Jornal digital 4737 qui-20082015

285 visualizações

Publicada em

Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4737 qui-20082015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXV EDIÇÃO Nº 4.737 QUINTA-FEIRA, 20 DE AGOSTO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 20º 13º Nublado com aberturas de sol à tarde. Pode garoar de manhã e à noite. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Geral Geral Esporte Alunoscobram melhoriasnos cursosecampus FundaçãoNova Vidaentrega cadeirasderodas Escolaestadual finalmenterecebe ginásiodevolta UFSC Região Sombrio 7Página 3Página 19Página C Slassi ul te ej moH 13Página Araranguá Casausadapordrogados édemolidapelaprefeitura C M Y CM MY CY CMY K Rodape_Jeronimo_medeiros.pdf 3 13/05/2015 15:12:20
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “O PDT hoje tem sete prefeitos, nove vice-prefeitos e 74 vereadores. A meta é dobrar esses números na eleição de 2016”. Ele disse: ‘ ‘Deputado Rodrigo Minotto, novo presidente do PDT, sobre o planejamento da sigla para a próxima eleição. Taffeprometegestãodemocráticaetransparente D eflagrado no início do mês, o processo eleitoral para a esco- lha do diretor-geral do IFC Santa Rosa do Sul e Campus Avançado Sombrio termina na próxima terça-feira, dia 25, com duas cha- pas na disputa. Ontem, na Rádio 93 FM, entrevistei o Professor Ricardo Taffe, da Chapa 1, que falou a respeito de seus projetos, caso seja eleito. O candidato da Chapa 2, Deivi Scarpari, não atendeu ao convite da produção feito a comissão eleitoral do IFC. Candidato de oposição a atual direção da instituição, Taffe não fez promessas mirabolantes. Pelo contrário.Lembrouqueostempos Se ainda estivesse filiado ao PP, o atual secretário de Administração e Finanças de BalneárioGaivota,JefersonRaupp,seriauma opção interessante para o hall de possibilida- desdecandidaturasaprefeituradeSombrio. Jeferson tem experiência na administração pública, de pelo menos três mandatos, e se relacionamuitobemcomodeputadoZéMil- ton e o ex-prefeito Professor Jusa. Ele deixou o partido após um desentendimento com Zé Milton, numa questão que já foi superada. Atento ao movimento nos bastidores, de repente ele pode voltar, oficialmente, para o lugar onde de fato nunca saiu. (48) 3522-3777 Scarpari deveria participar Candidato da chapa 2, representante da situação, o professor Deivi Scarpari deveria rever sua posição de não participar do programa de rádio para compartilhar suas propostas com a comunidade. Desde que foi deflagrada a operação Ponto a Ponto, com prisão de servidor e recolhimento de documentos pela Polícia Federal, o IFC virou uma espécie de “Cuba”, isolando-se da sociedade. Gostaria muito de ouvir do professor que, caso eleito for, não terá compromissos com os esquemas (que finalmente estão sendo investigados) que há anos vilipendiam recursos da instituição. Valores que poderiam ser investidos na melhora da qualidade de seu ensino. Se não o fizer fica o desafio para os pais e alunos da instituição, para que tratem deste tema com o candidato até a terça-feira. Trata-se de um belo exercício de democracia. Ficar nas redes sociais xingando a Dilma e o PT por conta da corrupção é fácil. Difícil é mudar uma situação que se apresenta aqui, bem perto de todos nós! são de redução do orçamento por parte do Governo Federal, mas garantiu que trabalhará pela con- solidação e aumento dos cursos oferecidos. Sua principal bandeira Poderia ser consensual... Presidente Deputado estadual Rodrigo Minotto assumiu a presidência estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT). O anúncio aconteceu durante reunião da Executiva Estadual e coordena- doresregionaisdopartido,coma participação do Ministro do Tra- balho e Emprego, Manoel Dias, presidente licenciado da sigla. democrática, tanto que assumi o compromisso de fazer uma con- sulta pública para a escolha da direção do Campus Avançado de Sombrio”, explica garantindo que a escolha será através do voto dos alunos, professores e servidores da unidade, e não por indicação da direção-geral como acontece hoje. Taffe e sua equipe também pretendem melhorar as relações do IFC com a comunidade e sua imagem institucional. “Nossa direção não se relaciona com a comunidade. A procura por nos- sos cursos está diminuindo. Hoje se fala muito mais no IFSC, em Araranguá, por méritos deles, que se relacionam melhor, divulgam seus trabalhos. Se eleitos, vamos mudar essa situação”, completa. Na eleição no Instituto Federal os votos dos alunos valem 1/3 do total, apesar de representarem a maioria. As outras duas partes são divididas entre os professores e os demais servidores concursados. O IFC administra um orçamento milionário, maior que de muitas prefeituras, por isso é interessante que os pais e os alunos matricu- lados se informem e participem do processo. será a promoção de uma gestão democrática e transparente, ten- do em vista combater os últimos acontecimentos que mancharam o nome do IFC, alvo inclusive de investigação da Polícia Fe- deral, que ainda está em curso. “Nossa gestão será totalmente ³xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
  3. 3. presenteou o público pre- sente a câmara ontem com uma história curta e engraçada. Um caso em especial chamou a atenção do presidente da Fundação Nova Vida, nesta terça, em Sombrio. Foi o de Vilmar Luís Feliciano, que chegou em cima de uma carretinha de ma- deira confeccionada por ele mesmo e saiu em uma cadeira motorizada. Paraplégico, Vilmar se locomovia com a carre- ta. “Eu tocava ela em- tidades e da Associa- ção Beneficente Dom da Neusa, de Balneário Gaivota. Clubes de mães e associações de mora- dores também foram beneficiados com outros materiais. As cadeiras entre- gues ontem haviam sido solicitadas já há vários meses. Elas são fabrica- das sob medida para os ocupantes, que são leva- dos a Florianópolis, onde fica a sede da Fundação, para medição e digitali- zação do próprio corpo, que serve como molde. Um dos beneficiados foi Acacio Gomes Carvalho, que vive na Casa de Re- pouso Santo Expedito, de Meleiro. O idoso tem dificuldade de fala e de movimentos por ter so- frido um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e a perna direita amputada devido ao diabetes.Acui- dadora da Casa que aco- lhe 24 idosos, Madalena Coral, diz que a cadeira utilizada por seu Acacio está velha e precisava ser trocada.Ainstituição Santo Expedido recebeu seis cadeiras. Outra cuidadora, Neusa Maria de Brito, da Associação Dom da Neu- sa, ontem voltou para casa com três cadeiras de rodas e duas de banho, e aguarda a chegada de ou- tras três. Neusa estava acompanhada na entre- ga pelo vice-presidente da entidade, Flávio Co- lombo, a quem ela dá o crédito pela conquista. “Tenho uma amizade pessoal com o presidente da Fundação e aproveito sempre que posso para auxiliar quem precisa”, disse Colombo. Ainda foi beneficiada com uma cadeira dona Maria Euclídia, de 68 anos, que chorou emocio- nada ao lado do marido, que por sua vez fez todo mundo rir. Seu Narciso Pereira, 67, mora com a mulher em Meleiro e não perde o bom humor. Por onde passa ele é conhe- cido por contar piadas, e atendendo a pedidos, > SOMBRIO Oencontro realiza- do na câmara de vereadores de Sombrio na manhã de ontem, promovido para receber o presidente da Funda- ção Nova Vida, Joaquim Coelho Lemos, pode ser considerado uma injeção de ânimo em quem anda descrente do ser huma- no. Estavam reunidos ali portadores de defici- ências físicas e mentais severas, paraplégicos e doentes de maneira geral. Mesmo assim o quadro era de esperança, porque com eles estavam pais dedicados, maridos carinhosos, cuidadores preocupados e diversas outras pessoas que se empenham para fazer com que a vida dos neces- sitados seja melhor. Joaquim Lemos veio a região principalmente doar cadeiras de rodas. Foram beneficiados 13 cadeirantes de nove en- Geral 3Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Marivânia Farias Da redação Fundação entrega cadeiras de rodas Boa Ação Entre os beneficiados está um homem que andava numa carretinha. Entidades também receberam materiais para atividades Da carreta ao motor ³Seu Acácio e Vilmar estão entre os beneficiados com as cadeiras de rodas ³Prédio onde funciona posto de saúde passou por reforma e ampliação nistério da Saúde para a estruturação e o fortale- cimento do atendimento de atenção básica, ofe- recido pelas prefeituras. Por meio do programa, o Ministério propõe uma es- trutura física para que as unidades sejam acolhedo- raseseenquadremdentro dos melhores padrões de qualidade. A UBS Mãe dos Ho- mens está na fase final da parte estrutural. Conclu- ída esta etapa, na sequ- ência serão colocados os móveis e equipamentos > PRAIA GRANDE Praia Grande está concluindo a segunda unidade básica de saúde (UBS) em uma comu- nidade do interior. A Secretaria de Saúde em parceria com o Ministé- rio da Saúde, através do programa Requalifica UBS, reformou e am- pliou o posto de Mãe dos Homens. O Requalifica é uma das estratégias do Mi- UBS é reformada no interior para que seja iniciado o atendimento aos mora- dores da comunidade. No novo prédio serão oferecidos serviços mé- dico, odontológico, psico- lógico e de fisioterapia. A descentralização dos serviços é uma das vantagens da obra. Até então somente consul- tas médicas eram rea- lizadas na comunidade. Para todos os demais serviços, os moradores precisavam recorrer à UBS-Central na sede do município. purrando com as mãos. Quebrava uma, eu fazia outra”,contou, feliz por ter sua mobilidade bas- tante melhorada com a doação. “É isso que nos anima a continuar fazen- do este trabalho”, disse o presidente Joaquim Lemos. Segundo ele, a demanda por cadeiras de rodas é grande em Santa Catarina: “chegamos a receber mil pedidos por ano”, informou. A doação de cadeiras é a prioridade da Fun- dação que é custeada por recursos do governo do estado, mas são destina- dos também materiais a outras entidades. Ontem um clube de mães de Bal- neário Gaivota recebeu uma caixa com materiais como toalhas e linhas, e a associação de moradores do bairro Nova Brasília, de Sombrio, recebeu cem mantas. O presidente do clube, Sílvio Maciel Sil- veira, diz que as mantas devem ser comerciali- zadas em um bazar e o recurso arrecadado utili- zado na aquisição de brin- quedos para a tradicional festa de natal realizada no bairro em dezembro. A entrega dos mate- riais teve a presença do presidente da câmara Ademir Cardoso e do ve- reador Cezar Luchina.
