Quais foram os principais fatos que levaram a
redigirem a Declaração de Independência dos
Estados Unidos e quais foram sua...
Após a Guerra dos Sete Anos em 1763, com o Tratado de Paris, que
pôs fim a guerra, levou a Grã-Bretanha a expandir seu imp...
separada da Grã-Bretanha, pelo fato delas serem muito independentes
economicamente, isso é elas podiam importar e exportar...
em 12 de setembro de 1774, com a participação de 12 das 13 colônias, com a
exceção da Geórgia que era uma prisão britânica...
representantes das 13 colônias redigiram seus nomes no documento, com a
exceção de Washington que estava nos campos de bat...
Fatores decisivos para o
pensamento independentista
Principais motivações para a
criação da declaração
As influências da
d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quais os fatores que encadearam na escritura da declaração de independência e quais foram suas influências na época

156 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quais os fatores que encadearam na escritura da declaração de independência e quais foram suas influências na época

  1. 1. Quais foram os principais fatos que levaram a redigirem a Declaração de Independência dos Estados Unidos e quais foram suas influências?
  2. 2. Após a Guerra dos Sete Anos em 1763, com o Tratado de Paris, que pôs fim a guerra, levou a Grã-Bretanha a expandir seu império, ao sul do Canadá e as Índias Orientais, fazendo assim suas antigas principais 13 colônias norte-americanas perderem a sua grande importância. Isso levou ao parlamento britânico a querer começar a tirar vantagem econômica e a necessitar administrar o seu vasto império; as colônias norte-americanas tinham total independência, podiam comercializar com outros países sem o aval da metrópole; a metrópole enviava governadores a cada colônia, eles eram pagos pelas assembleias independentes de cada uma das 13 colônias; a pesar de os governadores elegidos pela coroa responderem a ela, eles praticamente não se envolviam nas leis e decisões das assembleias. As colônias sempre enviavam cartas e petições a coroa, que na verdade eram lidas pelo parlamento, que detinha o poder de cobrar impostos e administrar as colônias conquistadas, mas nos anos 1760 a 1770 o parlamento esteve em total instabilidade com suscetíveis mudanças de primeiros-ministros, isso causou instabilidade nas 13 colônias, fato que foi percebido por Benjamin Franklin em sua viagem a Londres em 1764 para tentar influenciar as politicas parlamentares a favor das colônias. Apesar das guerras terem sido vantajosas para a Grã-Bretanha, elas também foram desgastantes economicamente, o parlamento percebera que os cofres da coroa estavam vazios por causa dos gastos com alimentos e locomoção da marinha britânica e sobre tudo com os mercenários que compuseram o exercito. A coroa e o parlamento nunca haviam tentado tirar vantagem das colônias, agora seria um momento adequado para tal ato, pois os britânicos se viam em recuperação e não tinham de onde tirar dinheiro para cobrir a divida, isso é o país todo estava sofrendo a crise. A partir da crise o parlamento decidiu que iria cobrir a sua alta divida interna por taxações as colônias que estavam estáveis e não desgastadas pelas guerras inglesas, pois não haviam participado e algumas haviam sido incorporadas ao império muito recentemente. E assim a Grã-Bretanha começou a aprovar novas leis, para taxar os colonos e retirar proveito da economia colonial, (as 13 colônias norte-americanas tinham uma economia
  3. 3. separada da Grã-Bretanha, pelo fato delas serem muito independentes economicamente, isso é elas podiam importar e exportar qualquer produto para qualquer metrópole sem o aval de Londres), a primeira dessas leis, foi à lei do Açúcar que consistia na redução pela metade do imposto do melaço e impunha taxas para as importação das colônias e restringia as exportações coloniais à metrópole, fazendo assim a Inglaterra ser seu único comprador, essas medidas foram desaprovadas em oito colônias norte-americanas que responderam as altas taxas e a restrição, com protestos e boicotes. A segunda medida tomada foi à lei do selo, que consistiam na nomeação de um representante da coroa, que selaria qualquer papel impresso pelas colônias. A resposta das colônias norte-americanas foi