SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
A evolução do paradigma no cenário internacional pós-guerra fria veio salientar um maior
foco, por parte da maioria dos países, na criação de uma agenda internacional comum,
nomeadamente com o auxílio do trabalho realizado de forma conjunta em fóruns interna-
cionais como a União Europeia (UE) e a Organização das Nações Unidas (ONU).
Em 2000, os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) protagonizaram um ponto de
viragem para este cenário comum, com oito premissas que viriam a moldar políticas em todo
o mundo, em matérias relacionadas com o âmbito da cooperação internacional, como é o
caso da erradicação da pobreza e desenvolvimento socioeconómico. Tratando-se este de
um ponto de partida para as Organizações, e respetivos Estados-membros, criarem pontos
comuns de prossecução global, por exemplo na temática da erradicação da pobreza, os
números apresentados demonstraram diminuições “de 1,9 mil milhões, em 1990, para 836
milhões” (ONU, Relatório sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, 2015). Sendo
que a maioria desta diminuição se verificou no período pós-2000.
No entanto, o Sistema Internacional é moldado pelas mudanças que dele advêm, e para
acompanhar esta mudança de paradigma, os ODM necessitaram de sofrer uma evolução.
Em 2015, a ONU criou os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), contando com a
aprovação de 193 países. Até 2030, ou seja, no prazo de 15 anos, os Estados-membros ader-
entes deverão prosseguir 17 objetivos:
1. Erradicar a pobreza
2. Erradicar a fome
3. Saúde de qualidade
4. Educação de qualidade
5. Igualdade de género
6. Água potável e saneamento
7. Energias renováveis e acessíveis
8. Trabalho digno e crescimento económico
9. Indústria, inovação e infraestruturas
10. Reduzir as desigualdades
11. Cidades e comunidades sustentáveis
12. Produção e consumo sustentáveis
13. Ação climática
14. Proteger a vida marinha
15. Proteger a vida terrestre
16. Paz, justiça e instituições eficazes
17. Parcerias para a implementação dos objetivos
Introdução
ODS - O nosso Mundo em 2030
JSD Distrital de Lisboa
- 1 -
Embora os ODS sejam de iniciativa de um fórum global que transcende a União Europeia e os
seus Estados-membros, é também dever da União Europeia incentivar a prossecução
destes 17 objetivos nas suas políticas, tanto a nível internacional como nacional, de
forma a que em 2030 o relatório que seja apresentado demonstre que a agenda em comum
obteve resultados amplamente positivos.
Estrutura e linhas orientadoras da participação
Público-alvo: jovens do Distrito de Lisboa
Objetivos Gerais:
Dotar os vencedores de material e informação recolhidas nas instituições europeias que
lhes permitam cooperar com o Gabinete de Cidadania da JSD Distrital de Lisboa na elab-
oração de uma proposta de campanha para divulgação do que é a Europa, quais os seus
objetivos gerais e como influencia a vida de todos os cidadãos.
Objetivos Específicos:
Promover a reflexão crítica e objectiva sobre os problemas que o mundo enfrenta e qual
o contributo que a UE dá para a resolução dos mesmos. Para tal, propomos a análise dos
17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas a serem cumpridos
entre 2015-2030 (https://www.unric.org/pt/17-objetivos-de-desenvolvimento-sus-
tentavel).
O desafio para os participantes:
Os participantes terão que escolher 1 dos 17 objetivos e trabalhar um documento ou
vídeo que inclua uma análise do cumprimento/contributo da União Europeia para esse
mesmo objetivo bem como, a apresentação de propostas para cumprir as metas até
2030.
ODS - O nosso Mundo em 2030
JSD Distrital de Lisboa
- 2 -
Avaliação
Júri:
O documento ou o vídeo será avaliado por júri composto por (i) eurodeputado Carlos
Zorrinho (S&D), (ii) eurodeputado Carlos Coelho (PPE) e (iii) Presidente da JSD Distrital de
Lisboa, Alexandre Poço.
Este júri determinará a escolha do participante que irá visitar as instituições europeias;
trabalhar as ideias e sugestões em parceria com a JSD Distrital de Lisboa, para posterior
apresentação aos eurodeputados eleitos pelo Partido Social Democrata.
Critérios de avaliação:
1. Enquadramento do ODS escolhido no contexto da União Europeia (situação atual):
entre 1 a 5 pontos
2. Apresentação e aplicabilidade das ideias para o cumprimento do ODS até 2030: entre
1 a 5 pontos
3. Capacidade argumentativa do documento/vídeo: entre 1 a 5 pontos
A avaliação será realizada pelos membros do júri, sendo cada um responsável por um
critério, sugerindo-se:
Eurodeputado Carlos Zorrinho (S&D): Enquadramento do ODS escolhido (critério 1).
Eurodeputado Carlos Coelho (PPE): Apresentação e aplicabilidade das ideias (critério
2).
Presidente da JSD Distrital de Lisboa Alexandre Poço: Capacidade argumentativa do
texto ou do vídeo (critério 3)
Formato dos documentos:
Font Times New Roman; Font size 12; espaçamento 1.5 linhas; até 5 000 caracteres.
Ou
Vídeo com um máximo de 3 minutos (formato .mp4).
Entrega:
Ficheiro PDF a ser enviada até às 23h59 do dia 11 de Novembro de 2018 para o e-mail
jsddistritallisboa@gmail.com.
ODS - O nosso Mundo em 2030
JSD Distrital de Lisboa
- 3 -
Prémio
O Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa terá como prémio a visita ao
Parlamento Europeu, em Bruxelas, de dia 2 de Dezembro a 4 de Dezembro, com o patrocí-
nio do Deputado Carlos Coelho.
A participação no concurso implica a total disponibilidade para a visita a Bruxelas nas datas
referidas por parte de todos os participantes, não devendo participar quem não puder garan-
tir a presença na visita, em caso de ser premiado.
Os prémios serão distribuídos pela seguinte forma em termos de classificação:
1º Prémio (Vencedor): atribuído ao 1º melhor trabalho
2º Prémio: atribuído ao 2º melhor trabalho
3º Prémio: atribuído aos 3º e 4º melhores trabalhos
Os 4 participantes que obtenham estas classificações serão premiados com a visita ao Parla-
mento Europeu.
Adicionalmente, serão também desafiados a colaborar com a JSD Distrital de Lisboa nas
iniciativas de reflexão sobre o futuro da União Europeia e na elaboração de propostas sobre
cidadania europeia, em particular junto dos mais jovens.
Calendário do Concurso
17 de outubro de 2018 – Abertura do concurso “ODS - O nosso mundo em 2030”
11 de novembro de outubro de 2018 – Término do concurso
20 de novembro de 2018 – Divulgação dos trabalhos vencedores
2 a 4 de dezembro de 2018 – Visita dos vencedores ao Parlamento Europeu (Bruxelas)
ODS - O nosso Mundo em 2030
JSD Distrital de Lisboa
- 4 -
Dúvidas e esclarecimentos
As dúvidas que possam existir, quer de potenciais participantes quer de participantes efeti-
vos, do Concurso deverão ser remetidas por escrito para o e-mail da JSD Distrital de Lisboa:
jsddistritallisboa@gmail.com.
JSD Distrital de Lisboa,
17 de Outubro de 2018
ODS - O nosso Mundo em 2030
JSD Distrital de Lisboa
- 5 -

