SlideShare uma empresa Scribd logo

Batom de Sangue - TCC Dir. de Arte

Roberta Mucci
Roberta Mucci
Roberta MucciAssistente Executiva em Conspiração Filmes SP

Batom de Sangue - TCC Dir. de Arte

1 de 17
Baixar para ler offline
ACADEMIA INTERNACIONAL DE CINEMA
LUNNA TOUROUNOGLOU
ROBERTA MUCCI
BATOM DE SANGUE
Trabalho de Conclusão de Curso
Turma de Março de 2014
Direção de Arte
Academia Internacional de Cinema
REFERÊNCIAS
PINTURA
“Fabrini Crisci - Delirium Circus”
REFERÊNCIAS
FÍLMICAS
BURLESQUE
CHICAGO
CABARET
MOULIN ROUGE
REFERÊNCIAS
ESPAÇO
FUNHOUSE
SubAstor
The Cokoo Club
El Cabaret
REFERÊNCIAS
FIGURINO
REFERÊNCIAS
MAQUIAGEM

Recomendados

Eitapovoestressado
EitapovoestressadoEitapovoestressado
Eitapovoestressadomfranlv
 
A abóbora gigante do halloween
A abóbora gigante do halloweenA abóbora gigante do halloween
A abóbora gigante do halloweenfprc
 
A abóbora gigante
A abóbora giganteA abóbora gigante
A abóbora gigantecasmaria
 
Mulher naotrai vinga
Mulher naotrai vingaMulher naotrai vinga
Mulher naotrai vingaArmin Caldas
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da abóbora gigante
História da abóbora giganteHistória da abóbora gigante
História da abóbora giganteRute Inácio
 
Mulher n o_trai_mulher_se_vinga
Mulher n o_trai_mulher_se_vingaMulher n o_trai_mulher_se_vinga
Mulher n o_trai_mulher_se_vingaannamoon7
 
Mulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se VingaMulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se VingaCARLOS CAVALLINI
 
Mulher NaO Trai Mulher Se Vinga
Mulher NaO Trai Mulher Se VingaMulher NaO Trai Mulher Se Vinga
Mulher NaO Trai Mulher Se Vingaalex
 
Mulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se VingaMulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se VingaQSEJAETERNO
 
Tolerancia Zero
Tolerancia ZeroTolerancia Zero
Tolerancia ZeroJNR
 
Tolerancia Zero
Tolerancia ZeroTolerancia Zero
Tolerancia ZeroALEXALVES
 
Violeiro Exagerado - Causo Rolando Boldrin
Violeiro Exagerado - Causo Rolando BoldrinVioleiro Exagerado - Causo Rolando Boldrin
Violeiro Exagerado - Causo Rolando Boldringuest5d2bc86
 
Spandau ballet true( belos anos 80) (translated)
Spandau ballet   true( belos anos 80) (translated)Spandau ballet   true( belos anos 80) (translated)
Spandau ballet true( belos anos 80) (translated)Roberto Parpaioli Nardon
 

Mais procurados (16)

História da abóbora gigante
História da abóbora giganteHistória da abóbora gigante
História da abóbora gigante
 
Charlie - 01
Charlie - 01Charlie - 01
Charlie - 01
 
A Abóbora Gigante
A Abóbora GiganteA Abóbora Gigante
A Abóbora Gigante
 
Mulher nao trai se vinga
Mulher nao trai se vingaMulher nao trai se vinga
Mulher nao trai se vinga
 
Mulher n o_trai_mulher_se_vinga
Mulher n o_trai_mulher_se_vingaMulher n o_trai_mulher_se_vinga
Mulher n o_trai_mulher_se_vinga
 
Mulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se VingaMulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se Vinga
 
Mulher NaO Trai Mulher Se Vinga
Mulher NaO Trai Mulher Se VingaMulher NaO Trai Mulher Se Vinga
Mulher NaO Trai Mulher Se Vinga
 
Mulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se VingaMulher N O Trai Mulher Se Vinga
Mulher N O Trai Mulher Se Vinga
 
Tolerancia Zero
Tolerancia ZeroTolerancia Zero
Tolerancia Zero
 
Tolerancia Zero
Tolerancia ZeroTolerancia Zero
Tolerancia Zero
 
Violeiro Exagerado - Causo Rolando Boldrin
Violeiro Exagerado - Causo Rolando BoldrinVioleiro Exagerado - Causo Rolando Boldrin
Violeiro Exagerado - Causo Rolando Boldrin
 
