Jornal digital 4711 qua-15072015

377 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
377
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4711 qua-15072015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXV EDIÇÃO Nº 4.711 QUARTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 19º 15º Chuvoso durante o dia e a noite Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Geral Segurança Geral Apaepedee recebenovafaixa depedestre Moradores pedemlombada namarginaldaBR Adolescentesse preparampara bailededebutantes Presteza Perigo Arroio do Silva 3Página 7Página 13Página Programa cadastra mais de 600 animais Araranguá 4 e 5Páginas
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Luto pela telefonia há muito tempo, pois sei das dificuldades que as pessoas enfrentam com sinal de celular”. Ele disse: ‘ ‘Deputado federal Edinho Bez (PMDB) comemorando a conquista de 80 antenas para ampliar o sinal da telefonia celular em SC Muda o PR: sai Aloísio entra Cacai Amorim! Q uando leu nesta colu- na que o deputado fe- deral Jorginho Mello (PR) havia ofertado o comando do partido em Sombrio ao em- presário do ramo de comunicação Cacai Amorim, o então presidente da sigla, Aloísio Caetano (foto), esbravejou, fez contato com o colunista e afirmou que quem mandava no partido era ele. Poucos dias depois, Aloísio jogou a toalha e em novo contato com a coluna confirmou que está dei- xando a presidência da sigla, que Em uma bonita solenidade, oito funcionários públicos que completaram 25 anos de serviços prestados ao Município de Santa Rosa do Sul receberam uma moção de aplausos da Câmara (48) 3522-3777 Mais próximo Novo presidente da Cersul, Everton Schmidt, dá mostras de queseumandatoserádeintensa interação com os associados e os colaboradores da cooperativa. Ontem ele esteve acompanhan- do a obra para construção de melhoriasdasredes,juntocomo gerentegeral,LuisCarlosMarcon e o assessor Ide Manenti. “Gosto de acompanhar a execução dos serviços,eaproveitoparaconver- sarcomoscolaboradoresesaber sobreasnecessidadesedesempe- nho da obra’, comenta Schmidt, que está usando a experiência de vice-prefeito acumulada nos últimos anos. devepassaraocomandodoCacai. Aalegaçãoédeincompatibilidade com o novo pupilo do deputado e a forma com que a negociação Funcionários públicos recebem homenagem Com a Dilma Se o tempo deixar e Dil- ma vier inaugurar a ponte de Laguna e o túnel de Tubarão, somente prefeitos, vices e presi- dentes de Câmara poderão ficar mais próximos da presidenta. Some-se a isso a comitiva do governo do Estado, deputados catarinenses e a imprensa, rigo- rosamente credenciada. de Vereadores, através de iniciativa do presidente Agenor Francisco de Carvalho(PP).“Tiveaoportunidade de promover essa homenagem no ano passado e espero estar vivo no ano que vem para homenagear os súbito interesse de Cacai pelo PR, e vice-versa, especula-se que tenha ocorrido da seguinte forma. Durante passagem por Brasília, o empresário teria apresentado o projeto de pavimentação da es- trada que dá acesso ao Morro da Santa, de sua propriedade, ao de- putado, na tentativa de angariar uma emenda parlamentar para a obra. Astuto, Jorginho Mello teria dito: “filie-se ao PR, vença a eleição para prefeito que eu garanto os recursos”. Seria junção da fome com a vontade de comer, já que ser prefeito de Sombrio é um sonho antigo do empresário. Se isso vai dar certo, só o tempo ou quem sabe a “Santa” dirá! próximos servidores, assim como espero que algum vereador copie esta homenagem na próxima le- gislatura”,comentouopresidente, fazendo uma menção a atividade de cada servidor homenageado. ocorreu.Alémde deixaro partido, Aloísio garante que fará o pedido para que os cerca de 150 filiados tomem o mesmo caminho. “Tí- nhamos inclusive mais cerca de 30 filiações para homologar e um projeto viável para elegermos um vereador. De minha parte quero deixar o partido zerado para que o Cacai possa mostrar o seu tra- balho”, comenta. Sobre o futuro, ele espera incorporar-se uma nova sigla a fim de participar da próxima eleição. A decisão será tomada até outubro. Quanto ao
  3. 3. Gomes, que prontamente solicitou ao responsável pela sinalização, conhe- cido como Niltinho, para fazer o serviço, que ficou pronto em duas horas. “Só recebemos o pedi- do, via jornal e pelo setor de comunicação e ouvido- ria da prefeitura e rea- lizamos a pintura.Ações simples assim sempre que nos chegam e podem ser resolvidas com rapidez, o que não tem burocracia, a gente faz rapidamen- te”, afirmou o secretário, que completou: “O setor de comunicação funciona como uma ouvidoria tam- bém, então o que chega lá é repassado para as secretarias. A orientação do prefeito Zênio Cardoso é de que todos trabalhem de forma unida em bene- fício do cidadão e esse caso ganhou atenção ainda mais especial”. da para ouvir as reivin- dicações dos alunos da escola especial na semana passada foi acompanha- da pela reportagem do Correio do Sul. Entre os temas abordados por eles estava a necessidade de pintar a faixa de pedes- tre localizada em frente a sede da instituição, por estar muito apagada. Quase invisível, a sina- lização não era respei- tada por motoristas, que trafegavam pelo local em alta velocidade, colocan- do em risco a segurança dos alunos, muitos deles com dificuldade de loco- moção e cadeirantes. A reportagem pu- blicada na edição de quinta-feira no Correio do Sul foi lida pelo setor de comunicação da pre- feitura, que a levou ao conhecimento do secre- tário de Obras Carlinhos Geral 3Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Da redação Apae pede e ganha pintura em faixa Ação e Reação > SOMBRIO Nem todas as necessidades da população estão no planejamento da admi- nistração municipal, prontas para serem exe- cutadas. Nem tudo é ob- servado pelos servidores públicos municipais, até porque é humanamente impossível estar em to- dos os lugares, bairros e comunidades ao mesmo tempo. Mesmo assim, com sincronia e união en- tre diferentes setores, a Secretaria de Obras de Sombrio resolveu uma questão reclamada por alunos e pais da Associa- ção de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), na última semana. Uma reunião realiza- Prefeitura reage rápido a pedido de alunos feitos através do Correio do Sul e reforça pintura da faixa de pedestre ³Gentil coordena trabalho na oficina municipal ³Funcionário da prefeitura pinta faixa de pedestre na frente da Apae de Sombrio por exemplo aqueles uti- lizados pelas Secretarias de Saúde e Educação. Estes são monitorados diretamente pela central instalada na prefeitura”, explicouochefedeoficina. De acordo com Gentil, todas as máquinas, cami- nhõesecaçambasestãoem boas condições e trafegan- do.Aexceção,conformeele, é uma retroescavadeira, cujo conserto envolve a re- cuperaçãodedoiscilindros do giro. “Quando retornei ao parque de máquinas da prefeitura, em janeiro de 2014, deparei-me com 13 equipamentos pesados danificados e sem uso. Graças à Deus, com apoio de toda à equipe e suporte do Governo Municipal, hoje à realidade é outra”, esclareceu. > ARARANGUÁ Estão esgotadas as 166 vagas para participar doSeminárioDescentrali- zadodeEstudoeConscien- tizaçãoSobreoAutismono EstadodeSantaCatarina, queteráaetapamunicipal realizada na sexta-feira, > ARARANGUÁ Há aproximadamen- te três meses, o parque de máquinas municipal deixou de funcionar no terrenosituadonosfundos da prefeitura, para ocupar uma área mais ampla (o terreno mede 380mx70m) e segura, na esquina das ruas Amaro José Pereira e rua das Camélias, no bairro Coloninha. A mudança melho- rou a logística e retirou o tráfego dos equipamentos pesados do centro da cida- de. A constante entrada e saída dos veículos interfe- riadiretamentenotrânsito daquele trecho da cidade, prejudicandoamobilidade urbana. O chefe da oficina, Gentil Reduzino Cândido, que desempenha a fun- ção há quase seis anos, trabalha com uma equipe formada por seis profissio- nais,maisdoisvigiaseum totalde111equipamentos, incluindo máquinas agrí- colas, retroescavadeiras, patrolas, caminhões e ca- çambas. no Centro Comunitário da Vila São José, em Araran- guá. O evento é realizado em parceria entre a Escola do Legislativo Catarinense Lício Mauro da Silveira e a Associação de Pais eAmigos dos Exepcionais (Apae). A programação inicia a partir das 7h30min, tem in- tervalo para o almoço e será Segundo Gentil, que na semana passada recebeu a visita do vereador Kila Ghe- lere, o parque de máquinas funciona 24h, de domingo a domingo.“Todoomaquinário e equipamentos pesados, in- clusive o rebocador suplente paraàbalsa,ficamaqui,onde também ocorre o abasteci- mento com óleo diesel, bem como a limpeza e manuten- ção”, informou. O controle no uso do maquinário e veículos é rigoroso. Em horário de plantão, os veículos somen- te são liberados mediante transcrição e prévia auto- rização estabelecida em planilha. “Aqui no parque de máquinas, só não ficam estacionados os automó- veis, que permanecem nos pátiosdosrespectivoslocais onde estão lotados, como Seminário discute o autismo Trânsito fica mais leve sem máquinas retomada das 13h30min atéàs17h.Entreospales- trantes, destaque para o professor, psicopedagogo, jornalista e conferencista Antônio Eugênio Cunha, à diretora de Ensino e Pesquisa Janice Apareci- da Steidel Krasniak e o neurologista infantil Clay Brites.