  4. 4. vereador vai pedir mais rigor na fiscalização da lei. O empresário Antô- nio Caetano Miguel, da Aragás, observou que fal- ta uma fiscalização mais intensa. “Trabalho para sustentar minha família, gerando renda e riqueza parameuscolaboradorese também para o município. Não acho justo que comer- ciantes de fora burlem à lei”, ponderou. João Arce- nego Anastácio, o João do Gás,afirmouqueosvende- doresdeoutrosmunicípios muitas vezes oferecem um produto sem procedência garantida: “Em algumas ocasiões pediram que eu fizesseàtroca,maspercebi que o produto em questão não era proveniente da minha empresa, então o cliente, que não soube identificarovendedor,aca- bou amargando prejuízo, pois a quantidade de gás era inferior”, explicou. Outro que lamenta a falta de fiscalização mais intensanocomércioirregu- lardegáséOliAltemarAl- ves,daempresaAlvesGás. “O comércio de gás é algo sério. Além de vendermos e armazenarmos um pro- dutoinflável,ofuncionário que faz à troca muitas vezes ingressa no interior deresidênciaseempresas, então tem que ter respeito e postura adequada. O próprio veículo que faz o Geral4 Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 cro e pequenas empresas do turismo brasileiro, com destaque para a atuação local.. Com isso, os em- presários recebem capaci- tação e informações sobre inovação,sustentabilidade e boas práticas de gestão. “A intenção é que os participantes possam de- bater sobre situações reais buscando aperfeiçoar e melhorar a prática de ges- tão da empresa”, destacou a consultora da CNTUR, Silvana Fianco. A oficina é gratuita. “Nosso objetivo é buscar > ARROIO DO SILVA Proprietários e re- presentantes de micro e pequenas empresas de Balneário Arroio do Silva estão participan- do de uma oficina de capacitação através de um projeto desenvolvi- do pela Confederação Nacional do Turismo (CNTUR) e Sebrae com o apoio da Secretaria Municipal de Turismo. O objetivo do projeto é avançar no aprimora- mento da gestão de mi- Micros e pequenos, mas capacitados sempre capacitação e oportunidade para os empresários e comer- ciantes do município. Esta é uma oportunida- de para que os empre- sários possam melhorar a qualidade de atendi- mento em seus estabe- lecimentos, buscando a inovação e o diferencial”, reforçou a diretora de Turismo, Maira Patrícia Vieira Cardoso. Após as oficinas e a palestra o projeto vai oferecer consultoria gra- tuita para as empresas. ³Comerciantes de gás estiveram na câmara em busca de apoio para fiscalização ³Pequenos empresários recebem orientação sobre práticas de gestão Irregularidades Eles reclamam de concorrência desleal de vendedores ambulantes de botijão e pedem fiscalização do poder público Comerciantes estão perdendo o gás Prejuízo Da redação > ARARANGUÁ Depois de receber várias reclama- ções sobre o indiscrimi- nado comércio de botijão de gás,praticado de forma irregular em Araranguá por vendedores ambulan- tes de outras cidades, o vereador Kila Ghellere comemorou no dia 17 de abril a aprovação da pro- posta solicitando que o Poder Público Municipal intensifique a fiscalização e cobre o cumprimento da Lei Municipal 2414, de 15 de março de 2006. A esperança era de o problema fosse amenizado ou resolvido. Entretanto, na tarde de terça-feira, o vereador recepcionou na Câmara Municipal quatro proprietários de empresas que comercializam gás na cidade.Todosdisseramque a lei normatizando o servi- çoexistedesde2006equea proposta do vereador apro- vada pela Câmara foi posi- tiva, porém lamentaram que ainda ocorra a venda indiscriminada de gás em Araranguá. Novamente o transporte dos recipientes precisa apresentar boas condições para execução dessa tarefa”, disse. O empresário Moacir Machado, da Verde Gás, lembrouquerecentemente um cliente do Morro dos Conventos adquiriu uma carga de gás de um vende- dor não identificado e teve problemas. “Ele me contou que o líquido durou bem menos do que o normal. Ficou chateado e sentiu-se iludido. A questão é que, como não sabia à empresa ou o telefone do vendedor, sequerpodefazeradenún- cia a ouvidoria”, afirmou. A Lei Municipal nº 2414 estabelece que a venda domiciliar de gás liquefeito envasado neces- sita respeitar uma série de fatores. “Para receber o alvará de funcionamento às pessoas jurídicas que exercem essa atividade comercial devem estar instaladas no município deAraranguá. Os veículos utilizados para o trans- porte e revenda domiciliar tem que possuir alvará expedido pelo município, ter placas de advertência conforme portarias e de- cretos do Departamento NacionaldeCombustíveis. Outro ponto é que a explo- ração da venda domiciliar somentepodeocorrerapós receberautorizaçãoprévia da prefeitura. Também está previsto na Lei que à venda domiciliar de gás li- quefeitoenvasadosomente pode ser realizada no ho- rário compreendido entre 8h e 18h de segunda-feira à sábado. Outro fator destaca- do pelo vereador é que o comércio indiscriminado do produto acaba prejudi- cando tanto o município quanto os vendedores lo- cais, já que estes negócios não incentivam a criação de postos de trabalho, nem a geração de renda para as famíliaseriqueza,estaúlti- ma diretamente associada ao repasse de impostos. “Poressasériedesituações é importante que façamos valer a lei. Cumpre salien- tar,ainda,queosinfratores ficamsujeitosamultasque variam de R$ 1mil a R$ 10 mil, valores que poderão ser duplicados em caso de reincidência”, acrescentou o vereador.
  5. 5. Política Rolando Christian Coelho Geral 5Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Esquerda promete sair às ruas hoje A tendendo solicitação do PT, cerca de 30 entidades como a CUT, MST, UNE e organiza- ções afins deverão sair hoje às ruas bradando apoio ao governo da presidenta Dilma Rousseff (PT). Trata-se de um erro crasso dos articuladores petis- tas, que tentam apagar fogo com gasolina. De todo modo, se os articuladores do PT fossem bons o partido não teria chegado ao ponto moral que chegou. Ontem os manifestantes lançaram a seguinte carta manifesto: “A política econô- mica do governo joga a conta nas costas do povo. Ao invés de atacar direitos trabalhis- tas, cortar investimentos sociais e aumen- tar os juros, defendemos que o governo ajuste as contas em cima dos mais ricos, com taxação das grandes fortunas, divi- dendos e remessas de lucro, além de uma auditoria da dívida pública. Somos contra o aumento das tarifas de energia, água e outros serviços básicos, que inflacionam o custo de vida dos trabalhadores. Os direitos trabalhistas precisam ser assegurados: de- fendemos a redução da jornada de trabalho sem redução de salários e a valorização dos aposentados com uma previdência pública, universal e sem progressividade. Eduardo Cunha representa o retrocesso e um ataque à democracia. Transformou a Câmara dos Deputados numa Casa da Intolerância e da retirada de direitos. Somos contra a pauta conservadora e antipopular imposta pelo Congresso: terceirização, redução da maio- ridade penal, contrarreforma política (com medidas como financiamento empresarial de campanha, restrição de participação em debates,etc.)eaentregadopré-salàsempre- sas estrangeiras. Defendemos uma Petrobrás 100%estatal.Alémdisso,estaremosnasruas em defesa das liberdades: contra o racismo, a intolerância religiosa, o machismo, a LGB- Tfobia e a criminalização das lutas sociais. É precisoenfrentaraestruturadedesigualdades da sociedade brasileira com uma plataforma popular.Diantedosataques,asaídaserápela mobilizaçãonasruas,defendendooaprofun- damento da democracia e as reformas neces- sárias para o Brasil: Reforma Tributária, Ur- bana, Agrária, Educacional, democratização das comunicações e reforma democrática do sistema político para acabar com a corrupção e ampliar a participação popular”. De minha parte só acho que faltou reivindicar a queda no preço do cafezinho no Tião do Bar, porque no mais não sobrou nada a exigir. Cooperativa doa mais geladeiras Cersul > TURVO/M GRANDE Na tarde de segun- da-feira, o presi- dente da Cersul, Everton Aldir Schimdt, vice Jairo Canela, gerente geral Luiz Carlos Marcon e membros da diretoria, receberam na sede da cooperativa as famílias turvenses bene- ficiadas pelo programa de eficiência energética. Oobjetivodoprograma é promover a utilização consciente de energia e combater o desperdício. A Cersul irá substi- tuir geladeiras antigas por novas, a fim de diminuir os custos e o consumo de energia elétrica, bem como asubstituiçãodelâmpadas incandescentes pelas de LED. Também estiveram presentes na solenidade o prefeito de Turvo Ronaldo Carlessi,vice-prefeitoTiago Zilli,presidentedaCâmara Ézio Simão e a vereadora ³Famílias de Morro Grande beneficiadas com projeto de eficiência energética ³Alunos conversaram com pessoas da comunidade Acertando Fonte em Brasília diz que clima na Capital Federal está melhorando para a presidenta Dilma Rousseff. A cúpula da ex-base aliada teria voltado a conversar, mas impôs algumas condicionantes para que Dilma não corra risco e impeachment. Dentre elas está a exigência da demissão do ministro da Justiça, José Eduardo Car- dozo, e do ministro da Casa Civil, Aloízio Mercadante. Isto resolveria a situação dela em relação ao Congresso Nacional. Já para ficar de bem com a população, Dilma foi aconselhada a corta ministérios e a voltar a liberar crédito através da Caixa Econômica Federal, de modo a reaquecer a economia do país. Tâmo morto Se Dilma Rousseff cair por corrupção ativa quem assume em seu lugar é o vice, Michel Temer (PMDB), que tem pisado em ovos para que não se vasculhe assuntos relacionados a fraudes na ampliação do Porto de Santos. Caso Temer seja levado no mesmo arrastão da corrupção, quem assume é o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), que é um dos investigados na Operação Lava Jato e está até o pescoço em investigações relacionadas ao Complexo Hidrelétrico de Furnas. Caso haja o entendimento que o meio político não tem condições de fazer a transiçãopós-impeachment,quemassumeé o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, figura emblemática que fez das tripas o coração para livrar a cara dos petistas durante o julgamento do mensalão. Cada um por si Deputado estadual Manoel Mota (PMDB) diz não cogitar a possibilidade de seu partido compor como vice “de quem quer que seja” no pleito municipal do ano que vem em Araranguá. De acordo com ele, todotipodealiançaébemvinda,“desdeque o PMDB esteja na cabeça de chapa”. Ainda que observe esta possibilidade cada vez mais à distância, o PT do prefeito Sandro Maciel não descarta a possibilidade de ter os peemedebistas como seu vice. O sonho também não deixa de ser acalentado pelo PP, que aposta numa união de