A abóbora gigante
A abóbora giganteA abóbora gigante
A abóbora gigante
 
Script#1
Script#1Script#1
Script#1
 
07. o anjo maldito
07. o anjo maldito07. o anjo maldito
07. o anjo maldito
 
Spandau ballet true( belos anos 80) (translated)
Spandau ballet   true( belos anos 80) (translated)Spandau ballet   true( belos anos 80) (translated)
Spandau ballet true( belos anos 80) (translated)
 
Comic
ComicComic
Comic
 

Semelhante a Batom de Sangue - TCC Dir. de Arte

Semelhante a Batom de Sangue - TCC Dir. de Arte (20)

Coelhinho branco e a cabra cabrês
Coelhinho branco e a cabra cabrêsCoelhinho branco e a cabra cabrês
Coelhinho branco e a cabra cabrês
 
Crônicas de Luis Fernando Veríssimo e Fernando Sabino
Crônicas de Luis Fernando Veríssimo e Fernando SabinoCrônicas de Luis Fernando Veríssimo e Fernando Sabino
Crônicas de Luis Fernando Veríssimo e Fernando Sabino
 
O incrivel homem de 4 olhos
O incrivel homem de 4 olhosO incrivel homem de 4 olhos
O incrivel homem de 4 olhos
 
Aracy
AracyAracy
Aracy
 
O-Menino-no-Espelho-Fernando-Sabino.pdf
O-Menino-no-Espelho-Fernando-Sabino.pdfO-Menino-no-Espelho-Fernando-Sabino.pdf
O-Menino-no-Espelho-Fernando-Sabino.pdf
 
A tribuna alma
A tribuna almaA tribuna alma
A tribuna alma
 
A loira do banheiro
A loira do banheiroA loira do banheiro
A loira do banheiro
 
Livro estranha bahia_apresentação
Livro estranha bahia_apresentaçãoLivro estranha bahia_apresentação
Livro estranha bahia_apresentação
 
382 an 05 junho_2012.ok
382 an 05 junho_2012.ok382 an 05 junho_2012.ok
382 an 05 junho_2012.ok
 
Vinícius, o eterno poetinha
Vinícius, o eterno poetinhaVinícius, o eterno poetinha
Vinícius, o eterno poetinha
 
Os Thrimits
Os ThrimitsOs Thrimits
Os Thrimits
 
Lispector apresentation 1
Lispector apresentation 1Lispector apresentation 1
Lispector apresentation 1
 
Jornalismo literário tecnicas - pratica
Jornalismo literário  tecnicas - praticaJornalismo literário  tecnicas - pratica
Jornalismo literário tecnicas - pratica
 
A televisão mais_bonita_do_mundo
A televisão mais_bonita_do_mundoA televisão mais_bonita_do_mundo
A televisão mais_bonita_do_mundo
 
Anaisnin deltadevenus
Anaisnin deltadevenusAnaisnin deltadevenus
Anaisnin deltadevenus
 
Oficina de minicontos
Oficina de minicontosOficina de minicontos
Oficina de minicontos
 
