SlideShare uma empresa Scribd logo
O ARREBATAMENTO
Ministro do Evangelho
Pr. Jonas Freitas de Jesus
DA IGREJA
O ARREBATAMENTO DA IGREJA
O Arrebatamento da Igreja será, o glorioso cumprimento da
promessa do Jesus, de vir buscar o seu povo. Segundo as Escrituras
se dará “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última
trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão
incorruptíveis, e nós seremos transformados. 1 Coríntios 15:52”,
acontecerá de maneira repentina, portanto “Vigiai, pois, porque não
sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir. Mateus
25:13”.
Parousia – Literalmente Presença
Este dia será um dia de ressureição, redenção, recompensa,
glorificação, e de encontro com o majestoso REI de todo o universo.
Todas as demais doutrinas bíblicas convergem para este
grandioso EVENTO. E a partir deste acontecimento se desenrolará
uma sequencia de outros eventos escatológicos, como: O Tribunal
de Cristo, a grande tribulação, a segunda fase da vinda de Cristo, o
armagedom, a prisão se satanás por mil anos, o julgamento das
nações, o Milênio, a ultima revolta de satanás, o Grande Trono
branco, e o estado eterno ou dia da eternidade.
Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede
também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas;
se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos
lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra
vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu
estiver estejais vós também. João 14:1-3
E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia,
eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de
branco. Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que
estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi
recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu
o vistes ir. Atos 1:10,11
ETIMOLOGIA DA PALAVRA
ARREBATAMENTO
Arrebatamento: Do Grego harpazo
roubar, raptar, tirar à força, arrebatar.
“Sabendo, pois, Jesus que haviam de vir arrebatá-lo, para
o fazerem rei, tornou a retirar-se, ele só, para o monte.”
João 6:15
“Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são
as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o
lobo as arrebata e dispersa as ovelhas.” João 10:12
E, quando saíram da água, o Espírito do
Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais
o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu
caminho. Atos 8:39
“E disse: Coisa difícil pediste; se me vires quando for tomado de ti,
assim se te fará, porém, se não, não se fará. E sucedeu que, indo
eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de
fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num
redemoinho. O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai,
carros de Israel, e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, pegando
as suas vestes, rasgou-as em duas partes.” 2 Reis 2:10-12
Parousia: é um termo grego que significa "Presença",
"Aparecimento", "Advento", "Chegada". É a "vinda" de
alguém, a fim de "estar presente". Mt 24.3,27,37,39; 1 Co
15.23, 16.17; 2 Co 7.6-7; 10.10; Fp 1.26; 2.12; 1 Ts 2.19; 3.13;
4.15; 5.23; 2 Ts 2.1,8-9; Tg 5.7-8; 2 Pe 1.16; 3.4,12; 1 Jo
2.28.
ParousiaParousia – Literalmente Presença
A SAUDAÇÃO DA IGREJA PRIMITIVA
"Maranata!" (1Co 16.22): Provem de
três termos aramaicos –
Mar ("Senhor"),
ana ("nosso") e
tha ("vem") significa "Vem, nosso
Senhor
Epifania
"manifestação".
Epifania: este termo significa "manifestação".
Expressa a vinda de Cristo no fim da tribulação e
envolve o julgamento do mundo e do Anticristo. A
esperança dos crentes é colocada nessa
manifestação, quando esperam a recompensa e sem
recebidos por Cristo (1Tm 6.14; 2Tm 4.8).
O ARREBATAMENTO
O arrebatamento, por conseguinte, é retirada brusca, inesperada
e sobrenatural da Igreja deste mundo, a fim de que seja
transportada às regiões celestes, onde unir-se-á, eterna e
plenamente, com o Senhor Jesus.
O arrebatamento da Igreja marca o início do chamado “O Dia de
Cristo” (1ª Co 1.8; 2ª Co 1.14; Fp 1.6; 2ª Tm 4.8). Esse “dia” é
relacionado com a Igreja, e vai do arrebatamento da à revelação
de Cristo em glória. Este dia tem a ver com os galardões e bênçãos
a serem recebidas pela Igreja por ocasião da Sua vinda. “O Dia do
Senhor” ao contrário, associa-se com o julgamento
QUEM PARTICIPARA DO
ARREBATAMENTO?
Jesus virá para:
· Só para a Igreja (Mt 25.6).
· Levar Sua Igreja para Si (Jo 14.3 1ªTs 1.10).
· Consumar a Salvação dos Seus (Rm 13.11).
· Glorificar os Seus (Ef 5.27; Rm 8.17).
· Reconhecer publicamente os Seus (1ª Co 4.5).
· Recompensar a todos os fieis (Mt 16.27).
· Ser glorificado nos Seus (2ªTs 1.10a.).
· Ser admirado pelos Seus (2ªTs 1.10b.)
· Revelar mistérios que ora tanto nos intrigam (1ª Co 4.5).
Os santos arrebatados vão ao céu Os santos vêm à terra
Acontecimento iminente sem sinais Seguem sinais, inclusive a tribulação
A terra não é julgada A terra é julgada