forças dos grandes para derrotar o PT. Na visão de Mota, no entanto, em 2016 “cada macaco deverá estar em seu galho”. Desnudado Ex-presidente Lula cedeu à pressão e resolveu divulgar o valor e o nome das em- presasparaasquaisteriarealizadopalestras desde que deixou a Presidência, no final de 2010. Ao todo foram 70 palestras para 41 empresas,quepagaram,noconjunto,R$27 milhõesparateracessoaseuconhecimento. Pela média, cada palestra custou R$ 385 mil, fora as despesas de locomoção, hos- pedagem, alimentação... e bebida. Dentre as empresas que contrataram Lula estão a Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, OAS, Queiroz Galvão, Odebrecht e UTC, todas atoladas até o último fio de cabelo na Operação Lava Jato. É claro que a oposição dirá que Lula só foi contratado por elas para facilitar seus acessos a contratos com o Governo Federal. Pura intriga, afinal de contas, o que seria de uma Odebrecht sem o conhecimento estratégico de Lula. Da redação > TIMBÉ DO SUL Osalunosdaredemu- nicipal de Timbé do Sul participaram de uma aula diferente no início do mês. O 3º ano das escolas Frei Modesto e Major Alcebía- des Seara conheceram os principaisriosenascentes do município. Os locais visitados foram: Figueira, Fortuna, Serra Velha I e II, Rocinha, Molha Coco, Amola Faca, Rio do Norte, Rio Jundiá e Rio do Salto. Durante a excursão, as crianças receberam orientação sobre hidro- grafia e ouviram histórias de cada local, como a en- chente que atingiu as co- munidades de Figueira e Vila Nova, em 1995, con- tada por um morador que presenciou o fenômeno, Eloi Bordignon. “Ouvir de uma pessoa que viu tudo acontecer chamou muito a atenção deles”, declarou a orientadora educacional Claudione Panatto Ghellere. O sur- gimento dos nomes dos Alunos conhecem rios locais também mereceu atenção. “Eles conhece- ram o nome das cachoei- ras, os principais pontos e também aproveitaram a oportunidade para saber da importância dos plu- viômetros instalados em Timbé”, destacou o Secre- tário de Planejamento e Turismo Gislael Floriano. Gizeli Baesso. NomunicípiodeMorro Grandeasolenidadedeen- trega das geladeiras acon- teceu na tarde da última quinta-feiracomapresença doprefeitoValdionirRocha e famílias contempladas. “Queremos contribuir para que o consumo de energia elétrica não re- presente altos gastos aos associados, sendo assim conscientizar a população sobre a importância de se racionar energia”, destaca o presidente.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Facisc pede apoio a parlamentares PeloEstado A manhã,opresidentedaFederaçãodasAssociaçõesEmpresariais(Fa- cisc), Ernesto Reck, deverá ser reconduzido ao comando da entidade para o período 2105/2017. Antes disso, ele terá uma agenda cheia. Pela manhã, participa de reunião com o Fórum Parlamentar Catarinense e, no início da tarde, de uma audiência pública com a presença do ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues. Nas duas reuniões Reck vai expor a situação da atividade empresarial e da economia de Santa Catarina. Os parlamentares receberão um documento de cinco páginas que, entre outros pontos, aborda a Medida Provisória (MP) 685/2015, que trata da necessidade de Declaração dos Planejamentos Tributários realizados pelas empresas e que a Facisc repudia por entender que o empresário não terá mais a liberda- de de realizar a sua atividade da forma que entender mais adequada a seus interesses.Ajustefiscal,terceirização,fornecimentodeinformaçõesaosfiscos estaduais e redução do prazo decadencial e prescricional para lançamento e cobrança de tributos são os temas da pauta de demandas a ser apresentada pelaFacisc.JácomoministrooassuntoseráFerroviaNorte/Sul,considerada fundamental para o desenvolvimento do estado e para a permanência do agronegócio no Oeste Catarinense. Na ocasião, a Valec Engenharia apresen- tará os Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental da ferrovia. ReforçonocaixaO governo do Estado re- passou, nesta quarta-feira (19), mais R$ 24 milhões a 28 prefeituras catarinenses por meio do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). Em 2015, já foram entregues aos cofres municipais outros R$ 47 mi- lhões, totalizando cerca de R$ 405 milhões até o momento. Prefeituras que ainda não assinaram os convênios devem ser chama- das nas próximas semanas. Considerado um dos programas de maior destaque da gestão Colombo, o Fundam disponibili- zou, ao todo, mais de R$ 605 milhões aos 295 municípios catarinenses para investi- mentos em áreas estratégicas. Dedicado Em reunião da executiva do PSB-SC, na manhã de ontem, o partido discutiu o planejamento estratégico para garantir a eleição de vereadores e prefei- tos ou vices nos 50 maiores municípios catarinenses. O presidente da sigla no estado, Paulo Bornhausen, está traba- lhando sem descanso para atrair nomes e garantir a disputa majoritária nos mu- nicípios mais populosos. Bornhausen projeta um crescimento histórico do PSB em Santa Catarina em 2016. Quem acompanhou o trabalho que ele fez para atrair filiados ao seu antigo partido, o PSD, sabe que não brinca em serviço. Falando em PSB... O deputado Cleiton Salvaro (PSB) teve um encontro informal, ontem, com o governador Raimundo Colombo, no Centro Administrativo. Em primeiro mandato, Cleiton saiu animado daconversadequaseumahora.Disseque ouviu “dicas preciosas” sobre diferentes facetas do mundo político. Comissão de Educação, Cultura e Des- porto da Assembleia Legislativa realiza hoje, em Criciúma, a sétima audiência pública do Plano Estadual de Educação. Já na sexta-feira (21), a audiência será em Florianópolis, encerrando o ciclo de en- contros sobre o PEE. Top Jovem A 30ª edição do Prêmio Top de Marketing e Vendas da ADVB- SC terá uma categoria especial para reconhecer novas empresas e também as startups, o Top Empresa Jovem. As inscrições para a premiação seguem até o dia 18 de setembro, pelo www. advbsc.com.br. Mais informações e re- gulamentos completos também no site da entidade. Andréa Leonora Florian�polis ��Florian�polis �� 20Ago15 Melhore a gestão do seu negócio com as soluções do SEBRAE. Planejamento Estratégico Gestão Financeira Gestão de Pessoas www.sebrae-sc.com.br 0800-570-0800 EsquentanoPMDB Na próxima segunda-feira (24), a executiva estadual do PMDB terá uma reunião de avaliação sobre os resultados do dia 15, quando houve um esforço para filiações, e definição das candidaturas. No mesmo dia, mais uma filiação im- portante deve ocorrer: o ex-depu- tado estadual pelo PT Volnei Mo- rastoni assinará ficha no PMDB-SC. Em almoço de bancada na casa do vice-governador e presidente licenciado do partido, Eduardo Morei- ra, o clima estava em alta. Para o esquenta dos militantes, o deputado federal Mauro Marini tem lembrado que a vitória de Luiz Henrique da Silveira em sua primeira campanha ao governo do Estado foi fruto da força do PMDB nos municípios. “Como o Luiz Henrique ganhou a eleição, saindo com 5% e sem ser conhecido? Nós realizamos uma reunião em Monte Castelo e não foi ninguém! Fomos para o segundo turno com o trabalho do PMDB nos municípios. E em segundo turno nós somos imbatíveis!” FacebookDeputadoMauroMariani
  7. 7. Educação 7Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Estudantes mobilizados > ARARANGUÁ Aeducação da rede federal de Ara- ranguá enfrenta uma crise que, na opinião dos grevistas, ainda não havia sido bem compre- endida pela população. Para tentar popularizar as reivindicações e fazer o povo ter mais consci- ência do que está acon- tecendo, os comandos de greve do Instituto Fede- ral de Santa Catarina (Ifsc), da Universidade Federal (Ufsc) e do INSS marcharam pela cidade, distribuindo panfletos e protestando. Um dos membros do comando de greve do Ifsc local, o professor Rodrigo da Costa Lima, explicou que há duas questões centrais na luta: o rea- juste salarial de 27,3%, para acompanhar a in- flação no período de 2010 a 2016; e o sucateamento da educação federal, de- vido ao corte de gastos. “Desde 2010, houve al- guns reajustes salariais, mas muito abaixo da inflação. Então, ao longo dos anos, tivemos uma perda salarial grande. Além disso, o corte de R$ Servidoresfederaisbuscamapoio Em Greve Estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina também criticam o que classificam de abandono do campus local ³Alunos usam nariz de palhaço em protesto por melhorias no campus da UFSC Djonatha Geremias 10 bilhões da educação está repercutindo aqui na base, com menos in- vestimentos para proje- tos e problemas junto aos serviços terceirizados”, argumentou o professor, que está em greve desde 13 de julho. Somente no Instituto,65 dos 110 servidores estão para- dos, e as todas as aulas paralisadas. Para o comando de greve, o objetivo da mo- bilização foi alcançado porque o movimento deu visibilidade a greve na região. “Agente já estava forte nessa greve, mas era algo ainda muito dentro do Instituto. A comunidade até sabia, mas a maioria não tinha noção da realidade que enfrentávamos”, concluiu um dos organizadores. Não são só os servido- res que tomam a inciativa para protestar pelo desca- so com a educação federal. Na última sexta-feira, os próprios universitários da Ufsc se manifestaram contra o sucateamento dos cursos no campus de Araranguá. Um dos orga- nizadores do movimento, o estudante Guilherme Tonini, do curso de Enge- nharia de Energia, conta que aproximadamente 250 alunos se reuniram no dia da recepção dos novos calouros para protestar e mostrar que as coisas não estão nada bem na Universi- dade Federal de Santa Catarina. Uma carta-compro- misso foi assinada pelos acadêmicos para ser entregue à reitoria em Florianópolis, pedindo também a descentrali- zação dos orçamentos dos campi, de forma a otimizar o uso dos recursos no campus de Araranguá. Os alu- nos protestaram com cartazes e narizes de palhaço. Alguns tam- bém participaram da marcha na terça-feira. “A principal reivin- dicação é a regulari- zação da compra do campus. A aquisição necessita de três requi- sitos: o reconhecimento da dívida do aluguel à Unisul, a adequação do contrato de locação e o novo contrato para com- pra do prédio”, argumen- tou o acadêmico. Além dessa, outras reivindicações também foram feitas, tais como a colocação de professo- res efetivos fixos para o campus e especializados na área das matérias que lecionam, o investimento no curso de Fisioterapia, que tirou nota abaixo de 3 na avaliação do MEC e que corre o risco de ser cancelado, investimento em infraestrutura física de acessibilidade a defi- cientes físicos no campus e melhorias na biblioteca, que tem livros encaixota- dos,indisponíveisaosaca- dêmicos, por falta de local adequado para exposição.
