Diretor: João Filipe
                 Jornal de distribuição gratuita
                Nº 351
                De 12 a 18   ...
2|              DOMINGO
                12 • SETEMBRO • 2010                                                              ...
entrevista                                                                                                                ...
4|         DOMINGO
           12 • SETEMBRO • 2010                                                                        ...
sete dias                                                                                                                 ...
6|             DOMINGO
               12 • SETEMBRO • 2010                                                                ...
tema capa                                                                                                                 ...
8|             DOMINGO
               12 • SETEMBRO • 2010                                                                ...
Folha
                                                 CENTRO DE AJUDA
                                                   ...
2i |               DOMINGO
                   12 • SETEMBRO • 2010                            superação
                O ...
reflexão                                                                    DOMINGO
                                      ...
4i |          DOMINGO
              12 • SETEMBRO • 2010                           templo maior
                          ...
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Folha de Portugal - nº 351
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Folha de Portugal - nº 351

1.860 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.860
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folha de Portugal - nº 351

  1. 1. Diretor: João Filipe Jornal de distribuição gratuita Nº 351 De 12 a 18 SEMPRE de setembro de 2010 AO SEU EDIÇÃO NACIONAL LADO 50.000 E X E M P L A R E S folhadeportugal.pt O PODER ANGOLANO São empresários de sucesso em Angola e investem em Portugal desde os anos 80. A maioria é acionista de empresas como a GALP, ZON, BCP E BPI. VIVEM VIDAS FOTO: LUSA/MÁRIO CRUZ DE LUXO EM PORTUGAL, e estão todos ligados de alguma forma ao presidente angolano José Eduardo dos Santos TEMA CAPA... PÁGS. 06/07 FUNDOS MAIS DE A HORA PAÍSES COMUNITÁRIOS 10 MILHÕES DA RENTRÉE POBRES EM DESVIADOS EM BURLAS POLÍTICA “GUERRA” Dos 177,7 milhões de euros O Estado detetou abusos com Os partidos estão de volta. A subida dos bens essenciais destinados às três regiões mais remédios gratuitos. A maioria É tempo de apresentar as foi o móbil dos confrontos em pobres do País, apenas, receberão 41 a pedido do doente propostas e definir ideias Maputo e podem alastrar ASSUNTO POLÉMICO... PÁG. 08 SOCIEDADE... PÁG. 09 ESPECIAL PORTUGAL... PÁGS. 10/11 REPORTAGEM ESPECIAL... PÁG. 12
  2. 2. 2| DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 opinião EDITORIAL JOÃO FILIPE Diretor Foto da Semana ANGOLA EM FORÇA! D iz quem conheceu este país que era como que um paraíso, onde tudo se produzia e onde a vida corria com uma cadência especial, todas as pessoas eram, realmente, amigas umas das outras. Os portugueses como colonizadores acabaram por ser abusadores, ou seja, acabaram por, de alguma forma, subjugar o povo angolano. Este facto causou muitas feridas entre estes dois povos, angolanos e portugueses, feridas que custaram a sarar e a prova foi a forma como os portugueses tiveram que sair daquele belo país, a grande maioria sem nada, deixaram todos os seus bens e tiveram que começar tudo do zero em Portugal. Angola, diz quem conhece, que é um país com uma riqueza natural fora do normal, os diamantes, o petróleo e a terra em si, mas a independência trouxe consigo uma guerra civil, entre o MPLA e a UNITA forças que lutaram durante anos e mais anos Agora são os pelo poder. O resultado foi o angolanos atraso no desenvolvimento, a que se destruição que causaram e as impõem aos vidas que se perderam, apenas portugueses pela soberba e cobiça. Mas Angola está a reerguer-se das “cinzas” e está a começar a “dar cartas” na economia mundial, considerado para muitos empresários portugueses como o El Dorado. Na realidade, muitas empresas enfrentam dificuldades nas transferências dos valores das vendas, entre MAIS DE 800 MIL SOFREM COM AS INUNDAÇÕES FOTO: EPA/ MK CHAUDHRY Angola e Portugal, o que para uma PME pode de facto Uma mulher carrega o seu filho para terrenos mais altos, na província de Punjab, Paquistão. A ser fatal, se esta não tiver “folga” de tesouraria. Organização das Nações Unidas pediu aos governos para facultarem helicópteros para transportar suprimentos de emergência essenciais para cerca de 800 mil paquistaneses presos pelas inundações. Mas o que se está a passar agora é, os grandes Mais de 1.200 mil casas ficaram danificadas, cerca de um milhão de pessoas vivem agora em tendas, e empresários angolanos estarem a investir em pelo menos cinco milhões precisam de ajuda urgente, a todos os níveis. empresas portuguesas. O dinheiro angolano tem sido uma lufada de ar fresco, no que diz respeito à injeção de capital para muitas empresas portuguesas, onde se destaca a filha do Presidente angolano, Isabel dos Santos, que investe na banca, na SAD futebolista e na área energética. Parece que