Não mencionado no A.T. Predito várias vezes no Antigo
Testamento
Envolve apenas cristãos Afeta todos os homens
Nenhuma referência à Satanás Satanás é amarrado
Cristo vem para os Seus Cristo vem com os Seus
Ele vem nos ares (1Ts 4.17) Ele vem à terra (At 1.11; Zc 14.4,5)
Somente os Seus o vêem Todo olho O verá
Começa a Tribulação Começa o Milênio
PAROUSIA EPIFANIA
AS DUA FAZES DA 2ª VINDA DE CRISTO
2ª FASE1ª FASE
1- EM BELÉM - Ele veio como o Messias Salvador do mundo.
2- NOS ARES - Ele virá como o Noivo para a sua Igreja.
3- NO MONTE DAS OLIVEIRAS - Ele virá como Juiz e Rei, para
julgar as nações e estabelecer o seu reino milenar.
Considerando as distintas manifestações de Jesus na sua primeira e
segunda vinda, podemos dizer que:
1. Para fazer diferença entre o justo e o injusto (Pv
11.8).
2. Para recompensar os justos por todo trabalho
feito a Deus (Ap 22.12).
3. Para premiar os vitoriosos (p 3.5).
4. Para não deixar a Igreja na grande tribulação (1ªTs
1.10; 5.9; Ap 6.16-17).
5. Para vencer a morte (1ª Co 15.51-54).
O PORQUE DO ARREBATAMENTO
1. Num abrir e fechar de olhos (1ª Co 15.52). Num
momento (no gr. átomos), unidade indivisível do
tempo.
2. Será repentinamente. “Pois assim como o
relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente,
assim será também a vinda do Filho do Homem” (Mt
24.27)
3. Será o mesmo horário no planeta (Lc 17.34-36).
COMO SERÁ A VINDA DE JESUS?
Voz do arcanjo
Ressoada a trombeta de Deus, descerá o Senhor
Jesus dos céus com alarido e com voz de arcanjo (1ª Ts
4.16), Ele vem com Seu eficaz poder (Fl 3.20-21).
A participação do arcanjo será efetuada pela voz de
comando e chamamento, a qual será ouvida apenas
pelos remidos.
Naquele dia, quando o Senhor voltar para o
arrebatamento, os mortos em Cristo ouvirão a
voz de chamamento da trombeta do Senhor
pelo arcanjo, e “num abrir e fechar de olhos” (1
Co 15.51-52), estarão na presença do Senhor
nos ares, com corpos glorificados.
Os mortos em Cristo
A palavra “mortos” diz respeito aos santos que
ressuscitarão com corpos transformados em corpo
espiritual (soma pneumatikon), enquanto que, os
corpos dos ímpios permanecerão em suas sepulturas
ate o dia do Juízo Final (Ap 20.12). Assim como Cristo
ressuscitou corporalmente, também, os crentes
salvos ressuscitarão corporalmente (Lc 24.39; At
7.55,56).
Os mortos em Cristo
Os que estivermos vivos seremos transformados,
arrebatados e levados todos ao encontro do Senhor “nos
ares” (v. .17). Este poder abrange “duma extremidade a
outra”. Onde estiver um crente, até ali chegará o poder de
Deus, para arrebatá-los. O Senhor Jesus que não será
visto pelos habitantes da terra, estará nos ares, um
espaço acima das nuvens, esperando a Sua Igreja.
Transformação dos vivos
Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos
transformados. Pois a trombeta soará, e os mortos
ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
Pois convém que isto que é corruptível se revista da
incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da
imortalidade” (1ª Co 15.49-53). Corpo como dos anjos (Mt
22.30). Semelhante ao do Cristo ressurreto (1ª Jo 3.2). Livres
de limitações terrenas (Jo 20.19).
Num corpo incorruptível
1. Os que nasceram de novo. “Em verdade
em verdade te digo que quem não nascer de
novo, não pode ver o reino de Deus” (Jo 3.3).
QUEM SERÁ LEVADO
NO DIA DO ARREBATAMENTO?
“Assim também Cristo, oferecendo-se uma só vez, para
levar os pecados de muitos, aparecerá a segunda vez,
sem pecado, aos que o esperam para a salvação” (Hb
9.28). Na parábola das 10 virgens Jesus diz: “Chegou o
noivo. As virgens que estavam preparadas entravam
com Ele para as bodas. E fechou-se a porta” (Mt 25.10).
QUEM SERÁ LEVADO
NO DIA DO ARREBATAMENTO?
2. Os que esperam Jesus.
3. Os que lavaram as vestiduras
no sangue do Cordeiro
Bem-aventurados aqueles que guardam os
seus mandamentos, para que tenham direito à
árvore da vida, e possam entrar na cidade
pelas portas. Apocalipse 22:14
QUEM SERÁ LEVADO
NO DIA DO ARREBATAMENTO?
Desde agora, a coroa da justiça me está
guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará
naquele dia; e não somente a mim, mas
também a todos os que amarem a sua vinda.
2Timóteo 4:8
4. Os que amaram a vinda de Cristo
QUEM SERÁ LEVADO
NO DIA DO ARREBATAMENTO?
E qualquer que nele tem esta
esperança purifica-se a si mesmo,
como também ele é puro. 1 João 3:3
E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo;
e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam
plenamente conservados irrepreensíveis para a
vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
1Tessalonicenses 5:23
MARANATA
Ora vem
SENHOR JESUS!
E o Espírito e a esposa dizem:Vem. E quem
ouve, diga:Vem. E quem tem sede, venha; e
quem quiser, tome de graça da água da vida.
Apocalipse 22:17
PROXIMOS ASSUNTOS
OTRIBUNAL DE CRISTO
E
AS BODAS DO CORDEIRO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.
Márcio Martins
 
