SlideShare uma empresa Scribd logo
Princípio
• “Ato de principiar”. Causa primeira. Origem.
Razão fundamental. Elemento que predomina
na constituição de um corpo organizado. Ex.:
Princípio da vida. Convicção. (Grande
Dicionário Ilustrado – Novo Brasil. Ed. 1979).
• “Começo. Causa, Origem. Razão fundamental.
Base. Preceito. Regra”. (Dicionário Álvaro
Magalhães – E. Globo).
• Princípios são bases estabelecidas por
Deus para orientação da sociedade
humana, que estabelecem parâmetros,
dentro dos quais o homem é aceito e se
relaciona com o Criador.
• “Regras fundamentais e gerais de qualquer
ciência ou arte. Ex.: Princípios
fundamentais das Ciências, da Química, da
Matemática, da Filosofia, …da Religião”.
Tradição
É a transmissão de ensinos, práticas, crenças de uma
cultura de uma geração a outra. A palavra grega
para tradição é paradosis, usada no sentido negativo
(Mt 15.2; Gl 1.14); e também no sentido positivo (2 Ts
2.15). Quando se coloca a tradição acima da Bíblia ou
em pé de igualdade com ela a tradição assume uma
conotação negativa. Disse alguém: “Tradição é a fé
viva dos que agora estão mortos, e tradicionalismo é
a fé morta dos que agora estão vivos”.
Tradição
Quando afirmamos que temos as nossas tradições,
não estamos com isso dizendo que os nossos usos e
costumes tenham a mesma autoridade da Palavra de
Deus, mas que são bons costumes que devem ser
respeitados por questão de identidade de nossa
igreja. Temos quase 90 anos, somos um povo que
tem história, identidade definida, e acima de tudo,
nossos costumes sãos saudáveis. Deus nos trouxe até
aqui da maneira que nós somos e assim, cremos, que
sem dúvida alguma ele nos levará até ao fim.
• A doutrina bíblica gera bons costumes, mas bons
costumes não geram doutrina bíblica. Igrejas há
que têm um somatório imenso de bons costumes,
mas quase nada de doutrina. Isso é muito perigoso!
Seus membros naufragam com facilidade por não
terem o lastro espiritual da Palavra”.
• A palavra grega usada para “doutrina” no NT é
didache, que segundo o Diccionario Conciso Griego
– Español del Nuevo Testamento, siginfica: “o que
se ensina, ensino, ação de ensinar, instrução”.
Doutrina
• “Ato de ensino, instrução Rm 12.7; 15.4; 2 Tm 3.16.
Num sentido passivo = aquilo que é ensinado,
instrução, doutrina Mc 7.7; Cl 2.22; 1 Tm 1.10; 4.6; 2 Tm
3.10; Tt 1.9)”; e didache: “ensino como atividade,
instrução Mc 4.2; 1 Co 14.6; 2 Tm 4.2. Em um sentido
passivo = o que é ensinado, ensino, instrução Mt 16.12;
Mc 1.27; Jo 7.16s; Rm 16.17; Ap 2.14s, 24. Os aspectos
ativo e passivo podem ser denotados em Mt 7.28; Mc
11.18; Lc4.32”.
Doutrina
• Segundo a Pequena Enciclopédia Bíblica, Orlando
Boyer, doutrina é “tudo o que é objeto de ensino;
dïsciplina”. (Vida, S. Paulo, 1999, p. 211).
Doutrina
• À luz da Bíblia, doutrina é o ensino bíblico normativo
terminante, final, derivado das Sagradas Escrituras, como
regra de fé e prática de vida, para a Igreja, para seus
membros, vista na Bíblia como expressão prática na vida do
crente, e isso inclui as práticas, usos e costumes.
• Elas são santas, divinas, universais e imutáveis.
Costume
A Pequena Enciclopédia Bíblica, Orlando Boyer,
define costume como “Uso, prática geralmente
observada”. (p. 169). As palavras gregas usadas para
“costume são ethos (Lc 2.42; Hb 10.25) e synetheia (Jo
18.19; 1 Co 8.7; 11.16).A primeira, de onde vem a
palavra “ética”, significa costume com sentido de
“lei, uso” (Lc 1.9). Não é biblicamente correto usar
doutrina e costume como se fosse a mesma coisa. O
costume é “Prática habitual. Modo de proceder.
• Jurisprudência baseada em uso; particularidade;
moda; trajo característico, procedimento; modo de
viver”.
• Os costumes visto pela ótica cristã, são linhas
recomendáveis de comportamento. Estão ligados
ao bom testemunho do crente perante o mundo.
Estão colocados no contexto temporal, não estão
comprometidos diretamente com a salvação.
Costume
1. Ter os homens cabelos crescidos (1 Co 11.14), bem
como fazer cortes extravagantes;
“sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus –
a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes
desde o início desta Igreja no Brasil”.
Ou não vos ensina a mesma natureza
que é desonra para o homem ter
cabelo crescido?
1 Coríntios 11:14
2. As mulheres usarem roupas que são peculiares aos
homens e vestimentas indecentes e indecorosas, ou
sem modéstias (1 Tm 2.9, 10);
“sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus
– a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes
