SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
NOVENA AO PADROEIRO
SANTO ANDRÉ




      COMO ANDRÉ,
   SOU CHAMADO A SER
DISCÍPULO MISSIONÁRIO DE
    JESUS CRISTO NAS
PEQUENAS COMUNIDADES.

          2009
ORAÇÃO INICIAL PARA TODOS DIAS
Canto Inicial:

Alguém da Casa: Irmãos e irmãs em Cristo Jesus sejam bem-vindos
em minha casa. Eu e minha família acolhemos a todos vocês!

Anim.: Caríssimos irmãos e irmãs, a Igreja é um Povo convocado por
Deus. Ele nos chamou e fomos reunidos pela Santíssima Trindade nesta
Novena para celebrarmos a Festa em louvor a Santo André, Nosso
Padroeiro. Um tempo de graças se abre para nós por intercessão de
nosso padroeiro. Celebramos o 38º aniversário desta comunidade do
qual escolhemos para alimentar, partilhar e viver a nossa fé. Neste ano o
tema escolhido para nos levar a uma profunda reflexão é:

Todos: “Como André, Sou Chamado a Ser Discípulo Missionário de
Jesus Cristo nas Pequenas Comunidades”.

Anim.: Estamos aqui reunidos como irmãos e irmãs que querem ser
discípulos missionários de Jesus Cristo, seguindo o exemplo de Santo
André. Em comunhão com a Santíssima Trindade, façamos o sinal da
cruz, o sinal de todos seguidores de Jesus. (cantado se puder)

Todos: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Anim.: Aqui estamos para louvar Nosso Senhor pelas maravilhas
realizadas através de Santo André. Queremos preparar-nos bem para sua
festa que acontece no próximo dia 30. Vamos refletir sobre o chamado
que Deus hoje faz a cada pessoa, assim como fez a André.

Todos: Ó Deus de bondade, nós vos pedimos, abençoai a nossa
comunidade. Ajudai-nos a meditar a vossa Palavra. Ensinai-nos o
caminho do amor e da fraternidade.

                       (segue a reflexão do dia)

  2
ORAÇÃO DAS PEQUENAS COMUNIDADES

    Senhor Jesus, tu nos garantiste: “Onde dois ou três estiverem
reunidos em meu nome, eu estou ali, no meio deles” (Mt.18,20).
    Por isso, acreditamos em tua presença, quando nos reunimos
semanalmente nas casas.
    Como André, somos chamados a sermos discípulos(as)
missionários(as) de Jesus Cristo nas pequenas comunidades.
    Em nossos encontros, Senhor Jesus, somos iluminados por tua
Palavra, fortalecidos pela oração comunitária e enriquecidos por tua
graça.
    Somos, também, confortados pela presença de irmãos e irmãs
que, como nós, querem ser discípulos e missionários teus.
    Porque queremos ser teus discípulos, ensina-nos a fazer a
vontade do Pai; a estar atentos às necessidades dos que sofrem e
a ser “alegres na esperança, fortes na tribulação e perseverantes na
oração” (Rm 12,24).
    Dá-nos um coração generoso e entusiasta, um coração como o
Teu: incansável no anúncio de que Deus é amor.
    Nosso encontro bíblico semanal nos prepara para o domingo,
Dia do Senhor, quando somos convidados a nos reunir ao redor de
teu Altar.
    Ali te ofereces ao Pai por nós e nos alimentas com tua Palavra e
com o Pão da Vida; ali aprendemos que amar é assumir a cruz de
cada dia.
    Tua Mãe Maria Imaculada Conceição e Santo André Apóstolo
nosso padroeiro, intercedam por nossas famílias, nossos grupos e
animadoras(es), para que saibam imitar a Família de Nazaré.
    Assim estaremos nos preparando para viver um dia com Santo
André e todos os santos e anjos celestes em comunhão com a
Santíssima Trindade, numa alegria que não terá fim.
    Amém!

                                                                31
1º DIA
   SOU CHAMADO A IR AO ENCONTRO DE JESUS

Ambiente: Imagem de Santo André, Bíblia, Vela
Acesa, Flores

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Animadora(a): Como é de conhecimento a
paróquia e comunidade foram setorizadas com
objetivo de formar pequenas comunidades de fé.
Impulsionados pela força do Espírito Santo, o mesmo que ungiu Jesus e o
capacitou para o anúncio da Boa Nova, hoje anima a Igreja diariamente a ir
ao encontro de todas as pessoas, acolhendo e anunciando a todos “um
tempo de graça e salvação”. No primeiro dia da novena, gostaríamos de
nos conhecer melhor. A gente sempre fala em “comunidade”, sabemos os
nomes uns dos outros, mas muitas vezes paramos por ai. Para sermos
verdadeiros irmãos e irmãs, precisamos nos conhecer melhor. Por isso, cada
um poderia dizer uma breve palavrinha sobre o seu passado: onde nasceu,
quantos são na família, como era o bairro quando aqui chegou.
             (de maneira rápida cada um fala um pouco de si)

Leitor 1: Deus chama primeiro para que fiquemos com Ele, para que nos
tornemos seus amigos, para fazer-nos sentir que somos amados e para dizer
a Ele que o amamos, até podermos dizer com Pedro:
Todos: “Senhor, Tu sabes que eu Te amo”.
Leitor 2: Discípulo é todo aquele que é chamado ao seguimento; aquele que
é convidado a caminhar com Jesus, a escutar a Sua voz, a aprender todas as
coisas com o Mestre, ser formado integralmente (coração e mentalidade)
pelo Senhor.
Leitor 3: Missionário é todo aquele que é testemunha do que vive, vê e
ouve, é o representante do Mestre em todos os lugares para onde vá, é o
enviado do Senhor, o mensageiro da Boa-Nova em meio a um mundo
repleto de más notícias, é o anunciador incansável do Caminho, da Verdade
e da Vida – Jesus Cristo.
                                                                      3
Todos: Precisamos ser discípulos missionários de Jesus Cristo, para que
possamos levar a palavra de Deus na missão e na vida da Igreja.
Leitor 4: Discipulado e missão são como as duas faces da mesma moeda:
quando o discípulo está apaixonado por Cristo, não pode deixar de anunciar
ao mundo que só Ele nos salva’.
Leitor 5: Conhecer Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode
receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê-
lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria.

2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO
Anim.:. Reconhecendo que somos fracos, pedimos perdão cantando:

3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.:. Toda vocação nasce de um encontro pessoal com Jesus Cristo. No
trecho do Evangelho de João que iremos ouvir, perceberemos como se deu
o encontro de André com Jesus. Acolhemos a Palavra de Deus, cantando:..
Todos: Pela Palavra de Deus, saberemos por onde andar. Ela é luz e
verdade, precisamos acreditar.
Cristo me Chama, Ele é Pastor. Sabe meu nome: fala, Senhor
.
Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo São João, Cap. 1; vers.
25 a 42)

4. A FAMILIA MEDITA
Anim.: Podemos sentar para conversarmos alguns instante sobre este
Evangelho que ouvimos...
1) Qual foi a missão de João Batista? Por que as pessoas seguiam Jesus?
2) As palavras de Jesus me motivam no seguimento, por meio das pequenas
comunidades ?
Canto de meditação: (se preferir)

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: Diante do que ouvimos e falamos o que poderíamos assumir como
gesto concreto neste período de Novena?
  4
6. A FAMILIA REZA
Anim.: Iluminados pela Palavra de Deus, rezemos a oração:
Leitor 2: Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho para nos
libertar das forças da morte e conduzi-nos no caminho da esperança.
Movei-nos pelo dom do vosso Espírito.
Leitor 3: Fazei-nos discípulos, comprometidos com o anúncio do
Evangelho, em nossa comunidade, em comunhão com a caminhada
paroquial e diocesana.
Leitor 4: Fazei-nos missionários, caminhando ao encontro de nossos
irmãos e irmãs, acolhendo a todos, sobretudo os jovens, os afastados, os
pobre, os excluídos.
Leitor 5: Santo André Apóstolo, intercedei junto ao vosso Mestre, para que
sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários.
Todos: Santo André, padroeiro de nossa Comunidade, ajudai-nos a
imitar-vos para amar mais a Jesus Cristo e fazê-lo amado e conhecido
entre todos. Amém!
Pai Nosso e Ave Maria

7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim.: Pedimos que o Senhor nos abençoe, por intercessão de Santo
André, conforme está no livro dos Números:
Todos: Que o Senhor nos abençoe e nos guarde. Que o Senhor nos
mostre a sua face e conceda-nos a sua graça. Que o Senhor volte o seu
rosto para nós e nos dê a sua paz. Em nome do Pai e do filho e do
Espírito Santo. Amém!
Canto Final: a escolha

8. AVISOS:
- Combinar onde será o próximo encontro;
- Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro;
- Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30.




                                                                         5
2º DIA
        SOU CHAMADO A TESTEMUNHAR JESUS
Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela,
Flores, imagem de Santo André, Jarra com
Água

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Todos se lembram do nosso primeiro encontro, André, um dos
primeiros discípulos, fica um dia inteiro com Jesus (v.39). Certamente,
deixou-se modelar e formar por Jesus nesse dia e esse encontro foi tão forte
que já no dia seguinte, não conseguia conter a alegria de ter ficado com Jesus
= conduz seu irmão Pedro ao Senhor. Também Filipe, chamado no outro dia,
imediatamente se torna missionário conduzindo Natanael a Jesus.
Leitor 1: Essa deve ser a dinâmica de nossas pequenas comunidades
- ajudar a encontrar Jesus, ficar com Ele para que, formados por
Jesus, possamos ir ao encontro de todos.
Leitor 2: Todo cristão batizado é chamado a partilhar sua fé e seus
talentos com os irmãos da comunidade.
Todos: Quem participa da comunidade sente sua fé fortalecida e
amadurecida.

2. A FAMILIA PEDE PERDÃO – BÊNÇÃO DA ÁGUA
Anim.: Meus irmãos, invoquemos o Senhor nosso Deus eterno e Todo
Poderoso, fonte e origem de toda vida. Abençoai (+) esta água que vamos
usar confiantes, para implorar o perdão dos nossos pecados e alcançar a
proteção da vossa graça contra toda doença e cilada do inimigo. Concedei, ó
Deus, que, por vossa misericórdia, jorrem sempre para nós as águas da
salvação, para que possamos nos aproximar de vós com o coração puro e
evitar todo perigo do corpo e da alma. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso
Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!
              (enquanto asperge com água as pessoas, canta-se)


  6
Todos: Eu te peço desta água que tu tens * É água viva meu Senhor *
Tenho sede e tenho fome de amor * E acredito nesta fonte de onde vens.
* Vens de Deus, estás em Deus, também és Deus * E Deus contigo faz
um só * Eu, porém que vim da terra e volto ao pó * Quero viver
eternamente ao lado teu.
És água viva, és vida nova * E todo dia me batizas outra vez. * Me fazes
renascer, me fazes reviver, * Eu quero água desta fonte de onde vens.

Leitor 1: Testemunhar é contar o que temos visto, ouvido e vivido - além de
convidar outros a descobrirem por si mesmos as maravilhas do evangelho.

3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: Hoje Jesus tem um encontro com uma mulher, a samaritana. A
experiência da mulher samaritana serve de exemplo vivo para demonstrar
que não precisamos ser teólogos ou cristãos há muito tempo para
testemunhar o amor de Jesus às outras pessoas. Com alegria aclamemos a
Palavra de Deus, cantando: Pela Palavra de Deus saberemos por onde
andar. Ela é luz e verdade, precisamos acreditar. Cristo me chama, Ele é
pastor; sabe meu nome: Fala, Senhor. (ou um outro)

Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo João 4, 4-15.27-30

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Vamos recordar o diálogo de Jesus com a Samaritana. Qual a
atitude dela quando entende o sentido de beber “água viva”?
2) Eu anuncio Jesus para o outro partindo da minha experiência do
Evangelho e de cada Eucaristia que participo?

Canto de Meditação: a critério

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: Samaritana teve sua vida transformada depois do encontro com
Jesus. O que este encontro nos desafia concretamente para provocar uma
mudança de atitude em nossa vida?


                                                                       7
6. A FAMILIA REZA
Anim.: Alimentados pela Palavra que ouvirmos e refletimos, vamos dirigir a
Deus nossas orações, pedindo que nos conceda sempre a Água Viva. A cada
prece vamos dizer:
Todos: Senhor, por intercessão de Santo André; dai-nos sempre dessa
água.
Leitor 2: Mostrai-nos Senhor cada vez mais a fonte inesgotável de seu amor.
Rezemos.
Leitor 3: Fazei-nos Senhor, assim como a Samaritana que te conheceu e saiu
a proclamar o seu nome. Assim também nós não cansemos de te anunciar.
Rezemos.
Leitor 4: Aumentai em nossas pequenas comunidades, o ardor missionário,
rezemos.
                        (Segue preces espontâneas

7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim.: Por intercessão de Santo André, nós Vos louvamos, Senhor, por
todos os que põem em Vós sua confiança: os simples e pequeninos, sem voz
e sem vez, mas que sabem erguer suas mãos para louvar e estendê-la para
partilhar sua experiência de vida. Abençoai, com Vossa presença, esta
família e nutri em seus membros a viva esperança de que sois o Deus que
conosco caminha. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. AMÉM.
Anim.: Ide em Paz que o Senhor e Santo André vos acompanhe sempre!
Todos: Graças a Deus!