  4. 4. 4 Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Intenção da prefeitura é começar em agosto as 40 castrações mensais e a identificação com chip, beneficiando cães e g les recolhidos das ruas. Se alguém imagina que são poucos aqueles que possuem tantos bichos, está enganado.Até agora foram cadastradas 26 residências que abrigam 633 cães e gatos. A dis- paridade entre os dois números é tão grande porque alguns donos cui- dam de muitos animais. Marivânia Farias > ARARANGUÁ Depois de alguns desencontrosem tornodeumareportagem que vinha sendo agen- dada desde junho, na tarde de ontem o Correio do Sul conversou com a responsável pelo pro- grama Bem-Estar Ani- mal, realizado através de uma parceria entre a prefeitura de Araranguá e a Fundação Municipal Ambiental (Fama). Luíza Macedo, militante da Or- ganização Não Governa- mental Bom Pra Bicho, acompanhou o surgimen- to do projeto desde as primeiras discussões, em 2014, envolvendo além da administração municipal, a câmara de vereadores, o Ministério Público, voluntários de entidadesdeproteçãoaos animais e o Judiciário. Em fevereiro deste ano ela passou a trabalhar na implantação do projeto, que é ligado a Secretaria Municipal de Saúde. Nesta primeira etapa do programa estão sendo cadastradas pessoas que têm mais de dez animais em casa, a maioria de- Programa Bem-Estar Animal prep Pioneiro ³Cachorro encontrado amarrado extremamente magro hoje está recuperado e saudável, assim como outro que foi queimado e se recupera ³Cadela ferida estava abandonada e hoje tem um lar Especial Luíza cita um homem no Morro dos Conventos que adotou 43 cachorros e ela própria possui 63. Estes locais, espalhados por todo o município, foram visitados para cadastra- mento e também verifi- cação de aspectos como a alimentação e a higiene dos animais.A intenção é começar em agosto a re- alização de 40 castrações mensais desses animais, que também vão receber um chip de identifica- ção. Ração ou outro tipo de ajuda não é forneci- da. Somente depois de terminada esta etapa é que as castrações devem ser estendidas a outros animais. Associações de voluntários também cos- tumam investir em cas- tração, com ou sem ajuda do poder público. Segun- do Luíza, os chamados cães comunitários, que não têm dono,mas são adotados por moradores de uma rua ou funcioná- rios de uma empresa, são castradoscomfrequência. “Os dois que vivem aqui em frente a prefeitura já foram castrados”, exem- plifica. quebrada próximo a Uni- sul. Com a perna engessa- da, ele se recupera em um abrigo provisório. As associações de pro- teçãofazemfrequentesfei- rasdeadoção,ondetentam encontrar donos para caés e gatos abandonados ou retirados de situações de maus tratos. Nem sempre conseguem, principalmen- te quando o animal é de grande porte ou é idoso. Soluçãodefinitivapara osanimaisderuanãoexis- te, pelo menos nenhuma cidade até agora parece Amaiorpartedotempo de Luíza, porém, é gasto com o atendimento de de- núncias de abandono e de maustratos.“Tododiache- gamdenúncias.Nosábado ainda atendi duas”, conta. Para essa árdua função ela tem a parceria da fun- cionária da Fama Flávia Cândido. As situações que elas enfrentam vão desde as mais simples, como um animal perdido na rua, até as mais terríveis, como outro amarrado e esque- lético, sem comida e sem proteção. Luíza apresenta uma relação com 14 casos mais graves e ilustrados com fotos, e diz que eles nãorepresentamnem10% das ocorrências atendidas de janeiro até o início de julho. Vários desses ani- mais foram adotados e as fotos mostram o momento em que foram encontrados e depois, quando estão saudáveis e felizes no novo lar.Asimagenssãoimpres- sionantes e emocionantes. Outros permanecem em casa de voluntários até encontrarumlardefinitivo. É o caso de um cachorro encontrado com a perna Maus tratos são terríveis ter encontrado. No entan- to, é possível diminuir o abandono com programas públicos,comoestedeAra- ranguá, punição aos pro- prietários irresponsáveis e muita conscientização. Luíza, que trabalha com o programa Bem-Estar Animal,éotimista.“Omais importantedestainiciativa tomada pelo prefeito San- dro Maciel é que ela não temprazopraacabar.Éum programapermanente,que terá continuidade e será estruturadocomoumórgão daadministração”,analisa. Antes Antes Depois Depois
  5. 5. Especial 5Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 gatos de pessoas que abrigam mais de dez animais em casa para nova etapa Política Rolando Christian Coelho ³Muitas famílias castraram os seus bichinhos A ponte e o Brasil que daria certo E stá prevista para hoje a inaugura- ção da ponte Anita Garibaldi, em Laguna. Sabe-se lá se o tempo permitirá que a presidenta Dilma Rousseff(PT)venhaparaoficializaroato,mas o fato é que a ponte está pronta. Foram inves- tidos cerca de R$ 600 milhões numa obra que é digna de qualquer cartão postal do mundo, prova de que temos recursos e competência paraestarmosemmeioaosgrandesdoplaneta. Afontedestesrecursoséamesmaquejápode- ria ter patrocinado várias outras empreitadas noSuldoEstado,emSantaCatarina,noSuldo Brasilenopaíscomoumtodo.Todavia,háalgo que não nos permite seguir adiante. Algo que carcome nosso presente, nos impossibilitando um acesso digno ao futuro. E este algo atende pelo nome de corrupção. O povo brasileiro é refém da corrupção, queéumvenenoferozcontraqualquertentati- vadeidealismo.Denadaadiantaidealizarmos um país de verdade, se no meio do caminho o ácido da corrupção estiver à postos para nos corroer.Eémeramenteistooquetemacabado com o Brasil. O que tem feito com que não consigamos evoluir enquanto sociedade. Os R$ 88 bilhões desviados da Petrobras, que é o que se tem notícia até o momento, seriam suficientes para edificamos quase 150 pontes como a Anita Garibaldi. Mas, como se sabe, a operação Lava Jato está investigando apenasumgrãodeareianapraia,oquesugere todos os problemas crônicos de nosso país já poderiam ter sido resolvidos não fossem os corruptos e seus corruptores. Imagine um país com acesso pleno à educação, à saúde, ao bem estar social, à segurança, e a tudo o mais o que hoje ainda suportamos enquanto mazelas de nossa sociedade. E a matemática para atingirmos este objetivo é fácil. Fecha- -se a torneira e corrupção e abre-se a dos investimentos. Para isto, no entanto, é preciso estancar- mos o mal pela raiz. E este mal atende pelo nome de eleitor comum. É ele, que com a gota de seu voto, inunda a esfera pública de corruptos. Se comemos o pão que o diabo amassoucomgovernosmedíocres,podetera certezadequeospésqueamolgaramamassa não estão muito longe de nossos corpos. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 Na berlinda Atingidopelosreflexosdacriseeconômica queassolaopaís,ministrodoTrabalho,Manoel Dias,éumdoscotadosparadeixarocomando da sua pasta num futuro não muito distante. Por conta disto o PDT Nacional se reuniu on- temparamanifestarapoioasuapermanência. O problema é que o PDT está igual biruta de aeroportonoquedizrespeitoasuaposiçãono CongressoNacional.Oraestácomapresidenta Dilma, ora está contra. Na verdade, Maneca tem que se valer muito mais de sua relação com Dilma, que vem da época do brizolismo no Rio Grande do Sul, do que de seu próprio partido.AquinoSuldoEstadosuasaídatraria bastanteprejuízopolíticoaodeputadoestadual Rodrigo Minotto (PDT), a quem Manoel Dias devota total confiança e estima. Organizando PSC,oPartidoSocialCristão,começouase organizaremSombrio.Asiglaestáfortemente ligada ao segmento evangélico, o que pode ser facilmente constatado por suas postagens na internet. Em 2012 o partido não existia no município, mas acabou se popularizando especialmente depois da campanha eleitoral do ano passado, quando Sara Maciel (PSC), comfiliaçãoemBalneárioGaivota,disputoua AssembleiaLegislativa.Interessantenotarque nasdivulgaçõesquevêmsendopromovidasaté o momento, há uma forte vinculação da sigla ao deputado federal Marcos Feliciano (PSC/ SP), que ficou famoso no país por sua franca oposiçãoauniãohomoafetiva,epelopolêmico projetoda‘curagay’.Areduçãodamaioridade penal também é uma das bandeiras da sigla. Até que enfim Depois de 150 anos de colonização, finalmente Sombrio não teve o centro da cidade alagado depois de uma chuva mais intensa. As galerias pluviais construídas pela administração municipal no entron- camento das avenidas Getúlio Vargas com Antônio Sant’ Helena, em princípio, deram conta de escoar toda a água da chuva dos últimos dois dias, como se tudo não tivesse passado de um aguaceiro. Mesmo resulta- do foi conquistado ao longo da