os papéis foram invertidos, agora, são os angolanos que se impõem aos portugueses. No passado, a imposição lusa foi pela força, agora, a imposição angolana é pela força do dinheiro. Tenha uma boa leitura! Leia a opinião do Bispo EDIR MACEDO na página 3i, do caderno Folha Centro de Ajuda ACORDO ORTOGRÁFICO: Informamos os nossos leitores de que já começámos a aplicar algumas das alterações do Novo Acordo Ortográfico. FOLHA DE PORTUGAL: ALAMEDA D. AFONSO HENRIQUES, Nº 35 (ANTIGO CINEMA IMPÉRIO) 1000-123 LISBOA TEL: 210 300 971 FAX: 210 300 999 Diretor: João Filipe jf.d@folhadeportugal.pt Secretariado: Cláudia Pereira Editor: IURD FOLHA DE PORTUGAL Título registado no ERC com o nº 125046 Propriedade: IURD Redação: Carla Vaz, Isabel Barbosa , Sara Damásio Sede administrativa: Praceta Professor Francisco Gentil, nº3 - Póvoa de Santo Adrião - Lisboa NIPC: 592001679 Copydesk: Carla Vaz Paginação: Carlos Paredes, Eliane Rosa Periodicidade: Semanal Impressão: Rafik Comunicação e Imagem Unipessoal, Lda. - Sítio da Bemposta, nº 1, 1A, 1B. Tratamento de imagem: Bárbara Domingos Longo da Vila - Mafra Tiragem: 50 000 exemplares Distribuição: Gratuita Circulação: Portugal Continental e Ilhas Correio do Leitor: geral@folhadeportugal.pt Publicidade: A FOLHA DE PORTUGAL NÃO SE RESPONSABILIZA NEM PELAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES, publicidade@folhadeportugal.pt POIS ELAS NÃO EMITEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL, NEM PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS
  3. 3. entrevista DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 |3 10 PERGUNTAS a ALEXANDRE PIRES “MAIS ALÉM” DO MINEIRIM O CANTOR BRASILEIRO FALA-NOS SOBRE A SUA CARREIRA DE DUAS DÉCADAS, O RECONHECIMENTO DO PÚBLICO, A FAMÍLIA E O SEU MAIS RECENTE TRABALHO REDE RECORD O “mineirim” Alexandre Pires começou a fazer sucesso muito cedo. TODO O Em 1989, com apenas COMEÇO É 13 anos de idade, formou com o BASTANTE irmão, o SPC (Só Para Contrariar) e gravaram o primeiro álbum em 1993. DIFÍCIL, Depois de mais de uma década MAS de estrada, mais de 10 milhões de discos vendidos, o cantor optou por SEMPRE seguir carreira a solo. Em 2001 veio ACREDITEI o reconhecimento, como melhor NO MEU artista do ano no Latin Music Awards e em 2002 veio o primeiro Grammy. SONHO No ano de 2003, Alexandre lançou o E DOM terceiro disco a solo, com versão em espanhol, e participação de diversas personalidades, como Alejandro Sans e Rosário Flores. 1 – Depois de 22 álbuns entre carreira a solo e com o SPC, o cantor lança agora a sua mais recente criação: o disco “Mais Além”, que evidencia ainda mais o seu reencontro com o samba. O Samba é a minha referência, a minha raiz, mesmo misturando alguns ritmos, a minha base é o Samba, onde tudo começou. FOTO: DIVULGAÇÃO É a minha identidade. 2 – Alexandre, já são mais de 20 5 – Como conseguiu administrar por ano em homenagem ao povo de língua a viver em Uberlândia? anos de carreira. Foi muito difícil tanto sucesso em diversos países? hispânica que vive nos Estados Unidos, Está a ser muito importante, estou perto da fazer sucesso no começo? O que não consigo fazer é misturar o chamado Hispanidad. Posso dizer que foi um minha família e isso está me fazendo muito Todo o começo é bastante difícil, mas trabalho em português e espanhol. Hoje dos momentos mais importantes da minha bem. sempre acreditei no meu sonho e dom, então, estou focado somente no Brasil, finalizando vida. mesmo com todas as dificuldades não desisti, a tournée “Em Casa” e iniciando “Mais 9 – E a vida em família. É, e hoje agradeço muito a Deus. Além”, mas no futuro pretendo voltar a fazer 7 – Como se sentiu ao descobrir realmente, complicado andar um projeto em espanhol. Tenho saudades do que a sua música ficou entre as sempre em tournée e deixar a 3 – Como foi virar um ícone ao meu público latino. 10+ por quase um ano na tabela mulher e o filho em casa, não receber um Grammy Latino? da Billboard Magazine? é? E o seu filho Arthur, apesar Foi um dos momentos mais importantes 6 – Foi um dos poucos Foi uma grande alegria, posso dizer que de novinho, já entende o seu da minha carreira, só por estar a concorrer já brasileiros a cantar na Casa me senti importante (risos). trabalho? Ele gosta de vê-lo na foi importante, ganhar então, foi maravilhoso. Branca, como surgiu essa TV? oportunidade? 8 – Está acostumado a uma vida É sim, mas sempre que posso levo-os 4 – E o dueto com Glória Fui convidado pelo Emilio Estefan a dinâmica, com muito movimento comigo. Ele é a minha alegria, agora está Estefan, acha que isso ajudou participar do evento que acontece uma vez e correria. Como está a ser voltar com um ano e dez meses, e começando a a impulsioná-lo no mercado entender. Quando me vê na TV, fica a olhar internacional da música? O SAMBA É A MINHA REFERÊNCIA, A meio desconfiado, é muito engraçado! Com certeza, foi muito importante. Glória Estefan é um grande nome e talento, MINHA RAIZ, MESMO MISTURANDO ALGUNS 10 – Esteve na Europa há pouco sou fã dela, tenho um grande carinho e tempo e o pessoal adorou. Já respeito também pelo seu marido Emilio RITMOS, A MINHA BASE É O SAMBA, ONDE tem planos para a próxima visita? Estefan, que foi o nosso produtor, e foi um TUDO COMEÇOU. É A MINHA IDENTIDADE Tenho sim, acredito que estaremos resultado maravilhoso. voltando em breve.