imediata, com destruição dos selos e agressões a alguns dos chamados agentes dos selos. A revolta da lei do selo foi tão grandiosa, que representantes de nove das 13 colônias se reuniram em Nova Iorque na tentativa de impor os seus direitos, contrários a decisão do parlamento. Apesar das suscetíveis revoltas o parlamento não desistiu do plano de aumentar as taxações às colônias, criando as leis Townshed que aumentava os impostos de produtos britânicos importados pelos norte-americanos, assim como o chá. Além disso, o parlamento decidiu retirar o poder que cada uma das treze colônias tinha sobre o governador, que agora responderiam apenas a metrópole, retirando assim o poder de cada congresso colonial e o colocando nas mãos dos governadores nomeados pela coroa. Colonos enfurecidos começaram a se rebelar contra as medidas tomadas, uma dessas revoltas ficou conhecida como, a festa do chá de Boston, que foi a ida de colonos vestidos de índios aos navios britânicos que estavam ancorados para jogar todo o carregamento de chá no mar; a saída tomada pelos britânicos não foi nada amistosa e o exercito começou a ser muito mais repressivo nas colônias, um exemplo disso foi o massacre de Boston em 1770, onde o protesto foi controlado pelo exercito britânico à bala, o que resultou na morte de cinco colonos. Devido às medidas tomadas pelo parlamento, os congressos coloniais se uniram em um só no chamado de Congresso Continental, que tomaria decisões em resposta às medidas. O primeiro congresso se reuniu na Filadélfia
  4. 4. em 12 de setembro de 1774, com a participação de 12 das 13 colônias, com a exceção da Geórgia que era uma prisão britânica. A reunião do Congresso se via em um impasse, pois a intenção para uns não era a independência, mas sim uma volta da autonomia que eles tinham antes, porque a intenção dos congressistas era diminuir a repressão imposta pela coroa e muitos pensavam que era uma vantagem continuar sendo parte da potência econômica e militar da época. Foi então feita uma votação que terminou na redação de uma petição ao parlamento colocando a posição das colônias diante das leis e repressões feitas pelo exercito britânico na América, elas nem foram escutadas. O general britânico Thomas Gage, governador de Massachusetts, recebeu ordens para prender os lideres “rebeldes” (congressistas norte- americanos) e qualquer espécie de armas em mãos de qualquer colono, mas Paul Revere e outros “rebeldes” ficaram sabendo da ordem e antes que os britânicos pudessem chegar às casas, ele saiu avisando as colônias. Ninguém sabe quem foi, mas a guerra começou com um tiro em Lexington, a partir deste momento, não importava mais as decisões do parlamento, a guerra de independência havia começado. Em 1776, já se fazia um ano da luta armada contra a Grã-Bretanha, os norte-americanos tinham em seu exercito o general George Washington enquanto o congresso discutia as batalhas e medidas para aprimorar a independência nas discussões alguns eram a favor da continuidade das 13 colônias, mas a grande maioria já começava a ter um pensamento patriótico e pensavam que deviam ser estados livres. A independência foi votada por todos os congressistas, duraram semanas e ao fim a decisão foi unanime para que se concretizasse a independência de uma maneira pacifica, mas sobre tudo era preciso demonstrar os ideais norte-americanos no parlamento e terminar com a guerra contra a metrópole.. A ideia foi criar uma declaração formal, a qual seria apresentada ao parlamento, Thomas Jefferson um homem culto da época se ofereceu para redigi-la, o documento foi todo escrito por ele, o congresso apenas fez algumas mudanças e correções e depois Jefferson e outros congressistas assinaram,