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Além do Tempo -18h I love Paraisópolis -19h Babilônia -21h B enjaminnãoconsegueconvenceroexecutivoapermanecer com a Pilartex.Tomás oferece dinheiro a Grego para se afas- tar de Bruna. Cícero é demitido do emprego, e Isolda tenta consolá-lo.ArmandinhocontaaDandaquePatríciaterminoucom Lindomar.SabãoentregaaSorayaochequequeIzabelitafezpara Paulucha.SerenoentregaovestidodenoivadeEva,queestásen- do reformado para Mari, a Silvéria. Um acionista da Pilartex avisa a Benjamin que as contas bancárias da empresa estão zeradas. L ívia conta a Pedro por que quer trabalhar no casarão. Severa ouveAnitafalandodeRobertoparaCarola.Afonsoentrevista Lívia. Melissa manda Roberto seduzir Anita. Emília ameaça Lívia para que ela desista de sua ideia. Melissa se anima quando Felipe afirma que não quer mais ficar em Campobello. Felícia devolve o broche de madrepérolas para Bianca. Pérsio avisa a Neném que voltará para casa. Felipe encontra Lívia. I nêseBeatrizseenfrentam.ConsueloeAderbalprestamqueixa contra Rafael. Gabi destrata Diogo. Tadeu presta seu depoi- mento, e Vera estranha sua tensão. Regina descobre falta de dinheiro no caixa e fica apreensiva. Regina conta para Vinícius queterminoucomCarlosAlberto.PaulasenteciúmesdeBento. Norberto é chamado para ser entrevistado em um programa deTV. Rafael se disfarça para ficar perto de Laís. Regina eTadeu encontramWolnei no restaurante. Rapidinhas Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Agirdestemidamenteseráimportanteparaenfrentaralguns percalços neste seu dia. Desavenças podem deixar você um pouco mais agressivo que o habitual. Vênus irá influenciar seu lado egoísta de forma muito negativa. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Estarábemsociávelconseguindotransformaroseubom humor em uma ferramenta para os negócios. Júpiter elevará sua capacidade de estar mais alegre para outro estágio,muitopositivo.Porémnãopassedoslimites. Gêmeos 21/05 a 20/06 Seudiatendeaserumpoucomaisharmoniosa,boaparte pelainfluênciadeMercúrio.Irádemonstrarmelhorasua capacidadededialogarcomaspessoas,sóquedessavez semserdispersivoeconfusonassuasfalas. Libra 21/09 a 20/10 O Sol fará com que se afaste de algumas pessoas isso te levaráasentirumpoucodedificuldadesparatomardecisões. Tendeaficarumpoucomaisretraídobuscandoumaopção. Ébomvocêtentarsermaissociável. Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 Pode vir a realizar algumas coisas das quais acreditava já estaremperdidas.Seupoderpararealizarseusobjetivosserá muito forte. Tende a conseguir se encaminhar melhor nos campo das ideias durante este período. Virgem 21/08a20/09 Compraticidadealcançaráoquedeseja,assimseráoseu diasobinfluênciapositivadeMercúrio.Porémfaçatudo àquiloquevocêprecisadeformaorganizada,aproveite estebommomento.Vênuspodeinfluenciarnoseulado mais rigoroso. Capricórnio 21/12 a 20/01 Estarábemsociávelconseguindotransformaroseubom humor em uma ferramenta para os negócios. Júpiter elevará sua capacidade de estar mais alegre para outro estágio,muitopositivo.Porémnãopassedoslimites. Câncer 21/06 a 20/07 Nãoestarácomumaboaautoestimanestemomento.Ficará mais sensível as opiniões de pessoas mais próximas. Vênus tentará te levar para baixo. Se valorizar é uma das condições mais importantes, esteja firme. Escorpião 21/10 a 20/11 Apresentará um sentimento não tão forte durante este diaporalgunsdeseusamigos.Vênusafetarádeformaum poucomaisforteparaquefiquemaistímidoedesconfiado. NãosedeixelevarporVênus,busquemaisintensidade. Peixes 19/02 a 20/03 Tentar controlar uma situação durante este período irá lhe causarmuitostresspodendogerarproblemasdesaúde.Mer- cúrio pode fazer com que você através de um bom diálogo resolva diversas questões durante o dia. Começará o dia muito bem, deve aproveitar este bom momento para usar o seu poder e realizar o que deseja. O Sol irá fazer com que transpareça a sua criatividade e capacidadeparatomaramelhordecisão. No dia 2 de setembro, chega às livrarias o livro Rafael Ilha: As Pedras do Meu Caminho, biografia do ex-Polegar, que foi escrita por Sônia Abrão. A obra conta com 304 páginas e será lançada pela editora Escrituras. No capítulo nove, o cantor fala de sua pas- sagem traumática em uma clínica de psiquiatria. “Fui removido de casa com camisa-de-força, amarradopelosenfermeiros,àluzdodia!Imagine um dependente químico indo para uma clínica de doentesmentais,recebendoomesmotratamento que eles! Vivi um pesadelo!” Rafael contou que passou por uma tortura psicológica. “Os pacientes me cercavam, me batiam, eram loucos, com problemas psiquiátricos gra- víssimos. Além disso, eu era muito medicado. Qualque coisa que falasse, qualquer desvio de comportamento, lá vinham as injeções! Era um clima de terror!”. O livro conta que, quando Rafael achou que não teria salvação, alguém se apaixonou por ele. “Como eu era muito conhecido na época, a dra. Elizabeth acabou dando uma atenção especial ao meu caso. Ela mesma fazia meu aten- dimento, coisa que não acontecia com os outros internos. Então, durante as sessões de terapia, comecei a falar tudo o que sentia, inclusive sobre a dificuldade da abstinência sexual”. No livro, Rafael diz que a doutora foi se inte- ressando por ele. “(...) Um dia me aproximei dela e a beijei. Corri o maior risco, porque naquele momento, poderia ter me dado uma bofetada, chamado a segurança, os enfermeiros, ter mandado me dopar de novo, mas, pra minha agradável surpre- sa, não aconteceu nada disso! Eu estava certo. Ela correspondeu, me beijou também, o clima esquentou e acabamos fazendo sexo ali mesmo no consultório”. Por conta disso, Rafael ganhou períodos de liberdade: “Elizabeth me tirava da clínica para passarmos as noites juntos. Eu ia para a casa dela durante a semana, dormia lá e depois voltava. Numa dessas idas, peguei dinheiro, o carro dela e fui comprar droga e beber. Ela soube, mas não se importou, deixou de me controlar, não agia mais como minha psiquiatra. Estava apaixonada!”. PrecisaráexplorarmaisasuaimaginaçãoUranofavorecerá esta sua característica, pois Netuno irá interferir fazendo comquevocêajacomfriezaemmuitassituações.Váem buscadatolerânciasemprequevocêpuder.