rua João Reitz, tanto no entroncamento com a Nereu Ramos, como com a Caetano Lummertz. PrefeitoZênioCardoso(PMDB)precisaráse esforçar para que população reconheça seu empenho em resolver problemas crônicos domunicípio,comoéocasodoescoamento das águas. Geralmente população não dá valor ao que “fica enterrado”. Milton Mendes Ex-deputado federal criciumense, Mil- ton Mendes de Oliveira, velho conhecido de nossa região, deve assumir a presidência estadualdoPTnapróximasemanadeforma interina. É que o titular da função, Cláudio Vignatti, irá ocupar a diretoria de financeira da Eletrosul. Como cachorro mordido de cobra tem medo até de linguiça, o PT Nacio- nal recomendou que Vignatti não ficasse na presidênciadasiglaenquantoestiverrespon- sável por questões de ordem financeira na estatal, passando seu cargo ao vice. No que dizrespeitoaosaspectospolíticos,deacordo com o estatuto do PT catarinense, caso a vaga de presidente seja ocupada de forma interina por mais de 120 dias, é necessário que seja convocada nova eleição para seu preenchimento.Miltonéumfortenomepara ficar em definitivo no comando do partido. Para Marcia Lirio, do Bicho Urbano, o resultado do mutirão foi satisfatório. A idéia é que campanhas de castração com valor bem abaixo do praticado pelas clínicas, não seja uma ação isolada e sim que se espalhe por toda a região. “Gostaríamos que outros profissionais veterinários realizassem > BALNEÁRIO GAIVOTA No final de semana, omunicípiodeBalneário Gaivota foi contempla- do com mais uma ação solidária: o mutirão de castração de animais. A ação organizada pela ONG SOS Peludos, con- tou com o apoio da pre- feitura e do Instituto SOS Bicho Urbano e castrou mis de 100 ani- mais. “Essa ação é ex- tremamente importan- te, e nada melhor do que um projeto de castração para ajudar no controle reprodutivo dos cães e gatos da nossa região", explicou a presidente da SOS Peludos, Vera Regina de Oliveira. SOS Peludos promove mutirão ações similares. Foram aproximadamente dois meses de trabalhos, a equipe de voluntários da SOS Peludos desem- penhou com sucesso as funções que lhe foram atribuídas. Respeito, seriedade, comprometi- mento e o amor nortea- ram a equipe”, finaliza a voluntária. * Cães que ficavam amarrados, ao relento e recebendo alimentação de 15 em 15 dias. * Cão amarrado em uma pequena corda que ficava dentro de um taque de roupas, porque embaixo passava um esgoto. * Cachorro encontrado na rua com uma ferida enorme que já tinha ‘engolido’ um olho. * O dono viajou e deixou duas cadelas para um parente tratar. A que estava soltou foi para o pátio de uma vizinha, a que estava presa, ganhou filhotes e era alimentada uma vez por semana. Os filhotes morreram. * Cadela preta porte grande e prenha. Foi chutada por adolescentes nas imediações do Restaurante Paquetá. Veterinário atestou que devido aos maus tratos era inevitável o aborto e também curou sua perna, que estava com luxação interna forte e machucados externos. Teve alta após 16 dias. * Um cão foi salvo por uma senhora que descobriu que ele seria sacrificado porque não servia mais para rinha de brigas. As patas traseiras estavam com ‘bicheira’ e o corpo cheio de marcas de mordida. Nesta ocorrência, a anotação das protetoras tem a seguinte observação: “não conseguimos localizar o infeliz resposnável por esta barbárie”. Alguns casos de maus tratos atendidos pelo programa
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Alerta máximo em todas as regiões PeloEstado A maior preocupação da De- fesa Civil de Santa Catarina é com a subida dos rios, es- pecialmente o Rio Uruguai, mesmo com menor intensidade de chuva prevista para hoje. No final da tarde de ontem, o Uruguai já estava 5,40 metrosacimadonívelecom7,50me- tros já há necessidade de evacuação das áreas mais baixas de São Carlos, Palmitos, Mondaí e Itapiranga. As informações foram passadas pelo gove- nador Raimundo Colombo e pelo secretário de Defesa Civil, Milton Hobus. Ainda na noite de ontem, o secretário adjunto, Rodrigo Moratelli, viajou de Florianópolis para a região Oeste, a mais atingida por alagamentos, desli- zamentos, granizo e vendaval. Moratelli vai acompanhar a situação in loco e coordenar as ações de ajuda à população afetada. Pelo relatório da Defesa Civil, 44 municípios foram atingidos pelas intempéries climáticas e quatro já declararam situação de emergência. Foram afetadas mais de 2 mil pessoas e quase 600 residências, além de duas empresas, estão danificadas. Foram confirmados dois óbitos: uma mulher, levada pela enxurrada em Coronel Freitas, e um adolescente, atingido por raio em São Joaquim. “Desde quarta- feira tínhamos os sinais que volume de chuva seria significativo no estado.A média histórica para todo o mês de julho é de 150 milímetros no Oeste. Em apenas seis horas choveu esse volume. Não há sistema de drenagem que absorva o volume de água como o que ocorreu”, observou o governador, que já comunicou a situação ao governo federal. Ele agradeceu a atuação da imprensa, que tem ajudado a divulgar os boletins de alerta da Defesa Civil, e contou que as redes sociais da secretaria já ultrapassaram 1 milhão de acessos. O governador ainda informou que estão sendo contratadas má- quinas que vão trabalhar na desobstrução das rodovias em que ocorreram deslizamentos. Visita da presidente Exatamente para o horário da inauguração da Ponte Anita Garibaldi, hoje, em Laguna, estão previs- tos de 30 a 50 milímetros de chuva. Entre- tanto, o governador Colombo confirmou com a assessoria da presidente Dilma Rousseff que a agenda está mantida. A mudança possível é ela descer em Floria- nópolis e não em Jaguaruna. Eletrosul Está marcada para hoje a reu- nião do Conselho de Administração da Eletrosul que tem em pauta a nomeação de novos conselheiros. Nessa reunião de- vem ser aprovados os nomes de Djalma Berger, para a presidência, e de Claudio Vignatti, para a Diretoria Financeira da es- tatal. Para tanto, Vignatti terá que deixar a presidência do PT-SC, devendo assumir o primeiro vice-presidente, Milton Mendes, por sua vez ex-presidente da Eletrosul. Ferrovia Obra fundamental para impul- sionar a economia da região Sul, a Fer- rovia Norte-Sul continua no páreo para ser incluída no programa de concessões do governo federal. Ontem, o coordena- dor do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado Mauro Mariani (PMDB-SC), saiu otimista da reunião com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Ro- drigues. Está marcada para o dia 17 de agosto uma reunião de apresentação do relatório final nos estados, quando gru- pos empresarias podem se interessar pela obra. Exemplo Diferentemente da maioria dos municípios, que enfrentam dificuldades de caixa, a prefeitura de Pomerode pagou ontem a primeira parcela do 13º salário dos mais de mil servidores municipais. O desembolso total foi de R$ 1,4 milhão. O prefeito Rolf Nicolodelli adiantou que a segunda parcela será paga no dia 11 de dezembro. Andréa Leonora �lorian��olis ���lorian��olis �� 15Jul15 ConsensonaOAB-SC Os três grupos que se uniram em 2012 para eleger Tullo Cavallazzi Fi- lho (C) à presidência da OAB-SC fe- charam em torno da candidatura do advogado Paulo Marcondes Brincas (E) às eleições de novembro na Sec- cional. A união foi selada durante o Colégio de Presidentes de Seccio- nais, em Jaraguá do Sul. Cavallazzi disputará uma vaga ao Conselho Federal da Ordem. Ainda na foto, Mar- cus Antônio Luiz da Silva (D), atual vice-presidente da entidade. DivulgaçãoJúlioCavalheiro/Secom