Apocalipse aula 20-08-2016
Apocalipse   aula 20-08-2016 Apocalipse   aula 20-08-2016
Apocalipse aula 20-08-2016
Daniel de Carvalho Luz
 
Disciplina de Escatologia
Disciplina de EscatologiaDisciplina de Escatologia
Disciplina de Escatologia
faculdadeteologica
 
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOSESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
EVANGELISTA SOARES
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
Márcio Martins
 
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Tribulação fim
Tribulação fimTribulação fim
Tribulação fim
Dagmar Wendt
 
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
Ramón Zazatt
 
70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL
ESTUDANTETEOLOGIA
 
O tribunal de cristo
O tribunal de cristoO tribunal de cristo
O tribunal de cristo
Pr. Gerson Eller
 
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulaçãoEscatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
Natalino das Neves Neves
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
Moisés Sampaio
 
A Grande Tribulação
A Grande TribulaçãoA Grande Tribulação
A Grande Tribulação
Márcio Martins
 
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIROLIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
BEMA - O Tribunal de Cristo
BEMA - O Tribunal de CristoBEMA - O Tribunal de Cristo
BEMA - O Tribunal de Cristo
Daniel de Carvalho Luz
 
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Escatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutórioEscatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutório
Viva a Igreja
 
O arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igrejaO arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igreja
7amigo521
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Escatologia_Parte1_IBADEP
Escatologia_Parte1_IBADEPEscatologia_Parte1_IBADEP
Escatologia_Parte1_IBADEP
Natalino das Neves Neves
 

Mais procurados (20)

A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.
 