  9. 9. Publicidade 9Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015
  10. 10. 10 Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Publicidade
  11. 11. atuais não poluem – ou poluem pouco – o meio ambiente e possuem toda a tecnologia a disposição dos veículos. Somente alguns itens destinados a agricultura de alta pre- cisão ainda não são co- mercializados na região devido a pequena dimen- são das propriedades rurais. “Muitos tratores vêm equipados com mapa que informa a produção, o quanto a máquina pode trabalhar para aprovei- tar bem o combustível e outras informações que ajudam a aumentar a produtividade e dimi- nuir custos”, diz Pedro. Quanto mais moderno e potente, mais caro o trator, obviamente, e os preços variam de R$ 68 mil a R$ 250 mil. Geral 11Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Modernas, eficientes e até bonitas, as máquinas agrícolas ganham também em conforto, economia e cuidado com o meio ambiente ³Seu Alveri e um dos seus belos veículos antigos Tecnologia de ponta Marivânia Farias > REGIÃO Uma grande área externa da Festa do Colono de Turvo, rea- lizada no último final de semana, foi dedicada a ex- posição e comercialização de máquinas agrícolas. Novas, grandes, brilhan- tes, modernas e caras, elas chamavam a atenção até de quem não é do setor eoCorreiodoSulresolveu conferir a enorme evolu- ção que as companheiras mais conhecidas do traba- lhodoagricultorsofreram. Ao falar em trator, quem ainda pensa naque- la máquina com a cabine toda aberta e resumida a direção e pedais duros, jogando no céu uma fu- ³Máquinas agrícolas tornam trabalho mais leve e ainda ajudam a produtividade maça preta e poluídora, além de muito barulhenta e desconfortável, esque- ça. Os tratores estão tão modernos e confortáveis quanto um automóvel, sem exagero. A começar pelo assento com suspen- são pneumática, que além de se adaptar ao tamanho do condutor, evita que ele sofra com os solavancos dos terrenos irregulares, cansando menos e ren- dendo mais. A direção hi- dráulicaéoutrofacilitador ealgunsmodelospossuem piloto automático e não possuem embreagem. Ar condicionado na cabine se tornou tão comum que nem é mais citado. O gerente de vendas da revendedora Menega- ro, Pedro Luís Dalpont, garante que os tratores > ARARANGUÁ A câmara de Araran- guádeveconcederumaMo- ção de Reconhecimento ao empresário Alveri Aguiar de Sá, sócio proprietário do Posto Irmão da Estrada, fundador e proprietário da Relicar e ex-presidente de várias entidades comu- nitárias e filantrópicas do município. Seu Alveri começou a exercer atividade profis- sional desde muito cedo e sempre dedicou-se às causas comunitárias. “Em 1954 já trabalhava com caminhão. Éramos em sete irmãos. Duas mulheres e cinco homens, o mais novo já faleceu. Em 1965 eu ini- ciei vida nova, comecei com o posto Irmão da Estrada”, conta. Quatro anos mais tarde o jovem empresário ajudava a fundar a CDL, sempre trabalhando com caminhão, como motorista. Na década de 80, presidiu à CDL por dois mandatos consecutivos. “Acompa- nho à CDL desde que foi fundada. É uma entidade organizadaeonossocomér- Um homem e suas máquinas cioémuitobonito,forte.As pessoas que me visitam de foraficamencantadascom o nosso comércio”,diz. Sobreosobstáculosda vida,Alveri confessa que o momento mais difícil foi a perda de dois filhos. “Eu tinha dois filhos homens e perdi os dois. Esse foi um períododifícil.Éumacoisa que você nunca esquece, parece que foi ontem. Um morreu em 1973 e o outro em 1980. É um pedaço da gente que caiu”, revela. Hoje o empresário é famosopeloMuseuRelicar, de carros antigos. “Em 1973 eu já tinha o meu primeiro jipe. É uma pai- xão, é um vício. Você anda por aí viajando, encontra uma Ferrari você não se interessa. Mas se acha um carro abandonado, quer saberporqueeleestálá.O nossonegócioéferrovelho. Aqui no sul, do Chile para cá, eu e alguns amigos co- nhecemos todos os lugares que têm carros antigos. Às vezes nem é para comprar ou refazer, mas é para orientar, tentar ajudar, tentar salvar”, explica. A homenagem deve serprestadapelovereador Lulu Paulino. Os brutos também evoluem No Campo No estande da Sama naFestadoColono,aatra- ção era o lançamento de um modelo de trator que oferece tanto conforto que é de deixar proprietário de carro popular com inveja. A cabine tem ar condicio- nado e é isolada para que o operador não sofra com o ruído e principalmente não seja afetado durante a aplicação de defensivo agrícola. Isso, porém, já é considerado o básico, o ‘a mais’ é o frigobar, que permite que o agricultor desfrute de água gelada durante o trabalho, um assento macio e outras re- galias.Foiosuficientepara impressionarojovemcasal Leonardo Coral e Vanessa Alessandro, ambos de fa- mília de agricultores, que entraram no trator em ex- posição como quem entra em um automóvel de luxo. Essemodelo,quecustaem média R$ 200 mil é para poucos? Que nada, garan- te o gerente comercial da Sama Matheus Silva: “em doismesesvendemosoito”, informa satisfeito. Já as colheitadeiras eram uma atração a parte na exposição. Os ‘mons- tros’ de aço que pesam em média 14 toneladas, não ficam para trás e tiveram uma evolução incrível nos últimos anos. Também elas, que custam em torno de R$ 700 mil, estão mais econômicas, confortáveis e inteligentes com o uso de alta tecnologia. É a prova dequeocampoésimmuito moderno.
  12. 12. Publicidade12 Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Sejaqualfor suanecessidade, aproveiteocrédito pré-aprovado erecebaovalor diretonasuaconta. CRÉDITO PESSOAL SICOOB PRÉ-APROVADO Central de Atendimento - 0800 642 0000 Ouvidoria - 0800 725 0996 Deficientes auditivos ou de fala - 0800 940 0458 Contrate agora mesmo pelo Sicoobnet: - Simule um parcelamento e escolha a melhor opção para você. - Crédito na hora em sua conta corrente. Credija
  13. 13. Segurança 13Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Vizinhos acompanharam demolição e sentiram-se aliviados por não terem mais que conviver com medo dos ocupantes do local > ARARANGUÁ Dois novos sargentos se apresentaram ao co- mandantedo19ºBatalhão de Polícia Militar (BPM), o tenente-coronel Antônio Carlos Mota Machado, nesta quarta-feira. Eles se uniram a tropa e já na tarde de ontem foram empregados no policia- mento ostensivo nas ruas de Araranguá. OssargentosGerlach, de Araranguá e Pascoali, de Jacinto Machado, são dois dos sete soldados da região, que ingressaram no dia 22 de dezembro de 2014 no curso em Floria- > SOMBRIO Na tarde desta quar- ta-feira foi velado o corpo de José Elias de Oliveira, de 81 anos, que faleceu de parada cardíaca. O que aparentemente se tratava de uma morte natural acabou não sendo. No início do mês, no dia três, por volta das 10h, seu José se envolveu em umacidentedetrânsitono > BALNEÁRIO GAIVOTA O dia foi de trabalho para a PM de Sombrio, nesta quarta-feira. O ser- viço de inteligência da Polícia Militar recebeu denúncias de que estaria havendo tráfico de en- torpecentes na Cohab de Balneário. Gaivota. > SOMBRIO A aula inaugural do Curso de Bombeiro Mirim de Sombrio aconteceu na terça-feira, na escola mu- nicipal NairAlves Bratti. A primeira aula con- tou com a participação da diretora da escola, Márcia Regina da Silva Coelho, e de instrutores do curso, como os 3º sargento Dio- natasdosSantosTrajanoe JoelsonLuisCarminatti,e ossoldadosCamilaDaboit Possamai,Èlcio Graciano Júnior e o bombeiro co- munitário Luiz Reginaldo da Rosa. O curso trihará o ca- minho da construção de valores, proporcionando interação, conhecimento nópolis. Eles se formaram no último dia 7 e se classi- ficaram dentro da escolha de vagas para a área do 19º BPM. Conformeocomandante Antônio, os novos sargentos prestarão serviço em Ara- ranguá, comandando equi- Centro de Sombrio. Segundo familiares, ele estava indo a agência dos Correios quando na avenida Getúlio Vargas, próximoaoGiassi,ummoto- rista que estava com o carro estacionado abriu a porta do veículo. O idoso, que con- duzia uma bicicleta, tentou desviar do veículo e acabou caindo no chão, sofrendo vários ferimentos. A Polícia Militar e o Samu foram acionados e o senhor conduzido ao Hospi- Após levantamento mi- nucioso de investigação, os policiais viram um homem e uma mulher saindo da residência de Emerson Car- doso Gonçalves, de 33 anos, o acusado na denúncia.Após abordar e encontrar uma pedra de crack com o ca- sal, os policais de Sombrio e da guarnição da Gaivota adentraram a residência de na área dos bombeiros e descontração, valendo-se da interdiciplinaridade, prepa- PM ganha reforço de novos sargentos Idoso morre depois de acidente Traficante é preso na Gaivota Começa curso de bombeiro mirim Gislaine Fontoura Gislaine Fontoura > ARARANGUÁ MoradoresdoLote- amento Araras, no bairro Sanga da Areia, estavam apreensivos com uma construção abando- nada, que vinha a algum tempo sendo utilizada por usuários de drogas e tam- bém possivelmente por cri- minosos que se abrigavam nolocal,ondefaziamusode entorpecentes. Aconstrução,umaresi- dência,estavaabandonada e após denúncias e várias incursões de fiscais da pre- feitura de Araranguá, que comprovaram o abandono eousodapropriedadepara consumo de drogas, foi de- molida na tarde de ontem. Casa usada por drogados é demolida Sobosolhosatentosdos vizinhos,quenãoquiseram falar com a reportagem pormedoderepresálias,os funcionários da prefeitura puseram abaixo a edifica- ção, que estava localizada em uma área verde do mu- nicípio. Conforme explicou o procurador geral da ad- ministração municipal, Thiago Turelli, a casa foi construída irregularmente em uma Área de Preser- vação Permanente (APP). “Quando foi construída na época,caberiaafiscalização do município ter impedi- do”, declarou Turelli. Para o procurador, a situação no momento exigia uma intervenção, pois a casa estava desocupada e even- tualmenteerautilizadapor usuários de drogas. Cortando o Mal ³Casa vazia foi colocada abaixo em poucos minutos ³Dois novos sargentos que já estão nas ruas ³Meninada participa de aula dos bombeiros ASecretaria de Plane- jamento fez uma consulta jurídica para saber da pos- sibilidade da demolição da área. Um Laudo de Vistoria, feito pelo Fiscal de Obras e Posturas da Prefeitura de Araranguá, constatou que o imóvel estavadesocupadoesendo utilizado por usuários de drogas. “Comonãohaviaiden- tificação do proprietário, como a área estava cons- truída em local irregular, o meu parecer foi com base no Poder de Polícia do Mu- nicípio. Eventualmente se tivessesidoidentificadoum proprietário, alguém mo- randonolocal,nósentrarí- amos com uma notificação para desocupar, mas como acasaestavadesocupadae vivia sendo utilizada para o fim de tráfico ou uso de drogas, o meu parecer foi no sentido da demolição”, explicou Turelli. A PM de Araranguá acompanhou toda a ação. O comandante da 1ª Com- panhia do 19º Batalhão de Polícia Militar, capitão Alberto Cardoso Cichella, informou que o local já vinha sendo monitorado pelospoliciaismilitares,em razãodagrandefrequência de usuários de drogas e criminosos. Por solicitação da pre- feitura, os policiais milita- res prestaram um apoio na operação, garantindo a segurança dos servidores públicos, bem como dos moradores do bairro. pes de policiamento de rua. “Estamos recebendo profissionais qualificados, com um ano de curso de formação naAcademia de Polícia Militar em Floria- nópolis, que vão colocar empráticaosconhecimen- tos adquiridos”, declarou. tal Dom Joaquim, sendo transferido depois para o Hospital Regional de Araranguá. Lá ele passou por cirurgia e cerca de umasemanadepoisvoltou para casa, ficando sob o cuidado das filhas. Seu José Elias, porém, tinha muita dificuldade ao se alimentar e na tarde de terça-feirapassoumal.Foi levado ao Hospital Dom Joaquim,masnãoresistiu e morreu. Emerson, e encontraram maisduaspedrasdecrack. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido a delega- cia de Balneário Gaivota. Também foi encontrado e aprendido na casa uma balança de precisão e no bolso de Emerson foi R$ 20,00, seria o mesmo di- nheirodado pelos usuários que compraram a droga. rando as crianças para possíveis sucessores na profissão.