desde o início desta Obra no Brasil”.
Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em
traje honesto, com pudor e modéstia, não com
tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos
Preciosos, Mas (como convém a mulheres que fazem
profissão de servir a Deus) com boas obras.
1 Timóteo 2:9-10
"Que tipo de vestimenta eu devo usar?"
Há cinco perguntas que precisamos fazer a
vocês para responder à pergunta:
1) Isto é usado pelo sexo oposto?
Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá
o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz
isto, abominação é ao Senhor teu Deus.
Deuteronômio 22:5
Deuteronômio 22.5 nos diz que: Deus quer que
homens e mulheres se pareçam diferentes.
Consequentemente, cada um de nós não deve vestir
roupa que pode ser usada pelo sexo oposto.
"Que tipo de vestimenta eu devo usar?"
Há cinco perguntas que precisamos fazer a
vocês para responder à pergunta:
Na revista Family Weekly, eles têm uma seção de perguntas e
respostas do tipo falsas ou verdadeiras.
Pergunta: O que você transmite sem palavras tem mais efeito
nas pessoas do que o que você diz?
Resposta: Isto é verdade...
Pergunta: As pessoas usam roupas como um meio de se
comunicar com os outros?
Resposta: Verdade. Estudos psicológicos da University of
Newcastle, na Inglaterra, têm demonstrado que as pessoas usam
roupas para dizer aos outros o que elas querem que eles creiam
sobre elas.
Aqui está um artigo na revista McCall’s entitulado
"O Que O Seu Comportamento Íntimo Diz Sobre
Você." Ele pode ser ofensivo para alguns, mas as
palavras não são nem de perto tão ofensivas como
o modo de algumas pessoas se vestirem. Nós
necessitamos ser honestos e francos sobre esta
coisa. Não é ser vulgar, mas sincero. O autor diz:
“As pernas femininas têm também sido o assunto de
considerável interesse masculino como sendo um
mecanismo de sinalização sobre comportamento
sexual. A mera exposição de um pedaço da perna tem
sido suficiente para transmitir sinais sexuais. É
desnecessário dizer que quanto mais extensa for a
exposição das pernas, mais estimulante ela se torna
pela simples razão de que ela então se aproxima da
primária zona genital”
"Que tipo de vestimenta eu devo usar?"
Há cinco perguntas que precisamos fazer a
vocês para responder à pergunta:
E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro com
enfeites de prostituta, e astúcia de coração.
Provérbios 7:10
Então ela tirou de sobre si os vestidos da sua viuvez e
cobriu-se com o véu, e envolveu-se, e assentou-se à
entrada das duas fontes que estão no caminho de
Timna, porque via que Selá já era grande, e ela não
lhe fora dada por mulher. E vendo-a Judá, teve-a por
uma prostituta, porque ela tinha coberto o seu rosto.
Gênesis 38:14-15
O que diz a Bíblia?
"Que tipo de vestimenta eu devo usar?"
Há cinco perguntas que precisamos fazer a
vocês para responder à pergunta:
Veja, aqui está a terceira questão.
Predominantemente, que tipo de pessoa usa o tipo
de roupas que você está pensando em usar? Se for o
tipo errado, você, seguramente, não quer se
identificar com ele.
O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no
uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos;
Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de
um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.
Porque assim se adornavam também antigamente as santas
mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus
próprios maridos;
1 Pedro 3:3-5
Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que
apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo,
santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional;
e não vos conformeis com este mundo, mas
transformai-vos pela renovação da vossa mente, para
que proveis qual é a boa, agradável e perfeita vontade
de Deus.Romanos 12:1-2
Como filhos da obediência, não vos conformando com as
cobiças que antes tínheis no tempo da vossa ignorância, mas
assim como é santo aquele que vos chamou, tornai-vos vós
também santos em todo o vosso procedimento, porquanto está
escrito: Sereis santos, porque eu sou santo.
Se invocais como Pai aquele que, sem se deixar levar de
respeitos humanos, julga segundo a obra de cada um, viver em
temor durante o tempo da vossa peregrinação, 1 Pedro 1:14-17
"Que tipo de vestimenta eu devo usar?"
Há cinco perguntas que precisamos fazer a
vocês para responder à pergunta:
"Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o
inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a
sabedoria deste mundo?" (1Coríntios 1;20)
"Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria
dos homens, mas no poder de Deus." (1Coríntios 2:5)
"Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos,
não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do
conhecimento da Sua vontade, em toda a sabedoria e
inteligência espiritual." (Colossenses 1:9)
"Que tipo de vestimenta eu devo usar?"
Há cinco perguntas que precisamos fazer a
vocês para responder à pergunta:
Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem
fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou
se escandalize, ou se enfraqueça.
"(Romanos 14:21)
Todavia, porquanto com este feito deste lugar
sobremaneira a que os inimigos do Senhor
blasfemem, também o filho que te nasceu certamente
morrerá.
2 Samuel 12:14
“Para que não haja divisão no corpo, mas que os
membros tenham igual cuidado uns dos outros.
De maneira que, se um membro padece, todos os
membros padecem com ele; e, se um membro é
honrado, todos os membros se regozijam com ele.”
1 Coríntios 12:25-26
3. Ter os homens cabelos crescidos (1 Co 11.14)
“sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus
– a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes
desde o início desta Igreja no Brasil”.
• Bem como fazer cortes Uso exagerado de pintura
e maquiagem – unhas, tatuagens e cabelos- (Lv
19.28; 2 Rs 9.30);
Ou não vos ensina a mesma natureza que é
desonra para o homem ter cabelo crescido?
1 Coríntios 11:14
Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne;
nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o
Senhor. Levítico 19:28
Depois Jeú veio a Jizreel, o que ouvindo Jezabel,
pintou-se em volta dos olhos, enfeitou a sua
cabeça, e olhou pela janela. 2 Reis 9:30
O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos
cabelos, no uso de joias de ouro, na compostura
dos vestidos; 1 Pedro 3:3
Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não
temos tal costume, nem as igrejas de Deus.
1 Coríntios 11:16
E até importa que haja entre vós heresias, para que os que
são sinceros se manifestem entre vós.
1 Coríntios 11:18-19
“sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus
– a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes
desde o início desta Obra no Brasil”.
Portanto, se a mulher não se cobre com véu,
tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa
indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o
véu.
1 Coríntios 11:6
Mas ter a mulher cabelo crescido lhe é
honroso, porque o cabelo lhe foi dado em
lugar de véu.
1 Coríntios 11:15
“sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus
– a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes
desde o início desta Obra no Brasil”.
Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as
coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas,
mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.
1 Coríntios 6:12
Não porei coisa má diante dos meus olhos.
Odeio a obra daqueles que se desviam; não se
me pegará a mim.
Salmos 101:3
O que usa de engano não ficará dentro da minha
casa; o que fala mentiras não estará firme
perante os meus olhos.
Salmos 101:7
Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro,
tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o
que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de
boa fama, se há alguma virtude, e se há algum
louvor, nisso pensai.
Filipenses 4:8
“sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus
– a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes
desde o início desta Obra no Brasil”.
O vinho é escarnecedor, a bebida forte
alvoroçadora; e todo aquele que neles errar nunca
será sábio.
Provérbios 20:1
nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos,
nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o
reino de Deus.
1 Coríntios 6:10
E não vos embriagueis com vinho, no qual há
devassidão, mas enchei-vos do Espírito
Efésios 5:18
Hoje em dia há igrejas para todos os
gostos, mas nós temos compromisso com
Deus, com sua Palavra e com o povo. O
objetivo de conquistar as elites da
sociedade em detrimento de nossos
costumes e tradições não é bom negócio.
Lembrai-vos dos vossos guias, os quais
vos falaram a palavra de Deus, e,
atentando para o êxito da sua carreira,
imitai-lhes a fé.
Hebreus 13:7
Obedecei a vossos guias, sendo-lhes
submissos; porque velam por vossas almas
como quem há de prestar contas delas; para
que o façam com alegria e não gemendo,
porque isso não vos seria útil.
Hebreus 13:17
FIM
Pr. Jonas Freitas de Jesus
AD Boa Vista - PB

