SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
O MODO COMO JESUS REZAVA - Lc 11, 1-4<br />P. Antenor.<br />Nã2667000o era certamente a primeira vez que os discípulos viam Jesus rezar.  No entanto eles sempre ficavam impressionados. Para aqueles pescadores da Galiléia era sempre um novidade  maneira como o Mestre se dirigia ao Pai. Um modo novo, diferente do usado nas Sinagogas e pelos outros mestres espirituais. <br />Jesus se dirigia a Deus como uma criança diante do pai.  A criancinha com espontaneidade e confianza chama painho. Está certa de que não só o painho a escuta, mas vai atendê-la. Era assim a atitude de Jesus.  Em um ambiente como o judeu, onde não se podia pronunciar o Nome de Deus, Jesus causava escândalo em alguns, extranheza e admiração. Por isso pediram-Lhe que lhes ensinassem a rezar do jeito D`ele. «SENHOR ENSINA-NOS A REZAR».<br />É possível que cada um de nós cultiva também  uma pregunta semelhante:<br />,[object Object]
Que significa rezar?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Homem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de Deus
Homem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de DeusHomem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de Deus
Homem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de DeusIBMemorialJC
 
Adoração eucaristíca 3º ano 2017
Adoração eucaristíca 3º ano 2017Adoração eucaristíca 3º ano 2017
Adoração eucaristíca 3º ano 2017InfanciaSaoJose
 
Perigo para Família Cristã
Perigo para Família CristãPerigo para Família Cristã
Perigo para Família CristãDemeloss
 
culto de ações e graça
culto de ações e graçaculto de ações e graça
culto de ações e graçaHélcias Alves
 
Abraão um grande exemplo de fé
Abraão   um grande exemplo de féAbraão   um grande exemplo de fé
Abraão um grande exemplo de féWanderley da Silva
 
Somos intrumentos nas maos de deus
Somos intrumentos nas maos de deusSomos intrumentos nas maos de deus
Somos intrumentos nas maos de deusMalakutaku Kereloke
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...José Carlos Polozi
 
Voz da Paróquia - Fevereiro 2014
Voz da Paróquia - Fevereiro 2014Voz da Paróquia - Fevereiro 2014
Voz da Paróquia - Fevereiro 2014jesmioma
 
Evangelização versus confiança
Evangelização versus confiançaEvangelização versus confiança
Evangelização versus confiançaQuenia Damata
 

Mais procurados (19)

Hebreus 6
Hebreus 6Hebreus 6
Hebreus 6
 
Huberto rohden nosso mestre
Huberto rohden   nosso mestreHuberto rohden   nosso mestre
Huberto rohden nosso mestre
 
437 o dom celeste
437   o dom celeste437   o dom celeste
437 o dom celeste
 
Homem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de Deus
Homem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de DeusHomem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de Deus
Homem e Mulher: Criados para Cumprir os Propósitos de Deus
 
Oração
OraçãoOração
Oração
 
Guião pai nosso 2017
Guião pai nosso   2017Guião pai nosso   2017
Guião pai nosso 2017
 
Adoração eucaristíca 3º ano 2017
Adoração eucaristíca 3º ano 2017Adoração eucaristíca 3º ano 2017
Adoração eucaristíca 3º ano 2017
 
Perigo para Família Cristã
Perigo para Família CristãPerigo para Família Cristã
Perigo para Família Cristã
 
culto de ações e graça
culto de ações e graçaculto de ações e graça
culto de ações e graça
 
Abraão um grande exemplo de fé
Abraão   um grande exemplo de féAbraão   um grande exemplo de fé
Abraão um grande exemplo de fé
 
Somos intrumentos nas maos de deus
Somos intrumentos nas maos de deusSomos intrumentos nas maos de deus
Somos intrumentos nas maos de deus
 
Lucas 001
Lucas   001Lucas   001
Lucas 001
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
 
Meu pastor
Meu  pastorMeu  pastor
Meu pastor
 
1952 09-00
1952 09-001952 09-00
1952 09-00
 
Semana Da BíBlia Vespertino 2009
Semana Da BíBlia Vespertino 2009Semana Da BíBlia Vespertino 2009
Semana Da BíBlia Vespertino 2009
 
O poder do sonho
O poder do sonhoO poder do sonho
O poder do sonho
 
Voz da Paróquia - Fevereiro 2014
Voz da Paróquia - Fevereiro 2014Voz da Paróquia - Fevereiro 2014
Voz da Paróquia - Fevereiro 2014
 
Evangelização versus confiança
Evangelização versus confiançaEvangelização versus confiança
Evangelização versus confiança
 

Semelhante a O modo como jesus rezava

Semelhante a O modo como jesus rezava (20)

Sentinela
SentinelaSentinela
Sentinela
 
Por que orar
Por que orarPor que orar
Por que orar
 
2010 02 21 leonardo righi capucim
2010 02 21   leonardo righi capucim2010 02 21   leonardo righi capucim
2010 02 21 leonardo righi capucim
 
Apostila de estudos sobre louvor
Apostila de estudos sobre louvorApostila de estudos sobre louvor
Apostila de estudos sobre louvor
 
Culto com crianças
Culto com criançasCulto com crianças
Culto com crianças
 
De Pai para filho
De Pai para filho De Pai para filho
De Pai para filho
 
Ministração do dia 12 08-12
Ministração do dia 12 08-12Ministração do dia 12 08-12
Ministração do dia 12 08-12
 
