A história de um anjo é baseada em parte na história de David Lambert inti-
tulada Earthward, Earthward, Messenger Bright ...
Aos meus parceiros de oração.
“No princípio era aquele que é a Palavra...
Aquele que é a Palavra tornou-se carne
e viveu entre nós.”
(João 1:1-14)
P r i m e i r a s p a l av r a s
9
Seres espirituais povoam as histórias bí-
blicas. Anjos cantam, demônios contaminam,
hospedeiros celestes lutam, os duen...
10
Max Lucado
as suas estratégias e os seus planos? Nós podemos
apenas imaginar.
Neste livro, eu fiz apenas isto. Impulsio...
11
A história de um anjo
Agradeço a Allen Arnold e ao WestBow
Team por manter o livro em circulação.
Tenha uma agradável l...
13
Gabriel.
O som da voz do meu Rei foi suficiente
para impulsionar meu coração. Larguei meu posto
na entrada e me dirigi ...
14
Max Lucado
— Você tem servido bem ao reino. Você é
um nobre mensageiro. Nunca vacilou em serviço.
Nunca lhe faltou prud...
15
A história de um anjo
— Apesar de vazio, este frasco em breve
irá conter meu maior presente. Coloque-o em
seu pescoço.
...
16
Max Lucado
A mão do Pai em meu ombro me parou.
— Não se preocupe, Gabriel. Ele não fará
mal algum.
Dei um passo para tr...
História de um anjo   max lucado - parcial
História de um anjo   max lucado - parcial
História de um anjo   max lucado - parcial
História de um anjo   max lucado - parcial
História de um anjo   max lucado - parcial
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História de um anjo max lucado - parcial

713 visualizações

Publicada em

Devocional

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
713
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História de um anjo max lucado - parcial

