SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
CINEMA BRASILEIRO 
Construção da Identidade 
Brasileira 
ESPM 
Dirigido por: 
Bruno Caumont 
Gabriel Fortes 
Georgia Akemi 
Ingrid Schmidt 
Juliana Tobisawa 
Luana Yamamoto 
Luiz Chiavegatti 
Mariana Stasiak
Início do Cinema Brasileiro 
Irmãos Lumière 
Cinema na Europa 
Alfonso Segretto 
Cinema no Brasil
Início do Cinema Brasileiro 
 Primeira exibição: 08/06/1986 – Rio de Janeiro 
 Só a elite carioca (ruralismo e patriarcalismo) 
 1987: “Salão de Novidades de Paris”
Início do Cinema Brasileiro 
 19/06/1898: “Dia da Baía de 
Guanabara” 
 Dia do Cinema Brasileiro 
 Documentários com o irmão 
Paschoal Segretto até 1903
Início do Cinema Brasileiro 
 “Ancoradouro de Pescadores na Baía de Guanabara“ 
 “Chegada do Trem em Petrópolis” 
 “Bailado de Crianças no Colégio, no Andaraí” 
 “Um Artusta Trabalhando no Trapézio do Politeama”
Início do Cinema Brasileiro 
 1907-1910: Estrtuturação do mercado exibidor brasileiro 
 1908: Salas de cinema no Rio 
 1909: Filmes “cantados”
Início do Cinema Brasileiro 
 Surgimento do Som 
 “Acabaram-se os Otários” – 
Luiz de Barros (jeitinho 
brasileiro) 
 Anos 30: Rápida fase 
otimista 
“Acabaram-se os Otários” - 1929
O Cinema como Instrumento 
Político 
 2ª Guerra e Guerra Fria – 
Investimentos dos EUA 
 Tentativa de imitação do Cinema 
Norte-Americano 
 “Alô, Alô, Brasil”, “Alô, Alô, 
Carnaval”
O Cinema como Instrumento 
Político 
Carmen Miranda
Chanchadas 
 Atlântida 
 1933: “Voz do Carnaval” – Cinédia 
 Walter Macedo 
 1947: “O Mundo É Um Pandeiro”
Chanchadas 
 1949: “Carnaval de Fogo” 
 Oscarito e Grande Otelo 
 Anselmo, Eliana e José Lewgoy 
 Chanchada
Chanchadas 
 Carlos Manga 
 1950: “Aviso aos Navegantes” 
 1954: “Nem Sansão, Nem Dalila”, 
“Matar ou Correr” 
 1957: “De Vento em Popa” 
 1959: “O Homem do Sputnik” 
 Hebert Richards, Zé Trindade
Cinema Novo 
 Princípios 
 Influências 
 Diretores 
 Sertão
Cinema Novo 
 Ditadura Militar 
 Repressão
Cinema Marginal 
 Cinema Novo 
 Julio Bressane e Rogério Sganzerla 
 “O Bandido da Luz Vermelha” 
 Cinema Marginal Cafajeste
Pornochanchadas 
 Ditadura (incentivo) 
 Boca do Lixo 
 Decadência 
 1978: “A Dama do Ônibus”
Retomada do Cinema 
Nacional 
 Dezembro de 1992: Secretaria para o Desenvolvimento do 
Audiovisual 
 Lei do Audiovisual 
 1995: Começa-se a falar na retomada do cinema nacional: 
- Incentivos fiscais 
- visão neoliberal da “cultura de mercado”
Retomada do Cinema 
Nacional 
 “Carlota Joaquina, Princesa 
do Brasil” – Carla Camurati 
 Prêmio Resgate 
 Dificuldades continuam 
 1997: Organizações Globo – 
Globo Filmes
Cinema Contemporâneo 
 2007 até os dias de hoje 
 O apelo realista 
 Documentário x Ficção 
 Paradigma em Tropa de Elite
Cinema Contemporâneo
Cinema Contemporâneo 
 2014 - TRASH 
- O jeitinho brasileiro 
- O homem cordial
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal BrasileiroCinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal BrasileiroStefan Leles
 
A história do cinema
A história do cinemaA história do cinema
A história do cinemaRebeca Neiva
 