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa

2 guia iab_2030
2 guia iab_20302 guia iab_2030
2 guia iab_2030
Milene9
 
Flyer dia da_europa
Flyer dia da_europaFlyer dia da_europa
Flyer dia da_europa
malex86
 
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
Miguel Toscano
 

Semelhante a 2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa (20)

Quiz | Conferência sobre o Futuro da Europa
Quiz | Conferência sobre o Futuro da EuropaQuiz | Conferência sobre o Futuro da Europa
Quiz | Conferência sobre o Futuro da Europa
 
2 guia iab_2030
2 guia iab_20302 guia iab_2030
2 guia iab_2030
 
Apresentação | Conferência sobre o Futuro da Europa (atualização)
Apresentação | Conferência sobre o Futuro da Europa (atualização)Apresentação | Conferência sobre o Futuro da Europa (atualização)
Apresentação | Conferência sobre o Futuro da Europa (atualização)
 
E news ciganos-n6
E news ciganos-n6E news ciganos-n6
E news ciganos-n6
 
Ciganos.pt 6ª edição
Ciganos.pt 6ª ediçãoCiganos.pt 6ª edição
Ciganos.pt 6ª edição
 
Conferência PRU call for papers
Conferência PRU call for papersConferência PRU call for papers
Conferência PRU call for papers
 
Flyer dia da_europa
Flyer dia da_europaFlyer dia da_europa
Flyer dia da_europa
 
Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015
Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015
Odm ods 2015_odilon_faccio_meet_upflorian_2015
 
Apresentação | A Cidadania Europeia em ação
Apresentação | A Cidadania Europeia em açãoApresentação | A Cidadania Europeia em ação
Apresentação | A Cidadania Europeia em ação
 
