Poesias

635 visualizações

Publicada em

Poesias como gênero literário

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
635
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poesias

  1. 1. POESIAS POESIAS PARA CRIANÇAS BENEDITA FÁTIMA LOPES
  2. 2. OBJETIVOS • Estimular a leitura e trabalhar pela produção do estilo • Especificar as características do gênero PÚBLICO ALVO Alunos do 4º. Ano
  3. 3. HORA DE LER Mãe, cadê a minha bola? Pulou dentro da sacola. Cadê o meu papagaio? Caiu dentro do balaio. Onde está o meu pião? Se escondeu lá no porão. E minhas bolas de gude? Sob os pés da Gertrude. Cadê o meu trenzinho? Pegando um ar no caminho. Onde está minha bicicleta? Dando descanso ao atleta. Onde foi o meu cachorro? Passear com a Socorro. E meu primo Joaquim? Foi comprar amendoim. O que vou fazer agora? Aproveitar essa hora. Vamos brincar de Memória? Vamos ler uma história? ROSA CLEMENT
  4. 4. Era Uma Vez O pintinho pia, pia, pia, pia sem parar. Quando sai pra passear pia até não aguentar. O irmão achou legal e foi logo imitar aí imitaram 2,3, e logo já passou dos 6. O gato escocês comeu todos de uma vez a festança que ele fez nunca mais teve outra vez e depois toda esta história virou "era uma vez". Lina Venturieri
  5. 5. A FOCA Quer ver a foca Ficar feliz? É por uma bola No seu nariz. Quer ver a foca Bater palminha? É dar a ela Uma sardinha Quer ver a foca Fazer uma briga? É espetar ela Bem na barriga! Vinicius de Moraes
  6. 6. CIRANDA Eu queria ser a rosa lá-lá-rá-lá-lá-lá-lá, E, vivendo num jardim, . Ter besouros, borboletas, lá-lá-rá-lá-lá-lá-lá, Cirandando ao pé de mim ! ... . Eu queria ser a praia, Ló-ló-ró-ló-ló-ló-ló. Onde as ondas vão brincar; . E seria toda a vida, Ló-ló-ró-ló-ló-ló- ló. Bem querida pelo mar ! . Eu queria ser estrela, Li-li-ri-li-li-li-li, sendo a noite minha irmã, . Para despontar à tarde, Li-li-ri-li-li-li-li, E esconder-me de manhã ! CECILIA MEIRELES
  7. 7. BIBLIOGRAFIA • http://amordeducar.blogspot.com.br/2012/03/esco la-estadual-nilo-moraes-pinheiro-http:// www.mensagenscomamor.com/poemas-e-poesias/ poemas_para_criancas.htm • http://tialiviamariabs.blogspot.com.br/2011/06/poe mas-ilustrados.html, acesso em 05/09/2014

×