Cinema.atualizado agora
Cinema.atualizado agoraCinema.atualizado agora
Cinema.atualizado agoraAbner Amiel
 
História do cinema blog
História do cinema blogHistória do cinema blog
História do cinema blogOver Lane
 
A historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 dA historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 deercavalcanti
 
A história do cinema
A história do cinemaA história do cinema
A história do cinemaeva_idavino
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinemaemanoellym
 
Art história do cinema
Art   história do cinemaArt   história do cinema
Art história do cinemasergioborgato
 
CS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema HollywoodianoCS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema HollywoodianoGui Bueno
 
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx   Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx gabiimedeiros
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)Mauricio Mallet Duprat
 
História do cinema portugues
História do cinema portuguesHistória do cinema portugues
História do cinema portuguesefaescacilhastejo
 

Mais procurados (20)

Cinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal BrasileiroCinema Marginal Brasileiro
Cinema Marginal Brasileiro
 
Cinema brasileiro
Cinema brasileiroCinema brasileiro
Cinema brasileiro
 
A Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudoA Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudo
 
A história do cinema
A história do cinemaA história do cinema
A história do cinema
 
Cinema.atualizado agora
Cinema.atualizado agoraCinema.atualizado agora
Cinema.atualizado agora
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
História do cinema blog
História do cinema blogHistória do cinema blog
História do cinema blog
 
A historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 dA historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 d
 
Cinema de portugal
Cinema de portugalCinema de portugal
Cinema de portugal
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
Setima Arte
Setima ArteSetima Arte
Setima Arte
 
A história do cinema
A história do cinemaA história do cinema
A história do cinema
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinema
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
Art história do cinema
Art   história do cinemaArt   história do cinema
Art história do cinema
 
CS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema HollywoodianoCS404 - O Cinema Hollywoodiano
CS404 - O Cinema Hollywoodiano
 
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx   Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
 
Trabalho cinema
Trabalho  cinemaTrabalho  cinema
Trabalho cinema
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
 
História do cinema portugues
História do cinema portuguesHistória do cinema portugues
História do cinema portugues
 

Destaque

Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000
Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000
Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000VittorioTedeschi
 
Revolução Digital - Palestra Telefônica-Vivo
Revolução Digital - Palestra Telefônica-VivoRevolução Digital - Palestra Telefônica-Vivo
Revolução Digital - Palestra Telefônica-VivoCAOS Focado
 
Revolução Digital
Revolução DigitalRevolução Digital
Revolução DigitalAgencia Sete
 
Marketing em Mecanismos de busca e mídias sociais
Marketing em Mecanismos de busca e mídias sociaisMarketing em Mecanismos de busca e mídias sociais
Marketing em Mecanismos de busca e mídias sociaisSávio de Luna Pinto
 
Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014
Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014
Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014Gustavo Gomes
 
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck meCinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck meJointforever
 
YouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução DigitalYouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução DigitalRodrigo Cunha
 
Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...
Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...
Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...Eduardo Freire
 
Superhero Movies
Superhero MoviesSuperhero Movies
Superhero Moviesadamranson
 
Teste de usabilidade - Cinemark
Teste de usabilidade - CinemarkTeste de usabilidade - Cinemark
Teste de usabilidade - CinemarkLuiz Agner
 
Capitulo 3 Livro Nielsen
Capitulo 3 Livro NielsenCapitulo 3 Livro Nielsen
Capitulo 3 Livro NielsenLuiz Agner
 
Revolução Digital
Revolução DigitalRevolução Digital
Revolução Digital02031984
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticaDenise
 
Business Digital Transformation - o que é e o que não é?
Business Digital Transformation - o que é e o que não é?Business Digital Transformation - o que é e o que não é?
Business Digital Transformation - o que é e o que não é?Carlos Nepomuceno (Nepô)
 

Destaque (20)

Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000
Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000
Para não falar mal do cinema nacional: filmes dos anos 2000
 
Revolução Digital - Palestra Telefônica-Vivo
Revolução Digital - Palestra Telefônica-VivoRevolução Digital - Palestra Telefônica-Vivo
Revolução Digital - Palestra Telefônica-Vivo
 
