Arte livro

2.117 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.117
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte livro

  1. 1. Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de EducaçãoCURRÍCULO MÍNIMO 2012 ARTE
  2. 2. Apresentação A Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro elaborou o Currículo Mínimo da nossa rede deensino. Este documento serve como referência a todas as nossas escolas, apresentando as competências ehabilidades que devem estar nos planos de curso e nas aulas. Sua finalidade é orientar, de forma clara e objetiva, os itens que não podem faltar no processo de ensino-aprendizagem, em cada disciplina, ano de escolaridade e bimestre. Com isso, pode-se garantir uma essênciabásica comum a todos e que esteja alinhada com as atuais necessidades de ensino, identificadas não apenasnas legislações vigentes, Diretrizes e Parâmetros Curriculares Nacionais, mas também nas matrizes dereferência dos principais exames nacionais e estaduais. Consideram-se também as compreensões e tendênciasatuais das teorias científicas de cada área de conhecimento e da Educação e, principalmente, as condições enecessidades reais encontradas pelos professores no exercício diário de suas funções. O Currículo Mínimo visa estabelecer harmonia em uma rede de ensino múltipla e diversa, uma vez quepropõe um ponto de partida mínimo - que precisa ainda ser elaborado e preenchido em cada escola, por cadaprofessor, com aquilo que lhe é específico, peculiar ou lhe for apropriado. O trabalho fundamentou-se na compreensão de que a Educação Básica pública tem algumasfinalidades distintas que devem ser atendidas pelas escolas da rede estadual, muitas vezes através daelaboração do currículo. Isto é, o Currículo Mínimo apresentado busca fornecer ao educando os meios para aprogressão no trabalho, bem como em estudos posteriores e, fundamentalmente, visa assegurar-lhe aformação comum indispensável ao exercício da cidadania. Entendemos que o estabelecimento de um Currículo Mínimo é uma ação norteadora que não solucionatodas as dificuldades da Educação Básica hoje, mas que cria um solo firme para o desenvolvimento de umconjunto de boas práticas educacionais, tais quais: o ensino interdisciplinar e contextualizado; oferta derecursos didáticos adequados; a inclusão de alunos com necessidades especiais; o respeito à diversidade emsuas manifestações; a utilização das novas mídias no ensino; a incorporação de projetos e temáticastransversais nos projetos pedagógicos das escolas; a oferta de formação continuada aos professores e demaisprofissionais da educação nas escolas; entre outras — formando um conjunto de ações importantes para aconstrução de uma escola e de um ensino de qualidade. Em 2011 foram desenvolvidos os Currículos Mínimos para os anos finais do Ensino Fundamental e para oEnsino Médio Regular, nos seguintes componentes: Matemática, Língua Portuguesa/Literatura, História,Geografia, Filosofia e Sociologia. Para 2012 foi feita a revisão do Currículo Mínimo das seis disciplinas mencionadas, e elaborado oCurrículo Mínimo das outras seis disciplinas (Ciências/Biologia, Física, Química, Língua Estrangeira, EducaçãoFísica e Arte). Logo, em 2012, as escolas estaduais utilizarão o Currículo Mínimo para as doze disciplinas da BaseNacional Comum dos Anos Finais do Ensino Fundamental e Médio Regular. Dentro de um contexto de priorização das necessidades, entendemos que estes segmentos /modalidades de ensino, tiveram urgência no estabelecimento de um Currículo Mínimo. Todavia, ainda nesteano de 2012, serão elaborados os Currículos Mínimos específicos para as turmas de Educação de Jovens eAdultos, Ensino Médio Normal – formação de professores. A concepção, redação, revisão e consolidação deste documento foram conduzidas por equipesdisciplinares de professores da rede estadual, coordenadas por professores doutores de diversas universidadesdo Rio de Janeiro, que se reuniram e se esforçaram em torno dessa tarefa, a fim de promover um documentoque atendesse às diversas necessidades do ensino na rede. Ao longo do período de consolidação, dezenas decomentários e sugestões foram recebidas e consideradas por essas equipes. Certamente, modificações serãonecessárias e pensadas no decorrer do tempo com a aplicação prática deste Currículo Mínimo. Este documento encontra-se disponível para acesso nos portais www.conexaoprofessor.rj.gov.br ewww.educacao.rj.gov.br, onde os professores dos segmentos e modalidades ainda não contemplados peloprojeto Currículo Mínimo poderão buscar outras referências da SEEDUC para o planejamento de curso de 2012. Colocamo-nos à disposição, pelo endereço eletrônico curriculominimo@educacao.rj.gov.br para osesclarecimentos e sugestões, comentários e críticas, que serão bem-vindos e necessários à revisão reflexiva dasnossas ações. Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro2
  3. 3. Introdução ARTE (ÁREA: LINGUAGENS) A Arte, no universo escolar, pertence à área das Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; portanto, é umcomponente curricular obrigatório nos diversos níveis da Educação Básica que promove o desenvolvimentocultural dos alunos em suas expressões regionais (redação dada pela Lei nº 12.287, de 2010).1. Três eixos conceituais: O Currículo Mínimo de Arte parte da iniciação à linguagem artística, em uma abordagem nãosequencial, e se articula com os três eixos preconizados nos Parâmetros Curriculares Nacionais, porém com umagrande diferença: seja qual for a linguagem, é importante não ocorrer uma indução à leitura indicativa deordem para a operacionalização desses processos (ver, entre outros, RIZZI, Maria Christina. Reflexões sobre aAbordagem Triangular do Ensino da Arte. In: BARBOSA, A. M. Ensino da arte: memória e história. São Paulo:Perspectiva, 2008). - Contextualizar: a arte como produto da história e da multiplicidade de culturas refere-se a conhecer oque foi construído: repertórios, estilos, dos movimentos, biografias, dos países, das regiões, e das etnias,imbricado com a Filosofia e as Ciências Sociais. - Apreciar: a apreciação significativa da arte e do universo a ela relacionado, ler, criticar, avaliar, julgar,descrever, perceber, analisar e problematizar os pontos de vista. - Experimentar: o fazer artístico pressupõe construir, compor, produzir, criar, conhecer, perceber,vivenciar e articular. Considerando a diversidade na formação dos professores de Arte na rede estadual de ensino e aimportância de contemplar uma ênfase artística – Música, Artes Visuais, Dança e Teatro –, emerge umanecessidade imperativa: a organização do projeto político-pedagógico da comunidade escolar, em que o corpodocente de Arte discuta as estratégias de ensino-aprendizagem. Em Arte, assim como nas demais disciplinas, ascompetências e habilidades serão organizadas em bimestres. O processo educativo de uma única linguagempode acontecer durante todos os anos escolares, implicando aprofundamento, compreensão da complexidadesociocultural do corpo discente e da especificidade da linguagem artística. Cabe ressaltar aos professores a preocupação de observar, entre outros conteúdos relacionados aoensino da Arte, as histórias e culturas afro-brasileiras e indígenas, conforme determina a Lei nº 10.639 de 2003,alterada pela Lei nº 11.645, de 2008.2. Uma