Folhaportugal319

716 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
716
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folhaportugal319

  1. 1. Diretor: João Filipe Jornal de distribuição gratuita Nº 319 De 31 de Janeiro a SEMPRE 06 de Fevereiro de 2010 AO SEU EDIÇÃO NACIONAL LADO 50.000 E X E M P L A R E S folhadeportugal.pt O FIM DA TOLERÂNCIA INFELIZMENTE, ESTA PARECE SER A DURA REALIDADE SOCIAL DOS NOSSOS DIAS, JÁ QUE CADA VEZ MENOS AS PESSOAS TÊM PACIÊNCIA PARA COMPREENDER, DESCULPAR E RELEVAR OS ERROS COMETIDOS POR QUEM AS RODEIA OU, ATÉ MESMO, AS ATITUDES QUE DIFEREM DAS SUAS. A SOCIEDADE MODERNA PRIMA, AFINAL, PELA INTOLERÂNCIA FOTO: D.R. . 06/07 TEMA CAPA...PÁGS POBREZA NAYMA 2010 É O ESTANDARTE CONTRA O FLAGELO CRESCENTE MINGAS A manequim internacional, filha de Rui Mingas, fala-nos da sua carreira e do mundo da moda . 03 ENTREVISTA...PÁG UNIÃO IBÉRICA? 1,9 MILHÕES Unidos ou separados? DE POBRES Fazem-se até sondagens de opinião, para uma união Vivem com ibérica que já se especula... menos de 414 PORTUGAL EM XEQUE...PÁGS. 10/11 euros por mês, isto depois de receberem VIRAGEM as prestações sociais... são os POLÍTICA FOTO: LUSA/JOÃO RELVAS “novos pobres” Hamas aceita o direito à de Portugal existência de Israel e está preparado para anular MARCHA CONTRA A POBREZA . 08 ASSUNTO POLÉMICO...PÁG o apelo à destruição REALIZADA EM DEZEMBRO/2009 . 12 REPORTAGEM ESPECIAL...PÁG PUB
  2. 2. 2| DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 opinião EDITORIAL JOÃO FILIPE Diretor Foto da Semana Orçamento possível ou necessário? O nosso Governo apresentou, na passada semana, o Orçamento Geral do Estado, que representa a lei que permite ao Governo dirigir o País, ou seja, permite a despe- sa pública, assim como criar receitas. Esta lei possibilita que o País tenha o seu equilíbrio financeiro e económico, como permite também que o Estado aumente ou diminua a sua capacidade de endividamento. Esta proposta, para poder ser aplicada, tem de “enfrentar” a votação na Assembleia da República. Mas, não se trata apenas de uma votação, como aquela que o Governo está a negociar com a oposição, pois, para além desta, terá de enfrentar uma votação na especialidade, ou seja, rubrica a rubrica, qual ou quais as despesas que serão feitas, em que Ministérios, assim como onde se irão buscar as receitas para suprir as despesas pensadas, tais como impostos. Por este facto existiram tantas negociações para a aprova- ção do Orçamento de Estado (OE). Os partidos mais à es- querda do PS, tais como PCP, Os Verdes e Bloco de Esquerda, vão votar contra o orçamento que ape- lidam de “direita”. Já os partidos É necessário mais à direita, PSD e CDS/PP, con- CHEIAS NO tomar figuraram as maiores maratonas VALE SAGRADO medidas de negociações para viabilização concretas, do OE. Mas, como o Governo não DOS INCAS corajosas acatou todas as exigências dos re- As chuvas torrenciais, as para se feridos partidos, estes vão--se abs- piores dos últimos 15 anos, deixaram o Peru inundado e poder ter. Ora, aqui está o “x” da questão, semearam o caos em vários inverter pois quando enfrentamos um ato pontos do país, provocando o rumo eleitoral, existe um elevado nível dezenas de feridos, para além de pontes, casas e linhas férreas das coisas de abstenção, todos criticam a fal- destruídas. Na região turística de Machu Pichu ficaram dois ta de participação, mas, depois, os mil turistas encurralados e nossos representantes na Assembleia fazem o mesmo, sob já foi decretado o estado de FOTOS: EPA um novo conceito, o de “abstenção responsável”. emergência no país, que ficará em vigor durante 60 dias. Os partidos poderiam, se concordam com a maioria das medidas, votar a favor. Na votação na especialidade vota- riam contra ou se abstinham nas medidas com que menos concordam, por isso, o nosso País, tem um partido com maior votação: chama-se “abstenção”. É necessário tomar medidas concretas, corajosas, para se poder inverter o rumo das coisas, tomar medidas sem pen- sar nos votos e sim na solução dos problemas, enfim, ser verdadeiramente responsável pelos destinos do nosso País porque, afinal, foi para isso que o povo os elegeu. Tenha uma boa leitura! Leia a opinião do Bispo EDIR MACEDO na página 3i, do caderno Folha Centro de Ajuda ACORDO ORTOGRÁFICO: Informamos os nossos leitores de que já começámos a aplicar algumas das alterações do Novo Acordo Ortográfico. Folha de Portugal: Edifício Entreposto, Praça José Queirós, piso 5, 1800-237 Lisboa Tel: 210 300 978/80 Fax: 210 300 999 Diretor: João Filipe direccao@folhadeportugal.pt Editor: IURD Redação: Carla Vaz, Nilza Vaz, Isabel Barbosa Paginação: Carlos Paredes, Eliane Rosa FOLHA DE PORTUGAL Título registado no ERC com o nº 125046 Propriedade: IURD Correio do Leitor: Sede administrativa: Praceta Professor Francisco Gentil, nº3 - Póvoa de Santo Adrião - Lisboa NIPC: 592001679 online@folhadeportugal.pt Publicidade: Periodicidade: Semanal Impressão: Rafik Comunicação e Imagem Unipessoal, Lda. - Sítio da Bemposta, nº 1, 1A, 1B. publicidade@folhadeportugal.pt Longo da Vila - Mafra Tiragem: 50 000 exemplares Distribuição: Gratuita Circulação: Portugal Continental e Ilhas A FOLHA DE PORTUGAL NÃO SE RESPONSABILIZA NEM PELAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES, POIS ELAS NÃO EMITEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL, NEM PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS
  3. 3. 4| DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 SETE DIAS aconteceu Gente Salários sacrificados CIBERCENSURA Em declarações ao New York Times, Bill Gates declarou ter fi- cado pouco impressio- GOVERNO CONGELA SALÁRIOS COM O nado e até um pouco OBJETIVO DE REDUZIR UM DÉFICE ACIMA TEIXEIRA DOS perplexo com a recente ameaça da DE 9% DO PIB PARA 8,3% EM 2010 SANTOS: Segundo o Google de sair da China, caso Pe- ministro das quim insista na cibercensura. Quase Finanças, para os cerca “Este ano não haverá funcionários públicos que o Governo poderá todos os países têm leis e políticas de 700 mil funcionários aumentos reais para vão agora pagar uma oferecer aumentos controversas, estimou Gates. públicos haverá a função pública”, grande parte da até ao intervalo da "aumentos reais zero" afirmou, perentório, fatura de um défice inflação, estimada CHÁVEZ E A TV Teixeira dos Santos, orçamental que anda entre 0,7% e 0,8%. Hugo Chávez, presi- ministro das Finanças, próximo dos 9% do Se os aumentos a dente da Venezuela, na conferência após PIB. anunciar se situarem mandou encerrar cin- a aprovação do Na melhor das abaixo deste intervalo, co canais da televisão Orçamento de 2010 hipóteses, para os ou se a inflação média por cabo se estes se FOTO: LUSA/MÁRIO CRUZ em Conselho de cerca de 700 mil no final do ano for recusarem a transmitir um discur- Ministros. Depois de funcionários públicos superior à projetada, so seu. Apesar do clima de des- ganhos reais de 3,8% haverá “aumentos reais então existirá uma contentamento que se vive face a no ano passado, os zero”. Isto significa perda real nos salários. Chávez, apenas algumas dezenas de venezuelanos se manifestaram contra o encerramento dos canais. Sem dinheiro para a saúde 100 PERÍCIAS MUNDIAL 2018 POR MÊS O presidente da FIFA, Joseph Blatter, admitiu Seis em cada dez famílias obrigado a adiar uma terapia, um que uma candidatu- FOTOS: D.R. sentiram dificuldade em quinto interrompeu-a e outros Em 2009, o Instituto Nacional de Medicina Legal ra conjunta na Euro- seguir tratamentos médicos devido tantos nem ponderaram iniciá-la, fez 1.270 exames a alegadas vítimas de crimes pa tem boas hipóteses a problemas financeiros durante o por impossibilidade de pagar. Nas sexuais, 60% das quais crianças, uma média de mais de vencer a organização da fase fi- ano passado, revela um inquérito últimas condições estão 650 mil de 100 perícias todos os meses. Entre estas vítimas nal do Mundial de 2018. “A Histó- da Deco-Associação Portuguesa famílias (cerca de 40 por cento dos estão pelo menos oito – seis que terão sido atacadas ria mostrou, nos Europeus de 2000 para a Defesa do Consumidor a inquiridos), segundo estimativas pelo “violador de Telheiras”, o homem procurado (Bélgica-Holanda) e 2008 (Áustria- 1.639 famílias portuguesas. Quase da associação divulgados na revista pela polícia há mais de dois anos, e duas, atacadas pelo Suíça), que uma co-organização po- metade daqueles agregados foi “Teste Saúde”. “violador de Benfica”, detido há três semanas. de ser um grande sucesso”, afirmou. PUB
  4. 4. sete dias DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 |5 a sua carreira 8 REGRAS A SEGUIR NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO FOTO: D.R. A consultora de etiqueta pessoa acessível a todos, e chefes, podendo estar empresarial e pessoal, independentemente do equivocados. Renata Mello, aponta profissional trabalhar  Não conte muitos Se está a começar conhecer pessoas da equipa. quais são as principais diretamente consigo ou aspetos da sua vida ou fale num emprego novo, Isso geralmente deixa o posturas e atitudes que não. muito sobre si. E mantenha aproveite para levar à profissional mais à vontade devem ser mantidas no  Não faça pré- essa postura nas primeiras risca a recomendação de e propicia gafes. primeiro dia de trabalho: -julgamentos. Mesmo que semanas no novo trabalho. começar com o pé direito.  Não se atrase em  Mantenha o sorriso no não comente com ninguém,  Prefira escutar a falar e Na verdade, é preciso mais hipótese alguma. Chegue rosto. e s s e s p e n s a me nto s observe o ambiente, como do que o pé para garantir com um bom avanço,  Demonstre interesse podem colaborar para as pessoas se comportam. uma boa impressão nos para se preparar para a pelas pessoas e pelas coisas. determinar a sua postura  Mantenha-se mais colegas e superiores, na nova empreitada de forma  Demonstre ser uma em relação aos colegas reservado, mesmo se já nova casa tranquila. MUNDO TINHA 18,5 MIL TECNOLOGIA PESSOAS HÁ 1,2 MILHÃO DE ANOS Geneticistas da Universidade de Utah, EUA, calcularam, analisando MUSICDNA: o herdeiro direto do MP3 o DNA completo de apenas dois indivíduos, o tamanho da popu- lação humana há 1,2 milhão de anos, da qual todas as pessoas no Mundo O grande sucessor do mp3 já tem nome: “MusicDNA”. “MusicDNA” MusicDNA descendem, que se cifrava em 18.500. A grande inovação do formato é disponibilizar, a par Os cientistas estimaram o número em 18.500 pes- com a música, outro tipo de material, tal como fotografias, soas, mas tal refere-se apenas àqueles em con- letras de canções e calendário de espetáculos. Só há uma dição de reprodução, a população “efetiva”. A condição: que a música tenha sido descarregada de forma população real pode ter sido cerca de três vezes legal. maior