Revolução Digital
Revolução DigitalRevolução Digital
Revolução Digital
 
Marketing em Mecanismos de busca e mídias sociais
Marketing em Mecanismos de busca e mídias sociaisMarketing em Mecanismos de busca e mídias sociais
Marketing em Mecanismos de busca e mídias sociais
 
Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014
Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014
Revolução Digital Empreendedora - Feira do Empreendedor MG 2014
 
Satellite - Revolução Digital
Satellite - Revolução DigitalSatellite - Revolução Digital
Satellite - Revolução Digital
 
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck meCinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
Cinema brasileiro nas décadas de 20, 30 fuck me
 
Forum Marketing Digital Maceio
Forum Marketing Digital Maceio Forum Marketing Digital Maceio
Forum Marketing Digital Maceio
 
YouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução DigitalYouTube e a Revolução Digital
YouTube e a Revolução Digital
 
Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...
Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...
Apresentação de Gestão de Projetos de Inovação com Design Thinking nos congre...
 
Superhero Movies
Superhero MoviesSuperhero Movies
Superhero Movies
 
roteiro filme Rio
roteiro filme Rioroteiro filme Rio
roteiro filme Rio
 
Teste de usabilidade - Cinemark
Teste de usabilidade - CinemarkTeste de usabilidade - Cinemark
Teste de usabilidade - Cinemark
 
Temas de trabalho
Temas de trabalhoTemas de trabalho
Temas de trabalho
 
Capitulo 3 Livro Nielsen
Capitulo 3 Livro NielsenCapitulo 3 Livro Nielsen
Capitulo 3 Livro Nielsen
 
Evolução digital
Evolução digitalEvolução digital
Evolução digital
 
Revolução Digital
Revolução DigitalRevolução Digital
Revolução Digital
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinema
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Business Digital Transformation - o que é e o que não é?
Business Digital Transformation - o que é e o que não é?Business Digital Transformation - o que é e o que não é?
Business Digital Transformation - o que é e o que não é?
 

Semelhante a Cinema Brasileiro

História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdfHistória do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdfPriscilaPaixo13
 
cinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdfcinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdfAnchieta Miranda
 
Cultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 okCultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 okFabio Salvari
 
Anos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 culturaAnos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 culturasamonois
 
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfUnidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfThiago Assumpção
 
Trabalhooooooooooo
TrabalhoooooooooooTrabalhooooooooooo
TrabalhoooooooooooJointforever
 
O Cinema E O Teatro Nos Anos 20
O Cinema E O Teatro Nos Anos 20O Cinema E O Teatro Nos Anos 20
O Cinema E O Teatro Nos Anos 20valdeniDinamizador
 
Manoel de Oliveira - Pesquisa de Autor
Manoel de Oliveira - Pesquisa de AutorManoel de Oliveira - Pesquisa de Autor
Manoel de Oliveira - Pesquisa de AutorASL93
 
apresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdf
apresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdfapresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdf
apresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdfMaxLEspinosa
 
Media e hábitos socioculturais
Media e hábitos socioculturaisMedia e hábitos socioculturais
Media e hábitos socioculturaisRaQuel Oliveira
 
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60
A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60Aline Carvalho
 
E o belas artes que é bom
E o belas artes que é bomE o belas artes que é bom
E o belas artes que é bomPaula Soncela
 
Historia da tv brasileira
Historia da tv brasileiraHistoria da tv brasileira
Historia da tv brasileiraJúlio Rocha
 
Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01
Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01
Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01Roni Rubem
 

Semelhante a Cinema Brasileiro (20)

História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdfHistória do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
História do Cinema - Cine+ curso de exibidores (1).pdf
 
cinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdfcinema br - slides da aula.pdf
cinema br - slides da aula.pdf
 
2- cinema brasileiro.pptx
2- cinema brasileiro.pptx2- cinema brasileiro.pptx
2- cinema brasileiro.pptx
 
Cultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 okCultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 ok
 
Anos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 culturaAnos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 cultura
 
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdfUnidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
Unidade A3 - Breve história do cinema BRASILEIRO.pdf
 
