José Carlos Libânio
Universo dos
Entrevistados
Primeira Etapa   Segunda Etapa   Terceira Etapa
“Alguns envelhecem mais
rapidamente do que outros e nem
todos vivem esse processo da
mesma maneira, uma vez que o
envelhec...
Esses modos de lidar com o processo de envelhecimento
seguem alguns percursos marcados por:


                   sexo a qu...
Nossa sociedade tem dificuldades em lidar
com pessoas que têm diferentes formas de
encarar a vida e o tempo

             ...
A autodefinição dos
Entrevistados têm             entrevistados é muito
consciência da idade e dos    positiva e otimista
...
Proporção dos que se consideram
        velhos ou idosos X sexo X idade

Sexo
Idade
As limitações físicas caracterizam o idoso,
pois torna-se dependente dos outros

            Muitas vezes sofre discrimina...
Apiora na saúde é o principal sinal
        de envelhecimento


Outros sinalizadores são os cabelos
brancos, a maturidade ...
Discordam                 Os que mais discordam da frase são:

78% discordam da frase    • Os que têm entre 50 e 60 anos -...
As mulheres possuem facilidade em se
auto-definirem. Usam palavras
relacionadas a emoção: alegria e amor
                 ...
Os homens preferem se definir através dos seus gostos e do lazer.
Usam palavras mais racionais. Honestidade e trabalho são...
É um privilégio ser idoso: é uma etapa da vida para se
viver com tranquilidade

 Ser idoso é motivo de preocupação   Ser i...
É o momento de se fazer as coisas que sempre se quis
Ser idoso é poder fazer as coisas que
você sempre quis ou ter que fic...
Debilidades / doenças físicas
             Ser mais experiente

       Desrespeito / maus tratos
                 Ter mais...
Pontos  positivos
de ser idoso

 •   Prioridade e benefícios
 •   Tranquilidade
 •   Experiência de vida
 •   Liberdade
 •...
Pontos      negativos
•   Solidão                         de ser idoso
•   Limitações físicas
•   Doença
•   Rejeição
•   ...
Nesta fase, a vida é um renascimento.
Voltam o olhar para si mesmos
       Missão cumprida: filhos
                       ...
Como os idosos lidam com a questão?
● O idoso é sempre “o outro”
  Conceito social de “ser idoso”: “inválido”, “gagá”, tem...
A maioria concorda que o idoso não é
respeitado no Brasil
      Concordam                           O desrespeito é maior ...
Os idosos são esquecidos                 Os que mais concordam com
  pelos parentes                           essa frase s...
O que a sociedade faz e oferece para os idosos?
Reconhecem as preferências e benefícios para idosos:
•   Transporte públic...
A sociedade infantiliza o idoso?
  • Algumas pessoas       • O idoso interpreta essa
    tendem a tratar o       atitude d...
ÔNIBUS: principal ícone do desrespeito
  • Rio de Janeiro: chamados de “0800”
  • Motoristas não gostam de parar
  • Assen...
Dilema: aceitar ou não as
preferências e benefícios oferecidos?

      • Idosos evitam a fila preferencial

      • Interp...
Relações próximas com os filhos/netos
(curtir a família)
Estado civil                            A maioria possui filhos
•...
Maioria mora com o cônjuge - 63%




                         1204 questionários
59% vivem em
famílias com 3 pessoas
ou mais



             Média: 3,12
              moradores
Os netos são considerados seus segundos filhos

Gostam de passar tempo    Podem mimar
com eles (sem deixar de   mais os ne...
Principal companhia:
cônjuge para homens; filhos para mulheres
                  Qual pessoa está mais próxima do Sr(a), l...
• Independência em relação aos filhos

• Quando moram com eles: sustento (contas da casa e alimentação)

• Filhos: respons...
• Idosos saudáveis e ativos: têm independência financeira,
  tomam decisões, cuidam do lar, têm liberdade de ir e vir

• I...
Ser idoso é ser independente e ter que
sustentar parentes

                   Apesar das dificuldades financeiras e de
   ...
Ser idoso é ser independente e ter que
   sustentar parentes
                                  Praça (Longevidade)   Renda...
Convivência com familiares: de igual para
igual (boa saúde e independência garantem)

                   Imagem não deseja...
Homens: com a aposentadoria as
                  amizades se tornam frágeis

                          Entre colegas de tr...
Já as mulheres são as grandes articuladoras das redes de
    sociabilidade e se esforça para manter as amizades antigas.