  14. 14. 14 Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Publicidade
  15. 15. Gislaine Fontoura Polícia 15Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 ³ - A Polícia Militar de Araranguá prendeu um espertalhão nas proximidades da favela do Ucca, na tarde de ontem. O sujeito de 35 anos teria conseguido emprego em uma empresa de Turvo e após alguns dias trabalhando furtou o caminhão que trabalhava e desapareceu. Encontrado nesta quarta, ele foi encaminhado a Central de Polícia de Araranguá. Segundo informações ele também teria pego R$50,00 de uma moradora, a quem disse que o caminhão estava com problemas e precisava ser consertado. Em troca deixou um documento pessoal empenhado com a mulher. ³ - Na tarde de terça-feira, a Polícia Militar de Araranguá apreendeu drogas na Praça Hercílio Luz, no centro da cidade. A PM foi informada sobre alguns jovens que estariam fazendo uso de drogas na praça e viaturas foram ao local, onde abordaram cinco homens e uma garota. Com um dos homens, de 22 anos, foi encontrada pequena quantidade de maconha e com a adolescente de 14 anos foi encontrado um cigarro de maconha. Ambos foram conduzidos para a delegacia e a droga foi apreendida. ³ - Também na terça-feira, por volta das 11h30min, a guarnição da Polícia Militar se deslocou até a Rua I, na praia Barramares, em Balneário Gaivota, para verificar uma motocicleta abandonada. No local foi constatado que a mesma estava com registro de furto desde o dia 13. A moto foi entregue na delegacia. RondaPolicial > ARROIO DO SILVA Apesar do número de roubosterdiminuído consideravelmente em Bal- neário Arroio do Silva, com nenhum registro em julho e dois em agosto, um número bem menor do que os 12 rou- bos registrados em maio e junho, a quantidade de furtos aumentou drasticamente nos últimosmesesnomunicípio.O quevempreocupandoasauto- ridadesdePolíciaMilitar,que já planejam ações específicas para o balneário. NaediçãodeontemoCor- reio do Sul divulgou uma ten- tativa de furto que terminou mal para os ladrões graças ao esforço da comunidade e de policiais militares. Hoje o CS conta outros detalhes dessa história exemplar. Na terça-feira, a policial militar Gislaine Assis Souza de Lucca e seu marido, o tambémpolicialmilitarAndré Freitas de Lucca, estavam ³Objetos furtados da residência foram recuperados Povo unido tira ladrão das ruas Pelo Bem de folga quando decidiram aproveitar o dia de calor no Arroio e foram até a resi- dência da irmã de Gislaine, localizada no bairro Jardim Atlântico, próxima ao an- tigo Mariscão. Chegando ao local, o casal se deparou com uma vizinha gritando eoalarmedacasadisparado. Conforme Gislaine, a vizinha estava na esquina segurando uma televisão, fruto do crime, e relatou que trêshomenshaviamentrado na residência, disparando o alarme.Ostrêsseevadiram, dois seguiram em direção à praia e um em direção ao Mercado Forquilhinha (so- mente referência). Apolicialsedeparoucom a casa da irmã toda revirada e dois notebooks abandona- dos na área. Os criminosos ainda dispensaram dois re- lógios de marca e mais três bonés. Gislaine também contou que os vizinhos con- seguiram armar um cerco e capturaramumdosladrões. APolíciaMilitarrecebeu a informação do furto com arrombamento, via Copom, por volta das 15h30min. Conforme informações do soldado Maicon, foi comu- nicado via Copom, que os moradoresestavamnolocal, jáembuscadostrêshomens queteriamcometidoodelito. As guarnições, uma de Ara- ranguáeoutradeBalneário Arroio do Silva, seguiram na tentativa de capturar os suspeitos. LuisFernandoEliasdos Santos, de 18 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar e encaminhado a Central de Polícia, junto com os objetos do furto para osprocedimentoscabíveis.A vítima identificou seus per- tences na delegacia. Outro suspeito ainda foi identifi- cado pelos militares.
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA LEI Nº 861, DE 19 DE AGOSTO DE 2015 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO E DO FUNDO MUNICIPAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de Balneário Gaivota/SC, faz saber a todos os habitantes do Município que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e ele sanciona a seguinte Lei: CAPÍTULO I DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO Art. 1º - Fica criado o Conselho Municipal do Idoso órgão permanente, paritário, deliberativo, formulador e controlador das políticas públicas e ações voltadas para o idoso no âmbito do Município de Balneário Gaivota. Art. 2º - Compete ao Conselho Municipal do Idoso: I. Zelar pela implantação, implementação, defesa e promoção dos direitos do idoso; II. Propor, opinar e acompanhar a criação e elaboração da lei de criação da Política Municipal do Idoso; III. Propor, formular, acompanhar, fiscalizar e avaliar as políticas e ações municipais destinadas ao idoso, zelando pela sua execução; IV. Cumprir e zelar pelas normas constitucionais e legais referentes à pessoa idosa, sobretudo a Lei Federal nº. 8.842, de 04/01/94, a Lei Federal nº. 10.741, de 01/10/03 (Estatuto do Idoso), bem como as leis de caráter municipal; V. Denunciar à autoridade competente e ao Ministério Público o descumprimento de qualquer um dos dispositivos legais elencados no item anterior; VI. Receber e encaminhar aos órgãos competentes as petições, denúncias e reclamações sobre ameaças e violação dos direitos da pessoa idosa e exigir das instâncias competentes medidas efetivas de proteção e reparação; VII. Propor, incentivar e apoiar a realização de eventos, estudos e pesquisas voltados para a promoção, proteção, a defesa dos direitos e melhoria da qualidade de vida do idoso; VIII. Propor aos poderes e autoridades competentes a criação do fundo especial da pessoa idosa nos termos do Capitulo II desta Lei IX. Elaborar e aprovar o plano de ação e aplicação dos recursos oriundos do fundo especial Municipal do Idoso, bem como acompanhar e fiscalizar sua utilização e avaliar os resultados; X. Elaborar seu regimento interno; XI. Participar ativamente da elaboração das peças orçamentárias municipais (Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA), assegurando a inclusão de dotação orçamentária compatível com as necessidades e prioridades estabelecidas, zelando pelo seu efetivo cumprimento; XII. Divulgar os direitos dos idosos, bem como os mecanismos que asseguram tais direitos; XIII. Convocar e promover as conferências de direitos do idoso; XIV. Realizar outras ações que considerar necessário à proteção do direito da pessoa idosa. Art.3º - Aos membros do Conselho Municipal do idoso será facilitado o acesso aos diversos setores da administração pública, especialmente aos programas prestados à população idosa, a fim de possibilitar a apresentação de sugestões, propostas e ações, subsidiando as políticas de ação em cada área de interesse da pessoa idosa. Art. 4º - O Conselho Municipal do idoso é composto de forma paritária entre o poder público municipal e a sociedade civil, e será constituído: I - 04 (quatro) representantes do Poder Executivo Municipal e seus respectivos suplentes, a serem indicados e designados pelos Secretários dos respectivos órgãos, conforme a seguir especificado: a) 01 (um) representante da Secretaria Municipal de Assistência Social; b) 01 (um) representante da Secretaria Municipal da Educação; c) 01 (um) representante da Secretaria Municipal deAdministração e Finanças; d) 01 (um) representante da Secretaria Municipal de Saúde; II - 04 (quatro) representantes, e seus respectivos suplentes, das Entidades Sociais promovedoras do estudo, pesquisa, defesa ou atendimento dos direitos do idoso e/ou da Sociedade Civil, sendo eleitos para preenchimento das seguintes vagas. a) 01 (um) representante do Grupo de Idosos Gaivota faceira; b) 01 (um) representante de Organização de grupo ou movimento do idoso, devidamente legalizada e em atividade; c) 01 (um) representante de Credo Religioso com atividades ao atendimento e promoção do idoso; d) 01 (um) representante de outros grupos que possuam políticas relativas ao idoso; § 1º. Todos os membros do Conselho Municipal do Idoso e seus respectivos suplentes serão nomeados pelo Prefeito, respeitadas as indicações previstas nesta Lei. § 2º. Os membros do Conselho terão um mandado de dois anos, podendo ser reconduzidos por um mandado de igual período, enquanto no desempenho das funções ou cargos nos quais foram nomeados ou indicados. § 3º. O titular de órgão ou entidade governamental indicará seu representante, que poderá ser substituído, a qualquer tempo, mediante nova indicação do representado. Art. 5º - O Presidente e o Vice-Presidente do Conselho Municipal do Idoso serão escolhidos, mediante votação, dentre os seus membros, por maioria absoluta. LEI Nº 862, DE 19 DE AGOSTO DE 2015 FICA CRIADO O NOVO CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO DE BALNEÁRIO GAIVOTA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA, Estado de Santa Catarina, faz saber a todos os habitantes do Município que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e ele sanciona a seguinte lei: CAPÍTULO I DO CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO Art. 1º- Fica criado o novo Conselho Municipal de Turismo de Balneário Gaivota, que se constituirá em órgão para conjugação de esforços entre o Poder Público e a Sociedade Civil, de caráter deliberativo, consultivo, normativo, fiscalizador e de assessoramento da municipalidade em questões referentes ao desenvolvimento turístico do Município de Balneário Gaivota. Parágrafo Único. - O Conselho Municipal de Turismo que tem por objetivo auxiliar na orientação, promoção e gerência do desenvolvimento do turismo e nas políticas públicas voltadas ao setor no Município de Balneário Gaivota. Art.2º - Ao Conselho, ressalvadas as competências dos demais órgãos públicos e conselhos municipais, cabem as seguintes atribuições: I – Emitir parecer, quando solicitado sobre os processos, projetos ou planos de desenvolvimento de turismo elaborados por entes públicos e/ou privados; II–Organizarepromoveramplosdebatessobreaprofissionalização do turismo e a sua relevância como fonte de divisas para todo o Município; III - Elaborar o seu Regimento Interno; IV –Auxiliar na coordenação para incentivo