História dina, a lagartinha

557 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
557
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
119
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História dina, a lagartinha

  1. 1. História: Dina, a lagartinha
  2. 2. Era uma vez uma lagartinha chamada Dina.- Pobre de mim! - Lamentava-se enquanto passeava na floresta.
  3. 3. Duas formiguinhas ouviram os seus lamentos e perguntaram-lhe: - O que é que te aconteceu, Dina?- Magoei a minha pata num tronco grosso e assim estropiada não posso correr na floresta.– Não chores Dina, nós vamos ajudar-te. Vamos fazer-te uma perna artificial com o caule de uma flor.A lagartinha riu de felicidade. Era bom ter tantos amigos.
  4. 4. - Olhem, até consigo correr, gritou a lagartinha aos dois amigos. Do alto de um ramo aborboleta Lucília perturbada por toda aquela gritaria perguntou:- Mas o que se passa? Não se pode mais descansar tranquilamente? E desatou a voar à voltada lagarta Dina que ficou de boca aberta.
  5. 5. - Como gostaria de voar como tu! – Disse Dina suspirando. A borboleta respondeu-lhe:- Tu não foste feita para voar .. Não vês que não tens asas? A pobre Dina ficou triste e disseque a borboleta tinha razão. Passava por ali a abelha Guilhermina que ouviu as palavras dalagartinha e aconselhou-a a falar com o grilo sábio, talvez ele a pudesse ajudar.
  6. 6. O grilo sábio vivia no coração da floresta. Dina esperou impacientemente pela sua vez parafalar com o grilo sábio.
  7. 7. O velho grilo deixou-a falar, ouvindo tudo com muita atenção. - Se bem percebi, tens umagrande vontade de voar. – Disse o grilo sábio.
  8. 8. O sábio convidou Dina a passar alguns dias com ele para lhe ensinar algumas coisas sobre a natureza esobre os animais da floresta … - Se ficares talvez possamos resolver o teu problema. – Disse-lhe o grilosábio. E durante muitos dias a lagartinha Dina e o grilo sábio foram vistos a passear na floresta. O velhogrilo ensinou muitas coisas à pequena Dina: falou sobre a cor das flores, o nome das árvores dafloresta,, mas principalmente contou-lhe da vida dos animais da floresta.
  9. 9. A lagartinha ouviu-o encantada, saltitando alegremente à frente do mestre. O tempo foi passando e Dinadisse ao velho grilo que ele lhe ensinou muitas coisas, mas que se sentia muito cansada e que precisava dedormir. O grilo sábio ouviu com muito interesse e disse:- Dina … é a natureza que está a fazer o seu trabalho .. Eu esperava este momento com muita ansiedade.Dina sentiu uma grande vontade de construir um abrigo mais cômodo e preparou um casulo com um fio deseda que lhe saía da boca. Depois adormeceu muito devagarinho.
  10. 10. Quando despertou, Dina saiu do seu casulo. Como se sentia bem disposta. Olhou-semaravilhada e tinha um belo par de asas coloridas.
  11. 11. Tinha-se transformado numa belíssima borboleta.Vitória, vitória acabou-se a história.

×