disciplina e quatro linguagens artísticas: Esta proposta curricular, com ênfase na Arte brasileira, foi organizada segundo temas específicos paracada ano/série escolar que perpassam Artes Visuais, Música, Teatro e Dança. No 6º ano, as atividades artísticasserão desenvolvidas a partir do conhecimento prático-teórico dos Fundamentos, uma iniciação aos elementosbásicos de cada linguagem; no 7º ano, serão abordadas as Matrizes de cada manifestação expressiva a partir deelementos da arte africana, indígena, popular e europeia; no 8º ano, Arte e suas interfaces, serão abordadas asinterseções tais como rural/urbano e erudito/popular. No 9º ano, a ênfase estará nos movimentos artísticos decada linguagem, por meio de variadas possibilidades políticas e estéticas que ligam a Arte e a Sociedade; e, na 2ªsérie do Ensino Médio, deverão ser estudadas as diversas modalidades de criação próprias da atualidadearticuladas às novas tecnologias e às artes urbanas e digitais e suas possíveis inserções no campo do trabalho, oque podemos chamar de Tendências contemporâneas e mundo do trabalho. A expectativa é de que esta proposta constitua um ponto de partida para as ações do professor de Artena rede estadual. Se o docente já realiza uma oficina ou projeto, é possível dialogar com este documento. Emoutro exemplo, se a demanda local indica um reforço nos fundamentos artísticos na 2ª série do Ensino Médio, 3
  4. 4. mesmo que o Currículo Mínimo de Arte proponha ênfase nas Tendências contemporâneas e mundo dotrabalho, o professor tem autonomia e liberdade para acrescentar quaisquer outros temas que ele julgarrelevantes para as necessidades educativas de seus alunos. Há também outro aspecto a ser considerado: na rede estadual de ensino, a disciplina Arte englobaprofessores habilitados em diferentes linguagens artísticas: Artes Visuais, Música, Teatro e Dança. Propomos,para escapar definitivamente da visão polivalente das artes, que, por exemplo, um professor licenciado emMúsica oriente a disciplina Arte com foco nas competências e habilidades de Música. E o mesmo para cada umadas linguagens. Mas nada impede que aconteçam atividades multilinguagens, caso o professor se sinta apto arealizá-las. É possível ainda que surjam projetos de natureza interdisciplinar em uma mesma unidade escolarreunindo um professor de Arte com habilitação em Artes Visuais e um professor com habilitação em Teatro, porexemplo. Temas como Ética, Cidadania, Meio Ambiente e Gênero podem ser abordados em ações de integraçãocurricular com Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e as demais disciplinas do currículo.2.1 Artes Visuais: “É natural que utilizemos obras de arte para o exercício de nossa desconfiança. Cultivar suspeitas podenos salvar de verdades.” A partir dessa constatação de Waltércio Caldas (VI Bienal do Mercosul, 2007), fica fácilconcluir que também é importante cultivar desconfianças sobre qualquer proposta de currículo,especialmente ao considerarmos as relações de poder, cultura e ideologia.Esta proposta é apenas mais um elemento para buscarmos avanços rumo à efetiva obrigatoriedade eampliação qualitativa das Artes Visuais no currículo da rede estadual. A sua essência é a abordagem triangularproposta na década de 1980, mas, ainda assim, procuramos dialogar com algumas tendências que professorese especialistas têm discutido em encontros, publicações e fóruns da área no Estado do Rio de Janeiro: artecontemporânea, cinema e educação, educação patrimonial, as múltiplas culturas visuais e o uso de novastecnologias. Em sua prática docente, caberá ao professor de Artes Visuais questionar, discutir, pesquisar ou re-conceituar o que está contido aqui para que este documento possa de alguma maneira subsidiar inúmerosprojetos e ações educativas.2.2 Música: A música tem longa trajetória na Educação brasileira: das práticas de catequese dos jesuítas, passandopela Academia Imperial de Música, pela vigorosa experiência do canto orfeônico e pela nem tão ricaparticipação no âmbito da Educação Artística, ela tem estado presente. No entanto, estas experiências tiveramalcances diferenciados e, por isso mesmo, nem sempre o espaço ocupado pela música na escola se concretizoua partir da valorização dos conteúdos específicos da linguagem musical. A proposta que agora se apresenta, em consonância com a Lei nº 11.769/08, tem o intuito de garantirque os conteúdos da linguagem musical estejam presentes nas escolas da rede pública estadual do Rio deJaneiro. Apresenta-se na tríade contextualizar – experimentar – apreciar, sinalizando para a formação deapreciadores autônomos de música que tenham experiências musicais relevantes, tanto do fazer quanto doapreciar, associadas à reflexão sobre o alcance e os limites da música no contexto da sociedade atual. Essaproposta está centrada na música popular brasileira; no entanto, cabe ao professor, dentro do seu exercício deautonomia, estabelecer os nexos com o campo da música erudita, nacional e internacional. Também confiamosno trabalho do professor no sentido de garantir a não linearidade de conteúdos, uma vez que cada um dos eixospropostos pode ser trabalhado desde suas origens até as manifestações mais contemporâneas, pois é oprofessor, e somente ele, que tem as condições de perceber, na dinâmica de suas turmas, quais serão osconteúdos mais relevantes.2.3 Teatro: Para o teatrólogo brasileiro Augusto Boal, “o teatro é a primeira invenção humana e é aquela quepossibilita e promove todas as outras invenções e todas as outras descobertas”. É o que permite ao homem ver-se em ação e em situação percebendo quem ele é (e quem ele não é!). O teatro auxilia o desenvolvimento e acoordenação das dimensões sensório-motora, simbólica, afetiva e cognitiva do educando, tornando-se útil nacompreensão crítica da realidade; possui características peculiares que nos permitem ver o passado, viver o4
  5. 5. presente e ensaiar o futuro. Desenvolve-se nas áreas terapêutica, social, artística e educativa, através de jogos,exercícios e improvisações individuais e/ou em grupos. A linguagem teatral é polissêmica (articula aspectosplásticos, audiovisuais, musicais e linguísticos) e, por isso, tornou-se importante meio de comunicação eexpressão, sendo utilizado como recurso na publicidade, cinema e novelas, entre outros. O ensino do teatro naescola tem grande importância para o aprendizado da vida em sociedade porque estimula a prática do trabalhocoletivo, da criação colaborativa e da tomada de decisões usando a criatividade.2.4 Dança: A dança deve ser compreendida como área de conhecimento autônoma e pertencente ao campo dasartes, com conteúdos específicos que articulam a prática do movimento – prática com características próprias,distinta do movimento esportivo, por exemplo –, a fruição da criação artística desse campo e a compreensãodas complexas relações entre a dança e o corpo que dança e os distintos contextos de sua produção. NaEducação Básica, o contato regular com a dança estimula uma maior consciência corporal; auxilia a desenvolverhabilidades perceptivas, cognitivas, criativas, expressivas e motoras; amplia o repertório de movimentos e daexpressividade; desenvolve competências reflexivas e críticas em relação ao corpo, à dança, às artes em geral e àsociedade. De responsabilidade do professor licenciado em dança, as aulas de dança na escola devem integrarconceitos contemporâneos de arte e de criação artística, devem acolher o pluralismo das manifestaçõesartísticas do campo, a heterogeneidade e a diferença de corpos e estilos e a multiplicidade de práticas deensino. O ensino da dança na escola se estruturará a partir de três eixos com ênfases distintas ecomplementares: o contextualizar, o apreciar e o experimentar, a serem trabalhados de forma articulada,fazendo dialogar teoria e prática. Agradecemos o apoio e a colaboração de todos nesse processo, e colocamos à disposição, através do e-mail: arte@educacao.rj.gov.br ou curriculominimo@educacao.rj.gov.br 5