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação cristã, responsabilidade dos pais
Educação cristã, responsabilidade dos paisEducação cristã, responsabilidade dos pais
Educação cristã, responsabilidade dos pais
Moisés Sampaio
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
IBMemorialJC
 

Mais procurados (20)

1 aula educacao crista
1 aula   educacao crista1 aula   educacao crista
1 aula educacao crista
 
Educação cristã, responsabilidade dos pais
Educação cristã, responsabilidade dos paisEducação cristã, responsabilidade dos pais
Educação cristã, responsabilidade dos pais
 
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
 
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Ecc a família na construção do mundo
Ecc   a família na construção do mundoEcc   a família na construção do mundo
Ecc a família na construção do mundo
 
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
O Cristão e os perigos das "Redes" Sociais
 
A família e a igreja
A família e a igrejaA família e a igreja
A família e a igreja
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
A familia cristã e os desafios na criação dos filhos
A familia cristã e os desafios na criação dos filhosA familia cristã e os desafios na criação dos filhos
A familia cristã e os desafios na criação dos filhos
 
As Cartas de Paulo
As Cartas de PauloAs Cartas de Paulo
As Cartas de Paulo
 
Métodos de ensino para a EBD
Métodos de ensino para a EBDMétodos de ensino para a EBD
Métodos de ensino para a EBD
 
Estudo sobre casamento
Estudo sobre casamentoEstudo sobre casamento
Estudo sobre casamento
 
Palestra para Casais
Palestra para CasaisPalestra para Casais
Palestra para Casais
 
Escola bíblica dominical
Escola bíblica dominicalEscola bíblica dominical
Escola bíblica dominical
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Conflitos no Lar
Conflitos no LarConflitos no Lar
Conflitos no Lar
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
 
Idolatria Moderna
Idolatria ModernaIdolatria Moderna
Idolatria Moderna
 
Apresentação historia da ebd
Apresentação historia da ebdApresentação historia da ebd
Apresentação historia da ebd
 

Semelhante a Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus

CATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptx
CATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptxCATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptx
CATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptx
Ranio Gamita
 
EVANGELHO ESSENCIAL
EVANGELHO ESSENCIALEVANGELHO ESSENCIAL
EVANGELHO ESSENCIAL
Edgard Filho
 

Semelhante a Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus (20)

Oração e Recomendação às Mulheres Cristãs - Lição 03 - 3ºTrimestre de 2015
Oração e Recomendação às Mulheres Cristãs - Lição 03 - 3ºTrimestre de 2015Oração e Recomendação às Mulheres Cristãs - Lição 03 - 3ºTrimestre de 2015
Oração e Recomendação às Mulheres Cristãs - Lição 03 - 3ºTrimestre de 2015
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
CATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptx
CATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptxCATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptx
CATRE - SERMÃO Não Confunda Seu Irmão - Conduta e Modéstia Cristã.pptx
 