História, Princípios e Compromissos
História, Princípios e CompromissosHistória, Princípios e Compromissos
História, Princípios e Compromissos
 
Apresentação ue
Apresentação ueApresentação ue
Apresentação ue
 
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
19.06.2014.Oeiras_Seminario PIGO_Igualdade do Genero
 
Resistance (9ª)
Resistance (9ª)Resistance (9ª)
Resistance (9ª)
 
Eu in slides_pt
Eu in slides_ptEu in slides_pt
Eu in slides_pt
 
ApresentaçãO Ciejd 2002
ApresentaçãO Ciejd   2002ApresentaçãO Ciejd   2002
ApresentaçãO Ciejd 2002
 
1º Relatório de Atividades: Junho a Setembro de 2018
1º Relatório de Atividades: Junho a Setembro de 20181º Relatório de Atividades: Junho a Setembro de 2018
1º Relatório de Atividades: Junho a Setembro de 2018
 
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 20192º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
2º Relatório de Atividades: Outubro de 2018 a Janeiro de 2019
 
O acesso à documentação garante o exercício da cidadania europeia?
O acesso à documentação garante o exercício da cidadania europeia?O acesso à documentação garante o exercício da cidadania europeia?
O acesso à documentação garante o exercício da cidadania europeia?
 
A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020
A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020
A Estratégia Europa 2020 e o Quadro Financeiro Plurianual 2014-2020
 
Eu in slides_pt
Eu in slides_ptEu in slides_pt
Eu in slides_pt
 

Mais de JSD Distrital de Lisboa

Mais de JSD Distrital de Lisboa (20)

Moção de Estratégia Global 2020-2022
Moção de Estratégia Global 2020-2022Moção de Estratégia Global 2020-2022
Moção de Estratégia Global 2020-2022
 
Relatório de Atividades 2018-2020
Relatório de Atividades 2018-2020Relatório de Atividades 2018-2020
Relatório de Atividades 2018-2020
 
Mobilidade: uma visão metropolitana
Mobilidade: uma visão metropolitanaMobilidade: uma visão metropolitana
Mobilidade: uma visão metropolitana
 
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 20206º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
6º Relatório de Atividades: Novembro de 2019 a Janeiro de 2020
 
Segurança Social: Reformar pelo Futuro
Segurança Social: Reformar pelo FuturoSegurança Social: Reformar pelo Futuro
Segurança Social: Reformar pelo Futuro
 
Guia Polis XXI
Guia Polis XXIGuia Polis XXI
Guia Polis XXI
 
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 20195º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
5º Relatório de Atividades: Julho a Outubro de 2019
 
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativaComunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
Comunidade Vida e Paz: um exemplo de cidadania ativa
 
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolasRecomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
Recomenda ao Governo o ensino de SBV nas escolas
 
Habitação: novas respostas para um direito de todos
Habitação: novas respostas para  um direito de todosHabitação: novas respostas para  um direito de todos
Habitação: novas respostas para um direito de todos
 
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 20194º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
4º Relatório de Atividades: Maio a Junho de 2019
 
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 20193º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
3º Relatório de Atividades: Fevereiro a Abril de 2019
 
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador InformalProteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
Proteger Quem Cuida - Regulamentação do Estatuto de Cuidador Informal
 
Análise do Orçamento do Estado 2019
Análise do Orçamento do Estado 2019Análise do Orçamento do Estado 2019
Análise do Orçamento do Estado 2019
 
Mais Cidadania, Melhor Sociedade
Mais Cidadania, Melhor SociedadeMais Cidadania, Melhor Sociedade
Mais Cidadania, Melhor Sociedade
 
Caderno Autárquico 2017-2021
Caderno Autárquico 2017-2021Caderno Autárquico 2017-2021
Caderno Autárquico 2017-2021
 
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
VI Relatório de Actividades: Dezembro de 2017 - Janeiro de 2018
 
Jovens e a Europa
Jovens e a EuropaJovens e a Europa
Jovens e a Europa
 
Banco Central Europeu
Banco Central EuropeuBanco Central Europeu
Banco Central Europeu
 
Tribunal de Justiça da União Europeia
Tribunal de Justiça da União EuropeiaTribunal de Justiça da União Europeia
Tribunal de Justiça da União Europeia
 

Último

relatorio para alun o.pdf
relatorio para alun                         o.pdfrelatorio para alun                         o.pdf
relatorio para alun o.pdf
HELLEN CRISTINA
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
HELLEN CRISTINA
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
HELLEN CRISTINA
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
HELLEN CRISTINA
 

Último (12)

Documento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues
Documento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo RodriguesDocumento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues
Documento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues
 