...
Exercem diversas atividades cotidianas e de lazer

Costumam acordar
cedo, perdem o hábito       O cotidiano é preenchido p...
O QUE MAIS GOSTA DE FAZER?
Viajar é o tipo de lazer mais valorizado
O QUE GOSTARIA DE PODER FAZER MAIS?




A falta de dinheiro (37%), de tempo (29%) e de saúde (20%) são os principais
     ...
56% utilizam uma vez por semana ou mais
                         Andam de ônibus, trem ou metrô
A maioria não planejou para o
momento atual porque:
  •   A vida foi passando e eles não se
      preocupavam com isso
  •...
Solidão
                    A independência dos filhos, a morte de entes
                    queridos, de amigos e a apose...
As maiores perdas citadas são os pais, seguido das
perdas financeiras advindas da aposentadoria e dos
amigos da época em q...
Para os idosos, significa viver até os 90
   anos e retardar o envelhecimento

               Mais do que uma questão cron...
LONGEVIDADE ESPERADA – MÉDIA POR GRUPO ETÁRIO


A expectativa de vida pessoal
é coerente com a estimada
pelo IBGE para o B...
Quem não se aposentou é porque ainda não pode

                  (ESP – RU) X Renda Familiar




                         ...
Quem não se aposentou é porque ainda não pode
               (ESP – RU) X Renda Familiar




                             ...
Muitos não planejaram a aposentadoria. Quem fez,
contribuiu para o INSS

                      PLANEJAMENTO PARA APOSENTAD...
Muitos não planejaram a aposentadoria. Quem fez,
contribuiu para o INSS
             Como foi esse planejamento? (%) (ESP ...
Muitos não planejaram a aposentadoria. Quem fez,
contribuiu para o INSS
              Proporção dos que se planejaram X Pr...
Principais preocupações:
invalidez, doenças e dependência financeira




     1º lugar
     2º lugar
     3º lugar
Valorizam a atividade física
para demonstrar sua vivacidade...

 Mulheres: não ficam paradas
 e gostam de fazer exercício ...
Mas o sedentarismo é elevado
Com que frequência vai à academia/se exercita




                                        56 ...
Mas o sedentarismo é elevado
   Com que frequência participa de eventos de corrida/caminhada:
A grande maioria dos entrevistados 80% se declara realizada

              REALIZAÇÃO %




                              ...
A grande maioria dos entrevistados (80%) se declara realizada

                   Não aproveitei a vida como deveria

    ...
Embora tenham muitos projetos para o futuro, querem viver o
presente sem pensar muito no amanhã

                     O fu...
Para ter qualidade de vida é preciso ter uma   boa alimentação, sempre
cuidando da   saúde mental e física. Ter acesso a u...
O grupo senior de nossa sociedade:
•   Evita situações que os   isola, mesmo quando têm privilégios
•   Tem a   família co...
As outras gerações devem adotar outro     modelo mental,
desconstruir estereótipos e entender o envelhecimento pela
perspe...
Uma vida ativa, longa e saudável!


         Muito obrigado!

            jose.carlos.libanio@gmail.com
Pesquisa LONGEVIDADE BRASIL
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pesquisa LONGEVIDADE BRASIL

6.583 visualizações

Publicada em

Pesquisa feita pelo instituto Data Popular e patrocinado pela Bradesco Vida e Previdência, mostrando estilos e modos de vida, gostos e tendências entre a população com mais de 60 anos no Brasil.