Como interpretar a Bíblia 1
Como interpretar a Bíblia 1Como interpretar a Bíblia 1
Como interpretar a Bíblia 1
 
EBD Jovens cosmo visão
EBD Jovens cosmo visãoEBD Jovens cosmo visão
EBD Jovens cosmo visão
 
Exortações Gerais - Lição 12 - 3°Trimestre de 2015
Exortações Gerais - Lição 12 - 3°Trimestre de 2015Exortações Gerais - Lição 12 - 3°Trimestre de 2015
Exortações Gerais - Lição 12 - 3°Trimestre de 2015
 
Evangelho essencial
Evangelho essencialEvangelho essencial
Evangelho essencial
 
EVANGELHO ESSENCIAL
EVANGELHO ESSENCIALEVANGELHO ESSENCIAL
EVANGELHO ESSENCIAL
 
Lição 1 - O que é Ética Cristã
Lição 1 - O que é Ética Cristã Lição 1 - O que é Ética Cristã
Lição 1 - O que é Ética Cristã
 
2015 3 TRI LIÇÃO 9 - A CORRUPÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS
2015 3 TRI LIÇÃO 9 - A CORRUPÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS2015 3 TRI LIÇÃO 9 - A CORRUPÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS
2015 3 TRI LIÇÃO 9 - A CORRUPÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS
 
Anexo infancia3
Anexo infancia3Anexo infancia3
Anexo infancia3
 
Namorar ou ficar
Namorar ou ficarNamorar ou ficar
Namorar ou ficar
 
9-Marcas-7-Disciplina-Biblica.pptx2_.pdf
9-Marcas-7-Disciplina-Biblica.pptx2_.pdf9-Marcas-7-Disciplina-Biblica.pptx2_.pdf
9-Marcas-7-Disciplina-Biblica.pptx2_.pdf
 
Juventude unidade ii
Juventude unidade iiJuventude unidade ii
Juventude unidade ii
 
Como pregar doutrinas
Como pregar doutrinasComo pregar doutrinas
Como pregar doutrinas
 
Lição 12 - Exortações gerais
Lição 12 - Exortações geraisLição 12 - Exortações gerais
Lição 12 - Exortações gerais
 
D 14 Caridade e o Centro Espírita
D 14   Caridade e o Centro EspíritaD 14   Caridade e o Centro Espírita
D 14 Caridade e o Centro Espírita
 
COMPÊNDIO TEOLÓGICO SOBRE O VÉU
COMPÊNDIO TEOLÓGICO SOBRE O VÉUCOMPÊNDIO TEOLÓGICO SOBRE O VÉU
COMPÊNDIO TEOLÓGICO SOBRE O VÉU
 
2015 3 TRI LIÇÃO 12 - EXORTAÇÕES GERAIS
2015 3 TRI LIÇÃO 12 - EXORTAÇÕES GERAIS2015 3 TRI LIÇÃO 12 - EXORTAÇÕES GERAIS
2015 3 TRI LIÇÃO 12 - EXORTAÇÕES GERAIS
 
3 etica e profissional da educacao
3 etica e profissional da educacao3 etica e profissional da educacao
3 etica e profissional da educacao
 

Mais de jonasfreitasdejesus

Mais de jonasfreitasdejesus (12)

04 as bodas do cordeiro 002
04   as bodas do cordeiro 00204   as bodas do cordeiro 002
04 as bodas do cordeiro 002
 
Parousia o arrebatamento da igreja
Parousia   o arrebatamento da igrejaParousia   o arrebatamento da igreja
Parousia o arrebatamento da igreja
 
As Bodas do Cordeiro
As Bodas do CordeiroAs Bodas do Cordeiro
As Bodas do Cordeiro
 
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de JesusEvangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
Evangelismo e Discipulado - Pr. Jonas Freitas de Jesus
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
 
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo   o caminho do mestreTreinamento de evangelismo   o caminho do mestre
Treinamento de evangelismo o caminho do mestre
 
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia   pr. jonas freitas de jesusBibliologia   pr. jonas freitas de jesus
Bibliologia pr. jonas freitas de jesus
 