Trabalhooooooooooo
TrabalhoooooooooooTrabalhooooooooooo
Trabalhooooooooooo
 
Brasil
BrasilBrasil
Brasil
 
Conf. pac ilse losa v2
Conf. pac ilse losa v2Conf. pac ilse losa v2
Conf. pac ilse losa v2
 
1 República Semana de 1922
1 República Semana de 19221 República Semana de 1922
1 República Semana de 1922
 
Não existe povos sem cultura nem povos
Não existe povos sem cultura nem povosNão existe povos sem cultura nem povos
Não existe povos sem cultura nem povos
 
O Cinema E O Teatro Nos Anos 20
O Cinema E O Teatro Nos Anos 20O Cinema E O Teatro Nos Anos 20
O Cinema E O Teatro Nos Anos 20
 
Manoel de Oliveira - Pesquisa de Autor
Manoel de Oliveira - Pesquisa de AutorManoel de Oliveira - Pesquisa de Autor
Manoel de Oliveira - Pesquisa de Autor
 
apresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdf
apresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdfapresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdf
apresentao1-ppt-121016100934-phpapp01.pdf
 
Media e hábitos socioculturais
Media e hábitos socioculturaisMedia e hábitos socioculturais
Media e hábitos socioculturais
 
Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012
 
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60
A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60A Tropicália  e a produção cultural brasileira  na década de 60
A Tropicália e a produção cultural brasileira na década de 60
 
E o belas artes que é bom
E o belas artes que é bomE o belas artes que é bom
E o belas artes que é bom
 
Historia da tv brasileira
Historia da tv brasileiraHistoria da tv brasileira
Historia da tv brasileira
 
Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01
Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01
Cinemabrasileiro 100925082223-phpapp01
 

Mais de Ingrid Schmidt

Plano de Marketing Cornetto
Plano de Marketing CornettoPlano de Marketing Cornetto
Plano de Marketing CornettoIngrid Schmidt
 
Campanha - 4Brothers Food Truck
Campanha - 4Brothers Food TruckCampanha - 4Brothers Food Truck
Campanha - 4Brothers Food TruckIngrid Schmidt
 
Campanha - Magnum Store
Campanha - Magnum StoreCampanha - Magnum Store
Campanha - Magnum StoreIngrid Schmidt
 
Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...
Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...
Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...Ingrid Schmidt
 
A República (Mito da Caverna) - Seminário de Filosofia
A República (Mito da Caverna) - Seminário de FilosofiaA República (Mito da Caverna) - Seminário de Filosofia
A República (Mito da Caverna) - Seminário de FilosofiaIngrid Schmidt
 
Energy is All You Need - Future Lions 2014 Entry
Energy is All You Need - Future Lions 2014 EntryEnergy is All You Need - Future Lions 2014 Entry
Energy is All You Need - Future Lions 2014 EntryIngrid Schmidt
 
Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry
Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry
Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry Ingrid Schmidt
 
M&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o Mercado
M&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o MercadoM&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o Mercado
M&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o MercadoIngrid Schmidt
 
A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...
A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...
A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...Ingrid Schmidt
 

Mais de Ingrid Schmidt (11)

Plano de Marketing Cornetto
Plano de Marketing CornettoPlano de Marketing Cornetto
Plano de Marketing Cornetto
 
Campanha - 4Brothers Food Truck
Campanha - 4Brothers Food TruckCampanha - 4Brothers Food Truck
Campanha - 4Brothers Food Truck
 
Campanha - Magnum Store
Campanha - Magnum StoreCampanha - Magnum Store
Campanha - Magnum Store
 
Fast food - Civil War
Fast food - Civil WarFast food - Civil War
Fast food - Civil War
 
Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...
Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...
Trabalho Sobre a Superinteressante - Elementos e Técnicas de Comunicação com ...
 
Na Real Magazine
Na Real MagazineNa Real Magazine
Na Real Magazine
 
A República (Mito da Caverna) - Seminário de Filosofia
A República (Mito da Caverna) - Seminário de FilosofiaA República (Mito da Caverna) - Seminário de Filosofia
A República (Mito da Caverna) - Seminário de Filosofia
 
Energy is All You Need - Future Lions 2014 Entry
Energy is All You Need - Future Lions 2014 EntryEnergy is All You Need - Future Lions 2014 Entry
Energy is All You Need - Future Lions 2014 Entry
 
Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry
Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry
Wish Upon A Star - Future Lions 2014 Entry
 
M&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o Mercado
M&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o MercadoM&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o Mercado
M&M's - Elementos e Técnicas de Comunicação com o Mercado
 
A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...
A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...
A Influência do K-Pop na Cidade de São Paulo - O Brasil e o Contexto Internac...
 