Publicada em: Economia e finanças
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.583
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
146
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa LONGEVIDADE BRASIL

  1. 1. José Carlos Libânio
  2. 2. Universo dos Entrevistados
  3. 3. Primeira Etapa Segunda Etapa Terceira Etapa
  4. 4. “Alguns envelhecem mais rapidamente do que outros e nem todos vivem esse processo da mesma maneira, uma vez que o envelhecimento está estritamente relacionado às condições materiais e simbólicas que identificam socialmente cada indivíduo.” Clarice Peixoto, em Família e Envelhecimento (2004)
  5. 5. Esses modos de lidar com o processo de envelhecimento seguem alguns percursos marcados por: sexo a que pertencem grupo social a diferenças que as pessoas regionais pertencem
  6. 6. Nossa sociedade tem dificuldades em lidar com pessoas que têm diferentes formas de encarar a vida e o tempo Este descompasso leva a discriminar e desvalorizar o idoso Os entrevistados, de certa forma, também desvalorizam os idosos e entendem que o idoso é sempre o “outro”
  7. 7. A autodefinição dos Entrevistados têm entrevistados é muito consciência da idade e dos positiva e otimista sinais do envelhecimento Vivem o melhor momento de suas vidas: com mais tempo para si mesmos, mais experientes, querem curtir melhor a vida e aproveitar a liberdade conquistada
  8. 8. Proporção dos que se consideram velhos ou idosos X sexo X idade Sexo
  9. 9. Idade
  10. 10. As limitações físicas caracterizam o idoso, pois torna-se dependente dos outros Muitas vezes sofre discriminação por parte da sociedade e às vezes da própria família Ser idoso é um estado de espírito: só é idoso quem pensa que é É quem perdeu a perspectiva de vida e se entrega à solidão e à velhice
  11. 11. Apiora na saúde é o principal sinal de envelhecimento Outros sinalizadores são os cabelos brancos, a maturidade e os netos
  12. 12. Discordam Os que mais discordam da frase são: 78% discordam da frase • Os que têm entre 50 e 60 anos - “A velhice é um tipo de 82% doença” 61% discordam da frase “Os idosos dependem dos outros para tudo”
  13. 13. As mulheres possuem facilidade em se auto-definirem. Usam palavras relacionadas a emoção: alegria e amor Percepção de si mesma Postura diante da vida Vaidosa Alegre Como se relacionam Inteligente Vida Otimista Valor Família Guerreira Mais Solidária frequente em Honesta Perseverante São Paulo Amiga Persistente Cuidadosa Obstinada Amorosa
  14. 14. Os homens preferem se definir através dos seus gostos e do lazer. Usam palavras mais racionais. Honestidade e trabalho são mais fortemente ligadas a eles Percepção de si mesmo Trabalhador O que gostam Profissional Valores Futebol Feliz Religião Justo Esporte O que valorizam Honesto Lazer Dinheiro Amigo Viagem Leal Música
  15. 15. É um privilégio ser idoso: é uma etapa da vida para se viver com tranquilidade Ser idoso é motivo de preocupação Ser idoso é um privilégio ou é ou sinônimo de tranqüilidade? um transtorno? Privilégio O idoso se Tranqüilidade 73% considera um Preocupação 30% 87% privilegiado Transtorno A preocupação é maior entre 13% as mulheres 1204 Entrevistados
  16. 16. É o momento de se fazer as coisas que sempre se quis Ser idoso é poder fazer as coisas que você sempre quis ou ter que ficar em casa sem nada pra fazer? Ser idoso é poder fazer o que Fazer as coisas 87% quer a qualquer horário ou ter Nada pra fazer 13% horário pra tudo? Idade Sem horário 75% Horário pra tudo 25% 3 em cada 4 entrevistados: ser idoso é ter liberdade no horário
  17. 17. Debilidades / doenças físicas Ser mais experiente Desrespeito / maus tratos Ter mais tempo Solidão / isolamento Ter paz / tranquilidade / sossego Dependência dos outros / física Poder aproveitar melhor a vida Esquecer as coisas Poder aproveitar melhor a família Base: 1204 entrevistados
  18. 18. Pontos positivos de ser idoso • Prioridade e benefícios • Tranquilidade • Experiência de vida • Liberdade • Ser respeitado