  7. 7. Segurança 7Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Presocondenadoportráfico Ladrõesdãosustoemvizinhos CaminhoneiromorrenoRio Ladrãoépresoemlavanderia > ARARANGUÁ No início da tarde de ontem, agentes da Divisão de Investiga- ção Criminal (DIC) de Araranguá, prenderam Daniel Noé Gonçalves, de 24 anos, por força de mandado de prisão, sentença condenató- ria definitiva, expedido pelo Juizo da 1ª Vara Criminal deAraranguá, datado do último dia 3. > SOMBRIO Ladrões deram um susto em vizinhos do antigo Hotel Ranieri, localizado às margens da BR 101, em Som- brio. Eles entraram no prédio que está abando- > BALNEÁRIO GAIVOTA A morte do cami- nhoneiro Fábio de Melo Kramer, de 37 anos, emocionou moradores de Sombrio e Balneário Gaivota nesta terça- -feira. Fabinho, como era conhecido, dirigia um caminhão carregado com tomates, bateu em um barranco e morreu. O acidente aconte- > SANTAROSADOSUL Na segunda-feira, por volta das 16h, a Po- lícia Militar de Santa Rosa do Sul prendeu um homem acusado de rou- bo. A Central da PM foi acionada para atender uma ocorrência de roubo ocorrido na área central da cidade. Os policiais Daniel foi condenado a pena de 9 anos e 20 dias de reclusão em regime fechado pela prática dos nado para furtar e resol- veram queimar fios para retirar o cobre, a parte mais valiosa do produto. Uma pequena fogueira foi feita dentro do imóvel velho, mas gerou bastante fumaça, que saia pelas portas e janelas, preocu- ceu no início da manhã de ontem, na BR 393, em Sa- pucaia, no estado do Rio de Janeiro. O motorista erase deslocaram até o local onde encontraram a víti- ma, a qual relatou ter sido roubada por um rapaz que levou sua bolsa de mão, contendo seu aparelho de telefonecelulareR$102,85 em dinheiro e documentos. Uma testemunha per- seguiu o ladrão e repassou as características dele aos policiais, bem como infor- crimes de tráfico e asso- ciação para o tráfico de drogas, em procedimen- to instaurado pela DIC. pando quem passava pelo local e a vizinhan- ça. Os bombeiros foram chamados, mas tiveram pouco o que fazer, pois as chamas já estavam praticamente apagadas. Vários metros de fio per- maneciam no local. de Balneário Gaivota, filho único da mais an- tiga vendedora da Loja Mattric de Sombrio.mou em qual residência ele havia se escondido. Os objetos roubados fo- ram encontrados na rua. Os policiais foram até a casa apontada e en- contraram o rapaz de 27 anos escondido dentro de uma lavanderia, também encontraram a bicicleta e a blusa utilizada por ele no crime. Via lindeira a101, no ponto entre o trevo do Japonês e a Guarita, tem sido palco de diversos acidentes, alguns deles com gravidade Na Marginal -feira a reportagem do Cor- reio do Sul esteve no local e constatou a alta veloci- dade que alguns veículos trafegam pela marginal. Rosinhasabequearespon- sabilidade pela rodovia é do Dnit, mas espera contar com o apoio da administra- çãomunicipalnacobrança. “Ouvamosfazerumprotes- to e fechar a estrada, pra que façam alguma coisa”, dizem os moradores. A assessoria de comu- nicação do Dnit pediu a reportagem do Correio do Sul, pelo menos três dias para se pronunciar sobre a situação. A alegação, dada na tarde de ontem, é que era grande o envolvimento nos preparativos para a inauguração da ponte de Laguna, que acontece hoje. MoradoresqueremlombadanaBR > SOMBRIO As 10 horas de hoje, uma moradora do km 435, às margens da BR 101, em Sombrio, vai a pre- feitura em busca de ajuda para resolver um perigoso problema que ela e muitos outrosmoradoresemotoris- tas estão enfrentando. Ro- sinha Réus está assustada com a grande quantidade de acidentes registrados na marginal direita (sentido norte-sul), a cerca de 750 metros do trevo do Japonês. A gota d’água foi a co- lisão entre duas motos por voltadas19horasdesegun- da-feira. Rosinha e o filho foram os primeiros a chegar e ficaram apavorados com o estadodeumdosenvolvidos, que teve a perna bastante ferida. Poucos dias antes uma moto e uma ciclista ba- teram no mesmo local e em abrilumhomemmorreuem um acidente um pouco mais adiante. Segundo os moradores, a ‘carnificina’ começou de- pois que o Departamento Nacional de Infraestrutura deTransportes(Dnit)retirou alombadafísicadaqueletre- choeinstalouumalombada eletrônica um pouco mais distante. “Precisamos que façam de novo o quebra- -molaoubotemumalomba- daeletrônicaaquitambém. Não suporto mais juntar perna de gente nessa es- trada”, desabafa Rosinha. Na manhã de terça- Marivânia Farias ³Moto ficou bastante danificada depois de acidente em trecho perigoso da BR ³Daniel foi preso pela DIC e condenado por tráfico ³Fábio morreu na hora em acidente de caminhão
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Além do Tempo -18h I love Paraisópolis -19h Babilônia -21h E vatentaconvencerMarianãoseafastardeBenjamin.Soraya mandaMarirevistarosfuncionáriosparadescobrirquemrou- bousuapulseira,eelaencontraajoianabolsadeOlga.Olgaé demitida e Júnior comemora a notícia. Gabo faz um acordo com Jávai para que o bandido ocupe o lugar de Grego. Izabelita avisa a Soraya que ela será avó. Jávai informa a Ximena que mandará em Paraisópolis. V itória exige que Emília deixe Campobello e a comerciante culpaacondessapelamortedeBernardo.Emíliainsistepara que Lívia ingresse na vida religiosa o quanto antes. Zilda, SeveraePedrotentamdarcontadosserviçossemosempregados, quedeixaramocasarãoemsolidariedadeaRaul.Bentochegaao casarão e tem uma conversa em segredo com Vitória. Vitória se impressionacomotrabalhodeRauleexigeconhecê-lo,masEmília oferece emprego e moradia ao jardineiro e seu filho. I nêseBeatrizseagridem,eEvandroficafurioso.Chegaodiada inauguraçãodaboatedeBeatrizeAderbal,eGutocomandaa festa.InêsvaiàcasadeOtávio,quesedesesperaquandoBeatriz chega. Clóvis leva Valeska à inauguração da boate e Norberto tenta impedir os dois. Pedro se interessa por Paula. Guto tenta expulsarIvandaboate.HelôcontaparaAlicequeInêsestevena boate com Aderbal. Evandro e Murilo se enfrentam. Rapidinhas Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Perceba o que é realmente essencial em sua vida, ariano. O dia convida a reflexão, a interiorização e o centramento interno. É um momento importante para situações ligadas ao lar e à família. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Estáéumafasedeprofundastransformaçõesemocionais e familiares. É necessário perceber que você não tem o controle sobre tudo. É uma fase de eliminação, mas tambémderenascimento. Gêmeos 21/05 a 20/06 Estaéahoradevocêseconscientizarsobreoqueépriori- tárioemsuavida.Osvaloresfamiliareseemocionaisestão enfatizados neste momento. É um dia importante para perceberasenergiasvinculadasàprosperidade. Libra 21/09 a 20/10 Forte momento de reflexões sobre o trabalho e a família. É um momento em que você precisa estar mais conectado comassuasverdadeirasemoções.Reflitasobreoqueainda fazsentidonacarreira,libriano. Aquário 21/01 a 18/02 Momentodesetrabalharinteriormenteeemocionalmen- te. O auxílio da terapia e Psicologia pode ser importante paravocê.Éummomentodeaprimoramentoemocional emuitosignificativoàsaúde. Touro 21/04 a 20/05 É hora de se conectar mais com as pessoas por meio do coração. Um momento que pode ser estimulante na criati- vidade e expressão de sentimentos e pensamentos. Ideias interessantes que você pode compartilhar com as pessoas. Virgem 21/08a20/09 Reflexões sobre as amizades e sobre os seus projetos. É o momento de se sentir mais em comunhão com as pessoas. É necessário perceber as energias emocionais deste momento. Capricórnio 21/12 a 20/01 Reflita sobre como você tem agido em seus relaciona- mentos. É um momento de reflexões e de cura em suas relações. Desenvolva em si aquilo que você admira nas pessoas. Câncer 21/06 a 20/07 Hoje temos a Lua Balsâmica em movimento pelo seu signo. É um momento importante para você se interiorizar e se conectarcomasensibilidade.Éhoradedeixariroquejánão faz mais sentido em sua vida. Escorpião 21/10 a 20/11 É necessário que esteja mais em harmonia em termos emocionais. É importante o desenvolvimento de conhe- cimentos e da espiritualidade. O autoconhecimento é fundamentalparasuperarosatuaisdesafios. Peixes 19/02 a 20/03 Reflexões sobre o verdadeiro significado do amor, pisciano. É um dia importante para desenvolver mais o amor-próprio. Observe a importância da sua expressão afetiva e criativa. Odiapedecontemplaçãoeobservaçãodesuasatitudes.É precisosaberfluircomaquiloquevocênãotemcontrole. É um momento importante para desenvolver a espiritu- alidade,leonino. Após 1 ano e 4 meses de casa- mento, chegou ao fim o casamento de Rayanne Morais e Latino. De acordo com um comunicado oficial, enviado pelo cantor e publicado na coluna de Bruno Astuto, Latino não vai revelar o motivo pelo qual o relacionamento chegou ao fim. “Os nós de verdade sabemos, vão especular várias traições por aí, vão in- ventar fotos e áudios antigos pra vender jornais, vão debater as inverdades, etc. Mas a verdadeira verdade foi enterrada hoje no culto das 6h da manhã”, disse ele. Há algum tempo muitas notícias sobre possíveis traições e um clima ruim entre o ex-casal foram noticiadas pela mídia, mas ninguém havia confirmado a separação até então. “Fiz a escolha certa até 1 ano e quatro meses atrás. Tentei digerir em si- lêncio o que me levou a essa separação, mas infelizmente não consegui, talvez eu esteja sendo fraco demais, não sei, talvez eu até me arrependa, mas a vida é uma só, e quando o cristal humano é trincado (seja de que parte venha) nem ‘super-bonder’ consegue mantê-lo 100% fixo”.