Questionário sobre a Lei Orgânica de Nova Iguacu
Questionário sobre a Lei Orgânica de Nova IguacuQuestionário sobre a Lei Orgânica de Nova Iguacu
Questionário sobre a Lei Orgânica de Nova Iguacu
 
relatorio para alun o.pdf
relatorio para alun                         o.pdfrelatorio para alun                         o.pdf
relatorio para alun o.pdf
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
Viagens do general Tomás Miguel Miné 2023 e 2024 até maio.pdf
Viagens do general Tomás Miguel Miné 2023 e 2024 até maio.pdfViagens do general Tomás Miguel Miné 2023 e 2024 até maio.pdf
Viagens do general Tomás Miguel Miné 2023 e 2024 até maio.pdf
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
 
DIP - Organizações Internacionais - resolução de questões (8).pdf
DIP - Organizações Internacionais - resolução de questões (8).pdfDIP - Organizações Internacionais - resolução de questões (8).pdf
DIP - Organizações Internacionais - resolução de questões (8).pdf
 
Militares Brasileiros em festa da Embaixada da República Islâmica do Irã - Br...
Militares Brasileiros em festa da Embaixada da República Islâmica do Irã - Br...Militares Brasileiros em festa da Embaixada da República Islâmica do Irã - Br...
Militares Brasileiros em festa da Embaixada da República Islâmica do Irã - Br...
 
Pablo Ortellado - Jornal O Globo, Rede Globo e GloboNews
Pablo Ortellado - Jornal O Globo, Rede Globo e GloboNewsPablo Ortellado - Jornal O Globo, Rede Globo e GloboNews
Pablo Ortellado - Jornal O Globo, Rede Globo e GloboNews
 
Documento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues
Documento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo RodriguesDocumento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues
Documento - Marcelo Valle Silveira Mello e Emerson Eduardo Rodrigues
 