  19. 19. Pontos negativos • Solidão de ser idoso • Limitações físicas • Doença • Rejeição • Vulnerabilidade • Desprezo Associações específicas: • Desrespeito São Paulo e Brasília • Discriminação Falta de oportunidade de • Dependência trabalho Porto Alegre Remédios caros
  20. 20. Nesta fase, a vida é um renascimento. Voltam o olhar para si mesmos Missão cumprida: filhos Menos preocupações (filhos encaminhados para se e trabalho): podem pensar tornarem independentes mais neles mesmos Podem aproveitar Muitas histórias Lutaram e enfrentaram melhor o tempo com para contar muitas barreiras atividades de lazer Experiência Estão tranquilos dos anos vividos
  21. 21. Como os idosos lidam com a questão? ● O idoso é sempre “o outro” Conceito social de “ser idoso”: “inválido”, “gagá”, tem manias e vive em outro tempo ● Idosos de hoje, quando jovens, não respeitavam os mais velhos • Não davam atenção • Não gostavam de ceder o lugar: idéia de que o aposentado “não faz nada”
  22. 22. A maioria concorda que o idoso não é respeitado no Brasil Concordam O desrespeito é maior entre: 80% concordam com a frase “a sociedade ainda não está preparada • As mulheres - 44% para o idoso” • Os com mais de 70 anos - 49% 33% concordam com a frase • Os idosos da classe C - 42% “o idoso é muito respeitado no Brasil” • Os que moram em regiões de 39% concordam com a frase “eu já fui alta longevidade - 51% desrespeitado por causa da minha idade”
  23. 23. Os idosos são esquecidos Os que mais concordam com pelos parentes essa frase são: Concordam • Os homens - 62% • Os que têm entre 56 e 59% concordam com a frase “os parentes se esquecem dos idosos”* 60 anos - 62% • Os de classe C - 64% 85% concordam com a frase “os idosos precisam de atenção especial”
  24. 24. O que a sociedade faz e oferece para os idosos? Reconhecem as preferências e benefícios para idosos: • Transporte público gratuito • Filas, estacionamentos e assentos preferenciais • Descontos na farmácia, em cursos, em viagens, etc. • Entre os idosos sem previdência privada ou seguro de vida, o INSS é visto como um benefício que a sociedade oferece • A sociedade desrespeita o idoso nas suas práticas cotidianas, mesmo quando o idoso tem preferência • Muitas vezes a preferência concedida socialmente se torna um motivo de desrespeito
  25. 25. A sociedade infantiliza o idoso? • Algumas pessoas • O idoso interpreta essa tendem a tratar o atitude de duas formas: idoso como se fosse • Uma forma de dar frágil e, às vezes, atenção e tomar mais cuidado com ele a infantilizá-lo • Uma atitude muito imprópria e desrespeitosa
  26. 26. ÔNIBUS: principal ícone do desrespeito • Rio de Janeiro: chamados de “0800” • Motoristas não gostam de parar • Assentos preferenciais: são poucos e ocupados por jovens HOSPITAIS • Descaso BANCOS • Pessoas “olham torto” para quem está na fila preferencial • Filas preferenciais demoradas (idosos gostam de conversar com o caixa)
  27. 27. Dilema: aceitar ou não as preferências e benefícios oferecidos? • Idosos evitam a fila preferencial • Interpretam como desprestígio quando uma cadeira é oferecida no ônibus ou quando indicam a fila preferencial Imagem de velho incomoda, especialmente às mulheres
  28. 28. Relações próximas com os filhos/netos (curtir a família) Estado civil A maioria possui filhos • Casados: felizes • Filhos que moram junto (entre 20 e 30 anos) • Solteiros: aproveitam a vida • Tranquilidade: filhos • Viúvos: saudade, mas levam a vida independentes, com família (alguns casam novamente, • São Paulo: muitos ainda se especialmente os homens) preocupam com formação dos filhos (tiveram filhos tarde)
  29. 29. Maioria mora com o cônjuge - 63% 1204 questionários
  30. 30. 59% vivem em famílias com 3 pessoas ou mais Média: 3,12 moradores
  31. 31. Os netos são considerados seus segundos filhos Gostam de passar tempo Podem mimar com eles (sem deixar de mais os netos fazer nada) Os que não Netos: alegria da possuem netos família querem ter Os que podem, ficam felizes por dar presentes aos netos