  6. 6. o ent al sin amen d no f un 9 °a ao 6° artes visuais
  7. 7. Artes visuais 6º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Fundamentos 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo ContextualizarHabilidades e Habilidades e -Conhecer o vocabulário artístico -Caracterizar os principais elementos Competências fundamental.Competências visuais. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Investigar a definição de Artes Visuais, - Identificar elementos visuais como movimentos artísticos, leitura deHabilidades e ponto, linha, proporção, superfície, Habilidades e imagens, fazer artístico, patrimônio textura, cores, luz, sombra, volume, cultural, exposição, artesanato, acervo,Competências Competências Bienal, cultura, curador, obra de arte, espaço e perspectiva. profissões artísticas, escultura, pintura, retrato, auto-retrato, natureza-morta, Eixo Experimentar etc.Habilidades e Eixo Experimentar - Experimentar a criação deCompetências composições abstratas e figurativas. Habilidades e - Investigar os conceitos artísticos a partir do contexto sociocultural da Competências comunidade escolar. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Reconhecer os principais processos artísticos como a pintura, modelagem, Habilidades e - Enfatizar a presença do artista visual daHabilidades e escultura, gravura, colagem, objetos, Competências Pré-História até a contemporaneidade.Competências desenho, grafite, instalações na criação de diferentes artistas. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e - Analisar trabalhos de diferentesHabilidades e - Perceber o uso dos diferentes Competências artistas. processos artísticos isoladamente ouCompetências em conjunto. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Experimentar processos artísticos na Habilidades e - Mapear as manifestações culturais doHabilidades e realização de trabalhos individuais e Competências bairro ou região ou cidade.Competências coletivos. 7
  8. 8. Artes visuais 7º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Matrizes 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e - Discutir a influência indígena na Habilidades e - Discutir a atuação do homem africano construção da arte e da cultura Competências na construção da arte e da cultura Competências brasileira. brasileira. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Perceber a singularidade da estética - Perceber a singularidade da estética Habilidades e Habilidades e indígena, a partir de contato com afro-brasileira, a partir de contato com Competências imagens, fotografias e vídeos. Competências imagens, fotografias e vídeos. Eixo Experimentar Eixo Experimentar Habilidades e - Experimentar materiais a partir da Habilidades e - Perceber o corpo como suporte a partir Competências iconografia da arte africana. Competências da pintura corporal indígena. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e - Conhecer as diferentes linguagens Habilidades e - Discutir a presença da arte popular visuais. Competências brasileira. Competências Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Identificar o desenho, a história em Habilidades e - Perceber a importância da arte popular quadrinhos, a pintura, a gravura, a cenografia, a ilustração científica, a Competências na construção do imaginário brasileiro. Habilidades e forma tridimensional, a fotografia, a Competências indumentária, a publicidade, artes gráficas, arquitetura, desenho industrial, o cinema, filme de animação, Experimentar Eixo televisão e imagens de computador. Eixo Experimentar Habilidades e - Elaborar ações culturais relacionando Competências artistas populares. Habilidades e - Criar trabalhos individuais e coletivos. Competências8
  9. 9. Artes visuais 8º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e suas interfaces 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo ContextualizarHabilidades e - Compreender a presença da arte no Habilidades e - Analisar a influência da Missão Artística Brasil Colônia. Francesa sobre a arte brasileira em seuCompetências Competências contexto histórico e cultural. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Perceber o desenvolvimento daHabilidades e - Perceber a singularidade da estética Habilidades e estética acadêmica a partir do contato barroca, a partir de contato com Competências com imagens, fotografias e vídeos.Competências imagens, fotografias e vídeos. Eixo Experimentar Eixo ExperimentarHabilidades e - C r i a r a r t i s t i c a m e nte te n d o a Habilidades e - Refletir sobre as diferentes formas de pensar o desenho em trabalhosCompetências arquitetura, a pintura e a arquitetura Competências individuais e coletivos. barroca como tema. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Contextualizar a arte do final do séculoHabilidades e - Caracterizar os principais elementos Habilidades e XIX no Brasil considerando a influência visuais.Competências Competências impressionista e o advento da fotografia e do cinema nas artes visuais. Eixo Apreciar Eixo ApreciarHabilidades e - Identificar ponto, linha, proporção, Habilidades e - Analisar as relações e influências entre superfície, textura, cores, luz, sombra, as artes visuais, a fotografia e cinema.Competências volume, espaço e perspectiva. Competências Eixo Experimentar Eixo ExperimentarHabilidades e - Criar composições bidimensionais e Habilidades e - Desenvolver diferentes experimentações de cinema eCompetências tridimensionais. Competências fotografia. 9
  10. 10. Artes visuais 9º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e Sociedade 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Contextualizar histórica e socialmente Habilidades e Habilidades e -Identificar a influência das vanguardas o movimento modernista brasileiro, européias na arte brasileira. Competências realizando uma análise crítica sobre a Competências Semana de Arte Moderna. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Discutir, a partir do estudo da proposta Habilidades e - Conhecer a ar te européia de Habilidades e do movimento modernista, a realidade vanguarda e seus diálogos com a arte Competências Competências brasileira após a década de 1950. cultural brasileira. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Desenvolver produções artísticas a Habilidades e - Produzir artisticamente a partir das Habilidades e partir do estudo das diferentes Competências principais tendências da estética Competências vanguardas. moderna. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Conhecer um manifesto artístico que Habilidades e - Estudar composições artísticas de Habilidades e tenha contribuído reconhecidamente Competências diferentes períodos e culturas visuais. Competências para novos rumos da arte contemporânea. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e - Estudar as principais ideias de um Habilidades e - Analisar soluções formais relacionando documento que represente um Competências semelhanças, contrastes e ritmo. Competências movimento coletivo de artistas. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Criar trabalhos artísticos a partir das Habilidades e correntes estilísticas básicas: Habilidades e - Experimentar a proposição individual Naturalismo, Idealismo, ou coletiva de um texto que expresse a Competências Expressionismo, tendências surreais e Competências realização de um processo artístico. fantásticas.10
