InfoPI 2013 - Palestra - ESTADO DO PIAUÍ: Software e Serviços de TI

390 visualizações

Publicada em

Palestra de Virgínia Duarte da Softex

  • Seja o primeiro a comentar

InfoPI 2013 - Palestra - ESTADO DO PIAUÍ: Software e Serviços de TI

  1. 1. Setembro, 2013 ESTADO DO PIAUÍ: Software e serviços de TI
  2. 2. Software Serviços TI Customizável Não customizável  Sw sob encomenda  Consultoria TI  Suporte TI  Tratamento dados  Informações na internet  Reparação equipamentos IBSS Setor TI Hardware  Componentes eletrônicos  Equips de info  Aparelhos recepção, reprodução  Mídias virgens, magnéticas e ópticas  Comércio atac. Telecom  Equips. comunicação  Serviços de telecom  Comércio atac. A Indústria Brasileira de Software e Serviços de TI (IBSS) no contexto TIC Setor TIC
  3. 3. Setor brasileiro de TIC – receita bruta em vendas e serviços - 2013 Em US$, valores correntes Telecomunicações $ 68,3 B Hardware - $ 27,9 B Comércio atacado - 16,5 B Software $ 9,3 B Serviços de TI $ 27,2 B  TIC Brasil: US$ 149,2 B  4% do mercado mundial Fonte: Observatório SOFTEX, estimativa a partir de dados PIA, PAC e PAS/IBGE, anos diversos. 45,8% 18,7% 11,1% 18,2% 6,2%
  4. 4. IBSS: Empresas, receita líquida e RH 2004 2006 2008 2010 2012 Empresas Receita líquida (R$)* Pessoas ocupadas 51,3 mil 57,5 mil 59,9 mil Pessoas assalariadas 37,1 bi 46,1 bi 52,1 bi 61,1 bi 297 mil 376 mil 431 mil 2003-2009 8,2% a.a. 2003-2009 10,1% a.a. 2003-2009 12,8% a.a. 198 mil 282 mil 335 mil 436 mil *Crescimento médio real, ano-base 2010. 2003-2009 4,3% a.a. Fonte: Observatório SOFTEX, a partir tabelas especiais PAS/IBGE, anos diversos. 67,1 mil 493 mil 73,0 mil 71,6 bi 598 mil 510 mil
  5. 5. IBSS: Empresas por porte (%) Ano 2010 Total: 12 mil empresas 100 ou + PO De 50 a 99 PO De 20 a 49 PO Até 19 PO 0,5% 0,6% 2,2% 96,7% 77,0% 15,1% 4,3% 3,6% 100 ou + PO De 50 a 99 PO De 20 a 49 PO De 5 a 19 PO Fonte: Observatório SOFTEX, a partir tabelas especiais PAS/IBGE, 2010. Total: 70 mil empresas
  6. 6. IBSS: 20 ou + PO por atividade Reparação equipto. comunicação Reparação computadores Portais e serviços informação internet Tratamento dados e aplicação internet Suporte técnico TI Consultoria TI Sw não customizável Sw customizável Sw encomenda
  7. 7. Divisões e grupos Software Serviços de TI IBSS Outras divisões Indústria Serviços Comércio Agricultura Adm. Públ. Outras divisões Indústria Serviços Comércio Agricultura Adm. Públ. NIBSS Setor de software e serviços de TI PROFSSs
  8. 8. PROFSSs na IBSS e na NIBSS Fonte: Observatório SOFTEX, a partir da RAIS/MTE, anos diversos. Tx. Cr. (2003-2010) - IBSS: 13,3% a.a.; NIBSS: 5,1% a.a. NIBSS: + 2,3 vezes NIBSS: + 3,9 vezes
