Duas ou três palavras sobre o folclore

140 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
140
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Duas ou três palavras sobre o folclore

  1. 1. Duas ou três palavras sobre o folclore A palavra folclore é derivada das palavras “folk e lore”, que significam povo e conhecimento, respectivamente. A palavra Folclore significa "ciência ou sabedoria do povo". O termo criado em 1846 pelo arqueólogo inglês Williams John Thoms1 . (1803–1885) http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://upload.wikimedia.org/wikipedia Dizem alguns estudiosos que, o surgimento da data (22 de agosto2 ) ocorreu quando o citado arqueólogo inglês, resolveu fazer um estudo sobre as tradições e lendas do seu país, solicitando apoio a uma revista de Londres. Com 1 Escritor, antiquário e folclorista britânico, a quem se atribui a criação do neologismo folclore, para designar o que até então se chamava genericamente de "antiguidades populares", em uma carta endereçada ao periódico Athenaeumem 1846. http://pt.wikipedia.org/wiki/William_Thoms 2 No Brasil, através do Decreto nº 56.747, de 17 de agosto de 1965, foi oficializado como dia do folclore. O ato foi Publicado no D.O.U. de 18.8.1965. eis a integra do decreto: Art. 1º Será celebrado anualmente, a 22 de agôsto, em todo o território nacional, o Dia do Folclore. Art. 2º A Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro do Ministério da Educação e Cultura e a Comissão Nacional do Folclore do Instituto Brasileiro da Educação, Ciência e Cultura e respectivas entidades estaduais deverão comemorar o Dia do Folclore e associarem-se a promoções de iniciativa oficial ou privada, estimulando ainda, nos estabelecimentos de curso primário, médio e superior, as celebrações que realcem a importância do folclore na formação cultural do país. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Brasília, 17 de agosto de 1965; 144º da Independência e 77º da República. H. CASTELLO BRANCO Flávio Suplicy de Lacerda
  2. 2. medo de ser reconhecido ou compreendido, William usou um pseudônimo - Ambrose Merton. A revista publicou a carta no dia 22 de agosto de 1846, motivo pelo qual foi escolhido como o dia do folclore. A palavra Folclore, segundo o dicionário significa conjunto das tradições, conhecimentos ou crenças populares expressas em provérbios, contos ou canções. Folclore é tudo que simboliza os hábitos do povo, que foram conservados através do tempo, como conhecimento passado de geração em geração, por meio de lendas, canções, mitos, hábitos (incluindo comidas e festas), utensílios, brincadeiras, enfeites. Folclore é ciência/estudo sociocultural que estuda a cultura espontânea do povo. Conjunto das tradições, crenças, conhecimentos populares expressos em lendas, canções, lendas, provérbios, brincadeiras, objetos, etc. Tudo aquilo que simboliza o que o povo faz, sendo conservado pelo tempo. Também chamado de cultura popular tradicional, o folclore é o conjunto de práticas, histórias, tradições e formas de pensar que pertence a um determinado povo, foi disseminado oralmente e resistiu ao tempo. É manifestação popular que possui um caráter oralidade, espontaneidade, aceitação coletiva e anonimato. A transmissão se dá de geração a geração. O estudo do Folclore brasileiro teve início com Amadeu Amaral (1875-1929), poeta, destacado pesquisador das coisas nacionais. Posteriormente, Nina Rodrigues, Figueiredo Pimentel, Câmara Cascudo e o sergipano Sílvio Romero, entre outros, muito contribuíram para o desenvolvimento do estudo do Folclore no Brasil. A partir de 1965, a data de 22 de agosto foi oficializada como dia do folclore. Silvio Romero O folclore sergipano é rico e diverso. Muitos grupos já extintos em outras localidades do Brasil ainda atuam de forma viva e alegre. Há uma preocupação constante na preservação dessas manifestações. Todos os anos é realizado o Encontro Cultural de Laranjeiras, reunindo folcloristas de todas as partes do
  3. 3. mundo. Laranjeiras, no mês de janeiro, é transformada na Capital Mundial do Folclore. Somente no final do Império e início do período republicano é que os nossos literatos e historiadores registram elementos da cultura popular em seu trabalho. As manifestações do folclore e do modo de vida sergipanos são assinaladas por Sílvio Romero em Contos Populares de Sergipe, de 1883, e por Clodomir Silva que escreveu Minha Gente — Costumes de Sergipe, em 1926. Alguns grupos fólcloricos que encontramos em Sergipe. Reisado Lambe Sujo Chegança Parafuso Taieira

×