  11. 11. no si ioen éd m a sé rie 2 artes visuais
  12. 12. Artes visuais 2a SÉRIE / ENSINO MÉDIO TEMA Tendências Contemporâneas e mundo do trabalho 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Identificar na arte contemporânea Habilidades e brasileira diálogos com principais - Reconhecer o Pós-Modernismo e suas elementos da Arte Internacional e da Habilidades e diferentes ideologias utilizando obras Competências de arte, imagens do cotidiano, cinema, América Latina. Competências televisão, internet, grafite, história em quadrinhos etc. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e - Fruir o conteúdo expressivo das Competências diferentes produções artísticas. Habilidades e -Ler criticamente a cultura visual. Competências Eixo Experimentar Eixo Experimentar Habilidades e - Desenvolver a capacidade de produzir - Experimentar a variedade de criativamente a partir das diferentes Habilidades e propostas artísticas contemporâneas, Competências proposições da arte contemporânea. Competências considerando a necessidade de conceituação. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e - Discutir arte, mídia, consumo, - Reconhecer as diferentes profissões na globalização e novas tecnologias no Habilidades e área de artes visuais, cinema e o lugar do Competências contexto do século XXI. Competências arranjo produtivo da economia da cultura fluminense no cenário brasileiro. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e - Construir o pensamento crítico, visual e verbal e discutir as relações entre arte, - Conhecer o acervo patrimonial Competências filosofia, indústria cultural e mídia. Habilidades e material e imaterial do Estado do Rio de Competências Janeiro, levando em conta a cultura Eixo Experimentar popular. Eixo Experimentar - Experimentar o intercruzamento das Habilidades e diversas linguagens artísticas com as Competências artes visuais. - Criar portfólio em suporte físico, Habilidades e programas de edição digital ou em Competências hipertexto.12
  13. 13. o ent al sin amen d no f un 9 °a ao 6° música
  14. 14. Música 6º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Fundamentos 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Identificar os fundamentos da - Identificar os fundamentos da Habilidades e Habilidades e linguagem musical, destacando linguagem musical, destacando Competências parâmetros do som. Competências elementos melódicos, harmônicos e rítmicos. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e Habilidades e - Apreciar manifestações musicais - Apreciar manifestações musicais presentes no cotidiano dos alunos, Competências presentes no cotidiano dos alunos, Competências estimulando análises críticas. Eixo Experimentar Eixo Experimentar Habilidades e - Compor estruturas sonoras. - Ca nt a r a u m a e d u a s voze s ; - Exercitar a notação por meio de Habilidades e acompanhar ritmicamente e compor Competências registros alternativos. Competências paródias. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Compreender as manifestações - Compreender as manifestações musicais regionais e seu papel na Habilidades e musicais regionais e seu papel na Habilidades e construção da identidade cultural, Competências construção da identidade cultural, Competências destacando cantos de trabalho, destacando a música caipira, das folguedos, jongo, manifestações origens rurais às manifestações folclóricas musicais presentes no campo urbanas. e na cidade. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Ouvir, analisar, apreciar a música - Ouvir, analisar, apreciar composições Habilidades e caipira, identificando elementos da Habilidades e folclóricas, tendo em vista seus Competências tradição e o processo de massificação. contextos culturais e suas diferentes Competências apropriações pelos compositores populares e eruditos. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Distinguir elementos melódicos e - Distinguir elementos melódicos e Habilidades e rítmicos a partir dos gêneros musicais. Habilidades e rítmicos a partir dos gêneros musicais. Competências - Vivenciar práticas de composição e Competências - Reconhecer-se como sujeito da improvisação. produção artística.14
  15. 15. Música 7º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Matrizes 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Conhecer os processos da formação da - Conhecer os processos da formação daHabilidades e música brasileira, a partir de aspectos da Habilidades e música brasileira a partir de aspectosCompetências cultura Africana e sua influência na Competências das culturas indígenas e sua influência construção de nossa música; na construção de nossa música. Eixo Apreciar Apreciar EixoHabilidades e - Ouvir, analisar, apreciar material - Ouvir, analisar, apreciar materialCompetências sonoro de origem africana e sua Habilidades e sonoro de origem indígena e sua incorporação na música brasileira, popular e erudita. Competências incorporação na música brasileira, popular e erudita. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Fazer uso do próprio corpo paraHabilidades e aprimorar noções de ritmo e melodia. - Fazer uso do próprio corpo para - Construir instrumentos a partir de Habilidades e aprimorar noções de ritmo e melodia.Competências materiais diversos, dando ênfase à Competências - Reconhecer-se como sujeito da percussão. produção artística. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Conhecer os processos da formação da - Identificar a presença dessas matrizesHabilidades e música brasileira, a partir de aspectos da Habilidades e nas manifestações musicais regionais,Competências música Portuguesa/europeia e sua Competências destacando o forró e seu largo campo influência na construção de nossa de ritmos e gêneros correlatos. música. Eixo Apreciar Eixo ApreciarHabilidades e - Ouvir, analisar, apreciar material Habilidades e - Ouvir, analisar, apreciar o forró nas suas s o n o r o d e o r i g e m Competências múltiplas vertentes.Competências Portuguesa/europeia. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Distinguir elementos melódicos e - Praticar / exercitar a percepção de Habilidades e rítmicos a partir dos gêneros musicais.Habilidades e sequências rímicas e melódicas. - Vivenciar práticas instrumentais, com CompetênciasCompetências - Reconhecer-se como sujeito da ênfase na percussão. produção artística. 15