Apocalipse aula 20-08-2016
Apocalipse   aula 20-08-2016 Apocalipse   aula 20-08-2016
Apocalipse aula 20-08-2016
 
Disciplina de Escatologia
Disciplina de EscatologiaDisciplina de Escatologia
Disciplina de Escatologia
 
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOSESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
 
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
EBD CPAD lições bíblicas 1°trimestre 2016 lição 1 Escatologia , o estudo das ...
 
Tribulação fim
Tribulação fimTribulação fim
Tribulação fim
 
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
U.XVI - O Milênio / novoCbic/2010
 
70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL70 SEMANAS DE DANIEL
70 SEMANAS DE DANIEL
 
O tribunal de cristo
O tribunal de cristoO tribunal de cristo
O tribunal de cristo
 
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulaçãoEscatologia  parte 2_ibadep_a grande tribulação
Escatologia parte 2_ibadep_a grande tribulação
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
 
A Grande Tribulação
A Grande TribulaçãoA Grande Tribulação
A Grande Tribulação
 
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIROLIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
 
BEMA - O Tribunal de Cristo
BEMA - O Tribunal de CristoBEMA - O Tribunal de Cristo
BEMA - O Tribunal de Cristo
 
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1°TRIMESTRE 2016 Lição 8 A grande tribulação.
 
Escatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutórioEscatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutório
 
O arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igrejaO arrebatamento da igreja
O arrebatamento da igreja
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
 
Escatologia_Parte1_IBADEP
Escatologia_Parte1_IBADEPEscatologia_Parte1_IBADEP
Escatologia_Parte1_IBADEP
 

Semelhante a Parousia o arrebatamento da igreja

A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.
Hamilton Souza
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate027 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate02
uili santana
 
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
DouglasDias358357
 
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
DouglasDias358357
 
A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011
A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011
A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011
Frederico Fonseca
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
Esdras Santana Soares
 
Escatologia part 2
Escatologia part 2Escatologia part 2
Escatologia part 2
Priscila Puga
 
Lição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPAD
Lição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPADLição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPAD
Lição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPAD
José Pereira
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Erberson Pinheiro
 
O arrebatamento da igreja lição 5
O arrebatamento da igreja   lição 5O arrebatamento da igreja   lição 5
O arrebatamento da igreja lição 5
ANTONIO CORDEIRO DA SILVA - ADORADOR
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja
Sandra Dias
 
Escatologia cap07
Escatologia cap07Escatologia cap07
Escatologia cap07
Vanessa Matuda
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
Jose Ventura
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologia
Rubens Bastos
 
Eventos escatolottt
Eventos escatolotttEventos escatolottt
Eventos escatolottt
Francisco Gil Morais Tomas
 
Lição 12 acontecimentos futuros
Lição 12   acontecimentos futurosLição 12   acontecimentos futuros
Lição 12 acontecimentos futuros
ajcm3110
 
A Plenitude do Reino de Deus
A Plenitude do Reino de DeusA Plenitude do Reino de Deus
A Plenitude do Reino de Deus
CONTATO Gráfica e Camisetas
 
Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10
Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10
Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10
Cristiano Pegoraro
 
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
Pespectiva sobre a volta de jesus   01Pespectiva sobre a volta de jesus   01
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
Jigdalias Rodrigues
 
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
Pespectiva sobre a volta de jesus   01Pespectiva sobre a volta de jesus   01
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
Jigdalias Rodrigues
 

Semelhante a Parousia o arrebatamento da igreja (20)

A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate027 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02-141122212821-conversion-gate02
 
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
 
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
 
A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011
A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011
A Plenitude do Reino de Deus - Aula EBD - Lição 13 | 25 de setembro de 2011
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
 
Escatologia part 2
Escatologia part 2Escatologia part 2
Escatologia part 2
 
Lição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPAD
Lição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPADLição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPAD
Lição 11 - A Segunda Vinda de Cristo - CPAD
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
 
O arrebatamento da igreja lição 5
O arrebatamento da igreja   lição 5O arrebatamento da igreja   lição 5
O arrebatamento da igreja lição 5
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja
 