  1. 1. A história de um anjo é baseada em parte na história de David Lambert inti- tulada Earthward, Earthward, Messenger Bright que teve sua primeira aparição na edição de 1982 da Moody Monthly. Earthward, Earthward, Messenger Bright copyright © 1982, 1990, David Lambert. CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ L965h Lucado, Max, 1955- A história de um anjo: o primeiro Natal visto do céu/Max Lucado; tradução Érika Koblitz Essinger. - Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2008. Tradução de: An angel’s story ISBN 978-85-7860-015-0 1. Jesus Cristo - Natividade - Ficção. 2. Bíblia. N. T. - História de fatos bíblicos - Ficção. 3. Ficção religiosa. 4. Ficção americana. I. Essinger, Érika Koblitz. II. Título. 08-4313. CDD: 813 CDU: 821.111(73)-3 Título original: An Angel’s Story Copyright © 2002, 2004 por Max Lucado Edição original por Thomas Nelson, Inc. Todos os direitos reservados. Copyright da tradução © Thomas Nelson Brasil, 2008. Editor Responsável Supervisão Editorial Produtora Editorial Tradução Adaptação de capa e ilustração Copidesque Revisão Projeto gráfico e diagramação Nataniel dos Santos Gomes Clarisse de Athayde Costa Cintra Fernanda Silveira Érika Koblitz Essinger Valter Botosso Jr Sílvia Rebello Margarida Seltmann Magda de Oliveira Carlos Cascardo Cristina Loureiro de Sá Julio Fado Todos os direitos reservados à Thomas Nelson Brasil Rua Nova Jerusalém, 345 – Bonsucesso Rio de Janeiro – RJ – CEP 21402-325 Tel.: (21) 3882-8200 – Fax: (21) 3882-8212 / 3882-8313 www.thomasnelson.com.br
  2. 2. Aos meus parceiros de oração.
  3. 3. “No princípio era aquele que é a Palavra... Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós.” (João 1:1-14)
  4. 4. P r i m e i r a s p a l av r a s
  5. 5. 9 Seres espirituais povoam as histórias bí- blicas. Anjos cantam, demônios contaminam, hospedeiros celestes lutam, os duendes de Satã invadem. Ao ignorar os exércitos de Deus e de Satã, você ignora o coração da Bíblia. Desde quando Eva foi tentada pela serpente no Éden, sabemos que há mais neste mundo do que os olhos podem ver. Sabemos menos do que desejamos sobre esses seres. Qual a sua aparência, o seu número,
  6. 6. 10 Max Lucado as suas estratégias e os seus planos? Nós podemos apenas imaginar. Neste livro, eu fiz apenas isto. Impulsio- nado pela mensagem de David Lambert, eu tentei imaginar o conflito espiritual em torno da che- gada de Cristo. Certamente havia mais. Se Satã pudesse receber Cristo em seu nascimento, não teria havido Cristo na cruz. E você não acha que ele tentou? Eu também. O conflito era, sem dúvida, muito maior e mais dramático do que qualquer coisa que possamos imaginar. Mas de uma coisa nós podemos ter certeza: sabemos quem venceu. Porque sabemos que ele veio. Eu oro para que esta nova publicação de A história de um anjo impulsione você a se lembrar do grande poder e do grande amor de Deus.
  7. 7. 11 A história de um anjo Agradeço a Allen Arnold e ao WestBow Team por manter o livro em circulação. Tenha uma agradável leitura! MaX Lucado San Antonio, Texas – 2004
  8. 8. 13 Gabriel. O som da voz do meu Rei foi suficiente para impulsionar meu coração. Larguei meu posto na entrada e me dirigi à sala do trono. À minha es- querda estava a mesa onde ficava o Livro da Vida. À minha frente estava o trono de Deus Todo- poderoso. Entrei no círculo da luz incessante, cruzei minhas asas na minha frente para cobrir meu rosto e me ajoelhei diante dele. — Sim, meu Senhor?
  9. 9. 14 Max Lucado — Você tem servido bem ao reino. Você é um nobre mensageiro. Nunca vacilou em serviço. Nunca lhe faltou prudência. Curvei minha cabeça, me aquecendo naquelas palavras. — Tudo o que o Senhor pedir, eu farei por mil vezes, meu Rei — prometi. — Disto não tenho dúvidas, caro men- sageiro — sua voz simulou uma solenidade que eu nunca o havia ouvido usar. — Mas seu maior trabalho espera diante de você. Sua próxima desig- nação é levar um presente à Terra. Observe. Levantei meus olhos para ver um colar — um frasco transparente em uma corrente de ouro — oscilando em sua mão estendida. Meu Pai falou com determinação:
  10. 10. 15 A história de um anjo — Apesar de vazio, este frasco em breve irá conter meu maior presente. Coloque-o em seu pescoço. Estava prestes a pegá-lo quando uma voz irritante me interrompeu. — E que tesouro irá você enviar à Terra desta vez? Minhas costas se tensionaram àquele tom insolente, e meu estômago embrulhou diante do odor súbito. Tal odor pútrido só poderia vir de um único ser. Empunhei minha espada e me virei para lutar com Lúcifer.
  11. 11. 16 Max Lucado A mão do Pai em meu ombro me parou. — Não se preocupe, Gabriel. Ele não fará mal algum. Dei um passo para trás e encarei o inimigo de Deus. Ele estava completamente coberto. Uma batina negra pendia sobre sua carcaça esquelética, escondendo seu corpo e seus braços e encapuzando seu rosto. Os pés, protuberantes abaixo do manto, tinham três dedos e garras. A pele de suas mãos se assemelhava à de uma cobra. Garras se estendiam de seus dedos. Ele puxou o capuz de forma a escon- der mais o seu rosto, tentando assim proteger-se da luz, mas a claridade ainda o feria. Em busca de alí- vio, ele se virou para mim e eu captei o vislumbre de uma face cadavérica escondida no capelo. — O que você está olhando, Gabriel? — ele zombou. — Está feliz por me ver?

×