando o  P. Kentenich  chegou…
…  falou-lhes de  Auto-educação , sob protecção de Maria,   para serem personalidades: FIRMES LIVRES SACERDOTAIS
Alguns começaram a  trabalhar para o ideal do  Homem Novo .
Pouco tempo depois, nasceram duas ideias de Congregação: Vamos ser uma Congregação  Mariana ! Isso é pouco activo e é para...
E a Congregação  Mariana  foi a que permaneceu… PARA SEMPRE!
“ Em  1914 , o Pai está certo que o desenvolvimento dos jovens foi tão profundo, tão grande, tão autêntico que Deus quer a...
Mas faltava-lhe um sinal mais concreto. Foi então que…
O Seminário ofereceu à Congregação Mariana a Capela do  Arcanjo S. Miguel,  que estava abandonada, no pátio.
Servia de casa de ferramentas do jardim.  Como estava em mau estado a Congregação trabalhou na sua recuperação.
Foi nesses dias que o P.K. leu um artigo sobre um  Santuário mariano , em Pompeia. Visão Panorâmica   Madonna Pompei
Este Santuário de Maria tinha resultado, apenas, da oferta de uma igreja a Maria. Sem aparições! Bartolo Longo
E surgiu-lhe uma ideia… E se oferecêssemos a Capela a Maria? E se Maria a transformasse num santuário?
Foi a decisão mais difícil da sua vida! ?
E o P. Kentenich pensou muito, e respondendo às  vozes de Deus  disse… Sim.
E chegou o dia tão esperado…
1914 18 de Outubro
Inauguração da Capela da Congregação Mariana
Os rapazes estavam à volta do altar… A imagem MTA ainda não existia naquele dia
…  quando o Padre Kentenich lhes falou da sua ideia predilecta: “ Desejaria converter este local num lugar de peregrinação...
Quantas vezes na história universal, factos pequenos e insignificantes converteram-se em  grandes acontecimentos ! Esta id...
Deposito tranquilamente nas vossas mãos tanto o projecto como a sua execução. Que as gerações futuras nos julguem.   Será ...
Não se preocupem com a realização do vosso desejo. Eu amo os que me amam. Provem primeiro, com factos, que me amam e que t...
Iriam para a guerra dispostos a ser os melhores soldados!  Por isso entregaram a Maria as suas   Cruzes de Ferro.
Eles foram os primeiros a selar a… Aliança de Amor
Depois de selarem a Aliança…
Alguns dos novos aliados procuraram oferecer orações e sacrifícios a Maria. A isto chamaram  Capital de Graças .
Graças de Maria Capital de Graças
Com o tempo os congregados foram partindo para a  guerra , onde mantiveram sempre o contacto com o P. Kentenich.
Viveram no campo de batalha como verdadeiros… Heróis
Com o exemplo dos congregados, muitos dos que estiveram na guerra com eles, foram visitar o  Santuário , em Schoenstatt.
Os antigos e novos rapazes juntaram-se em Hoerde, na Alemanha, para fundar o movimento a nível nacional… Não vou a Hörde. ...
Gertraud Von Bullion  que tinha sido enfermeira na guerra, também quis conhecer Schoenstatt.
A ela juntaram-se outras raparigas, familiares e amigas dos rapazes.  Ramo Feminino Juntas formaram o…
A história de Schoenstatt continua….
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