Missoes
MissoesMissoes
Missoes
 
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
“Doutrinas, normas, estatutos e preceitos” culto de doutrina
 
Missões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um MissionárioMissões : Eu Um Missionário
Missões : Eu Um Missionário
 
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)Dízimo e ofertas   mordomia cristã (culto de doutrina)
Dízimo e ofertas mordomia cristã (culto de doutrina)
 
Reunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do CaririReunião dos pastores da Região do Cariri
Reunião dos pastores da Região do Cariri
 

Último

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
LisaneWerlang
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
ESCRIBA DE CRISTO
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 

Usos e costmes defendidos pela igreja a assembleia de deus

  • 1.
  • 2. Princípio • “Ato de principiar”. Causa primeira. Origem. Razão fundamental. Elemento que predomina na constituição de um corpo organizado. Ex.: Princípio da vida. Convicção. (Grande Dicionário Ilustrado – Novo Brasil. Ed. 1979). • “Começo. Causa, Origem. Razão fundamental. Base. Preceito. Regra”. (Dicionário Álvaro Magalhães – E. Globo).
  • 3. • Princípios são bases estabelecidas por Deus para orientação da sociedade humana, que estabelecem parâmetros, dentro dos quais o homem é aceito e se relaciona com o Criador. • “Regras fundamentais e gerais de qualquer ciência ou arte. Ex.: Princípios fundamentais das Ciências, da Química, da Matemática, da Filosofia, …da Religião”.
  • 4. Tradição É a transmissão de ensinos, práticas, crenças de uma cultura de uma geração a outra. A palavra grega para tradição é paradosis, usada no sentido negativo (Mt 15.2; Gl 1.14); e também no sentido positivo (2 Ts 2.15). Quando se coloca a tradição acima da Bíblia ou em pé de igualdade com ela a tradição assume uma conotação negativa. Disse alguém: “Tradição é a fé viva dos que agora estão mortos, e tradicionalismo é a fé morta dos que agora estão vivos”.
  • 5. Tradição Quando afirmamos que temos as nossas tradições, não estamos com isso dizendo que os nossos usos e costumes tenham a mesma autoridade da Palavra de Deus, mas que são bons costumes que devem ser respeitados por questão de identidade de nossa igreja. Temos quase 90 anos, somos um povo que tem história, identidade definida, e acima de tudo, nossos costumes sãos saudáveis. Deus nos trouxe até aqui da maneira que nós somos e assim, cremos, que sem dúvida alguma ele nos levará até ao fim.
  • 6. • A doutrina bíblica gera bons costumes, mas bons costumes não geram doutrina bíblica. Igrejas há que têm um somatório imenso de bons costumes, mas quase nada de doutrina. Isso é muito perigoso! Seus membros naufragam com facilidade por não terem o lastro espiritual da Palavra”. • A palavra grega usada para “doutrina” no NT é didache, que segundo o Diccionario Conciso Griego – Español del Nuevo Testamento, siginfica: “o que se ensina, ensino, ação de ensinar, instrução”. Doutrina
  • 7. • “Ato de ensino, instrução Rm 12.7; 15.4; 2 Tm 3.16. Num sentido passivo = aquilo que é ensinado, instrução, doutrina Mc 7.7; Cl 2.22; 1 Tm 1.10; 4.6; 2 Tm 3.10; Tt 1.9)”; e didache: “ensino como atividade, instrução Mc 4.2; 1 Co 14.6; 2 Tm 4.2. Em um sentido passivo = o que é ensinado, ensino, instrução Mt 16.12; Mc 1.27; Jo 7.16s; Rm 16.17; Ap 2.14s, 24. Os aspectos ativo e passivo podem ser denotados em Mt 7.28; Mc 11.18; Lc4.32”. Doutrina
  • 8. • Segundo a Pequena Enciclopédia Bíblica, Orlando Boyer, doutrina é “tudo o que é objeto de ensino; dïsciplina”. (Vida, S. Paulo, 1999, p. 211). Doutrina • À luz da Bíblia, doutrina é o ensino bíblico normativo terminante, final, derivado das Sagradas Escrituras, como regra de fé e prática de vida, para a Igreja, para seus membros, vista na Bíblia como expressão prática na vida do crente, e isso inclui as práticas, usos e costumes. • Elas são santas, divinas, universais e imutáveis.