Escatologia cap07
Escatologia cap07Escatologia cap07
Escatologia cap07
 
Escatologia
EscatologiaEscatologia
Escatologia
 
Apostila de escatologia
Apostila de escatologiaApostila de escatologia
Apostila de escatologia
 
Eventos escatolottt
Eventos escatolotttEventos escatolottt
Eventos escatolottt
 
Lição 12 acontecimentos futuros
Lição 12   acontecimentos futurosLição 12   acontecimentos futuros
Lição 12 acontecimentos futuros
 
A Plenitude do Reino de Deus
A Plenitude do Reino de DeusA Plenitude do Reino de Deus
A Plenitude do Reino de Deus
 
Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10
Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10
Ebd 2015 daniel - 25 abr - aula 10
 
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
Pespectiva sobre a volta de jesus   01Pespectiva sobre a volta de jesus   01
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
 
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
Pespectiva sobre a volta de jesus   01Pespectiva sobre a volta de jesus   01
Pespectiva sobre a volta de jesus 01
 

Mais de jonasfreitasdejesus

04 as bodas do cordeiro 002
04   as bodas do cordeiro 00204   as bodas do cordeiro 002
04 as bodas do cordeiro 002
jonasfreitasdejesus
 
As Bodas do Cordeiro
As Bodas do CordeiroAs Bodas do Cordeiro
As Bodas do Cordeiro
jonasfreitasdejesus
 
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
jonasfreitasdejesus
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
jonasfreitasdejesus
 
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo   o caminho do mestreTreinamento de evangelismo   o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
jonasfreitasdejesus
 
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia   pr. jonas freitas de jesusBibliologia   pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
jonasfreitasdejesus
 
Missoes
MissoesMissoes
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deusUsos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
jonasfreitasdejesus
 
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
jonasfreitasdejesus
 
Missões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um MissionárioMissões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um Missionário
jonasfreitasdejesus
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
jonasfreitasdejesus
 
Reunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do CaririReunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do Cariri
jonasfreitasdejesus
 

Mais de jonasfreitasdejesus (12)

04 as bodas do cordeiro 002
04   as bodas do cordeiro 00204   as bodas do cordeiro 002
04 as bodas do cordeiro 002
 
As Bodas do Cordeiro
As Bodas do CordeiroAs Bodas do Cordeiro
As Bodas do Cordeiro
 
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
 
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo   o caminho do mestreTreinamento de evangelismo   o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
 
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia   pr. jonas freitas de jesusBibliologia   pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
 
Missoes
MissoesMissoes
Missoes
 
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deusUsos e costmes defendidos pela igreja  a assembleia de deus
Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus
 
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
 
Missões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um MissionárioMissões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um Missionário
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
 
Reunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do CaririReunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do Cariri
 

Último

Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 

Último (18)

Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 

Parousia o arrebatamento da igreja

  • 1. O ARREBATAMENTO Ministro do Evangelho Pr. Jonas Freitas de Jesus DA IGREJA
  • 2. O ARREBATAMENTO DA IGREJA O Arrebatamento da Igreja será, o glorioso cumprimento da promessa do Jesus, de vir buscar o seu povo. Segundo as Escrituras se dará “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 1 Coríntios 15:52”, acontecerá de maneira repentina, portanto “Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir. Mateus 25:13”. Parousia – Literalmente Presença Este dia será um dia de ressureição, redenção, recompensa, glorificação, e de encontro com o majestoso REI de todo o universo. Todas as demais doutrinas bíblicas convergem para este grandioso EVENTO. E a partir deste acontecimento se desenrolará uma sequencia de outros eventos escatológicos, como: O Tribunal de Cristo, a grande tribulação, a segunda fase da vinda de Cristo, o armagedom, a prisão se satanás por mil anos, o julgamento das nações, o Milênio, a ultima revolta de satanás, o Grande Trono branco, e o estado eterno ou dia da eternidade.
  • 3. Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. João 14:1-3 E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco. Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir. Atos 1:10,11 ETIMOLOGIA DA PALAVRA ARREBATAMENTO Arrebatamento: Do Grego harpazo roubar, raptar, tirar à força, arrebatar. “Sabendo, pois, Jesus que haviam de vir arrebatá-lo, para o fazerem rei, tornou a retirar-se, ele só, para o monte.” João 6:15 “Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas.” João 10:12 E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho. Atos 8:39 “E disse: Coisa difícil pediste; se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará, porém, se não, não se fará. E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho. O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel, e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, pegando as suas vestes, rasgou-as em duas partes.” 2 Reis 2:10-12
  • 4. Parousia: é um termo grego que significa "Presença", "Aparecimento", "Advento", "Chegada". É a "vinda" de alguém, a fim de "estar presente". Mt 24.3,27,37,39; 1 Co 15.23, 16.17; 2 Co 7.6-7; 10.10; Fp 1.26; 2.12; 1 Ts 2.19; 3.13; 4.15; 5.23; 2 Ts 2.1,8-9; Tg 5.7-8; 2 Pe 1.16; 3.4,12; 1 Jo 2.28. ParousiaParousia – Literalmente Presença
  • 5. A SAUDAÇÃO DA IGREJA PRIMITIVA "Maranata!" (1Co 16.22): Provem de três termos aramaicos – Mar ("Senhor"), ana ("nosso") e tha ("vem") significa "Vem, nosso Senhor
  • 6. Epifania "manifestação". Epifania: este termo significa "manifestação". Expressa a vinda de Cristo no fim da tribulação e envolve o julgamento do mundo e do Anticristo. A esperança dos crentes é colocada nessa manifestação, quando esperam a recompensa e sem recebidos por Cristo (1Tm 6.14; 2Tm 4.8).
  • 7.
  • 8. O ARREBATAMENTO O arrebatamento, por conseguinte, é retirada brusca, inesperada e sobrenatural da Igreja deste mundo, a fim de que seja transportada às regiões celestes, onde unir-se-á, eterna e plenamente, com o Senhor Jesus. O arrebatamento da Igreja marca o início do chamado “O Dia de Cristo” (1ª Co 1.8; 2ª Co 1.14; Fp 1.6; 2ª Tm 4.8). Esse “dia” é relacionado com a Igreja, e vai do arrebatamento da à revelação de Cristo em glória. Este dia tem a ver com os galardões e bênçãos a serem recebidas pela Igreja por ocasião da Sua vinda. “O Dia do Senhor” ao contrário, associa-se com o julgamento
  • 9. QUEM PARTICIPARA DO ARREBATAMENTO? Jesus virá para: · Só para a Igreja (Mt 25.6). · Levar Sua Igreja para Si (Jo 14.3 1ªTs 1.10). · Consumar a Salvação dos Seus (Rm 13.11). · Glorificar os Seus (Ef 5.27; Rm 8.17). · Reconhecer publicamente os Seus (1ª Co 4.5). · Recompensar a todos os fieis (Mt 16.27). · Ser glorificado nos Seus (2ªTs 1.10a.). · Ser admirado pelos Seus (2ªTs 1.10b.) · Revelar mistérios que ora tanto nos intrigam (1ª Co 4.5).
  • 10. Os santos arrebatados vão ao céu Os santos vêm à terra Acontecimento iminente sem sinais Seguem sinais, inclusive a tribulação A terra não é julgada A terra é julgada Não mencionado no A.T. Predito várias vezes no Antigo Testamento Envolve apenas cristãos Afeta todos os homens Nenhuma referência à Satanás Satanás é amarrado Cristo vem para os Seus Cristo vem com os Seus Ele vem nos ares (1Ts 4.17) Ele vem à terra (At 1.11; Zc 14.4,5) Somente os Seus o vêem Todo olho O verá Começa a Tribulação Começa o Milênio PAROUSIA EPIFANIA AS DUA FAZES DA 2ª VINDA DE CRISTO 2ª FASE1ª FASE
