Mega-acordos comerciais: uma nova agenda para o comércio internacional? Robson Valdez (FEE)

131 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada na palestra de lançamento da quarta edição do Panorama Internacional FEE. Para conhecer a última edição, acesse http://panoramainternacional.fee.tche.br/
Data: 07/06/2016
Local: FEE

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
131
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mega-acordos comerciais: uma nova agenda para o comércio internacional? Robson Valdez (FEE)

  1. 1. Panorama Internacional FEE Mega-Acordos Comerciais
  2. 2. 3ª FLEET 2ª FLEET 5ª FLEET 4ª FLEET 7ª FLEET 6ª FLEET
  3. 3. Ameaça à organização econômica, social e política dos países? • Empresas estrangeiras poderão acionar o Estado anfitrião em tribunais arbitrais privados sobre restrições decorrentes de medias de natureza ambiental e outras; • Limitação às políticas de incentivo à indústria nacional: o Tratamento não discriminatório ao investidor estrangeiro em compras governamentais; o Expansão do escopo dos TRIM’s (Trade Related Investment Measures)
  4. 4. Ameaça à organização econômica, social e política dos países? • Empresas estrangeiras poderão acionar o Estado anfitrião em tribunais arbitrais privados sobre restrições decorrentes de medias de natureza ambiental e outras; • Limitação às políticas de incentivo à indústria nacional: o Tratamento não discriminatório ao investidor estrangeiro em compras governamentais; o Expansão do escopo dos TRIM’s (Trade Related Investment Measures)
  5. 5. Ameaça à organização econômica, social e política? • Cláusula sobre Propriedade Intelectual: o Retira ou limita a flexibilidade alcançada pelos países em desenvolvimento – “Declaração de Doha sobre Propriedade Intelectual e Saúde” – 2001. (Aids, Tuberculose, Malária, etc.) • Abertura do mercado manufatureiro, consolidação do processo de desindustrialização sem contrapartida para a entrada de produtos agrícolas brasileiros ou outras compensações;
  6. 6. EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS POR PORTE DE EMPRESAS - 2015 PORTE US$ FOB 2015 QTDE 2015 MICRO EMPRESA 230.995.745 5.106 PEQUENA EMPRESA 1.833.368.320 5.814 MÉDIA EMPRESA 8.427.853.674 6.114 GRANDE EMPRESA 180.326.691.587 6.112 PESSOA FÍSICA 315.399.669 396 NÃO DEFINIDO 15.589 6 TOTAL 191.134.324.584 23.548 PORTE %FOB %QTDE MICRO EMPRESA 0,12 21,68 PEQUENA EMPRESA 0,96 24,69 MÉDIA EMPRESA 4,41 25,96 GRANDE EMPRESA 94,35 25,96 PESSOA FÍSICA 0,17 1,68 NÃO DEFINIDO 0,00 0,03 TOTAL 100,00 100,00 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Exportações por Porte de Empresas
  7. 7. EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS POR PORTE DE EMPRESAS - 2015 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Exportações por Porte de Empresas PORTE U.S$FOB QTDE GRANDE EMPRESA 180.326.691.587 6.112 PORTE %FOB %QTDE GRANDE EMPRESA 94,35 25,96 244 145.642.765.673 76,20 140 10.668.902.371 5,58 127 6.221.234.992 3,25 309 8.837.103.232 4,62 453 6.495.248.735 3,40 470 3.659.682.733 1,91
  8. 8. Ameaça à organização econômica, social e política? • Subsídios; • Geopolítica: isolar a China em sua área de influência regional no contexto asiático e no Oceano Pacífico; • Estabelecimento de novos padrões para o comércio internacional.
  9. 9. Ameaça à organização econômica, social e política: • Subsídios; • Geopolítica: isolar a China em sua área de influência regional no contexto asiático e no Oceano Pacífico; • Estabelecimento de novos padrões para o comércio internacional.

×