ou de até 55.500. Este formato já recebeu o apoio da indústria discográfica, A população humana só atingiu níveis elevados que, há vários anos perde milhões para a pirataria digital. FOTO: D.R. após o advento da agricultura, muito mais tarde. Através do “MusicDNA”, as discográficas, autores e até as “MusicDNA” MusicDNA”, FOTO: D.R. lojas musicais poderão atualizar os arquivos dos seus fãs e clientes de cada vez que haja uma novidade. Basta para isso uma ligação à Internet. EUA Partilha de ficheiros PUB dá multa de 2 MILHÕES Jammie Thomas-Rasset, uma mulher norte-americana, que, em 2007, foi condenada a pagar 200 mil dólares à “Record Industry Association of America” (RIAA), na altura resolveu recorrer da decisão e, em 2009, acabou por ver a multa aumentar para 2 milhões de dólares. Depois de considerar esta coima absurda, um novo juiz resolveu agora reduzir a multa para 54 mil dólares, argumentando que o primeiro pedido de indemnização da indústria era “monstruoso”. Reagindo à nova decisão, Jammie afirmou à imprensa norte-americana que “sejam 2 milhões ou 54 mil dólares, eu sou uma mãe de quatro filhos com um só meio de sustento e não temos esse dinheiro de momento”. AJUDA DURANTE OS PRÓXIMOS 10 ANOS Duas semanas depois do sismo, o futuro parece ter começado a bater à porta do Haiti Foi um apelo muito concreto, o que o primeiro-ministro haitiano, Jean-Max Bellerive, lançou minutos antes da conferência, em Montreal: o Haiti precisa que o Mundo se preocupe com os haitianos durante pelos menos cinco, dez anos. “O povo haitiano precisará de mais, e mais e mais para completar a reconstrução.” As previsões do seu homólogo e anfitrião, Stephen Harper, vão no mesmo sentido: “A reconstrução demorará pelo menos dez anos.” O termo “reconstrução” foi muito usado pelos 20 países presentes na conferência; mas Bellerive não está “confortável” com a palavra. “As ações [futuras] devem permitir-nos FOTO: EPA/TIAGO PETINGA relançar o país para a via do desenvolvimento. Não se trata apenas de voltar à situação anterior. Esta reconstrução afetará todo o país e devemos pensar em relocalizar uma parte da população.”
  5. 5. 6| DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 TEMA CAPA A UMA DÁDIVA EM VIAS EXTINÇÃO Do ponto de vista social, a TOLERÂNCIA define a capacidade de uma pessoa ou grupo social aceitar, noutra pessoa ou grupo social, UMA ATITUDE DIFERENTE DAS QUE SÃO A NORMA NO SEU PRÓPRIO GRUPO. Numa conceção moderna é também a atitude pessoal e comunitária face a valores diferentes daqueles adotados pelo grupo de pertença original  CARLA VAZ carla.redaccao@folhadeportugal.pt pancadaria e morte. De acordo quando o índice de glicose aumenta a atenção com uma investigação nacional no sangue. A pessoa também do Mu ndo N um Mundo cada vez do Instituto Latino – do Delito e começa a respirar mais rapidamente nu ma da s mais regido pela rapidez Tratamento do Delinquente, 70% e tem taquicardia. Quando libertado maiores virtudes em realizar tarefas e dos homicídios são causados por repentinamente, o cortisol prejudica humanas: a tolerância. pelo trânsito caótico motivos insignificantes. o sistema imunológico, o que afeta a Esta não deve ser que afeta, sobretudo, as grandes saúde e o sistema nervoso”. confundida com cidades, quem sai a ganhar é quase STRESS ALTERA passividade, complacência sempre o stress e quem sai a perder COMPORTAMENTO O DIA INTERNACIONAL ou indiferença, pois é é, normalmente, a paciência, e, por Para Geraldo Possendoro, psiquiatra PARA A TOLERÂNCIA um compromisso ativo vezes, até mesmo a vida. Quase todos comportamental, quando a pessoa Este dia foi instituído pela ONU (16 e positivo em relação à os dias são cometidos atos bárbaros passa por um momento de stress de Novembro), em reconhecimento diversidade humana e, por em situações do quotidiano, as quais ocorrem alterações fisícas que da Declaração de Paris, assinada no conseguinte, é um princípio poderiam facilmente ser resolvidas podem afetar o comportamento: “o dia 12 de Novembro de 1995, tendo fundamental da democracia nas com uma simples conversa, mas corpo liberta cortisol, uma hormona tido 185 Estados como signatários. A nossas sociedades multi-étnicas e que acabam por evoluir para importante em momentos de tensão, comemoração desta data visa centrar multiculturais. MENOS PACIENTES NO MUNDO OFF-LINE De acordo com uma pesquisa realizada pela operadora de quando tem de esperar mais de um minuto para visualizar o telemóveis inglesa, “Talk Talk”, a Internet pode ser responsável conteúdo de um site. pela impaciência das pessoas no universo off-line. “A Internet Já ao responder a uma mensagem de voz ou de texto, as agiliza a nossa vida e torna-nos menos pacientes com a natureza pessoas querem que esta seja respondida até 13 minutos e 16 vagarosa do mundo off-line”, menciona o estudo. O mesmo segundos; nos restaurantes, a impaciência chega aos 8 minutos refere ainda que o que mais irrita as pessoas é quando estas têm e 38 segundos; ao encontrar um amigo, a tolerância para o de esperar durante uma ligação, sendo aqueles que cresceram atraso é de 10 minutos e 1 segundo. Este estudo concluiu que inseridos na era da Internet os que têm menos paciência para as pessoas estão cada vez mais exigentes e buscam velocidade e esperar. No geral, 70% dos inquiridos confessou que se irrita conveniência nas suas ações. FOTOS: D.R.