Canto final: a critério.

7. AVISOS:
- Onde será o próximo encontro e o tema. Se quiser poderá combinar de levar
algo para partilhar (alimentos, etc) para uma pessoa necessitada ou mesmo
para partilhar entre os membros (salgados, bolos e refrigerantes).
- Missa em louvor ao Padroeiro Santo André. 30/11 (Segunda-feira) e a
procissão até a Igreja das famílias que compõem o setor.

  8
3º DIA
               SOU CHAMADO A PARTILHAR

Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores,
imagem de Santo André, Pão ou Bolo

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Um aspecto importante da missão é seu
sustento financeiro. Nossa Novena, que quer despertar-nos para um estado
permanente de missão, insistindo na alegria de sermos discípulos
missionários – não pode deixar de tocar este ponto, falando da importância
da partilha dos bens para que a Igreja cumpra sua missão evangelizadora com
tranqüilidade. Antes as comunidades dependiam de ajuda desta ou daquela
pessoa de posse, ou mesmo de uma promoção para custear as suas despesas.
Devagar, porém, a Igreja foi se conscientizando sobre a necessidade de
participarmos de todos necessidades da Comunidade. Quem deve manter a
Igreja e financiar sua atividade evangelizadora? A comunhão dos irmãos
deve prover o necessário e é aqui que entra o Dízimo.

2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO
Anim.: Jesus providencia pão para revelar que ele é o alimento de Deus que
nos faz viver. Jesus é o cordeiro que tira os pecados do mundo.
Leitor 1: Pelas vezes que não testemunhamos com a nossa vida a fé que
temos em Jesus;
Todos: Senhor tende piedade de nós.
Leitor 2: Pelas vezes que não amamos os nossos irmãos, somos gananciosos
e não partilhamos;
Todos: Senhor tende piedade de nós.
Leitor 3: Pelas vezes que não cultivamos a unidade e não compartilhamos os
nossos bens e dons com a comunidade;
Todos: Senhor tende piedade de nós.



                                                                       9
3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: A multidão está sedenta por Jesus, por isso a procuram. Jesus se
preocupa com aquele povo. Divide com os discípulos a responsabilidade de
cuidar daquela multidão. Vamos ouvir como foi este episódio, preparemos
para acolher o Evangelho em nossa vida, cantando: (a escolher)
Todos: Buscai primeiro o reino de Deus e a Sua justiça * E tudo mais vos
será acrescentado, aleluia, aleluia!
Não só de pão o homem viverá, mas de toda palavra, * Que procede da
boca de Deus, aleluia, aleluia!

Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo João 6, 1-13

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Como Jesus agiu para que o milagre acontecesse? Com quem Ele
contou? Diante das dificuldades me pareço com Filipe ou com André?
2) A minha fé me leva a partilha? O que faço com o que sobrou?

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: O que esta palavra me ensina a viver concretamente? (Combine
algum gesto concreto)

6. A FAMILIA REZA
Anim.: Dirigimos a Deus as nossas suplicas e preces, a cada invocação
responderemos.
Todos: Senhor, por intercessão de Santo André; dai-nos sempre deste
pão.
Leitor 2: Que em nossas famílias nunca falte o alimento necessário para o
sustento e o alimento de sua palavra. Nós te pedimos...
Leitor 3: Dai Senhor a todas as famílias, trabalho digno para que dele possa
tirar o seu sustento. Nós te pedimos...
Leitor 4: Que eu seja um cristão comprometido com as ações sociais....
                        (segue com preces espontâneas)



  10
7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim: Ó Deus Pai todo poderoso, como missionários e discípulos teus,
queremos levar a boa nova de Jesus aos nossos irmãos e irmãs, de modo que
também os outros tenham uma experiência vivificadora e profunda da fé. Por
intercessão de Santo André, isso te pedimos por Cristo, Senhor nosso.
Todos: Amém!
Todos: O Senhor Deus esteja ao nosso lado para nos proteger, diante de
nós para nos conduzir, atrás de nós para nos amparar, acima de nós
para nos abençoar. O Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém!

8. AVISOS:
- Combinar onde será o próximo encontro
- Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro.
- Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30

CANTOS
1. Sabes, Senhor, o que temos é tão pouco pra dar. * Mas este pouco nós
queremos com os irmãos compartilhar.
Queremos nesta hora, diante dos irmãos, comprometer a vida, buscando a
união. * Sabemos que é difícil, os bens compartilhar, * mas com a Tua graça,
Senhor podemos dar.
2. Conheço um coração tão manso, humilde e sereno. Que louva ao Pai por
revelar Seu Nome aos pequenos. Que tem o Dom de amar, que sabe perdoar, e
deu a vida para nos salvar!
Jesus, manda Teu Espírito, para transformar meu coração (2x)
Ás vezes no meu peito bate um coração de pedra. * Magoado, frio, sem vida,
aqui dentro ele me aperta. * Não quer saber de amar, nem sabe perdoar, quer
tudo e não sabe partilhar.
3. Ele me ungiu com óleo santo. Ele me mandou profetizar. * Pôs na minha
boca um novo canto. E, e e .E é por isso que eu vivo a cantar * Deus existe e
Ele tem um Filho. É o Senhor Jesus de Nazaré. * Minha vida tem um novo
brilho desde que em Jesus depositei a minha fé. * Nunca houve nunca neste
mundo quem amasse como ele amou. * Seu amor é um amor profundo e é por
isso que Jesus me libertou.

                                                                            11
4º DIA
                   SOU CHAMADO A SERVIR

Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André,
avental ou bandeja (símbolo do serviço)

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Servir a Jesus e a Igreja é servir
todas as pessoas. Como é fácil querer servir
somente aqueles(as) que são parecidos
conosco, aqueles que assim como nós,
levantam suas mãos. Mas, como estamos abertos a servir a todos? E a nossa
comunidade, até que ponto está disposta a servir a todos?
Leitor 1: Precisamos estar dispostos a servir aos mais pobres, assim seremos
como aquelas mulheres, gastar nossos bens para encontrar o Deus que nos
encontrou e nos amou. Temos pouco tempo para isso, sabendo que a
experiência de servir sempre me encanta, pois no pobre sempre encontro o
Senhor.
Leitor 2: É indispensável, porém, que cada batizado, cada missionário tenha
um encontro profundo com Jesus, que chamamos de conversão. Esta
experiência de fé gera o ardor missionário e a abertura para a missão
universal.

2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO
Anim.: Jesus permitia que as multidões o seguisse, participando da vida e da
missão Dele.
Leitor 1: Senhor, perdão pelas vezes que as mulheres são discriminadas
tanto na vida social como na religiosa.
 Todos: Perdoai-nos, Senhor.
Leitor 2: Senhor, perdão pelas vezes que as mulheres são maltratadas
principalmente as idosas.
Todos: Perdoai-nos, Senhor.


  12
Leitor 3: Senhor, perdão pelas vezes que somos alienados e não buscamos
encontros libertadores e geradores de vida digna, especialmente para mães
mais pobres e adolescentes.
Todos: Perdoai-nos, Senhor.

3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: Muitas mulheres tiveram também suas vidas transformadas depois
que conheceram Jesus e descobriram que também são importantes no plano
da salvação de Deus. No evangelho que ouviremos fala de algumas, vamos
acolher Jesus que vem também ao nosso encontro através do Santo
Evangelho, cantando:
Todos: Todos: Eu vim para escutar Tua palavra, * Tua palavra, Tua
palavra de amor. * Eu gosto de escutar Tua palavra, * Tua palavra, Tua
palavra de amor.

Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Lucas 8,1-3

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Por que dentro de uma sociedade tão machista e excludente um
grupo expressivo de mulheres acompanhava Jesus?
2) Quais as mulheres que já trabalharam e outras que ainda hoje trabalham na
comunidade Santo André?

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: As mulheres da leitura fizeram a sua parte, e nós o que podemos
fazer concretamente para assemelhar a elas?

6. A FAMILIA REZA
Anim.: Dirigimos nossas preces a Deus que acolhe a todos os irmãos e
irmãs. A cada prece responderemos
Todos: Por intercessão de Santo André, atendei-nos, Senhor!
Leitor 2: Te pedimos Senhor por todos pessoas desanimadas, fortalecei os
fracos, encorajai os missionários anônimos, particularmente a todas as
mulheres que encontram tempo para servir os irmãos , rezemos


                                                                       13
Leitor 3: Nos oriente Senhor, como batizados e batizadas, o caminho a
seguir, rezemos
Leitor 4: Rezemos por todas as entidades, movimentos, pastorais,
organizações que ajudam os menos favorecidos da sociedade, rezemos.
Leitor 5: Abençoai Senhor cada mulher: mãe, esposa, trabalhadora,
educadora, evangelizadora e missionária, sempre disposta a te seguir.
Rezemos.
                       (Outras preces espontâneas)

7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim: Pedimos que o Senhor nos abençoe, conforme está no livro dos
Números:
Todos: Que o Senhor nos abençoe e nos guarde. Que o Senhor nos
mostre a sua face e conceda-nos a sua graça. Que o Senhor volte o seu
rosto para nós e nos dê a sua paz. Em nome do Pai e do Filho e do
Espírito Santo. Amém.

8. AVISOS:
- Combinar onde será o próximo encontro
- Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro.
- Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30

CANTOS
4. Santa Mãe, Maria, nesta travessia, cubra-nos seu manto cor de anil. Guarda
nossa vida, mãe Aparecida, Santa padroeira do Brasil
Ave Maria, Ave Maria ( 2x )
Mulher peregrina, força feminina, a mais importante que existiu. Com justiça
queres que nossas mulheres sejam construtoras do Brasil.

5. Primeira cristã, Maria da luz * Sabias, ó Mãe, amar teu Jesus * Primeira
cristã, Maria do amor * Soubeste seguir teu Filho e Senhor. Nossa Senhora das
milhões de luzes * Que meu povo acende pra te louvar * Iluminada,
iluminadora. * Inspiradora de quem quer amar * E andar com Jesus
Primeira cristã, Maria do lar * Ensinas, ó Mãe, teu jeito de amar * Primeira
cristã, Maria da paz * Ensinas, ó Mãe, como é que Deus faz.

  14
5º DIA
     SOU CHAMADO A OUVIR E FALAR DE JESUS
Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores,
imagem de Santo André. Cartaz com nomes de
pessoas enfermas.

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Nesta Novena em louvor ao nosso
Padroeiro Santo André, estamos refletindo sobre
como podemos inserir-nos na Grande Missão. A Igreja no Brasil inteiro quer
despertar para que sejamos todos discípulos missionários de Jesus, vivendo
com alegria essa condição (pois Nele se alegra o nosso coração – cf. Sl
33(32), 21).
Leitor 1: Muita gente vai despertando para a necessidade de viver numa
Igreja mais aberta, acolhedora e que vai ao encontro de todos. Mas é
necessário que cada um que chega e vai encontrando lugar na pequena
comunidade, viva um itinerário de formação cristã que, começando pela
vida familiar, passe pela Catequese de Iniciação e vai sendo aperfeiçoada nas
muitas possibilidades que a Comunidade oferece.
Leitor 2: O essencial, quando falamos em formação, é despertar para a
necessidade de “permanecer com Jesus” através da formação permanente em
nossas Comunidades, para que perseveremos no espírito de missão
permanente.

2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO
Anim.: Senhor, perdão pelas vezes que não ouvi o seu chamado.
Todos: Perdoai-me, Senhor.
Leitor 3: Senhor, perdão pelas vezes que ouvi o seu projeto e não anunciei
nem testemunhei o que pedia.
Todos: Perdoai-me, Senhor.



                                                                         15
3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: Jesus cura um surdo-mudo. Vamos abrir bem os ouvidos para que
possamos falar das maravilhas que Deus tem realizado em nossa vida,
aclamemos a Palavra de Deus, cantando: (a escolher)
Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Marcos 7, 31-37

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Qual o sentido da cura realizada por Jesus, abrindo os ouvidos e
soltando a língua do homem?
2) O meu ouvido e minha boca são instrumentos para ouvir e anunciar Jesus
Cristo no meu setor e na sociedade?

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: O que este Evangelho nos motiva concretamente a fazer em nossa
comunidade ou família?

6. A FAMILIA REZA
Anim.: Dirigimos nossas orações a Deus, por intermédio de Santo André,
pedindo de modo particular a todos os doentes (cada pessoa fala um nome de
um enfermo(a).. A cada invocação responderemos:
Todos: Por intercessão de Santo André, dai-nos coragem Senhor!
Leitor 2: Pelos doentes de nossa comunidade, daqueles que falamos no
início deste encontro, que restaure a saúde e encontre força e coragem para
caminhar. Nós vos pedimos:
Leitor 3: Ao sermos fortalecidos pela saúde Senhor, que possamos
testemunhar Cristo verdadeiramente em nosso meio. Nós vos pedimos...
Leitor 4: A todas as pessoas que abraçam sua missão evangelizadora sem
medo de anunciar o santo Evangelho. Nós vos pedimos.

7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim.: Deus Pai vos dê sua bênção!
Todos: Amém.
Anim.: Deus Filho conceda a saúde aos enfermos!
Todos: Amém.
  16
Anim.: Deus Espírito Santo ilumine a todos!
Todos: Amém.
Anim.: Em nome do Pai + do Filho e do Espírito Santo.
Todos: Amém.