Noite profunda
Noite profundaNoite profunda
Noite profunda
 
Noite profunda
Noite profundaNoite profunda
Noite profunda
 
300 Piadas de Portugues
300 Piadas de Portugues300 Piadas de Portugues
300 Piadas de Portugues
 
Sexo na cerca
Sexo na cercaSexo na cerca
Sexo na cerca
 

Batom de Sangue - TCC Dir. de Arte

  • 1. ACADEMIA INTERNACIONAL DE CINEMA LUNNA TOUROUNOGLOU ROBERTA MUCCI BATOM DE SANGUE Trabalho de Conclusão de Curso Turma de Março de 2014 Direção de Arte Academia Internacional de Cinema
  • 7. PROJETO BATOM DE SANGUE ROTEIRO Cell Block Tango - Chicago NARRADOR “E agora, as seis alegres assassinas do Cook County Jail em sua interpretação: o Tango do Presídio”. LIZ Pop! “Algumas pessoas têm certos hábitos que levam a gente à loucura! Bernie era assim. Ele tinha mania de mascar chiclete. Mascar não, fazer bola. Bom, um dia eu cheguei em casa irritada, precisando de carinho, atenção. E Bernie estava lá deitado no sofá, tomando cerveja e mascando chiclete... mascando não, fazendo bola! Aí eu disse pra ele: ‘Bernie, se você fizer só mais uma bolinha disso aí...!’ Ele fez! Aí eu peguei a arma e dei dois tiros de advertência... Na cabeça dele!” ANNIE Seis! “Eu conheci Ezequiel Young de Salt Lake City há dois anos, ele me disse que era solteiro. A gente se deu bem desde o começo. Fomos morar juntos. Ele ia pro trabalho, voltava para casa, eu fazia um drinque pra ele, a gente jantava... Ai! Era um paraíso numa kitnet. Então eu descobri: Solteiro, certo? Solteiro é o caralho! Não só era casado, não. Ele tinha seis esposas! Era um desses mórmons, sabe? Aí, naquela noite, eu preparei um drinque para ele, como sempre... Mas, sei lá... Tem gente que não se dá muito bem com cicuta, né?” JUNE Squish! “Eu tava na cozinha limpando um frango para o jantar, pensando na vida, quando, de repente, Wilbur, o meu marido, entrou que nem um louco tendo um ataque de ciúmes... ‘Você tá trepando com o leiteiro!’ E ele estava louco e continuava gritando: ‘Você tá trepando com o leiteiro!’ Aí ele se jogou em cima da minha faca... Ele se jogou em cima da minha faca dez vezes!”
  • 8. HUNYAK Há-Hã! “Mit keresek, én itt? Azt mondják, hogy a híres lakem lefogta a férjemet én meg lecsaptam a fejét. De nem igaz, én ártatlan vagyok. Nem tudom miért mondja Uncle Sam, hogy én tettem. Probáltam a rendõrségen megmagyarázni de nem értették meg” JUNE “É, mas você fez ou não fez?” HUNIAK “Hã-hã, inocente!” VELMA Cícero! “Eu e minha irmã Verônica tínhamos um show em dupla e o meu marido Charlie viajava com a gente. No final do show nós fazíamos vinte acrobacias de uma só vez. Número 1, 2, 3, 4, 5, ‘duplo’, ‘asa de águia’, ‘flip–flop’, ‘mortal’, um atrás do outro. Bom, naquela noite nós estávamos em Cícero, nós três, num quarto de hotel, bebendo e rindo muito juntos. Quando, de repente, acabou o gelo e então eu saí pra arranjar mais. Quando eu voltei, eu abri a porta e peguei a Verônica e o Charlie fazendo a número 17: a ‘asa de águia’! Eu fiquei em tal estado de choque que eu apaguei totalmente. Eu não me lembro de nada do que aconteceu. Só mais tarde, quando eu lavava o sangue das minhas mãos, é que eu soube que eles tinham morrido.” MONA Lipschitz! “Eu amava Alvin Lipschitz mais que qualquer coisa neste mundo. Ele era um artista, sensível, era pintor. Mas tinha problemas. Ele vivia tentando se encontrar. Saía toda noite para encontrar seu eu-interior. E no caminho acabava encontrando a Maria, a Clarisse, a Carmem... e o Pedro! Eu acho que a gente terminou por diferenças artísticas. Ele se achava bem vivo... e eu o achava bem morto!” TODAS E foi bem feito E foi bem feito Pois ele fez e mereceu Se você visse, se convivesse Faria muito pior que eu
  • 10. LIZ “ – Só mais uma bolinha!”
  • 11. ANNIE “– Solteiro é o caralho!”
  • 12. JUNE “ - Dez vezes!”
  • 14. VELMA “ – Número 17: A Asa de Águia!”
  • 15. MONA “ – Diferenças artísticas!”
  • 16. Faria muito pior que eu!
  • 17. Direção de arte e produção: Roberta Mucci e Lunna Tourounoglou Fotografia: Mayy Booh Maquiagem: Roberta Mucci Cabelo: Lunna Tourounoglou Direção de atores: Lucca Salazar Modelos: Cassia Dias, Lucca Salazar, Lunna Tourounoglou, Mônica Berkovich, Rayanne Reis, Roberta Mucci, Taís Cristina Orlandi