Batismo em aguas

2.248 visualizações

Publicada em

O ato de ser batizado nas águas, corresponde sem duvida, obedecer uma das mais importantes ordenanças da Bíblia Sagrada, e trás consigo uma gama de significados, que veremos neste estudo, visando uma maior compreensão quanto o cumprimento da vontade de Deus para as nossas vidas. O “BATISMO” simboliza os atos redentores de Cristo; IMERSÃO (morte); SUBMERSÃO (sepultamento); EMERSÃO (ressurreição).

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.248
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
179
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Batismo em aguas

  1. 1. Rio Jordão “Batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;” Mt28:19
  2. 2. INTRODUÇAO O ato de ser batizado nas águas, corresponde sem duvida, obedecer uma das mais importantes ordenanças da Bíblia Sagrada, e trás consigo uma gama de significados, que veremos neste estudo, visando uma maior compreensão quanto o cumprimento da vontade de Deus para as nossas vidas. O “BATISMO” simboliza os atos redentores de Cristo; IMERSÃO (morte); SUBMERSÃO (sepultamento); EMERSÃO (ressurreição).
  3. 3. “SINAL OU MEMORIAL” SEMPRE QUE DEUS FIRMA UM CONCERTO COM O SEU POVO ELE LHES DÁ UM SINAL, PARA NOÉ DEUS DEU O ARCO-ÍRIS POR SINAL E MEMORIAL DE SUA PROMESSA (Gn 9.13). Para Abraão. A circuncisão seria um sinal e selo do concerto que Deus fez com Abraão e seus descendentes (Gn 17.11); Para O “NAZIREU” (hb. Nazir de nazar, “Por á parte”). Devia deixar seu cabelo crescer até ficar comprido, como um sinal visível da sua separação para senhor (Nm 6.5); Para o Cristão Deus deu dois ritos ou atos simbólicos, o batismo e a Santa Ceia (Mt 26. 26- 29; Mt 28.19).
  4. 4. SIMBOLISMO Quanto ao batismo Cristão, simboliza principalmente duas grandes verdades: IDENTIFICAÇÃO E PURIFICAÇÃO. Pelo batismo de João os Judeus inclusive o próprio JESUS, identificavam-se com a atitude que João a apregoava, com relação ao pecado e a Justiça. Pelo batismo cristão identificamo-nos, pela fé, morte e ressurreição com ele (Rm 6.1-5). Assim o batismo simboliza identificação e purificação.
  5. 5. SIMBOLISMO Porém temos ainda outros simbolismo – Identificação (Mt 3.15; Rm 6.4; 1Co 10.2; Ef 4.5); Purificação dos pecados (At 2.38; 22.16); Revestir-se de cristo (Cl 2.12); Livramento (1Pe 3.21); Sepultamento na morte (Rm 6.4). Porém, todos estes atos precisam ser atualizados na vida moral e espiritual do Cristão.
  6. 6. DEFINIÇÃO DE BATISMO O Termo como aparece na Bíblia significa claramente “mergulhar”, “imergir” (gr. Baptizo). Era usado na antiga literatura não Cristã, para indicar “mergulhar”, a “afundar” “empapar”, “avassalar”. Outrossim, note-se o seguinte: João Batista estava batizando em Enom, porque “havia ali muitas águas” (Jo 3.23)
  7. 7. DEFINIÇÃO DE BATISMO O vocábulo traduzido por batismo, e batizar, no Novo Testamento ocorre 105 vezes; as formas verbais, “Baptizo” (79 vezes) e substantiva “Baptisma” (22 vezes); “Baptismos” (4 vezes).
  8. 8. BATISMO – Tipos no A. Testamento O apóstolo Pedro compara o batismo a Noé e sua família, que atravessaram são e salvo o dilúvio, estando na arca (1 Pe 3.20,21). Eliseu mandou Naamã lavar-se nas águas turvas do rio Jordão como uma simples demonstração de humildade, de fé, e de obediência ( 2 Rs 5.10 ). Este trecho aponta profeticamente para Cristo, o prometido Messias, assim como o batismo em águas, que nos fala de arrependimento e obediência a Cristo.
  9. 9. BATISMO – Tipos no A. Testamento No dia da Expiação o Sumo Sacerdote, vestia as vestes sagradas, e de inicio preparava-se mediante um banho cerimonial com água, “Por isso, banhará a sua carne na água”... ( Lv 16.4 ). Apontado para o Cristo que havia de vir (Mt 3.13). “Jesus, porém, respondendo, disse-lhe: Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a Justiça”... (Mt 3.15). TENDO A LEI A SOMBRA DOA BENS FUTUROS E... (HB 10.1). SÃO SOMBRAS DAS COISAS FUTURAS... (Cl 2.17).
  10. 10. O BATISMO EM ÁGUA NO CONTEXTO BÍBLICO O Livro de atos registra o batismo de quase 3.000 conversos no dia de pentecostes (At 2.41); homens e mulheres de Samaria (8.12-16); Simão o mágico (também em Samaria) (8.13); o Eunuco etíope (8.36,38); Paulo de tarso (9.18; 22.16); Cornélio seus parente e amigos íntimos (10.47-48); Lídia e toda a sua casa (16.15) e o carcereiro de Felipos e todos os seus (16.33); muitos Coríntios (18.8); alguns discípulos, uns doze homens, em Éfeso (19.5).
  11. 11. A FÓRMULA DO BATISMO Os adeptos das seitas unicistas batizam só em nome de Jesus. É um desvio da palavra de Deus. A fórmula determinada por Jesus foi “em nome do Pai , e do Filho, e do Espírito Santo ” (Mt 28.19).