8. AVISOS:
- Combinar onde será o próximo encontro
- Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro.
- Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30

CANTOS
6. Tu anseias, eu bem sei, por salvação, * tens desejo de banir a escuridão. *
Abre pois, de par em par teu coração e * deixa a luz do céu entrar.
Deixa a luz do céu entrar. Abre bem as portas *do teu coração. E deixa a
luz do céu entrar.

7. Renova-me, Senhor Jesus, já não quero ser igual. * Renova-me, Senhor
Jesus, põem em mim Teu coração.
Porque tudo que há dentro de mim * Precisa ser mudado, Senhor. *
Porque tudo que há dentro do meu coração. * Precisa mais de Ti. (2x)

8. A Ti meu Deus, elevo meu coração, * Elevo as minhas mãos, meu olhar,
minha voz. * A Ti meu Deus, eu quero oferecer meus passos * E meu viver,
meus caminhos, meus sofrer.
A Tua ternura Senhor, vem me abraçar. * E a Tua bondade infinita me
perdoar. Vou ser o Teu seguidor, e Te dar o meu coração * Eu quero
sentir o calor de Tuas mãos.

9. Senhor que vieste salvar os corações arrependidos.
* Piedade, piedade, piedade de nós (bis)
Ó Cristo, que vieste chamar os pecadores humilhados.
Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus Pai que nos perdoa.




                                                                            17
6º DIA
       SOU CHAMADO A LEVAR JESUS ÀS FAMILIAS
Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores,
imagem de Santo André, Cruz; Cartaz com os
nomes dos grupos (pastorais, movimentos,
equipes de serviços, organizações) que tem a
missão de levar a Boa Nova.

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Dizia Dom Luciano Mendes de Almeida
que “Onde há povo há missão. Onde há missão há razões de ser feliz”.
Dessa frase aprendemos que todas as oportunidades diárias de encontro com
pessoas nos dão chances de estar “em estado permanente de missão” e que
podemos ser felizes no encontro... No encontro com Jesus, mas também no
encontro com as pessoas.
Leitor 1: “Queremos ver Jesus!” Esse pedido é uma linda proposta de Vida
para todos nós. Mas onde encontrá-lo? Envolvidos em nossas atividades,
como os gregos de então, fica difícil ver o Deus amigo, companheiro de
caminhada. Muito mais difícil é ver um Deus crucificado, como o pior
criminoso dos homens e segui-lo, como servidores fiéis. – Mas a quem
devemos nos aproximar, para que nos aponte o caminho para vê-lo e então
segui-lo?

2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO
Anim.: Alguns gregos procuraram Filipe que tinha um jeito acolhedor e
pediram: queremos ver Jesus. Filipe recorre a André para encontrar uma
solução.
Leitor 2.: Quantas vezes nós deixamos de acolher o outro na nossa família
na nossa comunidade e não o levamos até Jesus. Nessa omissão nos
fechamos à luz do espírito santo não renovamos nossa fé. Pedimos perdão
cantando

  18
3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: Filipe e André intercede junto à Jesus, marcando um encontro entre
os gregos e Jesus. Vamos com alegria acolher o Mestre que vem ao nosso
encontro para falar, cantando: (a escolher)
Todos: E como chuva que lava, e como fogo que arrasa, tua palavra e
assim, não passa por mim sem deixar um sinal.
Tenho medo de não responder, de fingir que eu não escutei. Tenho medo de
ouvir teu chamado, virar para o outro lado e fingir que não sei.

Leitor 3: Proclamação do Evangelho segundo João 12,20-26

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Ver e conhecer Jesus seria apenas uma experiência ou praticar as
suas obras?
2) Sou capaz de consumir a minha vida a serviço de uma transformação nas
pessoas?

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: O que esta Palavra nos interpela a viver concretamente?

6. A FAMILIA REZA
Anim.: Vamos recordar nomes de pessoas falecidas de nossa comunidade
que contribuíram na evangelização (cada um fala um nome em voz alta).
Anim.: Elevemos a Deus, por intercessão de Santo André, as nossas preces e
suplicas, rezando de modo particular aos que se encontram na Gloria de
Deus. Ao final de cada prece responderemos:
Todos: Dai-nos nova vida Senhor!
Leitor 4: Que eu seja luz na vida de meus irmãos. Rezemos
Leitor 5: Que minha missão faça com que outros sigam a Jesus Cristo.
Rezemos.
                         (Segue preces espontâneas)
Anim.: Vamos todos juntos rezar a oração:
Todos: Faze, Senhor, que teus discípulos reconheçam o teu rosto no
rosto dos pobres. Dá olhos para ver os caminhos da justiça e da
solidariedade; dá ouvidos para escutar os pedidos de salvação e saúde;
                                                                      19
enriquece seus corações de fidelidade generosa para que se façam
companheiros de caminhada e testemunhas verdadeiros e sinceros da
glória, que resplandece no crucificado, ressuscitado e vitorioso. Por
intercessão de Santo André, rogai por nós. Amém!

7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim.: O Senhor Deus esteja ao nosso lado para nos proteger, diante de nós
para nos conduzir, atrás de nós para nos amparar, acima de nós para nos
abençoar. Pai, Filho e Espírito Santo.
Todos: Amém.

8. AVISOS:
- Combinar onde será o próximo encontro
- Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro.
- Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30


CANTOS
10. Eis me aqui Senhor (2x)* Pra fazer Sua vontade , pra viver do Teu
amor (2x). Eis me aqui Senhor.
O Senhor é meu Pastor e me conduz, * por caminhos nunca vistos me
enviou.* Sou chamado a ser fermento, * sal e luz e por isso aqui estou, aqui
estou
11. Sim, eu quero que luz de Deus que um dia em mim brilhou. Jamais
se esconda e não se apague em mim o seu fulgor. Sim, eu quero que o
meu amor ajude o meu irmão, A caminhar guiado por tua mão, em tua
lei, em tua luz, Senhor!
Esta terra, os astros, o sertão em paz. Esta flor e o pássaro feliz que vês, Não
sentirão, não poderão jamais viver, esta vida singular que Deus nos dá.

12. Meu coração é para Ti, Senhor. (4x) * Porque Tu me deste a vida, *
porque Tu me deste o existir, * Porque Tu me deste o carinho, me deste
amor! Pão e vinho são pra Ti, Senhor. (4x)


  20
7º DIA
          SOU CHAMADO RECONHECER JESUS
Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores,
imagem de Santo André, Jarra com Água

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Ser missionário é, acima de tudo, ser
portador de uma mensagem de esperança e de
alegria, que, antes de ser anunciada, foi experimentada e vivida pessoalmente
pelo portador. Foi assim com os missionários de Emaús, com tantos outros
ao longo da história do cristianismo e continuará a ser com os “novos”
missionários de Emaús.
Evangelizar, ser missionário, é irradiar “o que ouvimos, o que vimos com
nossos olhos, o que contemplamos e o que nossas mãos apalparam do Verbo
da vida porque a Vida manifestou-se.“ (1 Jo 1,12). Sejam quais forem
nossas fraquezas, misérias, limitações, o que contagia todas as culturas, o que
convence todos os povos e raças, é o testemunho da alegria e da graça de
termos encontrado o Senhor.

2. A FAMILIA PEDE PERDÃO
Anim.: A nossa vida cristã é um caminho um seguimento de Jesus. Mas,
muitas vezes nossos olhos estão impedidos de reconhecê-lo. Pois deixamos
de fazer o papel do ressuscitado junto aos desiludidos da vida e sem
esperança.
Leitor 1: Senhor, perdão por muitas vezes ignorar a História da Salvação.
Todos: Perdoai-me, Senhor.
Leitor 2: Senhor, perdão por cada Eucaristia que consumo e não volto
entusiasmado anunciando que está vivo e presente no meio de nós.
Todos: Perdoai-me, Senhor.
Leitor 3: Senhor, perdão por não ter paciência em participar dos grupos das
pequenas comunidades.
Todos: Perdoai-me, Senhor.

                                                                          21
3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: Em nossa caminhada nos parecemos com os discípulos de Emaús.
Aparecem os desânimos, descrenças, abandonamos tudo. Vamos receber
aquele que caminha conosco, que vem trazer novo ardor missionário, que é
Jesus, cantando: (ou escolha outro)
Todos: Como são belos os pés do mensageiro que anuncia a paz! / Como
são belos os pés do mensageiro que anuncia o Senhor!.
/: Ele vive, Ele reina, Ele é Deus e Senhor. :/

Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Lucas 24,13-35

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Como foi o contato dos discípulos com o Ressuscitado?
2) Os encontros, as celebrações que tivemos, me levam a um retorno,
anunciando Jesus Cristo vivo e ressuscitado no grupo de reflexão e na
comunidade?

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: Concretamente o que podemos fazer para colocar em prática a
Palavra que ouvimos e refletimos. (sugestões)

6. A FAMILIA REZA
Anim.: Após refletirmos a Palavra de Deus, elevemos nos preces a Deus,
pedimos a intercessão de Santo André. A cada prece responderemos:
Todos: Fica conosco, Senhor!
Leitor 2: Que as família encontre na leitura diária das Escrituras a luz
necessária para iluminar a vida e realizar a missão evangelizadora no mundo,
rezemos
Leitor 3: Quando a exemplo de Santo André não somos discípulos
missionários de Jesus Cristo, rezemos
Leitor 4: Quando sou fraco e não percebo que Tu está conosco...
                      (segue com preces espontâneas)


  22
7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim.: Que a bênção de Deus todo poderoso nos guarde e nos livre de todo
mal. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Todos: Amém.

8. AVISOS:
- Combinar onde será o próximo encontro
- Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro.
- Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30

CANTO
13. Um dia escutei teu chamado, divino recado, batendo no coração./ Deixei
deste mundo as promessas e fui bem depressa no rumo da tua mão.
Tu és a razão da jornada!/ Tu és minha estrada, meu guia e meu fim./
No grito que sai do meu povo/ Te escuto de novo chamando por mim.
(Bis)

14. Me chamaste para caminhar na vida contigo, * decidi para sempre segui-
te, não voltar atrás. Me puseste uma brasa no peito e uma flecha na alma, é
difícil agora viver sem lembrar-me de Ti.
Te amarei, Senhor (bis), eu só encontro * a paz e a alegria bem perto de Ti
(2x)

15. Senhor, se tu me chamas,/ eu quero te ouvir./ Se queres que eu te
siga,/ respondo: "Eis-me aqui"!
Profetas te ouviram e seguiram tua voz./ Andaram mundo afora e pregaram
sem temor./ Seus passos tu firmaste, sustentando seu vigor./ Profeta - tu me
chamas. Vê, Senhor, aqui estou.

16. Quando chamaste os doze primeiros pra te seguir/ sei que chamavas
todos os que haviam de vir.
REF. /:Tua voz me fez refletir/deixei tudo para te seguir,/nos teus mares
eu quero navegar:/
Quando pediste aos doze primeiros: Ide e ensinai/ Sei que pedias a todos nós:
Evangelizai.
                                                                            23
8º DIA
       SOU CHAMADO A VALORIZAR O QUE TENHO
Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela,
Flores, imagem de Santo André.

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Hoje neste oitavo dia da Novena em
louvor ao nosso Padroeiro Santo André,
queremos entender que todos nós somos
chamados a engajar-nos neste “tempo de graça que se abre para nós!”
Não pode haver pessoa tocada por Jesus Cristo e feliz em sua Igreja que não
se ofereça para o anúncio de Jesus e da vida em comunidade. Jesus está
atento a todos os clamores dos que sofrem.
Leitor 1: Se a nossa “vida com Jesus e em Jesus” realmente tem sentido para
nós, não podemos deixar de ir ao encontro de todas as pessoas que se
relacionam conosco par anunciar a elas quanto isso nos faz bem. Gostamos
de compartilhar as dores e alegrias da caminhada... mas não seria oportuno e
importante partilhar também a alegria de ser discípulo de Jesus e de fazer
parte de uma Comunidade?
Leitor 2: Todos os batizados são convocados por Jesus a ser seus
missionários e anunciadores em todas os ambientes: na casa e na família, na
escola e no trabalho, no salão de beleza, no supermercado e na fila do
banco...em todos os lugares podemos falar de Jesus, de como foi bom
encontrar-nos com Ele, contando nossa felicidade de pertencer a Ele e de
viver em uma comunidade.

2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO
Anim.: Senhor, perdão pelas vezes que muito te pedi e me concedeste e não
te agradeci.
Todos: Perdoai-me, Senhor.
Anim.: Senhor, perdão por não deixar o meu irmão falar.
Todos: Perdoai-me, Senhor.
  24
Anim.: Senhor, perdão pelas vezes que eu deixei de te testemunhar.
Todos: Perdoai-me, Senhor.

3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: Jesus continua passando em nossa vida. No Evangelho Jesus passa
por um cego. Vamos ouvir como foi este acontecimento. Com alegria
aclamemos a Palavra de Deus, cantando: (ou um outro)
Todos: Como são belos os pés do mensageiro, que anuncia a paz. Como
são belos os pés do mensageiro, que anuncia o Senhor.
 Ele vive, Ele reina, Ele é Deus e Senhor (2x)

Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Marcos 10, 46-52

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Quem é Bartimeo? O que ele pede para Jesus? Qual a atitude dele
após conseguir o seu desejo?
2) Jesus faz quem reprime ir chamar. Na comunidade exerço o papel de
incluir as pessoas ou abafo a sua voz?