  16. 16. Música 8º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e suas interfaces 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Compreender os processos de - Compreender os processos de Habilidades e internacionalização da música Habilidades e internacionalização da música Competências brasileira, destacando a Jovem Guarda e Competências brasileira, destacando a Bossa Nova, a Tropicália, movimentos que abriram os origens e alcance mundial. caminhos para o Rock nacional. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Ouvir, analisar, apreciar composições - Ouvir, analisar e apreciar o gênero Habilidades e da Jovem Guarda e da Tropicália, Habilidades e Bossa Nova e a visibilidade dada à Competências percorrendo a trajetória de alguns de Competências música brasileira, bem como seus artistas expoentes até a atualidade. composições contemporâneas influenciadas por esse movimento. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Distinguir elementos melódicos e Habilidades e rítmicos a partir dos gêneros musicais. Habilidades e - Distinguir elementos melódicos e Competências - Expressar-se individualmente a partir rítmicos a partir desse gênero musical. do fazer musical coletivo. Competências - Desenvolver a percepção harmônica. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Compreender os processos de - Compreender as diversas interfaces da Habilidades e internacionalização da música Habilidades e música brasileira, identificando as Competências brasileira, destacando o Rock, das Competências interseções entre os gêneros popular e origens às manifestações no Brasil. erudito. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Ouvir, analisar, apreciar o Rock, tanto - Ouvir, analisar e apreciar obras de Habilidades e por meio de seus ícones mundiais Habilidades e autores que transitam entre os gêneros Competências quanto por meio dos compositores e popular e erudito. grupos nacionais. Competências Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Distinguir elementos melódicos e - Distinguir elementos característicos Habilidades e rítmicos a partir desse gênero musical. Habilidades e dos diferentes gêneros. Competências - I d e n t i f i c a r, e m s e u b a i r r o, Competências - Exercícios de improvisação e invenção. manifestações culturais.16
  17. 17. Música 9º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e sociedade 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Conhecer gêneros e movimentos Habilidades e - Conhecer gêneros e movimentosHabilidades e musicais urbanos, destacando o Samba, musicais urbanos, destacando o choro, CompetênciasCompetências suas origens e influências. origens e desenvolvimento. Eixo Apreciar Eixo ApreciarHabilidades e - Ouvir, analisar, apreciar Choro, do Habilidades e - Ouvir, analisar e apreciar Samba, dos tradicional ao contemporâneo. Competências primórdios aos gêneros atuais.Competências Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Distinguir elementos melódicos e - Distinguir elementos melódicos eHabilidades e rítmicos a partir desse gênero musical. - Compor células rítmicas e executá-las. Habilidades e rítmicos a partir desse gênero musical. - Compor crônicas sociais por meio deCompetências - Desenvolver a percepção harmônica. Competências paródias. - Desenvolver a percepção harmônica. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Conhecer gêneros e movimentos - Conhecer gêneros e movimentosHabilidades e musicais urbanos, destacando Habilidades e musicais urbanos, destacando música eCompetências marchinhas, canções de protesto: a Competências periferia urbana: movimento Hip Hop, crônica do cotidiano. Funk, Reggae. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Ouvir analisar e apreciar marchinhas e - Ouvir, analisar, apreciar expressõesHabilidades e canções de protesto, atentando para a Habilidades e musicais das periferias urbanas,Competências crônica social a partir do contexto de Competências registrando seu potencial de denúncia cada época. social. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Distinguir elementos melódicos e - Distinguir elementos melódicos eHabilidades e rítmicos a partir dos gêneros musicais. Habilidades e rítmicos a partir dos gêneros musicais - Compor células rítmicas e executá-las. - I d e n t i f i c a r, e m s e u b a i r r o,Competências - Compor crônicas sociais por meio de Competências manifestações culturais. paródias. 17
  18. 18. no si ioen éd m a sé rie 2 música
  19. 19. Música 2a SÉRIE / ENSINO MÉDIO TEMA Tendências contemporâneas e mundo do trabalho 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Contextualizar as manifestações - Contextualizar as manifestaçõesHabilidades e musicais na sua relação com o mundo Habilidades e musicais na sua relação com o mundoCompetências do trabalho, destacando Música na Competências do trabalho, destacando Trilha sonora: propaganda (jingles, campanhas). cinema, vídeo, televisão. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Ouvir, analisar, apreciar composiçõesHabilidades e midiáticas do campo da propaganda, Habilidades e - Ouvir, analisar, apreciar trilhas sonoras cinematográficas, percebendo aCompetências identificando os elementos musicais e Competências articulação imagem e som. seu apelo comercial. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Desenvolver projetos coletivos deHabilidades e composição de jingles. Habilidades e - Sonorizar imagens e pequenos vídeos.Competências - Perceber as relações comerciais da - Desenvolver projetos coletivos de Competências composição de trilhas sonoras. atividade artística. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Contextualizar as manifestações - Contextualizar as manifestaçõesHabilidades e musicais na sua relação com o mundo Habilidades e musicais na sua relação com o mundoCompetências do trabalho, destacando música e Competências do trabalho, destacando opções tecnologia: websites, blogs, downloads. profissionais em música. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Ouvir, analisar, apreciar vídeos deHabilidades e - Ouvir, analisar, apreciar trilhas sonoras Habilidades e shows e concertos, atentando para o em materiais da internet (blogs, sites). Competências trabalho de profissionais que atuam nosCompetências bastidores como roadies, produtores, técnicos de som. Eixo Experimentar Eixo ExperimentarHabilidades e - Desenvolver trilhas para blogs e Habilidades e - Identificar possibilidades de inserçãoCompetências homepages. Competências no mercado de trabalho na área musical. 19
  20. 20. o ent al sin amen d no f un 9 °a ao 6° teatro