  12. 12. IMERSÃO OU ASPERSÃO ? A imersão transmite o pleno significado de passagens como Romanos 6.1-4, onde a descida ás águas simboliza a morte para o pecado, e o sair da água, a nova vida em cristo. Algumas denominações tomam Ezequiel 36.25, que mostra Deus aspergindo água limpa sobre a restaurada nação de Israel, como fundamento para o batismo por aspersão. Entretanto a palavra grega baptizo significa literalmente “mergulhar”, “imergir”.
  13. 13. IMERSÃO OU ASPERSÃO ? Quando Jesus foi batizado, lemos: “logo que saiu da água” (Mc 1.10). Quando Felipe batizou o eunuco etíope, “desceram ambos á água”. Ato contínuo, “saíram da água” (At 8.38,39). Todos estes detalhes apontam conclusivamente para imersão como o verdadeiro modo de batismo. Recentemente, arqueólogos encontraram nos mais antigos edifícios que serviam de igrejas pertencentes ao século II – tanques batismais para imersão... (Doutrinas Bíblicas – William W. Menzies, Stanley M. Horton. Extraído).
  14. 14. O BATISMO DE JESUS Jesus foi batizando por João Batismo pelas seguintes razões: (1) Para ”Cumprir toda a justiça (Mt 3.15, Lv 16.4; Gl 4.4,5). Cristo mediante o batismo, consagrou-se publicamente a Deus , e assim cumpriu a justiça exigida por Deus. (2) Para identificar – se com o pecador – embora o próprio Jesus não precisasse de arrependimento de pecados (2 Co 5.21; 1 Pe 2.24). (3) Para associar-se com o novo movimento da parte de Deus, pelo qual ele chamava todos ao arrependimento. Este movimento teve início com João Batista como o precursor do Messias (Jo 12, 32.33) ”.
  15. 15. TIPOS DE BATISMO Batismo Infantil... A criança é inocente e não tem responsabilidade alguma diante de Deus. Ela não tem ainda capacidade de amar e aborrecer a Deus; a QUESTÃO DELAS Jesus já resolveu: “deixai vir os pequeninos a mim e não os impeçais, porque dos tais é o reino de Deus (Mt 19.14; Mc 10.14).
  16. 16. TIPOS DE BATISMO Batismo Infantil... O batismo exige profissão de fé (At 8.37); oração (At 22.16) e voto de consagração (1 Pe 3.21). A criança não é capaz de realizar esses três requisitos. Os pais não podem fazer isso por elas, pois a salvação é individual. (Ez. 18.20). Não existe na Bíblia um caso sequer de batismo infantil. Jesus foi batizado com quase trinta anos de idade (Lc 3.23)”.
  17. 17. BATISMO PELOS MORTOS QUE batismo é este? Estas palavras equivale dizer: Os que se batizam por causa dos mortos. Isso se refere a certos crentes de Corintos que seguindo o ensino de falsos mestres, se batizavam para se reencontra na vida futura com seus amigos familiares cristãos. Isso, além de antibíblico, era inútil, “se os mortos não ressuscitam ” , como diziam esses falsos mestres (1 Co vv. 12,15-17 c. 15), se os mortos não ressuscitam é vã a vossa fé, v. 17.
  18. 18. BATISMO COM QUE SOU BATIZADO Batismo com que eu sou batizado (Mc 10.38); Jesus falava aqui de sua morte; só no sentido mais lato (extenso; dilatado; largo; amplo) da palavra é que os discípulos podem morrer e sofrer como Cristo o fez (At 12.2 e Ap 1.9); o batismo também pode significar sofrer a ira de Deus ( Sl 69.15). Em Sl 23.5; 75-8; Is 51.17; o cálice significa a experiência que Deus dá aos homens. Mc 14.36 e Lc 15.30. Mostram que Jesus, aqui, fala de sua morte.
  19. 19. BATISMO NÃO SALVA As congregações cristãs no Brasil usam a passagem de Atos 2.38 para justificar a doutrina medieval de que as águas do batismo têm propriedades miraculosas para purificar pecados. O apóstolo Paulo delimitou com muita propriedade o batismo do Evangelho (1 Co 1.14-17); ele era contra a forma externa bem típica do judaísmo. A Salvação é pela graça (Ef 2.8,8). Ou seja: é um ato de graça de Deus (Tt 3.5), enquanto que o batismo em água é o sinal de arrependimento (At 2.38).
  20. 20. Conclusão A doutrina do batismo nas águas por imersão é inteiramente comprovada pela exegese do próprio nome “Batismo” que em sua etimologia significa: “Imergir” “Mergulhar”, bem como pela arqueologia Bíblica, que nos prova que nos locais de cultos da era primitiva existiam tanques batismais, além de muitos fatos e provas encontradas nas escrituras Sagradas, como já vimos no presente estudo, no caso do Eunuco etíope que foi batizado por Filipe, e o próprio João Batista, Batizava em Enom por que ali havia muitas águas.
  21. 21. ...Jesus, falou-lhes, dizendo:.... “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”. Mateus 28:19-20 Fim
  22. 22. - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Pr. Jonas Freitas de Jesus Rio Jordão

×