  32. 32. Principal companhia: cônjuge para homens; filhos para mulheres Qual pessoa está mais próxima do Sr(a), lhe dá mais atenção, mais lhe acompanha? Cônjuge Filhos 55% 24% MASCULINO 70% 13% FEMININO 34% 40%
  33. 33. • Independência em relação aos filhos • Quando moram com eles: sustento (contas da casa e alimentação) • Filhos: responsáveis pelos seus gastos pessoais • Se o filho demora a sair de casa ou permanece nela: divisão das contas (em camadas populares: idoso é o principal provedor)
  34. 34. • Idosos saudáveis e ativos: têm independência financeira, tomam decisões, cuidam do lar, têm liberdade de ir e vir • Idosos classe AB: a família não depende do aposentado • Camadas mais pobres: aposentadoria é a principal fonte de renda da família
  35. 35. Ser idoso é ser independente e ter que sustentar parentes Apesar das dificuldades financeiras e de saúde, o idoso ainda é independente Independente 15% Dependente 85%
  36. 36. Ser idoso é ser independente e ter que sustentar parentes Praça (Longevidade) Renda Familiar Sustentar 80% Ser sustentado 19% Sustentar parentes é mais comum no Nordeste e na classe C
  37. 37. Convivência com familiares: de igual para igual (boa saúde e independência garantem) Imagem não desejada: perder a autoridade, depender dos filhos Doença: hierarquia se inverte. Gera dependência e subordinação Neste momento, se vê como idoso
  38. 38. Homens: com a aposentadoria as amizades se tornam frágeis Entre colegas de trabalho, relações de amizade decaem gradualmente Os homens tendem a ter redes de sociabilidade mais restritas que as mulheres, principalmente depois da aposentadoria Amizade entre os homens pode vir de prática esportiva
  39. 39. Já as mulheres são as grandes articuladoras das redes de sociabilidade e se esforça para manter as amizades antigas. Com a aposentadoria, há a necessidade de reconstituir a sua rede de amigos: • na igreja e em trabalhos voluntários (todas as regiões) • nos jogos de dama ou baralho na praia (Nordeste) • na praia (Rio de Janeiro) • em um novo emprego ou atividade
  40. 40. Exercem diversas atividades cotidianas e de lazer Costumam acordar cedo, perdem o hábito O cotidiano é preenchido por de dormir muito muitas atividades, inclusive pelo trabalho, para aqueles que não Preocupam-se com a pararam alimentação, procuram fazer as refeições nos horários certos
  41. 41. O QUE MAIS GOSTA DE FAZER? Viajar é o tipo de lazer mais valorizado
  42. 42. O QUE GOSTARIA DE PODER FAZER MAIS? A falta de dinheiro (37%), de tempo (29%) e de saúde (20%) são os principais motivos que impedem os idosos de fazerem mais o que gostam
  43. 43. 56% utilizam uma vez por semana ou mais Andam de ônibus, trem ou metrô
  44. 44. A maioria não planejou para o momento atual porque: • A vida foi passando e eles não se preocupavam com isso • A situação financeira era complicada e não dava para fazer planejamentos • Não imaginavam que iam ficar velhos Os que se arrependem é por: • Não terem economizado mais ou não terem planejado as finanças • Recife e Brasília: por não terem feito previdência privada
  45. 45. Solidão A independência dos filhos, a morte de entes queridos, de amigos e a aposentadoria, são experiências que marcam a fase da vida em que o medo de ficar só torna-se central, apesar de toda a vitalidade que têm Perdas Violência As maiores perdas citadas são os pais, seguido das perdas O medo da violência (exceto no Sul) financeiras advindas da evidencia a relação dos idosos de classe aposentadoria e dos amigos da média com a insegurança no contexto época em que trabalhavam urbano e também se manifesta nas idas ao banco
  46. 46. As maiores perdas citadas são os pais, seguido das perdas financeiras advindas da aposentadoria e dos amigos da época em que trabalhavam O medo do futuro e da morte não aparece com relevância
  47. 47. Para os idosos, significa viver até os 90 anos e retardar o envelhecimento Mais do que uma questão cronológica, a longevidade está relacionada a qualidade de vida. Ter saúde, estar ativo e ser independente O importante é viver bem a cada dia, enquanto o corpo começa apresentar sinais de envelhecimento