Canto de meditação: se preferir

5. A FAMILIA SE COMPROMETE
Anim.: Qual é gesto concreto que cada um pode assumir após a reflexão?

6. A FAMILIA REZA
Anim.: Nutridos pela Palavra do Evangelho, elevemos nossas preces a Deus,
por intercessão de Santo André.
Todos: Senhor que eu possa ver!
Leitor 2: que eu não feche meus olhos diante da realidade que vivemos, te
pedimos..
Leitor 3: Liberte-nos Senhor de nossas capas/manto (pausa) cada um colocar
qual a capa que gostaria que fosse (jogada) libertado(a). Rezemos
                       (Segue com preces espontâneas)

                                                                     25
7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim.: Vamos concluir nosso encontro pedindo a bênção sobre todas as
famílias. Rezemos juntos a oração:
Todos: Senhor Deus, Pai de todos nós, derramai, pelo Vosso Espírito de
amor, todas as bênçãos necessárias para a nossa família aqui reunida,
para que cada um de nós cumpra a sua missão, seguindo o Vosso plano
de amor para o bem de todos. Senhor, que nossa família assim
abençoada seja uma verdadeira imagem da Vossa Trindade, na
unidade, na ação, e na vida em comum. Amém
Anim.: Jesus, Maria , José e Nosso padroeiro Santo André iluminai a vida do
nosso lar! Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (+).
Todos: Amém!
Anim.: Ide em paz que o Senhor nos acompanhe.
Todos: Graças a Deus!

8. AVISOS:
- Combinar onde será o próximo encontro
- Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro.
- Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30

CANTOS
17. Quando Jesus passar (3x) Eu quero estar no meu lugar. (bis)
1. No escritório ou lançando a rede, * Sentado à mesa ou a caminhar. *
Buscando água p´ra minha sede, * Querendo ver meu Senhor passar.
2. No meu trabalho e na minha casa * No meu estudo e no meu lazer. * No
compromisso e no meu descanso * No meu direito e no meu dever.
18. Tu te abeiraste a praia * Não buscastes nem sábios nem ricos * Apenas
queres que eu te siga.
Senhor, tu me olhaste nos olhos * E sorrindo pronunciastes meu nome;
* Sobre a areia já deixei o meu barco * Junto a Ti buscarei outro mar.




  26
9º DIA
         PELA FÉ SOU CHAMADO A SER GRATO!

Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela,
imagem de Santo André e muitas Flores
(louvor e gratidão).

1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2

Anim.: Chegamos ao final da Novena em
louvor ao nosso padroeiro Santo André;
que nos conduzia a abraçar com
determinação a missão na Igreja de Jesus.
Não pode existir uma comunidade autêntica que não seja missionária, que
não vá ao encontro das pessoas onde elas estejam! Muitas vezes, porém, as
estruturas que temos nos prendem dentro da comunidade: uma infinidade de
pastorais, movimentos, reuniões, atividades, festas, etc. Fazemos muito, mas
deixamos de ir lá onde estão os afastados, os desanimados, os excluídos...
Falamos que estamos muitos presos a estruturas e deixamos de colocar-nos
na missão. O Senhor está sempre contando com todos nós, como contou com
André, para sermos seus discípulos missionários, deixando – se preciso for –
de rodear entorno ao templo para ir onde estão os que precisam ser
evangelizados, pelo encontro, a visita, a comunhão.

2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO
Anim.: Muitas vezes ficamos maravilhados com o milagre e a cura que
recebemos. Mas, em nossa vida e familiares não somos testemunhas de fé e
temos atitudes de ingratidão para com Deus e os irmãos. Quantas graças
recebemos neste ano, mas se esquecemos de agradecer. Senhor, pedimos o
teu perdão, cantando:
Todos: Piedade, piedade, piedade de nós (2x)



                                                                        27
3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA
Anim.: Estamos ao final de mais um ano, mais uma novena, quantas graças
recebemos de Deus. No Evangelho que ouviremos, dez pessoas tem suas
vidas transformada depois do encontro com Jesus. Vamos ouvir como
aconteceu, aclamemos o Santo Evangelho, cantando: (ou um outro)
Todos: Tua Palavra é lâmpada para os meus pés, Senhor; Lâmpada
para os meus pés, Senhor. * Luz para o meu caminho. Lâmpada para os
meus pés, Senhor! Luz para o meu caminho.

Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Lucas 17,11-19

4. A FAMÍLIA MEDITA
Anim.: 1) Onde está o verdadeiro sentido da busca de Jesus? Por que
somente um volta para agradecer? Costumo agradecer a Deus pelas graças
recebidas? Faço o mesmo quando alguém faz um bem a mim?
 2) O que eu recebo de Deus me leva a um compromisso com a comunidade
ou quero apenas usufruir dela?

Canto de Meditação: a escolha

5. A FAMÍLIA SE COMPROMETE
Anim.: Que compromisso vamos assumir, após esta novena? Lembramos
que está chegando o Advento, tempo da Novena de Natal. Nada adianta
participarmos da novena, se no dia 30 de novembro, eu não for à missa em
louvor ao padroeiro Santo André.

6. A FAMILIA REZA
Anim.: Vamos expressar nossa gratidão a Deus, apresentando nosso louvor
em forma de preces. Cada um pode mencionar nomes das primeiras pessoas
que doaram parte de seu tempo à serviço da comunidade (leigos, religiosas,
sacerdotes). Ao final de cada agradecimento vamos rezar:
Todos: Por intercessão de Santo André, obrigado Senhor!
Leitor 2: Pelas famílias, comunidades, grupos de pequenas comunidades,
pastorais, movimentos e serviços, bendizemos...

  28
Leitor 3: Pelas pessoas que ajudaram e as que ajudam na construção do
bairro e da comunidade católica Santo André, bendizemos...
                (cada um pode acrescentar outros louvores)

7. A FAMILIA É ABENÇOADA
Anim: Em duplas, uma pessoa abençoa a outra, dizendo
Todos: Deus te abençoe (mão no ombro, Deus te proteja (mão na cabeça),
Deus te dê a paz (abraço), Deus te dê a paz! (no final todas se abraçam e
desejam a Paz de Cristo)
Anim.: Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!
Todos: Para sempre seja louvado. Amém
Canto final: a escolher

8. AVISOS: Combinar o horário de saída do grupo juntamente com os
demais de setor para sair em procissão até a Igreja, no dia do Padroeiro
(30/11). Retomar os círculos bíblicos; Novena de Natal; Festa da Padroeira.

CANTOS
19. Maria do Sim,/ Ensina-me a viver meu “SIM”. Ó roga por mim,/ que
eu seja fiel até o fim.
• Um dia Maria, deu seu “Sim”,/mudou-se a face da terra./ Porque pelo
“Sim” nasceu o Senhor,/ e veio morar entre nós o amor.
• Um dia eu dei também o meu “Sim”, / Um “Sim” que mudou minha vida./
Porque dar um “Sim” é igual a morrer./ A fim de que Deus possa em nós
viver.

20. No meu coração sinto o chamado,/ fico inquieto: preciso responder./
Então pergunto: Mestre, onde moras?/ E me respondes que é preciso
caminhar, /: seguindo teus passos, fazendo a história,/ construindo o novo no
meio do povo.:/
Mestre, onde moras, Mestre, onde estás? /: No meio do povo, vem e
verás!:/
- Te vejo em cada rosto das pessoas,/ tua imagem que anima e faz viver./ No
coração amigo e que se doa,/ no sonho do Reino a acontecer./: Teu Reino é
de justiça; é paz e amor;/ é a Boa Nova da Libertação.:
                                                                         29
- Tua palavra abre novos horizontes,/ É convite de serviços aos irmãos./ A fé
me dá coragem de assumir teu projeto/ Nesta vida, neste chão. /:Meu "sim" é
resposta, é meu jeito de amar,/ Estar com teu povo, contigo morar.:/
21. Perdão Senhor, tantos erros cometi. * Perdão Senhor, tantas vezes me
omiti. * Perdão Senhor, pelos males que causei, * pelas coisas que falei, pelo
irmão que eu julguei (Bis)
Ref: Piedade, Senhor. Tem piedade, Senhor. * Meu pecado vem lavar
com seu amor *Piedade Senhor. Tem piedade Senhor e liberta minha
alma para o amor.
22. A Bíblia é a palavra de Deus* semeada no meio do povo,* que
cresceu, cresceu e nos transformou,* ensinando-nos viver num mundo
novo. Deus é bom, nos ensina a viver. * Nos revela o caminho a seguir. * Só
no amor partilhando seus dons, * Sua presença iremos sentir.

                      SANTO ANDRÉ APÓSTOLO
  Apóstolo de Jesus Cristo nascido em Betsaida da Galiléia, também conhecido
como o Afável foi escolhido para ser um dos Doze, e nas várias listas dos Apóstolos
dadas no NT é sempre citado entre os quatro primeiros junto com Pedro, João e
Tiago, sendo seu nome mencionado explicitamente três vezes: por ocasião do
discurso escatológico de Jesus (Mc 13,3), na primeira multiplicação dos pães e dos
peixes (Jo 6,8) e quando, juntamente com Filipe, apresenta a Jesus alguns gentios (Jo
12,22).
  Também pescador em Cafarnaum, foi o primeiro a receber de Cristo o título de
Pescador de Homens e tornou-se o primeiro a recrutar novos discípulos para o
Mestre. Filho de Jonas tornou-se discípulo do João Batista, cujo testemunho o levou
juntamente com João Evangelista a seguirem Jesus e convencer seu irmão mais
velho, Simão Pedro a seguí-los. Desde aquele momento os dois irmãos tornaram-se
discípulos de Cristo e deixaram tudo para seguir a Jesus. Depois do Pentecostes
ajudou, entre grandes ameaças e perseguições, a estabelecer a Fé na Palestina,
passando provavelmente por Cítia, Épiro, Acaia e Hélade.
  Para Nicéforo ele pregou na Capadócia, Galácia e Bitínia, e esteve em Bizâncio,
onde determinou a fundação da Igreja local e apontou São Eustáquio como primeiro
bispo. Finalmente esteve na Trácia, Macedônia, Tessália e Acaia. Na Grécia,
segundo a tradição foi crucificado no dia 30 de novembro em Patros da Acaia, cidade
na qual havia sido eleito bispo, durante o reinado de Trajano, por ordem do procônsul
romano Egéias. Atado, não pregado, a uma cruz em forma de X, que ficou conhecida
como a cruz de Santo André.

  30

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Missa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristiaMissa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristiaJean Almeida
 
Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)
Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)
Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)boscolandia
 
Santas Missões Populares
Santas Missões Populares Santas Missões Populares
Santas Missões Populares Bernadetecebs .
 
Itinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristãItinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristãlomes
 
SINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGO
SINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGOSINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGO
SINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGOPaulo David
 
Formação de catequistas
Formação de catequistasFormação de catequistas
Formação de catequistassheilajo
 
Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01torrasko
 
Celebração do creio
Celebração do creioCelebração do creio
Celebração do creioLiana Plentz
 
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe GesildoCelebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildonsaparecida
 
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Lucas Licerre
 

Mais procurados (20)

Sacramentos slides
Sacramentos   slidesSacramentos   slides
Sacramentos slides
 
Missa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristiaMissa primeira eucaristia
Missa primeira eucaristia
 
Hora santa enac
Hora santa enacHora santa enac
Hora santa enac
 
Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)
Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)
Cbv missa-catequese-roteiro-exemplo-celebracao-primeira-eucaristia (1)
 
Santas Missões Populares
Santas Missões Populares Santas Missões Populares
Santas Missões Populares
 
Querigma e catequese
Querigma e catequeseQuerigma e catequese
Querigma e catequese
 
O terço
O terçoO terço
O terço
 
Quaresma
QuaresmaQuaresma
Quaresma
 
Itinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristãItinerários do processo da iniciação a vida cristã
Itinerários do processo da iniciação a vida cristã
 
A eucaristia
A eucaristiaA eucaristia
A eucaristia
 
SINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGO
SINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGOSINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGO
SINODALIDADE - REFLEXÃO. PROF. PAULO DAVID - MISSIONÁRIO LEIGO
 
Formação de catequistas
Formação de catequistasFormação de catequistas
Formação de catequistas
 
Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01
 
Igreja
IgrejaIgreja
Igreja
 
Celebração do creio
Celebração do creioCelebração do creio
Celebração do creio
 
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe GesildoCelebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
 
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.
 
