SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A cultura brasileira é um grande conjunto de  culturas , que sintetizam as diversas  etnias  que formam o  povo brasileiro . Por essa razão, não existe uma cultura brasileira homogênea, e sim um mosaico de diferentes vertentes culturais que formam, juntas, a cultura do  Brasil .
Cinema  Nacional A grande escala de produções de filmes no Brasil iniciou com a criação de três estúdios, que também atuavam como distribuidoras: Cinédia, Vera Cruz e a Atlântida Cinematográfica.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],PERCURSORES DO CINEMA BRASILEIRO
CARMEM MIRANDA AMÁCIO MAZZAROPI
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
RÁDIO BRASILEIRO ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],A ERA DO RÁDIO Propaganda e os jingles
TELEVISÃO NO BRASIL Está no ar a TV no Brasil Há 60 anos a televisão desembarcava em solo brasileiro e iniciava uma história que mudaria a vida da população, acostumada a buscar informações e entretenimento através do rádio
Primeira novela exibida na televisão Brasileira pela extinta  TV TUPI  de 07 de agosto de 1964 a 13 de agosto de 1965.   Elenco Isaura Bruno   ....  Mamãe Dolores Nathália Timberg  ....  Maria Helena de Juncal  ( sóror Helena da Caridade ) Amilton Fernandes  ....  Albertinho Limonta Elísio de Albuquerque ....  dom Rafael de Juncal Guy Loup  ....  Isabel Cristina José Parisi  ....  dom Jorge Luís Maria Luiza Castelli  ....  Conceição Vininha de Moraes ....  Dorinha Rolando Boldrin  ....  dom Ricardo Henrique Martins  ....  Alfredo Martins Luiz Gustavo  ....  Oswaldo Oswaldo Loureiro Meire Nogueira Marcos Plonka Verinha Campos Genésio de Carvalho Aída Mar Paulo Walter de Freitas...........Dr Antonio
ARTISTAS VETERANOS DA TV BRASILEIRA
O primeiro tele-jornal também foi na TV TUPI  'Imagens do Dia' foi ao ar pela primeira vez no dia 19 de setembro de 1950, das 21h30 às 22h, na TV Tupi – primeiro apresentador Mauricio gama.
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curitibanos história de nossa gente parte 4
Curitibanos história de nossa gente   parte 4Curitibanos história de nossa gente   parte 4
Curitibanos história de nossa gente parte 4Sebastião Luiz Alves
 
Portugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anos
Portugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anosPortugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anos
Portugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anosSandra Sousa
 
HistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7b
HistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7bHistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7b
HistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7bProfGilson Malta
 
Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011
Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011
Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011casadobrasil
 
Presentación animada chico buarque
Presentación animada chico buarquePresentación animada chico buarque
Presentación animada chico buarqueRaquel Pazo
 
Historia do radio no brasil
Historia do radio no brasilHistoria do radio no brasil
Historia do radio no brasilAmarildo Souza
 
Slides CQC
Slides CQCSlides CQC
Slides CQCCQC
 
Belo Horizonte - História de uma Capital
Belo Horizonte -  História de uma CapitalBelo Horizonte -  História de uma Capital
Belo Horizonte - História de uma CapitalEdirlaine
 
Estórias da história do rio de janeiro
Estórias da história do rio de janeiroEstórias da história do rio de janeiro
Estórias da história do rio de janeiroAnge Biniou
 
Estórias da história do Rio de Janeiro
Estórias da história do Rio de JaneiroEstórias da história do Rio de Janeiro
Estórias da história do Rio de JaneiroLuiz Carlos Dias
 
Um passeio no tempo
Um passeio no tempoUm passeio no tempo
Um passeio no tempopcbitencourt
 
Belo horizonte, ontem e hoje
Belo horizonte, ontem e hojeBelo horizonte, ontem e hoje
Belo horizonte, ontem e hojeCristina Penha
 

Mais procurados (19)

Curitibanos história de nossa gente parte 4
Curitibanos história de nossa gente   parte 4Curitibanos história de nossa gente   parte 4
Curitibanos história de nossa gente parte 4
 
Portugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anos
Portugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anosPortugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anos
Portugueses que se destacaram no mundo nos ultimos 100 anos
 
HistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7b
HistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7bHistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7b
HistóRia Do Cinema Brasileiro Julia 7b
 
Radios dos Anos 70
Radios dos Anos 70Radios dos Anos 70
Radios dos Anos 70
 
Mídias e meios de comunicação rádio
Mídias e meios de comunicação   rádioMídias e meios de comunicação   rádio
Mídias e meios de comunicação rádio
 
Anos 70
Anos 70Anos 70
Anos 70
 
Passado X Presente
Passado X PresentePassado X Presente
Passado X Presente
 
Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011
Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011
Apresentação Ciclo Charla & Caipirinha 2011
 
Bh antigamente
Bh antigamenteBh antigamente
Bh antigamente
 
Presentación animada chico buarque
Presentación animada chico buarquePresentación animada chico buarque
Presentación animada chico buarque
 