  6. 6. tema capa a DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 |7 ➪ TOLERÂNCIA É SEXO FEMININO SABER CONVIVER COM AS DIFERENÇAS É O MENOS DOS OUTROS TOLERANTE ➪ A DÁDIVA DA TOLERÂNCIA TEM EM CONTA NÃO OS ERROS, MAS TAMBÉM O PERDÃO E A OPORTUNIDADE DE CRESCIMENTO PESSOAL ➪ A TOLERÂNCIA É, NA SUA FORMA MAIS PURA, UMA DEMONSTRAÇÃO DE AMOR Um estudo do Emmnuel College, de Boston, demonstrou que as mulheres formam uma impressão negativa dos seus colegas mais rapidamente do que os homens. Os investigadores pediram a ambos os sexos que analisassem os seus colegas de quarto sob diferentes perspetivas. Quando julgaram os colegas por terem praticado um ato fictício com comportamento negativo, o sexo feminino foi mais crítico, enquanto o sexo masculino se mostrou bem mais tolerante. MAIS STRESS Os cientistas concluíram que as mulheres são mais severas porque têm mais expetativas numa relação de amizade com NO LOCAL alguém do mesmo sexo. Também é o sexo feminino que confere um peso maior a atitudes más porque isso afeta a intimidade que têm com as amigas. DE TRABALHO Uma investigação recente efetuada em diversos países, Dicas para combater incluindo o Brasil, revelou que 58% das empresas regis- tou um aumento significativo dos níveis de stress ocupa- cional, nos últimos dois anos. Este estudo divulgado pela Regus, empresa especializada em soluções inovadoras no ambiente corporativo, apontou também os princi- O STRESS PROFISSIONAL pais motivos que conduzem os profissionais ao stress. A principal causa de stress mencionada pelos entrevista-  Manter o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal: de- dos está relacionada com a pressão para conquistar mais dique-se à prática de desportos e atividade de lazer, estabeleça metas e resultados pa- horários e dedique-se à família e aos amigos, a fim ra a empresa. Para além de conseguir manter uma boa qualidade de vida; disso, as ameaças cons-  Evitar sobrecargas: elabore uma lista de objeti- tantes de perder o em- vos a curto e médio prazo, a fim de poder ter mais prego, a carga excessi- informações sobre os projetos em desenvolvimen- va de trabalho, o elevado to e evitar o stress; ritmo laboral, a falta de  Administrar o tempo: planeie as tarefas que autonomia e de apoio necessitam de mais tempo e delegue quan- por parte dos colegas do for preciso, estabelecendo prazos para a sua são outros dos fatores execução; que mais stress causam  Adaptar e cuidar do ambiente de trabalho: é entre os trabalhadores. importante ter o seu próprio espaço, mantendo- Ainda segundo este do- -o limpo e arrumado, com objetos ou fotografias cumento, 64% dos tra- pessoais que o tornem mais acolhedor; balhadores de peque-  Descansar: é aconselhável que faça pequenas nas e médias empresas pausas durante a jornada de trabalho e essencial apresenta níveis mais dormir cerca de 8 horas por noite; elevados de stress, contra 60% dos funcionários que  Motivar e ser motivado: a motivação começa em si e aca- trabalha em empresas multinacionais. ba por contagiar aqueles que o/a rodeiam, melhorando o ambiente e as relações pessoais, evitando possíveis conflitos.