  9. 9. Correio Especial Igor Borges igor.borges@grupocorreiodosul.com.br www.facebook.com/igor.borges @igormborges Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Especial - Crise II Depois da Era Lula, que surpreendeu a todos e enfrentou a crise de 2008, começa a Era do governo de Dilma. Estou aqui analisando a crise que estamos enfrentando. Para isso tive que voltar a 2002 e hoje trato de 2011 em diante. Caso queira rever ou conhecer a última coluna, acesse nosso website e leia. Em 2011, assume a sucessora de Lula, Dilma Rousseff, que apresenta a “Nova Matriz Econômica”: política fiscal expansionista, juros baixos, crédito bara- to fornecido por bancos estatais, câmbio desvalorizado e aumento das tarifas de importação para “estimular” a indústria nacional. A crença do governo passa a ser a de que “um pouco mais de infla- ção gera mais crescimento econômico”. Em 2012, os bancos privados joga- ram a toalha, pois viram que a situação estava ficando perigosa: inadimplência em alta, pessoas extremamente endivi- dadas e com histórico de crédito ruim. O que nos ajudou a transformar um tsunami em marola, trouxe efeitos pos- teriores nefastos. Aumento dos preços, do endividamento, acúmulo de investi- mentos insensatos, setores se expandi- do sem que houvesse uma verdadeira demanda de mercado. O setor automotivo, por exemplo, foi um dos mais atingidos. O consumismo e o endividamento passam a ser explici- tamente estimulados pelo governo, com a crença de que ambos é que são os motores do crescimento eco- nômico. A expansão do crédito em conjunto com o aumento das tarifas de importação faz com que a inflação de preços comece a incomodar. Com isso os bancos privados não concedem mais crédito e os bancos públicos sim. Especialistas estimam que de 2008 até 2014 foram jogados na economia brasileira R$ 1 trilhão pelos bancos públicos. Mais dinheiro na economia, mais pressão nos preços e por consequência na inflação. O que podemos traduzir como uma “expansão artificial”. Com dinheiro nas ruas, consumo alto e com o governo com sua postura protecionista, segurando as importa- ções, a pressão para a inflação subir é alta. Para segurar a inflação a Petrobras, controlada pelo governo, vende às suas distribuidoras gasolina abaixo do preço pela qual ela foi importada. Além disso, a Petrobras e outras petroleiras que ex- ploram petróleo no Brasil são obrigadas a utilizar uma determinada porcentagem de insumos fabricados no país. Não bastante, o governo com intuito de conseguir tarifas menores de ener- gia, unilateralmente decide revogar os contratos de concessão das empresas de geração e transmissão de energia. As distribuidoras acabam ficando de- sabastecidas e endividadas. O tesouro (leia-se nós) começa a repassar dinhei- ro para as distribuidoras, garantindo artificialmente a tarifa barata. O governo acaba aumentando mais seu endivida- mento. O tesouro faz empréstimos pagando o valor da taxa Selic (através de emissão de títulos da dívida pública) e repassa esse dinheiro para o BNDES que irá emprestá-lo as grandes empresas a juros abaixo da Selic, com prazos que chegam a 30 anos. Além de ajudar na pressão da inflação, a dívida bruta do governo come- ça a subir acentuadamente. Com o repasse para as distribuido- ras de energia e ao BNDES, as contas públicas entram em desordem. E os mais entendidos no assunto afirmam que o governo começa aplicar as “pedaladas fiscais” para manter as contas artificialmente equilibradas. O descontrole das contas públi- cas, inflação de preços persistente- mente alta, tabelamento dos lucros nos serviços de concessão e as seguidas demonstrações de desres- peitos a contratos do governo, fazem com que os empresários reduzam o investimento . Investidores estrangeiros enten- dem o “jeitinho brasileiro” na mano- bra contábil do Governo e percebem que a dívida bruta do governo está alcançando padrões perigosos e o governo não está conseguindo con- trolar. Por isso não recomendam mais as compras dos títulos do governo brasileiro. O dólar que era R$ 1,65 no início do governo Dilma, chega a R$ 3,25 em março de 2015. O governo para de repassar dinheiro para as distribui- doras, com isso as tarifas ficam mais caras, em média 58%. A Petrobras decide que é hora de recompor seu caixa, que foi dizimado não só pelo controle do preço da gasolina como nos casos de corrupção que estão sendo investigados, e a gasolina sobe igual a um foguete nas bombas. Em maio de 2015, o Índice Nacio- nal de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), acumulado em 12 meses chega a 8,47%. Gasolina mais cara, energia mais cara, fazem com que empresários repassem para o consumidor esse aumento de custo. Consequência: Vendem menos e a receita cai. Mas o fato é : a renda real em queda e o endividamento recorde da população, as vendas no varejo despencam, as vendas de automó- veis desabam, a indústria encolhe (e já vem encolhendo há 4 anos, não obstante todo o protecionismo) e o desemprego aumenta. As famílias endividadas — consequência ine- vitável de uma política de estímulo ao consumo — têm dificuldade para quitar as parcelas de suas dívidas. A inadimplência bate recorde. Para os que ainda estão em dúvida se estamos ou não na crise, faço algumas pergunta: Você compra o que comprava a 2 meses atrás no supermercado com ape- nas R$ 100,00? Aposto que a resposta é não. Outra pergunta: Você consegue fazer a mesma coisa que você fazia a 6 meses atrás com seu orçamento (falo comprar roupa, ir a restaurante, cinema)? Se você diz que sim, peço que analise com mais detalhe e seja mais sincero, e me diga se realmente você consegue gastar o mesmo dinheiro com as mesmas coisas? A res- posta vai ser não. Então meus amigos, estamos em crise. Na próxima coluna trago o que o governo estáfazendo para sairmos desta crise econômica e que as empresas têm que fazer para sair mais fortes.
  10. 10. 10 Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Publicidade
  11. 11. Geral 11Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Da redação Cadastro do patrimônio público foi aperfeiçoado e hoje permite ao município ter controle de todos os bens que entram e saem ³Sérgio controla patrimônio público com sistema > ARARANGUÁ Cada vez mais o controle do Pa- trimônio Público deixou ser apenas um registro numa simples plaqueta numerada afixada sobre o bem. Hoje, além de ca- dastrar os bens materiais, desde equipamentos, mó- veis, veículos, máquinas e prédios, é obrigatória a implantação de controle do patrimônio público na União, Estados e prefei- turas. O diretor de Patrimô- nio do Governo Municipal de Araranguá, Sérgio de Luca, desde que assumiu a pasta em 2013, recebeu a incumbência do pre- feito Sandro Maciel de cadastrar todos os bens da prefeitura. “Iniciamos o levanta- mento em 2013, à época era feito com plaquetas e Patrimônio chega a R$ 129 milhões uma numeração do bem, porém, na prática, muita coisa desapareceu do con- trole. Não se dava baixa de bens junto a contabi- lidade e no próprio setor. Deveríamos ter feito uma auditoria”, revela. Comaimplantaçãode um programa pela Betha Sistemas, conseguiu-se registrar 17 mil itens, entre duráveis, como móveis, equipamentos dos mais diversos setores de atividades,imóveis, máquinas, veículos, que perfazem um total de R$ 129 milhões, 998 mil e 801 reais. “Até mesmo as escrituras dos prédios e áreas adquiridas pelo município desde 2013 nós temos a documentação”, frisa o diretor. O programa de con- trole patrimonial é moni- torado pelo computador Prefeitura > ARROIO DO SILVA A Secretaria Muni- cipal de Saúde de Bal- neário Arroio do Silva, através da Vigilância Sanitária e em parceria com o Departamento de Fiscalização de Tributos, realizou uma reunião com os proprietários de estabelecimentos comer- ciaisnasemanapassada. O objetivo foi orientar os mercados e açougues sobre a comercialização correta dos produtos, em especial a carne. “A ideia é esclarecer sobre a forma correta de comercialização. É importante que os co- merciantes estejam ade- quados à regulamenta- ção para que não haja problemas futuros. Nos preocupamos com a saú- Vigilância orienta sobre fiscalização de da população”, explicou o secretário de Saúde José Luiz Oliveira. A reunião contou com a presença do secretário, dos técnicos da vigilância sanitária,dosprofissionais do setor de fiscalização de tributos e do médico ve- terinário Márcio Antonio Brunelli. Todas as orientações foram repassadas aos proprietários de merca- dos e açougues. Dúvi- das e questionamentos também foram feitos e discutidos. A Vigilância Sanitáriairáintensificar a fiscalização e deverá realizar também um trabalho informativo e educativo nos estabele- cimentos comerciais. ³Comerciantes receberam orientação da vigilância Contrata: A empresa Gato Mia Confecções LTDA, localizada na Rua Padre João Reitz, nº 1184, Bairro São Luiz, Sombrio/SC. Está contra- tando PCD/ Pessoa com deficiência. Interessados, podem comparecer na empre- sa com currículo das 8hrs00 ás 18hrs00. Ou se preferir, encaminhar o currículo por e-mail aline@gatomia.net AC: Currículo PCD. > ARARANGUÁ A denominação do nomedealgumasruasdo município sem a aprova- ção do projeto de lei pela Câmara de Vereadores e posterior sanção do prefeito municipal San- dro Roberto Maciel tem ocasionadocontratempos para inúmeras famílias. Consciente disso, e aten- dendo apelo feito por vários moradores, o Le- gislativo aprovou na ses- são de segunda-feira, o ProjetodeLeinº23/2015, que visa a denominação de ruas do Loteamento Loteamento deve ter serviço de carteiro Açores. O presidente da Câmara Rony da Silva salientou que a falta de observância do trâmite legal para denominação dos