Novena de santa luzia
Novena de santa luziaNovena de santa luzia
Novena de santa luzia
 
O sacramento do Crisma
O sacramento do CrismaO sacramento do Crisma
O sacramento do Crisma
 
MISA SAN JOSE.pdf
MISA SAN JOSE.pdfMISA SAN JOSE.pdf
MISA SAN JOSE.pdf
 

Semelhante a Novena ao Padroeiro Santo André 2009

Semelhante a Novena ao Padroeiro Santo André 2009 (20)

Livro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdfLivro de peregrinações 2023.pdf
Livro de peregrinações 2023.pdf
 
1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
 
15 01 12
15 01 1215 01 12
15 01 12
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
 
Festa do Acolhimento 2023.docx
Festa do Acolhimento 2023.docxFesta do Acolhimento 2023.docx
Festa do Acolhimento 2023.docx
 
VIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp t
VIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp                       tVIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp                       t
VIA SACRA ENCONTRO 5 150324.pp t
 
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPNovena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
 
Novena De Natal 2009
Novena De Natal 2009Novena De Natal 2009
Novena De Natal 2009
 
1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração
 
28 08 11
28 08 1128 08 11
28 08 11
 
1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
 
Festa-da-Palavra
Festa-da-PalavraFesta-da-Palavra
Festa-da-Palavra
 
423
423423
423
 
Modelo novo tempo da criação
Modelo novo tempo da criaçãoModelo novo tempo da criação
Modelo novo tempo da criação
 
Livreto Novena Natal 2021
Livreto Novena Natal 2021Livreto Novena Natal 2021
Livreto Novena Natal 2021
 
Apresentação missa para 06 05-12
 Apresentação missa para 06 05-12 Apresentação missa para 06 05-12
Apresentação missa para 06 05-12
 
03 paroquia gracas
03 paroquia gracas03 paroquia gracas
03 paroquia gracas
 

Mais de José Vieira Dos Santos

Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023José Vieira Dos Santos
 
Slides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedade
Slides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedadeSlides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedade
Slides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedadeJosé Vieira Dos Santos
 
Papa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na família
Papa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na famíliaPapa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na família
Papa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na famíliaJosé Vieira Dos Santos
 
Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019
Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019
Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019José Vieira Dos Santos
 

Mais de José Vieira Dos Santos (20)

Eucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola VivencialEucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola Vivencial
 
Ano Litúrgico
Ano Litúrgico Ano Litúrgico
Ano Litúrgico
 
Artigo Igreja Povo de Deus 2021
Artigo Igreja Povo de Deus 2021Artigo Igreja Povo de Deus 2021
Artigo Igreja Povo de Deus 2021
 
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
Diretrizes da Igreja no Brasil 2019 a 2023
 
Formação com Catequistas
Formação com CatequistasFormação com Catequistas
Formação com Catequistas
 
Dourados MS Candidatos Vereadores 2016
Dourados MS Candidatos Vereadores 2016Dourados MS Candidatos Vereadores 2016
Dourados MS Candidatos Vereadores 2016
 
Slides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedade
Slides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedadeSlides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedade
Slides cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedade
 
Papa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na família
Papa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na famíliaPapa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na família
Papa francisco Exortação Amoris Laetitia amor na família
 
Dia leigo 2015
Dia leigo 2015Dia leigo 2015
Dia leigo 2015
 
Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019
Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019
Diretrizes da Igreja no Brasil 2015 a 2019
 
Carta Enciclica Laudato Si
Carta Enciclica Laudato SiCarta Enciclica Laudato Si
Carta Enciclica Laudato Si
 
Campanha da Fraternidade 2015
Campanha da Fraternidade 2015Campanha da Fraternidade 2015
Campanha da Fraternidade 2015
 
Gincana Bíblica Eucaristia I
Gincana Bíblica Eucaristia IGincana Bíblica Eucaristia I
Gincana Bíblica Eucaristia I
 
Gincana Bíblica Adolescentes II
Gincana Bíblica Adolescentes IIGincana Bíblica Adolescentes II
Gincana Bíblica Adolescentes II
 
Gincana Bíblica Adolescentes III
Gincana Bíblica Adolescentes IIIGincana Bíblica Adolescentes III
Gincana Bíblica Adolescentes III
 
Gincana Bíblica Eucaristia II
Gincana Bíblica Eucaristia IIGincana Bíblica Eucaristia II
Gincana Bíblica Eucaristia II
 
Gincana Bíblica Eucaristia III
Gincana Bíblica Eucaristia IIIGincana Bíblica Eucaristia III
Gincana Bíblica Eucaristia III
 
Gincana Bíblica Adolescentes I
Gincana Bíblica Adolescentes IGincana Bíblica Adolescentes I
Gincana Bíblica Adolescentes I
 
Gincana bíblica
Gincana bíblicaGincana bíblica
Gincana bíblica
 
Vida Comunitária
Vida ComunitáriaVida Comunitária
Vida Comunitária
 

Último

AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfLehonanSouza
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 

Último (8)

AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 

Novena ao Padroeiro Santo André 2009

  • 1.
  • 2. NOVENA AO PADROEIRO SANTO ANDRÉ COMO ANDRÉ, SOU CHAMADO A SER DISCÍPULO MISSIONÁRIO DE JESUS CRISTO NAS PEQUENAS COMUNIDADES. 2009
  • 3. ORAÇÃO INICIAL PARA TODOS DIAS Canto Inicial: Alguém da Casa: Irmãos e irmãs em Cristo Jesus sejam bem-vindos em minha casa. Eu e minha família acolhemos a todos vocês! Anim.: Caríssimos irmãos e irmãs, a Igreja é um Povo convocado por Deus. Ele nos chamou e fomos reunidos pela Santíssima Trindade nesta Novena para celebrarmos a Festa em louvor a Santo André, Nosso Padroeiro. Um tempo de graças se abre para nós por intercessão de nosso padroeiro. Celebramos o 38º aniversário desta comunidade do qual escolhemos para alimentar, partilhar e viver a nossa fé. Neste ano o tema escolhido para nos levar a uma profunda reflexão é: Todos: “Como André, Sou Chamado a Ser Discípulo Missionário de Jesus Cristo nas Pequenas Comunidades”. Anim.: Estamos aqui reunidos como irmãos e irmãs que querem ser discípulos missionários de Jesus Cristo, seguindo o exemplo de Santo André. Em comunhão com a Santíssima Trindade, façamos o sinal da cruz, o sinal de todos seguidores de Jesus. (cantado se puder) Todos: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Anim.: Aqui estamos para louvar Nosso Senhor pelas maravilhas realizadas através de Santo André. Queremos preparar-nos bem para sua festa que acontece no próximo dia 30. Vamos refletir sobre o chamado que Deus hoje faz a cada pessoa, assim como fez a André. Todos: Ó Deus de bondade, nós vos pedimos, abençoai a nossa comunidade. Ajudai-nos a meditar a vossa Palavra. Ensinai-nos o caminho do amor e da fraternidade. (segue a reflexão do dia) 2
  • 4. ORAÇÃO DAS PEQUENAS COMUNIDADES Senhor Jesus, tu nos garantiste: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estou ali, no meio deles” (Mt.18,20). Por isso, acreditamos em tua presença, quando nos reunimos semanalmente nas casas. Como André, somos chamados a sermos discípulos(as) missionários(as) de Jesus Cristo nas pequenas comunidades. Em nossos encontros, Senhor Jesus, somos iluminados por tua Palavra, fortalecidos pela oração comunitária e enriquecidos por tua graça. Somos, também, confortados pela presença de irmãos e irmãs que, como nós, querem ser discípulos e missionários teus. Porque queremos ser teus discípulos, ensina-nos a fazer a vontade do Pai; a estar atentos às necessidades dos que sofrem e a ser “alegres na esperança, fortes na tribulação e perseverantes na oração” (Rm 12,24). Dá-nos um coração generoso e entusiasta, um coração como o Teu: incansável no anúncio de que Deus é amor. Nosso encontro bíblico semanal nos prepara para o domingo, Dia do Senhor, quando somos convidados a nos reunir ao redor de teu Altar. Ali te ofereces ao Pai por nós e nos alimentas com tua Palavra e com o Pão da Vida; ali aprendemos que amar é assumir a cruz de cada dia. Tua Mãe Maria Imaculada Conceição e Santo André Apóstolo nosso padroeiro, intercedam por nossas famílias, nossos grupos e animadoras(es), para que saibam imitar a Família de Nazaré. Assim estaremos nos preparando para viver um dia com Santo André e todos os santos e anjos celestes em comunhão com a Santíssima Trindade, numa alegria que não terá fim. Amém! 31
  • 5. 1º DIA SOU CHAMADO A IR AO ENCONTRO DE JESUS Ambiente: Imagem de Santo André, Bíblia, Vela Acesa, Flores 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Animadora(a): Como é de conhecimento a paróquia e comunidade foram setorizadas com objetivo de formar pequenas comunidades de fé. Impulsionados pela força do Espírito Santo, o mesmo que ungiu Jesus e o capacitou para o anúncio da Boa Nova, hoje anima a Igreja diariamente a ir ao encontro de todas as pessoas, acolhendo e anunciando a todos “um tempo de graça e salvação”. No primeiro dia da novena, gostaríamos de nos conhecer melhor. A gente sempre fala em “comunidade”, sabemos os nomes uns dos outros, mas muitas vezes paramos por ai. Para sermos verdadeiros irmãos e irmãs, precisamos nos conhecer melhor. Por isso, cada um poderia dizer uma breve palavrinha sobre o seu passado: onde nasceu, quantos são na família, como era o bairro quando aqui chegou. (de maneira rápida cada um fala um pouco de si) Leitor 1: Deus chama primeiro para que fiquemos com Ele, para que nos tornemos seus amigos, para fazer-nos sentir que somos amados e para dizer a Ele que o amamos, até podermos dizer com Pedro: Todos: “Senhor, Tu sabes que eu Te amo”. Leitor 2: Discípulo é todo aquele que é chamado ao seguimento; aquele que é convidado a caminhar com Jesus, a escutar a Sua voz, a aprender todas as coisas com o Mestre, ser formado integralmente (coração e mentalidade) pelo Senhor. Leitor 3: Missionário é todo aquele que é testemunha do que vive, vê e ouve, é o representante do Mestre em todos os lugares para onde vá, é o enviado do Senhor, o mensageiro da Boa-Nova em meio a um mundo repleto de más notícias, é o anunciador incansável do Caminho, da Verdade e da Vida – Jesus Cristo. 3
  • 6. Todos: Precisamos ser discípulos missionários de Jesus Cristo, para que possamos levar a palavra de Deus na missão e na vida da Igreja. Leitor 4: Discipulado e missão são como as duas faces da mesma moeda: quando o discípulo está apaixonado por Cristo, não pode deixar de anunciar ao mundo que só Ele nos salva’. Leitor 5: Conhecer Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa pode receber; tê-lo encontrado foi o melhor que ocorreu em nossas vidas, e fazê- lo conhecido com nossa palavra e obras é nossa alegria. 2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO Anim.:. Reconhecendo que somos fracos, pedimos perdão cantando: 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.:. Toda vocação nasce de um encontro pessoal com Jesus Cristo. No trecho do Evangelho de João que iremos ouvir, perceberemos como se deu o encontro de André com Jesus. Acolhemos a Palavra de Deus, cantando:.. Todos: Pela Palavra de Deus, saberemos por onde andar. Ela é luz e verdade, precisamos acreditar. Cristo me Chama, Ele é Pastor. Sabe meu nome: fala, Senhor . Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo São João, Cap. 1; vers. 25 a 42) 4. A FAMILIA MEDITA Anim.: Podemos sentar para conversarmos alguns instante sobre este Evangelho que ouvimos... 1) Qual foi a missão de João Batista? Por que as pessoas seguiam Jesus? 2) As palavras de Jesus me motivam no seguimento, por meio das pequenas comunidades ? Canto de meditação: (se preferir) 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: Diante do que ouvimos e falamos o que poderíamos assumir como gesto concreto neste período de Novena? 4
  • 7. 6. A FAMILIA REZA Anim.: Iluminados pela Palavra de Deus, rezemos a oração: Leitor 2: Senhor, Deus da vida e do amor, enviastes o vosso Filho para nos libertar das forças da morte e conduzi-nos no caminho da esperança. Movei-nos pelo dom do vosso Espírito. Leitor 3: Fazei-nos discípulos, comprometidos com o anúncio do Evangelho, em nossa comunidade, em comunhão com a caminhada paroquial e diocesana. Leitor 4: Fazei-nos missionários, caminhando ao encontro de nossos irmãos e irmãs, acolhendo a todos, sobretudo os jovens, os afastados, os pobre, os excluídos. Leitor 5: Santo André Apóstolo, intercedei junto ao vosso Mestre, para que sejamos fiéis ao nosso compromisso de discípulos missionários. Todos: Santo André, padroeiro de nossa Comunidade, ajudai-nos a imitar-vos para amar mais a Jesus Cristo e fazê-lo amado e conhecido entre todos. Amém! Pai Nosso e Ave Maria 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim.: Pedimos que o Senhor nos abençoe, por intercessão de Santo André, conforme está no livro dos Números: Todos: Que o Senhor nos abençoe e nos guarde. Que o Senhor nos mostre a sua face e conceda-nos a sua graça. Que o Senhor volte o seu rosto para nós e nos dê a sua paz. Em nome do Pai e do filho e do Espírito Santo. Amém! Canto Final: a escolha 8. AVISOS: - Combinar onde será o próximo encontro; - Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro; - Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30. 5
  • 8. 2º DIA SOU CHAMADO A TESTEMUNHAR JESUS Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André, Jarra com Água 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Todos se lembram do nosso primeiro encontro, André, um dos primeiros discípulos, fica um dia inteiro com Jesus (v.39). Certamente, deixou-se modelar e formar por Jesus nesse dia e esse encontro foi tão forte que já no dia seguinte, não conseguia conter a alegria de ter ficado com Jesus = conduz seu irmão Pedro ao Senhor. Também Filipe, chamado no outro dia, imediatamente se torna missionário conduzindo Natanael a Jesus. Leitor 1: Essa deve ser a dinâmica de nossas pequenas comunidades - ajudar a encontrar Jesus, ficar com Ele para que, formados por Jesus, possamos ir ao encontro de todos. Leitor 2: Todo cristão batizado é chamado a partilhar sua fé e seus talentos com os irmãos da comunidade. Todos: Quem participa da comunidade sente sua fé fortalecida e amadurecida. 2. A FAMILIA PEDE PERDÃO – BÊNÇÃO DA ÁGUA Anim.: Meus irmãos, invoquemos o Senhor nosso Deus eterno e Todo Poderoso, fonte e origem de toda vida. Abençoai (+) esta água que vamos usar confiantes, para implorar o perdão dos nossos pecados e alcançar a proteção da vossa graça contra toda doença e cilada do inimigo. Concedei, ó Deus, que, por vossa misericórdia, jorrem sempre para nós as águas da salvação, para que possamos nos aproximar de vós com o coração puro e evitar todo perigo do corpo e da alma. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! (enquanto asperge com água as pessoas, canta-se) 6
  • 9. Todos: Eu te peço desta água que tu tens * É água viva meu Senhor * Tenho sede e tenho fome de amor * E acredito nesta fonte de onde vens. * Vens de Deus, estás em Deus, também és Deus * E Deus contigo faz um só * Eu, porém que vim da terra e volto ao pó * Quero viver eternamente ao lado teu. És água viva, és vida nova * E todo dia me batizas outra vez. * Me fazes renascer, me fazes reviver, * Eu quero água desta fonte de onde vens. Leitor 1: Testemunhar é contar o que temos visto, ouvido e vivido - além de convidar outros a descobrirem por si mesmos as maravilhas do evangelho. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: Hoje Jesus tem um encontro com uma mulher, a samaritana. A experiência da mulher samaritana serve de exemplo vivo para demonstrar que não precisamos ser teólogos ou cristãos há muito tempo para testemunhar o amor de Jesus às outras pessoas. Com alegria aclamemos a Palavra de Deus, cantando: Pela Palavra de Deus saberemos por onde andar. Ela é luz e verdade, precisamos acreditar. Cristo me chama, Ele é pastor; sabe meu nome: Fala, Senhor. (ou um outro) Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo João 4, 4-15.27-30 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Vamos recordar o diálogo de Jesus com a Samaritana. Qual a atitude dela quando entende o sentido de beber “água viva”? 2) Eu anuncio Jesus para o outro partindo da minha experiência do Evangelho e de cada Eucaristia que participo? Canto de Meditação: a critério 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: Samaritana teve sua vida transformada depois do encontro com Jesus. O que este encontro nos desafia concretamente para provocar uma mudança de atitude em nossa vida? 7
  • 10. 6. A FAMILIA REZA Anim.: Alimentados pela Palavra que ouvirmos e refletimos, vamos dirigir a Deus nossas orações, pedindo que nos conceda sempre a Água Viva. A cada prece vamos dizer: Todos: Senhor, por intercessão de Santo André; dai-nos sempre dessa água. Leitor 2: Mostrai-nos Senhor cada vez mais a fonte inesgotável de seu amor. Rezemos. Leitor 3: Fazei-nos Senhor, assim como a Samaritana que te conheceu e saiu a proclamar o seu nome. Assim também nós não cansemos de te anunciar. Rezemos. Leitor 4: Aumentai em nossas pequenas comunidades, o ardor missionário, rezemos. (Segue preces espontâneas 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim.: Por intercessão de Santo André, nós Vos louvamos, Senhor, por todos os que põem em Vós sua confiança: os simples e pequeninos, sem voz e sem vez, mas que sabem erguer suas mãos para louvar e estendê-la para partilhar sua experiência de vida. Abençoai, com Vossa presença, esta família e nutri em seus membros a viva esperança de que sois o Deus que conosco caminha. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. AMÉM. Anim.: Ide em Paz que o Senhor e Santo André vos acompanhe sempre! Todos: Graças a Deus! Canto final: a critério. 7. AVISOS: - Onde será o próximo encontro e o tema. Se quiser poderá combinar de levar algo para partilhar (alimentos, etc) para uma pessoa necessitada ou mesmo para partilhar entre os membros (salgados, bolos e refrigerantes). - Missa em louvor ao Padroeiro Santo André. 30/11 (Segunda-feira) e a procissão até a Igreja das famílias que compõem o setor. 8
  • 11. 3º DIA SOU CHAMADO A PARTILHAR Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André, Pão ou Bolo 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Um aspecto importante da missão é seu sustento financeiro. Nossa Novena, que quer despertar-nos para um estado permanente de missão, insistindo na alegria de sermos discípulos missionários – não pode deixar de tocar este ponto, falando da importância da partilha dos bens para que a Igreja cumpra sua missão evangelizadora com tranqüilidade. Antes as comunidades dependiam de ajuda desta ou daquela pessoa de posse, ou mesmo de uma promoção para custear as suas despesas. Devagar, porém, a Igreja foi se conscientizando sobre a necessidade de participarmos de todos necessidades da Comunidade. Quem deve manter a Igreja e financiar sua atividade evangelizadora? A comunhão dos irmãos deve prover o necessário e é aqui que entra o Dízimo. 2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO Anim.: Jesus providencia pão para revelar que ele é o alimento de Deus que nos faz viver. Jesus é o cordeiro que tira os pecados do mundo. Leitor 1: Pelas vezes que não testemunhamos com a nossa vida a fé que temos em Jesus; Todos: Senhor tende piedade de nós. Leitor 2: Pelas vezes que não amamos os nossos irmãos, somos gananciosos e não partilhamos; Todos: Senhor tende piedade de nós. Leitor 3: Pelas vezes que não cultivamos a unidade e não compartilhamos os nossos bens e dons com a comunidade; Todos: Senhor tende piedade de nós. 9
  • 12. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: A multidão está sedenta por Jesus, por isso a procuram. Jesus se preocupa com aquele povo. Divide com os discípulos a responsabilidade de cuidar daquela multidão. Vamos ouvir como foi este episódio, preparemos para acolher o Evangelho em nossa vida, cantando: (a escolher) Todos: Buscai primeiro o reino de Deus e a Sua justiça * E tudo mais vos será acrescentado, aleluia, aleluia! Não só de pão o homem viverá, mas de toda palavra, * Que procede da boca de Deus, aleluia, aleluia! Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo João 6, 1-13 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Como Jesus agiu para que o milagre acontecesse? Com quem Ele contou? Diante das dificuldades me pareço com Filipe ou com André? 2) A minha fé me leva a partilha? O que faço com o que sobrou? 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: O que esta palavra me ensina a viver concretamente? (Combine algum gesto concreto) 6. A FAMILIA REZA Anim.: Dirigimos a Deus as nossas suplicas e preces, a cada invocação responderemos. Todos: Senhor, por intercessão de Santo André; dai-nos sempre deste pão. Leitor 2: Que em nossas famílias nunca falte o alimento necessário para o sustento e o alimento de sua palavra. Nós te pedimos... Leitor 3: Dai Senhor a todas as famílias, trabalho digno para que dele possa tirar o seu sustento. Nós te pedimos... Leitor 4: Que eu seja um cristão comprometido com as ações sociais.... (segue com preces espontâneas) 10