  • 11. 1- EM BELÉM - Ele veio como o Messias Salvador do mundo. 2- NOS ARES - Ele virá como o Noivo para a sua Igreja. 3- NO MONTE DAS OLIVEIRAS - Ele virá como Juiz e Rei, para julgar as nações e estabelecer o seu reino milenar. Considerando as distintas manifestações de Jesus na sua primeira e segunda vinda, podemos dizer que:
  • 12. 1. Para fazer diferença entre o justo e o injusto (Pv 11.8). 2. Para recompensar os justos por todo trabalho feito a Deus (Ap 22.12). 3. Para premiar os vitoriosos (p 3.5). 4. Para não deixar a Igreja na grande tribulação (1ªTs 1.10; 5.9; Ap 6.16-17). 5. Para vencer a morte (1ª Co 15.51-54). O PORQUE DO ARREBATAMENTO
  • 13. 1. Num abrir e fechar de olhos (1ª Co 15.52). Num momento (no gr. átomos), unidade indivisível do tempo. 2. Será repentinamente. “Pois assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do Homem” (Mt 24.27) 3. Será o mesmo horário no planeta (Lc 17.34-36). COMO SERÁ A VINDA DE JESUS?
  • 14. Voz do arcanjo Ressoada a trombeta de Deus, descerá o Senhor Jesus dos céus com alarido e com voz de arcanjo (1ª Ts 4.16), Ele vem com Seu eficaz poder (Fl 3.20-21). A participação do arcanjo será efetuada pela voz de comando e chamamento, a qual será ouvida apenas pelos remidos.
  • 15. Naquele dia, quando o Senhor voltar para o arrebatamento, os mortos em Cristo ouvirão a voz de chamamento da trombeta do Senhor pelo arcanjo, e “num abrir e fechar de olhos” (1 Co 15.51-52), estarão na presença do Senhor nos ares, com corpos glorificados. Os mortos em Cristo
  • 16. A palavra “mortos” diz respeito aos santos que ressuscitarão com corpos transformados em corpo espiritual (soma pneumatikon), enquanto que, os corpos dos ímpios permanecerão em suas sepulturas ate o dia do Juízo Final (Ap 20.12). Assim como Cristo ressuscitou corporalmente, também, os crentes salvos ressuscitarão corporalmente (Lc 24.39; At 7.55,56). Os mortos em Cristo
  • 17. Os que estivermos vivos seremos transformados, arrebatados e levados todos ao encontro do Senhor “nos ares” (v. .17). Este poder abrange “duma extremidade a outra”. Onde estiver um crente, até ali chegará o poder de Deus, para arrebatá-los. O Senhor Jesus que não será visto pelos habitantes da terra, estará nos ares, um espaço acima das nuvens, esperando a Sua Igreja. Transformação dos vivos
  • 18. Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados. Pois a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Pois convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade” (1ª Co 15.49-53). Corpo como dos anjos (Mt 22.30). Semelhante ao do Cristo ressurreto (1ª Jo 3.2). Livres de limitações terrenas (Jo 20.19). Num corpo incorruptível
  • 19. 1. Os que nasceram de novo. “Em verdade em verdade te digo que quem não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (Jo 3.3). QUEM SERÁ LEVADO NO DIA DO ARREBATAMENTO?
  • 20. “Assim também Cristo, oferecendo-se uma só vez, para levar os pecados de muitos, aparecerá a segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para a salvação” (Hb 9.28). Na parábola das 10 virgens Jesus diz: “Chegou o noivo. As virgens que estavam preparadas entravam com Ele para as bodas. E fechou-se a porta” (Mt 25.10). QUEM SERÁ LEVADO NO DIA DO ARREBATAMENTO? 2. Os que esperam Jesus.
  • 21. 3. Os que lavaram as vestiduras no sangue do Cordeiro Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. Apocalipse 22:14 QUEM SERÁ LEVADO NO DIA DO ARREBATAMENTO?
  • 22. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda. 2Timóteo 4:8 4. Os que amaram a vinda de Cristo QUEM SERÁ LEVADO NO DIA DO ARREBATAMENTO?
  • 23. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. 1 João 3:3
  • 24. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 1Tessalonicenses 5:23
  • 25. MARANATA Ora vem SENHOR JESUS! E o Espírito e a esposa dizem:Vem. E quem ouve, diga:Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. Apocalipse 22:17
  • 26. PROXIMOS ASSUNTOS OTRIBUNAL DE CRISTO E AS BODAS DO CORDEIRO