  5. 5. representantes das 13 colônias redigiram seus nomes no documento, com a exceção de Washington que estava nos campos de batalha, como general do exercito norte-americano. Mesmo com a declaração terminada em 4 de julho de 1776 e enviada ao parlamento não foi o bastante para terminar a guerra e declarar a independência, pois a Grã-Bretanha só declarou as colônias independentes anos depois do envio da carta. Mas apesar disso a declaração após ser publicada em vários jornais da época, desde 1777, o sentimento patriótico na população aumentou, os generais norte-americanos tornaram questão principal ler a declaração antes de qualquer batalha e faziam questão de que os soldados britânicos escutassem. Mesmo com a não aceitação de John Adams de que a comemoração deveria ser no dia 2 de julho e não no dia 4, o país começou a fazer grandes comemorações no dia 4 de julho, festas com fogos de artificio e com paradas nas ruas, o sentimento de independência já estava em cada norte-americano, sua leitura também ajudava que com esse sentimento patriótico, americanos se alistassem em maior numero para a guerra. No começo do século XVIII os Estados Unidos já eram independentes, a Grã-Bretanha reconhecera as colônias como um país livre. A declaração teria tido uma mínima influencia em decisões politicas dos presidentes norte- americanos, mas mesmo assim influenciou a carta para a abolição da escravidão no país e o presidente Abraham Lincoln com seu sonho de acabar de uma vez por todas com escravidão em seu país utilizara partes do documento com a convicção de que as ideias expressas nele deveriam ser os objetivos de sua nação. Também ouve uma influência internacional, como a do Vietnam onde o líder comunista Ho Chi Minh teria feito à independência de seu país com praticamente as mesmas palavras e escritos da declaração de independência norte-americana. Também até em 2015 a presidente Argentina Cristina Fernandez fez uma declaração na Cumbre dos Povos Americanos no Panamá falando sobre os discursos do presidente Lincoln que enfatizavam a declaração dos Estados Unidos, dizendo até que o presidente atual devia seguir o exemplo de Lincoln e das palavras da declaração.
  6. 6. Fatores decisivos para o pensamento independentista Principais motivações para a criação da declaração As influências da declaração Taxações excessivas as colônias, por causa das altas dividas da Grã-Bretanha. Com as lutas armadas que começaram em Massachusetts logo se expandiram para outros estados e com as lutas vieram os primeiros sentimentos nacionalistas, pois em grande medida os colonos que pegavam as armas e iam pra guerra nunca tinham pegado em armas ou tinham pegado muito pouco. A Declaração de Independência em primeiro momento era lida para os colonos no intuito de que mais americanos se alistassem para a batalha. George Washington lia em voz alta para seus soldados antes das batalhas para que o exército britânico escutasse. Criação de leis abusivas por parte da coroa, que limitavam as independências de comércio dos 12 estados (a Geórgia era mais uma cadeia na época). No parlamento inglês sempre eram feitas declarações, que eram uma forma de pedidos as parlamentares. Por essas declarações todos eram escutados e o que era lido sempre era discutido e decisões eram tomadas mediante as declarações que eram em grande medida um pedido formal aos parlamentares. Após a divulgação da Declaração, que foi rápida pelas 13 colônias americanas, estava claro que o alistamento na guerra não era mais uma traição à coroa britânica, pois agora não era mais uma guerra entre colônias e metrópole, mas sim entre nação contra nação. (mesmo que esse fosse o sentimento e ainda não fosse à realidade) As revoltas por parte de comerciantes e colonos, contra as medidas da coroa (queima dos selos e agressão aos agentes dos selos e o massacre de Boston). A escritura da declaração seria um meio formal de informar aos britânicos que as 13 colônias estariam agora decididas a concretizar a sua independência, indo além da guerra contra a metrópole. As leituras da declaração em publico se tornaram comuns e ela começou a ser lida acompanhada de festivais, fato que se tornou comum no país independente. Mas o festival era feito no dia 4 de julho e segundo John Adams ele devia ser feito no dia 2, que foi o dia em que a declaração foi aceita pelo congresso. Os congressos antes individuais de cada estado, agora se uniam para discutir as medidas tomadas pela coroa no chamado Congresso Continental. . As influências que a declaração causou internacionalmente e nacionalmente; como na independência do Vietnam e na carta da abolição dos escravos nos Estados Unidos. A tentativa dos britânicos de aprender as armas estocadas pelos rebeldes foi impedida por um disparo em Massachusetts, que levou Paul Revere a avisar as demais colônias, o que desencadeou no começo da luta armada.

×