Exame 12º ano

607 visualizações

Publicada em

Início do Curso de Preparação para o exame de Matemática A do 12º ano de 2015 no XPLICA + Centro de Explicações e Apoio ao Estudo em Leiria

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
607
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exame 12º ano

  1. 1. CURSO DE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE MATEMÁTICA A DO 12º ANO Professor Carlos Ianhes geral@xplicamais.com 25 de fevereiro de 2015
  2. 2. A Caminhada que nos faz crescer… • Licenciatura em Matemática, Ramo Formação Educacional, pela Faculdade de Ciências eTecnologia da Universidade de Coimbra; • Mestrado em Matemática/Educação pela Universidade Portucalense; • Professor de Matemática (desde 2000) • Explicador de Matemática (desde 1994) • MadalenaTeixeira (20,0 valores no exame do 12º ano de Matemática A em 2014) • Ivo Cardoso (20,0 valores no exame do 12º ano de Matemática em 1997) • Mariana Santos ( 17 valores no exame do 12º ano de Matemática A em 2011) • Ricardo Nunes (concluiu o 12º ano do ensino profissional com 15 e 16 valores aos dois últimos módulos a Matemática, 12 valores tinha sido a sua melhor nota até à data)
  3. 3. Professor: agente de mudança Paulo Freire ( 1921 – 1997)
  4. 4. Significado da palavra exame • prova = aquilo que mostra ou confirma a verdade de um fato • demonstrar = provar por meio de argumento ou de ciência • capacidade = qualidade do que é capaz • assunto = argumento, matéria, objeto, tema de que se trata •prova para demonstrar as capacidades do examinando num determinado assunto
  5. 5. Dificuldades são oportunidades!
  6. 6. Isto É Matemática - Probabilidades https://www.youtube.com/watch?v=LOS9ACZ4E5 w https://www.youtube.com/watch?v=YxQ3HyNpsg w
  7. 7. XPLICA+ Muito mais que um centro de explicações… • www.xplicamais.com ENSINO + APOIOAO ESTUDO DESAFIO + • facebook.com/xplicamais FÉRIAS XPLICA+ NOTA MÁXIMA • PSICOLOGIA + ORIENTAÇÃOVOCACIONAL • AEC “MATEMÁTICA + DIVERTIDA”
  8. 8. Workshop na Páscoa 2015 A Programação Neurolingüística é definida como a ciência e a arte de eliciar a excelência do ser humano. Surge na década de setenta com Richard Bandler, um expert em computação e lógica, que na época estudava psicologia na Universidade da Califórnia, em Santa Cruz, e John Grinder que era professor de lingüística na mesma universidade. Partiram do princípio lógico que, se alguém é capaz de fazer algo com excelência, e se modelarmos cada ação da pessoa, poderemos também fazer o mesmo. E assim, decidiram, modelar o comportamento terapêutico de três celebridades do campo psíquico; Fritz Perls, um famoso psicoterapeuta criador da Gestalt, Virginia Satir, excelente terapeuta familiar, e Milton Erickson, hipnoterapeuta reconhecido pela rapidez com que alcançava os seus resultados. Ao modelar esses três profissionais, perceberam que para agir como eles, era preciso também descobrir como eles pensavam. Iniciaram o estudo, reconhecendo padrões comuns de linguagem, de onde surgiu o primeiro livro, “A Estrutura da Magia”, desde então, a Programação Neurolingüística tem crescido de forma rápida em todo mundo. Após este estudo da modelagem da linguagem, perceberam que era possível programar o cérebro, para que se pudesse obter comportamentos mais adequados ou variados em determinadas situações. Daí o nome Programação (remodelagem), Neuro (do sistema nervoso), Lingüística (usando a linguagem). Ou seja, a PNL trata da experiência humana subjetiva, como o nosso cérebro administra as informações recolhidas do mundo externo. Sendo assim, PNL não é uma linha terapêutica ou um movimento filosófico e sim uma forma diferente de se posicionar em relação ao mundo, é o estudo do funcionamento cerebral e as possibilidades que podemos tirar deste conhecimento. In www.dlportugal.com
  9. 9. Aspetos essenciais na atividade pedagógica “O que eu ouço esqueço, o que eu vejo recordo, o que eu faço aprendo” Confúcio “Outro saber que eu preciso saber é que ensinar não é transferir conhecimento, transferir conteúdo. É lutar para com os alunos, criar as condições para que o conhecimento seja construído, seja reconstruído. Isso para mim é que é ensinar.” Paulo Freire
  10. 10. Uma família… Trabalhando de forma persistente, responsável e comprometida, o Xplica+ é uma “família” que acolhe, um espaço que cada aluno sente como seu e que proporciona MAIS CONHECIMENTO, MAIS PREPARAÇÃO E MAIS FUTURO.

×