  9. 9. IBSS: Estabelecimentos com no mínimo 1 empregado - 2011 • Participação do Piauí no número de estabelecimentos cresceu ao longo dos anos: 0,4%, em 2003, para 0,5%, em 2011. • Taxa média de crescimento (2003 -2011) foi de 12,0% a.a., superior a do Brasil, (7,7% a.a.), da região Nordeste (10,1% a.a.) e do Estado da Bahia: 9,4%. Fonte: Observatório SOFTEX, a partir da RAIS/MTE, 2003 a 2011. 30.119 3.839 1.096 159 Brasil Nordeste Bahia Piauí (12,7%) (3,6%) (0,5%)
  10. 10. IBSS: Estabelecimentos com 20+ pessoas ocupadas (PO), 2011 • Participação menor no total de estabelecimentos com 20 ou + PO (0,2%) que de estabelecimentos com + 1 empregado (0,5%) • Taxa média de crescimento (2007 -2010) foi de 0% a.a., inferior a do Brasil (6,8% a.a.), da região Nordeste (13,8% a.a.) e da Bahia (9,8% a.a.). Fonte: Observatório SOFTEX, estimativa a partir de tabelas especiais da PAS/IBGE, 2007 a 2010. 3.849 428 116 6 Brasil Nordeste Bahia Piauí (11,1%) (3,0%) (0,2%)
  11. 11. IBSS: Número de PROFSSs (assalariados com ocupações em TI), 2011 • Participação do Piauí no total de PROFSSs caiu ao longo dos anos: 0,2%, em 2003, para 0,1%, em 2011. • Taxa média de crescimento do número de PROFSSs na IBSS (2003 -2011): Brasil: 13,8% a.a. Nordeste: 8,4% a.a. Bahia: 4,3% a.a. Piauí: 2,3% a.a. Fonte: Observatório SOFTEX, a partir da RAIS/MTE, 2003 a 2011. 184.323 13.769 4.394 174 Brasil Nordeste Bahia Piauí (7,5%) (2,4%) (0,1%)
  12. 12. Localização de PROFSSs – Estado do Piauí, 2011 Fonte: Observatório SOFTEX, a partir da RAIS/MTE, 2011. IBSS: 174 PROFSSs •Teresina e região: 158 PROFSSs; •Teresina: 158 (90,8% do total) • Parnaíba: 2,3% do total; Picos: 1,7%. NIBSS: 3.323 PROFSSs •19x a IBSS •Teresina e região: 2.595 PROFSSs: 78,4% do total. •Teresina: 3.308 (77,4% do total) •Parnaíba e Picos (2,2% do total, cada) Parnaíba Teresina Altos Beneditinos Coivaras Curralinhos Demerval Lobão José de Freitas Lagoa Alegre Lagoa do Piauí Miguel Leão Monsenhor Gil Nazária União Timon Picos
  13. 13. Perfil PROFSSs IBSS + NIBSS, 2011 Fonte: Observatório SOFTEX, estimativa a partir da RAIS/MTE, 2011. Estado do Piauí Total: 3.482 Brasil Total: 564.262 5,3% NG 46,1% NS 48,6% NT NG: Diretores de informática e gerentes de TI NS: Engenheiros de computação, analistas de sistemas, administradores de redes, sistemas e BD NT: técnicos e operadores . 84,9% NT 12,8% NS 2,3% NG
  14. 14. ISS Piauí: receita bruta (RB) Fonte: Observatório SOFTEX, estimativa a partir tabelas especiais PAS/IBGE, 2007-2010 e dados PIB Estadual IBGE, anos diversos. Em mil R$, dados deflacionados IGP-DI, base 2010 • Relação RB ISS Piauí/ PIB mantém-se ao longo dos anos: < que Bahia, Nordeste e Brasil. % RB no PIB 2007 2008 2009 2010 Brasil 1,7% 1,6% 1,7% 1,7% Nordeste 0,2% 0,2% 0,3% 0,3% Bahia 0,4% 0,5% 0,4% 0,4% Piauí 0,2% 0,4% 0,2% 0,2% 33.240 68.264 46.089 41.536 2007 2008 2009 2010