  • 9. Costume A Pequena Enciclopédia Bíblica, Orlando Boyer, define costume como “Uso, prática geralmente observada”. (p. 169). As palavras gregas usadas para “costume são ethos (Lc 2.42; Hb 10.25) e synetheia (Jo 18.19; 1 Co 8.7; 11.16).A primeira, de onde vem a palavra “ética”, significa costume com sentido de “lei, uso” (Lc 1.9). Não é biblicamente correto usar doutrina e costume como se fosse a mesma coisa. O costume é “Prática habitual. Modo de proceder.
  • 10. • Jurisprudência baseada em uso; particularidade; moda; trajo característico, procedimento; modo de viver”. • Os costumes visto pela ótica cristã, são linhas recomendáveis de comportamento. Estão ligados ao bom testemunho do crente perante o mundo. Estão colocados no contexto temporal, não estão comprometidos diretamente com a salvação. Costume
  • 11. 1. Ter os homens cabelos crescidos (1 Co 11.14), bem como fazer cortes extravagantes; “sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes desde o início desta Igreja no Brasil”. Ou não vos ensina a mesma natureza que é desonra para o homem ter cabelo crescido? 1 Coríntios 11:14
  • 12. 2. As mulheres usarem roupas que são peculiares aos homens e vestimentas indecentes e indecorosas, ou sem modéstias (1 Tm 2.9, 10); “sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes desde o início desta Obra no Brasil”. Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos Preciosos, Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras. 1 Timóteo 2:9-10
  • 13. "Que tipo de vestimenta eu devo usar?" Há cinco perguntas que precisamos fazer a vocês para responder à pergunta: 1) Isto é usado pelo sexo oposto? Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus. Deuteronômio 22:5 Deuteronômio 22.5 nos diz que: Deus quer que homens e mulheres se pareçam diferentes. Consequentemente, cada um de nós não deve vestir roupa que pode ser usada pelo sexo oposto.
  • 14. "Que tipo de vestimenta eu devo usar?" Há cinco perguntas que precisamos fazer a vocês para responder à pergunta: Na revista Family Weekly, eles têm uma seção de perguntas e respostas do tipo falsas ou verdadeiras. Pergunta: O que você transmite sem palavras tem mais efeito nas pessoas do que o que você diz? Resposta: Isto é verdade... Pergunta: As pessoas usam roupas como um meio de se comunicar com os outros? Resposta: Verdade. Estudos psicológicos da University of Newcastle, na Inglaterra, têm demonstrado que as pessoas usam roupas para dizer aos outros o que elas querem que eles creiam sobre elas. Aqui está um artigo na revista McCall’s entitulado "O Que O Seu Comportamento Íntimo Diz Sobre Você." Ele pode ser ofensivo para alguns, mas as palavras não são nem de perto tão ofensivas como o modo de algumas pessoas se vestirem. Nós necessitamos ser honestos e francos sobre esta coisa. Não é ser vulgar, mas sincero. O autor diz: “As pernas femininas têm também sido o assunto de considerável interesse masculino como sendo um mecanismo de sinalização sobre comportamento sexual. A mera exposição de um pedaço da perna tem sido suficiente para transmitir sinais sexuais. É desnecessário dizer que quanto mais extensa for a exposição das pernas, mais estimulante ela se torna pela simples razão de que ela então se aproxima da primária zona genital”
  • 15. "Que tipo de vestimenta eu devo usar?" Há cinco perguntas que precisamos fazer a vocês para responder à pergunta: E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro com enfeites de prostituta, e astúcia de coração. Provérbios 7:10 Então ela tirou de sobre si os vestidos da sua viuvez e cobriu-se com o véu, e envolveu-se, e assentou-se à entrada das duas fontes que estão no caminho de Timna, porque via que Selá já era grande, e ela não lhe fora dada por mulher. E vendo-a Judá, teve-a por uma prostituta, porque ela tinha coberto o seu rosto. Gênesis 38:14-15 O que diz a Bíblia?