  7. 7. 8| DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 geral 18% assunto POLÉMICO FOTO: D.R. Em pleno "Ano em risco Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social", em Portugal, 1,9 milhões de pessoas vivem com menos de 414 euros por mês, isto depois "ANO EUROPEU DE de receberem as COMBATE À POBREZA prestações sociais E À EXCLUSÃO SOCIAL"  NILZA VAZ FINALIDADE DO ANO DE 2010 nilza.redaccao@folhadeportugal.pt  Reconhecer os direitos e a capacidade das S ão pobres e representam pessoas excluídas para desempenhar um pa- 18% da população pel ativo na Sociedade; nacional, segundo  Sublinhar que os dados do Eurostat cada indivíduo na relativos a 2007 divulgados. Sociedade tem O País mantém o índice de responsabilida- pobreza de 2006 e continua des na luta contra 6% acima da média europeia, 17%. a pobreza; E se compararmos as franjas  Promover a etárias - os mais novos e os mais ESTÁ A DEIXAR DE coesão social e www.2010combateapobreza.pt velhos - a diferença da UE é de disseminar boas três pontos para pior. PAGAR ALGUMAS CONTAS, 37% DIZ práticas em matéria de inclusão; O índice de pobreza em QUE LUTA CONSTANTEMENTE PARA  Reforçar o compromisso de todos os ato- Portugal tem vindo a descer, res para tomarem medidas mais eficazes. AS PAGAR E 36% DIZ QUE, DE VEZ FOTO: NILZA VAZ tendo-se situado nos 20% em Em Portugal, a coordenação nacional do "Ano Europeu" estará a 2004, 19% em 2005 e 18% em EM QUANDO, TEM DIFICULDADES cargo de Edmundo Martinho, Presidente do Instituto da Segurança Social, IP coadjuvado por uma equipa técnica de projeto 2006. Esta é a primeira vez em que o número de pobres se mantém, segundo contas do Eurostat de 2008 referentes a índice de pobreza “bastante de 2008, quando a economia que levou à falência centenas instituições de solidariedade 2007. elevado para os objetivos florescia e nada fazia prever a de empresas e ceifou milhares são unânimes em afirmar que Segundo o sociólogo Bruto da do Milénio”. tempestade financeira que se e milhares de empregos, há mais famílias carentes e Costa, mais importante do que a avizinhava. Se naquela altura dificilmente se poderia pedir um que a pobreza atinge cada vez diminuição do número de pobres APOIOS SÓ SALVAM 23% a pobreza e a exclusão social já tema mais pertinente para dar o mais as pessoas empregadas. no País é a lentidão com que DA POBREZA eram motivo de preocupação, mote ao “Ano Europeu”. Aos portugueses também não tem vindo a descer. “A questão O “Ano da Luta Contra a Pobreza hoje, depois de uma crise Ainda não há dados oficiais escapa esta realidade. Segundo está em saber se essa redução é e Exclusão Social” pretende económica sem precedentes e para o ano de 2009, mas as o Eurobarómetro de Outubro, satisfatória e, na minha opinião, chamar a atenção para um 61% dos cidadãos nacionais é claramente insatisfatória”, argumenta o presidente do Conselho Económico Social. Bruto da Costa fez as contas problema que afeta um quinto de toda a população europeia. Em Portugal, sem apoios sociais, 41% das pessoas estaria abaixo 88% SE CONFRONTADO COM UMA DESPESA EXTRA DE 1.000 EUROS, acredita que o nível de pobreza aumentou fortemente nos últimos 12 meses. A sondagem também revela que muitos já e concluiu que, a este ritmo, do limiar da pobreza. Há pouca esticaram os rendimentos até ao NOS PRÓXIMOS 12 MESES, DIZ QUE, chegaríamos a 2015 com um margem para mais ajudas. limite e começam a sentir na pele O tema foi escolhido no início PROVAVELMENTE, NÃO A CONSEGUIRIA PAGAR as dificuldades. Estado condicionado IDOSOS: O Estado poderá não ter grande lhar, ainda há desemprego que “criada, ao nível dos mais jovens, Uma das faixas margem de manobra para apoiar há-de aparecer”, acrescenta. uma cultura de subsídiodepen- etárias mais sujeitas à as situações de pobreza desenca- Também do lado das receitas não dência”. Para João Loureiro, “ex- pobreza em deadas este ano. “A capacidade haverá grande margem de mano- cetuando o caso dos mais idosos Portugal é a dos do Estado em auxiliar estas situa- bra para arrecadar fundos. “Não que, por si próprios, não têm ca- reformados, que ções é cada vez mais condiciona- é possível aumentar a carga fis- pacidade de melhorar a sua situa- sobrevive, em muitos da pelas restrições orçamentais cal sobre os lucros e rendimentos ção económica, o grande investi- casos, com uma parca causadas pelo défice excessivo”, de trabalho. Sobre as transações, mento do Estado para combater a reforma considera João Loureiro, profes- talvez, mas o próprio Governo ad- pobreza devia ser ao nível da edu- sor da Faculdade de Economia do mitiu que não irá aumentar os im- cação e com apoios em espécie, Porto. postos”, recorda. o que não passa necessariamente FOTO: LUSA/MÁRIO CRUZ Ainda para mais quando, “se ca- O economista acredita que temos por gastar mais dinheiro”.