  • 13. 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim: Ó Deus Pai todo poderoso, como missionários e discípulos teus, queremos levar a boa nova de Jesus aos nossos irmãos e irmãs, de modo que também os outros tenham uma experiência vivificadora e profunda da fé. Por intercessão de Santo André, isso te pedimos por Cristo, Senhor nosso. Todos: Amém! Todos: O Senhor Deus esteja ao nosso lado para nos proteger, diante de nós para nos conduzir, atrás de nós para nos amparar, acima de nós para nos abençoar. O Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém! 8. AVISOS: - Combinar onde será o próximo encontro - Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro. - Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30 CANTOS 1. Sabes, Senhor, o que temos é tão pouco pra dar. * Mas este pouco nós queremos com os irmãos compartilhar. Queremos nesta hora, diante dos irmãos, comprometer a vida, buscando a união. * Sabemos que é difícil, os bens compartilhar, * mas com a Tua graça, Senhor podemos dar. 2. Conheço um coração tão manso, humilde e sereno. Que louva ao Pai por revelar Seu Nome aos pequenos. Que tem o Dom de amar, que sabe perdoar, e deu a vida para nos salvar! Jesus, manda Teu Espírito, para transformar meu coração (2x) Ás vezes no meu peito bate um coração de pedra. * Magoado, frio, sem vida, aqui dentro ele me aperta. * Não quer saber de amar, nem sabe perdoar, quer tudo e não sabe partilhar. 3. Ele me ungiu com óleo santo. Ele me mandou profetizar. * Pôs na minha boca um novo canto. E, e e .E é por isso que eu vivo a cantar * Deus existe e Ele tem um Filho. É o Senhor Jesus de Nazaré. * Minha vida tem um novo brilho desde que em Jesus depositei a minha fé. * Nunca houve nunca neste mundo quem amasse como ele amou. * Seu amor é um amor profundo e é por isso que Jesus me libertou. 11
  • 14. 4º DIA SOU CHAMADO A SERVIR Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André, avental ou bandeja (símbolo do serviço) 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Servir a Jesus e a Igreja é servir todas as pessoas. Como é fácil querer servir somente aqueles(as) que são parecidos conosco, aqueles que assim como nós, levantam suas mãos. Mas, como estamos abertos a servir a todos? E a nossa comunidade, até que ponto está disposta a servir a todos? Leitor 1: Precisamos estar dispostos a servir aos mais pobres, assim seremos como aquelas mulheres, gastar nossos bens para encontrar o Deus que nos encontrou e nos amou. Temos pouco tempo para isso, sabendo que a experiência de servir sempre me encanta, pois no pobre sempre encontro o Senhor. Leitor 2: É indispensável, porém, que cada batizado, cada missionário tenha um encontro profundo com Jesus, que chamamos de conversão. Esta experiência de fé gera o ardor missionário e a abertura para a missão universal. 2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO Anim.: Jesus permitia que as multidões o seguisse, participando da vida e da missão Dele. Leitor 1: Senhor, perdão pelas vezes que as mulheres são discriminadas tanto na vida social como na religiosa. Todos: Perdoai-nos, Senhor. Leitor 2: Senhor, perdão pelas vezes que as mulheres são maltratadas principalmente as idosas. Todos: Perdoai-nos, Senhor. 12
  • 15. Leitor 3: Senhor, perdão pelas vezes que somos alienados e não buscamos encontros libertadores e geradores de vida digna, especialmente para mães mais pobres e adolescentes. Todos: Perdoai-nos, Senhor. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: Muitas mulheres tiveram também suas vidas transformadas depois que conheceram Jesus e descobriram que também são importantes no plano da salvação de Deus. No evangelho que ouviremos fala de algumas, vamos acolher Jesus que vem também ao nosso encontro através do Santo Evangelho, cantando: Todos: Todos: Eu vim para escutar Tua palavra, * Tua palavra, Tua palavra de amor. * Eu gosto de escutar Tua palavra, * Tua palavra, Tua palavra de amor. Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Lucas 8,1-3 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Por que dentro de uma sociedade tão machista e excludente um grupo expressivo de mulheres acompanhava Jesus? 2) Quais as mulheres que já trabalharam e outras que ainda hoje trabalham na comunidade Santo André? 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: As mulheres da leitura fizeram a sua parte, e nós o que podemos fazer concretamente para assemelhar a elas? 6. A FAMILIA REZA Anim.: Dirigimos nossas preces a Deus que acolhe a todos os irmãos e irmãs. A cada prece responderemos Todos: Por intercessão de Santo André, atendei-nos, Senhor! Leitor 2: Te pedimos Senhor por todos pessoas desanimadas, fortalecei os fracos, encorajai os missionários anônimos, particularmente a todas as mulheres que encontram tempo para servir os irmãos , rezemos 13
  • 16. Leitor 3: Nos oriente Senhor, como batizados e batizadas, o caminho a seguir, rezemos Leitor 4: Rezemos por todas as entidades, movimentos, pastorais, organizações que ajudam os menos favorecidos da sociedade, rezemos. Leitor 5: Abençoai Senhor cada mulher: mãe, esposa, trabalhadora, educadora, evangelizadora e missionária, sempre disposta a te seguir. Rezemos. (Outras preces espontâneas) 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim: Pedimos que o Senhor nos abençoe, conforme está no livro dos Números: Todos: Que o Senhor nos abençoe e nos guarde. Que o Senhor nos mostre a sua face e conceda-nos a sua graça. Que o Senhor volte o seu rosto para nós e nos dê a sua paz. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. 8. AVISOS: - Combinar onde será o próximo encontro - Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro. - Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30 CANTOS 4. Santa Mãe, Maria, nesta travessia, cubra-nos seu manto cor de anil. Guarda nossa vida, mãe Aparecida, Santa padroeira do Brasil Ave Maria, Ave Maria ( 2x ) Mulher peregrina, força feminina, a mais importante que existiu. Com justiça queres que nossas mulheres sejam construtoras do Brasil. 5. Primeira cristã, Maria da luz * Sabias, ó Mãe, amar teu Jesus * Primeira cristã, Maria do amor * Soubeste seguir teu Filho e Senhor. Nossa Senhora das milhões de luzes * Que meu povo acende pra te louvar * Iluminada, iluminadora. * Inspiradora de quem quer amar * E andar com Jesus Primeira cristã, Maria do lar * Ensinas, ó Mãe, teu jeito de amar * Primeira cristã, Maria da paz * Ensinas, ó Mãe, como é que Deus faz. 14
  • 17. 5º DIA SOU CHAMADO A OUVIR E FALAR DE JESUS Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André. Cartaz com nomes de pessoas enfermas. 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Nesta Novena em louvor ao nosso Padroeiro Santo André, estamos refletindo sobre como podemos inserir-nos na Grande Missão. A Igreja no Brasil inteiro quer despertar para que sejamos todos discípulos missionários de Jesus, vivendo com alegria essa condição (pois Nele se alegra o nosso coração – cf. Sl 33(32), 21). Leitor 1: Muita gente vai despertando para a necessidade de viver numa Igreja mais aberta, acolhedora e que vai ao encontro de todos. Mas é necessário que cada um que chega e vai encontrando lugar na pequena comunidade, viva um itinerário de formação cristã que, começando pela vida familiar, passe pela Catequese de Iniciação e vai sendo aperfeiçoada nas muitas possibilidades que a Comunidade oferece. Leitor 2: O essencial, quando falamos em formação, é despertar para a necessidade de “permanecer com Jesus” através da formação permanente em nossas Comunidades, para que perseveremos no espírito de missão permanente. 2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO Anim.: Senhor, perdão pelas vezes que não ouvi o seu chamado. Todos: Perdoai-me, Senhor. Leitor 3: Senhor, perdão pelas vezes que ouvi o seu projeto e não anunciei nem testemunhei o que pedia. Todos: Perdoai-me, Senhor. 15
  • 18. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: Jesus cura um surdo-mudo. Vamos abrir bem os ouvidos para que possamos falar das maravilhas que Deus tem realizado em nossa vida, aclamemos a Palavra de Deus, cantando: (a escolher) Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Marcos 7, 31-37 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Qual o sentido da cura realizada por Jesus, abrindo os ouvidos e soltando a língua do homem? 2) O meu ouvido e minha boca são instrumentos para ouvir e anunciar Jesus Cristo no meu setor e na sociedade? 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: O que este Evangelho nos motiva concretamente a fazer em nossa comunidade ou família? 6. A FAMILIA REZA Anim.: Dirigimos nossas orações a Deus, por intermédio de Santo André, pedindo de modo particular a todos os doentes (cada pessoa fala um nome de um enfermo(a).. A cada invocação responderemos: Todos: Por intercessão de Santo André, dai-nos coragem Senhor! Leitor 2: Pelos doentes de nossa comunidade, daqueles que falamos no início deste encontro, que restaure a saúde e encontre força e coragem para caminhar. Nós vos pedimos: Leitor 3: Ao sermos fortalecidos pela saúde Senhor, que possamos testemunhar Cristo verdadeiramente em nosso meio. Nós vos pedimos... Leitor 4: A todas as pessoas que abraçam sua missão evangelizadora sem medo de anunciar o santo Evangelho. Nós vos pedimos. 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim.: Deus Pai vos dê sua bênção! Todos: Amém. Anim.: Deus Filho conceda a saúde aos enfermos! Todos: Amém. 16
  • 19. Anim.: Deus Espírito Santo ilumine a todos! Todos: Amém. Anim.: Em nome do Pai + do Filho e do Espírito Santo. Todos: Amém. 8. AVISOS: - Combinar onde será o próximo encontro - Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro. - Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30 CANTOS 6. Tu anseias, eu bem sei, por salvação, * tens desejo de banir a escuridão. * Abre pois, de par em par teu coração e * deixa a luz do céu entrar. Deixa a luz do céu entrar. Abre bem as portas *do teu coração. E deixa a luz do céu entrar. 7. Renova-me, Senhor Jesus, já não quero ser igual. * Renova-me, Senhor Jesus, põem em mim Teu coração. Porque tudo que há dentro de mim * Precisa ser mudado, Senhor. * Porque tudo que há dentro do meu coração. * Precisa mais de Ti. (2x) 8. A Ti meu Deus, elevo meu coração, * Elevo as minhas mãos, meu olhar, minha voz. * A Ti meu Deus, eu quero oferecer meus passos * E meu viver, meus caminhos, meus sofrer. A Tua ternura Senhor, vem me abraçar. * E a Tua bondade infinita me perdoar. Vou ser o Teu seguidor, e Te dar o meu coração * Eu quero sentir o calor de Tuas mãos. 9. Senhor que vieste salvar os corações arrependidos. * Piedade, piedade, piedade de nós (bis) Ó Cristo, que vieste chamar os pecadores humilhados. Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus Pai que nos perdoa. 17
  • 20. 6º DIA SOU CHAMADO A LEVAR JESUS ÀS FAMILIAS Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André, Cruz; Cartaz com os nomes dos grupos (pastorais, movimentos, equipes de serviços, organizações) que tem a missão de levar a Boa Nova. 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Dizia Dom Luciano Mendes de Almeida que “Onde há povo há missão. Onde há missão há razões de ser feliz”. Dessa frase aprendemos que todas as oportunidades diárias de encontro com pessoas nos dão chances de estar “em estado permanente de missão” e que podemos ser felizes no encontro... No encontro com Jesus, mas também no encontro com as pessoas. Leitor 1: “Queremos ver Jesus!” Esse pedido é uma linda proposta de Vida para todos nós. Mas onde encontrá-lo? Envolvidos em nossas atividades, como os gregos de então, fica difícil ver o Deus amigo, companheiro de caminhada. Muito mais difícil é ver um Deus crucificado, como o pior criminoso dos homens e segui-lo, como servidores fiéis. – Mas a quem devemos nos aproximar, para que nos aponte o caminho para vê-lo e então segui-lo? 2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO Anim.: Alguns gregos procuraram Filipe que tinha um jeito acolhedor e pediram: queremos ver Jesus. Filipe recorre a André para encontrar uma solução. Leitor 2.: Quantas vezes nós deixamos de acolher o outro na nossa família na nossa comunidade e não o levamos até Jesus. Nessa omissão nos fechamos à luz do espírito santo não renovamos nossa fé. Pedimos perdão cantando 18
  • 21. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: Filipe e André intercede junto à Jesus, marcando um encontro entre os gregos e Jesus. Vamos com alegria acolher o Mestre que vem ao nosso encontro para falar, cantando: (a escolher) Todos: E como chuva que lava, e como fogo que arrasa, tua palavra e assim, não passa por mim sem deixar um sinal. Tenho medo de não responder, de fingir que eu não escutei. Tenho medo de ouvir teu chamado, virar para o outro lado e fingir que não sei. Leitor 3: Proclamação do Evangelho segundo João 12,20-26 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Ver e conhecer Jesus seria apenas uma experiência ou praticar as suas obras? 2) Sou capaz de consumir a minha vida a serviço de uma transformação nas pessoas? 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: O que esta Palavra nos interpela a viver concretamente? 6. A FAMILIA REZA Anim.: Vamos recordar nomes de pessoas falecidas de nossa comunidade que contribuíram na evangelização (cada um fala um nome em voz alta). Anim.: Elevemos a Deus, por intercessão de Santo André, as nossas preces e suplicas, rezando de modo particular aos que se encontram na Gloria de Deus. Ao final de cada prece responderemos: Todos: Dai-nos nova vida Senhor! Leitor 4: Que eu seja luz na vida de meus irmãos. Rezemos Leitor 5: Que minha missão faça com que outros sigam a Jesus Cristo. Rezemos. (Segue preces espontâneas) Anim.: Vamos todos juntos rezar a oração: Todos: Faze, Senhor, que teus discípulos reconheçam o teu rosto no rosto dos pobres. Dá olhos para ver os caminhos da justiça e da solidariedade; dá ouvidos para escutar os pedidos de salvação e saúde; 19
  • 22. enriquece seus corações de fidelidade generosa para que se façam companheiros de caminhada e testemunhas verdadeiros e sinceros da glória, que resplandece no crucificado, ressuscitado e vitorioso. Por intercessão de Santo André, rogai por nós. Amém! 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim.: O Senhor Deus esteja ao nosso lado para nos proteger, diante de nós para nos conduzir, atrás de nós para nos amparar, acima de nós para nos abençoar. Pai, Filho e Espírito Santo. Todos: Amém. 8. AVISOS: - Combinar onde será o próximo encontro - Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro. - Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30 CANTOS 10. Eis me aqui Senhor (2x)* Pra fazer Sua vontade , pra viver do Teu amor (2x). Eis me aqui Senhor. O Senhor é meu Pastor e me conduz, * por caminhos nunca vistos me enviou.* Sou chamado a ser fermento, * sal e luz e por isso aqui estou, aqui estou 11. Sim, eu quero que luz de Deus que um dia em mim brilhou. Jamais se esconda e não se apague em mim o seu fulgor. Sim, eu quero que o meu amor ajude o meu irmão, A caminhar guiado por tua mão, em tua lei, em tua luz, Senhor! Esta terra, os astros, o sertão em paz. Esta flor e o pássaro feliz que vês, Não sentirão, não poderão jamais viver, esta vida singular que Deus nos dá. 12. Meu coração é para Ti, Senhor. (4x) * Porque Tu me deste a vida, * porque Tu me deste o existir, * Porque Tu me deste o carinho, me deste amor! Pão e vinho são pra Ti, Senhor. (4x) 20