  21. 21. Teatro 6º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Fundamentos 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Reconhecer as diversas modalidadesHabilidades e -Compreender os fundamentos da Habilidades e teatrais da contemporaneidade (teatroCompetências linguagem teatral de diferentes épocas. Competências d e r u a , Te a t r o d o O p r i m i d o , performance, teatro pós-dramático). Eixo Apreciar Eixo ApreciarHabilidades e -Apreciar peças teatrais por meio de Habilidades e -Reconhecer diferentes modos de textos, vídeos etc, reconhecendo seus atuação cênica: ator, performer, jogador,Competências fundamentos. Competências ativista, etc. Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Utilizar as possibilidades de diferentes Habilidades e -Experimentar diferentes formas deHabilidades e espaços cênicos para o atuação (teatro de rua, Teatro do d e s e nvo l v i m e n to d a e x p re s s ã o Competências Oprimido, performance, outros).Competências espontânea e a utilização de recursos corporais nesses espaços (palco, arena, espaço aberto e outros) 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Reconhecer como as modalidades Habilidades e -Compreender o teatro como teatrais híbr idas (teatro - dança, manifestação artística presente emHabilidades e Competências instalações, performances interativas, todos em tempos e culturas.Competências formas animadas, videoteatro e outras) utilizam o espaço, o corpo e a voz. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e -Descrever aquilo que vê e sente emHabilidades e - Comunicar aos colegas a sua Competências relação às obras apreciadas. apreciação explicando os fundamentosCompetências delas. Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Usar o espaço, corpo, voz como Habilidades e -Criar, produzir e apresentar uma obraHabilidades e teatral (Teatro do Oprimido, Teatro de recursos cênicos, construção de Competências Rua, Performance, outras).Competências personagem dramáticos, improvisos, performance). 21
  22. 22. Teatro 7º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Matrizes 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Conhecer manifestações de teatro -Valorizar o(s) autor(es) e intérprete(s) Habilidades e popular de diferentes regiões do país. Habilidades e de espetáculos de teatro popular, Competências -Compreender que os objetos culturais Competências conhecer aspectos de sua(s) biografia(s) fazem parte do patrimônio cultural da e as principais obras. humanidade e valorizar a sua preservação. Eixo Apreciar Eixo Apreciar -Apreciar obras da cultura popular, Habilidades e festejos, folguedos, desfiles Habilidades e -Reconhecer a cultura oral como forma Competências carnavalescos e outras, reconhecendo- de dramaturgia popular. as como manifestações teatrais. Competências Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Vivenciar a linguagem teatral por meio -Contar histórias da cultura popular Habilidades e de jogos e brincadeiras populares que Habilidades e (contos, lendas, cordéis, “causos” etc.) e abordem seus elementos participar como ouvinte dos colegas Competências fundamentais. Competências -Construir dispositivos e objetos cênicos (máscaras, bonecos, cenários, etc.) com materiais diversos, inclusive sucata. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Reconhecer a importância do artista Habilidades e -Reconhecer as performances africanas, Habilidades e popular para a construção da afro-brasileiras e ameríndias como Competências identidade regional e nacional. Competências linguagens cênicas. -Resgatar elementos da cultura regional, nacional e étnica. Eixo Apreciar Eixo Apreciar -Identificar diferentes gêneros teatrais Habilidades e -Comunicar aos colegas sua apreciação Habilidades e ligados à cultura popular (cortejos, explicando o sentido que atribuiu às Competências autos, folguedos, festas etc.) Competências obras Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Improvisar cenas teatrais com os -Organizar apresentações de teatro Habilidades e colegas a partir de estímulos variados Habilidades e popular com a ajuda dos colegas, (tais como temas geradores, sons, Competências dividindo tarefas e participando Competências ativamente de todas as etapas do gestos, objetos etc.). processo.22
  23. 23. Teatro 8º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e suas interfaces 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Valorizar o(s) autor(es) das obras apreciadas, conhecer aspectos de sua(s) Habilidades e -Estabelecer conexões entre os gêneros biografia(s) e suas principais obras. teatrais apreciados para construirHabilidades e Competências critérios de apreciação teatral. -Compreender os valores estéticos doCompetências grupo de artistas ou movimento artístico de que faz(em) parte o(s) Eixo Apreciar autor(es) das obras apreciadas. Eixo Apreciar -Identificar diferentes tipos de Habilidades e representação cênica (cômica, -Apreciar peças teatrais clássicas por Competências dramática, naturalista, performática).Habilidades e meio de textos, vídeos, ao vivo etc.Competências -Analisar criticamente obras teatrais de diversos gêneros, estilos, épocas. Eixo Experimentar Eixo Experimentar Habilidades e -Elaborar roteiros de ações.Habilidades e -Recriar (adaptar, a seu modo) as obras CompetênciasCompetências apreciadas. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Relacionar as obras da dramaturgiaHabilidades e -Identificar as diversas funções universal com o pensamento (valores, necessárias à realização de uma obra Habilidades e religião, costumes sociais) de sua épocaCompetências teatral dramática. Competências -Distinguir os diferentes momentos da história do teatro, relacionando-os ao momento atual. Eixo Apreciar Eixo Apreciar -Reconhecer e estabelecer relaçõesHabilidades e entre os diversos elementos que envolvem a produção de uma cena -Identificar os principais gênerosCompetências dramática (texto, cenário, iluminação, Habilidades e teatrais do ocidente (tragédia grega, figurino e sonorização). teatro jesuítico, Commedia delArte, Competências teatro dramático, moderno) e diferentes Experimentar usos do espaço cênico. Eixo -Criar e construir cenas que contenham Eixo ExperimentarHabilidades e enredo/história/conflito dramático,Competências personagens/diálogo, local e ação Habilidades e -Criar obras teatrais a partir de temas dramática definidos. indígenas e afro-ameríndios, Competências articulados a outras áreas de estudo. 23
  24. 24. Teatro 9º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e sociedade 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Compreender a ação social proposta -Perceber as possibilidades de pelo grupo de artistas ou movimento Habilidades e interação entre as artes cênicas, o Habilidades e artístico de que faz(em) parte o(s) Competências espaço público e a comunidade. autor(es) das obras apreciadas. Competências -Valorizar o(s) criador(es) das propostas apreciadas, conhecer aspectos de sua(s) biografia(s) e suas principais realizações Eixo Apreciar sociais. Eixo Apreciar Habilidades e -Apreciar propostas de teatro como Competências ação social e comunitária. Habilidades e -Apreciar obras do teatro político (agit- prop, peças didáticas etc) por meio de Competências textos, vídeos etc. Eixo Experimentar Eixo Experimentar Habilidades e -Criar, produzir e apresentar uma obra teatral com fins de ação social (Teatro do Competências Oprimido, Teatro Comunitário, etc.) Habilidades e -Recriar (adaptar, a seu modo) as obras Competências apreciadas. (Brecht, Boal, Lorca) 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e -Reconhecer as implicações sociais do - Reconhecer a linguagem teatral como teatro realizado em espaços públicos e Habilidades e ferramenta para o desenvolvimento da Competências em espaços privados. Competências comunidade e da cidadania. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e -Perceber a diferença de participação e Habilidades e -Reconhecer e estabelecer relações interação do público com o espetáculo entre o teatro de entretenimento e o de Competências apresentado em ruas e espaços abertos. Competências cunho social. Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Experimentar o uso da linguagem Habilidades e -Organizar apresentações de teatro de Habilidades e teatral nas discussões e conflitos sociais Competências rua ou em espaços abertos. Competências na comunidade escolar (Teatro do Oprimido e outros).24