nomes das ruas im- possibilita, por exemplo, a entrega de correspon- dências e encomendas pelo Correio. “No referido loteamento existem 19 ruas, cuja a denominação já existe, porém faltava a aprovação do projeto e posterior sansão do Poder Executivo. Em consequ- ência disso, os carteiros não estavam fazendo en- tregas nesse local.Com a aprovação da proposta o objetivo é normalizar essa situação,inclusivecoma manutenção das respec- tivas nomenclaturas”, explicou. Compete à prefeitu- ra fornecer informações atualizadas aos Cor- reios, com nomes dos distritos municipais dos bairros e loteamentos que compõem o municí- pio,comseusrespectivos logradouros, para que o trabalho dos carteiros possa ser executado. No caso do Lotea- mento Açores, como os nomes das ruas ainda não foi registrado junto ao Executivo, isso de- sobriga os Correios de entregar na residência. e Sérgio tem todas as informações, desde as mais distantes unidades de saúde ou escolas até as secretariasquefuncionam na própria prefeitura. “O sistema possui uma integração com os setores de Contabilidade e de Compras e todo bem adquirido entra direto nele. Também encami- nhamos para cada depar- tamento um bloco Termo de Movimento de Bens Patrimoniais (TMBP) que funciona como controle do bem durável quando ele é emprestado para outro setor. No sistema também consta o nome da pessoa responsável pelo setor onde se encontra o bem, o valor de aquisição de cada item, valor residual e vida útil, bem como a estimati- vadedepreciaçãoquegira em média de 20 anos”, diz. Todo o material ca- dastrado rendeu 1.200 páginas e foi entregue em pen drive ao prefeito San- dro Maciel. Qualquer bem cadastrado junto ao Setor de Patrimônio possui um código de barras, podendo ser feita a sua leitura com leitorótico,casonecessário. O diretor de Patrimô- nio da prefeitura acredita que num futuro próximo até mesmo as ruas, pra- ças e locais públicos serão cadastrados no sistema de patrimônio. “O setor público tem de estar preparado para prestar contas quando for preciso, seja para o contribuinte ou órgãos fiscalizadores, sejam es- taduais ou federais. Pos- so afirmar que hoje, nós temos o controle dos bens patrimoniais de nosso município”, finaliza. Informatização
  12. 12. Publicidade12 Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015
  13. 13. Geral 13Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Correio Por Dayane correioamigo@grupocorreiodosul.com.br O Correio Amigo foi feito especialmente para você que é Assinante do Jornal Correio do Sul. Vamos comemorar juntos o seu aniversário, aquela data importante, a viagem dos sonhos, sua empresa em destaque... Mande sua foto e apareça aqui. correioamigo@grupocorreiodosul.com.br Amigo Contrata: A empresa Carlota Costa Confecções LTDA, localizada na Avenida Central, nº60 Nova Guarita, Sombrio/SC. Está contratando PCD/ Pessoa com deficicência. Interessados, podem comparecer na em- presa com currículo das 7hrs00 ás 17hrs00. Ou se preferir, encaminhar o currículo por e-mailcomercial@carlotacosta.com.br AC: Currículo PCD. encontros semanais com aula de dança e capoeira. Mas a agenda não para por aí.As debutantes terão nesta quarta-feira, uma noite descontraída em um encontro marcado no Zimbauê. Além disso, no dia 1º de agosto haverá um passeio especial no Morro dos Conventos. Toda programação foi preparada pela organi- zação para que as meni- nas possam ter, antes da grande noite, momentos especiais e de integração. O Baile de Debu- tantes Municipal Sonho de Menina é uma noite de gala é proporciona- da à jovens que não têm condição de celebrar a passagem dos 15 anos em grande estilo, por isso, toda a festa é realizada sem custo algum para as participantes. Cada menina tem um casal de padrinhos, o que torna a realização do so- nho possível. O evento tem ainda cobertura foto- gráfica e filmagem. Tudo como manda o figurino. Após a grande noite, as garotas recebem o álbum e um DVD com os regis- tros como lembrança do sonho realizado. O baile acontece no dia 14 de agosto no Ma- rítimo Centro de Even- tos. Antes da chegada da grande noite de gala, as debutantes recebem o acompanhamento da Secretaria de Desenvol- vimento Social, além de participarem de diversos encontros que promovem a integração. O Baile de Debutan- tes Sonho de Menina é uma realização da pre- feitura, acontece a cada dois anos e está em sua 3ª edição. Sonhosdemeninas > ARROIO DO SILVA As 19 adoelscentes que irão debutar neste ano em Balneário Arroio do Silva já estão tendo dias de princesas.A administração municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e com o apoio de vários parceiros, está com tudo organizado para a 3ª edi- ção do Baile de Debutan- tes Municipal Sonho de Menina. Fazendo parte da pro- gramação, as debutantes estão tendo dias repletos de integração e diverti- mento. Entre os compro- missos agendados, elas já estiveram no estúdio da fotógrafa Fabiana Alano fazendo vários registros, além de participarem de um coquetel e também dos Tudo Para Elas ³Debutantes fazendo caras e bocas, felizes com a realização de um grande sonho Especial IV Sarau da Prenda Jovem, que aconteceu no último dia 10 no Sombrio Tênis Clube. Parabéns as meninas que estavam lindas e aos organizadores por mais um evento de sucesso.
  14. 14. Publicidade14 Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015
  15. 15. Publicidade 15Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 relatório é uma ferramenta de prestação de contas para os stakeholders da empresa. Em todos os nossos proces- sos envolvemos milhares de pessoas de diferentes áreas, desde as comunidades pro- dutoras no campo, passando pela indústria até chegar ao cliente. Com esta publicação, todos têm a oportunidade de conhecer e acompanhar as nossas ações”, aponta Deise. Além de ressaltar os in- vestimentos no capital hu- mano, através de incentivos em educação, programas de reconhecimento e plano de participação nos resultados para os 3.500 funcionários, o relatório foi até o campo para apresentar práticas inovadorasdeproduçãorural. A implantação do sistema de gerenciamento de produ- tores (GMS) e o projeto de produção de tabaco orgânico são algumas das iniciativas abordadas nesta edição. EFICIÊNCIA CORPO- Pelo oitavo ano conse- cutivo,aAllianceOneBrasil apresenta uma retrospec- tiva dos investimentos e iniciativas da empresa, através do Relatório de Sustentabilidade. A publi- cação,escritapeloconsultor emresponsabilidadesocial, Evânio Rosado, apresenta em textos, fotos e gráficos a estrutura organizacional deumadasmaioresbenefi- ciadoras de tabaco do país, que tem a gestão baseada em três importantes pila- res: produtores, pessoas e planeta. Aolongode54páginas, o relatório com números e informações referentes ao anode2014,apresentauma nova abordagem com foco na inovação e tecnologia. A supervisoradecomunicação e responsabilidade social da Alliance One, Deise Ka- nitz, é responsável pela organização dos trabalhos desde a primeira edição. “O Sustentabilidade RATIVA - Os projetos para erradicação do trabalho infantil e incentivo à ge- ração de trabalho e renda mantidos pela empresa, em municípios produtores de tabaco, também estão emdestaquenapublicação. No texto de apresentação, o diretor regional para a América do Sul, Alexandre Strohschoen, destaca a pre- disposição da Alliance One em enfrentar e incorporar novas ideias. “A eficiência corporativa passa pela ha- bilidadedasempresasdese reinventarem, de estarem abertas ao novo e de explo- rarem as suas competên- cias”, relata o diretor. A publicação é direcio- nada aos parceiros, clientes e imprensa e já está sendo distribuída nos três esta- dos do sul do país.Aversão digital do relatório pode ser solicitada através do ende- reço eletrônico allianceone- brasil@aointl.com. Alliance One apresenta relatório
  16. 16. 16 Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Publicações Legais ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HABITAÇÃO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL Nº. 38/2015 - TOMADA DE PREÇOS PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA MODALIDADE: Tomada de Preços TIPO: Menor Preço Global OBJETO: Contratação de empresa do ramo pertinente para execução de serviços e fornecimento de materiais necessários a construção de 01 (uma) academia de saúde (intermediária) no bairro Morro dos Conventos, município de Araranguá, tudo em conformidade com memorial descritivo, planilha orçamentária e cronograma físico financeiro. ENTREGADE ENVELOPES:Até às 08h45min; do dia 31 de julho de 2015, no Serviço de Protocolo Geral da Prefeitura, sito à Rua Dr. Virgulino de Queiroz, 200, centro. ABERTURA DE ENVELOPES: às 09h00min do dia 31 de julho de 2015, na sala de reuniões do Departamento de Licitações. EDITAL COMPLETO: deverá ser retirado no Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de Araranguá – Rua Dr. Virgulino de Queiroz, 200 – Centro - Araranguá, de segunda a sexta-feira, no horário de expediente na Prefeitura, munido de pendrive ou CD ou no site: www.ararangua.sc.gov.br. Maiores informações poderão ser obtidas pelo telefone 48 3521.0929. Base Legal: Lei Federal nº. 8.666, de 21 de Junho de 1993 suas alterações e demais legislações aplicáveis. Araranguá, SC, 14 de julho de 2015. Sandro Roberto Maciel Prefeito Municipal AVISO DE ANULAÇÃO DO PROCESSO DE LICITAÇÃO Nº 29/2015 TOMADA DE PREÇOS PARA OBRAS Sandro Roberto Maciel, Prefeito Municipal de Araranguá, Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com o disposto no artigo 49 da Lei Federal nº 8.666/93 e alterações ANULA, totalmente, a licitação nº 29/2015 – Tomada de Preços que tem como objeto a Contratação de