  15. 15. ISS Piauí: receita bruta (RB), 2011 Fonte: Observatório SOFTEX, estimativas a partir tabelas especiais da PAS/IBGE, 2007-2010. Valores estimados Em mil R$, dados deflacionados IGP-DI, base 2010 • Receita bruta 2011: R$ 45 milhões • % relevante da receita (70,9%) refere-se a atividades de empresas com até 19 pessoas ocupadas. • Tx. Cr. Méd. RB (2007-2010): 20+ PO: -2,2% a.a. 19-PO: 13,1% a.a. TIPO DE ESTABELECIMENTO R$ % 20+ PO 13.000 29,1% 19- PO 31.735 70,9% TOTAL 44.735 100,0%
  16. 16. ISS Piauí – Estabelecimentos com pelo menos 1 empregado Fonte: Observatório SOFTEX, estimativa a partir de tabelas especiais PAS/IBGE, 2007 e 2010. Atividade 2007 2011 Software sob encomenda 4,6% 9,4% Software customizável 0,0% 0,6% Software não customizável 2,3% 2,5% Consultoria em TI 3,4% 4,4% Suporte técnico e outros serv TI 17,2% 17,0% Tratamento dados, prov serv na internet 26,4% 13,8% Portais, prov conteúdo e outros serv info 1,1% 7,5% Reparação de computadores e periféricos 35,6% 35,2% Reparação de equipamentos comunicação 9,2% 9,4% Total 100,0% 100,0% 6,9% 12,6%
  17. 17. Fonte: Observatório SOFTEX, a partir de dados da RAIS/MTE, 2011. Remuneração Média PROFSSs – mês dezembro, 2011 Em R$, valores correntes PROFSSs Brasil Nordeste Piauí Diretores de serviços de informática 9.499 2.856 2.919 Gerentes de TI 7.939 3.479 2.286 Engenheiros em computação 7.794 3.420 - Especialistas em informática 4.382 2.522 1.613 Analistas de sistemas computacionais 4.822 3.966 3.987 Técnicos em telecomunicações 2.442 2.137 1.676 Técnicos em programação 2.920 2.523 2.209 Técnicos em operação e monitoração de computadores 1.761 1.175 998 Técnicos em operação de máquinas de transmissão de dados 1.823 1.318 1.333 Operadores de máquinas de escritório 1.611 1.111 1.135 Total 3.689 2.166 1.575
  18. 18. IBSS: média do valor adicionado por empresa top com 20+ PO sede local, 2010 Posição no ranking Ceará Pernambuco Bahia Piauí 1a a 4a 9.870 48.185 48.365 1.250 5a a 8a 5.063 6.737 12.859 - 9a a 12a 3.331 3.450 8.390 - 13a a 30a 1.190 2.078 3.197 - Em mil R$, valores correntes Fonte: Observatório SOFTEX, a partir de tabelas especiais PAS/IBGE, 2010.
  19. 19. Receita bruta das 20 ou+ POReceitabruta2010–emmilhõesR$
  20. 20. Considerações finais  Atividades de software e serviços de TI ainda incipientes.  Concentração em atividades de menor valor agregado e intensivas em pessoal: processamento de dados e reparação de equipamentos.  Atividades em crescimento: suporte técnico em TI e serviços de informação na internt.  % elevado de recursos humanos em ocupações com perfil de nível técnico.  Empresas com 19ou- PO: parte significativa do Valor adicionado e pessoas ocupadas.  Salários comparativamente mais baixos.  Presença relevante de profissionais de TI fora da ISS, em outros setores econômicos.  Participação ainda baixa da ISS no PIB do Estado.
  21. 21. Observatório SOFTEXObservatório SOFTEX Apoio: •SEPIN/MCTI •FINEP observatoriosoftex@nac.softex.br www.softex.br/observatoriosoftex Virgínia Duarte (19) 3731-7068; (19) 9284-7155 Cooperação técnica: •IBGE

×