Historia do radio no brasil
Historia do radio no brasilHistoria do radio no brasil
Historia do radio no brasil
 
Slides CQC
Slides CQCSlides CQC
Slides CQC
 
Belo Horizonte - História de uma Capital
Belo Horizonte -  História de uma CapitalBelo Horizonte -  História de uma Capital
Belo Horizonte - História de uma Capital
 
Estórias da história do rio de janeiro
Estórias da história do rio de janeiroEstórias da história do rio de janeiro
Estórias da história do rio de janeiro
 
Estórias da história do Rio de Janeiro
Estórias da história do Rio de JaneiroEstórias da história do Rio de Janeiro
Estórias da história do Rio de Janeiro
 
Chico buarque
Chico buarqueChico buarque
Chico buarque
 
Um Passeio No Tempo
Um Passeio No TempoUm Passeio No Tempo
Um Passeio No Tempo
 
Um passeio no tempo
Um passeio no tempoUm passeio no tempo
Um passeio no tempo
 
Belo horizonte, ontem e hoje
Belo horizonte, ontem e hojeBelo horizonte, ontem e hoje
Belo horizonte, ontem e hoje
 

Semelhante a Cultura brasileira um mosaico de influências

Revista Blogs - Edição 003/2012
Revista Blogs - Edição 003/2012Revista Blogs - Edição 003/2012
Revista Blogs - Edição 003/2012RevistaBlogs
 
cinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdfcinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdfAnchieta Miranda
 
História da televisão, para apresentação
História da televisão, para apresentaçãoHistória da televisão, para apresentação
História da televisão, para apresentaçãoblogtic3
 
Aula 10 Televisão
Aula 10 TelevisãoAula 10 Televisão
Aula 10 Televisãoguest051d8a
 
Aula 10 televisão
Aula 10 televisãoAula 10 televisão
Aula 10 televisãoguest15b65c
 
Programas de auditorio
Programas de auditorioProgramas de auditorio
Programas de auditorioTom Marinho
 
Trabalhooooooooooo
TrabalhoooooooooooTrabalhooooooooooo
TrabalhoooooooooooJointforever
 
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck meCinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck meJointforever
 
HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...
HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...
HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...Antonio Inácio Ferraz
 
O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...
O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...
O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...Daniela Israel
 
História do cinema brasileiro - apostila
História do cinema brasileiro -  apostilaHistória do cinema brasileiro -  apostila
História do cinema brasileiro - apostilaCarlos Zaranza
 
Texto43-Pipn-P7
Texto43-Pipn-P7Texto43-Pipn-P7
Texto43-Pipn-P7renatotf
 
A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)
A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)
A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)eb23_Vale de Cambra
 
Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30cecilianoclaro
 
Aula 03 - A história do rádio e da TV
Aula 03 - A história do rádio e da TVAula 03 - A história do rádio e da TV
Aula 03 - A história do rádio e da TVFernando
 
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfUnidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfThiago Assumpção
 
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdfHistória do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdfPriscilaPaixo13
 

Semelhante a Cultura brasileira um mosaico de influências (20)

Revista Blogs - Edição 003/2012
Revista Blogs - Edição 003/2012Revista Blogs - Edição 003/2012
Revista Blogs - Edição 003/2012
 
cinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdfcinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdf
 
História da televisão, para apresentação
História da televisão, para apresentaçãoHistória da televisão, para apresentação
História da televisão, para apresentação
 
Aula 10 Televisão
Aula 10 TelevisãoAula 10 Televisão
Aula 10 Televisão
 
Tv alunos
Tv alunosTv alunos
Tv alunos
 
Aula 10 televisão
Aula 10 televisãoAula 10 televisão
Aula 10 televisão
 
Programas de auditorio
Programas de auditorioProgramas de auditorio
Programas de auditorio
 
Trabalhooooooooooo
TrabalhoooooooooooTrabalhooooooooooo
Trabalhooooooooooo
 
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck meCinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
 
HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...
HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...
HISTÓRIA DA TELEVISÃO-ANTONIO INACIO FERRAZ, TÉCNICO EM ELETRONICA, AGROPECUÁ...
 
O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...
O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...
O Cinema de Animação Nacional: O trânsito entre experiências cinematográficas...
 
História do cinema brasileiro - apostila
História do cinema brasileiro -  apostilaHistória do cinema brasileiro -  apostila
História do cinema brasileiro - apostila
 
1 República Semana de 1922
1 República Semana de 19221 República Semana de 1922
1 República Semana de 1922
 
Texto43-Pipn-P7
Texto43-Pipn-P7Texto43-Pipn-P7
Texto43-Pipn-P7
 
A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)
A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)
A obra do cineasta mais velho do mundo em actividade (net)
 
Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30
 
Aula 03 - A história do rádio e da TV
Aula 03 - A história do rádio e da TVAula 03 - A história do rádio e da TV
Aula 03 - A história do rádio e da TV
 
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfUnidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
 
Cinema Brasileiro
Cinema BrasileiroCinema Brasileiro
Cinema Brasileiro
 
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdfHistória do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
 

Mais de Luzia de Fatima LayolaNunes (20)

O rato do campo e o rato da cidade
O rato do campo e o rato da cidadeO rato do campo e o rato da cidade
O rato do campo e o rato da cidade
 
A JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
A JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.A JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
A JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
 
Patinho Feio
Patinho Feio Patinho Feio
Patinho Feio
 
A cigarra e a formiga.
A cigarra e a formiga.A cigarra e a formiga.
A cigarra e a formiga.
 