empresa do ramo pertinente para prestação de serviços, com fornecimento AVISO DE ANULAÇÃO DO PROCESSO DE LICITAÇÃO Nº 30/2015 TOMADA DE PREÇOS PARA OBRAS Sandro Roberto Maciel, Prefeito Municipal de Araranguá, Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com o disposto no artigo 49 da Lei Federal nº 8.666/93 e alterações ANULA, totalmente, a licitação nº 30/2015 – Tomada de Preços que tem como objeto a contratação de empresa do ramo pertinente para prestação de serviços, com fornecimento de materiais, objetivando a construção do Posto de Saúde Familiar (PSF) Vila São José, área aproximada de 332,31m2, em acato ao oficio TCE/SEG n°12.392/15 para análise do mérito e relançamento do processo. Araranguá, SC, 14 de julho de 2015. Sandro Roberto Maciel Prefeito Municipal AVISO DE ANULAÇÃO DO PROCESSO DE LICITAÇÃO Nº 31/2015 TOMADA DE PREÇOS PARA OBRAS Sandro Roberto Maciel, Prefeito Municipal de Araranguá, Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com o disposto no artigo 49 da Lei Federal nº 8.666/93 e alterações ANULA, totalmente, a licitação nº 31/2015 – Tomada de Preços que tem como objeto a contratação de empresa do ramo pertinente para prestação de serviços, com fornecimento de materiais, objetivando a construção do Posto de Saúde Familiar (PSF) Jardim das Avenidas, área aproximada de 301,23m2, em acato ao oficio TCE/SEG n°12.406/15 para análise do mérito e relançamento do processo. Araranguá, SC, 14 de julho de 2015. Sandro Roberto Maciel Prefeito Municipal EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DAROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado naAv. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 136828; Devedor(es): BERENICE DA SILVA CLEMES - 549.888.530-04, End: Av. Paraná, 383, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: RELOJOARIA E OTICA TRESPACH LTDA EPP; Sac: RELOJOARIA E OTICATRESPACH LTDA EPP; Tit: 9000194 ; Apr: FCDL; VEN: 17/06/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 559,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 70,13. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 14,18 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 70,13. Prot: 136837; Devedor(es): CONFECÇÕES MACEDO LTDA - 10.289.364/0001-97,End:RodoviaJoséTiskoski,4039,BALNEÁRIO GAIVOTA; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: INWIKO IND E COM DE MALHAS LTDA; Sac: INWIKO IND E COM DE MALHAS LTDA; Tit: 005064 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 07/07/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 304,10 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 65,05.Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 9,10 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 65,05. Prot: 136692; Devedor(es): DANIEL DASSOLER BURIN - 040.394.719-70,End:Av.AlvimManoelLardo,185,BalneárioGaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COOPERATIVA DE ECON. CRED. MUTUO DOS EMP TRANSP; Sac: MARSUL COMER. E TRANSP. LTDA ME; Tit: 01/0003 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 24/06/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 300,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 75,28. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 19,33 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 75,28. Prot: 136836; Devedor(es): ESCRITORIO RURAL J RIBEIRO - 20.242.778/0001-14,End:RuaAntonioInaciodaRosa,S/N,Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: COMERCIAL MRS GLASS LTDA ME; Sac: COMERCIAL MRS GLASS LTDA ME; Tit: 2043;Apr:BANCODOBRASILSA;VEN:07/07/2015;Esp:Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 297,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot:136827;Devedor(es):IEDABARBOZAVICENTE-327.045.420- 15, End: Rua José Quartieiro, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CONTRA TEMPO MODAS LTDA ME; Sac: CONTRATEMPO MODAS LTDA ME; Tit: 19138 ;Apr: FCDL; VEN: 22/12/2014; Esp: Nota Promissória; Val: R$ 52,80 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot:136680;Devedor(es):IRENEMARLIFERREIRAGONCALVES - 14.784.381/0001-51, End: Av. das Hortencias, 433, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: UNIAO ASSESSORIA E FOMENTO MERCANTIL LTD; Sac: HELP INDUSTRIA E COMERCIO DE QUIOSQUES E; Tit: 000659-A ; Apr: BANCO BRADESCO S A ; VEN: 27/06/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 9.250,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 77,85. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 21,90 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 77,85. Prot: 136742; Devedor(es): JAIRO OLIVEIRA GENEROSO - 707.558.339-53, End: Estrada Geral, S/N, Sombrio; Tip: Normal; COOPERATIVA MISTA DA AGRICULTURA FAMILIAR DE SANTA ROSA DO SUL CNPJ: 17.012.191/0001-04 / IE 25.686.201-0 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINARIA: 1ª 2ª e 3ª CONVOCAÇÃO ADiretoraPresidentedaCOOPERATIVAMISTADAAGRICULTURA FAMILIAR DE SANTAROSADO SUL - COOPERSOL, inscrita no CNPJ sob o número 17.012.191/0001-04, no uso das atribuições que lhe são confere o Artigo 37b, capitulo VI do Estatuto Social, convoca os senhores associados, que nesta data, para efeito de quorum somam 60 associados, para se reunirem emAssembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 24 de julho de 2015 no Auditório da Prefeitura Municipal de Santa Rosa do Sul. Sita, à rua Ferminio Pedro Raupp, 157 – Centro, Santa Rosa do Sul-SC, as 8:30horas em primeira convocação com a presença de 100% dos associados, as 9:00 horas em segunda convocação com a presença de 2/3 mais um dos associados e as 9:30 horas em terceira e ultima convocação com a presença de 10 associados, no qual havendo numero legal será discutida a seguinte “ORDEM DO DIA”: 1. Leitura ata da Assembleia anterior; 2. Relato das atividades desenvolvidas pela COOPERSOL; 3. Plano de ações para 2015/2016; 4. Eleição e posse dos componentes dos órgãos de administração; 5. Assuntos Gerais Santa Rosa do Sul, 13 de julho de 2015. Cristine Lopes de Abreu Presidente ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N.º 016/2015 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MELEIRO torna público para conhecimento dos interessados que no dia 29/07/2015, às 09:00 horas estará realizando a reunião de recebimento das propostas de PREGÃO PRESENCIAL N.º 016/2015, objetivando a Prestação de serviços especializado na área de informática para locação de software de gestão de saúde, com acesso simultâneo de usuários integrados e em ambiente Windows e Linux, incluindo manutenção legal e corretiva, conversão, customização, implantação, treinamento, suporte técnico, visando atender as necessidades do município. A integra do Edital e maiores informações poderá ser obtido na Prefeitura Municipal de Meleiro, sito a Rua Sete de Setembro, nº 371 – Meleiro/SC, no horário das 7:30 às 11:30 e das 13:00 as 17:00 horas de Segunda a Sexta-Feira ou pelo fone 048-3537-8400. Meleiro/SC, 14de julho de 2015. JONNEI ZANETTE Prefeito Municipal AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 20/2015 - MODALIDADE PREGÃO ELETRONICO EXCLUSIVA PARA ME, EPP E MEI OBJETO: REGISTRO DE PREÇOS objetivando a aquisição de materiais de consumo diversos (estruturação da rede de serviços de proteção social especial) a serem usados pela sociedade Irmã Carmem - Casa Lar. Conforme Convênio n°776312/2015 - Proposta n° 027346/2015 - Processo n°71001.031854/2012-18 - Prefeitura Municipal de Araranguá e União, por intermédio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, cujas especificações encontram-se detalhadas no Termo de Referência anexo ao edital. TIPO DA LICITAÇÃO: Menor Preço por Item RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: Até às 13h45min; do dia 28 de julho de 2015, no endereço eletrônico www.cidadecompras. com.br. INICIO DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO: As 14h00 do dia 28 de julho de 2015, no endereço eletrônico www.cidadecompras. com.br. REGIMENTO: Leis Federais 8.666/93 e 10.520/02, Lei Complementar 123/2006 e Decreto Municipal nº 2.676/05. EDITAL COMPLETO E INFORMAÇÕES: Está à disposição dos interessados no horário de expediente da Prefeitura, no endereço eletrônico; www.ararangua.sc.gov.br ou www.cidadecompras.com. br e afixado no mural, localizado no hall de entrada da sala do Departamento de Licitações da Prefeitura. Maiores informações poderão ser obtidas pelo telefone (fax) 0XX48 3521.0929 ou pelo e-mail: licitacao@ararangua.sc.gov.br Base Legal: Leis Federais n°s 10.520/02 e Lei n° 8666/93 alterações e demais legislações aplicáveis. Araranguá, SC, 14 de julho de 2015. Sandro Roberto Maciel Prefeito Municipal Liliane S. de Souza Pregoeira de materiais, objetivando a construção do Posto de Saúde Familiar (PSF) Urussanguinha, área aproximada de 374,90m2, em acato ao oficio TCE/SEG n°12.399/15 para análise do mérito e relançamento do processo. Araranguá, SC, 14 de julho de 2015. Sandro Roberto Maciel Prefeito Municipal