Livro ebook-oracao-como-estilo-de-vida
Livro ebook-oracao-como-estilo-de-vidaLivro ebook-oracao-como-estilo-de-vida
Livro ebook-oracao-como-estilo-de-vida
 
Ebook 264 oração-como-estilo-de-vida1
Ebook 264 oração-como-estilo-de-vida1Ebook 264 oração-como-estilo-de-vida1
Ebook 264 oração-como-estilo-de-vida1
 
Introdução à espiritualidade
Introdução à espiritualidadeIntrodução à espiritualidade
Introdução à espiritualidade
 
Intro
IntroIntro
Intro
 
Baptismo E Missao De Jesus
Baptismo E Missao De JesusBaptismo E Missao De Jesus
Baptismo E Missao De Jesus
 
Boletim 222
Boletim 222Boletim 222
Boletim 222
 
Publicação 3 a oração é a chave de comunicação com deus
Publicação 3   a oração é a chave de comunicação com deusPublicação 3   a oração é a chave de comunicação com deus
Publicação 3 a oração é a chave de comunicação com deus
 
CURSO TÓPICOS TIA GÊ KIDSs.pdf
CURSO TÓPICOS TIA GÊ KIDSs.pdfCURSO TÓPICOS TIA GÊ KIDSs.pdf
CURSO TÓPICOS TIA GÊ KIDSs.pdf
 
Boletim 60
Boletim 60Boletim 60
Boletim 60
 
IPAD_FUNDAMENTOS_ADORACAO.pdf
IPAD_FUNDAMENTOS_ADORACAO.pdfIPAD_FUNDAMENTOS_ADORACAO.pdf
IPAD_FUNDAMENTOS_ADORACAO.pdf
 
Edição 13 setembro 2013
Edição 13 setembro 2013Edição 13 setembro 2013
Edição 13 setembro 2013
 
Reconhecendo a paternidade de deus
Reconhecendo a paternidade de deusReconhecendo a paternidade de deus
Reconhecendo a paternidade de deus
 
2006 05 28 laura gimenes silva
2006 05 28   laura gimenes silva2006 05 28   laura gimenes silva
2006 05 28 laura gimenes silva
 

Mais de Antenor Antenor

Mais de Antenor Antenor (20)

Palermo di notte: saudades daquelas paisagens.
Palermo di notte: saudades daquelas paisagens.Palermo di notte: saudades daquelas paisagens.
Palermo di notte: saudades daquelas paisagens.
 
Palermo di notte. Saudades destas vistas maravilhosas da Sicília.
Palermo di notte. Saudades destas vistas maravilhosas da Sicília.Palermo di notte. Saudades destas vistas maravilhosas da Sicília.
Palermo di notte. Saudades destas vistas maravilhosas da Sicília.
 
Visão cristã da história
Visão cristã da históriaVisão cristã da história
Visão cristã da história
 
Olhe!!!=
Olhe!!!=Olhe!!!=
Olhe!!!=
 
A ultima pedra
A ultima pedraA ultima pedra
A ultima pedra
 
Olhe!!!=
Olhe!!!=Olhe!!!=
Olhe!!!=
 
Não provoque as pessoas inteligentes!
Não provoque as pessoas inteligentes!Não provoque as pessoas inteligentes!
Não provoque as pessoas inteligentes!
 
Texto miguelfalabela
Texto miguelfalabelaTexto miguelfalabela
Texto miguelfalabela
 
Não provoque as pessoas inteligentes!
Não provoque as pessoas inteligentes!Não provoque as pessoas inteligentes!
Não provoque as pessoas inteligentes!
 
Texto miguelfalabela
Texto miguelfalabelaTexto miguelfalabela
Texto miguelfalabela
 
Visão cristã da história
Visão cristã da históriaVisão cristã da história
Visão cristã da história
 
75825 regras dos-homens
75825 regras dos-homens75825 regras dos-homens
75825 regras dos-homens
 
Texto miguelfalabela
Texto miguelfalabelaTexto miguelfalabela
Texto miguelfalabela
 
6 contos curtos
6 contos curtos6 contos curtos
6 contos curtos
 
Não provoque as pessoas inteligentes!
Não provoque as pessoas inteligentes!Não provoque as pessoas inteligentes!
Não provoque as pessoas inteligentes!
 
O que fazer senhor
O que fazer senhorO que fazer senhor
O que fazer senhor
 
010 italy i
010 italy i010 italy i
010 italy i
 
Amigo
AmigoAmigo
Amigo
 
Coragem
CoragemCoragem
Coragem
 
Coragem
CoragemCoragem
Coragem
 

O modo como jesus rezava

  • 1.
  • 3. Que devo pedir a Deus? Só pedir e nada de agradecer?E o bom e sábio Mestre nos diz a todos, quando rezardes dizei: “PAI NOSSO… E a oração continua, como <br />Sabemos.<br />4114800-8775700Para não ser longo, gostaria de chamar a atenção para a palabra: PAI, ou melhor, PAPAI, PAINHO, segundo a origem semântica do termo. Jesus dizendo que usemos a Palabra Painho em nossos relacionamentos com Deus quer que tenhamos a mesma atitude que Ele tinha e tem para com o Pai do Céu. Também somos filhos diante do Pai, criancinhas do Painho. Quem não se tornar criança não entrará no Reino dos Céus. <br />Este é o espírito da oração de Jesus e que Ele deseja comunicar a todos e a cada um de nós. Não somos órfãos, esquecidos, desamparados, entregues a um destino cego ou a forças escravizantes deste mundo. Somos filhos de um Pai amoroso, bom que nos ama eternamente.<br />