Cinema Brasileiro

  • 1. CINEMA BRASILEIRO Construção da Identidade Brasileira ESPM Dirigido por: Bruno Caumont Gabriel Fortes Georgia Akemi Ingrid Schmidt Juliana Tobisawa Luana Yamamoto Luiz Chiavegatti Mariana Stasiak
  • 2. Início do Cinema Brasileiro Irmãos Lumière Cinema na Europa Alfonso Segretto Cinema no Brasil
  • 3. Início do Cinema Brasileiro  Primeira exibição: 08/06/1986 – Rio de Janeiro  Só a elite carioca (ruralismo e patriarcalismo)  1987: “Salão de Novidades de Paris”
  • 4. Início do Cinema Brasileiro  19/06/1898: “Dia da Baía de Guanabara”  Dia do Cinema Brasileiro  Documentários com o irmão Paschoal Segretto até 1903
  • 5. Início do Cinema Brasileiro  “Ancoradouro de Pescadores na Baía de Guanabara“  “Chegada do Trem em Petrópolis”  “Bailado de Crianças no Colégio, no Andaraí”  “Um Artusta Trabalhando no Trapézio do Politeama”
  • 6. Início do Cinema Brasileiro  1907-1910: Estrtuturação do mercado exibidor brasileiro  1908: Salas de cinema no Rio  1909: Filmes “cantados”
  • 7. Início do Cinema Brasileiro  Surgimento do Som  “Acabaram-se os Otários” – Luiz de Barros (jeitinho brasileiro)  Anos 30: Rápida fase otimista “Acabaram-se os Otários” - 1929
  • 8. O Cinema como Instrumento Político  2ª Guerra e Guerra Fria – Investimentos dos EUA  Tentativa de imitação do Cinema Norte-Americano  “Alô, Alô, Brasil”, “Alô, Alô, Carnaval”
  • 9. O Cinema como Instrumento Político Carmen Miranda
  • 10. Chanchadas  Atlântida  1933: “Voz do Carnaval” – Cinédia  Walter Macedo  1947: “O Mundo É Um Pandeiro”
  • 11. Chanchadas  1949: “Carnaval de Fogo”  Oscarito e Grande Otelo  Anselmo, Eliana e José Lewgoy  Chanchada
  • 12. Chanchadas  Carlos Manga  1950: “Aviso aos Navegantes”  1954: “Nem Sansão, Nem Dalila”, “Matar ou Correr”  1957: “De Vento em Popa”  1959: “O Homem do Sputnik”  Hebert Richards, Zé Trindade
  • 13. Cinema Novo  Princípios  Influências  Diretores  Sertão
  • 14. Cinema Novo  Ditadura Militar  Repressão
  • 15. Cinema Marginal  Cinema Novo  Julio Bressane e Rogério Sganzerla  “O Bandido da Luz Vermelha”  Cinema Marginal Cafajeste
  • 16. Pornochanchadas  Ditadura (incentivo)  Boca do Lixo  Decadência  1978: “A Dama do Ônibus”
  • 17. Retomada do Cinema Nacional  Dezembro de 1992: Secretaria para o Desenvolvimento do Audiovisual  Lei do Audiovisual  1995: Começa-se a falar na retomada do cinema nacional: - Incentivos fiscais - visão neoliberal da “cultura de mercado”
  • 18. Retomada do Cinema Nacional  “Carlota Joaquina, Princesa do Brasil” – Carla Camurati  Prêmio Resgate  Dificuldades continuam  1997: Organizações Globo – Globo Filmes
  • 19. Cinema Contemporâneo  2007 até os dias de hoje  O apelo realista  Documentário x Ficção  Paradigma em Tropa de Elite
  • 21. Cinema Contemporâneo  2014 - TRASH - O jeitinho brasileiro - O homem cordial
  • 22. FIM