e promoção do turismo no Município, melhorando e ampliando a infra-estrutura turística e qualificando os atrativos turísticos; V – Contribuir para a promoção de campanhas de conscientização da comunidade voltadas para a atividade turística; VI – Desenvolver programas e projetos de interesse turístico visando incrementar o fluxo de turistas ao Município, respeitada sua capacidade receptiva assim como seu patrimônio ambiental e cultural; VII – Estudar e propor medidas de difusão e fomento ao turismo no Município, em colaboração com os órgãos e entidades especializadas; VIII – Colaborar na elaboração e divulgação de calendário de eventos do Município; IX – Auxiliar na promoção de campanhas positivas ao setor local, integrando os diversos setores da cidade para incentivar na população a cultura para o turismo; X – Auxiliar na captação de recursos de outros órgãos e esferas administrativas para o setor; XI – Zelar e propor pela elaboração e legislação que propicie o incremento da atividade turística no Município. CAPÍTULO II ESTRUTURA Art. 3º - O Conselho Municipal de Turismo de Balneário Gaivota compor-se-á de membros representativos da comunidade com vínculo e interesses no desenvolvimento turístico do Município. Art. 4º - O Conselho Municipal de Turismo será formado pelos membros que seguem: I – 12 (doze) representantes, sendo 06 (seis) representantes do Poder Executivo e 06 (seis) membros do se entidades da sociedade civil conforme segue: a) Prefeito Municipal, ou representante indicado por ele; b) Um representante da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio; c) Um representante da Secretaria Municipal de Educação; d) Um representante da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte; e) Um representante da Secretaria Municipal daAgricultura, Pesca e Meio Ambiente; f) Um representante da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos; g) Um representante do comércio local (CDLCâmara de Dirigentes Lojistas); § 1º. O Vice-Presidente do Conselho Municipal do Idoso substituirá o Presidente em suas ausências e impedimentos, e, em caso de ocorrência simultânea em relação aos dois, a presidência será exercida pelo conselheiro mais idoso. § 2º. O Presidente do Conselho Municipal de Direitos do Idoso poderá convidar para participar das reuniões ordinárias e extraordinárias membros dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e do Ministério Público, além de pessoas de notória especialização em assuntos de interesse do idoso. Art. 6º - Cada membro do Conselho Municipal terá direito a um único voto na sessão plenária, excetuando o Presidente que também exercerá o voto de desempate. Art. 7º - A função do membro do Conselho Municipal do Idoso não será remunerada e seu exercício será considerado de relevante interesse público. Art. 8º - As entidades não governamentais representadas no Conselho Municipal do Idoso perderão essa condição quando ocorrer uma das seguintes situações: I – extinção de sua base territorial de atuação no Município; II – irregularidades no seu funcionamento, devidamente comprovadas, que tornem incompatível sua representação no Conselho; III – aplicação de penalidades administrativas de natureza grave, devidamente comprovada. Art. 9º - Perderá o mandato o Conselheiro que: I – desvincular-se do órgão ou entidade de origem de sua representação; II – faltar a três reuniões consecutivas ou cinco intercaladas, sem justificativa; III – apresentar renúncia ao plenário do Conselho, que será lida na sessão seguinte à de sua recepção na Secretaria do Conselho; IV – apresentar procedimento incompatível com a dignidade das funções; V – for condenado em sentença irrecorrível, por crime ou contravenção penal. Art. 10º - Nos casos de renúncia, impedimento ou falta, os membros do Conselho Municipal do Idoso serão substituídos pelos suplentes, automaticamente, podendo estes exercer os mesmos direitos e deveres dos efetivos. Art. 11º - Os órgãos ou entidades representados pelos Conselheiros faltosos deverão ser comunicados a partir da segunda falta consecutiva ou da quarta intercalada. Art. 12º - O Conselho Municipal do Idoso reunir-se-á mensalmente, em caráter ordinário, e extraordinariamente, por convocação do seu Presidente ou por requerimento da maioria de seus membros. Art. 13º - O Conselho Municipal do Idoso instituirá seus atos por meio da resolução aprovada pela maioria de seus membros. Art. 14º - As sessões do Conselho Municipal do Idoso serão públicas, precedidas de ampla divulgação. Art. 15º -ASecretaria Municipal deAssistência Social proporcionará o apoio técnico-administrativo necessário ao funcionamento do Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa. Art. 16º - Os recursos financeiros para implantação e manutenção do Conselho Municipal do Idoso serão previstos nas peças orçamentárias dO Fundo Municipal, possuindo dotações próprias. CAPÍTULO II DO FUNDO MUNICIPAL DO IDOSO Art. 17º - Fica criado o Fundo Municipal do Idoso, instrumento de captação, repasse e aplicação de recursos destinados a propiciar suporte financeiro para a implantação, manutenção e desenvolvimento de planos, programas, projetos e ações voltadas aos idosos no Município de Balneário Gaivota. Art. 18º - Constituirão receitas do Fundo Municipal do Idoso: I – dotação orçamentária da União, do Estado e Município (quando se tratar de fundo municipal); II– as resultantes de doações do Setor Privado, pessoas físicas ou jurídica; III – os rendimentos eventuais, inclusive de aplicações financeiras dos recursos disponíveis; IV – as advindas de acordos e convênios; V - as provenientes das multas aplicadas com base na Lei n. 10.741/03; VI – outras. Art. 19º - O Fundo Municipal ficará vinculado diretamente à Secretaria Municipal Assistência Social, tendo sua destinação liberada através de projetos, programas e atividades previstos no plano de ação e aplicação aprovado pelo Conselho Municipal do Idoso. §1º. Será aberta conta bancária específica em instituição financeira oficial, sob a denominação “Fundo Municipal do Idoso”, para movimentação dos recursos financeiros do Fundo, sendo elaborado, mensalmente balancete demonstrativo da receita e da despesa, que deverá ser publicado na imprensa oficial, onde houver, ou dada ampla divulgação no caso de inexistência, após apresentação e aprovação do Conselho Municipal do Idoso. §2º. A contabilidade do Fundo tem por objetivo evidenciar a sua situação financeira e patrimonial, observados os padrões e normas estabelecidas na legislação pertinente. §3º. Caberá à Secretaria Municipal de Assistência Social gerir o Fundo Municipal do Idoso, sob a orientação e controle do Conselho Municipal do Idoso, cabendo ao seu titular: I – solicitar a política de aplicação dos recursos ao Conselho Municipal do Idoso; II – submeter ao Conselho Municipal do Idoso demonstrativo contábil da movimentação financeira do Fundo; III – assinar cheques, ordenar empenhos e pagamentos das despesas do Fundo; IV – outras atividades indispensáveis para o gerenciamento do Fundo CAPÍTULO III DAS DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS Art. 20º -Aprimeira indicação dos representantes governamentais será feita pelos titulares das respectivas Secretarias, no prazo de trinta dias após a publicação desta Lei. Art. 21º - O Conselho Municipal do Idoso elaborará o seu regimento interno, no prazo máximo de sessenta dias a contar da data de sua instalação, o qual será aprovado por ato próprio, devidamente publicado pela imprensa oficial, onde houver, e dada ampla divulgação. Parágrafo único. O regimento interno disporá sobre o funcionamento do Conselho Municipal do Idoso, das atribuições de seus membros, entre outros assuntos. Art. 22º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, ficam revogadas as disposições em contrário, em especial a lei 493 de 13 de abril de 2007. Balneário Gaivota, 19 de agosto de 2015 Ronaldo Pereira da Silva Prefeito Municipal Publicada e registrada na Secretaria deAdministração e Finanças na data supra. Jeferson Raupp Secretário de Administração e Finanças
  17. 17. Publicações Legais 17Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 h) Dois representantes de Associações Municipais vinculadas ao Artesanato e/ou ao Turismo; i) Um representante da Colônia de Pescadores Local; j) Dois representantes de empresas vinculadas ao ramo imobiliário e de construção do Município de Balneário Gaivota. § 1º - Os membros do conselho a que se referem as alíneas “a” à “f”, serão nomeados através de ato pelo Prefeito Municipal, que indicará também um suplente para cada um deles. §2º - Os membros do Conselho a que se referem as alíneas “h” a “j”, serão indicados pelas respectivas entidades qual fazem parte,que indicará também um suplente para cada um deles. §3º - Os titulares e seus suplentes serão indicados pelas respectivas entidades e todos os componentes do Conselho serão nomeados através de ato do Poder Executivo. Art. 5º - Cada representante no Conselho terá um membro titular e um suplente igualmente indicado, que substituirá o primeiro em suas ausências ou impedimentos. Parágrafo Único. - Os Conselheiros não receberão remuneração pelos serviços prestados e terão mandato de 02 (dois) anos, permitida recondução, com indicação das entidades ou setores que representam. Art. 6º - O Conselho Municipal de Turismo terá uma diretoria composta pelos seguintes membros: I – Presidente; II – Vice-presidente; III – Secretário; IV – Tesoureiro. Parágrafo Único. -Aescolha da Diretoria será realizada na primeira reunião ordinária do Conselho, através de candidaturas e votação aberta. CAPÍTULO III DAS COMPETÊNCIAS E DA PERDA DO MANDATO Art. 7º - Compete a Diretoria do Conselho Municipal de Turismo: I - Representar o Conselho em toda e qualquer circunstância; II – Organizar a ordem do dia das reuniões ordinárias e extraordinárias; III – Convocar as reuniões extraordinárias, dando ciência a seus membros com pelo menos 48 (quarenta e oito horas) horas de antecedência; IV - Coordenar as atividades do Conselho; V - Cumprir as determinações do Regimento Interno; VI - Propor ao Conselho as reformas do Regimento Interno; VII - Cumprir e fazer cumprir as decisões do Conselho; VIII – Publicar o balanço com os atos do Conselho e dos recursos utilizados; IX- Adotar as providências necessárias ao acompanhamento, pelo Conselho,da execução dos projetos e propostas de interesse turístico do Município; X – Convidar pessoas de áreas de interesse turístico para participar das reuniões, com direito a voz e não a voto, com o objetivo de colaborar com o Conselho; XI – Garantir ampla publicidade aos atos do Conselho, fortalecendo-o como fórum democrático e com o devido controle ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N.