  25. 25. no si ioen éd m a sé rie 2 teatro
  26. 26. Teatro 2a SÉRIE / ENSINO MÉDIO TEMA Tendências contemporâneas e mundo do trabalho 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Compreender que o teatro é o -Identificar as ideologias presentes nos Habilidades e resultado de um trabalho coletivo. Habilidades e diferentes usos do teatro (peças teatrais, Competências Conhecer as diferentes áreas Competências telenovelas, filmes, propagandas profissionais do teatro. comerciais e políticas, etc.). Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e -Observar e analisar de forma crítica, a Habilidades e -Identificar as diferentes funções dos partir de uma visão técnica, das Competências montagens apresentadas. Competências fundamentos da linguagem cênica. Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Apresentar prática de montagem com Habilidades e funções teatrais determinadas (direção Habilidades e -Criar e representar cenas de teatral, dramaturgia, roteiro, ator, propaganda comercial, política, de Competências cenografia, sonoplastia, iluminação Competências telenovelas, etc. contrarregragem, etc.) 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e -Reconhecer as diferentes tendências Habilidades e -Reconhecer o teatro articulado com Competências contemporâneas do teatro. Competências outras linguagens artísticas. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e -Identificar os elementos constitutivos -Compreender a linguagem cênica Habilidades e da linguagem cênica contemporânea contemporânea em suas diferentes Competências em um espetáculo. Competências formas estéticas. Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Assistir espetáculos, perfomances, -Apresentar trabalhos cênicos com Habilidades e intervenções ou outras manifestações Habilidades e linguagens artísticas articuladas (artes Competências teatrais em vídeos disponíveis na Competências visuais, música, dança, novas internet. tecnologias, cinema, etc.).26
  27. 27. o ent al sin amen d no f un 9 °a ao 6° dança
  28. 28. Dança 6º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Fundamentos 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e -Identificar a presença da arte na Habilidades e - Relacionar a presença da arte da dança comunidade escolar e no entorno . a períodos históricos como produção Competências Competências cultural dos povos. Eixo Apreciar Eixo Apreciar Habilidades e -Exercitar o sentido estético. Habilidades e - Conhecer alguns movimentos -Apreciar diferentes produções ar tísticos, em especial aqueles Competências artísticas. Competências relacionados à dança. Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Desenvolver a consciência corporal. -Experimentar, investigar e utilizar Habilidades e Habilidades e -Ampliar o vocabulário corporal e o diferentes estímulos para improvisação Competências repertório de movimentos expressivos. Competências e para composição coreográfica. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e -Articular a análise de obras e o Habilidades e -Situar e compreender as relações entre contexto sócio-histórico de sua corpo, dança e sociedade. Competências produção . Competências Eixo Apreciar Eixo Apreciar -Reconhecer, identificar e diferenciar -Conhecer os dançarinos, coreógrafos e Habilidades e obras de distintos gêneros de dança, Habilidades e gr u p o s d e d a n ç a b r a s i l e i ro s e épocas e lugares. estrangeiros que contribuem para a Competências -Exercitar a análise e a leitura crítica de Competências história da dança, reconhecendo e obras de dança contemporânea. contextualizando épocas e regiões. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Discutir e experimentar distintas -Criar e propor ao grupo pequenas relações entre corpo, espaço, tempo, Habilidades e frases coreográficas. Habilidades e fluxo e peso no movimento expressivo. Competências -Participar de frases coreográficas - Identificar limites e possibilidades criadas por outros. Competências corporais individuais e coletivos. - Experimentar dançar em grupo e sozinho.28
  29. 29. Dança 7º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Matrizes 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Refletir sobre a presença da dança emHabilidades e diferentes culturas. -Conhecer aspectos das danças das - Refletir sobre as matrizes das danças Habilidades e culturas afro-brasileira e indígena.Competências populares brasileiras (europeia, africana Competências -Refletir sobre corpo, dança, raça e etnia. e indígena). Eixo Apreciar Apreciar EixoHabilidades e -Conhecer o repertório das dançasCompetências populares brasileiras. Habilidades e -Exercitar a análise e a leitura crítica de Eixo Experimentar Competências obras de danças brasileiras. Eixo Experimentar - Desenvolver a consciência corporal. - Compreender e trabalharHabilidades e corporalmente distintas danças do -Ampliar o vocabulário corporal e o Habilidades e repertório de movimentos expressivosCompetências repertório das danças populares através da prática de danças brasileiras. brasileiras. Competências -Experimentar distintas formas de dançar em grupo. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar - Reconhecer-se como pertencendo a -Refletir sobre o erudito e o popular naHabilidades e arte. uma estrutura e identidade culturais. Habilidades e - Refletir sobre as manifestações daCompetências -Situar e compreender as relações entre dança utilizadas por diversos grupos corpo e cultura, presente na dança. Competências sociais e étnicos, compreendendo-as como patrimônio social, em sua Eixo Apreciar dimensão sócio-histórica. Eixo ApreciarHabilidades e -Analisar a relação entre dança, música e estrutura narrativa em distintas -Conhecer os dançarinos e grupos deCompetências danças populares brasileiras. Habilidades e dança popular brasileira , identificando Competências e contextualizando épocas e regiões. Eixo Experimentar Eixo Experimentar -Identificar limites e possibilidades corporais individuais e coletivos. -Identificar e experimentar as distintasHabilidades e -Reconhecer e respeitar os diversos os Habilidades e relações entre corpo, espaço, tempo,Competências pontos de vista, as subjetividades Competências fluxo e peso, presentes nas danças presentes em sala de aula e o ambiente populares brasileiras. sociopolítico e cultural de cada um. 29