2ª Edição do Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa

  • 1.
  • 2. A evolução do paradigma no cenário internacional pós-guerra fria veio salientar um maior foco, por parte da maioria dos países, na criação de uma agenda internacional comum, nomeadamente com o auxílio do trabalho realizado de forma conjunta em fóruns interna- cionais como a União Europeia (UE) e a Organização das Nações Unidas (ONU). Em 2000, os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) protagonizaram um ponto de viragem para este cenário comum, com oito premissas que viriam a moldar políticas em todo o mundo, em matérias relacionadas com o âmbito da cooperação internacional, como é o caso da erradicação da pobreza e desenvolvimento socioeconómico. Tratando-se este de um ponto de partida para as Organizações, e respetivos Estados-membros, criarem pontos comuns de prossecução global, por exemplo na temática da erradicação da pobreza, os números apresentados demonstraram diminuições “de 1,9 mil milhões, em 1990, para 836 milhões” (ONU, Relatório sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, 2015). Sendo que a maioria desta diminuição se verificou no período pós-2000. No entanto, o Sistema Internacional é moldado pelas mudanças que dele advêm, e para acompanhar esta mudança de paradigma, os ODM necessitaram de sofrer uma evolução. Em 2015, a ONU criou os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), contando com a aprovação de 193 países. Até 2030, ou seja, no prazo de 15 anos, os Estados-membros ader- entes deverão prosseguir 17 objetivos: 1. Erradicar a pobreza 2. Erradicar a fome 3. Saúde de qualidade 4. Educação de qualidade 5. Igualdade de género 6. Água potável e saneamento 7. Energias renováveis e acessíveis 8. Trabalho digno e crescimento económico 9. Indústria, inovação e infraestruturas 10. Reduzir as desigualdades 11. Cidades e comunidades sustentáveis 12. Produção e consumo sustentáveis 13. Ação climática 14. Proteger a vida marinha 15. Proteger a vida terrestre 16. Paz, justiça e instituições eficazes 17. Parcerias para a implementação dos objetivos Introdução ODS - O nosso Mundo em 2030 JSD Distrital de Lisboa - 1 -
  • 3. Embora os ODS sejam de iniciativa de um fórum global que transcende a União Europeia e os seus Estados-membros, é também dever da União Europeia incentivar a prossecução destes 17 objetivos nas suas políticas, tanto a nível internacional como nacional, de forma a que em 2030 o relatório que seja apresentado demonstre que a agenda em comum obteve resultados amplamente positivos. Estrutura e linhas orientadoras da participação Público-alvo: jovens do Distrito de Lisboa Objetivos Gerais: Dotar os vencedores de material e informação recolhidas nas instituições europeias que lhes permitam cooperar com o Gabinete de Cidadania da JSD Distrital de Lisboa na elab- oração de uma proposta de campanha para divulgação do que é a Europa, quais os seus objetivos gerais e como influencia a vida de todos os cidadãos. Objetivos Específicos: Promover a reflexão crítica e objectiva sobre os problemas que o mundo enfrenta e qual o contributo que a UE dá para a resolução dos mesmos. Para tal, propomos a análise dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas a serem cumpridos entre 2015-2030 (https://www.unric.org/pt/17-objetivos-de-desenvolvimento-sus- tentavel). O desafio para os participantes: Os participantes terão que escolher 1 dos 17 objetivos e trabalhar um documento ou vídeo que inclua uma análise do cumprimento/contributo da União Europeia para esse mesmo objetivo bem como, a apresentação de propostas para cumprir as metas até 2030. ODS - O nosso Mundo em 2030 JSD Distrital de Lisboa - 2 -
  • 4. Avaliação Júri: O documento ou o vídeo será avaliado por júri composto por (i) eurodeputado Carlos Zorrinho (S&D), (ii) eurodeputado Carlos Coelho (PPE) e (iii) Presidente da JSD Distrital de Lisboa, Alexandre Poço. Este júri determinará a escolha do participante que irá visitar as instituições europeias; trabalhar as ideias e sugestões em parceria com a JSD Distrital de Lisboa, para posterior apresentação aos eurodeputados eleitos pelo Partido Social Democrata. Critérios de avaliação: 1. Enquadramento do ODS escolhido no contexto da União Europeia (situação atual): entre 1 a 5 pontos 2. Apresentação e aplicabilidade das ideias para o cumprimento do ODS até 2030: entre 1 a 5 pontos 3. Capacidade argumentativa do documento/vídeo: entre 1 a 5 pontos A avaliação será realizada pelos membros do júri, sendo cada um responsável por um critério, sugerindo-se: Eurodeputado Carlos Zorrinho (S&D): Enquadramento do ODS escolhido (critério 1). Eurodeputado Carlos Coelho (PPE): Apresentação e aplicabilidade das ideias (critério 2). Presidente da JSD Distrital de Lisboa Alexandre Poço: Capacidade argumentativa do texto ou do vídeo (critério 3) Formato dos documentos: Font Times New Roman; Font size 12; espaçamento 1.5 linhas; até 5 000 caracteres. Ou Vídeo com um máximo de 3 minutos (formato .mp4). Entrega: Ficheiro PDF a ser enviada até às 23h59 do dia 11 de Novembro de 2018 para o e-mail jsddistritallisboa@gmail.com. ODS - O nosso Mundo em 2030 JSD Distrital de Lisboa - 3 -
  • 5. Prémio O Concurso Robert Schuman da JSD Distrital de Lisboa terá como prémio a visita ao Parlamento Europeu, em Bruxelas, de dia 2 de Dezembro a 4 de Dezembro, com o patrocí- nio do Deputado Carlos Coelho. A participação no concurso implica a total disponibilidade para a visita a Bruxelas nas datas referidas por parte de todos os participantes, não devendo participar quem não puder garan- tir a presença na visita, em caso de ser premiado. Os prémios serão distribuídos pela seguinte forma em termos de classificação: 1º Prémio (Vencedor): atribuído ao 1º melhor trabalho 2º Prémio: atribuído ao 2º melhor trabalho 3º Prémio: atribuído aos 3º e 4º melhores trabalhos Os 4 participantes que obtenham estas classificações serão premiados com a visita ao Parla- mento Europeu. Adicionalmente, serão também desafiados a colaborar com a JSD Distrital de Lisboa nas iniciativas de reflexão sobre o futuro da União Europeia e na elaboração de propostas sobre cidadania europeia, em particular junto dos mais jovens. Calendário do Concurso 17 de outubro de 2018 – Abertura do concurso “ODS - O nosso mundo em 2030” 11 de novembro de outubro de 2018 – Término do concurso 20 de novembro de 2018 – Divulgação dos trabalhos vencedores 2 a 4 de dezembro de 2018 – Visita dos vencedores ao Parlamento Europeu (Bruxelas) ODS - O nosso Mundo em 2030 JSD Distrital de Lisboa - 4 -
  • 6. Dúvidas e esclarecimentos As dúvidas que possam existir, quer de potenciais participantes quer de participantes efeti- vos, do Concurso deverão ser remetidas por escrito para o e-mail da JSD Distrital de Lisboa: jsddistritallisboa@gmail.com. JSD Distrital de Lisboa, 17 de Outubro de 2018 ODS - O nosso Mundo em 2030 JSD Distrital de Lisboa - 5 -