  48. 48. LONGEVIDADE ESPERADA – MÉDIA POR GRUPO ETÁRIO A expectativa de vida pessoal é coerente com a estimada pelo IBGE para o Brasil. Entre 56 e 60 anos os entrevistados esperam viver mais 27 anos Homens e mulheres esperam viver o mesmo número adicional de anos, embora homens vivam menos que mulheres Não há a esperada diferença de longevidade por classe social Fonte: IBGE, Brasil, Tábua completa de mortalidade – ambos os sexos - Brasil
  49. 49. Quem não se aposentou é porque ainda não pode (ESP – RU) X Renda Familiar 304 questionários
  50. 50. Quem não se aposentou é porque ainda não pode (ESP – RU) X Renda Familiar 304 questionários • Dificuldades para manter renda estável (50%) e falta de preocupação (28%) são os principais motivos dos que não têm aposentadoria (ou nunca contribuíram) • Para a maioria, se aposentar é questão de tempo (até completar os 65 anos)
  51. 51. Muitos não planejaram a aposentadoria. Quem fez, contribuiu para o INSS PLANEJAMENTO PARA APOSENTADORIA 897 questionários
  52. 52. Muitos não planejaram a aposentadoria. Quem fez, contribuiu para o INSS Como foi esse planejamento? (%) (ESP – RM)
  53. 53. Muitos não planejaram a aposentadoria. Quem fez, contribuiu para o INSS Proporção dos que se planejaram X Praça X Renda Renda Familiar
  54. 54. Principais preocupações: invalidez, doenças e dependência financeira 1º lugar 2º lugar 3º lugar
  55. 55. Valorizam a atividade física para demonstrar sua vivacidade... Mulheres: não ficam paradas e gostam de fazer exercício Homens: exercem atividades só físico e caminhada, além das para não ficar parados, são os atividades do lar motoristas da família e realizam atividades rotineiras como pagar contas e levar o neto na escola
  56. 56. Mas o sedentarismo é elevado Com que frequência vai à academia/se exercita 56 a 60 (70%) 61 a 70 (75%) Mais de 70 (74%)
  57. 57. Mas o sedentarismo é elevado Com que frequência participa de eventos de corrida/caminhada:
  58. 58. A grande maioria dos entrevistados 80% se declara realizada REALIZAÇÃO % Os que se sentem mais realizados são: • As mulheres - 81% • Os acima de 70 anos - 87% • A classe A - 85% • Os moradores de regiões de alta longevidade - 83%
  59. 59. A grande maioria dos entrevistados (80%) se declara realizada Não aproveitei a vida como deveria Não ter garantido futuro financeiro dos filhos Não consegui terminar os estudos Não ter dado uma boa vida aos filhos Filhos tiveram problemas de saúde Decepção com os filhos Não tive filhos Não me casei Por que não se sente realizado? Não ter conseguido comprar um carro/casa Gostaria de ter tido mais dinheiro Outros
  60. 60. Embora tenham muitos projetos para o futuro, querem viver o presente sem pensar muito no amanhã O futuro é o agora
  61. 61. Para ter qualidade de vida é preciso ter uma boa alimentação, sempre cuidando da saúde mental e física. Ter acesso a um tratamento médico adequado é extremamente importante para não adoecer. Não se preocupar com a situação financeira também faz uma grande diferença. É muito importante ter conforto e bem-estar para se sentir sempre tranquilo.
  62. 62. O grupo senior de nossa sociedade: • Evita situações que os isola, mesmo quando têm privilégios • Tem a família como fonte de equilíbrio e prazer • Trabalhar traz lazer, contribui para o orçamento e auto-estima • Relaciona qualidade de vida com saúde e autonomia • Não planejou: faltou informação ou condições materiais • Previdência é tema valorizado, porém é privilégio de poucos
  63. 63. As outras gerações devem adotar outro modelo mental, desconstruir estereótipos e entender o envelhecimento pela perspectiva daqueles que o vivenciam. Assumindo que: • O que envelhece é o corpo e não o espírito • Querem se afastar de uma imagem preconceituosa. • Apostam em estar ativos e saudáveis, apesar da maioria não fazer exercício físico e nem trabalhar. • Querem ser respeitados por sua trajetória de vida e experiência
  64. 64. Uma vida ativa, longa e saudável! Muito obrigado! jose.carlos.libanio@gmail.com

×