  30. 30. Dança 8º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e suas interfaces 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e - Situar e compreender as relações entre Habilidades e - Refletir sobre as implicações políticas e Competências corpo, dança e as mudanças ocorridas Competências econômicas da arte. na sociedade no século XX. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Identificar e conhecer as interfaces da Habilidades e dança com as demais linguagens Habilidades e - Conhecer os principais movimentos do artísticas (literatura, artes visuais, teatro, Competências campo da dança do século XX. Competências cinema, música, per formance, videodança etc.). Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Experimentar distintas relações entre - Experimentar a dança a partir de Habilidades e corpo, espaço, tempo, fluxo e peso no procedimentos de criação em movimento expressivo em articulação Habilidades e Competências com algumas linguagens artísticas articulação com distintas linguagens Competências artísticas (literatura, artes visuais, teatro, (ênfase em literatura e teatro). audiovisual, música, performance, videodança etc.). 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar Habilidades e - Refletir sobre corpo, dança, gênero e Habilidades e sexualidade, a partir da interface da - Relacionar corpo, dança e mídia. Competências Competências dança com outras linguagens artísticas. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Exercitar a análise e a leitura crítica de - Conhecer os nomes do cenário Habilidades e Habilidades e brasileiro e internacional que atuam no obras de dança na interface com outras Competências linguagens. Competências diálogo da dança com outras linguagens artísticas. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Experimentar distintas relações entre corpo, espaço, tempo, fluxo e peso no - Registrar, documentar e analisar os Habilidades e movimento expressivo, em articulação Habilidades e próprios trabalhos de dança e o de Competências com as outras linguagens artísticas Competências outros alunos. (ênfase em música, artes visuais, performance).30
  31. 31. Dança 9º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL TEMA Arte e sociedade 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo ContextualizarHabilidades e Habilidades e - Refletir sobre corpo, dança e gênero, a - Refletir sobre o erudito e o popular naCompetências arte. Competências partir da dança acadêmica. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Exercitar a análise e a leitura crítica de - Diferenciar os vários estilos de dança, obras de Balé Clássico, articulandoHabilidades e coreografia, música e estrutura identificando algumas característicasCompetências da dança acadêmica. Habilidades e narrativa. - Conhecer os bailarinos/coreógrafos e Competências companhias de Balé Clássico brasileiros Eixo Experimentar e estrangeiros que contribuíram para a História da Dança, reconhecendo e contextualizando épocas e regiões. - Desenvolver a consciência corporal.Habilidades e - Identificar e experimentar e algumas Eixo Experimentar das relações entre corpo, espaço,Competências tempo, fluxo e peso presentes na dança acadêmica. Habilidades e - Ampliar o vocabulário corporal e o Competências repertório de movimentos expressivos. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo ContextualizarHabilidades e Habilidades e - Discutir corpo, dança e cultura de - Refletir sobre corpo, dança e saúde.Competências Competências massa. Eixo Apreciar Eixo Apreciar - Identificar e analisar distintos gênerosHabilidades e - Exercitar a análise e a leitura crítica de de dança presentes na mídia. distintos gêneros e movimentos das Habilidades e - Compreender parâmetros e métodosCompetências danças urbanas. Competências de análise de danças significativos para o grupo, diferenciando - os da interpretação pessoal de cada um. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Criar e propor ao grupo pequenasHabilidades e - Identificar possibilidades e limites Habilidades e frases coreográficas. corporais individuais e coletivosCompetências Competências - Experimentar e memorizar frases coreográficas criadas por outros. 31
  32. 32. no si ioen éd m a sé rie 2 dança
  33. 33. Dança 2a SÉRIE / ENSINO MÉDIO TEMA Tendências contemporâneas e mundo do trabalho 1° Bimestre 2° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo Contextualizar -Conhecer as diferentes profissões eHabilidades e -Situar e compreender as relações entre funções que envolvem o campo daCompetências corpo, dança e sociedade. Habilidades e criação artística, no caso, da dança, (professor, coreógrafo, intérprete, Competências curador, produtor, dramaturgista, etc.) Eixo Apreciar reconhecendo-o como campo de trabalho. -Conhecer e analisar distintas ApreciarHabilidades e Eixo manifestações de dança presentes emCompetências sua cidade, identificando grupos, - Exercitar o sentido estético. estilos e contextos. Habilidades e - Assistir a espetáculos profissionais, Eixo Experimentar Competências performances, intervenções ou outras manifestações de dança. - Desenvolver a consciência corporal. - Experimentar distintas relações entre Eixo ExperimentarHabilidades e corpo, espaço, tempo, fluxo e peso naCompetências prática da dança, articulando-as a cada - Investigar e experimentar diferentes Habilidades e estímulos para improvisação e para estilo abordado. composição coreográfica, Competências relacionando-os a diversos significados pessoais, culturais, coletivos e políticos. 3° Bimestre 4° Bimestre Eixo Contextualizar Eixo ContextualizarHabilidades e -Conhecer as possibilidades e as Habilidades e - Refletir sobre corpo, dança, saúde e perpectivas de formação profissionalCompetências em dança no Brasil. Competências sexualidade. Eixo Apreciar Eixo ApreciarHabilidades e - Exercitar a análise de distintos gêneros Habilidades e - Construir o pensamento crítico e de dança, articulando-a à leitura e discutir as relações entre Arte, Filosofia,Competências discussão de textos críticos de dança. Competências indústria cultural e mídia. Eixo Experimentar Eixo Experimentar - Desenvolver habilidades pessoais para - Desenvolver projetos coletivosHabilidades e propor momentos de relaxamento e de Habilidades e (sugestões: criação coreográfica, mostras de dança, seminários etc.)Competências realinhamento corporal, relacionando- Competências tendo a dança como tema e que os às noções de anatomia. envolvam as distintas profissões relacionadas à dança. 33
  34. 34. ARTE Equipe de Elaboração COORDENADOR: Alexandre Palma (Artes Visuais) - Professor assistente da Faculdade de Educação da UFRJ, pós- graduando em Cinema-Documentário (FGV) e doutorando em Educação (UFRJ) ARTICULADORES: Monique Andries Nogueira (Música) - Professora associada da Faculdade de Educação da UFRJ e coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Arte e Cultura (GECULT) Licko Turle (Teatro) - Professor bolsista do Curso de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UNIRIO e integrante do Grupo Teatral Tá na Rua Silvia Camara Soter da Silveira (Dança) - Professora assistente da Faculdade de Educação da UFRJ PROFESSORES COLABORADORES: Marcia Cristina Rodrigues de Souza - Professora do Colégio Estadual Rubem Braga (DIESP), Licenciada em Ed. Artística (Instituto Metodista Bennett) e doutora em Filosofia (IFCS/UFRJ) Celso Eduardo Santos Ramos - Professor do CIEP 351 Ministro Salgado Filho, licenciado em Ed. Artística (Conservatório de Niterói) e mestre em Ciência da Arte (UFF)Alda de Moura Macedo Figueiredo - Professora do Colégio Estadual Maria Pereira das Neves, Instituto de Educação Clélia Nanci, licenciada em Ed. Artística (UFRJ) e mestre em Ciência da Arte (UFF) AGRADECIMENTOS: A todos os professores presentes nas consultas presenciais em 11 e 12/01/2012, em especial à Professora Vivian Cáfaro.

×