COISAS ÓBVIAS E 
INSIGHTS MANEIROS 
SOBRE DIGITAL 
O que vem sendo falado ao longo dos anos 
e você provavelmente já ignor...
REDES SOCIAIS 
“Rede social” é o que você cria para a marca, 
que pode ser usada como “mídia social”. 
Não importa se é o ...
SOCIAL MEDIA ou MÍDIA SOCIAL 
“Mídias sociais” é a melhor representação do 
que NÃO se deve fazer nas redes. Pense no 
con...
PUBLICIDADE 
Faça a publicidade, mas execute o 
relacionamento. 
Converse. Se as pessoas não falam COM 
você, elas não fal...
UM MILHÃO DE AMIGOS 
Desencane dessa coisa de número de amigos, 
fãs, seguidores, assinantes etc. 
Sério, desencana. 
(Tod...
“O OLHO DO TROLL” 
Haters gonna hate. Condiciona essa 
criatividade toda aí, campeã(o). 
Veja com o “olho do troll” tudo q...
UMA NOVA INTERNET 
O “hater” também pode estar ativamente 
envolvido em alguma questão relacionada a 
um assunto abordado ...
A ONDA DO MOMENTO 
Não interessa muito a criatividade, quando ela 
ignora a “pauta” da internet. A não ser que 
você crie ...
O DIA TODO NO FACEBOOK SIM 
E no Twitter, nos trending topics, que é uma 
fonte importante de pauta jornalística, hoje em ...
TUDO É AO VIVO 
A copa do mundo de 2014 foi a sensação da 
internet. As pessoas acompanhavam os jogos 
olhando a TV e o ce...
COMPARTILHAMENTO 
Compartilhamento é um meio de terceirizar a 
representação da nossa personalidade, nossos 
sentimentos, ...
TRANSMISSOR E RECEPTOR 
Essa coisa de quem fala e quem ouve já deu o 
que tinha que dar lá pra meados de 2002. Todo 
mundo...
MEMES E VIRAIS 
Meme: Pipoca jogada para pombos de praça. 
Viral: Um monte de pombos atacando seu saco 
de pipoca e sacudi...
MEMES E VIRAIS 
Você não faz um meme, a internet faz um 
meme e você usa o meme. 
Do viral você ou é VÍTIMA ou por ele é 
...
EXATIDÃO DAS COISAS TODAS 
A cada 9.192.631.770 oscilações do átomo de césio-133 o 
relógio atômico entende que se passou ...
SE LIGA 
“OFF” e “ON” não são mais coisas separadas. 
O “off” gera conversação e atitudes “digitais”, 
como tirar foto com...
TUDO É TRANSITÓRIO 
Tudo pode mudar do dia pra noite, a qualquer 
momento. Esteja preparado(a). 
Assim como esta apresenta...
:) 
Daniel Bastos 
Digital Intelligence
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Coisas óbvias e insights maneiros sobre digital

603 visualizações

Publicada em

Simplão mesmo. Às vezes isso faz muita falta.

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coisas óbvias e insights maneiros sobre digital

  1. 1. COISAS ÓBVIAS E INSIGHTS MANEIROS SOBRE DIGITAL O que vem sendo falado ao longo dos anos e você provavelmente já ignorou inúmeras vezes por não saber convencer o chefe ou o cliente teimoso, ou até mesmo não sabia. Mas passou da hora, hein, bicho?
  2. 2. REDES SOCIAIS “Rede social” é o que você cria para a marca, que pode ser usada como “mídia social”. Não importa se é o Facebook ou o Whatsapp, a rede de verdade é formada pelas pessoas envolvidas.
  3. 3. SOCIAL MEDIA ou MÍDIA SOCIAL “Mídias sociais” é a melhor representação do que NÃO se deve fazer nas redes. Pense no conceito, não na tradução do termo. Não se cria um relacionamento com o público de um frontlight.
  4. 4. PUBLICIDADE Faça a publicidade, mas execute o relacionamento. Converse. Se as pessoas não falam COM você, elas não falam SOBRE você.
  5. 5. UM MILHÃO DE AMIGOS Desencane dessa coisa de número de amigos, fãs, seguidores, assinantes etc. Sério, desencana. (Todas as redes vão cobrar pra você falar com mais gente, então é melhor falar bem com poucos do que mal com um milhão, porque o que interessa é conversão, mesmo que não mensurável, dependendo do seu KPI.)
  6. 6. “O OLHO DO TROLL” Haters gonna hate. Condiciona essa criatividade toda aí, campeã(o). Veja com o “olho do troll” tudo que for produzido.
  7. 7. UMA NOVA INTERNET O “hater” também pode estar ativamente envolvido em alguma questão relacionada a um assunto abordado por você e gerar uma crise. Vale a pena relativizar algo que ofende alguém, em algum lugar, de alguma forma?
  8. 8. A ONDA DO MOMENTO Não interessa muito a criatividade, quando ela ignora a “pauta” da internet. A não ser que você crie essa pauta. Leia suas timelines.
  9. 9. O DIA TODO NO FACEBOOK SIM E no Twitter, nos trending topics, que é uma fonte importante de pauta jornalística, hoje em dia. O que está sendo falado hoje por 200 tuiteiros amanhã pode estar no Jornal Nacional.
  10. 10. TUDO É AO VIVO A copa do mundo de 2014 foi a sensação da internet. As pessoas acompanhavam os jogos olhando a TV e o celular, torcendo e digitando. Ao mesmo tempo (se o nível alcoólico permitisse).
  11. 11. COMPARTILHAMENTO Compartilhamento é um meio de terceirizar a representação da nossa personalidade, nossos sentimentos, opiniões e ideias através da apropriação de comunicação externa. Seja a voz das pessoas. Dê a elas o que elas querem falar, não ouvir.
  12. 12. TRANSMISSOR E RECEPTOR Essa coisa de quem fala e quem ouve já deu o que tinha que dar lá pra meados de 2002. Todo mundo já transmite desde muito antes. Hoje a audiência só precisa que o que ela quer transmitir seja falado por você.
  13. 13. MEMES E VIRAIS Meme: Pipoca jogada para pombos de praça. Viral: Um monte de pombos atacando seu saco de pipoca e sacudindo no meio da praça, de forma descontrolada e desesperada (gritando)
  14. 14. MEMES E VIRAIS Você não faz um meme, a internet faz um meme e você usa o meme. Do viral você ou é VÍTIMA ou por ele é CONTEMPLADO. Com perfeitas condições de temperatura e pressão (interesse do público).
  15. 15. EXATIDÃO DAS COISAS TODAS A cada 9.192.631.770 oscilações do átomo de césio-133 o relógio atômico entende que se passou um segundo. A estimulação por ressonância, para que o pulso seja mantido e a precisão do relógio preservada, é repetida constantemente. O seu analytics (ou insights) não é um relógio atômico. Estude sobre ele.
  16. 16. SE LIGA “OFF” e “ON” não são mais coisas separadas. O “off” gera conversação e atitudes “digitais”, como tirar foto com um cartaz de filme. O “on” pode ser a melhor forma de atrair para o mundo “off”.
  17. 17. TUDO É TRANSITÓRIO Tudo pode mudar do dia pra noite, a qualquer momento. Esteja preparado(a). Assim como esta apresentação, que pode mudar em breve.
  18. 18. :) Daniel Bastos Digital Intelligence

×