  4. 4. 4| DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 SETE DIAS aconteceu 250 MIL COMPUTADORES PARA ALUNOS E DOCENTES Foram distribuídos, na semana euros. Vão estar disponíveis o “Magalhães” que, de 2008 a passada, duzentos e cinquenta cerca de cem mil computadores 2009, foram distribuídos a 400 mil computadores MG2 – um MG2 para os alunos do 2.º ano mil alunos do ensino básico. portátil ultraleve que substitui do 1.º ciclo do ensino básico e O c onc u r s o pú bl ic o o “Magalhães” – a alunos do outros cem mil para os alunos i nter nac iona l pa r a o 1.º ciclo do ensino básico e a do 1.º ano do 1.º ciclo do ensino fornecimento dos 250 mil docentes. Esta ação chega no básico e 50 mil serão atribuídos computadores, foi ganho por âmbito do projeto e.escolinha, a docentes. duas empresas, a Prológica e FOTO: D.R. que custou 50 milhões de Este computador vem substituir JP Sá Couto. CONCURSO para a entrada de 85 MÉDICOS ASAE fiscaliza O Ministério d a S aúde recomendação feita pelo Tribunal MANUAIS ESCOLARES anunciou a semana de Contas, em 2009, Foi no âmbito Os seis processos-crime que passada, a abertura que sugeria que o da f iscalização resultaram da fiscalização, dos conc u rsos Governo resolvesse, realizada pela Autoridade t ivera m como a lvo que vão permitir a situação dos de Segurança Alimentar operadores que vendiam os FOTO: D.R. a colocação de 85 utentes sem médico e Económica (ASAE), manuais escolares a preço novos médicos de família. que entre 27 de agosto superior ao estabelecido na especialistas em Medicina Geral A 31 de dezembro de 2008, e 03 de setembro, convenção de preços (crime e Familiar. havia quase 1,5 milhões de foram estabelecidos 6 de especulação). Os médicos colocados vão ser utentes sem médico de família processos-crime e as 22 Já os processos de distribuídos da seguinte forma: em Portugal, um aumento de contraordenações à venda contraordenação, referem-se 28 no Norte, 24 no Centro, 28 27% relativamente a junho de de manuais escolares. à marcação de preços em Lisboa e Vale do Tejo, 2 no 2006. São dados do relatório A ASAE esteve com 65 errada, falta de marcação Alentejo e 3 no Algarve. Este da auditoria ao “Acesso aos brigadas, em mais de nos manuais do preço de processo vai permitir que mais Cuidados de Saúde no Serviço 273 estabelecimentos venda ao público e violação FOTO: D.R. de 130 mil utentes passem a Nacional de Saúde – Sistema que vendiam manuais do caráter máximo do preço ter médico de família. Esta Integrado de Gestão de Inscritos escolares. de venda ao público. decisão veio em resposta à para Cirurgia”. PUB
  5. 5. sete dias DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 |5 GUERRA MAIS ACIDENTES: Foi no distrito do Porto que AOS os acidentes provocaram mais mortos mortíferas HIPERS Primeira Galp Base oferece gasolina e gasóleo a preços ‘low cost’ A crescente perda de clientes para os postos de abastecimento que 482 mortos nas estradas desde o início do ano, funcionam junto a hipermercados está a obrigar a Galp a procurar formas de mais quatro que em 2009. Os feridos graves vender combustíveis a baixo custo. Face ao também aumentaram ao registarem-se 1.734 crescimento dos operadores independentes, FOTO: LUSA/PAULO NOVAIS que controlam já um quarto do mercado, a petrolífera lançou a Galp Base, uma Os acidentes nas estradas mais mortos (64) entre janeiro e mortes no local do acidente ou durante experiência-piloto que oferece gasolina portuguesas provocaram 482 agosto, seguindo-se Lisboa (62) e o percurso para o hospital. As pessoas e gasóleo aos mesmos preços praticados mortos desde o início do ano, mais Aveiro (51). Já os distritos com menos envolvidas em acidentes que morreram junto dos hipers, com diferenças de preço quatro que em igual período de 2009, vítimas mortais nas estradas foram nos hospitais nos 30 dias seguintes que podem chegar até aos 0,12 euros por indicam dados da Autoridade Nacional Bragança e Vila Real, que registaram também passaram a fazer parte das litro. O primeiro já abriu em Setúbal. de Segurança Rodoviária (ANSR). nove mortos, seguidos da Guarda, estatísticas da sinistralidade rodoviária Segundo a ANSR, foi no distrito do com 10. desde 01 de janeiro, sendo divulgados Porto que os acidentes provocaram Estes números dizem respeito às pela ANSR ao fim de seis meses. a sua carreira Momento afirma Belotti. A recolocação no mercado pode ser relativamente FOTO: LUSA/MAFALDA LEITÃO de mudar? fácil. “Quando estamos no controle das nossas ações, o nosso interesse pelo assunto leva-nos a envolver-nos com pessoas do ramo escolhido, FOTO: D.R. Ao atingir o que desejavam Negócios da empresa a participar de eventos EXPERIÊNCIA: A Galp Base oferece gasolina e para a carreira, muitos de desenvolv imento específicos da área”, afirma. gasóleo aos mesmos preços praticados pelos hipers profissionais sentem-se organizacional Fellipelli, PUB instigados a encontrar esse é um bom momento acordo com a contínua novos desafios. Segundo para mudar de profissão. avaliação das capacidades Deni Belotti, diretor “A escolha da nova pessoais e áreas de de Marketing e Novos carreira deve ser feita de realização do profissional”, 1,1 mil 500 mil milhões Aumento da despesa com as pen- É o número de imigrantes que a Alemanha precisa, por ano, para manter a sua economia e evitar o en- sões da Segurança Social em 2009 velhecimento da população tecnologia Google momento, encontra-se em funcionamento gratuito nos Estados Unidos e Canadá até ao final do ano. Em países compete com o como Inglaterra, França, Alemanha, China e Japão, as Skype tarifas são aplicadas a preços reduzidos, cerca O gigante Google anunciou de dois cêntimos por ao Mundo, através do minuto. Em Portugal, seu blogue oficial, a o serviço ainda não se possibilidade de agora se no topo da lista do chat, encontra disponível. poder comunicar pelo que logo aparecerá um Gmail para telefones fixos teclado virtual, através e móveis. Para tal só tem do qual poderá marcar de clicar no botão “call o número de telefone ou IMPÉRIO: Google ameaça a hegemonia phone”, que se encontra nome de contacto. Neste do Skype
