Texto sobre corrupção

517 visualizações

Publicada em

Texto sobre corrupção

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
517
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto sobre corrupção

  1. 1. Lendo o portal www.terra.com do último dia 19 de março, na parte da Política, encontrei um texto de extrema importância - Veja 10 exemplos de corrupção no cotidiano do brasileiro. O ato enraizado na política é o assunto da vez. Mas será que a própria população não está se entregando ao imoral sem perceber? Diz o autor: “No último domingo1 , cerca de 1 milhão de brasileiros foram às ruas para clamar pelo fim da corrupção no meio político. Segundo pesquisa Datafolha divulgada, somente na cidade de São Paulo, 47% dos manifestantes foram para avenida Paulista para reclamar desse péssimo hábito enraizado no meio político. Classificada pela própria presidente Dilma Rousseff (PT) como uma “senhora idosa”, a corrupção, segundo ela, pode estar em todo lugar. Será que o brasileiro está realmente acostumado a cometer deslizes morais e éticos e talvez nem perceba quando está corrompendo ou sendo corrompido?” Discutir corrupção ou práticas corruptas nos levam a pensar sobre ética e moral. Ética seria “parte da filosofia responsável pela investigação dos princípios que motivam, distorcem, disciplinam ou orientam o comportamento humano, refletindo especialmente a respeito da essência das normas, valores, prescrições e exortações presentes em qualquer realidade social. Ética é conjunto de regras e preceitos de ordem valorativa e moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade. Ética é um conjunto de conhecimentos extraídos da investigação do comportamento humano ao tentar explicar as regras morais de forma racional.2 Ética diz respeito ao costume, aos hábitos dos homens. Relaciona-se as noções e aos princípios que sustentam as bases da moralidade social e da vida individual. De outra forma – “trata-se de uma reflexão sobre o valor das ações sociais consideradas tanto no âmbito coletivo como no âmbito individual”.3 Moral é o conjunto de regras aplicadas no cotidiano e usadas continuamente por cada cidadão. Essas regras orientam cada indivíduo, norteando as suas ações e os seus julgamentos sobre o que é moral ou imoral, certo ou errado, bom ou mau.4 Num linguajar objetivo, a finalidade da ética e da moral é muito semelhante. São ambas responsáveis por construir as bases que vão guiar a conduta do homem, determinando o seu caráter, altruísmo e virtudes, e por ensinar a melhor forma de agir e de se comportar em sociedade.5 Desta forma, a corrupção e ato corrupto relaciona-se com esta duas parte da filosofia – Ética e Moral. O referido portal procurou definir, primeiramente, o que é corrupção. Eis a definição: Definição da palavra "Corrupção". Foto: Arte Terra 1 Dia 15 de março de 2015. 2 http://www.significados.com.br/etica-e-moral/ 3 http://www.brasilescola.com/sociologia/o-que-etica.htm# 4 http://www.significados.com.br/etica-e-moral/ 5 http://www.significados.com.br/etica-e-moral/
  2. 2. Logo em seguida, o Terra preparou uma lista com os principais deslizes cometidos por muitos brasileiros em seu dia-a-dia. 1. Sonegação de imposto. Seja ele de qualquer tipo. Neste inicio de ano, o Imposto de Renda, esta fraude ou sonegação, tem causado um prejuízo de bilhões de reais ao governo federal. Perguntar Não ofende: quem “na hora de declarar aquela despesa”, não “costumam utilizar notas que não se enquadram ou tentam arranjar dependentes para que a mordida do leão seja mais leve”(?). Parte desse dinheiro poderia ou deveria ser utilizado para a construção de “estradas, hospitais e melhorar a infraestrutura do Brasil. A grana acabou indo pelo ralo pelas mãos da própria população”. 