Fisiologia1 - SN

764 visualizações

Publicada em

www.biomedlp.co.cc

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
764
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fisiologia1 - SN

  1. 1. Resumo de fisiologia Sistema NervosoNome:_____________________________________________________________Curso:_____________________________ Data: ____/____/ ____/____/______
  2. 2. 1° - Organização dos tecidos biológicos CÉLULA – TECIDO – ORGÃO – SISTEMA - SER2° - Estrutura Do Sistema Nervoso – Características a. Apresenta-se com massa total entre 2kg. b. É um dos menores e, ainda assim o mais complexo dos 11 sistemas do corpo c. Apresenta tecidos com capacidade de gera impulsos nervosos ( potencial de ação ) d. Junto com o sistema endócrino, tem a função de manter a homeostasia. e. Responsável também pelas percepções, comportamentos e memórias do indivíduo.VOCÊ SABIAO ramo que lida com o funcionamento normal e seus distúrbiosno sistema nervoso é a neurologia3° - Organização Do Sistema Nervoso a. Receptor – Transmite a energia do mundo para o corpo em potencial de ação. Obs.: O receptor NÃO INTERPRETA, só codifica. b. Via aferente – É o caminho que vai do receptor ate uma estrutura que possa interpretar uma informação, e pode ser: • Nervo: conjunto de axônios no SNP (é misto) • Trato nervoso: conjunto de axônios no SNC (é puro) c. Centro integrador – Recebe e interpreta a informação e elabora uma resposta, geralmente se encontra no sistema nervoso central. Qualquer estrutura que tenha um corpo de neurônio pode ser um centro integrador: • SNC: 99% dos casos • SNP: também pode produzir uma resposta (pelos gânglios) • Encontrado na medula, diencéfalo, hipotálamo ...
  3. 3. d. Via eferente – caminho que vai do centro integrador a uma estrutura que vai executar a resposta. Obs.: Pode ser um trato nervoso ou um nervo e. Órgão efetor – É a estrutura que vai executar a decisão tomada pelo centro integrador. Ex: Músculo estriado esquelético, músculo cardíaco, músculo liso4° - Anatomia Macroscópica do Sistema Nervoso a. Sistema nervoso central – SNC bulbo tronco medula ponte encefalico espinhal SNC cerebelo mesencefalo encéfalo diencéfalo cérebro telencêfalo b. Sistema nervoso periférico – SNPParte periférica do sistema nervoso , inclui todos os tecidos nervosos fora do SNC. Oscomponentes do SNP incluem os nervoso cranianos e seus ramos, os nervoso espinais e seusramos, os gânglios e os receptores sensoriais.
  4. 4. 5° - Anatomia Microscopica do Sistema Nervoso a. NeurônioComo as células musculares, os neurônios possuem excitabilidade Curiosidade:elétrica , a capacidade de responder a um estimulo e converter empotencial de ação, alem de que podem variar de tamanho podendo Os impulsos nervososchega a menos de que 1mm a quase 1 metro de cumprimento. percorrem essas grandes distâncias em velocidade que • Partes de um neurônio variam de 0,5 a 130 metros – Corpo: Local onde se encontra o núcleo da por segundo célula e a região mais sensível de todo neurônio. – Neuritos: Qualquer projeção que saia do corpo (axônios e dendritos). • Diferença entre axônios e dendritos – Sentido do impulso nervoso: No dendrito a propagação é feita da periferia ao corpo e no axônio, enquanto, o axônio do corpo a periferia. – Cumprimento: Os dendritos são curtos e os axônios são longos. – Quantidade: O neurônio pode apresentar nenhum ou vários dendritos, porem sempre vai ter um axônio. – Calibre: Os dendritos são espessos e os axônios são delgados. – Tipo de ramificação: Quando o dendrito se divide, os ramos fazem entre si um ângulo menor que 90°, enquanto os axônios, se dividem fazendo um ângulo de 90°. • Classificação do neurônio – Unipolares: Dos quatro, é o único que não se encontra no corpo humano, e apresenta um axônio e nenhum dendrito. – Bipolares: Apresenta um axônio e um dendrito. – Pseudo Unipolares: anatomicamente = unipolar / funcionalmente = bipolar – Multipolares: Mais de 2 neuritos (1 axônio, outros serão dendritos)
  5. 5. b. Neuróglias - SNC – Astrócitos: Esta célula é a mais numerosa do sistema nervoso e também a mais numerosa entre as neuroglias,e se divide em fibrosa, que apresenta poucas projeções e as protoplasmáticas com varias projeções. Alem de ter função de sustentação dos neurônios através dos microfilamentos, os astrócitos fazem contato com os capilares sanguíneos, selecionando o que deve chegar ao neurônio, formando uma barreira contra sustâncias químicas que pensão prejudicar o neurônio; alem de ajudar a manter o ambiente químico adequado para os impulsos nervosos. Sustentação Nutrição proteção – Oligodendrócitos: Estes se assemelham aos astrócitos, porem, é menor e tem como função Bainha de mielina principal, a formação e manutenção da bainha de é uma cobertura mielina em torno do axônio do SNC. multicamada de lipídeo e – Micróglia: São pequenas e realizam proteína em torno de fagocitose, sendo desse modo células protetoras do alguns axônios, isolando-os sistema nervoso, eliminando micróbios e e aumentando a velocidade fragmentos de células formadas durante o de condução do impulso desenvolvimento normal do sistema nervoso. nervoso – Células ependimárias: São células cúbicas dispostas em uma única camada com função de revestimento do sistema nervoso central e de produção do liquor.c. Neuróglias - SNP – Célula de shwann: Formam a bainha de mielina em torno dos axônios do SNP, entretanto, só mieliniza um único axônio, diferente do oligodendrócito que mieliniza diversos axônios. – Célula-satélite: Estas células planas envolvem os corpos celulares dos neurônios dos gânglios do SNP

×