A pipa e a flor .
A pipa e a flor .A pipa e a flor .
A pipa e a flor .
 
Atividade 7.2 - 7.3 -7.4 e 7.5
Atividade 7.2 - 7.3 -7.4 e 7.5Atividade 7.2 - 7.3 -7.4 e 7.5
Atividade 7.2 - 7.3 -7.4 e 7.5
 
Atividade 7.1
Atividade 7.1Atividade 7.1
Atividade 7.1
 
Projeto:"UMA CARTINHA PARA O PAPAI NOEL"
Projeto:"UMA CARTINHA PARA O PAPAI NOEL"Projeto:"UMA CARTINHA PARA O PAPAI NOEL"
Projeto:"UMA CARTINHA PARA O PAPAI NOEL"
 
Consciência Negra
Consciência NegraConsciência Negra
Consciência Negra
 
Projeto música
Projeto músicaProjeto música
Projeto música
 
Projeto Arco iris
Projeto Arco irisProjeto Arco iris
Projeto Arco iris
 
Projeto música
Projeto músicaProjeto música
Projeto música
 
Projeto "RESGATANDO RAIZES"
Projeto "RESGATANDO RAIZES"Projeto "RESGATANDO RAIZES"
Projeto "RESGATANDO RAIZES"
 
DIVISÃO MATO GROSSO E MATO GROSSO DO SUL
DIVISÃO MATO GROSSO E MATO GROSSO DO SULDIVISÃO MATO GROSSO E MATO GROSSO DO SUL
DIVISÃO MATO GROSSO E MATO GROSSO DO SUL
 
Ativ_1_5 - Mapa Conceitual
  Ativ_1_5   - Mapa Conceitual  Ativ_1_5   - Mapa Conceitual
Ativ_1_5 - Mapa Conceitual
 
Ativ1.4 luzzia
Ativ1.4 luzziaAtiv1.4 luzzia
Ativ1.4 luzzia
 
Via sacra
Via sacraVia sacra
Via sacra
 
Via sacra
Via sacraVia sacra
Via sacra
 
Páscoa
PáscoaPáscoa
Páscoa
 
BARROCO NO BRASIL
BARROCO NO BRASILBARROCO NO BRASIL
BARROCO NO BRASIL
 

Último

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 

Último (20)

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 

Cultura brasileira um mosaico de influências

  • 1.  
  • 2.
  • 3. A cultura brasileira é um grande conjunto de culturas , que sintetizam as diversas etnias que formam o povo brasileiro . Por essa razão, não existe uma cultura brasileira homogênea, e sim um mosaico de diferentes vertentes culturais que formam, juntas, a cultura do Brasil .
  • 4. Cinema Nacional A grande escala de produções de filmes no Brasil iniciou com a criação de três estúdios, que também atuavam como distribuidoras: Cinédia, Vera Cruz e a Atlântida Cinematográfica.
  • 5.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. TELEVISÃO NO BRASIL Está no ar a TV no Brasil Há 60 anos a televisão desembarcava em solo brasileiro e iniciava uma história que mudaria a vida da população, acostumada a buscar informações e entretenimento através do rádio
  • 11. Primeira novela exibida na televisão Brasileira pela extinta TV TUPI de 07 de agosto de 1964 a 13 de agosto de 1965. Elenco Isaura Bruno .... Mamãe Dolores Nathália Timberg .... Maria Helena de Juncal ( sóror Helena da Caridade ) Amilton Fernandes .... Albertinho Limonta Elísio de Albuquerque .... dom Rafael de Juncal Guy Loup .... Isabel Cristina José Parisi .... dom Jorge Luís Maria Luiza Castelli .... Conceição Vininha de Moraes .... Dorinha Rolando Boldrin .... dom Ricardo Henrique Martins .... Alfredo Martins Luiz Gustavo .... Oswaldo Oswaldo Loureiro Meire Nogueira Marcos Plonka Verinha Campos Genésio de Carvalho Aída Mar Paulo Walter de Freitas...........Dr Antonio
  • 12. ARTISTAS VETERANOS DA TV BRASILEIRA
  • 13. O primeiro tele-jornal também foi na TV TUPI 'Imagens do Dia' foi ao ar pela primeira vez no dia 19 de setembro de 1950, das 21h30 às 22h, na TV Tupi – primeiro apresentador Mauricio gama.
  • 14.