  17. 17. Publicações Legais 17Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Mot: Falta de pagamento; Ced: LAJOSUL MATERIAL PARA CONSTRUCAO LTDA; Sac: LAJOSUL MATERIAL PARA CONSTRUCAO LTDA; Tit: 59732 ; Apr: FCDL; VEN: 13/09/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 815,07 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 76,09.Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 20,14 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 76,09. Prot: 136751; Devedor(es): JOSELI PONCIO RITER ANTUNES - 063.719.119-61, End: Rua Gov. Jorge Lacerda, 226, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CALCADOS RF LTDA - EPP; Sac: CALCADOS RF LTDA - EPP; Tit: 1908 ; Apr: FCDL; VEN: 21/07/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 137,51 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 136790; Devedor(es): JULIO CESAR MOSENA - 073.363.129-00, End: Av. Santo Antonio, sn, SOMBRIO; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: BV FINANCEIRA S/A C.F.I.; Sac: ; Tit: 900283694 ; Apr: NATALLE ARAÚJO LUCAS; VEN: 05/12/2014; Esp: Cédula de Crédito Bancário por Indicação; Val: R$ 3.121,96 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 136743; Devedor(es): JULVANI DA SILVA BRISTOT - 939.111.659-00, End: Estrada Geral, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CECILIAROSAISOPPO COELHO & CIALTDA- ME; Sac: CECILIAROSAISOPPO COELHO & CIALTDA- ME; Tit: 4151 ;Apr: FCDL; VEN: 23/10/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 364,71 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 71,89. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 15,94 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 71,89. Prot: 136824; Devedor(es): NATHIELE FERRAO DE MENEZES - 032.012.680-38, End: Rua Lages, 540, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: E SEBOLD DA SILVA ME; Sac: E SEBOLD DA SILVA ME; Tit: 1715 ; Apr: FCDL; VEN: 13/07/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 110,12 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 72,70. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 16,75 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 72,70. Prot: 136838; Devedor(es): PEDRO VALENTIM SIMON - 179.641.309-78, End: Rua Teodoro Rodrigues de Oliveira, 35, SOMBRIO;Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: G.P.A. FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA.; Sac: ROBERGE AUTOMOTIVA LTDA; Tit: 11434/02/3 ; Apr: BANCO DO BRASIL SA; VEN: 07/07/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 997,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot:136789;Devedor(es):ROGERIONUNESRODRIGUES-762.374.199-34,End:RodoviaBR-101,Km 432,5480,Sombrio;Tip:Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:AYMORÉCRÉDITOFINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S.A.; Sac: ; Tit: 249539160 ; Apr: AYMORÉ CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS.A.;VEN:09/02/2015;Esp:CéduladeCréditoBancárioporIndicação; Val:R$14.855,41 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 54,62. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 13,37 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 54,62. Prot: 136808; Devedor(es): SANDRA BEATRIZ MACHADO - 021.415.769-54, End: Rua Pedro João Godinho, S/N, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: UNICRED SUL CATARINENSE; Sac: VITAANALISE LABORATORIO LTDA; Tit: 1007613102 ;Apr: BANCO BRADESCO SA ; VEN: 08/07/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 350,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96.Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 15/07/2015. Sombrio - SC, 15/07/2015 - ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  18. 18. > PORTO ALEGRE Um Diego Aguirre sorridente e con- fiante surgiu na sala de imprensa do CT do Parque Gigante, no início da tarde desta terça-feira, logo após o treinamento com portões fechados no Beira-Rio. No discurso, mostrou en- tusiasmo justificado pela presença do grupo prati- camente completo para a partida contra o Tigres, desta quarta-feira, pela Libertadores. Mesmo que o Inter tenha apresentado queda de rendimento durante o período da pausa para a CopaAmérica e não tenha conseguido montar o time considerado ideal,Aguirre minimiza o entrosamento perdido.Apostana“memó- ria” do grupo para reeditar grandes atuações. - Estou feliz com os Quarta-feira, 15 de julho de 2015 ³ 48-56-57-58-64CONCURSO 3.831 QUINA 14/07 ³ 01-02-19-23-36-41 ³ 01-16-31-34-47-48 CONCURSO 1.402 DUPLA SENA 14/07 Libertadores Aguirre vibra com retornos e vê Inter com "potencial máximo" para decisão jogadores que estão vol- tando. Vamos estar com potencial máximo para o jogo. Tivemos algumas dificuldades, foi impossí- vel contar com todos os jogadores. Acredito muito na memória do time, são os mesmos que jogaram a Libertadores. Estamos em um nível bom para ter confiança e pensar que é possível se classificar para a final – discursa. - Foi muito difícil tirar da mente a Libertadores. São competições diferen- tes e tenho certeza que verei mais o Inter que foi na Libertadores e não no Brasileiro. E o treinador não se mostrou tão preocupado com gols sofridos em casa. ParaAguirre, o importan- te é sair do Beira-Rio com um resultado positivo. - Vamos tentar enca- minhar a classificação em casa, sempre respeitando o Tigres. Por vezes se fala muito em não sofrer gol. O que importa é o resultado final – destaca. Poroutrolado,Aguirre não quis falar sobre esca- lação e manteve dúvidas na equipe. Somente con- firmou a ausência de Jorge Henrique. - Não quero falar uma coisa errada ou mentir. Espero que o Inter seja o Inter. É uma coisa muito boa ser o único time do Brasil nessa instância. Estamos aqui por mereci- mento e precisamos ten- tar repetir – completou. A tendência é de que o time seja encaminhado com: Alisson; William, Ernando, Juan e Gefer- son; Rodrigo Dourado, Aránguiz, D’Alessandro e Valdívia; Nilmar e Li- sandro López. Por conta da falta de ritmo de jogo, Eduardo Sasha deve ser opção para o decorrer da partida. A partida ocorre às 22h de quarta-feira e é válida pela ida das semi- finais da Libertadores. A volta ocorre no dia 23, em Monterrey, no México.
  19. 19. Política 19Correio do Sul Quarta-feira, 15 de julho de 2015 Atendimento de Quarta a Segunda-Feira. Av Getulio Vargas - Jardim das Avenidas. Lanches- Tabuas- Cachorros quentes. Copa do Brasil > PORTO ALEGRE Ogol marcado fora de casa na Copa do Brasil tem um peso enorme, e o Criciúma deu um passo importan- te nesta terça-feira. Na Arena, diante do Grêmio, o Tigre venceu por 1 a 0, com Lucca, e conseguiu suportar a pressão gaú- cha para abrir vantagem na partida de ida. Agora, os catarinenses precisam de um empate na volta para avançar às oitavas de final da competição eliminatória. Os gremistas tiveram o domínio da partida, mas não conseguiram fu- rar o bloqueio defensivo da equipe carvoeira, que esperava por uma falha. Quando ela apareceu, Lucca, na etapa inicial, garantiu o triunfo. O Tri- color Gaúcho ainda teve um gol mal anulado pelo auxiliar Dilbert Pedrosa Moisés, marcado por Pe- dro Rocha. Grêmio e Criciúma voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, agora em solo catari- nense, às 21h. Antes, o Tricolor Gaúcho duela no Rio de Janeiro com o Flamengo, sábado, pelo Brasileirão. Na Série B Criciúma marca, suporta pressão do Grêmio na Arena e abre vantagem Esporte Cleder Maciel (48) 9900 3535 esportes@grupocorreiodosul.com.br https://www.facebook.com/cleder.maciel CASAS PRÉ FABRICADAS Quadrangular Diretores de equipes de Araranguá estão se reunindo para fazer um campeonato a parte, um quadrangular, depois que terminar o campeonato municipal de campo. A intenção dos diretores é que participem no mínimo quatro e no máximo seis equipes. Os jogos seriam aos domingo, duas partidas por vez, no mesmo estádio, que poderiaserocampodaAssociaçãodaColoninha.Maiores informações em breve. Juventude empatou com Areti A equipe máster do Juventude foi até o bairro Santa Catarina enfrentar o máster da Areti, e a partida acabou empatada em 4 x 4. No próximo sábado o time joga em casa, diante do Interlagos, na Volta Curta. Olesc em Araranguá Olimpíadas Escolares de Santa Catarina estão acon- tecendo na Cidade das Avenidas. O integrador Rogério Gonçalves tem mostrado um grande trabalho a frente da organização e juntamente com o subsecretario municipal de esportes está dando banho em cada competição. Hoje acontecem os jogos no Ginásio Padre Ézio Jully pelo futsal masculino e feminino. As 9h15min pelo femi- nino jogam Urussanga x Nova Veneza e em seguida se enfrentam Araranguá x Sombrio, no clássico de muita rivalidade. Jánapartedatarde,nomesmoginásio,pelomasculi- no,apartirdas14h15min,acontecemosjogosempartidas eliminatórias do masculino. No New Space GinásiodeesportesNewSpace,naColoninha, recebe pelamanhãdisputasdassemifinaisdohandebolmasculi- no.Jáatarde,às13h15min,adisputadoterceiroequarto lugareemseguidaagrandefinaldohandebolmasculino. No Bolha No ginásio de esportes Mario Canela, o Bolha, jogam a tarde, às 14h15min pelo voleibol feminino, Orleans x Cocal do Sul, e em seguida se enfrentam Lauro Muller x Sideropolis. e no mesmo dia, o Tigre recebe o Bahia no estádio Heriberto Hülse. A intensidade, marca registrada do Grêmio com Roger, não foi repetida no início da partida. Nos pri- meiros minutos, o Criciú- machegouaterapossede bola e assustou. Quando os donos da casa retoma- ram o controle, encontra- ram um Tigre fechado e a maioria das chances eram apenas em tiros de longe - Pedro Rocha chegou a balançar as redes, mas o auxiliar errou e indicou impedimento. A equipe de Petkovic esperava por um erro, e Geromel con- tribuiu ao falhar na saída de bola. Após cruzamento da direita, Lucca abriu o placar, aos 33 minutos. O Tricolor Gaúcho acordou com o tento sofrido, mas parou na marcação e no goleiro Luiz. A etapa final come- çou aberta, com chances claras das duas equipes, mas que não se transfor- maram em gols. A partir daí, os técnicos evidencia- ram as estratégias. Roger promoveu a reestreia de Fernandinho e deixou o Grêmio mais veloz, en- quanto Petkovic apostou nos contragolpes frente à pressão gaúcha. No- vamente oportunidades apareceram para os dois lados, que falharam. Me- lhor para o Criciúma, que leva importante vanta- gem para Santa Catarina.
  20. 20. QUARTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2015

×