º 048/2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DE MELEIRO torna público para conhecimento dos interessados que no dia 04/09/2015, às 09:00 horas estará realizando a reunião de recebimento das propostas do PREGÃO PRESENCIAL N.º 048/2015, que tem como objeto a AQUISIÇÃO DE UM CARRO NOVO 0 km PARAA SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E DESENVOLVIMENTO URBANO, CONFORME ESPECIFICAÇÕES NO ANEXO I – TERMO DE REFERÊNCIA DO EDITAL. A integra do Edital e maiores informações poderá ser obtido na Prefeitura Municipal de Meleiro, sito a Rua Sete de Setembro, nº 371, Centro – Meleiro/SC, no horário das 7:30 às 11:30 e das 13:00 as 17:00 horas, de Segunda a Sexta-Feira ou pelo fone (048) 3537-8400. Meleiro/SC, 19 de agosto de 2015. JONNEI ZANETTE Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE Aviso de Licitação Processo Adm. N. 38/2015 Edital: Pregão Presencial n. 17/2015 Tipo: Menor Preço Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM ARBITRAGEM PARA REALIZAÇÃO DO CAMPEONATO MUNICIPALDE FUTSAL- VTAÇACIDADE DOS CANYONS 2015, CONF. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS, ANEXO I E TABELA DE JOGOS ANEXO III AO EDITAL. Entrega dos Envelopes:09:00 horas do dia 01 de Setembro de 2015. Abertura dos Envelopes:09:00 horas do dia 01 de Setembro de 2015. O Edital e esclarecimentos poderão ser obtidos no seguinte endereço e horário: Rua Irineu Bornhausen, 320, nos dias úteis, de segunda á sexta, das 08:00 ás 11:30 h. e das 13:30 as 17:00 h, ou pelo telefone 48 3532-0132. Praia Grande-SC, 10 de Agosto de 2015. social; XII – Determinar a verificação de presença de seus membros, através das atas redigidas pelo Secretário; XIII – Conduzir a plenária para o bom andamento dos trabalhos do Conselho; XIV – Colocar matéria em discussão e votação em não havendo consenso; XV – Decidir sobre questões de ordem ou submetê-las à consideração dos membros do Conselho, quando omisso o Regimento; XVI - Propor normas para o bom andamento dos trabalhos do Conselho; XVII – Vistar os livros e documentos destinados aos serviços do Conselho e seu expediente; XVIII – Agir em nome do Conselho, ou delegar representação aos membros, para manter os contatos com as autoridades e órgãos a fins; XIX – Propor ao plenário formação para discussão e análise de Câmaras Técnicas específicas e temporárias, em virtude da complexidade do tema, ou do tempo requerido para a análise da proposta, de forma que a pauta do Conselho não fique obstruída. CAPÍTULO IV DOS PROCEDIMENTOS E DAS REUNIÕES DO CONSELHO Art.8º - O Conselho Municipal de Turismo reunir-se-á ordinariamente conforme previsão do Regimento Interno, e, extraordinariamente, quando convocado pela Diretoria ou mediante solicitação de pelo menos 1/3 (um terço) de seus membros titulares. Art. 9º –As decisões do Conselho serão tomadas pelos presentes na reunião, que tenha quorum mínimo de maioria absoluta, entendida como 50% (cinquenta por cento) acrescido do primeiro número inteiro de membros do Conselho. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS Art. 10º - O Poder Executivo Municipal fica autorizado a publicar Decreto para regulamentar a presente lei. Art. 11º - A organização funcional e o detalhamento da competência do Conselho Municipal de Turismo serão definidos no Regimento Interno, elaborado e aprovado pelo Conselho em consonância com esta Lei. Art. 12º - Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação. Art. 13º - Ficam revogadas todas as disposições em contrário, especialmente a Lei Municipal nº 067, de 17 de novembro de 1997. Balneário Gaivota, 19 de agosto de 2015. Ronaldo Pereira da Silva Prefeito Municipal Publicada e registrada na Secretaria deAdministração e Finanças na data supra. Jeferson Raupp Secretário de Administração e Finanças
  18. 18. > CRICIÚMA As entradas para o confronto en- tre Criciúma e Mogi Mirim já estão à venda na cidade do Sul de Santa Catarina. E para incentivar o torcedor do Tigre a ir ao está- dio Heriberto Hülse e apoiar o time em busca do triunfo na primeira rodada do returno da Série B do Campeonato Brasileiro, a diretoria organizou uma promo- ção de ingressos. De acordo com o clube ca- tarinense, os bilhetes para a arquibancada são comercializados por R$ 50 - há ainda a opção de ocupam a nona coloca- ção, o time paulista está meia-entrada. Criciúma e Mogi Mi- rim entram em campo na noite de sexta-feira, dia 21 de agosto, pela 20ª rodada da Segundona. A partida acontece no Majestoso, às 19h. En- quanto os catarinenses O Criciúma segue a preparação para a próxi- ma partida na Série B. Na tarde desta quarta-feira, no centro de treinamento do bairro Cristo Redentor, o elenco carvoeiro traba- lhou sob a orientação de Petkovic, que comandou um treino tático visando o jogo contra o Mogi Mi- rim. Dois atletas foram poupados pela comissão técnica, não participaram da atividade e são dúvidas para o confronto válido Série B Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 ³ 01-32-56-70-77CONCURSO 3.862 QUINA 19/08 ³ 1º 45612 300.000,00 ³ 2º 17501 18.600,00 ³ 3º 77509 18.300,00 ³ 4º 19871 18.000,00 ³ 5º 41663 17.067,00 CONCURSO 4.498 Destino Bilhete Valor do Prêmio (R$) LOTERIA FEDERAL 19/08 Poupados de treino, Natan e Paulinho são dúvidas para duelo contra o Mogi ³ 12-17-25-29-41-52 CONCURSO 1.734 MEGA SENA 19/08 Os bilhetes para assistir ao jogo na arquibancada são comercializados por R$ 50 Criciúma abre venda de ingressos para partida contra o Mogi e faz promoção Confira abaixo os valores dos ingressos para o duelo da Série B: - Arquibancada inteira: R$ 50 - Arquibancada meia-entrada: R$ 25 - Arquibancada infantil (até 11 anos): R$ 10 - Cadeiras para não-sócios: R$ 200 na incômoda zona de rebaixamento, em 19º. Resultado da 4ª rodada do Campeonato Municipal de Futsal em Maracajá > MARACAJÁ A 4ª rodada do Campeonato Munici- pal de Futsal - Taça Valdir Carradore, em Maracajá, na terça- -feira, 18, foi reche- ada de gols. Os dois jogos no ginásio mu- nicipal somaram 17 gols. Na primeira par- tida o Juvenil de Ma- racajá venceu por 7 a 3 a equipe do Sangão Madalena. Já o Espi- gão Grande venceu de 7 a 0 o São Cristóvão no segundo jogo da noite. Na próxima sex- ta, 21, se enfrentam Centro e Justo Preço/ Vila Beatriz seguido pelo confronto entre Morretes e Conwer. Contrata: Empregada doméstica. Salário de R$1500,00/mês. Maiores informações Fone:(48) 9960 6116 pela primeira rodada do returno: Natan e Paulinho. Por outro lado, o Ti- gre terá a volta de três jogadores: Fábio Ferrei- ra, Wellington e Rodrigo Andrade. O zagueiro, o volante e o meia estiveram ausentes no último duelo e aumentam agora as opções de Pet. Fábio Ferreira é des- falque desde o dia 31 de julho, após sofrer uma lesão de grau 1 no mús- culo posterior da coxa di- reita. Com a ausência do zagueiro, Willian Rocha ganhou uma oportunida- de e fez a sua estreia no time. Wellington recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Paysandu, cum- priu suspensão na últi- ma partida do turno e foi substituído por Marcão. A ausência de Rodrigo An- drade é a maior entre os três que retornam, desde o dia 21 de julho.
  19. 19. > SOMBRIO Dos corredores da escola e do cam- po de areia para um lugar amplo, adaptado e areja- do. Assim serão as aulas de educação física dos estudantes da Escola de Educação Básica Gover- nador Irineu Bornhausen do município de Sombrio, que a partir desta quarta- -feira, contam com a re- abertura do ginásio de Política 19Correio do Sul Quinta-feira, 20 de agosto de 2015 GinásiodaIrineuéentreguepelaSDR esportes. O secretário de De- senvolvimento Regional de Araranguá, Ademir da Silva, e o gerente de Educação, Nilson Cos- ta, realizaram a entrega simbólica das chaves do ginásio à diretora Mirelle Zacca Furlan Macarini. O ginásio de esportes teve sua estrutura (telha- do) comprometida devido às condições climáticas. “Para não por em risco os nossos alunos, entramos em um consenso com a Associação de Pais e Professores (APP) e resol- vemos fechar o local. Com isso, as aulas de educação física foram limitadas aos corredores e ao campo de areia”, explicou a direto- ra. No ano passado a di- reção da unidade escolar solicitou à SDR e à Gered a reforma do local. “A reforma começou no final do ano e se estendeu mais que o previsto devido a alguns contratempos, po- rém a espera realmente valeu a pena, pois o local ficou muito bom e será bem utilizado por nossos professores e alunos”, enfatizou Mirelle. O Governo do Estado investiu R$ 384.238,18 na reforma completa do ginásio que incluiu te- lhado, banheiros, sala de professores, rampas de acesso, contrapiso, pintura e ainda a colo- cação dos equipamentos esportivos (traves, bali- zas para voleibol, cestas e tabelas de basquete). O local contemplará 380 estudantes. “Aeducação é uma prioridade do gover- no, assim como oportuni- za as práticas esportivas, que contribuem com o de- senvolvimento de nossas crianças e adolescentes. Como representante do governo fiquei satisfeito em ver a qualidade da obra e a excelente admi- nistração da escola”, re- latou o secretário Ademir da Silva. Para o gerente de Educação Nilson Costa estas ações mostram que é possível ter uma escola cada vez melhor, compro- metida com educação de qualidade e com o bem estar dos alunos. “Aescola Irineu Bornhausen é um exemplo para nossa re- gião, muito bem cuidada e administrada. Tenho certeza que o ginásio será bem utilizado por todos que integram a comuni- dade escolar”, enfatizou. Outro ginásio de es- portes que passou por reforma e será entregue é o da Escola Estadual Apolônio Ireno Cardoso de BalneárioArroio do Silva. A escola realizará um ato solene neste sábado, 22, às 15h.
  20. 20. QUINTA-FEIRA, 20 DE AGOSTO DE 2015

×