  8. 8. Folha CENTRO DE AJUDA LEIA MAIS: 4i – CONGRESSO FINANCEIRO: As sete sugestões básicas para controlar a sua vida 6i – NACIONAL: Setúbal, Porto, Açores Nº 319 • DOMINGO • 31 • JANEIRO • 2010 7i – ENCONTRO DAS FAMÍLIAS Terapia do Amor Nesta última noite de gala, a Terapia do A REALIZAÇÃO Amor realizou o primeiro casamento dos casamentos DE UM SONHO de 2010 e dez casais tiveram a oportunidade de realizar o seu sonho  NILZA VAZ nilza.redaccao@folhadeportugal.pt T rocar as alianças em cima do altar e fazer os seus votos diante do Deus do amor... este é o auge do compromisso da relação amorosa entre duas pessoas que têm fé em Deus e na sua relação. No entanto, não foi apenas a este momento que se cingiu a mais recente Terapia do Amor, realizada no Templo Maior, já que, na oportunidade, foi ensinado aos noivos e a todos que estavam presentes naquela noite tão especial, como ter um casamento bem-sucedido: “O erro de muitas pessoas é tentarem colocar-se no papel FOTOS: CEDIDAS de Deus e querer modelar o seu parceiro conforme a sua imagem e semelhança...”, enfatizou o orador este erro frequente, já EMOÇÃO: que o Único que pode mudar cônjuge? Você realmente acha Os dez casais o que está dentro do coração é que é para ser motivo de crítica que se reuniram no altar apenas Deus, daí a necessidade constante? Não, é para ser motivo assumiram o seu compromisso de sempre O colocarmos na de oração constante. Ninguém diante de Deus e dos homens O ERRO DE MUITAS PESSOAS É TENTAREM COLOCAR-SE NO PAPEL DE DEUS isso que muda um coração. Pelo com os noivos e com todos marcante foi quando uma E QUERER MODELAR O SEU PARCEIRO contrário, é o momento de tentar os conselheiros espirituais das noivas (Mariza) fez uma falar com Deus, em oração!”, da grande Lisboa, para que surpresa no momento da CONFORME A SUA IMAGEM E SEMELHANÇA ensinou o conselheiro do amor, todos os presentes passassem renovação dos votos, tendo Fábio Schapowal. e determinassem que, a partir declarado o seu amor ao seu nossa relação. “Já se questionou conhece melhor o seu cônjuge daquele dia, as suas vidas marido com uma linda canção, por que é que Deus lhe dá do que você. As suas censuras MOMENTO TOCANTE viessem a caminhar em direção na qual ela mesma se emocionou uma maravilhosa perceção e críticas estão a funcionar? A Depois da realização da à felicidade sentimental. e também emocionou todos ali dos defeitos escondidos do seu resposta é não, porque não é cerimónia foi feito um corredor Um momento muito presentes. PUB
  9. 9. 2i | DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 superação “O salário que recebia era apenas para pagar a renda e as outras contas” TRABALHAR chamou-me para conversar e eu acabei SOMENTE PARA por desabafar. Queria lá levar a minha esposa, mas não tínhamos forma de ir, PAGAR AS DÍVIDAS, pois apesar de ter carta de condução e INFELIZMENTE, ESTA carro, não podia conduzir. Entretanto, AINDA CONTINUA falei com uma obreira e ela passou a A SER A REALIDADE ajudar-nos em oração. Passei a devolver o dízimo e a ser fiel a Deus. Ambos DE MUITAS PESSOAS, PORÉM, PARA QUEM AGORA, TENHO ESTÁ DISPOSTO UM ORDENADO A TOMAR UMA ABENÇOADO E NÃO DECISÃO EXISTE ME FALTA NADA, PELO SEMPRE UMA LUZ AO FUNDO DO TÚNEL CONTRÁRIO, POSSO DAR TUDO DO BOM  CARLA VAZ carla.redaccao@folhadeportugal.pt E DO MELHOR PARA A A “ ntes de chegar ao Centro de MINHA FAMÍLIA Ajuda Espiritual, a minha vida estava de rastos. Não começámos a fazer propósitos, até que conseguia dormir e ainda decidimos participar na Fogueira Santa. tinha problemas financeiros, pois o E, hoje, a nossa vida está totalmente salário que recebia era apenas para pagar a diferente. Tive problemas em tribunal renda e as outras contas. Quando tentava que já estão resolvidos, já posso conduzir algo de novo para melhorar a nossa e tenho o carro que gosto. Agora, tenho situação, não conseguia nada. Também um ordenado abençoado e não me falta a minha esposa lutava para arranjar nada, pelo contrário, posso dar tudo do trabalho, mas quando chegava ao local bom e do melhor à minha família. A já não havia mais nenhuma vaga. Foi, minha esposa, hoje já tem a residência então, que começaram a surgir doenças, e temos o nosso próprio negócio, um tais como dores de cabeça constantes, que salão e uma boutique em Angola. E não levaram a minha esposa a ficar de cama. vamos parar por aqui, porque queremos muito mais e sabemos que Deus tem O DIA DA MUDANÇA muito mais reservado para nós!” Foi aí que tomei uma decisão. Nesse dia, EVARISTO E NÁDIA - CARREGADO saí às 16h00 do trabalho e andei pelo Carregado em busca de ajuda, até que vi umas letras à minha frente - Centro de NEGÓCIOS: Ajuda Espiritual. Parei, mas tive medo O casal conquistou de entrar, porque pensei na minha família um salão em Angola, que são todos católicos. Mas e uma boutique algo, que hoje sei que foi o próprio Deus, em Angola, FOTOS: CEDIDAS para além me dizia que eu tinha de entrar ali. Então, de uma vida DOENÇAS: Evaristo lutou pelo recuperação da saúde financeira entrei, sentei-me e chorei muito, porque da sua esposa e pelo fim do tormento familiar abençoada tinha muita raiva da vida. O pastor