  6. 6. 6| DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 TEMA CAPA  SARA DAMÁSIO sd.r@folhadeportugal.pt D esde o ano 2000 que o investimento angolano em Portugal tem vindo a crescer. Atualmente muitas empresas e empresários escolhem Angola para expandir o seu negócio, no entanto, em Portugal já temos grandes empresários angolanos à frente de empresas de enorme relevo. Mesmo antes de 2000, Angola já contribuía para o crescimento económico português. Muitos i nvest idores a ngola nos, começaram a apostar no mercado português logo a partir dos anos 80, altura em que estava em vigor o modelo socialista em Angola e os empresários eram obrigados a depositar o seu capital em bancos estrangeiros, principalmente, em Portugal. FOTOS: LUSA/BRUNO FONSECA/ MÁRIO CRUZ/ GUILHERME VENÂNCIO/ D.R. O presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, que está há mais de 30 anos a liderar o país, revelou durante o ano passado, que o investimento angolano em Portugal ainda é muito “tímido”. Contudo, pensa que essa situação pode ser invertida se se “estabelecer um quadro financeiro que permita a expansão do investimento público e privado entre os dois países”. Curiosamente, todos os grandes empresários angolanos, ANGOLANOS de e que investem no mercado português, estão ligados ao Presidente. EM POR INVESTIMENTO ANGOLANO EM PORTUGAL A petrolífera estatal Sonangol é uma das empresas mais mediáticas, com investimentos nos setores da energia e da banca portuguesa. Junto com o Grupo Amorim, detêm 33,34% da Galp e é proprietária de 10% SÃO GRANDES EMPRESÁRIOS E, ESCOLHEM PORTUGAL PARA FAZER GRANDES das ações do Banco Millenium INVESTIMENTOS. O MERCADO DE LUXO É O DESTINO, SÃO PESSOAS QUE bcp. A Sonangol controla ainda 19% do Banco Africano de NÃO PERDEM TEMPO COM PEQUENOS NÚMEROS. INVESTEM NA BANCA, Investimentos (BAI) e é um dos TELECOMUNICAÇÕES, ÁREAS INDUSTRIAIS E MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL principais acionistas do Banco Privado Atlântico (BPA). A Santoro Financial Holding, presidente José Eduardo, Isabel capitais angolanos investiu edição angolana. dos setores que mais atrai os é outra empresa de capital dos Santos. Recentemente, a recentemente 51% de capital no A produção de vinhos também empresários angolanos, segundo empresária investiu e adquiriu angolano e, a proprietária desta semanário O Sol. O semanário, atraiu os empresários angolanos, consta, este investimento 9,6% do BPI. Diretamente instituição financeira é a filha do primeiramente fundado por em 2008 foi noticiada a aquisição representa 1 em cada 3 euros ligados à Sonangol jornalistas do jornal Expresso, de duas herdades de produção aplicados em Portugal. Um A COMUNICAÇÃO SOCIAL e à empresária após o investimento angolano, de vinhos, pelo general Hélder dos homens de confiança do Isabel dos Santos, decidiu alargar o público leitor Vieira Dias (Kopelipa), chefe da chefe de Estado Angolano, foi TAMBÉM TEM SIDO UMA estão também dois para todos os países de língua Casa Militar angolana. eleito, em 2008, administrador ÁREA DE INVESTIMENTO bancos privados portuguesa e comunidades A World Wide Capital, não executivo da Construtora angolanos, o BAI emigrantes. A Westside e a fundada por Kopelipa, em do Tâmega, adquirindo 38% ANGOLANO, A NEWSHOLD, e o BIC. Medianova, dois privados 2007, depois de adquirir as do capital, poucos meses SOCIEDADE DE CAPITAIS A comunicação de comunicação angolanos, herdades, tornou-se o quarto depois. A maioria do capital de social também criaram também parcerias com maior acionista do Banco BIG, investimento das empresas, vem ANGOLANOS INVESTIU tem sido uma área empresas de consultadoria de com 7,99%. É também sócio da da produção de petróleo, Angola RECENTEMENTE 51% DE de investimento comunicação, com profissionais empresa Vieira Dias & Barreiros produz, por dia, 2 milhões de a ngola no, a das cadeias de televisão como a Cardoso, ligada à restauração e barris, se cada um custar 80 CAPITAL NO SEMANÁRIO Newshold, SIC e a TVI. O jornal desportivo turismo. dólares, representa um capital O SOL socied ade de A Bola tem atualmente uma O mercado imobiliário é um de 160 milhões de dólares.
  7. 7. tema capa DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 |7 MANUEL VICENTE: Um dos maiores empresários angolanos em Portugal, lidera a Sonangol a maior empresa controlada pelo Estado angolano DONOS DE GRANDE FORTUNA Viajam em aviões privados  Têm casas luxuosas no Algarve, onde passam as férias com a famíliaUsam roupas feitas à medida em Portugal nos mais famosos ateliês Frequentam os melhores e os mais fa- mosos restaurantes de Portugal Manuel Vicente: É licenciado nista do Millenium bcp. Viaja quase todos os meses a em engenharia eletrotécnica Trabalha das 5h da manhã à Portugal, no seu Airbus, e cos- pela Universidade Agostinho meia noite e não admite fa- tuma ficar instalado no Hotel Neto. Foi estagiário na Sonefe lhas. É um empresário que Ritz. Quando a estadia se pro- e chefe do departamento téc- decide depressa, intervém longa opta por ficar no apar- nico do Ministério da Energia pouco e não gosta de perder tamento que comprou na Av. e Petróleos. Em 2001, foi no- tempo. É viciado em despor- Columbano Bordalo Pinheiro. meado presidente da Socie- to e é adepto do Benfica de Passa férias no Algarve, onde e elite dade Nacional de Combustí- Luanda. É um dos homens também tem casa. Acumula veis de Angola (Sonangol), a de confiança de José Eduar- casas e investimentos priva- sua empresa é a maior acio- do dos Santos. dos em Lisboa e no Algarve. PORTUGAL IOS EMPRESÁR ANGOLANO S Hélder Vieira Dias (Kopelipa): Dono da em- golanas em Cabinda e Isabel dos Santos: Tem 36 anos e nasceu na presa, World Wide Capital, é chefe da reúne-se diariamen- URSS, veio para Portugal depois de se li- Casa Militar Angolana. Os filhos e famí- te com o presidente cenciar, é filha do presidente de Angola. lia têm casa em Portugal e fazem check- José Eduardo dos É dona da empresa Santoro, com sede e -ups no Hospital da Luz. Não tem avião Santos. Faz parte escritórios em Lisboa, Mário Leite da Sil- próprio, viaja na TAP ou na Taag e, às da direção do Gabi- va, empresário português, é o seu bra- vezes, “apanha boleia” no avião de Ma- nete de Reconstrução ço direito. É o empresário que repre- nuel Vicente. Comprou duas quintas no Nacional, controla milhões de dólares senta Isabel dos Santos e os seus 10%, Douro de 600 hectares, pagou 1 milhão negociados entre Angola e China. Gos- no conselho de administração do BPI de euros sem nunca ter visto os terrenos ta dos restaurantes do chef Olivier e é e da Zon. Segundo consta, não é uma antes. Gere a estratégia das tropas an- adepto do Futebol Clube do Porto. profissional de relações fáceis, mas sa- be reconhecer e paga bem aos seus quadros. Vem quase todos os meses a Portugal, costu- ma ficar alojada no Ritz. A sua comida de elei- ção é sushi e cozinha de autor. Quando fi- ca mais tempo, usa a sua casa perto do El ANTÓNIO MAURÍCIO: AGUINALDO JAIME: Corte Inglês. Foi em 2001 que a empresá- Vice presidente da Funda- Foi ministro ria criou uma ligação com o mercado na- ção Eduardo dos Santos, adjunto do primeiro cional, tornando-se acionista do BES Ango- lidera, como Manuel Vi- ministro angolano, é la. Mais tarde criou negócios com Américo cente, a holding Suninvest, fundador do Banco Amorim, com a Galp e o Banco Internacional de uma das mais poderosas Africano de Crédito (BIC). do Estado angolano. Investimentos.