18 de Outubro de 1914, Schoenstatt

2.442 visualizações

Publicada em

Fundação de Schoenstatt

Publicada em: Espiritual, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

18 de Outubro de 1914, Schoenstatt

  1. 1. 1º Marco 18 Outubro de 1914
  2. 2. Primeiro Marco
  3. 3. Por volta de 1912…
  4. 4. Num mundo novo…
  5. 5. Num tempo de descobertas…
  6. 6. e de uma sociedade massificada
  7. 7. Havia um padre palotino.. … .que se chamava José Kentenich
  8. 8. era professor de Latim e de Alemão
  9. 9. O seu sonho era partir em missão e converter os grandes pecadores…
  10. 10. mas Deus tinha outros planos para ele
  11. 11. * e o P. Kentenich foi para um vale chamado…. Schönstatt
  12. 12. Para ser Director Espiritual de rapazes, no novo seminário palotino.
  13. 13. Os seminaristas andavam revoltados com a autoridade dos professores. Quando o P. Kentenich chegou…
  14. 14. … falou-lhes de Auto-educação , sob protecção de Maria, para serem personalidades: FIRMES LIVRES SACERDOTAIS
  15. 15. Alguns começaram a trabalhar para o ideal do Homem Novo .
  16. 16. Pouco tempo depois, nasceram duas ideias de Congregação: Vamos ser uma Congregação Mariana ! Isso é pouco activo e é para as beatas… vamos fazer uma Congregação Missionária ! Eu digo… Vai ser Mariana !! Vou apoiar as duas. Ficará a que Deus quiser.
  17. 17. E a Congregação Mariana foi a que permaneceu… PARA SEMPRE!
  18. 18. “ Em 1914 , o Pai está certo que o desenvolvimento dos jovens foi tão profundo, tão grande, tão autêntico que Deus quer algo GRANDE deles.”
  19. 19. Mas faltava-lhe um sinal mais concreto. Foi então que…
  20. 20. O Seminário ofereceu à Congregação Mariana a Capela do Arcanjo S. Miguel, que estava abandonada, no pátio.
  21. 21. Servia de casa de ferramentas do jardim. Como estava em mau estado a Congregação trabalhou na sua recuperação.
  22. 22. Foi nesses dias que o P.K. leu um artigo sobre um Santuário mariano , em Pompeia. Visão Panorâmica Madonna Pompei
  23. 23. Este Santuário de Maria tinha resultado, apenas, da oferta de uma igreja a Maria. Sem aparições! Bartolo Longo
  24. 24. E surgiu-lhe uma ideia… E se oferecêssemos a Capela a Maria? E se Maria a transformasse num santuário?
  25. 25. Foi a decisão mais difícil da sua vida! ?
  26. 26. E o P. Kentenich pensou muito, e respondendo às vozes de Deus disse… Sim.
  27. 27. E chegou o dia tão esperado…
  28. 28. 1914 18 de Outubro
  29. 29. Inauguração da Capela da Congregação Mariana
  30. 30. Os rapazes estavam à volta do altar… A imagem MTA ainda não existia naquele dia
  31. 31. … quando o Padre Kentenich lhes falou da sua ideia predilecta: “ Desejaria converter este local num lugar de peregrinação, num lugar de graças para a nossa casa, para toda a província alemã e talvez para mais além …”
  32. 32. Quantas vezes na história universal, factos pequenos e insignificantes converteram-se em grandes acontecimentos ! Esta ideia é ousada, quase ousada demais para o público em geral, mas não para vocês.
  33. 33. Deposito tranquilamente nas vossas mãos tanto o projecto como a sua execução. Que as gerações futuras nos julguem. Será que atingiremos o nosso objectivo?
  34. 34. Não se preocupem com a realização do vosso desejo. Eu amo os que me amam. Provem primeiro, com factos, que me amam e que tomam a sério o vosso propósito. Conforme o plano da Divina Providência a grande guerra mundial é um meio extraordinariamente proveitoso na obra da vossa santificação .
  35. 35. Iriam para a guerra dispostos a ser os melhores soldados! Por isso entregaram a Maria as suas Cruzes de Ferro.
  36. 36. Eles foram os primeiros a selar a… Aliança de Amor
  37. 37. Depois de selarem a Aliança…
  38. 38. Alguns dos novos aliados procuraram oferecer orações e sacrifícios a Maria. A isto chamaram Capital de Graças .
  39. 39. Graças de Maria Capital de Graças
  40. 40. Com o tempo os congregados foram partindo para a guerra , onde mantiveram sempre o contacto com o P. Kentenich.
  41. 41. Viveram no campo de batalha como verdadeiros… Heróis
  42. 42. Com o exemplo dos congregados, muitos dos que estiveram na guerra com eles, foram visitar o Santuário , em Schoenstatt.
  43. 43. Os antigos e novos rapazes juntaram-se em Hoerde, na Alemanha, para fundar o movimento a nível nacional… Não vou a Hörde. Assim comprovo se esta é a minha vontade, ou a Vontade de Deus.
  44. 44. Gertraud Von Bullion que tinha sido enfermeira na guerra, também quis conhecer Schoenstatt.
  45. 45. A ela juntaram-se outras raparigas, familiares e amigas dos rapazes. Ramo Feminino Juntas formaram o…
  46. 46. A história de Schoenstatt continua….

×