  10. 10. reflexão DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 | 3i O CENTRO DE AJUDA ESPIRITUAL (IURD) NÃO COBRA: mensagem 1.Para realizar casamentos 21.Para manter a Fazenda BISPO EDIR MACEDO 2.Para realizar batizados Nova Canaã (adultos) 22.Para a realização de Fé 3.Para dar aconselhamento cursos informáticos matrimonial 23.Para aconselhar e apoiar 4.Para aconselhar e na escolha de uma carreira acompanhar indivíduos profissional Arrojada toxicodependentes 2 4 . P a r a a te n d i m e n to 5.Para aconselhamento telefónico 24 horas pastoral 25.Para apoio a mulheres 6.Para participar na Santa vítimas de abusos Ceia 26.Para apoio e A 7.Para a realização da unção aconselhamento a indivíduos com óleo dependentes alcoólicos fé agradável a Deus é arrojada, círculo social, matou a mulher e as duas filhas 8.Para visitas ao domicílio 27.Para visitas a lares de mas jamais arrogante. Antes, adolescentes e, em seguida, suicidou-se. 9.Para visitas a doentes no terceira idade tem como ingredientes a Davi era convicto que, por mais sujo e miserável hospital 28.Para dar alimento aos 10.Para visitas a presidiários sem-abrigo obediência e a humildade. que fosse, ainda assim poderia contar com a com- 11.Para distribuição de 29.Para apoio em catástrofes Abraão foi o exemplo de fé. Mas paixão de Deus. A sua fé arrojada, mas humilde, cestas básicas às famílias 30.Para a realização a sua fé o justificou devido à sua salvou-o. carenciadas de atividades lúdicas e obediência à A verdadeira hu- 12.Para distribuição de desportivas com os jovens Palavra Divina. Só os obedientes mildade, a humil- bens (roupas, mobílias, 31.Para aconselhamento e são humildes e os humildes são A FÉ AGRADÁVEL A dade de espírito, eletrodomésticos, etc.) a campanhas na prevenção obedientes. Conclui-se, então, mantém aberta a DEUS É ARROJADA, MAS pessoas carenciadas do HIV que a fé sobrenatural, inteligente, porta de acesso ao 13.Para acolher o Instituto 32 .Pelo transpor te de prática e que produz benefícios é JAMAIS ARROGANTE. Trono do Altíssimo. Português do Sangue nas pessoas com dificuldades acompanhada pela humildade. Por conta disso, ANTES, TEM COMO suas instalações para a de locomoção Ai está a enorme diferença entre Ele promete: “... doação de sangue 33.Pelo estacionamento no os reis Saul e Davi. Saul não foi INGREDIENTES A Habito no alto e 14.Para ajudar a manter o parque da Igreja humilde para obedecer a Deus. OBEDIÊNCIA E A santo lugar, mas Lar de Idosos Universal 34.Pelos Estudos Bíblicos 15.Para a apresentação de realizados A sua desobediência custou-lhe a HUMILDADE. ABRAÃO habito também 35.Pela entrada e vida. No momento em que se viu com o contrito e crianças (não batiza crianças, apertado por uma situação de vida FOI O EXEMPLO DE abatido de espí- somente adultos) par ticipação no Maior 16.Para participar no Grupo Congresso Financeiro do País ou morte, preferiu lançar-se sobre FÉ. MAS A SUA FÉ O rito, para vivificar de Jovens "Força Jovem" 36 .Pela realizaç ão de a sua espada ao invés de buscar JUSTIFICOU DEVIDO A o espírito dos aba- 17.Para a realização de funerais a compaixão Divina. O mesmo tidos e vivificar o orações 37.Pela distribuição do Óleo aconteceu na zona sul do Rio SUA OBEDIÊNCIA coração dos contri- 18.Para a entrada nas igrejas Santo de Israel de Janeiro. Um chefe de família, tos” (Isaías 57.15). e participação nos cultos 38.Pelos cursos de Teologia apertado pela situação económica 19.Para a participação em (IBURD) e não suportando a humilhação diante do seu Que Deus abençoe a todos abundantemente. Concentrações, em locais 39.Pelos milagres que como: Coliseu dos Recreios, acontecem em todos os Pavilhão Rosa Mota, Estádios, Centros de Ajuda espalhados Pavilhão Atlântico, etc. pelo Mundo. 20.Para ajudar a manter a Sociedade “Pestallozi” Só ensina às pessoas a (presta assistência aos VERDADE. O dízimo, portadores da síndrome de como também as ofertas, Down) são mandamentos PUB
  11. 11. 4i | DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 templo Maior PARTICIPE TAMBÉM NAS UMA COISA DE CADA VEZ SEGUINTES SEDES REGIONAIS: PORTO QUEM DIRIA QUE O TEMPO, UM DIA, SERIA UM PROBLEMA? POIS BEM, HOJE, ELE É! E PORQUÊ?  ISABEL BARBOSA isabel.redaccao@folhadeportugal.pt V RIO DE MOURO ivemos numa Sociedade que corre à velocidade da “ l u z ”. Queremos tudo para ontem e não aceitamos fazer nada que consuma o pouco tempo que nos resta. O fenómeno do FOTOS: SIRLANGE AIRES “para ontem”, é o resultado da exigência de tudo o que está ao nosso redor, pois tudo requer LEIRIA um rápido resultado ou de rápido uso. “Mas tudo nesta vida tem um tempo e somente as pessoas VALORIZE O SEU TEMPO não valorizará o seu tempo e, maduras, que sabem o tempo “Quem não valoriza o seu consequentemente, não poderá certo de cada coisa, triunfam. tempo, não se valoriza a si fazer um uso adequado do Quando a pessoa quer tudo mesmo. Se dispomos de algo mesmo”, exortou. E em jeito de muito rápido, acaba por se é o tempo. E digamos que o conclusão, o orador deixou um FOTOS: CEDIDAS angustiar, desesperar. Tem até tempo não é injusto; seja você alerta: “O tempo é o seu único um ditado que diz: 'o apressado rico ou pobre, com estudos aliado!”