  8. 8. 8| DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 geral assunto O Governo negociou com Bruxelas a possibilidade de investir fundos do Norte, Centro e Alentejo na modernização da máquina do Estado lisboeta, POLÉMICO mas a autorização está a ser levada ao extremo: a larga maioria do dinheiro não sai da capital milhões. No total, as candidaturas envolvem 41 milhões em fundos. PAÍS CENTRALIZADO “surripiados” A concentração em Lisboa destes investimentos foi contestada, a Norte. “A confirmarem-se os dados é, no mínimo, escandaloso. Mais uma vez, Lisboa está a modernizar-se, dizendo que o resto do país não existe”, acusa António Marques. O presidente  ISABEL BARBOSA ib.r@folhadeportugal.pt A Ad m i n i s t r a ç ão Pública Central vai receber 177,7 milhões de euros de fundos europeus para financiar a sua modernização. O dinheiro foi dado por Bruxelas às regiões mais pobres (Norte, Centro e Alentejo), mas é Lisboa quem Efeito mais beneficia, ao abrigo de uma exceção à regra negociada entre “spill-over” o Governo e a União Europeia, As regras negociadas conhecido como o efeito “spill- com a Comissão Euro- -over”, ou efeito difusor. peia dizem que o Gover- Segundo o Observatório do no pode usar em Lisboa o Quadro de Referência Estratégico dinheiro das regiões mais Nacional (QREN), Lisboa recebe pobres em três situações: verbas por duas vias dos fundos  modernização da FOTO: LUSA/JOSÉ GOULÃO estruturais: primeiro, através de Administração Pública; projetos interpostos por exemplo  formação da Função por direções-gerais ou institutos Pública; públicos, a executar só na capital  apoio a consórcios – o que renderá 109 milhões de de investigação e desenvolvimento, em que um dos parceiros os esteja na capital. Projetos aprovad ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CENTRAL: Vai receber 177,7 milhões de euros de fundos europeus para financiar a sua modernização euros; segundo, de candidaturas e unidades de saúde, comda AIMinho – Associação Norte – 406 mil em conjunto com as regiões autonomia. Dos 177,7 milhões Empresarial questiona o porquê os do Douro e Porto  Instituto dos Vinh pobres, pelo que irá ter 28 de investimentos de caráter de euros, diz o Observatório do euros; Douro e milhões – mais de metade do QREN, as três regiões receberão, nacional serem feitos com recurso ás-os-Montes e Alto  Universidades de Tr 4 milhões aprovado, conclui-se a partir a verbas originalmente dadas para em candidaturas isoladas, 15,5 litécnico do Porto – do Porto, a par do Po beneficiar apenas três regiões. As de euros; ão DOS 177,7 MILHÕES DE EUROS, AS TRÊS verbas destinam-se a “diminuir o Senhora da Conceiç  Hospital de Nossa (Valongo) – 1 milhão ; REGIÕES RECEBERÃO, EM CANDIDATURAS fosso e as maisregiões disse. pobres entre as ricas”, mais ologia, de  Laborató rio de Energia e Ge ISOLADAS, 15,5 MILHÕES Em vez disso, as “decisões il euros. Matosinhos – 525 m cada vez mais centralizadas” do relatório de execução de tomadas pelo Executivo Centro e Alentejo l Psiquiátrico de Coimbra 2009 do Compete, o programa contrariam um discurso spita  Universidade e Ho financiador. No total, Lisboa oficial descentralizador. ros; – 3,5 milhões de eu ões de receberá 137 milhões de euros “Falar de descentralização s da Rainha – 1,3 milh  Hospital das Calda – três quartos das aprovações. é falar de competências e euros; Branco – O Norte, Centro e Alentejo estas medidas não só retiram sitano, em Castelo  Hospital Amato Lu receberão a parte que lhes competências às regiões como s; 2,4 milhões de euro il euros; cabe dos projetos com Lisboa: levam recursos humanos  Universidade da Covilhã – 472 m 25,6 milhões de euros, a para Lisboa”. Garante que – 1,3 milhões.  Politécnico de Leiria vada, dividir pelas três. Meteram “o país está cada vez mais FOTO: SIPA a candidatura apro O Alentejo só viu um que deverá também projetos sem a centralizado” e teme que dade de Évora, iniciativa da Universi il euros participação de Lisboa, a regionalização, de que é rticipação de 393 m COMISSÃO EUROPEIA: A quantia dada às receber uma compa promovidos (todos menos regiões maisao abrigo das exceções às regras pobres de Portugal será investida defensor, só seja feita “quando to de 561 mil. para um investimen em Lisboa, um) por universidades dos fundos comunitários já não houver fundos”.