  • 16. "Que tipo de vestimenta eu devo usar?" Há cinco perguntas que precisamos fazer a vocês para responder à pergunta: Veja, aqui está a terceira questão. Predominantemente, que tipo de pessoa usa o tipo de roupas que você está pensando em usar? Se for o tipo errado, você, seguramente, não quer se identificar com ele. O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus. Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos; 1 Pedro 3:3-5 Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional; e não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que proveis qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.Romanos 12:1-2 Como filhos da obediência, não vos conformando com as cobiças que antes tínheis no tempo da vossa ignorância, mas assim como é santo aquele que vos chamou, tornai-vos vós também santos em todo o vosso procedimento, porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo. Se invocais como Pai aquele que, sem se deixar levar de respeitos humanos, julga segundo a obra de cada um, viver em temor durante o tempo da vossa peregrinação, 1 Pedro 1:14-17
  • 17. "Que tipo de vestimenta eu devo usar?" Há cinco perguntas que precisamos fazer a vocês para responder à pergunta: "Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?" (1Coríntios 1;20) "Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus." (1Coríntios 2:5) "Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da Sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual." (Colossenses 1:9)
  • 18. "Que tipo de vestimenta eu devo usar?" Há cinco perguntas que precisamos fazer a vocês para responder à pergunta: Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça. "(Romanos 14:21) Todavia, porquanto com este feito deste lugar sobremaneira a que os inimigos do Senhor blasfemem, também o filho que te nasceu certamente morrerá. 2 Samuel 12:14 “Para que não haja divisão no corpo, mas que os membros tenham igual cuidado uns dos outros. De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.” 1 Coríntios 12:25-26
  • 19. 3. Ter os homens cabelos crescidos (1 Co 11.14) “sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes desde o início desta Igreja no Brasil”. • Bem como fazer cortes Uso exagerado de pintura e maquiagem – unhas, tatuagens e cabelos- (Lv 19.28; 2 Rs 9.30); Ou não vos ensina a mesma natureza que é desonra para o homem ter cabelo crescido? 1 Coríntios 11:14 Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o Senhor. Levítico 19:28 Depois Jeú veio a Jizreel, o que ouvindo Jezabel, pintou-se em volta dos olhos, enfeitou a sua cabeça, e olhou pela janela. 2 Reis 9:30 O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de joias de ouro, na compostura dos vestidos; 1 Pedro 3:3 Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não temos tal costume, nem as igrejas de Deus. 1 Coríntios 11:16 E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós. 1 Coríntios 11:18-19
  • 20. “sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes desde o início desta Obra no Brasil”. Portanto, se a mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o véu. 1 Coríntios 11:6 Mas ter a mulher cabelo crescido lhe é honroso, porque o cabelo lhe foi dado em lugar de véu. 1 Coríntios 11:15
  • 21. “sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes desde o início desta Obra no Brasil”. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma. 1 Coríntios 6:12 Não porei coisa má diante dos meus olhos. Odeio a obra daqueles que se desviam; não se me pegará a mim. Salmos 101:3 O que usa de engano não ficará dentro da minha casa; o que fala mentiras não estará firme perante os meus olhos. Salmos 101:7 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4:8
  • 22. “sadios princípios estabelecidos na Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada – e conservados como costumes desde o início desta Obra no Brasil”. O vinho é escarnecedor, a bebida forte alvoroçadora; e todo aquele que neles errar nunca será sábio. Provérbios 20:1 nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. 1 Coríntios 6:10 E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito Efésios 5:18
  • 23. Hoje em dia há igrejas para todos os gostos, mas nós temos compromisso com Deus, com sua Palavra e com o povo. O objetivo de conquistar as elites da sociedade em detrimento de nossos costumes e tradições não é bom negócio.
  • 24. Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos falaram a palavra de Deus, e, atentando para o êxito da sua carreira, imitai-lhes a fé. Hebreus 13:7
  • 25. Obedecei a vossos guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. Hebreus 13:17 FIM Pr. Jonas Freitas de Jesus AD Boa Vista - PB