. come cru', e se não come cru, ou analfabeto, saudável ou Uma dica: enquanto não queima a boca”, afirmou enfermo. Todos temos 24 horas”, terminar de fazer uma coisa, Histórias o congressista, Pr. Walber continuou. “Ninguém tem mais, não comece outra. Assim vai Barboza, no passado Congresso nem menos. É igual para todos. controlando o seu tempo. É Financeiro. Enquanto não se valorizar, assim que se vence na vida! de Sucesso 2ª SUGESTÃO: CONTROLE O SEU TEMPO CONGRESSO CONQUISTAS “Hoje, tenho o FINANCEIRO Templo Maior: Rua Dr. FINANCEIRAS No Centro de Ajuda meu escritório José Espírito Santo, 36, Freguesia de Marvila Espiritual mais próximo de si, para mais informações: I U R D. P T de advocacia” “ ...E, SE “Trabalhava por conta ALGUÉM ME de outrem e a sensa- SERVIR, ção que tinha era de O PAI O que tudo o que ganhava era para eles. HONRARÁ.” Era deprimente! Entre- (JOÃO 12.26) tanto, estudava e tinha dificuldades em tirar o meu curso, uma vez que aconteciam sem- pre coisas que não tinham razão de acontecer. Mas, formei-me “Eu e a minha família passámos fome” em advocacia e, desde sempre, tive o desejo de ter o meu pró- “Antes de me tornar dizimista, eu e a minha família passámos fome. Queria dar um pedaço prio escritório. Tinha capacidades, fazia as coisas com compe- tência, mas as oportunidades não apareciam. Aqui no Congresso Financeiro, no qual participo já há alguns  de pão aos meus filhos e não tinha. O meu marido estava sempre desempregado e eu apenas trabalhava umas horas. O dinheiro não chegava para nada e, devido a isso, as discussões anos, fui amadurecendo, na minha forma de estar e de apre- com o meu marido eram constantes. Depois de me tornar dizimista tudo mudou. Trabalho por sentar os projetos. E acabou por acontecer! O objetivo que de- conta própria, o meu marido está feliz com o seu emprego, assim como os meus filhos. Hoje, terminei, alcancei. Hoje, tenho o meu escritório de advocacia e graças a Deus, o dinheiro sobra e tenho sempre o frigorífico cheio, nada nos falta.” os meus clientes.”SUSANA SANTOS M A –S E
  12. 12. templo maior DOMINGO 31 • JANEIRO • 2010 | 5i O poder da fé “Há vários “É a pri- “Tinha do- dias que meira vez res tão in- sentia uma que venho tensas nos dor inten- ao Centro braços que “Estes sinais hão de acompanhar sa do lado de Ajuda não podia esquerdo Espiritual. nem esticá- aqueles que crêem: em meu nome, e custava- Sentia uma -los , levan- expelirão demónios;... se impuserem -me a movimentar os braços. dor no braço esquerdo, já há tá-los, nada. Parecia que esta- as mãos sobre os enfermos, eles Mas, agora, não sinto mais dor nenhuma. Estou curado!” alguns meses, e no peito, mas agora não sinto mais nada. vam presos, mas agora estou bem. Já consigo movimentá- ficarão curados” (Mc 16.17-18) ANTÓNIO PEREIRA Estou bem!” MARIA COSTA -los.” ARTUR ARRANHADO POR QUE É QUE OS MÉDICOS HOJE ACREDITAM que a fé cura? Porque estão a descobrir cada vez mais evidências clínicas  ISABEL BARBOSA isabel.redaccao@folhadeportugal.pt pressão arterial mais baixa, boa Alex Alves, realiza clamores para O saúde mental e menos stress. que Deus faça milagres na vida s médicos, apoiados Aliando a fé e a saúde, o Centro de todos os presentes. Muitos em estudos e de Ajuda Espiritual realiza, deles, com perseverança e fé, têm pesquisas que têm todas as terças-feiras, a reunião alcançado resultados positivos. sido efetuadas em denominada “O Desafio da Cruz”, E, nesta última terça-feira, foi vários hospitais do Mundo, estão que tem como principal objetivo possível ver pessoas a serem FOTOS: ISABEL REIS a descobrir que a fé realmente cura efetuar orações para invocar a curadas após a oração, como foi ou, pelo menos, ajuda e muito cura divina e a libertação de todos o caso de Maria Costa, Artur os tratamentos médicos. Entre os males. Centenas de pessoas Arranhado e António os efeitos positivos da devoção reúnem-se no Templo Maior, em Pereira, confirmando o figuram: vida mais longa, bem- Chelas, em busca da cura para as que dizem as Escrituras: -estar geral, melhor recuperação, suas enfermidades. “... Tudo é possível ao que batimentos cardíacos mais firmes, Ao longo do culto, o orador, Pr. crê” (Marcos 9.23). Perseverança Colite espasmódica Pai curado Cancro nos ovários Filha curada “Tinha uma colite es- “O meu pai tinha “A minha filha tinha “A minha filha tinha pasmódica. Tudo o dois cancros, um cancro nos ovários, um cancro nos intes- que comia provoca- maligno e outro be- que já se tinha espa- tinos e sofreu duran- va-me dores piores nigno, na região das lhado pelo corpo. Fiz te quatro anos com que as do parto e des- nádegas. Um ho- várias correntes de essa enfermidade. maiava. Era também mem que pesava 80 saúde, orei, jejuei e Participei na reunião uma pessoa muito or- quilos, ficou a pesar participei na Foguei- em favor dela, sem- gulhosa e revoltada. Quando aceitei o 37 quilos. Hoje, está curado! .” ra Santa de Israel... Lutei! Hoje, a mi- pre acompanhado com a sua foto- Senhor Jesus, fui curada. Hoje, não te- JEFFERSON nha filha está curada.” ADELINA grafia, e usei a minha fé. Hoje, está nho mais nada, graças a Deus!” FERNANDA curada, graças ao nosso Deus!” MANUEL PUB DESAFIE A DOENÇA E ALCANCE OS BENEFÍCIOS DA CRUZ Se ao longo da sua vida tem enfrentado várias doenças venha, todas as terças-feiras, A CURA! tocar na Cruz e, usando a sua fé, receberá saúde para si e para toda a sua família. Cristo foi crucificado e foi na Cruz que Ele venceu a morte e todas as enfermidades. PARTICIPE NO CENTRO DE AJUDA O mesmo irá acontecer na sua vida, DESAFIE ESSA DOENÇA que tem enfrentado ESPIRITUAL MAIS PERTO DE SI! ao longo dos anos e vença como CRISTO VENCEU! Terça-Feira: às 7h, 10h, 12h, e, especialmente, às 20h iurd.pt

×