  9. 9. Folha CENTRO DE AJUDA LEIA MAIS: 4i/5i – ENCONTRO DAS FAMÍLIAS: A REVOLTA e os seus benefícios 6i – CONGRESSO FINANCEIRO Nº 351 • DOMINGO • 12 • SETEMBRO • 2010 ENCONTRO É POSSÍVEL ALCANÇAR DA PAZ em A VERDADEIRA PAZ? Qual o seu verdadeiro preço? Questões como estas foram discutidas BARCELONA num recente encontro com o Bispo Júlio Freitas, na CATALUNHA FOTOS: CEDIDAS  ISABEL BARBOSA ib.r@folhadeportugal.pt N que ocorreu nas suas vidas e Para enriquecer este argumento, o domingo, dia como elas superaram os seus referiu a seguinte passagem 29 de agosto foi bíblica: “Deixo-vos a paz, a problemas e, hoje, desfrutam realizado no Palácio minha paz vos dou; não vo-la de uma vida de harmonia e paz. de Congressos de dou como a dá o mundo. Não Como é o caso de Laura. Barcelona, o 1º Encontro para se turbe o vosso coração, nem se Sem dúvida, um evento a Paz. atemorize” (João 14.27). que marcou um antes e um O principal objetivo do evento No evento, várias pessoas depois na vida das pessoas que foi conscientizar os presentes testemunharam perante os participaram do 1 º Encontro que o preço da verdadeira paz presentes a transformação para a Paz, na Catalunha. é superar os problemas que Para a divulgação do afetam as pessoas nas diferentes orientações práticas de como evengelístico do Centro de O PREÇO DA VERDADEIRA evento a Igreja contou áreas da sua vida. superar as dificuldades. Ajuda Espiritual na Europa, PAZ É SUPERAR OS com o apoio do trabalho Cerca de mil pessoas que explicou a importância da de evangelização feito por provenientes das diferentes A MENSAGEM pessoa não ter o seu coração PROBLEMAS QUE meio da programação de reg iões da Cata lu n ha, O evento foi ministrado pelo absorvido pelos problemas, AFETAM AS PESSOAS NAS rádio, televisão, internet, participaram nesta reunião orador, Bp. Júlio Freitas, porque quando isso acontece, é DIFERENTES ÁREAS DAS jornal, grupo jovem e onde receberam várias responsável pelo trabalho impossível ter paz na sua vida. SUAS VIDAS evangelizadores nas ruas. Casos Verídicos Bateu em HISTÓRIAS EMOCIONANTES E DRAMÁTICAS DE QUEM DECIDIU ENFRENTAR OS DESAFIOS várias PORTAS “Sempre fui muito nervo- que foi aumentando, não olhei Centro de Ajuda Espiritual e sa, rebelde e agressiva. a esforços para o resolver. Fui a todo o sofrimento, deceções e Tinha ainda baixa autoestima, bruxos, curandeiros, espíritas... humilhações acabaram, quando era depressiva, não gostava de mas não resolvi o problema. Até aprendi a usar a fé e a manifes- sair, tinha fobia a lugares fecha- que veio o diagnóstico de que tar a revolta contra os proble- dos, medo da morte e via vultos. era estéril. mas que me afligiam. Hoje, sou Quando surgiu um problema Foi, então, que os meus pais me casada e tenho um filho. de saúde, um quisto no ovário convidaram a frequentar o Sou feliz!” LAURA A CO FUI
  10. 10. 2i | DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 superação O poder do SACRIFÍCIO Venceu TODAS AS SEMANAS, IRÁ ACOMPANHAR, AQUI, HISTÓRIAS EMOCIONANTES E DRAMÁTICAS DE QUEM ENFRENTOU E VENCEU DESAFIOS a guerra do vício  ISABEL BARBOSA ib.r@folhadeportugal.pt N edvan Araújo tinha uma vida considerada normal até à sua adolescência. Depois, ocorreu algo que mudou por completo a sua existência: a irritação, tremia e sentia dores”, entrada no mundo das drogas. afirma. “Usava as drogas como refúgio, Sentindo-se no fundo de um para sentir um pouco de alívio poço, Nedvan ainda descobriu do imenso vazio que sentia. que estava doente. Foi como se o Claro que as amizades também mundo desaparecesse sob os seus influenciaram, mas a solidão, as pés, já que não conseguia encontrar deceções, a depressão foi o que me a saída para o abismo em que vivia. levou ao vício”, conta Nedvan. “O momento mais difícil “Quando consumia a droga, da minha vida, foi quando me era a verdadeira ilusão, o engano, encontrei numa cama do Hospital sentia-me em paz, achava que dos Capuchos. O meu organismo estava no caminho certo. Mas ressacou, devido ao uso da quando passava o efeito, eu só química, e eu tive que passar por queria cavar um buraco e entrar. uma cirurgia de urgência. Vi que, Não conseguia encontrar uma realmente, não tinha ninguém, paz, tentava de todas as formas, nem parentes nem amigos”, mas a cada dia tornava-se pior”, lembra. FOTOS: CEDIDAS recorda. No Brasil, Nedvan não A ENTRADA NA GUERRA consumia regularmente, e Foi assim que decidiu dar ouvidos quando o fazia era a chamada à voz de Deus. “Depois que saí do ‘droga leve’ – marijuana, haxixe. hospital, ouvi na rádio, um caso Em Portugal, conheceu o lado mais duro da droga, a química – Hoje uma pessoa que aqui na terra não encontrou meios de se livrar das drogas. verídico de alguém que tinha ficado livre da dependência cocaína, heroína. Como ele mesmo transformada tanto interior “Tinha vontade de deixar a química e tive curiosidade em conta: “Vim para a Europa com a esperança de alcançar os meus quanto exteriormente, droga, mas não tinha forças, deixava um dia, uma semana, ir. Quando sai da primeira reunião no CENTRO DE AJUDA sonhos, mas aqui só piorou”. Nedvan relata uma vida mas voltava. Achei que jamais ESPIRITUAL senti uma diferença O ABISMO que passou pela utilização O MOMENTO MAIS DIFÍCIL DA MINHA Com o anos, começou a perceber diária de drogas. Cedo a VIDA, FOI QUANDO ME ENCONTREI NUMA que aquela vida nada tinha de normal, faltava dinheiro para dependência deu origem CAMA...VI QUE, REALMENTE, NÃO TINHA comida e para as necessidades a outros problemas: NINGUÉM, NEM PARENTES NEM AMIGOS básicas, mas para as drogas nunca faltou. Tentou de várias formas financeiro e de saúde me ia livrar do vício. O organismo em mim. Continuei a frequentar o deixar o vício, mas sem sucesso. O pedia e quando não consumia CdAE e já tinha forças para dizer vazio do seu coração era tão grande tinha ataques de nervosismo, ‘não’ à minha vontade. Foi aí que entrei na guerra, mas mediante a fé e uma perseverança muito grande, venci a guerra”, afirma Nedvan. Hoje, completamente livre da NOVA dependência química e curado, VIDA: Nedvan reconhece que só em Nedvan é hoje uma nova Deus encontrou o preenchimento pessoa, que reconhece que do vazio que havia no seu coração. só em Deus “Hoje, trabalho por conta encontrou o preenchimento própria, superei a depressão do vazio que e tenho a paz. Uma paz que é havia no seu coração verdadeira, independente das circunstâncias. Sou feliz! Tenho namorada, uma pessoa de Deus, que conheci no CdAE”. NEDVAN ARAÚJO – TEMPLO MAIOR