  • 23. 7º DIA SOU CHAMADO RECONHECER JESUS Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André, Jarra com Água 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Ser missionário é, acima de tudo, ser portador de uma mensagem de esperança e de alegria, que, antes de ser anunciada, foi experimentada e vivida pessoalmente pelo portador. Foi assim com os missionários de Emaús, com tantos outros ao longo da história do cristianismo e continuará a ser com os “novos” missionários de Emaús. Evangelizar, ser missionário, é irradiar “o que ouvimos, o que vimos com nossos olhos, o que contemplamos e o que nossas mãos apalparam do Verbo da vida porque a Vida manifestou-se.“ (1 Jo 1,12). Sejam quais forem nossas fraquezas, misérias, limitações, o que contagia todas as culturas, o que convence todos os povos e raças, é o testemunho da alegria e da graça de termos encontrado o Senhor. 2. A FAMILIA PEDE PERDÃO Anim.: A nossa vida cristã é um caminho um seguimento de Jesus. Mas, muitas vezes nossos olhos estão impedidos de reconhecê-lo. Pois deixamos de fazer o papel do ressuscitado junto aos desiludidos da vida e sem esperança. Leitor 1: Senhor, perdão por muitas vezes ignorar a História da Salvação. Todos: Perdoai-me, Senhor. Leitor 2: Senhor, perdão por cada Eucaristia que consumo e não volto entusiasmado anunciando que está vivo e presente no meio de nós. Todos: Perdoai-me, Senhor. Leitor 3: Senhor, perdão por não ter paciência em participar dos grupos das pequenas comunidades. Todos: Perdoai-me, Senhor. 21
  • 24. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: Em nossa caminhada nos parecemos com os discípulos de Emaús. Aparecem os desânimos, descrenças, abandonamos tudo. Vamos receber aquele que caminha conosco, que vem trazer novo ardor missionário, que é Jesus, cantando: (ou escolha outro) Todos: Como são belos os pés do mensageiro que anuncia a paz! / Como são belos os pés do mensageiro que anuncia o Senhor!. /: Ele vive, Ele reina, Ele é Deus e Senhor. :/ Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Lucas 24,13-35 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Como foi o contato dos discípulos com o Ressuscitado? 2) Os encontros, as celebrações que tivemos, me levam a um retorno, anunciando Jesus Cristo vivo e ressuscitado no grupo de reflexão e na comunidade? 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: Concretamente o que podemos fazer para colocar em prática a Palavra que ouvimos e refletimos. (sugestões) 6. A FAMILIA REZA Anim.: Após refletirmos a Palavra de Deus, elevemos nos preces a Deus, pedimos a intercessão de Santo André. A cada prece responderemos: Todos: Fica conosco, Senhor! Leitor 2: Que as família encontre na leitura diária das Escrituras a luz necessária para iluminar a vida e realizar a missão evangelizadora no mundo, rezemos Leitor 3: Quando a exemplo de Santo André não somos discípulos missionários de Jesus Cristo, rezemos Leitor 4: Quando sou fraco e não percebo que Tu está conosco... (segue com preces espontâneas) 22
  • 25. 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim.: Que a bênção de Deus todo poderoso nos guarde e nos livre de todo mal. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Todos: Amém. 8. AVISOS: - Combinar onde será o próximo encontro - Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro. - Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30 CANTO 13. Um dia escutei teu chamado, divino recado, batendo no coração./ Deixei deste mundo as promessas e fui bem depressa no rumo da tua mão. Tu és a razão da jornada!/ Tu és minha estrada, meu guia e meu fim./ No grito que sai do meu povo/ Te escuto de novo chamando por mim. (Bis) 14. Me chamaste para caminhar na vida contigo, * decidi para sempre segui- te, não voltar atrás. Me puseste uma brasa no peito e uma flecha na alma, é difícil agora viver sem lembrar-me de Ti. Te amarei, Senhor (bis), eu só encontro * a paz e a alegria bem perto de Ti (2x) 15. Senhor, se tu me chamas,/ eu quero te ouvir./ Se queres que eu te siga,/ respondo: "Eis-me aqui"! Profetas te ouviram e seguiram tua voz./ Andaram mundo afora e pregaram sem temor./ Seus passos tu firmaste, sustentando seu vigor./ Profeta - tu me chamas. Vê, Senhor, aqui estou. 16. Quando chamaste os doze primeiros pra te seguir/ sei que chamavas todos os que haviam de vir. REF. /:Tua voz me fez refletir/deixei tudo para te seguir,/nos teus mares eu quero navegar:/ Quando pediste aos doze primeiros: Ide e ensinai/ Sei que pedias a todos nós: Evangelizai. 23
  • 26. 8º DIA SOU CHAMADO A VALORIZAR O QUE TENHO Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, Flores, imagem de Santo André. 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Hoje neste oitavo dia da Novena em louvor ao nosso Padroeiro Santo André, queremos entender que todos nós somos chamados a engajar-nos neste “tempo de graça que se abre para nós!” Não pode haver pessoa tocada por Jesus Cristo e feliz em sua Igreja que não se ofereça para o anúncio de Jesus e da vida em comunidade. Jesus está atento a todos os clamores dos que sofrem. Leitor 1: Se a nossa “vida com Jesus e em Jesus” realmente tem sentido para nós, não podemos deixar de ir ao encontro de todas as pessoas que se relacionam conosco par anunciar a elas quanto isso nos faz bem. Gostamos de compartilhar as dores e alegrias da caminhada... mas não seria oportuno e importante partilhar também a alegria de ser discípulo de Jesus e de fazer parte de uma Comunidade? Leitor 2: Todos os batizados são convocados por Jesus a ser seus missionários e anunciadores em todas os ambientes: na casa e na família, na escola e no trabalho, no salão de beleza, no supermercado e na fila do banco...em todos os lugares podemos falar de Jesus, de como foi bom encontrar-nos com Ele, contando nossa felicidade de pertencer a Ele e de viver em uma comunidade. 2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO Anim.: Senhor, perdão pelas vezes que muito te pedi e me concedeste e não te agradeci. Todos: Perdoai-me, Senhor. Anim.: Senhor, perdão por não deixar o meu irmão falar. Todos: Perdoai-me, Senhor. 24
  • 27. Anim.: Senhor, perdão pelas vezes que eu deixei de te testemunhar. Todos: Perdoai-me, Senhor. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: Jesus continua passando em nossa vida. No Evangelho Jesus passa por um cego. Vamos ouvir como foi este acontecimento. Com alegria aclamemos a Palavra de Deus, cantando: (ou um outro) Todos: Como são belos os pés do mensageiro, que anuncia a paz. Como são belos os pés do mensageiro, que anuncia o Senhor. Ele vive, Ele reina, Ele é Deus e Senhor (2x) Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Marcos 10, 46-52 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Quem é Bartimeo? O que ele pede para Jesus? Qual a atitude dele após conseguir o seu desejo? 2) Jesus faz quem reprime ir chamar. Na comunidade exerço o papel de incluir as pessoas ou abafo a sua voz? Canto de meditação: se preferir 5. A FAMILIA SE COMPROMETE Anim.: Qual é gesto concreto que cada um pode assumir após a reflexão? 6. A FAMILIA REZA Anim.: Nutridos pela Palavra do Evangelho, elevemos nossas preces a Deus, por intercessão de Santo André. Todos: Senhor que eu possa ver! Leitor 2: que eu não feche meus olhos diante da realidade que vivemos, te pedimos.. Leitor 3: Liberte-nos Senhor de nossas capas/manto (pausa) cada um colocar qual a capa que gostaria que fosse (jogada) libertado(a). Rezemos (Segue com preces espontâneas) 25
  • 28. 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim.: Vamos concluir nosso encontro pedindo a bênção sobre todas as famílias. Rezemos juntos a oração: Todos: Senhor Deus, Pai de todos nós, derramai, pelo Vosso Espírito de amor, todas as bênçãos necessárias para a nossa família aqui reunida, para que cada um de nós cumpra a sua missão, seguindo o Vosso plano de amor para o bem de todos. Senhor, que nossa família assim abençoada seja uma verdadeira imagem da Vossa Trindade, na unidade, na ação, e na vida em comum. Amém Anim.: Jesus, Maria , José e Nosso padroeiro Santo André iluminai a vida do nosso lar! Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (+). Todos: Amém! Anim.: Ide em paz que o Senhor nos acompanhe. Todos: Graças a Deus! 8. AVISOS: - Combinar onde será o próximo encontro - Missa Solene em louvor ao padroeiro: 30 de novembro. - Cada setor combinar um local e sair em procissão até a igreja no dia 30 CANTOS 17. Quando Jesus passar (3x) Eu quero estar no meu lugar. (bis) 1. No escritório ou lançando a rede, * Sentado à mesa ou a caminhar. * Buscando água p´ra minha sede, * Querendo ver meu Senhor passar. 2. No meu trabalho e na minha casa * No meu estudo e no meu lazer. * No compromisso e no meu descanso * No meu direito e no meu dever. 18. Tu te abeiraste a praia * Não buscastes nem sábios nem ricos * Apenas queres que eu te siga. Senhor, tu me olhaste nos olhos * E sorrindo pronunciastes meu nome; * Sobre a areia já deixei o meu barco * Junto a Ti buscarei outro mar. 26
  • 29. 9º DIA PELA FÉ SOU CHAMADO A SER GRATO! Ambiente: Mesinha com a Bíblia, Vela, imagem de Santo André e muitas Flores (louvor e gratidão). 1. ORAÇÃO INICIAL: Página 2 Anim.: Chegamos ao final da Novena em louvor ao nosso padroeiro Santo André; que nos conduzia a abraçar com determinação a missão na Igreja de Jesus. Não pode existir uma comunidade autêntica que não seja missionária, que não vá ao encontro das pessoas onde elas estejam! Muitas vezes, porém, as estruturas que temos nos prendem dentro da comunidade: uma infinidade de pastorais, movimentos, reuniões, atividades, festas, etc. Fazemos muito, mas deixamos de ir lá onde estão os afastados, os desanimados, os excluídos... Falamos que estamos muitos presos a estruturas e deixamos de colocar-nos na missão. O Senhor está sempre contando com todos nós, como contou com André, para sermos seus discípulos missionários, deixando – se preciso for – de rodear entorno ao templo para ir onde estão os que precisam ser evangelizados, pelo encontro, a visita, a comunhão. 2. A FAMÍLIA PEDE PERDÃO Anim.: Muitas vezes ficamos maravilhados com o milagre e a cura que recebemos. Mas, em nossa vida e familiares não somos testemunhas de fé e temos atitudes de ingratidão para com Deus e os irmãos. Quantas graças recebemos neste ano, mas se esquecemos de agradecer. Senhor, pedimos o teu perdão, cantando: Todos: Piedade, piedade, piedade de nós (2x) 27
  • 30. 3. A FAMÍLIA ESCUTA A PALAVRA Anim.: Estamos ao final de mais um ano, mais uma novena, quantas graças recebemos de Deus. No Evangelho que ouviremos, dez pessoas tem suas vidas transformada depois do encontro com Jesus. Vamos ouvir como aconteceu, aclamemos o Santo Evangelho, cantando: (ou um outro) Todos: Tua Palavra é lâmpada para os meus pés, Senhor; Lâmpada para os meus pés, Senhor. * Luz para o meu caminho. Lâmpada para os meus pés, Senhor! Luz para o meu caminho. Leitor(a) 1: Proclamação do Evangelho segundo Lucas 17,11-19 4. A FAMÍLIA MEDITA Anim.: 1) Onde está o verdadeiro sentido da busca de Jesus? Por que somente um volta para agradecer? Costumo agradecer a Deus pelas graças recebidas? Faço o mesmo quando alguém faz um bem a mim? 2) O que eu recebo de Deus me leva a um compromisso com a comunidade ou quero apenas usufruir dela? Canto de Meditação: a escolha 5. A FAMÍLIA SE COMPROMETE Anim.: Que compromisso vamos assumir, após esta novena? Lembramos que está chegando o Advento, tempo da Novena de Natal. Nada adianta participarmos da novena, se no dia 30 de novembro, eu não for à missa em louvor ao padroeiro Santo André. 6. A FAMILIA REZA Anim.: Vamos expressar nossa gratidão a Deus, apresentando nosso louvor em forma de preces. Cada um pode mencionar nomes das primeiras pessoas que doaram parte de seu tempo à serviço da comunidade (leigos, religiosas, sacerdotes). Ao final de cada agradecimento vamos rezar: Todos: Por intercessão de Santo André, obrigado Senhor! Leitor 2: Pelas famílias, comunidades, grupos de pequenas comunidades, pastorais, movimentos e serviços, bendizemos... 28
  • 31. Leitor 3: Pelas pessoas que ajudaram e as que ajudam na construção do bairro e da comunidade católica Santo André, bendizemos... (cada um pode acrescentar outros louvores) 7. A FAMILIA É ABENÇOADA Anim: Em duplas, uma pessoa abençoa a outra, dizendo Todos: Deus te abençoe (mão no ombro, Deus te proteja (mão na cabeça), Deus te dê a paz (abraço), Deus te dê a paz! (no final todas se abraçam e desejam a Paz de Cristo) Anim.: Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Todos: Para sempre seja louvado. Amém Canto final: a escolher 8. AVISOS: Combinar o horário de saída do grupo juntamente com os demais de setor para sair em procissão até a Igreja, no dia do Padroeiro (30/11). Retomar os círculos bíblicos; Novena de Natal; Festa da Padroeira. CANTOS 19. Maria do Sim,/ Ensina-me a viver meu “SIM”. Ó roga por mim,/ que eu seja fiel até o fim. • Um dia Maria, deu seu “Sim”,/mudou-se a face da terra./ Porque pelo “Sim” nasceu o Senhor,/ e veio morar entre nós o amor. • Um dia eu dei também o meu “Sim”, / Um “Sim” que mudou minha vida./ Porque dar um “Sim” é igual a morrer./ A fim de que Deus possa em nós viver. 20. No meu coração sinto o chamado,/ fico inquieto: preciso responder./ Então pergunto: Mestre, onde moras?/ E me respondes que é preciso caminhar, /: seguindo teus passos, fazendo a história,/ construindo o novo no meio do povo.:/ Mestre, onde moras, Mestre, onde estás? /: No meio do povo, vem e verás!:/ - Te vejo em cada rosto das pessoas,/ tua imagem que anima e faz viver./ No coração amigo e que se doa,/ no sonho do Reino a acontecer./: Teu Reino é de justiça; é paz e amor;/ é a Boa Nova da Libertação.: 29
  • 32. - Tua palavra abre novos horizontes,/ É convite de serviços aos irmãos./ A fé me dá coragem de assumir teu projeto/ Nesta vida, neste chão. /:Meu "sim" é resposta, é meu jeito de amar,/ Estar com teu povo, contigo morar.:/ 21. Perdão Senhor, tantos erros cometi. * Perdão Senhor, tantas vezes me omiti. * Perdão Senhor, pelos males que causei, * pelas coisas que falei, pelo irmão que eu julguei (Bis) Ref: Piedade, Senhor. Tem piedade, Senhor. * Meu pecado vem lavar com seu amor *Piedade Senhor. Tem piedade Senhor e liberta minha alma para o amor. 22. A Bíblia é a palavra de Deus* semeada no meio do povo,* que cresceu, cresceu e nos transformou,* ensinando-nos viver num mundo novo. Deus é bom, nos ensina a viver. * Nos revela o caminho a seguir. * Só no amor partilhando seus dons, * Sua presença iremos sentir. SANTO ANDRÉ APÓSTOLO Apóstolo de Jesus Cristo nascido em Betsaida da Galiléia, também conhecido como o Afável foi escolhido para ser um dos Doze, e nas várias listas dos Apóstolos dadas no NT é sempre citado entre os quatro primeiros junto com Pedro, João e Tiago, sendo seu nome mencionado explicitamente três vezes: por ocasião do discurso escatológico de Jesus (Mc 13,3), na primeira multiplicação dos pães e dos peixes (Jo 6,8) e quando, juntamente com Filipe, apresenta a Jesus alguns gentios (Jo 12,22). Também pescador em Cafarnaum, foi o primeiro a receber de Cristo o título de Pescador de Homens e tornou-se o primeiro a recrutar novos discípulos para o Mestre. Filho de Jonas tornou-se discípulo do João Batista, cujo testemunho o levou juntamente com João Evangelista a seguirem Jesus e convencer seu irmão mais velho, Simão Pedro a seguí-los. Desde aquele momento os dois irmãos tornaram-se discípulos de Cristo e deixaram tudo para seguir a Jesus. Depois do Pentecostes ajudou, entre grandes ameaças e perseguições, a estabelecer a Fé na Palestina, passando provavelmente por Cítia, Épiro, Acaia e Hélade. Para Nicéforo ele pregou na Capadócia, Galácia e Bitínia, e esteve em Bizâncio, onde determinou a fundação da Igreja local e apontou São Eustáquio como primeiro bispo. Finalmente esteve na Trácia, Macedônia, Tessália e Acaia. Na Grécia, segundo a tradição foi crucificado no dia 30 de novembro em Patros da Acaia, cidade na qual havia sido eleito bispo, durante o reinado de Trajano, por ordem do procônsul romano Egéias. Atado, não pregado, a uma cruz em forma de X, que ficou conhecida como a cruz de Santo André. 30