2. Carteirinha falsa. Desde os anos oitenta, já ouvia falar do uso de “carteirinha de estudante na compra de ingressos” mais barato. Hoje, pagando-se meia entrada. Afirma o portal, “Se você não tem, deve conhecer alguém que possui uma carteirinha de estudante falsificada. “O ingresso é muito caro”, dirão alguns, tentando justificar seu ato de corrupção. O fato é que a carteirinha falsa já se espalhou de tal maneira, que produtores de espetáculos praticamente dobraram o valor das entradas no Brasil para poder compensar o dinheiro perdido com as falsificações. Sendo assim, quem é honesto e não cria um documento falso acaba pagando valores absurdos por causa da indústria das carteirinhas”. 3. Venda e compra de CNH. Essa prática é uma das mais utilizadas Brasil a fora. É “uma das máfias mais conhecidas do brasileiro: a da compra de carteira de habilitação. Várias operações policiais já desmantelaram diversas quadrilhas especializadas em vender a carteira de motoristas. Os crimes vão desde a compra do documento até o pagamento do famoso “quebra” na hora da prova prática de direção”. 4. Fazer hora no trabalho. Essa prática corrupta, muitas vezes “pode passar despercebida, mas é capaz de movimentar milhões em hora extra e gastos desnecessários nas empresas. Não existe uma pesquisa medindo quanto se é gasto por hora não trabalhada dos funcionários, mas é fácil encontrar aquele colega que fica enrolando no café ou deixa passar a hora antes de bater o cartão para fugir daquele congestionamento”. 5. Pirataria. Os mais experientes devem lembrar da famosa “feira do Paraguai” ou “paraguaizinho”. Lembra-se de que ali tudo se vendia a comprava. Lembra-se da “barraquinha” de importados? Hoje os produtos não são mais do Paraguai. São made in China! Este “é um exemplo clássico de crime que está incorporado na sociedade brasileira. As vendas são feitas à luz do dia e sem o menor constrangimento, tanto para o vendedor quanto para o comprador. A mesma regra se aplica à cópia ilegal de músicas ou conteúdos com direitos autorais feitas pela internet”. 6 . Desrespeitando os outros. Andando um pouco pelas ruas e avenidas, estacionamento de hipermercados ou Shopping das cidades é muito fácil encontrar esta prática. Lembra-se de “aquela vaga de deficiente não é sua, a não ser que você tenha alguma deficiência, claro. É uma regra simples, mas facilmente ignorada em nosso País. Do mesmo modo que não é difícil encontrar idosos em pé no ônibus ou metrô enquanto jovens ocupam os lugares reservados para tirar aquele cochilo. Sem falar nas mães e pais que insistem em colocar crianças enormes, de 5 anos, por exemplo, no colo apenas para furar a fila no caixa preferencial.”. 7. Ganhando no troco. O individuo chama isto de esperteza. Vejam o exemplo: o operador do “caixa te dá um valor a mais em troco e você finge que está tudo certo e comemora a “sorte do dia”. A malandragem existente em nossa cultura pode fazer com que a “lei do mais esperto” transforme tudo em uma bola de neve”.
  3. 3. 8. Pagando um "cafezinho". Já viu alguém gostar mais de um "cafezinho" do que agente público corrupto? “Pode ser policial rodoviário, policial militar, delegado ou agente de trânsito. Se ele achar que está na hora de tomar aquela xícara de café, vai te pedir uma ajudinha. O "café" certamente será mais barato do que pagar pelo que você fez de errado. De novo, a lei do mais esperto entra em ação e muita gente se deixa corromper”. 9. "Contrabando Gourmet". Vejam só: seu amigo viaja, de férias ou a negócio para fora do país e você enchei-o de pedidos. “Me compra um Iphone 6 e finge que ele é seu, tira da caixa”. É um contrabando "gourmet", um pouco mais sofisticado do que já existe há décadas na velha fronteira com o Paraguai. Quem passa a perna na Receita Federal, muitas vezes, é tratado como herói no Brasil, quando deveria ser chamado de corrupto”. 10. Gatonet. Possivelmente, “muita gente já ouviu falar naquele aparelhinho mágico que “abre todos os canais da sua TV a cabo”. Basta pagar uma vez e pronto, você tem todos os canais livres para consumo. Se não rolar dessa maneira, tem o primo do amigo do irmão que trabalha na operadora de TV a cabo e consegue liberar tudo por uma quantia bem camarada. Mais uma vez, a corrupção entrando na casa de cada um”. Outros. Desvio de água e de eletricidade das operadoras. Voce conhece outras. Curta! Comente! Compartilhe!

×