  11. 11. reflexão DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 | 3i O CENTRO DE AJUDA ESPIRITUAL (IURD) NÃO COBRA: mensagem 1.Para realizar casamentos 21.Para manter a Fazenda BISPO EDIR MACEDO 2.Para realizar batizados Nova Canaã (adultos) 22.Para a realização de cursos 3.Para dar aconselhamento informáticos A nova matrimonial 23.Para aconselhar e apoiar 4.Para aconselhar e na escolha de uma carreira acompanhar indivíduos profissional vida toxicodependentes 2 4 . P a r a a t e n d i m e n to 5.Para aconselhamento telefónico 24 horas pastoral 25.Para apoio a mulheres 6.Para participar na Santa vítimas de abusos S Ceia 26.Para apoio e 7Para a realização da unção aconselhamento a indivíduos com óleo dependentes alcoólicos e alguém quiser mudar de vida, novamente, naquela luta e angústia. E isso vem-se 8.Para visitas ao domicílio 27.Para visitas a lares de não há outra saída a não ser que repetindo. Será que é isso que Deus quer? Que 9.Para visitas a doentes no terceira idade aconteça uma verdadeira entrega nós venhamos a estar bem, duas ou três vezes hospital 28.Para dar alimento aos sem- do ser ao Senhor Jesus. Observe por semana, quando estamos na igreja, para 10.Para visitas a presidiários -abrigo que na igreja a pessoa sente depois vivermos aquela situação crítica? Não. 11.Para distribuição de 29.Para apoio em catástrofes um bem-estar e uma paz, mas Deus não é como um comprimido que cestas básicas às famílias 30.Para a realização quando sai de lá enfrenta acaba com a dor somente carenciadas de atividades lúdicas e os mesmos problemas que naquele momento. 12.Para distribuição de desportivas com os jovens vinha enfrentando, os quais DEUS NÃO Ou Ele faz ou não faz. Mas bens (roupas, mobílias, 31.Para aconselhamento e podem ser de ordem familiar, como é que Ele trabalha? eletrodomésticos, etc.) a campanhas na prevenção do financeira ou espiritual. É COMO UM Ele trabalha em cooperação pessoas carenciadas HIV Quando se está lá fora a COMPRIMIDO connosco. O milagre que 13.Para acolher o Instituto 32 .Pelo transpor te de enfrentar essas situações, Deus faz nas nossas vidas QUE ACABA COM Português do Sangue nas suas pessoas com dificuldades de obviamente o seu estado depende de nós. Qualquer que instalações para a doação de locomoção de espírito cai e a sua fé A DOR SOMENTE seja o milagre que almejo na sangue 33.Pelo estacionamento no diminui. Por não ver logo NAQUELE minha vida, sou eu que tenho 14.Para ajudar a manter o Lar parque da Igreja a solução que gostaria, a de tomar uma atitude em de Idosos Universal 34.Pelos Estudos Bíblicos MOMENTO. OU pessoa sente-se fraca e débil primeiro lugar, para que Deus 15.Para a apresentação de realizados diante daquele determinado ELE FAZ OU venha a cooperar comigo. É crianças (não batiza crianças, 35.Pela entrada e participação problema. Então, a sua fé cai NÃO FAZ esse casamento que produz o somente adultos) no Maior Congresso e a dúvida por sua vez cresce. milagre. 16.Para participar no Grupo Financeiro do País Por conta disso, a pessoa fica Para que a pessoa seja forte, de Jovens "Força Jovem" 36.Pela realização de funerais abatida, stressada, deprimida, mal-humorada, tanto dentro da igreja como lá fora, somente se 17.Para a realização de 37.Pela distribuição do Óleo vê-se perdida e não sabe o que fazer. acontecer uma nova vida, uma transformação orações Santo de Israel 18.Para a entrada nas igrejas e 38.Pelos cursos de Teologia Acontece que muitas pessoas vêm à igreja, dentro dela mesma. participação nos cultos (IBURD) reabastecem a bateria da fé, saem bem, 19.Para a participação em 39.Pelos milagres que mas depois têm de enfrentar os problemas Que Deus abençoe a todos abundantemente. Concentrações, em locais acontecem em todos os como: Coliseu dos Recreios, Centros de Ajuda espalhados Pavilhão Rosa Mota, Estádios, pelo Mundo. Pavilhão Atlântico, etc. 20.Para ajudar a manter a Só ensina às pessoas a Sociedade “Pestallozi” (presta VERDADE. O dízimo, como assistência aos portadores da também as ofertas, são síndrome de Down) mandamentos bíblicos. CONHEÇA ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE OS TEMPLOS DO CENTRO DE AJUDA ESPIRITUAL EM PORTUGAL SEDE DA IURD EM PHOENIX: VOCÊ SABIA?  Foi inaugurada no dia 27 de abril de 2008;  A construção tem a área de 745 metros quadrados;  O templo tem capacidade para cerca de 400 pessoas;  Há 65 vagas no estacionamento;  A Escola Bíblica Infantil conta com duas salas;  Para além da sede em Phoenix, a IURD conta com mais outros quatro templos no estado do Arizona. FOTO: D.R. MORADA: 2838N, 7TH STREET, PHOENIX – ARIZONA, 85006 USA TELEF: 1-888-801-3332
  12. 12. 4i | DOMINGO 12 • SETEMBRO • 2010 templo maior mensagem DESAFIE-SE! O poder que há em si de causar uma revolução na sua vida, quer seja, na Use as capacidades que você tem, Deus não vai trabalhar para você. Ele vai fazer o que AR seusB área sentimental, na saúde, familiar, você não pode, depois que você fez tudo o profissional é uma questão de crença pessoal, que pode. E Deus livrou o Seu povo com mão de não estar acomodada/o. Mas, o erro de forte! muitas pessoas tem sido exatamente esse: o de Deus não livrou Daniel da cova dos ficar à espera que Deus faça a Sua parte, sem leões, mas livrou-o dos leões. Daniel estava que elas façam a sua. Pensam que pelo facto revoltado e não irado. Os seus subordinados de crerem em Deus, serem honestos, lerem a tinham influenciado o rei a fazer uma lei  ISABEL BARBOSA ib.r@folhadeportugal.pt T Bíblia, irem à igreja, Deus vai ter que salvar proibindo as pessoas de orarem a Deus e a sua família. Mas, não ore, não jejue, não orarem somente ao rei Dário. O que fez odos aqueles que perdoe, não tenha bons olhos para eles, para Daniel? Foi ‘bater boca’ com eles? Não! Foi pa r t icipa m no ver se Deus os vai salvar. falar, clamar a Deus. Quem está revoltado/a “E n c o nt r o d a s Vejamos, alguns exemplos, do Antigo não fica preocupado/a com o que os outros Famílias,” no Templo Testamento, para entendermos um pouco falam, acham ou pensam, faz o que tem Maior, consideram-no especial, melhor. a fazer e acabou. Quem está revoltado/a, pelos momentos dedicados à Quando Deus quis salvar a Noé. O que fez? desafia-se, movido/a por uma fé! A sua crença meditação na Palavra de Deus, Deus construiu a arca para Noé, certo? Não! em Deus não é mental, verbal, emocional; pela busca do Espírito Santo Foi Noé quem a construiu e demorou 100 a sua fé é racional, é inteligente. Sabe aonde e pelo clamor pelas famílias. anos. Agora, Deus salvou Noé e a sua família, está e para onde vai, o que tem é o que quer. Os participantes recebem porque lhe deu força, saúde e esperança. Confia em Deus, e Ele tem que fazer o que ela fortalecimento espiritual e, Deus quis salvar o povo de Israel que estava não pode. assim, tornam-se capazes de há 430 anos escravo. Pode salvá-lo? Não! Elias, por exemplo, quando estava vencer as adversidades da vida. Porquê? Porque Moisés matou um egípcio. revoltado libertou uma nação que, sofria há 3 Muitos chegam com diversos Ele tentou resolver um problema espiritual, anos e 6 meses com uma seca. Ele fez cair fogo problemas, mas, à medida que usando armas físicas. E o que aconteceu? do céu. A revolta faz acontecer o sobrenatural, dão ouvidos à voz de Deus Gerou outros problemas, quando se irou e mas quando a pessoa está acomodada nem o e passam a tomar atitudes ficou com raiva. E, hoje, não é diferente, têm normal acontece. baseadas na fé sobrenatural, pessoas que se matam, porque alimentam Precisamos entender que a acomodação ficam livres do sofrimento. uma raiva, um sentimento emotivo. tira a nossa força, independência, disposição e Na palestra, os participantes Deus não nos manda tomarmos decisões a direção que precisamos para alcançarmos os têm constatado o Poder de Deus, no campo de batalha; a sua em cima da raiva. Já leu no livro de nossos objetivos nesta vida. testemunhando a concretização visão é vencer a guerra. Provérbios, o que Deus disse a respeito da Se não há revolta, então, não há dos sonhos até então tidos como A visão do acomodado é raiva? Ninguém está isento de sentir raiva, manifestação de poder. O que faz tirar poder impossíveis. uma melhora. Por isso, acaba mas quando a sentimos, não devemos fazer de Deus é a revolta. Você está irado ou por perder tudo. Nenhum nada. Segundo Deus, devemos esperar pelo revoltado? Cada um vai colher o que plantou. REVOLTA VS acomodado vence uma batalha, dia seguinte. “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas ACOMODAÇÃO quanto mais uma guerra. Como cristãos não temos o direito de misericórdias de Deus, que apresenteis Os revoltados são valentes, “O que é a revolta?”, tomar decisões em cima de uma raiva, de uma o vosso corpo por sacrifício vivo, santo destemidos e, com Deus, questionou o orador, Bp. Júlio ira; temos o direito de usarmos a inteligência, e agradável a Deus, que é o vosso culto tornam-se poderosos em Freitas, às centenas de pessoas a razão e tomar decisões em cima de uma racional. E não vos conformeis com este guerra. O revoltado conhece-se presentes no último domingo, revolta. O que é a revolta? Revolta é uma fé século, mas transformai-vos pela renovação inteligente, é algo racional que pensamos, da vossa mente, para que experimentais qual EncontrodeCasais seja a boa, agradável e perfeita vontade de QUEM ESTÁ REVOLTADO/A, Deus” (Rm 12.1-2). 18 Setembro, às 17h30, no DESAFIA-SE, MOVIDO/A POR UMA Está escrito que Templo Maior temos que nos revoltar, FÉ! A SUA CRENÇA EM DEUS NÃO É mas essa revolta MENTAL, VERBAL, EMOCIONAL; A começa na nossa forma de pensar. Como você SUA FÉ É RACIONAL, pensa, age, fala e decide. É INTELIGENTE A sua escolha é feita pela sua mente. Deus não nos CONSELHOS: O orador, Bp. Júlio Freitas, manda comparar com transmite aos casais, na frente do Altar, orientações práticas para o dia-a-dia analisamos, é algo que comparamos com a ninguém, porque somos únicos. A única vez, Palavra de Deus. na Bíblia, que Deus pede para olharmos para Depois de 40 anos, quando Moisés tinha alguém foi para a fé de Abraão. 80, Deus enviou-o para o Egipto para libertar Quem é revoltado, quer viver com o que o Seu povo. Moisés, agora, manifestava uma é bom, agradável e perfeito, porque essa é a ira ou uma revolta? Revolta! E o interessante vontade do nosso Deus. Não se acomoda, não A FELICIDADE TAMB é que, antes, ele pensava que ia ter o apoio de um exército, agora, ele só tinha um pedaço se conforma! ENCONTRO DAS FAMÍLIAS de pau, que era o seu cajado. Deus é assim! POR SEU SERVO EM CRISTO, BP. JÚLIO FREITAS e, nu

×